Diretor da Funpec explica como funciona a auditoria na Fundação e como são indicados os conselheiros

Fotos: Reprodução

O diretor da Fundação Norte-rio-grandense de Pesquisa e Cultura (Funpec), professor André Maitelli, questionado pelo BG em entrevista ao programa Meio-Dia RN, na 98 FM, nesta sexta-feira(31), sobre quem audita a Fundação, disse que são realizadas por órgãos financiadores, a UFRN e TCU.

Sobre como funcionam as indicações na Fundação,o  professor André Maitelli explicou que os conselheiros são indicados pelos centros acadêmicos da Universidade.

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Luiz Dionísio disse:

    A auditoria tem que ser feita pela PF o MP daqui é suspeito, tem “parcerias” obscuras com essa Funpec

  2. Raimundo disse:

    Amigos ele pode ser a melhor pessoa do mundo reencarnação da Madre Tereza, mais que tem mutreta nessa Funpec não tenho dúvidas.

  3. Alicia disse:

    Henrike, você é advogado da Funpec? Ou também participa do racha?

  4. Henrique Föppel Uchôa disse:

    É uma covardia dupla: com a Instituição e com o ser humano, André Maitelli professor de reputação ilibada, chefe de família e acima de qualquer suspeita… depois da tempestade virá a bonanza !!! Amplexo fraterno !!!

    • Sérgio Nogueira disse:

      Comentário que exagera tanto que faz qualquer xeleléu profissional sentir vergonha.

  5. Carla disse:

    Uma pessoa admirável! Que Deus lhe dê forças para superar este momento e seguir em sua missão que é acima de tudo promover o bem e o progresso do nosso estado.

    • Sérgio Nogueira disse:

      Poderia nos presentear com a informação de como ele consegue isso contratando por valores astronômicos empresas de São Paulo?
      O caso FUNPEC só tem dois personagens: o idiota útil e o corrupto. Ou não?

  6. Ivan disse:

    Ele e seus colegas também explicam como o Lula foi condenada sem provas…Lava-Jato nas universidades já!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  7. Waldemir disse:

    Esse diretor é filiado a algum partido politico ?????!

  8. yago disse:

    Quem vai explicar daqui uns dias como funcionava o esquema é a PF e o MPF, aguardem cartas…

  9. Zanoni disse:

    MPF, vamos investigar a sangria que está sendo anunciada.

  10. Cortez Pereira Junior disse:

    Gostaria de saber a filiação dessa figura?

Ministério da Saúde informa que só pagará à Funpec após prestação de contas sobre contrato de R$ 50 milhões

É destaque no Blog do Dina – por Dinarte Assunção, nesta sexta-feira(31). 

O Ministério da Saúde enviou ao Blog do Dina nota em que informa que não repassou nenhum centavo dos R$ 50 milhões destinados ao contrato que a Funpec tem a com a Fields comunicação e que é obrigação da fundação da UFRN dar explicações sobre a licitação que a colocou no centro das polêmicas nos últimos dias.

A nota do MS foi enviada em provocação do blog após reportagens nesta quinta-feira tratar do tema. Em uma delas, o blog revelou semelhanças entre a licitação da Funpec e outra do próprio MS, nas quais a mesma empresa, a Fields, foi vencedora.

Veja mais detalhes aqui em texto na íntegra.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Indignado disse:

    Cadê os militontos que estavam pelas ruas ontem? Não se pronunciarão sobre as ocorrências na Funpec?
    Funpec está virando sinônimo de pilantragem.

  2. João Sl disse:

    Cadê os estudantes pra protestar em favor da FUNPEC?

  3. Arlindo Gomes de Carvalho disse:

    Prestar contas? Como assim? Desde quando universidade presta conta dos recursos públicos que gastou? Que conversa é essa agora?
    Eles não são independentes, a autonomia universitária não está acima das leis?
    Primeiro a autonomia universitária, depois a CF, leis ordinárias e todos resto que fica oprimindo a educação. Vai prestar contas de quê?

  4. Anti-Robô disse:

    Depois da queda, o coice.

Deputados repercutem investigação do MPF em contrato da Funpec

Fotos: João Gilberto

Os deputados Coronel Azevedo (PSL), Gustavo Carvalho (PSDB) e Sandro Pimentel (PSOL) falaram na sessão plenária desta quinta-feira (30) na Assembleia Legislativa sobre o fato do Ministério Público Federal (MPF) estar investigando a contratação pela Fundação Norte-Rio-Grandense de Pesquisa e Cultura (Funpec) da empresa Fields Comunicação Ltda.

Segundo dados apresentados por Coronel Azevedo, o contrato de R$ 50 milhões, pago com recursos da UFRN, foi firmado em 10 de setembro de 2018 para “campanhas para o fortalecimento das ações de comunicação em saúde para dar visibilidade à vigilância em saúde nas três instâncias de Governo”, disse.

Azevedo pediu transparência no órgão e criticou o fato das pessoas terem protestado o contingenciamento do Governo Federal nas universidades públicas e não foram às ruas manifestar contra possíveis irregularidades na Funpec. “Não vejo o mesmo tom de cobrança. Confiamos no trabalho do Ministério Público Federal para abrir a caixa preta chamada Funpec”.

O deputado Gustavo Carvalho (PSDB) parabenizou o discurso de Coronel Azevedo e exigiu esclarecimentos da fundação sobre o contrato, que segundo ele é “absurdo”.

Sandro Pimentel (PSOL) disse que seu mandato é a favor da transparência em todos os níveis e órgãos públicos. Porém, o parlamentar, que é ex-estudante e servidor da UFRN, disse que a investigação na Funpec “tem o objetivo de ofender a Universidade”. Ele citou a escolha da UFRN, por órgãos de controle, a melhor gestão entre as universidades do Norte-Nordeste.

O deputado do PSOL ainda sugeriu que sejam abertas “todas as caixas-pretas, inclusive Governo do Estado e Governo Federal” e chamou de incoerente quem pede transparência na Funpec e não divulga dados da Previdência, por exemplo.

Francisco do PT, em seu pronunciamento, também falou sobre o assunto. “Se alguém fez mau uso do recurso público, que pague por isso. Sou a favor da transparência”, salientou o deputado. Ele destacou ainda que o debate não pode tirar do foco às críticas sobre a atual gestão, que na educação “já teve dois ministros e não conseguiu acertar”, disse.

ALRN

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Cigano Lulu disse:

    Corporativista até a medula, Sandro Pimentão joga para sua distinta plateia da Uferrenê. Enquanto Francisco do PT continua rezando em cartilha própria, afinal é dando que se recebe…

  2. Marcilio Xavier disse:

    Deputado Coronel Azevedo homem digno, coerente, cobre esclarecimentos, a sociedade merece respeito.

  3. Jakeline disse:

    Eu não vi nenhuma propaganda que a Funpec alega, outra coisa Sandro Pimentel não ver nenhum absurdo na Funpec

  4. M.Vinícius disse:

    Sandro Pimentel defende a massa podre da qual ele faz parte. Ingenuidade daquele que não percebe o Maradona que é uma cidadão desse nipe!

  5. Anti-Político de Estimação disse:

    Quem for podre que se quebre, seja quem for.

  6. Delano disse:

    Como pode os estudantes se calam diante de corrupção, tanto do governo petralha, como na própria instituição de ensino, a nada tem que estudar esses estudantes brasileiros que apoiam corrupção, desde que faça afagos e dengos, voltaram a mentalidade dos indígenas que se vendiam por espelhos, utensílios domésticos primitivo. Algo tem que ser feito pra não voltarmos ao primitivismo de nível superior.

  7. #Lula Na Cadeia sempre disse:

    Entendi …o PSOL acha que é uma simples perseguição contra a UFRN , esse b**** iria gostar que fosse roubado 50.000.000,00 da conta dele ? Aonde foi gasto ? Eu não vi nenhuma propaganda

  8. Indignado disse:

    Eu fico indignado só imaginando os benefícios q estes 50.000.000,00 trariam se tivessem sido aplicados nas residências universitárias do Estado. OU RN VÉI SEM SORTE!! E O MPRN NÃO VAI FAZER NADA? EXISTEM INSTITUIÇÕES ESTADUAIS QUE ABASTECERAM, TAMBEM, ESTE COFRE ABENÇOADO (PARA POUCOS, DIGO, POUQUÍSSIMOS).

  9. ! disse:

    ESTÃO TODOS RICOS, MILIONÁRIOS, COM DINHEIRO PÚBLICO DOS PAGADORES DE IMPOSTOS.

  10. Tales disse:

    Os 50milhões são fichinha, tem gente que ficou milionário na Funpec e ninguém nunca soube. Que o MPF investigue e coloque os culpados na cadeia. Esperando a manifestação do povo para apoiar as investigações.

Conheça a Funpec e veja quem são seus diretores e conselheiros

Devido a polêmica dos últimos dias, sobre seus contratos que chamaram a atenção da sociedade potiguar, inclusive, da mídia, na investigação aberta recentemente pelo Ministério Público Federal em contrato de R$ 50 milhões com agência de propaganda – com recursos oriundos da Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Fundação Norte-rio-grandense de Pesquisa e Cultura (Funpec)

Foi instituída em 19 de outubro de 1978, durante a administração do Reitor Prof. Diógenes da Cunha Lima, da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, como uma entidade de direito privado, sem fins lucrativos, com personalidade jurídica própria e com autonomia patrimonial, financeira e administrativa e com estatuto próprio.

Inicialmente, a Fundação teve como finalidade a promoção e o fomento às atividades de pesquisa, sendo uma intermediária entre a produção criativa do pesquisador, e o mundo externo, como financiadores e população.

Na primeira década de sua história a Fundação já contava com 62 (sessenta e dois) projetos vigentes e 38 (trinta e oito) acordos internos e onde apoiou a FAP – Fundo de Apoio à Pesquisa, criada pela UFRN na Época.

Com o crescimento dos Programas de Pós-Graduação e das bases de pesquisas da UFRN, a Funpec diversificou suas Áreas de atuação e, a partir de 2000 modificou-se, tornando-se mais moderna administrativamente e ampliando mais seus objetivos e sua missão.

No final da década de 90, ocorreu grande mudança na Fundação, onde seus funcionários, antes pertencentes à UFRN, foram alterados por contratados através de CLT para substituir todo o quadro funcional.

Em 2012, a Fundação aprovou nova alteração estatutária, para atender as exigências legais e adequar a nova realidade de crescimento da UFRN, pois como Fundação de apoio, sua principal função à seguir em paralelo com a Universidade, com novas formas de gerenciamento em projetos e ao mesmo tempo se adequando as exigências dos Órgãos de controle.

Hoje, segundo descreve o site oficial, a Fundação conta com aproximadamente 140 (cento e quarenta) projetos gerenciados por técnicos capacitados.

Diretor: Prof. André Maitelli

Vice-Diretor: Gumercindo Fernandes

CONSELHO DELIBERATIVO DA FUNPEC

O mandato de cada conselheiro é de dois anos, podendo ser reconduzido por mais dois anos. Os membros do Conselho Deliberativo são indicados pelos Centros Acadêmicos e homologados pelo CONSAD-UFRN.

DJALMA RIBEIRO DA SILVA
MANDATO DE CONSELHEIRO REPRESENTANTE –
TITULAR DO CCET: 08/09/2016 A 08/09/2018
PRORROGADO POR MAIS 02 ANOS 27/09/2018 A
27/09/2020

ANDRÉ LAURINDO MAITELLI
DIRETOR GERAL – MEMBRO NATO
DATA DO MANDATO: 07/10/2016. SEM DATA PREVISTA
PARA O TÉRMINO.

MARCOS AURÉLIO DE ALBUQUERQUE COSTA
MANDATO DE CONSELHEIRO – REPRESENTANTE
TITULAR DO CCS: 20/08/2015 A 20/08/2017
PRORROGADO POR MAIS DOIS ANOS 31/08/2017
31/08/2019

JORGE EDUARDO LINS OLIVEIRA
MANDATO DE CONSELHEIRO REPRESENTANTE
TITULAR DO CB: 18/06/2015 A 18/06/2017.
PRORROGADO POR MAIS DOIS ANOS 29/06/2017 A
29/06/2019
REPRESENTANTE TITULAR DO CB

JOÃO MARIA MONTENEGRO RIBEIRO
MANDATO DE CONSELHEIRO REPRESENTANTE
TITULAR DO CCSA 28/03/2019 A 28/03/2021
PODE SER RECONDUZIDO

CELSO DONIZETE LOCATEL
DATA DO MANDATO: 30/11/2016 A 30/11/2018
PRORROGADO POR MAIS DOIS ANOS 21/02/2019 A
21/02/2021
REPRESENTANTE TITULAR DO CCHLA

ANDREA CRISTINA SANTOS DE JSESUS
MANDATO DE CONSELHEIRO REPRESENTANTE
TITULAR DO CERES: 21/06/2018 A 21/06/2020 –
PODE SER RECONDUZIDA

MÁRCIO ADRIANO DE AZEVEDO
MANDATO DE CONSELHEIRO REPRESENTANTE
TITULAR EXTERNO DO IFRN: 30/06/2016 A 30/06/2018
PRORROGADO POR MAIS DOIS ANOS 20/12/2018 A
20/12/2020
REPRESENTANTE TITULAR DO IFRN

JEFFERSON FERNANDES ALVES
MANDATO DE CONSELHEIRO REPRESENTANTE
TITULAR DO CE: 06/11/2018 A 06/11/2020
PODE SER RECONDUZIDO

FÁBIO MENEGHETTI UGULINO DE ARAÚJO
MANDATO DE CONSELHEIRO REPRESENTANTE
SUPLENTE DO CT : 21/12/2017 A 21/12/2019 –
PODE SER RECONDUZIDO
REPRESENTANTE SUPLENTE DO CT

MÁRCIO SALES SANTIAGO
MANDATO DE CONSELHEIRO REPRESENTANTE
SUPLENTE DO CERES: 28/04/2016 A 28/04/2018
PRORROGADO POR MAIS DOIS ANOS 21/06/2018 A
21/06/2020
REPRESENTANTE SUPLENTE DO CERES

VÁLTER JOSÉ FERNANDES JÚNIOR
MANDATO DE CONSELHEIRO REPRESENTANTE
SUPLENTE DO CCET: 27/09/2018 A 27/09/2020
PODE SER RECONDUZIDO

ANA TÂNIA LOPES SAMPAIO
MANDATO DE CONSELHEIRO REPRESENTANTE
SUPLENTE DO CCS: 07/12/2017 A 07/12/2019
PODE SER RECONDUZIDO

DANIEL DE ARAÚJO MARTINS
MANDATO DE CONSELHEIRO REPRESENTANTE
SUPLENTE DO CCSA: 28/03/2019 A 28/03/2021
PODE SER RECONDUZIDO

LINDIJANE DE SOUZA BENTO ALMEIDA
MANDATO DE CONSELHEIRO REPRESENTANTE
SUPLENTE DO CCHLA: 21/02/2019 A 21/02/2021
PODE SER RECONDUZIDO

JACYENE MELO DE OLIVEIRA
MANDATO DE CONSELHEIRO REPRESENTANTE
SUPLENTE DO CE: 06/11/2018 A 06/11/202O
PODE SER RECONDUZIDO

DANIEL CARLOS FERREIRA LANZA
MANDATO DE CONSELHEIRO REPRESENTANTE
SUPLENTE DO CB: 29/06/2017 A 29/06/2019
PODE SER RECONDUZIDO

JOÃO TEIXEIRA DE CARVLHO NETO
MANDATO DE CONSELHEIRO REPRESENTANTE
SUPLENTE – EXTERNO DO IFRN: 20/12/2018 A 20/12/2020
PODE SER RECONDUZIDO

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Mfilho disse:

    Quase dois times de futibol!

  2. Mfilho disse:

    Quase dois times de futebol , só de conselheiros.

  3. Indignado disse:

    Tem que divulgar os salários e os horários de trabalho. VÃO DIVULGAR?? Existem acumulo ilegal de funções? Será que existe a prática de nepotismo cruzado? Sao quantos funcionários? OU RN VÉI SEM SORTE!! SÓ JESUS NA CAUSA!

  4. Ivan disse:

    Pense num CABIDE!!!!

  5. Anti-Robô disse:

    qual o salario deles??

  6. Marcio lima disse:

    Dúvida: E todos recebem salários? Quanto em média? Todos são concursados? Quem paga?

    • Ana leticia disse:

      Isso tem cara de ser mais um cabide de emprego, utilizado para benefício de alguns apaniguados.

  7. Antonio Turci disse:

    Nomes muito dignos, todos. Espero que o imbróglio seja esclarecido.

  8. Luciana Morais Gama disse:

    Somente 18 Conselheiros. É gente demais!!

Funpec é investigada por contrato de R$ 50 milhões com agência de propaganda

Nota à Imprensa – Funpec

O Ministério Público Federal (MPF) não costuma levar a público a existência ou o andamento de investigações em curso, senão somente ao seu final e desde que considere haver interesse público relevante em seu conhecimento. Todavia, considerando os pedidos de informações aportados na Procuradoria da República do Rio Grande do Norte (PR/RN), por veículos de imprensa, acerca da existência de investigação sobre uma contratação realizada pela Funpec – Fundação Norte-Rio- Grandense de Pesquisa e Cultura, em virtude da grande repercussão alcançada nas últimas semanas, vem o MPF informar que:

1) tramita no 2º Ofício da PR/RN, sob os cuidados do procurador da República Kleber Martins, o Inquérito Civil Público nº 1.28.000.001862/2018-51, não sigiloso, que investiga a contratação, pela Funpec – com recursos oriundos da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) -, da empresa Fields Comunicação Ltda., na data de 10/9/2018, pelo valor de R$ 50 milhões, para a realização de “campanhas para o fortalecimento das ações de comunicação em saúde para dar visibilidade à vigilância em saúde nas três instâncias de governo”;

2) foram solicitados documentos à Funpec acerca dessa contratação, que prontamente os enviou;

3) tais documentos se encontram sob análise, com o auxílio da Controladoria-Geral da União;

4) o MPF não prestará outras informações sobre o caso, senão ao final da apuração.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Anti-Comunista disse:

    A UFRN É COMUNISTA.

  2. Cortez Pereira Junior disse:

    TEM QUE SER ENTREGUE COM A MAXÍMA URGÊNCIA AO MILITARES PARA COLOCAR MORAL E ACABAR COM ESSES ROUBOS MILIONÁRIOS, QUE ESSA TURMA DE ESQUERDOPATAS VINHAM FAZENDO EM NOSSO PAÍS.

  3. Ceará-Mundão disse:

    A cada dia surgem mais provas da extrema urgência de se diminuir o tamanho da máquina pública no Brasil. É a única, verdadeira e eficaz forma de se diminuir drasticamente o desperdício e a roubalheira da fortuna em impostos que pagamos. Basta de ver o nosso dinheiro escoando pelos ralos da corrupção, da incompetência e do descaso. Essas fundações (a UERN também tem várias) só se prestam a esse tipo de coisa e são alimentadas, afinal de contas, com dinheiro público. Funcionam, na verdade, como enormes "lavanderias" de dinheiro de corrupção. Nesse caso em particular, é muito forte a possibilidade desse dinheiro ter servido para uso em campanhas políticas de candidatos de esquerda (claro), além do óbvio enriquecimento de muitos "cumpanhero". É por isso que essa corja defende com tanta veemência essas instituições, bem como sindicatos pelegos, Sistema S, estatais (e seus fundos de pensão) e toda a parafernália que usam para dar emprego a uma cambada de preguiçosos incompetentes e para desviar o nosso dinheiro para financiar campanhas políticas e para os bolsos da "cumpanherada". Isso tem que acabar, antes que acabem com o Brasil (e olha que chegaram bem perto, vide a Venezuela).

  4. Ivan disse:

    O contigenciamento de 30% foi muito pouco, tem muito mais gordura p/queimar!!! Agora descobrimos que no escopo de pesquisa e educação tb há publicidade?? Em época de campanha presidencial?? Contratando uma empresa sem sede aqui e com ligação ao marketeiro de mesalão??? Isso é sério mesmo???

  5. Ems disse:

    Quero ver os "universitários" protestarem !!!

  6. Calixto Silva disse:

    Perguntam muito pelo Queiroz, o Queiroz já deu as caras e as suas explicações, mas o Coaf só se limita a investigar e divulgar as investigações sobre os negócios do senador Flávio Bolsonaro, mais não divulga os resultados das investigações dos demais dep. Da Alerj que seus acessores movimentaram mais dinheiro do que o Queiroz. Por que que o Coaf também não investiga estes contratos das universidades federais?

  7. CADÊ O QUEIROZ? disse:

    O que tem ver o C* com as calças. Isso já é doença em estágio terminal.

    • Ceará-Mundão disse:

      Dinheiro público. Pelo visto, vc nada tem a ver com isso. Quanto ao Queiroz, do que se trata? Teu parente?

  8. Raimundo disse:

    O Brasil investe proporcionalmente mais em educação do que a Coreia do Sul algo errado não está certo!
    Se analisar bem o governo do estado gastou 6 milhões em publicidade aí a Funpec gasta 50 milhões e se vc perguntar a qualquer um potiguar o que danado é, ninguém sabe. Tem que abrir o olho também que o período do contrato foi nas eleição não posso dar certeza mais aposto um braço que tem mutreta petista no meio

  9. PT Falido disse:

    Lula está preso, Hadad perdeu a campanha, mas…

    • Maria disse:

      O coaf tem que fazer uma devassa nesses gestores da ufrn
      , nessas empresas contratadas pelas gestões e familiares, vai ver que o patrimônio não condiz com os salários que recebem, principalmente dos que dizem que Lula é um inocente.