Deborah Secco desiste de interpretar a cantora Joelma no cinema

625_315_1383099680deborah secco - raphael dias cortadaDepois de um ano de alarde, Deborah Secco não viverá mais a cantora Joelma no filme Isto É Calypso. O longa-metragem, que vai retratar a trajetória da banda de forró, perde a participação da atriz como protagonista por conta de atrasos na execução do projeto.

“Eu queria fazer, e a gente iria filmar no meio deste ano. Eu programei minha agenda para isso, mas o filme atrasou e eu não tenho como encaixá-lo dentro dos projetos com os quais me comprometi”, diz Deborah.

Neste fim de ano, ela está rodando o longa-metragem A Estrada e, no ano que vem, estará envolvida em mais uma produção cinematográfica a partir de janeiro. Na sequência, a atriz está reservada para televisão, mas ainda não adianta do que se trata.

O longa A Estrada está sendo filmado em São Paulo e Deborah incorpora uma atriz fracassada, que fez muito sucesso na infância com um programa de TV chamado Clube do Ursinho, em que ela era a Moranguinho. Assim, meio no estilo Simony e de tantas outras crianças famosas que não emplacaram sucessos na vida adulta.

“Ela interpreta uma assaltante e, como a produção está sem dinheiro, eles começam a roubar de verdade. O ápice do filme é quando ela mata um cara achando que está fazendo uma cena”, adianta a atriz.

A Estrada deve ser lançado no final de 2014 ou no começo de 2015. No elenco estão também os atores Júlio Andrade, Lucio Mauro Filho, Bruno Torres e Ana Carolina Machado. A direção é de André Moraes.

O último trabalho de Deborah na Globo foi na série Louco Por Elas, cujo último episódio foi ao ar em junho. A atriz afirma que o seriado não terá uma nova temporada, como chegou a ser cogitado.

UOL

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Cláudia Souto disse:

    É impressão minha ou ela está cada vez mais vesga?

Calypso se oferece para apresentações na TV

A Banda Calypso no Bate-papo UOL

Depois de toda a confusão com as declarações de Joelma na revista “Época”, os agentes da banda Calypso se apressaram em emplacar participações em programas na TV.

A maioria das produções procuradas, no entanto, preferiu nem responder.

Além disso, existem especulações de que Deborah Secco não quer mais fazer o filme.

Flávio Ricco

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Edson disse:

    Tão crucificando essa cantora só porque ela deu sua opinião, gente pelo que sei nesse pais existe uma lei que se chama liberdade de expreção, ela falou o que ela pensa, ela pode até respeita mais tem o direito de não concordar. Se ela não concorda é um direito dela e ponto final.

  2. Fernando Fernandes disse:

    É por isso que deveriam proibir as louras de falar.

  3. Hugo disse:

    Ninguém está ferindo a liberdade de opinião, é apenas uma reação às opiniões dela.
    As pessoas são responsáveis pelas suas opiniões e suas consequências (positivas ou negativas), mas jamais devem ser impedidas de emiti-la.

  4. caio fábio disse:

    Não gosto desse estilo musical, mas também não aceito esse tipo de "patrulhamento" nocivo a liberdade de opinião.

Após declarações homofóbicas, produção do filme de Joelma é cancelada

Joelma (Divulgação)

Joelma (Divulgação)

As coisas realmente não andam bem para Joelma e Chimbinha. Depois das desastradas declarações homofóbicas de Joelma para a revista Época, e a revolta dos fãs e de artistas que colocaram a “boca no mundo” – ou nas redes sociais – indignados com o que a líder da banda disse, agora é o filme sobre a história deles que não vai mais acontecer.

Por conta da repercussão negativa em torno das declarações de Joelma, nenhuma grande empresa quer se envolver com a produção do filme. Segundo o jornal carioca Extra, já estava difícil para a produção encontrar patrocinadores, agora a coisa está ainda mais complicada.

A atriz Deborah Secco, que foi escalada para viver Joelma no cinema, não recebeu uma informação oficial sobre o que vai acontecer com o longa. Até segunda ordem, a produção está cancelada.

Portal PS

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Joao maria disse:

    Tantas pessoas maia significativas e com mais obras e com historias de vida bem mais bela que a de Joelma do calypso(nada contra) historias de vida e de superacao como a de Jose de alencar, Oscar Niemayer dentre outros braseiros vitoriosos. Se o fato for fazer filme de algum musico pq nao do Rei Roberto carlos? É meu Brasil como sempre a podridao lhe rudeia, nao me espantaria nada o prox filme a ser produzido o da mulher melancia ou ate mesmo o de Neymar

  2. Sergio Nogueira disse:

    Ela agora vai entender que vivemos um tempo em que não podemos ter a opinião que venha a conflitar com os interesses do arco-íris sob pena de sermos chamados de homofóbicos.
    Apenas por informação: vegetariano seria uma pessoa com viés de carnofobia e por isso deve ser censurada?

Aeroporto de São Gonçalo: advogado acusa servidor do TJRN de quase prejudicar financiamento

 

O representante jurídico do Consórcio Inframérica, do Aeroporto de São Gonçalo do Amarante, Diogo Pignataro, se mostrou indignado com a postura de um servidor da Corregedoria do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte que mesmo tendo sido solicitado a providenciar uma certidão indispensável para a assinatura do contrato de financiamento junto ao BNDES, “foi embora”, como ele mesmo cita no microblog twitter.

Segundo o advogado, o servidor cujo nome não foi revelado, se recusou a fornecer uma certidão das Varas da Comarca de São Gonçalo. Apesar da falta da colaboração por parte do citado, Pignataro afirmou que não houve prejuízo na obtenção do documento graças à intervenção de outros servidores do órgão. “Graças que contamos com o auxílio de outros servidores e conseguimos a bendita Certidão, já enviada ao BNDES, propiciando a assinatura”, garantiu ele. O motivo para tal recusa não foi pormenorizado pelo advogado.

Diogo Pignataro afirmou que na próxima segunda (06) vai protocolar uma representação formal contra tal servidor junto ao Desembargador Corregedor do TJRN.