Bolsonaro redireciona R$ 11 milhões ao Ministério da Defesa por combate a coronavírus

Foto: Jorge William / Agência O Globo

O presidente Jair Bolsonaro editou nesta segunda-feira uma medida provisória (MP) para abrir crédito extraordinário no valor de aproximadamente R$ 11,3 milhões para o Ministério da Defesa. O objetivo é financiar o combate ao novo coronavírus.

O ato foi publicado na edição desta segunda-feira do Diário Oficial da União. A atividade citada na MP é o “enfrentamento da emergência de saúde pública de importância internacional decorrente do coronavírus”.

Os R$ 11.287.803,00 redirecionados a partir de anulação parcial de dotação orçamentária, da reserva de contingência financeira e fiscal. Assinada na última sexta-feira, a medida entra em vigor já nesta segunda, data de sua publicação.

O Globo

TRT-RN: Parceria inovadora quita dívidas da Brasinox e injeta R$ 11 milhões na economia do Estado

O ministro do TST, Cláudio Brandão, e o presidente do TRT-RN,Bento Herculano, celebram fim das ações. Foto: via site TRT-RN

Trabalhadores e representantes da Brasil Inoxidáveis S/A (Brasinox) chegaram a um acordo que encerrou 178 ações, que tramitavam contra a empresa desde 1992.

A dívida trabalhista e previdenciária de R$ 23 milhões será paga com a venda da antiga fábrica, no Distrito Industrial de Parnamirim, por 51 milhões 909 mil, em negociação conduzida pelo TRT-RN.

A dívida trabalhista da Brasinox é de R$ 11.333.268,49 com os ex-empregados e mais R$ 12.147.843,31, em Previdência Social.

A conclusão desses processos da Brasinox também celebrou uma cooperação inovadora entre o TRT-RN e outros Tribunais do Trabalho de São Paulo de Pernambuco, a Fazenda Nacional, o Governo do Estado e a prefeitura de Parnamirim.

Veja notícia completa aqui no Justiça Potiguar.