Governo do Estado quita novembro de 2018 e adianta pagamento de fevereiro neste sábado

Foto: Ilustrativa

O Governo do RN depositou mais de R$ 314,3 milhões na economia potiguar. O adiantamento do salário de fevereiro de 2020 e o passivo de novembro de 2018 amanhecerão na conta bancária dos servidores do Estado neste sábado (15).

O funcionalismo que recebe até R$ 4 mil (valor líquido) e a categoria da Segurança Pública receberão o salário integral. O servidor que recebe acima de R$ 4 mil teve 30% de seu salário adiantado e receberá os outros 70% no próximo dia 29.

Com isso, mais de 60 mil funcionários terão seus salários integrais na conta já na metade do mês e quase 30 mil terão parte de seus vencimentos adiantados, totalizando uma folha de mais de R$ 220 milhões.

SALÁRIO DE NOVEMBRO DE 2018

Em relação ao passivo de novembro de 2018, foi depositada a parcela restante dos servidores que recebem acima de R$ 5 mil. Com isso, o Governo quita o segundo dos quatro salários em atraso deixados pela última gestão, tendo pago também o 13º de 2017.

O Governo segue no trabalho constante pela busca do equilíbrio fiscal e de receitas extras para pagar os salários de dezembro e o 13º de 2018, que totalizam um montante de mais de R$ 700 milhões.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. olimpio disse:

    Com ajuda do governo federal, até eu.

  2. Gilvan disse:

    Aos poucos a governadora vai colocando o RN nós eixos.Mais dinheiro em circulação para aquecer o comércio.

  3. Valeu gonvernadora 👏👏👏👏👏

  4. Pedro disse:

    Vejam, promessa de receber dia 15/02/2020, o restante do pagamento de 11/2018. Quando atraso as minhas contas, o estado e seus picadinhos tipo CAERN, DETRAN, e outras milongas, pago tudo corrigido, quero só ver o valor que vou receber e digo mais, essa mentirosa, covarde e outros adjetivos menos honrosos, sabia da situação, sabia que ia pegar um estado falido, resolveu governar por que quis, assumiu o bônus e o ônus, ela não está fazendo favor, está realizando obrigação. Não devemos alisar seu couro, no nosso está batendo sem pena, pior do que o presidente que ela detona, uma vergonha.

  5. Francisco Alves disse:

    Ué, e o restante do passivo que se f***?
    Que eu saiba foram 1,7 bilhões aprovado pela Assembleia Legislativa, então, fica uma perguntinha básica: Aonde foi parar esse dinheiro???? Não era exatamente para o pagamento desse passivo????
    Ah! Esqueci, a mentira é praxe nos governos do PT.

  6. Ceará-Mundão disse:

    É claro que os servidores que irão receber esse salário de 2018 estão muito satisfeitos. É bastante compreensível. Mas é bom lembrar que serão reembolsados para isso algo próximo a 90 milhões e graças a um empréstimo de 180 milhões (O dobro, portanto), referente a ADIANTAMENTO de royalties, dinheiro que o RN deixará de receber no futuro e que, certamente fará falta a um estado em crise financeira. E dizem que os juros desse empréstimo foram altíssimos. Bem, torço para dar certo mas não vejo boas perspectivas, infelizmente. Não enxergo competência nem responsabilidade nesse governo. Com honrosas excessões, que só justificam a regra.

    • Ceará-Mundão disse:

      A governadora do PT já recebeu perto de 1 bilhão de dinheiro extra (nesses dias, o deputado Tomba Farias citou essa cifra). Ela dizia, há algum tempo, que TODO dinheiro extra seria usado para pagar os salários atrasados. Só pagou, até agora, míseros 30 milhões, referentes a resquícios do 13° de 2017, e está pagando agora (a conferir) mais uns 90 milhões, o restante de novembro de 2018. Cabe ressaltar que a folha do estado é quase 500 milhões. Ou seja, quitou uma quantia insignicante, diante dos números. E não venha dizer que pagou DUAS folhas extras (ela já andou ensaiando essa mentira). E tem a reforma da previdência, que ela dizia que era desnecessária, os fornecedores do estado, os hospitais públicos. Esse governo é um desastre. Já era esperado. PT, né?

    • Virgílio disse:

      Você é funcionário público estadual? Você, no lugar dela, faria como para solucionar essa dívida herdada das oligarquias que parasitam o RN há tantas decadas???

  7. Luladrão Encantador de Asnos disse:

    Isso é um calmante pra reduzir a pressão pela reforma previdenciárioa. Quem não ti conhece que ti compre Fatão GD.

  8. Alguém disse:

    Não faz mais do que abrigação, apesar de tardio, mas vem perto do carnaval.

  9. François Cevert disse:

    A turma dos 'torce contra' piram!!!

  10. Paulo disse:

    A Gloriosa agradece Governadora.

TRT-RN: Parceria inovadora quita dívidas da Brasinox e injeta R$ 11 milhões na economia do Estado

O ministro do TST, Cláudio Brandão, e o presidente do TRT-RN,Bento Herculano, celebram fim das ações. Foto: via site TRT-RN

Trabalhadores e representantes da Brasil Inoxidáveis S/A (Brasinox) chegaram a um acordo que encerrou 178 ações, que tramitavam contra a empresa desde 1992.

A dívida trabalhista e previdenciária de R$ 23 milhões será paga com a venda da antiga fábrica, no Distrito Industrial de Parnamirim, por 51 milhões 909 mil, em negociação conduzida pelo TRT-RN.

A dívida trabalhista da Brasinox é de R$ 11.333.268,49 com os ex-empregados e mais R$ 12.147.843,31, em Previdência Social.

A conclusão desses processos da Brasinox também celebrou uma cooperação inovadora entre o TRT-RN e outros Tribunais do Trabalho de São Paulo de Pernambuco, a Fazenda Nacional, o Governo do Estado e a prefeitura de Parnamirim.

Veja notícia completa aqui no Justiça Potiguar.

 

Governo Rosa paga aos produtores de leite

Com o pagamento de R$ 1.178.668,30 realizados na última sexta-feira, o Governo do Estado do Rio Grande do Norte quita o pagamento das duas quinzenas de Janeiro/12 e duas quinzenas do mês de fevereiro/12 do Programa do Leite, relativos ao Programa de Aquisição de Alimentos – modalidade leite (PAA-Leite), parte do programa do Leite que é realizado em parceria com o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à fome (MDS).

O governo realizou, também, na última sexta-feira (23) o pagamento de mais R$ 2,5 milhões, que quita o pagamento das duas quinzenas do mês de janeiro/12, referentes à parte do programa que é realizado exclusivamente com recursos do Governo do Estado. Até a próxima terça-feira (27) o Governo do Estado do Rio Grande do Norte quitará o pagamento das duas quinzenas do mês de fevereiro/12, efetuando o pagamento de mais R$ 2,5 milhões.

“Assumimos um compromisso com a cadeia produtiva do leite e estamos cumprindo. Reorganizamos o programa e as finanças; saldamos as dívidas. O programa Leite Potiguar contempla nova organização e estrutura do “programa do leite”, com mais agilidade e menos burocracia, para que os benefícios desse programa sejam sentidos por todos: produtores e população”, disse a governadora Rosalba Ciarlini anunciando mudanças do programa do leite que passa a se chamar Leite Potiguar, que entrega, por dia, 113.425 litros de leite de gado e 4.233 litros de cabra em todos os municípios do Rio Grande do Norte, totalizando 117.658 litros/dia para as famílias beneficiadas.

No dia 15 de março a governadora Rosalba Ciarlini recebeu 11 associações e sindicatos do agronegócio potiguar, na Governadoria, e entre os compromissos firmados; o de regularizar o pagamento do programa até o final do mês de março.

Sensível ao pleito dos representantes, a governadora Rosalba Ciarlini em relação ao “Programa do Leite” comunicou que todos os processos que estivessem em conformidade teriam as quinzenas quitadas, como efetivamente estão sendo pagas. Por ano são investidos R$ 62 milhões no programa, somente com recursos do Governo do Estado.

Está mantido, também, o acordo feito com o Sindicato das Indústrias de Laticínios e Produtos Derivados do RN (SINDLEITE-RN) para quitar os débitos deixados pela gestão anterior. O valor devido, cerca de R$ 3,4 milhões, será pago em oito quinzenas, a partir deste mês de março, paralelamente ao pagamento das quinzenas de 2012.

Além de quitar a dívida da gestão anterior, o Governo do Estado trabalha para reestruturar o Programa do Leite a partir de sua municipalização. Este novo formato vai facilitar a logística de distribuição tanto para as cidades quanto para a população.

“Com as medidas que estão sendo adotadas, como a centralização do orçamento na Emater e com a municipalização do programa, vamos garantir a agilidade do pagamento, a melhora e o controle da distribuição e entrega do leite aos beneficiários, numa parceria exitosa com as prefeituras”, afirmou Ronaldo Cruz, diretor-presidente do Instituto de Assistência Técnica e Extensão Rural do Rio Grande do Norte (Emater).

Os municípios de Georgino Avelino, Bom Jesus, Monte Alegre, Cerro Corá, Tibau do Sul e São Paulo do Potengi foram visitados por uma Comissão de Inspeção para a pré-implantação do novo formato que se chamará Leite Potiguar. A intenção é implantar a filosofia do novo programa em todos os 167 municípios.