Política

Após Congresso ratificar vitória de Biden, Trump diz que haverá ‘transição ordenada’

O presidente dos EUA, Donald Trump, discursa para apoiadores enquanto o Congresso se reúne para certificar a vitória de Biden — Foto: Evan Vucci/AP

Após o Congresso americano ratificar a vitória de Joe Biden nas eleições presidenciais de novembro na madrugada desta quinta-feira (7), o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou que “haverá uma transição ordeira em 20 de janeiro”.

“Embora isso represente o fim do maior primeiro mandato da história presidencial, é apenas o começo de nossa luta para tornar a América grande de novo”, afirmou Trump ao reconhecer a derrota para Biden, que tomará posse no dia 20.

A declaração foi publicada pelo porta-voz da Casa Branca, Dan Scavino, e foi feita após apoiadores do presidente invadirem o Capitólio, sede do Congresso americano, e causar a suspensão da sessão. Quatro pessoas morreram durante a invasão, segundo a polícia.

“Mesmo que eu discorde totalmente do resultado da eleição, e os fatos me confirmem, haverá uma transição ordenada em 20 de janeiro”, afirmou o presidente dos EUA.

Trump tem se recusado a reconhecer a derrota para Biden e afirma que houve “fraudes massivas” na eleição, apesar de não haver nenhuma prova ou evidência de que isso tenha ocorrido.

A sessão do Congresso foi retomada após horas de interrupção causada por extremistas apoiadores de Trump, que invadiram o Capitólio, e foi encerrada às 5h44 (horário de Brasília) desta quinta-feira (7), após o vice-presidente dos EUA, Mike Pence, proclamar o resultado da eleição.

“O anúncio do estado da votação pelo presidente do Senado será considerado uma declaração suficiente para as pessoas eleitas presidente e vice-presidente dos Estados Unidos para o mandato que começa no dia 20 de janeiro de 2021 e será inscrito junto à lista de votos nos jornais do Senado e da Câmara dos Representantes”, afirmou Pence após a contagem dos votos do Colégio Eleitoral.

Em condições normais, a sessão seria um procedimento meramente formal. Mas Trump pressionava Pence, que presidiu a sessão porque o vice-presidente dos EUA também ocupa o cargo de presidente do Senado, a não aceitar a certificação de Biden

Ao retomar a sessão, Pence — que também saiu derrotado na tentativa de se reeleger como vice na chapa de Trump — criticou a invasão do Capitólio e celebrou a volta da sessão.

“Para aqueles que causaram estragos em nosso Capitólio hoje: vocês não ganharam”, disse Pence durante seu discurso na reabertura.

“A violência nunca vence. A liberdade vence. Ao nos reunirmos novamente nesta câmara, o mundo testemunhará novamente a resiliência e a força de nossa democracia. E esta ainda é a casa do povo. Vamos voltar ao trabalho”, concluiu.

Momentos antes da invasão, Trump disse que marcharia junto com os apoiadores ao Congresso. “Eu estarei com vocês. Vamos andar até o Capitólio e felicitar nossos bravos senadores e congressistas”, disse no discurso em que rejeitou, mais uma vez, reconhecer o resultado da eleição. Ele, no entanto, não foi visto na marcha.

G1

 

Opinião dos leitores

  1. Antes da pandemia o nivel de emprego tinha chegado ao melhor nível em meio século. Os americanos vão chorar sangue. Quer saber? Se arrombem. Mesmo com fraude, Bidê teve votação expressiva.

  2. Pra quem quer ver os EUA se ferrarem, faz todo o sentido comemorar a derrota de Trump. Nisso há coerência.. No fundo é pura inveja (cheia de discursos para justificar).

  3. Todos os inimigos dos EUA comemoram. O país seguraa uma barra que está muito além da compreensão das cabecinhas bitoladas por fessorzinho comuna. Avança o expancionismo do PCCh, o fundamentalismo islámico, os projetos oligopolistas com o seus cavalos de Tróia ( progressismo).Muitos vão achar graça dessas palavras. Riem da própria ignorância. De quebra, os idiotas úteis daqui vão servir de fantoches do agro americano, com o seu discurso hipócrita sobre ambientalismo.

    1. Pode chorar kkk Bolsonaro assinou um decreto liberando as lágrimas da esquerda.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Lançamento de condomínio na praia de Cotovelo ratifica retomada do mercado imobiliário no RN

Porto Cotovelo Condomínio Resort é um novo projeto exclusivo e será lançado pela Ecomax nesta quarta (4), às 19h, no Foyer do Teatro Riachuelo. Foto: Reprodução/Instagram

Depois de um período desacelerado, o mercado imobiliário potiguar reaquece com o lançamento de novos empreendimentos. O Porto Cotovelo Condomínio Resort, que será lançado pela Ecomax no dia 4 de dezembro (quarta-feira), às 19h, no Foyer do Teatro Riachuelo, é a nova aposta dos players do segmento. O empreendimento, projeto do Arquiteto e Urbanista Flávio Goid, terá a exclusividade e o padrão de excelência como diferenciais.

Presidente do Sindicato de Habitação do Rio Grande do Norte – Secovi/RN, Renato Gomes já percebe esse reaquecimento do mercado. “É inegável o crescimento no mercado imobiliário este ano. Estamos sentindo a recuperação”, ratifica Renato.

A observação do novo crescimento é medida pelo volume de negociações realizadas no ano.
“Em 2019, o mercado imobiliário já sente esse crescimento, inclusive, com o preço do metro-quadrado se recuperando. A gente tem visto um volume de vendas bastante satisfatório e novas oportunidades para investidores”, avalia Fernando Loiola, corretor imobiliário.

No Brasil, os lançamentos de imóveis cresceram 11,8% e atingiram 30.607 unidades. Por sua vez, as vendas de imóveis subiram 16,0% chegando a 32.813 unidades. Os dados são Câmara Brasileira da Indústria da Construção, divulgados em setembro, tendo como base no 2º trimestre de 2019 em comparação ao mesmo período de 2018.

Porto Cotovelo

A poucos metros da praia de Cotovelo, localizada no litoral sul do Estado, e a 8 minutos de Natal, o empreendimento Porto Cotovelo Condomínio Resort oferece conforto e segurança, além das condições naturais: sol, mar e muito verde. As opções de compra e investimento contempla casas, apartamentos e lotes.

Só na primeira etapa de construção serão comercializados 85 lotes e 15 casas, com terrenos a partir de 240 metros quadrados. “Numa segunda etapa, teremos o lançamento do condomínio vertical (apartamentos) dentro do mesmo empreendimento”, informa Renildo Bizarria, diretor executivo da Ecomax.

Com as taxas de juros mais baixas dos últimos anos, a expectativa dos dirigentes da Ecomax é para que a primeira etapa do empreendimento seja comercializada em tempo recorde. “Trata-se de um produto exclusivo e de alto padrão, numa área de muito valor. Será um bom investimento em quem pensa em morar com conforto e segurança e para quem deseja investir”, avalia Renildo.

O condomínio disponibiliza de uma área de lazer completa e pronta para toda a família desfrutar. Com 26 anos de experiência, a Ecomax contabiliza em seu portfólio empreendimentos de alto padrão como Terraço Residence Pirangi, Bosque dos Poetas, Bosque das Palmeiras e Bosque do Coqueiral.

Opinião dos leitores

  1. Parabéns ao Grupo ECOMAX pelo lançamento. Isso é a prova que o nosso Brasil tá decolando.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *