Diversos

Britney Spears consegue primeira vitória contra o pai na Justiça

Foto: Reprodução/Internet

Britney Spears conseguiu a primeira vitória contra o pai, Jamie Spears, na Justiça, nesta quarta-feira. A cantora foi autorizada a escolher e contratar seu próprio advogado no processo de tutela.

De acordo com o jornal “New York Times”, o advogado escolhido é Mathew S. Rosengart, conhecido por representar famosos. Além de controlar o dinheiro de Britney, Jamie também manda nas decisões da filha e decide o que ela tem que fazer.

Nas redes sociais, os fãs celebraram a primeira vitória. “Feliz demais por mais uma vitória”, escreveu uma. “Minha Britney está muito mais perto de ser livre! Como eu estou feliz por ela!”.

O Dia

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

“Só na fraude o nove dedos volta. Se Congresso aprovar e promulgar, teremos voto impresso”, diz Bolsonaro

Foto: Agência Brasil

O presidente Jair Bolsonaro manteve o silêncio na manhã desta segunda-feira sobre as 500 mil mortes pela Covid-19 no Brasil. Desde sábado, quando o país ultrapassou a marca, Bolsonaro tem preferido comentar outros assuntos.

O Brasil já acumula 501.918 óbitos pela doença, de acordo com os dados foram reunidos pelo consórcio de veículos de imprensa formado por O GLOBO, G1, Folha de S.Paulo, UOL e O Estado de S. Paulo, que compila informações divulgadas pelas secretarias estaduais de Saúde.

Durante conversa com apoiadores no Palácio da Alvorada, Bolsonaro voltou a defender a implementação do voto impresso para as eleições presidenciais de 2022. Ele chamou o ex-presidente Lula de “nove dedos” e disse que o petista só volta ao cargo se houver fraude.

— Só na fraude o nove dedos volta. Se Congresso aprovar e promulgar, teremos voto impresso. Não vai ser uma canetada de um cidadão como esse daqui que não vai ter voto impresso — disse Bolsonaro.

Desde a eleição de 2018, o presidente afirma, sem apresentar provas, que há fraude nas eleições com as urnas eletrônicas. No entanto, nunca foi registrada a comprovação de qualquer tipo de irregularidade que pudesse modificar o resultado das eleições no Brasil. Segundo a oposição, a estretégia do presidente é uma forma de fragilizar as instituições e de preparar o caminho para que ele questione o resultado em 2022, caso não seja reeleito.

O presidente também destacou que, nesta semana, deve ser votada a proposta que altera regras de cobrança do ICMS sobre combustíveis. Em fevereiro, em meio a insatisfações de caminhoneiros com as altas no combustível, Bolsonaro enviou à Câmara um projeto de lei que estabelece um valor fixo e único de ICMS dos combustíveis para todos os estados.

Bolsonaro afirmou estar confiante na atuação do presidente da Câmara, Arthur Lira, para aprovação da proposta. Apesar de reconhecer que “há dificuldades”, ele acredita que “dá para aprovar”.

— Eu acho que dá pra gente aprovar, porque cada governador vai ter quanto é o seu ICMS. A gente resolve a questão do combustível no Brasil — garantiu.

Na semana passada, Bolsonaro declarou que avaliava entrar com uma ação no Supremo Tribunal Federal (STF) para obrigar estados a definirem o valor do ICMS.

Na conversa com os apoiadores, Bolsonaro também comentou que em julho vai indicar um novo ministro do Supremo e que, quem for eleito em 2022, indicará mais dois ministros.

Bolsonaro foi para São Paulo nesta manhã onde participa de cerimônia de formatura da Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR), em Guaratinguetá.

O Globo

Opinião dos leitores

  1. se os eleitores brasileiros cegarem na polarização, votando em péssimo e horrível, com voto impresso ou não, eu que votei no bolsocloroque em 2018, agora voto no 9 dedos … o Pt é mais fácil derrubar pois já derrubamos uma vez. já esse já o bolsoimunreb. é liso como mussun…

  2. Bem ao estilo desse governo incompetente criando factoides para desviar a atenção dos bestas para assuntos mais importantes como as 500.000 mortes por Covid, aumentos sucessivos do gás de cozinha, combustíveis e etc…

  3. O lixo ambulante já sabe que toma na tarraqueta ano que vem… Ele e sua boiada
    A posse de Lula já tem dia e hora.

  4. E Bolsonaro morrendo de medo dos nove dedos, estamos lascados com a disputa do péssimo contra o terrível.

  5. Com ou sem voto impresso, Lulaladrão poderá voltar legitimamente eleito por culpa exatamente do MINTO das rachadinhas… Ele deve estar querendo usar a mesma estratégia que Trump usou nos EEUUAA para deslegitimar sua derrota nas urnas!

    1. Essa declaração de quem foi beneficiado pela fraude deveria resultar num impeachment. Como pode o cara foi eleito, tem certeza que houve fraude e ainda continua no cargo, tem que destituir, indicar onde foi a fraude e convocar novas eleições. Isso é apenas o óbvio, ou teremos que conviver com um eleito ilegalmente.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Bolsonaro diz que Lula ‘só ganha na fraude’ e chama Renan Calheiros de ‘crápula’

Foto: Julio Nascimento/Presidência

Ao fim de uma semana em que uma pesquisa do Datafolha mostrou vantagem do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva nas eleições de 2022 e que a CPI da Covid indicar uma demora do governo federal em comprar vacinas, o presidente Jair Bolsonaro atacou nesta sexta-feira Lula e o relator da comissão, o senador Renan Calheiros (MDB-AL).

Bolsonaro chamou Lula de “bandido” e disse que ele “só ganha na fraude”, ao mesmo tempo em que chamou Renan de “crápula” e criticou os trabalhos da CPI.

— Um bandido foi posto em liberdade, foi tornado elegível. No meu entender, para ser presidente. Na fraude. Ele só ganha na fraude o ano que vem — disse o presidente, durante evento de entrega de títulos de propriedade em Terenos (MS).

Bolsonaro fez referência à decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que anulou as duas condenações que Lula havia sofrido, o que devolveu a elegibilidade ao ex-presidente. Uma pesquisa do Datafolha, divulgada na quarta-feira, indicou que Lula lidera as intenções de voto para 2022 e venceria Bolsonaro no segundo turno por 55% a 32%.

O presidente voltou a defender o voto impresso e disse que, caso o Congresso aprove a proposta, “outros Poderes” terão que respeitar, em referência ao STF, que já considerou inconstitucional proposta semelhante.

— E eu tenho falado, se o Congresso Nacional votar e promulgar uma PEC do voto impresso, teremos voto impresso no ano que vem. Eleições dali para frente, só com o voto impresso. Eu respeito as decisões do Parlamento brasileiro. Os outros Poderes também têm que respeitar.

No mesmo discurso, Bolsonaro também criticou a composição e o escopo da CPI da Covid, destinada principalmente a investigar omissões do governo na pandemia. Sem mencionar o nome de Renan Calheiros, o presidente lembrou declaração em que o relator disse que o objetivo principal da comissão não é investigar falta de recursos.

— Faz uma CPI com aquela composição que puxa vida, para não falar puxa outra coisa, para apurar omissões no governo federal. Mas na hora de convocar governadores, ela é contra. E o crápula ainda diz: “essa CPI não é para investigar desvios de recursos”.

Nesta semana, o ex-presidente da Pfizer no Brasil Carlos Murillo e o ex-secretário de Comunicação Fabio Wajngarten prestaram depoimento e relataram a demora do Brasil em responder as ofertas de vacinas feitas pela farmacêutica.

O Globo

Opinião dos leitores

  1. Começou o Mimimi da anta…. já está sentindo a batata dele queimando. Não ganha mais nem para presidente de Grêmio estudantil.

  2. O desespero chegou!
    E ainda falta mais de um ano pra eleição…kkkkkkk
    Vai endoidar até lá…chora mais Bozo, chora mais que tá lindo de ver…🤣🤣🤣

  3. A esquerda vai a loucura com a verdade. A verdade é o pior remédio contra a esquerda, com a devida comprovação científica.
    A turma da bandidolândia continua apoiando seus corruptos de estimação.
    Nem precisava tanto, 85% do Brasil sabe, sem qualquer dúvida as condutas do ex presidente de de Renan Calheiros que já traiu 05 Presidentes e sempre foi para onde era melhor e dava mais lucro.
    Se existe dúvida quanto a toda corrupção existente entre 2002 e 2016 é bom o sujeito procurar um psiquiatra, talvez tenha salvação com uso de choque e remédios controlados. Talvez, ainda dê tempo, mas acho difícil.

  4. 30 anos de mandados conquistados com o sistema fraudulento???? Foi isso que eu entendi??? Ou eu entendi errado??? Acho então que quem ganhou a eleição pra presidente em 2018 foi Haddad…..Será????

  5. É o próprio flautista de Hamelin tupiniquim. O gado adora.
    Toca o berrante, seu moço.

    1. Q desespero por esse voto impresso… tanta coisa pra fazer e esse homem só fala nisso de voto impresso… isso é no mínimo intrigante…pra bom entendedor meia palavra basta.

    1. Bangú é para CORRUPTOS condenados por corrupção em todas as instâncias, para quem rouba do cofres públicos, para quem comanda os MENSALÕES e PETROLÕES, para quem governa o país gastando BILHÕES em Copa do Mundo e Olimpíadas enquanto os hospitais públicos estavam super lotados e sem condições de atender a população.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

VÍDEO: ABC vence Globo em Ceará-Mirim na estreia do 2º turno do Estadual; veja como foi o jogo

Foto: Reprodução/YouTube/Band Natal

Em jogo realizado na tarde desta quarta-feira(05) no estádio Barrettão, em Ceará-Mirim, na região metropolitana de Natal, o ABC venceu o Globo pelo placar de 2 a 1.

Os gols do ABC foram marcados por Helitão, aos 39 do 1º tempo e Gabriel Recife(contra), aos 10 do 2º tempo. Rafael Negueba marcou nos acréscimos do 1º tempo para o time do Globo.

Com esse resultado, o alvinegro soma três pontos e assume provisoriamente a segunda colocação na classificação da Copa RN, atrás do Santa Cruz no saldo de gols.

Veja como foi o jogo assistindo AQUI via Band Natal.

 

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

ESTADUAL: Com time misto, ABC vence o Palmeira por 2 a 1

(Foto: Alexandre Lago)

O ABC utilizou um time alternativo nesta quarta-feira(10) e teve dificuldade para vencer o Palmeira por 2 a 1. A vitória foi importante para manter a segunda posição no 1º turno do Campeonato Potiguar, a dois pontos do líder América-RN. Os gols do Alvinegro foram marcados por Helitão e Marcílio, ambos no segundo tempo. Gustavo descontou para o Verdão do Agreste com um golaço.

Com o resultado, o ABC chegou a sete pontos, na segunda colocação. O rival América-RN tem nove. O Palmeira, com três pontos, segue na penúltima posição.

Agora, o alvinegro dá um tempo no Campeonato Potiguar e volta as atenções para a Copa do Nordeste. Encara o Confiança neste sábado, às 18h15, no Frasqueirão. O Palmeira aguarda a definição da Federação Norte-rio-grandense de Futebol quanto às datas da quarta rodada do estadual, na qual vai enfrentar o Força e Luz.

Com acréscimo de Globo Esporte

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Após Congresso ratificar vitória de Biden, Trump diz que haverá ‘transição ordenada’

O presidente dos EUA, Donald Trump, discursa para apoiadores enquanto o Congresso se reúne para certificar a vitória de Biden — Foto: Evan Vucci/AP

Após o Congresso americano ratificar a vitória de Joe Biden nas eleições presidenciais de novembro na madrugada desta quinta-feira (7), o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou que “haverá uma transição ordeira em 20 de janeiro”.

“Embora isso represente o fim do maior primeiro mandato da história presidencial, é apenas o começo de nossa luta para tornar a América grande de novo”, afirmou Trump ao reconhecer a derrota para Biden, que tomará posse no dia 20.

A declaração foi publicada pelo porta-voz da Casa Branca, Dan Scavino, e foi feita após apoiadores do presidente invadirem o Capitólio, sede do Congresso americano, e causar a suspensão da sessão. Quatro pessoas morreram durante a invasão, segundo a polícia.

“Mesmo que eu discorde totalmente do resultado da eleição, e os fatos me confirmem, haverá uma transição ordenada em 20 de janeiro”, afirmou o presidente dos EUA.

Trump tem se recusado a reconhecer a derrota para Biden e afirma que houve “fraudes massivas” na eleição, apesar de não haver nenhuma prova ou evidência de que isso tenha ocorrido.

A sessão do Congresso foi retomada após horas de interrupção causada por extremistas apoiadores de Trump, que invadiram o Capitólio, e foi encerrada às 5h44 (horário de Brasília) desta quinta-feira (7), após o vice-presidente dos EUA, Mike Pence, proclamar o resultado da eleição.

“O anúncio do estado da votação pelo presidente do Senado será considerado uma declaração suficiente para as pessoas eleitas presidente e vice-presidente dos Estados Unidos para o mandato que começa no dia 20 de janeiro de 2021 e será inscrito junto à lista de votos nos jornais do Senado e da Câmara dos Representantes”, afirmou Pence após a contagem dos votos do Colégio Eleitoral.

Em condições normais, a sessão seria um procedimento meramente formal. Mas Trump pressionava Pence, que presidiu a sessão porque o vice-presidente dos EUA também ocupa o cargo de presidente do Senado, a não aceitar a certificação de Biden

Ao retomar a sessão, Pence — que também saiu derrotado na tentativa de se reeleger como vice na chapa de Trump — criticou a invasão do Capitólio e celebrou a volta da sessão.

“Para aqueles que causaram estragos em nosso Capitólio hoje: vocês não ganharam”, disse Pence durante seu discurso na reabertura.

“A violência nunca vence. A liberdade vence. Ao nos reunirmos novamente nesta câmara, o mundo testemunhará novamente a resiliência e a força de nossa democracia. E esta ainda é a casa do povo. Vamos voltar ao trabalho”, concluiu.

Momentos antes da invasão, Trump disse que marcharia junto com os apoiadores ao Congresso. “Eu estarei com vocês. Vamos andar até o Capitólio e felicitar nossos bravos senadores e congressistas”, disse no discurso em que rejeitou, mais uma vez, reconhecer o resultado da eleição. Ele, no entanto, não foi visto na marcha.

G1

 

Opinião dos leitores

  1. Antes da pandemia o nivel de emprego tinha chegado ao melhor nível em meio século. Os americanos vão chorar sangue. Quer saber? Se arrombem. Mesmo com fraude, Bidê teve votação expressiva.

  2. Pra quem quer ver os EUA se ferrarem, faz todo o sentido comemorar a derrota de Trump. Nisso há coerência.. No fundo é pura inveja (cheia de discursos para justificar).

  3. Todos os inimigos dos EUA comemoram. O país seguraa uma barra que está muito além da compreensão das cabecinhas bitoladas por fessorzinho comuna. Avança o expancionismo do PCCh, o fundamentalismo islámico, os projetos oligopolistas com o seus cavalos de Tróia ( progressismo).Muitos vão achar graça dessas palavras. Riem da própria ignorância. De quebra, os idiotas úteis daqui vão servir de fantoches do agro americano, com o seu discurso hipócrita sobre ambientalismo.

    1. Pode chorar kkk Bolsonaro assinou um decreto liberando as lágrimas da esquerda.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Líder republicano do Senado reconhece vitória de Biden

Líder republicano no Senado dos Estados Unidos, Mitch McConnell. 08/12/2020 Kevin Dietsch/AFP

Em um novo golpe à tentativa do presidente Donald Trump de reverter o resultado da eleição presidencial dos Estados Unidos, o líder da maioria republicana no Senado, Mitch McConnell, reconheceu nesta terça-feira, 15, a vitória do democrata Joe Biden no pleito. A fala acontece um dia após o Colégio Eleitoral oficializar o democrata como presidente eleito do país.

“Ontem os eleitores (do Colégio Eleitoral) se reuniram em 50 estados e a partir desta manhã nosso país tem oficialmente um presidente eleito”, disse o influente senador. “Sendo assim, hoje quero parabenizar o presidente eleito Joe Biden”.

McConnell foi um pilar fundamental de Trump para governar e seu papel no Senado foi crucial para avançar na agenda do governo. Até agora, poucos republicanos se distanciaram da postura do presidente, que não reconhece a derrota e iniciou uma série de processos judiciais para invalidar os resultados, sem sucesso em nenhum deles.

“Muitos desejaram que a eleição presidencial tivesse um resultado diferente, mas nosso sistema de governo tem processos que determinam quem tomará posse em 20 de janeiro”, disse o chefe da bancada majoritária do Senado.

O conservador, que representa Kentucky, também parabenizou também Kamala Harris, que será a primeira mulher a ocupar a vice-Presidência do país.

“Além de nossas diferenças, os americanos podem ficar orgulhosos de que nossa nação tem uma mulher eleita vice-presidente pela primeira vez em sua história”, disse

O processo do Colégio Eleitoral, que normalmente não passa de uma formalidade, ganhou mais atenção neste no devido à campanha de Trump de tentar desqualificar o pleito. Os resultados da eleição foram certificados pelos 50 estados americanos, assim com pelo Distrito de Columbia. O democrata venceu com 81,3 milhões de votos, 51,3% dos sufrágios emitidos, contra 74,2 milhões (46,8%) do republicano.

Mas nos Estados Unidos o presidente é decidido pelo sufrágio universal indireto, e cada estado dispõe de um número determinado de delegados com base no tamanho de sua população. Biden conquistou 306 dos 538 delegados do Colégio Eleitoral, e Trump 232. Para vencer a eleição eram necessários ao menos 270.

Ofensiva

Trump segue fazendo afirmações sem fundamento de que a eleição de novembro foi a “mais corrupta na história dos Estados Unidos”, como tuitou novamente no domingo.

A campanha do republicano, porém, não conseguiu provar nenhum caso de fraude e as tentativas de impugnar a votação, examinadas por dezenas de juízes, foram rejeitadas, com apenas uma exceção. A Suprema Corte, de maioria conservadora graças às designações de três integrantes por Trump, se negou na sexta-feira sequer a considerar duas demandas dos republicanos.

Quase junto à confirmação do Colégio Eleitoral, Trump usou suas redes sociais para anunciar a saída do secretário de Justiça, William Barr, de seu governo. O secretário, notório por seu apoio ao presidente, disse em entrevista recente à Associated Press que “não vimos fraude em uma escala que pudesse levar a um resultado diferente nas eleições”, enfurecendo a base do republicano.
Muitos congressistas republicanos respaldam as afirmações de fraude de Trump, mas alguns estariam dispostos a reconhecer a vitória de Biden após a ratificação do resultado pelo Colégio Eleitoral.

Mas como as pesquisas mostram que apenas um em cada quatro eleitores republicanos aceita os resultados das eleições como válidos, não se espera que Trump admita a derrota a curto prazo.

No fim de semana, ao ser questionado em uma entrevista no canal Fox News se compareceria à posse de Biden em 20 de janeiro, como exige o protocolo e séculos de tradição, Trump se limitou a responder: “Não quero falar sobre isto”.

À imprensa na tarde desta segunda, a porta-voz da Casa Branca, Kayleigh McEnany, se recusou a responder se Trump aceitará o resultado do Colégio Eleitoral.

Veja

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

“Como indivíduo, eu julgo que a vitória do Joe Biden está cada vez mais sendo irreversível”, diz Mourão

Foto: Romério Cunha/VPR

O vice-presidente da República, Hamilton Mourão, disse nesta sexta-feira que, como indivíduo, considera a vitória de Joe Biden nas eleições dos Estados Unidos “cada vez mais irreversível”. O presidente Jair Bolsonaro é um dos poucos líderes mundiais de países democráticos que ainda não parabenizaram o democrata pela vitória contra Donald Trump.

“Como indivíduo, eu reconheço [a vitória], mas temos que olhar que eu não respondo pelo governo. Como individuo, eu julgo que a vitória do Joe Biden está cada vez mais sendo irreversível”, afirmou Mourão em entrevista à Rádio Gaúcha. “Brevemente acho que vai acontecer isso [reconhecimento da vitória]. E acho que não há uma tensão entre as duas nações, é mais um fogo de palha.”

Mourão também contemporizou a fala do presidente Bolsonaro sobre usar “pólvora” contra os EUA, atribuindo o discurso a uma “força de expressão”.

Nesta sexta-feira, a China enviou seus cumprimentos a Biden por meio do porta-voz do Ministério de Relações Exteriores do país, Wang Wenbin. “Respeitamos a eleição do povo americano”, disse. “Felicitamos o senhor Biden e à senhora Kama Harris”, complementou, sem justificar a demora pelo reconhecimento e dizendo apenas que “o resultado será confirmado de acordo com as leis e os procedimentos americanos.”

Contudo, o presidente chinês, Xi Jinping, ainda não fez nenhuma declaração pública a Biden até o momento. A China vinha evitando declarar o seu reconhecimento à eleição de Biden assim como outros poucos países como Rússia, Coreia do Norte e Brasil. O presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, também demorou para enviar seus cumprimentos, mas já o fez na última terça-feira.

Valor

Opinião dos leitores

  1. Mourao usando a sensatez, diferente do resto do gado arrogante e burros…!!!! Ja era !!! Fora Trump arrogante e fora bozo burro….!!!!

    1. Sabe de nada petralha.
      Esse vice passa longe da elegância do pernambucano Marco Marciel.
      Até mesmo do mineiro Zé Alencar.
      Esse Morão é um palpiteiro sem VOTOS, ainda não aprendeu o seu lugar de VICE
      Vice, é igual a Pneu de stepe, só entra em caso de defeitos do pneu titular.
      Como o Mito Bolsonaro, tá gozando de saúde e não morreu, esse Morão era pra estar só assistindo calado e na arquibancada.
      Bem caladinho.
      Já dizia o ex Prefeito de Natal.
      Vice é vice.
      Ponto final.

    2. Calma Neto, tome um suquinho!
      Ele está apenas treinando, passado dois anos, o Mourão já pode assumir a cadeira e é o que vai acontecer. Esqueceu que o Rodrigo Maia está sentado numa centena de pedidos de impeachmant? É só edcolher.
      O trauma de tirar outro presidente num curto espaço de tempo é bem menor.

    1. Canhoto só por ser maçônico e globalista?

    1. hahahahahahaha vocês são mais cômicos que os defensores de Lula hahahahahahaha

    2. E tá mesmo!!
      Daqui a dois anos, veja se ele é o escolhido pra ser vice do MITO.
      Kkkk
      Não tem votos e cisca de mais, iqual a galinha choca.
      Tem que trocar esse vice mesmo.
      Ponto final.

  2. Não sou simpático com a milicada, mas se tem um cara que tem meu respeito, é o Mourão.
    Eu não sei o que ele ainda quer do lado desse moribundo desse Presidente. Mourão tem cacife para se lançar em 2022 sem depender desse miliciano.

  3. O armamento mais letal que nós temos , a mistura de pólvora com enxofre. O popular ‘’ peido alemão ‘’. Essa será a grande arma pra superar a potência bélica dos USA.

    1. Acabei de ler num jornal Americano que o presidente eleito Joe Bidem está muito mal, não dorme desde o dia 07 de novembro, tem crises de suicídio, chora , arranca os poucos cabelos q ainda tem e TUDO isso só porque não recebeu os cumprimentos de Bolsonaro. O caso está sendo tratado como o maior evento grave já registrado numa campanha americana.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Eleições nos EUA: Biden passa Trump na Pensilvânia e se aproxima de vitória

Foto: Carlos Barria / Reuters; Jonathan Ernst / Reuters

O candidato democrata Joe Biden passou o presidente Donald Trump na Pensilvânia nesta sexta-feira (6). Caso Biden vença neste estado, vai ultrapassar os 270 votos necessários para ser eleito presidente dos Estados Unidos no Colégio Eleitoral.

A virada na Pensilvânia ocorre em meio a uma série de processos impetrados na Justiça pela campanha de Trump para interromper a apuração em alguns estados e até mesmo recontar votos.

De acordo com as apurações parciais em estados-chave, além de cálculos estatísticos e demográficos sobre a proporção de urnas ainda não apuradas, já não é mais possível para Trump chegar a 270 delegados no Colégio Eleitoral.

A demora na apuração e a virada de Biden em alguns estados é explicada pela votação por correio. Boa parte dos eleitores republicanos foi às urnas presencialmente e, por isso, tiveram votos computados primeiro. Já os eleitores de Biden votaram massivamente pelo correio, o que atrasou a computação dos votos.

Conforme eles iam sendo contabilizados, Biden virou o jogo, primeiro em Michigan e em Wisconsin, na quarta-feira (4), e na Pensilvânia, nesta sexta.

A apuração, no entanto, continua. Biden ainda lidera em Nevada e no Arizona e está tecnicamente empatado com Trump na Geórgia. O presidente lidera no Alasca e na Carolina do Norte.

Caso essa tendência se confirme, o democrata pode ampliar sua vantagem no Colégio Eleitoral. Isso enfraqueceria politicamente a estratégia de Trump de contestar o resultado das eleições na Justiça. Nessa quinta, juízes de Michigan, Geórgia e Filadélfia rejeitaram pedidos da campanha republicana para paralisar a apuração.

CNN Brasil

Opinião dos leitores

  1. Já já os bolsonaros vão dizer q são amicíssimos do novo Presidente! E os idiotas vão acreditar…..

    1. Só espero que agora não queira ser amigo dos ditadores maduro, sandinistas da Nicarágua, de cuba, todos do continente africano, e empreste o dinheiro do trabalhador brasileiro como fizeram os petralhas, e ainda leve um calote deles. Aí vou dizer que não é pouco burro como a esquerdalha

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

Barcelona anuncia vitória sobre Santos em disputa jurídica por Neymar

Foto: © Leandro Amaral/Divulgação Santos FC/Direitos Reservados

O Barcelona divulgou nota nesta terça (7) informando que a Corte Arbitral do Esporte (CAS, na sigla em inglês) deu ganho de causa ao clube espanhol na disputa jurídica travada com o Santos pela contratação de Neymar. O Peixe ainda não se pronunciou sobre a decisão.

O Alvinegro Praiano exigia o pagamento de 61,29 milhões de euros (R$ 371,3 milhões), por entender que os pagamentos feitos pelo Barça à empresa que pertence a Neymar da Silva Santos, pai do atacante, que ajudaram a viabilizar a contratação, deveriam constar no valor total do negócio, fechado em maio de 2013. O clube paulista entrou com o processo em 2015, exatamente dois anos após a venda do jogador.

Pela transferência, o Santos recebeu 17,1 milhões de euros (R$ 56 milhões, na cotação da época), tendo que dividir o valor com os fundos DIS e Teisa, que detinham 45% dos direitos econômicos, ficando com os 55% restantes. Já à empresa de Neymar pai, os europeus pagaram 40 milhões de euros (R$ 128,6 milhões, também na cotação da época).

No comunicado, o Barcelona diz que, no entendimento do CAS, o contrato entre Santos e Neymar foi encerrado “por mútua concordância” e que o clube espanhol “não infringiu nenhum acordo de transferência quando pagou uma quantia adicional ao pai do jogador e à sociedade N&N”. Ainda segundo a nota, a Corte Arbitral do Esporte teria avaliado que o Barça “não se comportou de maneira fraudulenta quando firmou um pré-contrato com Neymar Jr, nem quando assinou o acordo de transferência com o Santos”.

Por fim, o posicionamento do time europeu diz que o Santos terá que pagar ao Barcelona os custos do processo: 20 mil francos suíços (R$ 114 mil).

Agência Brasil

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

VÍDEO: América goleia o Força e Luz, e golaço de falta de goleiro é o primeiro da Arena das Dunas

Foto: Diego Simonetti / América

Na noite dessa quarta-feira (12), o América derrotou o Força e Luz por 4 a 1 e assumiu a liderança do segundo turno do Campeonato Potiguar, denominado de Copa Rio Grande do Norte. Os gols do Alvirrubro foram marcados por Dione e Geninho, no primeiro tempo, Felipe Pará e Rômulo (contra), na segunda etapa. O Time Elétrico diminuiu após cobrança de falta magnífica do Ferreira, goleiro da equipe. A partida foi realizada na Arena das Dunas, em Natal, e foi válida pela oitava rodada do certame.

Veja o primeiro gol de goleiro da Arena das Dunas aqui.

Agora, o alvirrubro fica de olho no duelo da Copa do Nordeste, contra o CRB-AL, na Arena das Dunas, às 16h. O jogo acontece no próximo sábado (15). Já o Força e Luz, joga diante do ABC, pelo Campeonato Potiguar, mas ainda sem data marcada.

Foto: Reprodução/FNF

Opinião dos leitores

  1. Na temporada, jogou contra dois times profissionais. ABC e o Botafogo/PB, foi mal contra os dois, de resto, só jogou contra times semi-amadores!

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

América vence Santa Cruz de Natal na segunda rodada do Estadual e mantém 100% de aproveitamento

Foto: Diego Simonetti/América FC

Em partida disputada na Arena América, na tarde desta quarta-feira(08), o alvirrubro venceu o Santa Cruz de Natal pelo placar de 3 a 1, e permanece com 100% de aproveitamento após duas rodadas no 1º turno do Campeonato Estadual.

Os gols do time americano foram marcados por Wallace Pernambucano, na primeira etapa, e Tiago Orobó e Daniel Costa, ambos, no segundo tempo. Para o Santa Cruz, marcou Anthony no primeiro tempo.

O América lidera a Copa Cidade do Natal com 6 pontos, e saldo de cinco gols. O Santa Cruz, permanece no meio da tabela, com 3 pontos, com uma vitória e agora uma derrota.

Foto: Reprodução/FNF

 

 

Opinião dos leitores

  1. Vixiiiiiii! A Arena Dragão tá com essa estrutura toda ? Pra quem grita a todos pulmões que temos um chiqueiro! Hummmm!

  2. Bom. So uma pergunta? Vai ficar aque multidão de pessoas la fora do estadio? Urinando e defecando na rua? Hj mesmo tive o desprazer de ver esses atos.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

FOTOS: Nadadora desclassificada porque “as nádegas se tocavam” recupera a vitória

Breckynn Willis foi desclassificada por causa do seu maiô, mas recuperou medalha. Fotos: Reprodução/Instagram

A jovem nadadora Breckynn Willis viveu uma situação inusitada e constrangedora neste final de ano. No mês de setembro, ela venceu a prova dos 100 metros nado livre de uma competição na cidade de Anchorage, no Alasca, EUA, mas acabou sendo desclassificada e perdeu a medalha.

Os organizadores do evento na Dimond High School explicaram que retiraram a vitória da nadadora de 17 anos de idade porque ela “mostrou demais”.

De acordo com os juízes do campeonato, Breckynn Willis usava um maiô que deixava boa parte das nádegas à mostra. Agora, três meses depois, após apelação feita nos órgãos competentes dos EUA, ela conseguiu recuperar a medalha de ouro.

O árbitro que desclassificou a nadadora disse que, com o maiô usado por Breckynn, “as nádegas se tocavam”.

Modelo considerado ‘apropriado’; o pontilhado vermelho marca o maiô ‘inapropriado’ de Breckynn. Foto: Reprodução

Dreamer Kowatch, irmã da atleta e que também é nadadora, já teve problemas com o mesmo juiz por causa de um maiô “irregular”.

O técnico de Breckynn e treinadores de outras equipes que participavam da competição foram unânimes na reclamação e indicaram que a desclassificação aconteceu por conta de uma medida machista.

Vale lembrar que a nadadora havia usado o mesmo maiô em três competições anteriores e nada de irregular foi relatado.

Segundo o The Sun , uma comissão concluiu que Breckynn Willis sofreu discriminação por ter corpo curvilíneo, já que o maiô que ela usava era do mesmo tamanho do das outras nadadoras. Além disso, os organizadores e árbitros deveriam comuniciar qualquer suposta violação antes da prova.

IG, com The Sun

Opinião dos leitores

  1. Isso é sério? Foi punida por ser mais bonita? Além de excelente nadora é linda. Por isso foi punida?

    1. Deixei de entender o motivo da punição. Quer dizer que ser gostosa e ter a bunda grande é crime?

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

VÍDEO: Reação de pai e filhos ao ouvir gol da vitória do ABC nos acréscimos viraliza na web pelo país

Vídeo com matéria na íntegra aqui

Na semana do Dia dos Pais, um vídeo que viralizou na web mostra a reação de pai e filhos após o gol marcado por Wallyson e que decretou a vitória do ABC sobre o Ferroviário, pela Série C do Campeonato Brasileiro (veja acima). O jogo foi realizado na última segunda-feira e não teve transmissão de TV. Aí tem o rádio e suas peculiaridades… O universitário Lucas Cabral publicou em uma rede social o vídeo com imagens do circuito interno do prédio onde mora, no qual ele, o pai e o irmão estavam dentro do carro, no estacionamento, ouvindo pela rádio os minutos finais da partida. Quando acontece o gol, nos acréscimos, eles saem do carro para comemorar e se abraçam. Alívio e emoção.

Em outra postagem na sequência, Lucas escreveu: “Minha mãe pensou que estávamos sendo assaltados. Já era 22h”.

Na nona posição na tabela, o ABC luta contra o rebaixamento e esta angústia dos torcedores deve seguir até a última rodada.

“E não importa a fase do ABC. Fui para todos os jogos no Frasqueirão essa Série C, além de ser sócio desde os 6 anos! Desistir nunca será uma opção!”, postou.

O vídeo ganhou muitos compartilhamentos nas redes sociais e em grupos de WhatsApp, recebendo elogios tanto dos alvinegros como de torcedores de outros clubes. E tem gente que fala que é só um jogo…

AugustoX Futebol Clube – Globo Esporte

Opinião dos leitores

  1. Adivinheeeeeeeeeeeeeeeeeeeee… O melhor do futebol é isso… amor, união, alegria. Que esses sentimentos possam, um dia, prevalecer nos estádios. Avante meu ABC!!!!!!

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Maia diz que aprovação de PEC do Orçamento é ‘vitória’ para governo e que Bolsonaro já apoiou proposta

Reprodução: TV Globo

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), negou na noite desta terça-feira (26) que a aprovação da proposta de emenda à Constituição (PEC) que obriga o governo a executar todos os investimentos do Orçamento seja uma derrota para o Executivo e afirmou tratar-se, na verdade, de uma “vitória”.

A declaração de Maia foi dada após a aprovação da proposta, votada em dois turnos no mesmo dia, situação rara na Câmara. Geralmente há um intervalo de ao menos cinco sessões entre o primeiro e o segundo turno na análise de PEC. Foram 443 votos a favor, e 3, contra, na primeira rodada. Na segunda votação, foram 453 votos a favor, e 6, contra.

O texto ainda precisa ser analisado pelo Senado. Na Câmara, a votação se deu no auge de uma crise entre Maia e o presidente Jair Bolsonaro (PSL), conforme relatou a colunista Andreia Sadi. Segundo analisou o colunista Gerson Camarotti, a aprovação na Câmara representa uma derrota para o governo, por engessar o Orçamento federal. O texto dá pouca margem para o Executivo fazer remanejamentos.

“Não [foi uma derrota], foi uma vitória, porque o PSL votou a favor, o Eduardo [Bolsonaro] fez o discurso dizendo que ele e o Bolsonaro assinaram essa PEC”, declarou Maia.

Ao citar o deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-RJ), filho do presidente, Maia se referia a uma declaração dada pelo parlamentar durante a votação, em que o parlamentar anunciou o voto favorável do PSL.

“Só queria deixar aqui a nossa posição favorável à PEC, parabenizar vossa excelência [Rodrigo Maia], que realmente é uma pauta que quando Jair Bolsonaro era deputado federal, ele e eu fomos favoráveis”, disse Eduardo, que completou falando em “relação harmônica entre os poderes”.

‘Fazer do limão uma limonada’

A líder do governo no Congresso, deputada Joice Hasselman (PSL-SP), apesar de não fazer críticas à aprovação, falou em “fazer do limão uma limonada”, depois de ter dado voto contrário à PEC.

“A Câmara é soberana, foi uma decisão de todos os líderes. Então não cabe aqui à líder do governo no Congresso fazer críticas à decisão, que é da Câmara, absolutamente soberana. Eu acho que em tudo dá pra gente fazer do limão uma limonada”, disse.

Polêmica entre Bolsonaro e Maia

A aprovação da PEC ocorre dias após uma polêmica envolvendo o presidente Jair Bolsonaro e o presidente da Câmara sobre a quem cabe a articulação para aprovar a reforma da Previdência.

A proposta de reforma, enviada ao Congresso pelo Planalto, ainda não começou a tramitar na Câmara dos Deputados por enfrentar resistência dos partidos, incluindo o PSL, de Bolsonaro, que reclamam da falta de diálogo com o Executivo.

Rodrigo Maia, que tinha assumido a articulação política, tem exigido mais empenho do governo para estruturar a base aliada no Congresso e se irritou nos últimos dias com ataques nas redes sociais.

Enquanto Maia diz que o governo não pode “terceirizar” a articulação política, Bolsonaro diz que a responsabilidade pela aprovação da reforma é do Congresso e que ele “já fez a sua parte”.

Nesta terça-feira, após o colégio de líderes da Câmara incluir na pauta a votação da PEC, Rodrigo Maia negou que seja uma retaliação ao governo. Inicialmente, a proposta não estava incluída na pauta do plenário, semanalmente divulgada pela Câmara.

“A PEC é uma vontade de todos os líderes, inclusive o [líder] do PSL [partido de Bolsonaro] não ficou contra, restabelecendo prerrogativas do Parlamento. Não tem retaliação contra ninguém”, declarou o presidente da Câmara.

Orçamento de 2019

O Orçamento de 2019 prevê R$ 1,434 trilhões de despesas primárias. Deste total, 90,4% são despesas obrigatórias, e 9,6%, despesas não obrigatórias. Ao todo, estão previstos R$ 45 bilhões para o custeio da máquina pública.

Atualmente, o pagamento é obrigatório somente em parte das emendas individuais dos congressistas, as chamadas “emendas impositivas”.

Todo ano, deputados e senadores podem destinar recursos federais para obras e ações indicadas por eles no Orçamento.

Pelo texto da PEC, além das emendas coletivas (feitas por bancadas estaduais e das comissões), toda a parte de investimentos do Orçamento terá de ser executada.

Na prática, a proposta pode engessar o governo federal, que não terá espaço para remanejar despesas e terá que cumprir todo o Orçamento aprovado pelo Congresso.

Apresentada em 2015, a PEC já tinha parecer aprovado em uma comissão especial e estava pronta para ser analisada pelo plenário.

Segundo técnicos da Consultoria de Orçamento, a proposta não gera impacto fiscal.

G1

 

Opinião dos leitores

  1. Quando eram deputados Os Bolsonaros tambem eram contra a reforma da previdencia. Chega ao poder muda opiniao. Foi assim com Lula em 2003, q fez reforma previdencia no primeiro ano, mas em 2002 antes das eleicoes, PT era contrario a reforma. Qual ao PEC atual do orçamento é claro q é uma derrota. Mas pra dizer q nao houve derrota, vc manda a bancada apoiar. Para ingles ver. Jogo de cena. Hipocrisia.

    1. Ótimo era o ladrao condenado Lula roubando Petrobras, correios , falcatruas nos 4 cantos , esse era bom , ladrao fino , agora está na CADEIA CHORANDO

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

ABC volta ao G4 da Copa do Nordeste após vitória sobre o Sampaio Corrêa no MA

Foto: Andrei Torres/ABC F.C.

O ABC está novamente na zona de classificação do seu grupo na Copa do Nordeste. Jogando na noite dessa quinta-feira (14), no Estádio Castelão, em São Luis (MA), o alvinegro enfrentou o Sampaio Corrêa/MA, atual campeão da competição, e venceu o adversário por 1 a 0.

A partida começou equilibrada e com boas chances para os dois lados. Em uma delas, o meia Valdemir, que atuou na lateral-direita, acertou um chutaço no travessão. A bola ainda bateu na trave e voltou para a área. O gol do triunfo abecedista saiu aos 28 minutos do primeiro tempo. Joílson deu belo lançamento na esquerda para Evandro, o lateral dominou e cruzou rasteiro. Rodrigo Rodrigues apareceu no meio e tocou no canto. ABC 1 a 0.

Na volta do intervalo, os donos da casa passaram a dominar as ações e pressionar em busca do empate. O Clube do Povo, bem postado, se defendia e tentava sair nos contra-ataques. Algumas tentativas foram criadas, mas o placar permaneceu inalterado.

Com a vitória, o alvinegro chegou aos 11 pontos conquistados e assumiu a vice-liderança do Grupo B. A rodada ainda não foi concluída, mas o máximo que o ABC pode cair é para a terceira colocação, permanecendo no G-4.

O próximo compromisso na competição está marcado para o dia 23 (sábado), contra o Vitória/BA, às 16h, no Estádio Frasqueirão. Antes disso, avinegro volta a atuar pelo Campeonato Potiguar e enfrentará o Santa Cruz de Natal, domingo (17), às 16h, na Arena das Dunas.

Ficha Técnica

Sampaio Corrêa/MA 0 x 1 ABC
Copa do Nordeste 2019 – 6º Rodada
Data: 14/03/2019 (Quinta-feira)
Local: Estádio Castelão – São Luis (MA)
Público: 671 torcedores
Renda: R$ 4.830,00

Arbitragem:
Árbitro: Michael Vinicius Santos Freitas (SE)
Assistentes: Rodrigo Guimarães Pereira (SE) e Thiago Emanuel Reis de Albuquerque (SE)
4º árbitro: Ranilton Oliveira de Sousa (MA)

Sampaio Corrêa/MA: Andrey, Tom Abreu (Christian), Wanderson, Vitor Salvador e Lucas Gabriel, Patrick Mota, Talisson (Yann), Medina e Salatiel (Eloir), Edgar e Maxuell Samurai. Técnico: Julinho Camargo

ABC: Edson, Valdemir (Yan), Maurício, Henrique e Evandro, Anderson Pedra, Joílson (Adrian) e Felipe Guedes, Anderson, Eder (Boris Sagredo) e Rodrigo Rodrigues. Técnico: Ranielle Ribeiro

Cartões:

Sampaio Corrêa/MA: Vitor Salvador e Eloir (amarelo)
ABC: Joílson, Mauricio, Henrique e Adrian (amarelo)

Com informações do site do ABC

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *