Três bandidos são presos e um é morto após arrastão em residência na Zona Sul de Natal e tentativa de fuga

Atualizado às 10h40

Três assaltantes foram presos e um quarto bandido foi morto durante uma troca de tiros com policiais militares no bairro Candelária, na Zona Sul de Natal na manhã desta sexta-feira (11), quando os criminosos tentavam fugir após um arrastão a uma residência.

Segundo a Polícia Militar, os criminosos estavam dentro da casa quando as viaturas chegaram e fizeram um cerco ao imóvel. Na ocasião, os bandidos tentaram escapar pulando os muros de residências vizinhas. Houve perseguição, troca de tiros, três foram rendidos, e um dos bandidos foi baleado. Ele chegou a ser socorrido por uma das viaturas ao Pronto-Socorro Clóvis Sarinho, mas não resistiu. Com o assaltante baleado os policiais apreenderam uma espingarda calibre 12.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Tarcísio Eimar disse:

    – + 1, q continue assim

  2. LULADRÃO disse:

    Que pena, todos os bandidos não terem morrido. Vão ser soltos na audiência de custódia e continuarão infernizando as pessoas de bem. Parabéns aos policias pela intervenção.

  3. Sérgio Nogueira disse:

    Ele morreu e provavelmente seja decretado luto de 3 dias.

  4. Pato Amarelo disse:

    Que a "famigerada" Audiência de Custódia não passe a mão na cabeça desses bandidos.

FOTO: Tentativa de fuga é frustrada em Alcaçuz

Foto: cedida

Uma tentativa de fuga foi registrada na madrugada desta segunda-feira(23), na Penitenciária Estadual de Alcaçuz, no município de Nísia Floresta, na região metropolitana de Natal.

Segundo a Polícia, a tentativa de fuga ocorreu entre o alojamento de agentes e o hall de entrada. Detentos foram avistados e recapturados.

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Carlos disse:

    ooohhhhhhh!!!!! Com toda a policia do mundo lá em Alcaçuz não tinha como escapar heim? Pela "mor" de Deus!!! Cadê o "Gunvernador" da Segurança?

[FOTOS] Corpos de presos soterrados em túnel de fuga de Alcaçuz são localizados

IMG_2908 IMG_2909O Corpo de Bombeiros e os agentes penitenciários terminaram no início da noite de hoje (9) a operação de resgate aos corpos dois dois presos que morreram soterrados durante uma tentativa de fuga em Alcaçuz. Os presos foram identificados como Arlindo de Lima Silva, o “Boneco”, de 29 anos, e Rodrigo Nascimento Silva, o “Baby”.

Segundo informações repassadas ao blog, os dois presos estavam com celulares na mão e os corpos estavam em posição de fuga. Quatorze presos ajudaram nas buscas.

A tentativa de fuga foi registrada na manhã de hoje no Pavilhão 2 da penitenciária, quando o túnel desabou soterrando os dois. O túnel tinha profundidade de aproximadamente cinco metros e ligava o pavilhão a uma saída entre a quadra e o muro principal da unidade prisional.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Luciano disse:

    Pq nao foge ninguém do presídio federal de Mossoró ?
    Algum agente pode me responder? Se possível me diga tb onde os bandidos escondem a areia cavada do túnel.

  2. Bruno disse:

    Pelas imagens mostradas acima, a "Operação Resgate" foi realizada pelos detentos e não pelos agentes penitenciários ou bombeiros , visto que estes mesmos agentes e bombeiros,que deveriam estar trabalhando, não estavam, muito pelo contrário, como mostrado nas fotos, estão todos de braços cruzados, enquanto os detentos " presos" realizam a escavação da OPERAÇÃO RESGATE.

    Nas fotos tem até preso supervisionando preso.

Três presos são mortos, um é baleado e outro foge durante fuga em presídio de Parnamirim

Três presos mortos, um foi baleado e outro conseguiu fugir no fim da noite desse domingo (13), durante uma tentativa de fuga no Presídio Estadual de Parnamirim, na Grande Natal. Eles foram surpreendidos após terem quebrado o pergolado da cela de triagem e escalado o telhado. Na ocasião, foram visualizados e receberam disparos de policiais militares que fazem a guarda local. De acordo com a Coordenação da Administração Penitenciária, os cinco não recuaram, mesmo com tiros de contenção, por isso, foram atingidos.

Os mortos foram identificados como Aldecir de Oliveira Gabriel, José Ranilson da Silva Aires e Liégio Dantas da Costa. Segundo a Polícia Militar, dois deles já haviam conseguido chegar até a rua, enquanto um pulava a cerca. O quarto baleado foi identificado como Edson Soares, que foi socorrido, enquanto Henrique Eduardo de Oliveira, homicida, conseguiu escapar.

O detalhe da ocorrência é que além do preso baleado e o fugitivo, os outros três mortos tinham passagem por homicídio e assalto.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Francisco Dias disse:

    Esperar pela comissão de Direitos Humanos da OAB publicar nota reclamando a perda de clientes, digo, de tão distintos cidadãos.