Aeroporto de São Gonçalo não sai do discurso. Mais 30 dias para o leilão..

Tribuna do Norte:

A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) cedeu à pressão dos investidores e decidiu adiar o leilão do Aeroporto de São Gonçalo do Amarante, o primeiro que será concedido no Brasil. A decisão foi tomada em reunião de diretoria realizada na noite de quarta-feira e transfere a disputa que  estava marcada para 19 de julho para o dia 22 de agosto, atrasando em cerca de um mês  as principais etapas do processo licitatório. A postergação não é, porém, enxergada como problema pelo governo do estado nem pela Federação das Indústrias (Fiern), que acompanha de perto o projeto. “O adiamento não é significativo para o projeto como um todo e é melhor que todas as dúvidas sejam esclarecidas agora, para evitar problemas no futuro (com eventuais questionamentos na justiça por parte dos concorrentes)”, diz Flávio Azevedo, presidente da Fiern.

Questionamentos feitos por potenciais investidores durante a Sessão pública de Esclarecimentos  em junho e manifestações realizadas formalmente à Comissão de Licitação são as razões apontadas pela Anac para o adiamento. “A Anac optou por prorrogar para que todos os interessados possuam tempo hábil para fazer as adaptações necessárias em suas propostas”, disse, à TRIBUNA DO NORTE.

O ministro da Secretaria de Aviação Civil, Wagner Bittencourt, negou, mais cedo, que a razão fosse a  falta de interessados no projeto. “Existem grupos muitos interessados que estão se estruturando”, afirmou, segundo reportagem da Agência Estado. “Alteramos a data para promover mais a competição e dar tempo para que o mais interessado vença o leilão”.

Copa

Com o adiamento, o contrato com a empresa vencedora deverá ser assinado em novembro e não no final de outubro, como inicialmente previsto. Mesmo com a mudança no cronograma, a expectativa continua sendo que a obra, que será concluída pela vencedora da licitação, seja entregue no primeiro semestre de 2014 e, portanto, em tempo para que o terminal receba o movimento esperado com a Copa.

(mais…)

Procurador Geral pede a condenação de 37 mensaleiros. Inclusive Dirceu, Delúbio e Genoino

Confesso que o Procurador Geral lavou minha alma, inclusive essa atitude dele já apagou da minha memória o a gentileza que ele fez a Palocci. Eu ainda acredito no Brasil!!!
Mariângela Gallucci, de O Estado de S.Paulo

Um dia após ter sido indicado para um segundo mandato de procurador-geral da República, Roberto Gurgel pediu na quinta-feira, 7, ao Supremo Tribunal Federal (STF) que condene 37 dos 38 réus do processo do mensalão. Para Gurgel, só não existem provas contra o ex-ministro da Comunicação Social Luiz Gushiken – e, portanto, ele deve ser absolvido.

O esquema do mensalão foi o principal escândalo do governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (2003-2010) e envolveu autoridades poderosas da época, como o ex-ministro-chefe da Casa Civil José Dirceu. Uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) investigou a relação do Palácio do Planalto e de ministérios com as bancadas da base aliada e descobriu que o PT coordenava um esquema que usava sobras de doações da campanha de 2002 para fazer repasses sistemáticos aos partidos da base e pagar as dívidas eleitorais. Foram esses repasses que o denunciante do escândalo, o então deputado Roberto Jefferson (PTB-RJ), batizou de “mensalão”.

Em outro esquema paralelo, o publicitário Marcos Valério mantinha contratos com ministérios e estatais que rendiam propinas para o caixa do PT e dos demais partidos aliados. Um dos contratos mais importantes era com a empresa Visanet, holding de cartões de crédito, onde ele mantinha um acordo especial para desviar dinheiro do cartão do Banco do Brasil-Visa.

As investigações começaram em 2005. Muitos parlamentares recebiam esse dinheiro das propinas sob condição de votar com o governo no Congresso Nacional. Uma ação foi aberta no STF em 2007 após o recebimento pelo tribunal da denúncia do então procurador-geral da República, Antonio Fernando de Souza. A expectativa no STF é de que o julgamento do processo comece no fim deste ano ou no início de 2012.

(mais…)

Ex-prefeito de Patu sumiu com R$ 700 mil

Blog Cezar Alves

Confesso que gosto como a Polícia Federal investiga. E não tinha como ser diferente. Esta semana em Patu os agentes federais se mostraram educados e muito eficientes.

Estão investigando o sumiço de R$ 700 mil enviados pelo Ministério da Educação para o ex prefeito Posidônio Queiroga construir uma creche no bairro Nova Patu.

Queiroga, que é conhecido por Popó, já sabe como é ficar atrás das grades. Já esteve preso duas vezes: uma por não pagar pensão e outra por esconder documentos públicos.

Popó recebeu os R$ 700 mil e quando perdeu a eleição no mês de outubro de 2008, sacou todo o dinheiro que estava numa conta do Banco do Brasil.

Além de sumir com os R$ 700 mil, Popó  deixou sem prestar contas diversas obras no município e sem esta prestação de contas, a cidade não recebe mais recursos federais.

Neste caso, se ferra a atual administração, que está impedida de firmar convênios para outros investimentos necessários no município. Que o diga a prefeita Evilásia Gildênia.

No caso do sumiço dos recursos públicos, a Polícia Federal instaurou inquérito policial em 2009. Rolou 2010 e nada de concluir a investigação. Agora parece que vai. Ótimo.

Os policiais foram na cidade, ouviram testemunhas, ex-membros da Comissão de Licitação, empresários e fizeram medições no local que deveria haver uma creche modelo.

Quando procurados para falar sobre o assunto, os policiais federais, de forma educada, explicaram que é regra da Polícia Federal não falar sobre o que está sendo investigado.

Ótimo. Ao cidadão interessa o resultado do trabalho e a condenação dos culpados.

Prefeito quebra palavra de última hora e campeonato de Kitesurf em Barra de Cunhaú é cancelado

DreamKite 2010 em Cunhaú

Cristina Lira:

DREAMKITE 2011, previsto para acontecer em agosto na praia de Barra do Cunhaú, litoral sul do RN, localizado no município de Canguaretama, com esportistas de kitesurf de todo o país e do exterior, foi cancelado. Empresários do turismo da Praia de Barra do Cunhaú, estão revoltados com a falta de compromisso do Prefeito de Canguaretama, Wellison Ribeiro, que segundo o Presidente da Associação de Kitesurf e Surf do RN(AKSRN), Gaspar N. Silva, o prefeito havia assumido o compromisso de apoio e estrutura no ano passado para o DREAMKITE 2011, e para isso foram feitas várias reuniões, porém há apenas 01 mês da realização do evento, intermediários do Prefeito afirmaram o valor de apoio. Valor este que nem chegava próximo a premiação oferecida pelo evento que era de R$ 35Mil para os atletas.

Com o valor surpresa e fora do prometido torna-se a realização do evento inviável. Então por isso, foi decidido o cancelamento do evento que já faz parte do calendário esportivo do RN, disse Gaspar. E inclusive causando prejuízo para algumas pousadas que já tinham reservas para o evento, forçando assim o cancelamento; Empresários do turismo de Barra se reúnem hoje a noite para discutir a questão e tomarem as medidas cabíveis para fortalecer o turismo da região.

Do Blog: Lamentável essa posição do Prefeito, em 2010 o evento foi um sucesso e gerou mídia espontânea em várias partes do mundo.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Tulio disse:

    Eh assim que se comeca a acabar com um esporte.
    Parece que ha muita gente querendo ganhar muito em cima do evento !
    E assim, mais uma vez, o kitesurf vai sendo prejudicado nesse pais.
    Felizmente, pra mim que nao moro mais no brasil, nao se ve essa situacao (entenda por Palhacada) degradante no esporte…..seja qual for.

  2. Pousada Kitesurf disse:

    Acho que se deveria buscar soluções e não acusações. O kitesurf na Barra do Cunhaú precisa do apoio de todos para que este esporte não desapareça desta praia. Cada vez menos esportistas estão frequentando a praia por causa desta rinha e ameças de pescadores. Isto é fato.

  3. luiz augusto disse:

    o evento tem um custo de aproximadamente 90 mil reias e além da prefeitura de canguaretama existem patrocinadores como governo do estado, red bull, heineken entre outros. estas afirmações são de mero cunho político pois a prefeitura alem da sua cota de patrocinio deizeou a disposição: palco, som, gerador, tendas, ambulância, equipe médica, carro de som, toda parte de propaganda e segurança. o que não dá pra entender é porque o presidente da associação, que diga-se de fato só tem o nome pois nunca ajudou atleta nenhum da barra, não falou das cotas dos outros patrocinadores; ou será que elas tem outra destinação?
    exemplo claro da falta de apoio da aksrn com os atletas da barra é que ano passado eles pagaram para uma atleta chamada bruna participar do drem kite, e este anos 2 atletas já procuraram aprefeitura para pedir ajuda de custo informando que a associação não trem 1 real em caixa.
    espero que o blog seja imparcial e publique o meu comentário.

    • bruno disse:

      Claro que publicamos Luiz. Inclusive o Blog está aberto para a assessoria de imprensa da Prefeitura mostrar a versão dela. Se não publicamos foi porque a Prefeitura não enviou.

  4. BG, faz uma visita em Canguaretama e olha como as coisas funciona por lá que vc vai ter muito mais para publicar.

  5. wilsinho disse:

    Vai ser respondido com certeza,+ voce antes de publicar deveria procurar imformacoes por conhecer as pessoas de quem ta comentando…

  6. wilsinho disse:

    Procure saber das informacoes certas para poder falar…

    • bruno disse:

      Reproduzimos coluna de uma jornalista com muita credibilidade. Cristila Lira. Mas se vc souber pode muito bem responder e esclarecer o que houve. Se houve realmente quebra de palavra ou não.

Dilma vai de tempero Maggi para os Transportes

Estadão:

O senador Blairo Maggi (PR-MT) está neste momento fazendo consultas ao seu partido para decidir se aceita ou não o convite formulado pela presidente Dilma Rousseff para que ele substitua o colega de bancada Alfredo Nascimento no Ministério dos Transportes. O convite foi feito na quarta-feira, 6, à noite, segundo fontes do PT e do PR. Ele começou a consulta pelo ex-ministro, a quem levou a informação de que, caso ele não aceite o posto, o substituto será o interino Paulo Sérgio Passos.

Segundo as fontes, Dilma não vê outra alternativa na bancada do Senado no PR, uma vez que o senador Clésio Andrade (MG), que também teve o nome cogitado, tem um suplente do PSDB e não pretende deixar a direção da Confederação Nacional dos Transportes (CNT).

A presidente informou ao senador Maggi, segundo esses interlocutores, que não está disposta a aceitar nenhuma indicação da bancada da Câmara porque quer “extirpar” a influência do deputado Valdemar da Costa Neto (PR-SP) sobre a estrutura do ministério dos Transportes, uma vez que seu nome está ligado às denúncias de irregularidades vinculadas à pasta.

Antes de sair para a conversa com a cúpula do PR na Câmara, Maggi foi abordado pelo senador Lindberg Faria (PT-RJ), que o saudou como “ministro” e ponderou da conveniência para o governo de ele, Maggi, aceitar substituir Nascimento. O senador respondeu apenas que “está pensando”.

A novela acabou. Marina deixa o PV

Veja:

Depois de três meses em plena guerra interna, a poeira dentro do Partido Verde (PV) finalmente deve baixar. Na tarde desta quinta-feira, em São Paulo, a responsável por alçar a legenda à fama e à conquista de 20 milhões de votos na campanha presidencial de 2010, Marina Silva, anuncia sua desfiliação. E leva junto boa parte do grupo que insistia em reestruturar a legenda. Com isso, José Luiz Penna mantém seu comando sem precisar bater de frente com marineiros insistentes. Mas fica com um partido de imagem arranhada e sem nomes expressivos para as próximas disputas eleitorais.

A saída da ex-senadora já era tida como certa desde que surgiram os primeiros rumores de desentendimento entre ela e o presidente do PV, o deputado federal José Luiz Penna (RJ). O clima interno nunca foi dos melhores. Durante as eleições, integrantes do partido reclamavam dele e exaltavam o estilo pacificador dela. Por outro lado, defensores de Penna começaram a se incomodar com o espaço e os holofotes que ela ganhava. Mas todos negavam haver uma crise, pelo bem da candidatura de Marina.

A batalha foi declarada publicamente em março. Na reunião da executiva nacional, em Brasília, os dirigentes resolveram estender até 2012 o mandato de Penna, que já comandava o PV há 12 anos. Insatisfeitos com a recusa da direção em mudar a estrutura da legenda, aliados de Marina criaram o grupo Transição Democrática e viajaram o país em busca de apoio. “Se deixarmos de lado a renovação política dentro do partido, acabou-se a moral para falar de sonhos, de ética, de um mundo mais justo e responsável com o meio ambiente. Podemos até continuar falando, mas soará falso, como voz metálica de robô”, disse Marina em nota oficial à época.

(mais…)

Micarla fala sobre verdades e mentiras

A Prefeita através do seu blog publicou esse texto como forma de esclarecer alguma situações. Façam suas análises:

Esses dias afastados da prefeitura me fizeram refletir mais profundamente sobre as informações que diariamente são veiculadas na Internet, principalmente nas redes sociais. Falam de mim, da minha família, da gestão… Falam verdades, mas também falam mentiras. Como jornalista e pessoa pública que sou já deveria estar acostumada com isso. E estou. Sou muito segura e consciente das “forças” e interesses que estão por trás de determinadas notícias.

Porém, algo dentro de mim me diz que tenho obrigação de não ignorar essas mentiras e boatos. Sinto que tenho o compromisso de levar luz e verdade aos que me confiaram seu voto. Aos que me disseram: “Micarla, eu acredito em você!” Aos que me deram uma vitória histórica no primeiro turno de 2008. Sou prefeita de todos. Sou prefeita de toda a cidade. Dos que votaram e dos que não votaram. Mas não posso ser insensível ao não reconhecer a confiança de vocês e fornecer argumentos para que continuem acreditando e confiando no nosso trabalho e em mim.

(mais…)

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Sales Freitas disse:

    O problema não é a pessoa MICARLA e sim a sua administração. Micarla optou se aliar a Deus e ao Diabo para ganhar a eleição municipal, porque não teria cacife de ganhar uma eleição sozinha. Como escolheu o caminho errado da oposição no momento e todos que a apoiaram foram embora, ele ficou patinando na maionese. É um Aldo de saia. Pena que está tarde pra se posicionar como politica.

  2. Matheus Freire disse:

    É inegável a péssima administração atual. Espero, que a prefeita consiga cumprir com essas "novas" promessas até o final do mandato e, assim, a cidade tenha melhorias.

  3. Bôsco disse:

    Eu não conigo ver o "trabalho dessa gestão" e sim um desmantelamento total da cidade.

  4. Micarla de Sousa já perdeu o senso!!! Péssima administração.. péssima gestão… Péssima equipe… Já tá na hora de sair!

  5. Yves Melo disse:

    Quem está criticando vai continuar criticando e repudiando a administração da Borboleta…

  6. Bosco Afonso disse:

    Não pensem que essa "onda de boataria e inverdades" assusta Micarla. Tudo terá resposta e resposta com transparência, pois esse é o estilo dessa mulher de fibra.

  7. Andrade Junior disse:

    Trabalho aqui(Sao Paulo) só se for mesmo, porque em Natal a coisa ta feia…

  8. Kennedy Diniz de Araújo disse:

    Prefeita estamos com você, eu já disse que os que hoje estão criticando, serão os mesmos que pedirão desculpas amanhã.

Ricardo Teixeira: "Aliás, caguei. Caguei montão" para a imprensa

Vejam o nível desse cidadão, segue reportagem da UOL:

Ricardo Teixeira, presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e do Comitê Organizador da Copa de 2014, quebrou o silêncio. O cartola que domina o futebol brasileiro passou cerca de uma semana na Suíça com uma repórter da revista Piauí e dissertou sobre diversos temas. No meio da longa reportagem, publicada na edição de julho, ele expõe a relação que tem com a Globo, xinga os críticos e promete maldades com a imprensa no Mundial que comandará, daqui a três anos.

As declarações de Ricardo Teixeira foram registradas no início de junho, quando a Fifa estava mergulhada em uma crise histórica e tentando reeleger Joseph Blatter. O cartola brasileiro era um dos maiores alvos das denúncias de corrupção. As acusações iam desde de propinas supostamente recebidas ainda na década de 1990 até uma tentativa de venda de voto no processo de escolha das sedes das próximas Copas.

“Meu amor, já falaram tudo de mim: que eu trouxe contrabando em avião da seleção, a CPI da Nike e a do Futebol, que tem sacanagem na Copa de 2014. É tudo da mesma patota, UOL, Folha, Lance, ESPN, que fica repetindo as mesmas m…”, disse Ricardo Teixeira, que vai ainda mais longe ao rebater as denúncias.

“Não ligo. Aliás, caguei. Caguei montão. O neguinho do Harlem [bairro pobre nova-iorquino] olha para o carrão do branco e fala: ‘quero um igual’. O negro não quer que o branco se f… e perca o carro. Mas no Brasil não é assim. É essa coisa de quinta categoria”, vaticinou.

(mais…)

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. JACK disse:

    IMPENSÁVEL essa PREPOTÊNCIA em qualquer sociedade que fosse ao menos razoável.
    O rei já nem se preocupa se está sendo visto nu…
    Explicação?:
    "O mal triumfa quando os bons se omitem"!

  2. Eduardo disse:

    A única coisa que acho que ele tem razão e está certo é em questão ao "neguinho do Harlen". O brasileiro não pensa em ter aquilo que outro tem: um carro, uma lancha, casa, etc. Ele quer é que o outro perca o que tem. Isso é a mais absoluta verdade.

  3. vitor pipolo disse:

    bicho mal!
    Nem o pior vilão da novela das 20:00 é tão ruim assim .

Dilma: seis meses e seis revezes

Dora Kramer – O Estado de S.Paulo

No governo José Sarney o nome do presidente era sinônimo de crise. Ficou famosa frase do então senador Fernando Henrique Cardoso – “a crise viajou” – numa ocasião em que se referia à ausência dele do País.

Em circunstâncias distintas Dilma Rousseff vai cumprindo o mesmo destino. Diferença fundamental é que Sarney governava em ambiente de inflação alta, economia desorganizada, vaivém de planos econômicos e um Congresso Constituinte todo-poderoso, protagonista absoluto da cena política e social.

O que seria uma vantagem, na comparação, acaba contando pontos contra a presidente, que conta com estupenda maioria na Câmara e no Senado, fundamentos da economia postos, popularidade alta e oposição desarticulada.

Em tese, portanto, Dilma teria tudo para governar com relativa tranquilidade, em ambiente de brandura.

Na prática, porém, o que se vê é um permanente alvoroço. Em seis meses desde a posse há no País crises demais e governo de menos sob a gerência de Dilma.

(mais…)

A verborragia "elitoreira" de Wilma de Faria

A Ex-primeira dama, a ex-esposa de senador, a ex-deputada federal, a ex-prefeita, a ex-governadora e presidente no estado de um dos maiores partidos no RN, Wilma de Faria, pela milésima vez, assumiu um microfone (Jornal 96) hoje para falar nas Elites do Rio Grande do Norte, no poderio dos adversários e sempre na situação desconfortável que ela fica referente a essas “elites”.

Como disse lá no tópico em cima, Wilma ex-maia foi primeira dama do estado e entre 1979 a 1982 (secretária de educação) foi esposa de Senador da república e ex-deputada federal entre 1986 até 1990. Foi prefeita de Natal de 1989 até 1992 (naquela época não existia reeleição, senão….), foi novamente prefeita de 1997 até março de 2002 (sendo reeleita), foi governadora do Estado de 2002 até 2010. Sem falar na filha, Márcia Maia, feita sob sua sombra e que é deputada estadual desde 1999.

Dona Vilma, a senhora talvez seja a política que já exerceu mais cargos no executivo nesse estado, a senhora foi a política mulher que mais tempo esteve na elite política do estado. 

A senhora esteve tanto na elite que empregou no poder público  muitas pessoas de sua família (não entrando na mérito de competência de cada um). A senhora teve filhos e vários irmãos secretários em seus mandatos no executivo. Vários, inclusive, com dissabores judiciais devido a estarem na elite do poder.

Seus quatro filhos foram criados na elite do RN, com condição financeira muito superior a 95% da população do estado que a senhora foi mandante por 7 anos e meio.

Não dá mais, ninguém aguenta mais. Deve ser por esses discursos de elite que a senhora tenha perdido a eleição para senadora com uma distância considerável para os primeiros colocados.

Talvez tenha sido por esse discurso de se fazer de vítima das elites que a senhora não tenha escutado pessoas próximas quando lhe diziam para não ser candidata ao Senado e sim a deputada federal.

Se a senhora realmente não fosse de elite e não tivesse agido como tal, estaria consagrada nas urnas hoje como a deputada federal mais votada proporcionalmente desse país nas últimas eleições.

Dona Wilma, quem é elite aqui?

Esse discurso não dá mais..

* Elitoreira é a junção das palavras Elite + Eleitoreia criada pelo BlogdobG

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Rafael Braga disse:

    A culpa desse artigo é das elites, dos poderosos e dos caciques. O Bg representa esses interesses.

    • bruno disse:

      Depois diz quem é os poderosos que represento!!!! Abraços, aqui publicamos tudo amigo!!

  2. Eduardo disse:

    "Os poderosos" que a Sra. Wilma tanto fala deve ser alguma entidade de outra dimensão. Com questão as elites realmente não dá mais para aguentar essa ladainha. Se ela não é elite, vamos ter que redefinir o conceito de elite, e nós pobres mortais da classe média nem sei mais do que seremos chamados.

Vaqueiro arrochado da conta de três mulheres em uma mesma casa. Ele "atende" as três tranquilamente

 

Um caso de poligamia chama a atenção da pequena comunidade de Terra Nova, na zona rural de São Bento, no Sertão da Paraíba. José Severino Leandro da Silva, mais conhecido por Vaqueiro, tem três mulheres – duas delas são irmãs. As três vivem sob o mesmo teto.

Vaqueiro, que mora na Terra Nova há mais ou menos 40 anos, garante que convive de forma harmoniosa com as irmãs Rita Leite de Souza e Francisca Leite de Souza e sua primeira mulher, Rosaly Joana da Conceição.

O marido do trio feminino revela que a união entre as três companheiras é totalmente pacífica, sem nenhuma divergência. “O que uma quer a outra quer, na hora, mas não tem confusão”, revela, confidenciando como “atende” as esposas:

“Uma noite é pra uma, outra noite é pra outra, e vamos embora”, explica, sorridente. Na casa dele, de apenas quatro compartimentos, residem 18 pessoas, incluindo filhos, netos e bisnetos.

Os filhos do casal são: Natália Leite de Souza, 15 anos; Fábio Leite de Souza, 17 anos; Juliana Leite de Souza, 16 anos; Aline Leite de Souza, 14 anos; Leonardo Leite de Souza, 13 anos; José Leandro da Silva, 35 anos; Damião Leandro da Silva (morador em Brasília) e Francisco Leandro da Silva (falecido).

Para sustentar a grande família, seu José disse que trabalha todos os dias cortando e vendendo lenha. Com esta rotina, ganha em torno de R$ 300,00 por semana, que se soma a renda da aposentaria.

“É o suficiente pra fazer a feira”, diz Vaqueiro.

Onde é comum a poligamia

Apesar de não ser considerada legal no Brasil, a poligamia de um homem com diversas esposas é permitida e recomendada em países de cultura islâmica, que abrange desde o Marrocos, na costa noroeste da África, até a Malásia, no sudeste asiático, onde os casamentos poligâmicos são regulamentados com o limite de quatro esposas, desde que o homem tenha condições de tratar todas as companheiras, e que não se dê preferência a nenhuma.

Fonte: Folha do Sertão

Vejam a relação dos Munícipios que receberam emendas para Festas. Mossoró é a Campeã

Veja a relação dos municípios no RN, para os quais o Ministério do Turismo garantiu recursos para a realização de festas juninas a pedido de parlamentares. A lista pode aumentar com a aprovação dos últimos convênios. O levantamento do Congresso em Foco foi concluído na última sexta-feira (1º).

Alexandria (RN)
2º São João da Alegria de Alexandria (17 e 18 de junho)
Valor empenhado: R$ 100.000
Emenda do senador Garibaldi Alves (PMDB-RN) R$ 100.000

Assu (RN)
Arraial Nossa Senhora dos Prazeres (19 a 21 de junho)
Valor empenhado: R$ 200.000
Emenda do deputado Fábio Faria (PMN-RN): R$ 200.000

Assu (RN)
São João em Assu (16 a 23 de junho)
Valor empenhado: R$ 400.000
Emenda do deputado Fábio Faria (PMN-RN): R$ 200.000
Emenda do senador Garibaldi Alves (PMDB-RN): R$ 200.000

Espírito Santo (RN)
Festival do São João (23 de junho)
Valor empenhado: R$ 100.000
Emenda do deputado Fábio Faria (PMN-RN): R$ 100.000

Mossoró (RN)
Mossoró Cidade Junina 2011 (9 a 28 de junho)
Valor empenhado: R$ 600.000
Emenda do senador José Agripino Maia (DEM-RN): R$ 100.000
Emenda do deputado Felipe Maia (DEM-RN): R$ 200.000
Emenda do deputado Betinho Rosado (DEM-RN): R$ 300.000

(mais…)

Secretário Tertuliano Pinheiro explica o contrato de publicidade feito com empresa do RIO

Tribuna do Norte:

O secretário municipal de Turismo, Tertuliano Pinheiro, procurou a TRIBUNA DO NORTE com exemplares dos jornais que publicaram material publicitário e editorial sobre Natal e a Copa 2014. Incomodado com a repercussão que vem obtendo o convênio assinado pela Prefeitura de Natal com o instituto carioca Ary Carvalho, no valor de R$ 300 mil, Tertuliano quer “deixar tudo esclarecido” sobre como os recursos foram gastos.

elesa elsieTertuliano Pinheiro assegura que investimento foi benéfico

Segundo ele, os R$ 300 mil   foram integralmente destinados  ao convênio com o instituto Ary Carvalho para “a concepção do seminário da Copa de 2014 e a divulgação do evento e da própria cidade”. No acordo, além da realização do evento, ficou acertado o apoio editorial “com mídia espontânea” sobre a cidade nos quatro jornais ligados ao mesmo grupo que dirige o instituto.

“Natal nunca teve uma divulgação tão maciça na mídia como ocorreu agora”, destacou o secretário, mostrando edições dos jornais cariocas O Dia, Marca Brasil e Brasil Econômico. O secretário explicou que o convênio com o Instituto Ary previu a publicação de 15 anúncios de página inteira nos três jornais e ainda um caderno especial de 16 páginas que circulou no jornal O Dia, edição do último dia 30 de junho.

“Fizemos essa massificação durante todo o mês de junho. Cada página de publicidade custa R$ 50 mil, mas conseguimos esse convênio por R$ 300 mil para esses 15 anúncios e ainda matérias que foram feitas nos três jornais”, reafirmou Tertuliano Pinheiro. Ele explicou que os recursos ainda não foram repassados para o instituto carioca porque “a Prefeitura está com dificuldade financeira”.

(mais…)

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Roberto Duarte disse:

    Roberto Duarte Fotografo moro na California faz 10 anos que deixei o brasil skepe roberto_duarte_

Dinheiro do TransporteGate "alavancou" campanha de Dilma

Josias de Souza:

Depois de converter afastamento em férias, Luiz Antonio Pagout percorre os subterrâneos da crise dos Transportes como um fio desemcapado.

Tomado pelo que diz em privado, o ainda diretor-geral do Dnit parece disposto a produzir um curto-circuito antes de ser desligado em definitivo da tomada.

Leia-se, a propósito, nota veiculada pelo Painel, na Folha:

– Diário de férias: A queda de Alfredo Nascimento pode não significar o encerramento da crise instalada no setor de Transportes.

Luiz Antonio Pagot, um dos pivôs do episódio, procurou senadores do PR para dizer que parte dos aditivos a obras foi feita para alavancar a candidatura presidencial de Dilma Rousseff, em 2010.

Ressaltando não ter havido irregularidade nessas ações, o diretor-geral do Dnit -cuja exoneração já está anunciada para depois de suas férias- afirma que recebia “ordens superiores”, entre outros, de Paulo Bernardo, então no Planejamento, hoje nas Comunicações.

Pagot foi aconselhado a submergir, mas a oposição quer ouvi-lo em comissão do Congresso.