Diversos

Estudo diz que exercitar apenas um braço pode ajudar a aumentar a força do outro; entenda

(Foto: Unsplash)

Uma nova pesquisa da Universidade Edith Cowan, na Austrália, revela que treinar apenas um braço pode melhorar a força e diminuir a perda muscular no outro — sem nem mesmo movê-lo. A descoberta foi publicada na edição de setembro do Scandinavian Journal of Medicine and Sports Science.

O estudo envolveu 30 participantes que tiveram um braço imobilizado por no mínimo oito horas por dia, durante quatro semanas. O grupo foi então dividido em três, sendo que uma parte não realizava exercícios, outra misturava exercícios excêntricos (que alongam os músculos) e concêntricos (que contraem os músculos) e uma última que treinou apenas movimentos excêntricos.

De acordo com os pesquisadores, o grupo que usou halteres pesados ​​para realizar apenas exercícios excêntricos com o braço ativo mostrou um aumento na força e uma diminuição na atrofia muscular no membro imobilizado. “Os participantes que fizeram exercícios excêntricos tiveram o maior aumento de força em ambos os braços, por isso tem um efeito de transferência cruzada muito poderoso”, explicou Ken Nosaka, um dos estudiosos, em comunicado. “Esse grupo também teve apenas 2% de perda muscular no braço imobilizado, em comparação com aqueles que não fizeram exercícios e tiveram uma perda de 28% de músculo.”

Os estudiosos acreditam que a descoberta pode ajudar a resolver o desgaste muscular e a perda de força frequentemente experimentados em quem tem um dos braços imobilizados após uma lesão, por exemplo. “Ao começar a reabilitação e exercícios no membro não lesionado imediatamente, podemos prevenir danos musculares (…) e também aumentar a força sem mover [o membro imobilizado]”, explicou Nosaka.

A equipe planeja continuar estudando o fenômeno para outros músculos e movimentos do braço. “Esperamos ver como o exercício excêntrico pode ajudar a melhorar a função motora, o movimento e o controle dos músculos finos”, pontuou Nosaka. “Isso é particularmente importante para pacientes que tiveram um acidente vascular cerebral (AVC) e estão em reabilitação”, exemplifica.

Galileu

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Um em cada quatro desempregados procura trabalho há pelo menos 2 anos, diz IBGE

Foto: José Cruz/Agência Brasil

Um contingente de 3,35 milhões de desempregados no país procura trabalho há pelo menos dois anos. Isso equivale a 26,2% (ou cerca de uma em cada quatro) pessoas no total de desocupados no Brasil. Os números do segundo trimestre deste ano são recorde desde o início da série histórica da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD Contínua), em 2012.

Os dados foram divulgados nesta quinta-feira (15) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Segundo os números, no segundo trimestre de 2018 o contingente de desempregados procurando trabalho há no mínimo dois anos tinha menos 196 mil pessoas, ou seja, era de 3,15 milhões.

No segundo trimestre de 2015, o total era de 1,43 milhão de pessoas, ou seja, menos da metade do segundo trimestre deste ano.

“A proporção de pessoas à procura de trabalho em períodos mais curtos está diminuindo, mas tem crescido nos mais longos. Parte delas pode ter conseguido emprego, mas outra aumentou seu tempo de procura para os dois anos”, avalia a analista da PNAD Contínua Adriana Beringuy.

Recuo

No segundo trimestre, a taxa de desemprego do país recuou para 12%, percentual inferior aos 12,7% do primeiro trimestre deste ano e aos 12,4% do segundo trimestre de 2018.

A taxa caiu em dez das 27 unidades da Federação na passagem do primeiro para o segundo trimestre deste ano, segundo os dados divulgados nessa quinta-feira. As maiores quedas ocorreram no Acre, de 18% para 13,6%, Amapá, de 20,2% para 16,9%, e em Rondônia, de 8,9% para 6,7%. Nas outras 17 unidades da Federação, a taxa se manteve.

Na comparação com o segundo trimestre de 2018, a taxa subiu em duas unidades, Roraima (de 11,2% para 14,9%) e Distrito Federal (de 12,2% para 13,7%), e caiu em três: Amapá (de 21,3% para 16,9%), Alagoas (de 17,3% para 14,6%) e Minas Gerais (de 10,8% para 9,6%). Nas demais unidades, a taxa ficou estável.

Agência Brasil

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Um em cada 4 brasileiros acha que pouso na Lua foi mentira

PESQUISA DO DATAFOLHA DIZ QUE 26% NÃO ACREDITAM QUE HOMEM FOI À LUA (FOTO: PIXABAY)

Um em cada quatro brasileiros não acredita que o homem chegou à Lua em 20 de julho de 1969. O dado foi revelado pelo Datafolha, que entrevistou 2.086 pessoas nos dias 4 e 5 de julho em 103 cidades brasileiras. O resultado mostra que 70% acreditam que Neil Armstrong e Buzz Aldrin caminharam na Lua durante a missão Apollo 11, enquanto 26% duvidam do feito. Os outros 4% não têm opinião.

A escolaridade foi um dos fatores que influenciou o resultado: quanto menos anos de estudo, maior a descrença. Dentre os que estudaram até o ensino fundamental, 38% não acreditam na missão e 8% não sabem se acreditam. Entre os que estudaram até o ensino médio, o número de descrentes cai para 21% e dos que não opinam para 3%. A porcentagem é ainda menor entre os que estudaram em universidades: apenas 14% não acreditam e 2% dizem não saber.

A idade também muda a percepção sobre a missão Apollo 11. Surpreendentemente, os mais velhos são os que mais duvidam da veracidade: entre os entrevistados com mais de 60 anos, que já eram nascidos na época da viagem à Lua, um total de 36% não acredita que o pouso lunar realmente aconteceu. Entre os de 45 a 59 anos de idade, 29% são descrentes.

Em relação ao partido político, dentre os que admiram o PSL, 15% não acreditam na missão Apollo 11, quase o mesmo número do PSDB (16%). Já entre os que preferem PT e PMDB/MDB, o número é 26%.

Galileu

Opinião dos leitores

  1. Estava triste nesta manhã de terça e resolvi revistar o Blogue para me divertir com a minha querida amiga Terraplaneide (ou seria Terraplanílson… deixa para lá… dizem que gênero é uma construção cultural opressora… ) e aproveitar para lhe trazer um pouco de luz, tudo com muito amor no coração (coração no sentido poético/espiritual, não anatômico). Se propulsão no vácuo não existisse, satélites geoestacionários não conseguiriam fazer correções de órbita (e eles fazem isso de montão, sabia?). Saudações newtonianas PS: pare de ver vídeos de vocetubeiros terraplanistas.

  2. Q coisa mais antiquada atribuírem tudo à esquerda ou direita. Conseguiram nos dividir pra que não questionemos? Enquanto isso, ainda que camuflado, se favorece práticas antigas e ritualísticas como assassinato de crianças (aborto precoce, tardio ou pós-natal), pedofilia, satanismo, privam pessoas de sua dignidade enquanto seres humanos criados à imagem e semelhança de Deus, o Criador. Aí colocam todo mundo pra se achar a poeira do coco das estrelas, tudo pra negar a importância do ser humano como criatura divina, enquanto enaltecem deuses pagãos e adoram o mundo bola molhada giratória, tal qual se fazia na antiguidade. Coincidência?

  3. É no que dá doutrinação esquerdista. Gente idosa que mora no mato, eu
    até compreendo que não acredite. Mas para alguém que sabe que satélites existem…

    1. Ômi, tem gente ainda nesse mundo véi, que mesmo depois da lava-jato ter desbaratado toda quadrilha, recuperado 30 bilhões de reais dos 200 bilhões roubado pelo comandante, os petralhas e os megaempresários frutos dos empréstimos fraudulentos do BNDES e contratos fajutos da Petrobrás, Furnas… Etc, ainda chegam a dizer que isso tudo é retaliação das zelites. Vejam só o que tem de idiotas.

    2. Falando em satélites, alguém sabe explicar pq ate hoje não existe nenhuma, NENHUMA, nenhuminha foto da Terra? Digo foto real, sem ser computação gráfica. Aquela Blue Marble a NASA mesmo admitiu q era colagem, com direito a mensagem subliminar. Pq nenhuma dessas espaçonaves conseguiram captar uma única foto do planeta?! Ninguém fica intrigado com isso?!

    3. Essa incapacidade de questionar deve ser atribuída a uma lavagem cerebral muito bem feita. Faz todo mundo acreditar em qualquer coisa, contanto q possa ficar num sofá olhando pro celular ou pra TV. Q preguiça! Em vez de viverem na realidade, buscarem a Verdade, se conformam c o argumento da autoridade. Se o Min. da Verdade falou, então não tem pq duvidar. Se mandam parar de comer ovo pq ovo mata e na semana seguinte dizem q comer ovo faz bem, a pessoa nem procura saber. Vão tomar vacinas como se estivessem fazendo download de antivírus. O Min. da Saúde manda darem vacina pra hepatite B em recém-nascido, sendo q o maior risco de contrair a doença é quando se inicia vida sexual, se for sem preservativo, com parceiro infectado. Porém nessa faixa etária a proteção imunológica já desapareceu! Qual a justificativa de provocar reações imunológicas em crianças tão pequenas? Mesmo Qd se tem tão pouco benefício e tantas crianças desenvolvendo doenças autoimunes e câncer? Opa! Esqueci que é proibido questionar…

    4. Não é proibido questionar. Tanto que eu questiono a capacidade intelectual de quem acha essa viagem impossível, mesmo com bilhões gastos e centenas de milhares de pessoas traballhando no projeto.

  4. Humanamente impossível, quanto tempo leva pra se chegar a lua?
    Que autonomia de combustível tem um foguete, pra ir e vir?? Ou sobe e desce empurrado pelo quê?
    Se isso fosse verdade a lua estava sendo explorada pelos Americanos, a essas alturas já deveriam Ta fazendo Ube pra lá.
    Sem falar nas jóias mais caras do mundo, feitas através de material lunar. Já pensou o valor de um objeto desses ?? Não sei nem mensurar.
    Por tanto vou ficar do lado dos que não acredita e nunca vou acreditar.
    Fui!!!

    1. Não precisa de tanto combustível. Sobe e desce com combustível (hidrazina, acho). Não há atrito atmosférico e as forças gravitacionais ajudam. Ninguém vai viabilizar uma linha regular para a Lua só para produzir joias. Seriam tão caras que seriam incomerciáveis.

    2. Sem falar q analisaram umas rochas lunares e viram q eram bem terrestres.

    3. @Severino: “não precisa de tanto combustível.” Sério mesmo? Já viu uma decolagem? O tanto de fogo q sai dali pela queima de combustível? Já abastecesse um Opalão pra ir de Natal pra Mossoró? Calculo q deve gastar coisa semelhante por Km pra ir pra lua, mas to chutando.

    4. Severino.
      Quem foi que lhe disse isso homi??
      Tu acreditou??
      Isso é coisa de americano durante a guerra fria filho de Deus.
      Que mané de atrito que nada, o que sobe desce, alcançou a altura do avião se não tiver combustível pra funcionar, não se segura, esborracha no chão, não tem boquinha.
      Outra coisa, a lua tava acesa ou apagada?
      Tava grande ou pequena???
      O yure não se encandiou com a claridade não ???
      Uma mentira contada várias vezes, torna verdade, foi isso que os Americanos contaram pro mundo, mas os Soviéticos na época contestaram e contestam até hoje. (RÚSSIA)
      Quem acredita que o homem foi pra lua, acredita em Papai Noel, acredita que Lula
      é Inocente.
      Isso não existe.

    5. Quanto ao preço de joias: em 2017 chegaram a pagar US$71,2 milhões por um diamante rosa.
      Gastam em torno disso pra colocar um satélite em órbita.
      O Programa Apollo, q teoricamente levou naves tripuladas a Lua e trouxe de volta 6 vezes, custou um total de US$ 153 bilhões.
      Ao todo, a NASA já recebeu mais de US$601 bilhões, tendo um orçamento anual de mais de US$20 bilhões.
      Creio que dinheiro não é o problema. Com o q eles recebem, era pra gente ter cidades inteiras lá, ou inovações tecnológicas q justificassem o investimento. Mas não, além do travesseiro c aquela espuma horrorosa, a NASA trouxe pouco mais que conhecimentos c manipulação de imagens e muita propaganda.

    6. PS: o referido experimento foi feito em ambiente de, pelo menos, micro-gravidade?

  5. Detalhe: idosos que não estudaram tanto São mais desconfiados. Ou seja: a escola tornou as pessoas mais crédulas e menos questionadoras. Parabens pra quem bolou essa lavagem cerebral. Jovens não pensam, estão se matando (literalmente), desconectados com a realidade. Se a TV/internet diz algo, deve ser verdade; se a maioria acha q é verdade, melhor nem se questionar.

    1. Vc acredita que mandaram sondas para a Lua? Se acredita, então para fazer o percurso inverso é factível. Pare de ler bobajadas conspiratórias.

    2. Não, Minion. Eu não acho que tenham conseguid mandar nada pra lua. Pare de ler ficção científica e procure analisar dados reais. Veja, por exemplo, um gráfico q mostra as temperaturas de acordo com a altitude. Na zona onde teoricamente está localizada a estação espacial a temperatura atinge 1.500°C. Acima do ponto de derretimento de metais, mas as roupas espaciais e a estação espacial não são danificadas. Me explique por qual razão a NASA não usa o material do revestimento pra beneficiar e proteger os bombeiros. Pq não se usa esse revestimento na área da saúde, pra proteger quem trabalha c radiação? Pq vc c certeza já ouviu falar do cinturão de radiação q colocaria em risco a segurança de todos q ousassem sair em órbita.

    3. Bom, fazer o que contra alguém que não acredita quem nem sondas foram mandadas para a Lua? (até os russos, chineses, israelenses e indianos mandaram, sabia). A temperatura no espaço próximo (incluindo a da órbita da EEI) e mesmo na Lua, mesmo exposta ao Sol, é de cerca de 120 graus célsius. Nem chumbo derrete a essa temperatura. Se esse argumento de que são 1,5 mil graus, não haveria satélites (eu nunca vi um, mas acredito… sou muito ingênuo). Cinturão de radiação não é óbice, pois não teríamos satélites geoestacionários. Nem a temperatura, nem a radiação são óbices a uma viagem à Lua. Ainda insiste na falácia de tornar a Nasa responsável por queimaduras em bombeiros. Non sequitur. Existem materiais como o Nomex, da DuPont, que em alguns momentos ou trabalhou coma Nasa,ou a Agência usou a sua tecnologia. Tchau, gastei o meu latim. Já me diverti o bastante. Não vou ganhar nada lhe convencendo. Be happy.

    4. *a temperatura no exterior da EEI e na superfície lunar, sob o Sol, é de cerca de 120 graus célsius,

    5. UPDATE: parece que a fase final da missão israelense não foi bem sucedida. Mas eles não desistiram. Europeus e japoneses querem entrar no clube.

    6. "Na zona onde teoricamente está localizada a estação espacial a temperatura atinge 1.500°C. Acima do ponto de derretimento de metais, mas as roupas espaciais e a estação espacial não são danificadas". Conclusão: a) como metais se fundem a essa temperatura, a EEI não existe; b) existem materiais capazes de suportar tais temperaturas.

  6. Quantos dos que acreditam que o homem pisou na lua também acreditam na velocidade de dobra e que tudo que existe é parte de um programa de computador e que somos apenas hologramas aguardando o aquecimento global derreter geleiras e inundar tudo?

  7. Aos que não acreditam, considerem o seguinte:
    -Não há dúvidas da capacidade de se botar objetos girando em torno da Terra, certo?
    -Então, se vc der um impulso, vc consegue botar isso para gravitar a Lua, certo?
    -Gravitando a Lua, não deve ser difícil lançar uma carga no solo lunar.
    -Agora, e se nessa carga estiver gente com trajes apropriados e com meios de retornar a órbita da Lua? (lembrando que a gravidade lunar é 1/6 da terrestre e não existe atrito aerodinâmico).
    -Assim, com um impulso, o que está no solo da Lua volta para a órbita. Com outro impulso se volta para a órbita da Terra.
    -Em órbita da Terra, se faz uma reentrada e se está de volta.

    Simples, né? E caro.

    1. Sim. Tudo teórico, nada pratico. Vc sabia q a NASA alegou que perderam os blueprints dos equipamentos e por isso não se consegue reproduzir os módulos? Alegaram que por contenção de gastos gravaram sobre as fitas c os originais das filmagens realizadas na Lua. Há décadas eles consomem bilhões de dólares sem prestarem contas. Sem esquecer que um dos cientistas q fundou a Agência era um oficial da SS nazista, parceirão do Bigode, mestre da propaganda. Só não vê quem não quer.

    2. Vc tá cercada da tecnologia que permitiu essa viagem. Se vc só vai acreditar na possibilidade se lhe mandarem, posso fazer nada… Numa era de terraplanílsons….

    3. Não é prático pq? Qual a restrição? Qual seria a quantidade de combustível? Vc estudou Mecânica Celeste? Seria o óbice a eletrônica embarcada da época?

    4. @Severino: “cercada de tecnologia que permitiu essa viagem.” Você assistiu o vídeo da aterrissagem? Nixon falando ao telefone com o astronauta? Alto e bom som? Meu celular é TIM e hoje, 50 anos depois do feito, não tenho sinal quando estou longe de uma antena. Não digo longe como Nixon estava da lua naquela noite, distâncias menores. Ah! As filmagens foram transmitidas perfeitamente, pontualmente. Parece até coisa de cinema, de tão boas?. Seria pq os americanos da década de 60 eram muito mais evoluídos q os de hoje? Desaprenderam? Fizeram módulos lunares com paredes de poucos centímetros de espessura, feitas de papel laminado, mas capazes de resistir a altas temperaturas, radiações, atrito e alterações de pressão. O mais incrível é pessoas instruídas acharem q é pecado questionar. Têm-se q aceitar tudo como dogmas, como numa religião q obriga as pessoas a taparem os olhos pra realidade e as proíbe de usarem a Lógica.
      @Minion: esse tipo de argumentação onde a pessoa dá uma carteirada e tira a outra de tempo pq ela não tem um papel dizendo q estudou Mecânica Celeste e por isso não pode questionar coisas simples, pra mim, não funciona. Não é preciso ter um papel dizendo o q eu posso ou não questionar. Se aqueles trajes eram capazes de aguentar tantas adversidades do viagem, então a NASA deveria ser responsabilizada pelas mortes de todos os bombeiros mortos em serviço em incêndios e q não foram beneficiados pelo conhecimento q foi desenvolvido para chegarem àquelas roupas especiais.

    5. Essa dos bombeiros é a clasdica falácia non sequitur…. Mas existe muito material anti-chama desenvolvido em parceria com a Nasa. Pesquise sobreva DuPont.

    6. As imagens ao vivo eram péssimas. Boa eram as gravadas pelos astronautas em película cinematográfica que tiveram que ser reveladas.

    7. Minion, “clássica falácia non-sequitur”. Não sei o q vc quis dizer c isso, mas esse tipo de argumento não refuta nem explica nada. Não sei se sua intenção é realmente discutir algo e trazer conhecimentos à tona ou se vc quer apenas dar a impressão de estar ganhando um debate. Se for este o caso, pare que tá feio. Se não for, aguardo vc me explicar pq não usam isso pra proteger bombeiros e profissionais q usam radiação. Por exemplo, até hj tem usina nuclear no Japão q ninguém chega lá pra resolver vazamento por falta de proteção adequada. Japão, ninho de gente inteligente e tem dinheiro de sobra.

    8. @Minion, vc disse q as filmagens em película cinematográfica tinham imagens excelentes. Mas a NASA deveria ter entregue os originais por conta da lei de acesso à informação, mas eles recusaram. Tiveram a oportunidade de calar a todos q duvidam das viagens, poderiam ter ajudado o progresso da ciência, mas em vez disso alegaram q usaram as fitas e gravaram por cima. Sério. Falaram isso.

    9. Eles não podiam mostrar tudo para atender a capricho de curioso. Tem muita tecnologia sensível, especialmente com aplicações militares.

    10. @Minion, lembrei de vc! Estava vendo um vídeo de experimentos onde se tentavam a combustão e o impulso no vácuo. Adivinha o q acontece? Nada. Impossível.

  8. Somos um país onde muitos têm a síndrome de São Tomé. Inclusive quanto à Lava Jato. Aí concordo com o "Sr". Chibatazil

    1. Pra petista, se disserem que os soviéticos estiveram em Alfa Centauro, eles acreditam e saem espalhando que existe uma conspiração capitalista para esconder.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *