Polícia

Dois potiguares, 1 mineiro e 1 maranhense são presos em Nova Parnamirim em Força-Tarefa de polícias suspeitos de envolvimento com tráfico de drogas; R$ 85 mil em espécie apreendidos

Foto: Divulgação/PF

A Força-Tarefa SUSP de Combate ao Crime Organizado do Ministério da Justiça e Segurança Pública (FT SUSP/RN), integrada pela Polícia Federal, Polícia Militar, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Civil, DEPEN e SEAP, sob coordenação da Secretaria de Operações Integradas do Ministério da Justiça e Segurança Pública
(SEOPI/MJSP) e, contando com apoio do Batalhão de Operações Policiais Especiais (BOPE/RN), prendeu em flagrante na última quinta-feira, 10/6, em uma residência de Nova Parnamirim, na Região Metropolitana de Natal, quatro homens, sendo um mineiro de 61 anos; um maranhense de 38 anos e dois potiguares, ambos de 36 anos, todos suspeitos de envolvimento com o tráfico de substâncias entorpecentes. Com eles foram apreendidos 7 kg de maconha, 12 gramas de cocaína, balança de precisão, uma pistola cal. 380, munições, dois automóveis, celulares e R$ 85 mil em espécie.

Após a abordagem os acusados foram conduzidos para os procedimentos legais na Superintendência da PF, em Lagoa Nova. Autuados pelo crime de tráfico de drogas, logo depois eles seguiram para o Sistema Prisional do RN, onde ficarão à disposição da Justiça.

A Polícia Federal pede que a população continue enviando informações de forma anônima através do telefone (84) 3204-5500 ou pelo e- mail:  denuncia.srrn@pf.gov.br

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

FOTOS: Quatro guardas municipais são presos suspeitos de criar milícia no interior do RN

Fotos: Divulgação/Polícia Civil

Policiais civis da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (DEICOR), em ação conjunta com a Delegacia Municipal de Monte Alegre, deflagraram, nesta quarta-feira (09), a Operação “Poder Paralelo”, na cidade de Lagoa de Pedras, com o objetivo de desarticular uma milícia privada armada. Durante a operação, foram detidos seis suspeitos, dentre eles, quatro guardas municipais. Além disso, foram apreendidas sete armas de fogo.

Durante a ação, as equipes deram cumprimento a um mandado de busca e apreensão na residência de Francisco de Assis, conhecido como “Cabo Assis”, agente de segurança pública reformado e, atualmente, comandante da Guarda Municipal da cidade. Nas buscas, foi apreendida uma pistola calibre 9mm, com 35 munições e um carregador modificado.

Em outro endereço, foi detido Willame Duarte da Silva, 24 anos, filho de Francisco de Assis, que também é da Guarda Municipal. Em posse do suspeito, foi apreendida uma pistola calibre .380, com 34 munições, em nome de um advogado – que também está sendo investigado -, além de um colete balístico e a quantia de R$ 8.500,00.

Foram detidos ainda outros dois agentes da Guarda Municipal, sendo eles: Daniel Sam Franquelino Melo, 21 anos, o qual estava com uma pistola calibre 9mm, pertencente a “Cabo Assis”, com 34 munições e um colete balístico; e José Edmilson Moureira da Silva, conhecido como “Nan Nan”, 46 anos, que foi encontrado com 64 munições calibre 45. Na residência de José Edmilson, na cidade de Vera Cruz, foram realizadas buscas para localizar armas, porém o suspeito já teria se desfeito de todas.

Em continuidade às diligências, as equipes policiais realizaram uma ação na cidade de Vera Cruz, onde prenderam em flagrante José Erinaldo dos Santos Paiva, conhecido como “Dolf”, 19 anos, com quem foram apreendidos uma espingarda calibre 12, com seis cartuchos intactos, um revólver calibre 38 e 10 munições. Além dele, foi detido Luiz Moreira da Silva, irmão de José Edmilson, o qual estava com um revólver calibre 38 e 18 munições. Já em um sítio, na zona rural de Lagoa de Pedras, as equipes apreenderam um rifle calibre 38, com seis munições.

Esse grupo já estava sendo investigado pela Delegacia Municipal de Monte Alegre, em conjunto com a DEICOR, pela suspeita de diversos crimes, entre eles: homicídio, porte ilegal de arma de fogo, abuso de autoridade, além de constituir milícia privada armada. Os suspeitos foram conduzidos à delegacia e, em seguida, foram encaminhados ao sistema prisional onde ficarão à disposição da Justiça. As equipes darão continuidade às investigações e ao trabalho repreensivo contra o crime organizado na região.

A Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima, por meio do Disque Denúncia 181, ou do número da DEICOR: (84) 3232-2862 e (84) 98135-6796 (Whatsapp) .

Fonte: Secretaria de Comunicação Social da Polícia Civil/RN – SECOMS

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Finanças

Pix: Banco Central propõe quatro saques em loja gratuitos por mês e limite de R$ 500

Foto: Marcello Casal Jr. / Agência Brasil

O Banco Central (BC) publicou nesta segunda-feira uma proposta de regras para a operação do Pix Saque e do Pix Troco, serviços que permitirão o saque de dinheiro em estabelecimentos comerciais. A proposta foi colocada em consulta pública e está aberta à contribuições da sociedade.

Entre as regras dispostas pelo BC, os usuários poderão fazer até quatro saques gratuitos por mês com limite de R$ 500 por dia. Ultrapassada a quantidade de saques gratuitos, as instituições financeiras responsáveis pela operação poderão cobrar uma tarifa.

A consulta pública termina no dia 9 de junho e a expectativa do BC é que os serviços estejam disponíveis em agosto deste ano.

De acordo com a autoridade monetária, a operação será muito parecida a de um pagamento por Pix que já pode ser realizado em alguns comércios.

O Banco Central provê a infraestrutura do Pix, uma base de dados centralizada com os dados das contas dos recebedores. Dessa maneira, os participantes do sistema de pagamento podem aproveitar a infraestrutura única para acelerar o processo de transferência e pagamento

O usuário vai utilizar o seu celular e, logado em sua conta bancária, vai ler um QR code disponibilizado no caixa. O próximo passo é escolher o quanto quer sacar e aprovar a transação.

Depois disso, em vez de receber um produto, vai ficar com o dinheiro em espécie do caixa do estabelecimento.

Pix Troco

No caso do Pix Saque, a transação envolve apenas dinheiro. Já no Pix Troco, o saque é conjugado com uma compra. O usuário compraria um produto no mercado e, na hora de pagar, faria a transação em um valor um pouco maior, recebendo a diferença de volta em dinheiro.

Além dessas regras, a proposta do BC define que os comércios poderão estabelecer suas próprias normas, como definir os dias da semana em que o serviço estará disponível, se irão ofertar um ou ambos os serviços e como será feito o saque, por exemplo, se só será em notas de R$ 10 ou de R$ 50.

O chefe do departamento de Competição e Estrutura do Mercado Financeiro, Angelo Duarte, afirmou que a disponibilização do Pix Saque vai beneficiar as áreas que atualmente não tem um ponto de retirada de dinheiro, como periferias das grandes cidades e pequenos municípios no interior.

— No caso das grandes cidades, as pessoas têm que se deslocar distâncias grandes . Nas pequenas cidades, tem que às vezes se deslocar para outra cidade, que leva inclusive a efeitos econômicos para os municípios que não tem esse serviços — explicou.

Saque em qualquer banco

A norma do Banco Central também prevê que o Pix Saque ficará disponível para instituições financeiras, como bancos e cooperativas, além de instituições especializadas em serviços de saque, como redes de caixa eletrônico 24 horas.

— Além de atender seus próprios clientes, essa instituição poderá atender clientes de todo o sistema financeiro nacional. Claro que recebendo remuneração, tarifa de intercâmbio, para que aproveite a infraestrutura instalada e que se remunere com essa estrutura existente — disse Carlos Eduardo Brandt, chefe adjunto de Competição e Estrutura do Mercado Financeiro no BC.

O BC avalia que os serviços darão mais conveniência ao usuário e ajudarão a aumentar a competição, com mais pontos de oferta do serviço de saque.

“As duas inovações trarão mais conveniência aos usuários, ampliando a capilaridade do serviço de saque; e o aumento da competição ao proporcionar melhores condições de oferta e de precificação dos serviços de saques, principalmente pelas instituições digitais e todas as demais instituições que não contam com rede própria de agências ou de ATMs”.

O Globo

Opinião dos leitores

  1. Tremenda picaretagem, antes dizia que era ilimitado; transferência, pagamento e etc.
    Como acreditar neste país ?

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Polícia Civil do RN prende quatro suspeitos por roubos em propriedades rurais

Policiais civis da Delegacia Especializada em Furtos e Roubos (DEFUR), com apoio da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (DEICOR), Delegacia Especializada de Defesa da Propriedade de Veículos e Cargas (DEPROV), Delegacia Especializada de Assistência ao Turista (DEATUR) e do Batalhão de Operações Especiais da Polícia Militar (BOPE), deflagraram, nesta sexta-feira (26), a Operação Herdade II.

A Operação teve como objetivo cumprir mandados de busca e apreensão e de prisão preventiva, em decorrência de roubos em propriedades rurais, cujo objetivo principal é a subtração de animais. Durante a ação, quatro pessoas foram detidas, sendo elas: Célio Batista de Medeiros, 42 anos, Diego da Silva Borges, 27 anos, Aliffyr da Silva Xavier, conhecido como “Pompeu”, e Gustavo Cunha Dantas, 38 anos.

Ainda durante as diligências, foram apreendidos: uma arma de fogo, dinheiro, além de diversos objetos oriundos das propriedades rurais que foram alvos da ação dos suspeitos. As investigações continuam no intuito de localizar e prender os demais integrantes do grupo criminoso. A Polícia Civil solicita que a população continue enviando informações de forma anônima por meio do Disque Denúncia 181.

Fonte: Secretaria de Comunicação Social da Polícia Civil/RN – SECOMS

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Globo só fará debates se partidos aceitarem limite de quatro candidatos

Em 2016, no primeiro turno, a Globo realizou debate com seis candidatos: Doria, Russomanno, Haddad, Erundina, Marta e Major Olímpio. Imagem: Daniel Teixeira/Estadão Conteúdo

Por medidas de segurança, por causa da pandemia de coronavírus, a Globo decidiu limitar a realização de debates eleitorais no primeiro turno das eleições municipais. A emissora está informando que só realizará debates nas cidades onde haja acordo entre os partidos para que apenas os quatro mais bem colocados candidatos na pesquisa eleitoral mais recente (Ibope ou Datafolha) participem dos encontros.

A decisão, possivelmente, inviabilizará a realização de debates no primeiro turno.

“A Globo vai lutar por esse acordo”, disse Ali Kamel, diretor de jornalismo da emissora em comunicado interno divulgado nesta segunda-feira (21). O debate de segundo turno permanece com a data prevista (dia 27 de novembro).

Matéria completa AQUI via Coluna Maurício Stycer – UOL

Opinião dos leitores

  1. É ótimo ver a esquerdopatia defendendo a Globo. Quem diria. Mas é bom lembrar que o seu ídolo, o nove dedos, quer ver o fim da globo.

  2. O CORRETO É NÃO FAZER COM NENHUM CANDIDATO NO BRASIL INTEIRO.
    DEPOIS QUE A GLOBO LIXO QUEBROU VÁRIOS COMERCIANTES BRASIL A FORA, TÁ NA HORA DO FIQUE EM CASA SERVIR PROS CANDIDATOS.
    A GLOBO TEM QUE COMEÇAR COM A LADAINHA DO
    FIQUE EM CASA CANDIDATOS.
    QUE LOROTA É ESSA DE DEBATES??
    TÁ QUERENDO AUDIÊNCIA É??
    FIQUEM EM CASA.
    FIGUEM EM CASA.
    Estamos de olho.

    1. É só trocar o canal para o da Record do bispo Edir Macedo do programa A Fazenda que é bem educativo. Muito bom para os conservadores defensores dos bons costumes. Ou então bota no canal do Show do Milhão em Ritmo de Festa com muitos jogos da sorte que também é muito instrutivo.

    2. Leia de novo pra entender babacas, quem é que está falando de controle aqui.
      Tá se falando do fique em casa.
      Bora globo lixo, faz uma campanha pros políticos não sairem de casa, só assim não enchem o saco do eleitor.
      Os primeiros que deveriam ficar trancado em casa são os esquerdopatas, esses passaram a pandemia toda junto com a globo lixo pregando o fique em casa pregando o caos e dessiminando o pavor, o pânico.
      Como querem ir pras ruas agora??
      Não!
      Tem que ficarem em casa.
      Entendeu derrotados??
      Mito via internet.
      2022 a 2026.
      Chupa!!!!

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Um em cada quatro desempregados procura trabalho há pelo menos 2 anos, diz IBGE

Foto: José Cruz/Agência Brasil

Um contingente de 3,35 milhões de desempregados no país procura trabalho há pelo menos dois anos. Isso equivale a 26,2% (ou cerca de uma em cada quatro) pessoas no total de desocupados no Brasil. Os números do segundo trimestre deste ano são recorde desde o início da série histórica da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD Contínua), em 2012.

Os dados foram divulgados nesta quinta-feira (15) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Segundo os números, no segundo trimestre de 2018 o contingente de desempregados procurando trabalho há no mínimo dois anos tinha menos 196 mil pessoas, ou seja, era de 3,15 milhões.

No segundo trimestre de 2015, o total era de 1,43 milhão de pessoas, ou seja, menos da metade do segundo trimestre deste ano.

“A proporção de pessoas à procura de trabalho em períodos mais curtos está diminuindo, mas tem crescido nos mais longos. Parte delas pode ter conseguido emprego, mas outra aumentou seu tempo de procura para os dois anos”, avalia a analista da PNAD Contínua Adriana Beringuy.

Recuo

No segundo trimestre, a taxa de desemprego do país recuou para 12%, percentual inferior aos 12,7% do primeiro trimestre deste ano e aos 12,4% do segundo trimestre de 2018.

A taxa caiu em dez das 27 unidades da Federação na passagem do primeiro para o segundo trimestre deste ano, segundo os dados divulgados nessa quinta-feira. As maiores quedas ocorreram no Acre, de 18% para 13,6%, Amapá, de 20,2% para 16,9%, e em Rondônia, de 8,9% para 6,7%. Nas outras 17 unidades da Federação, a taxa se manteve.

Na comparação com o segundo trimestre de 2018, a taxa subiu em duas unidades, Roraima (de 11,2% para 14,9%) e Distrito Federal (de 12,2% para 13,7%), e caiu em três: Amapá (de 21,3% para 16,9%), Alagoas (de 17,3% para 14,6%) e Minas Gerais (de 10,8% para 9,6%). Nas demais unidades, a taxa ficou estável.

Agência Brasil

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Homens armados invadem casas e matam quatro em Touros, no litoral Norte

Foto: Ilustrativa

O portal G1-RN destaca nesta quinta-feira(08). Dois jovens e dois adolescentes foram assassinados a tiros na noite dessa quarta-feira (7) em um assentamento rural no município de Touros, no litoral Norte potiguar. Ninguém foi preso. Dois irmãos estão entre as vítimas, e todos eram primos. Segundo a Polícia Militar, a chacina aconteceu no assentamento Vila Israel, por volta das 21h30, onde os criminosos invadiram uma casa e mataram uma das vítimas. Em seguida, entraram em outra residência e executaram as outras três.

Veja notícia na íntegra clicando aqui

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Quatro são mortos a tiros em praça de alimentação na região Oeste do RN

Um atentado a tiros em uma praça de alimentação no centro da cidade de João Dias, distante 372 km de Natal, na região Oeste potiguar, deixou quatro homens mortos na tarde desse domingo (13). De acordo com a Polícia, as vítimas estavam na praça, comendo no quiosque de uma churrascaria, quando foram atacadas . Informações de testemunhas dão conta que os disparos partiram de pelo menos cinco homens, que fugiram em uma Pajero.

Duas vítimas, de 39 e 44 anos, eram naturais de Catolé do Rocha, na Paraíba. Os outros dois mortos tinham 31 e 27 anos. A Polícia disse que ainda não há pistas dos assassinos nem da motivação do crime.

 

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *