Tecnologia

Inovação: CEO da Interjato Soluções fará apresentação em reunião que discute investimentos 2022 do BNB

Foto: Divulgação

A Interjato Soluções tem se posicionado cada vez mais como uma empresa em busca de inovação constante. O CEO da Interjato, Erich Rodrigues, foi convidado pelo Banco do Nordeste para fazer uma apresentação sobre as potencialidades e desafios da Inovação durante a reunião do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE) 2022 do Banco do Nordeste.

Na programação para o FNE 2022, o Banco do Nordeste consulta o setor produtivo – um dos atores importantes no processo –, para definir quais áreas receberão recursos e em quais volumes, contribuindo com a definição dessa destinação.

“Inovação não é mais sobre melhoria em processos ou diferenciação de mercado. É uma questão de sobrevivência e necessidade das empresas para continuarem participando de um mundo cada vez mais globalizado”, defende Erich Rodrigues, que reforça: “Inovar é a nova palavra de ordem e precisa estar dentro de empresas de todos os portes. Vemos de forma positiva a iniciativa do BNB de colocar como um dos itens temáticos para investimentos de 2022 e é sinal também que o Banco está em sintonia com temas importantes para nossa economia”.

O CEO da Interjato Soluções defende que as empresas precisam ter essa capacidade de inovação, de geração de diferenciais e também de aplicação muito rápidas para uma progressão contínua. E complementa: “Na Interjato temos o objetivo de inovar a todo momento. Quando pensamos no Hub de Inovação, nos propomos a reunir a experiência de parceiros nacionais e internacionais para troca de conhecimentos e experiências, de modo a fomentar oportunidades para buscar novas soluções para as dores das empresas, do ecossistema e do Rio Grande do Norte”, reforça Erich Rodrigues.

A Interjato Soluções tem se posicionado ao longo dos últimos anos entre as melhores empresas de implementação, integração e operação de tecnologia do país. Potencializando oportunidades em inovação, a Interjato tem ainda, contribuído para o desenvolvimento tecnológico da região Nordeste através do Hub de Inovação, espaço que propõe integrar aceleração de projetos, desenvolvimento de soluções, geração de negócios e aprendizado.

Sobre a Interjato Soluções

Com a missão de prover as melhores tecnologias para integração digital, a Interjato Soluções é referência para soluções em conectividade, videomonitoramento inteligente, cloud computing e telefonia, além de projetos personalizados para clientes públicos e corporativos, com soluções aplicadas em toda região Nordeste.

www.interjato.com.br

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Finanças

Ministério Público pede que TCU apure anúncios de BNDES e BNB em sites suspeitos de fake news

O Ministério Público pediu ao Tribunal de Contas da União (TCU) nesta segunda-feira (27) a apuração de propagandas do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e do Banco do Nordeste do Brasil (BNB) em sites suspeitos de divulgar fake news.

O pedido é do procurador Lucas Furtado. Ele acredita que o mesmo padrão de patrocínio já observado no Banco do Brasil pode estar acontecendo com BNDES e BNB.

Na representação, o Ministério Público sugere a concessão de uma liminar para suspender as propagandas.

Em maio, o TCU suspendeu parte dos contratos de publicidade do BB, relacionados a propaganda em sites, blogs, portais e redes sociais.

A decisão não incluiu a divulgação em veículos existentes há mais de dez anos. O objetivo da medida é evitar o financiamento indevido de propagadores de informações falsas.

“A meu ver, portanto, cabe ao TCU empreender a mesma ação de controle que vem sendo desenvolvida em face do Banco do Brasil, tendo em vista se tratar do mesmo tipo de irregularidade que estaria sendo praticada no âmbito de outras duas instituições financeiras públicas: o BNDES e o BNB” afirma Furtado.

Inquérito das fake news

Desde março de 2019 há no Supremo Tribunal Federal (STF) um inquérito dedicado a apurar a disseminação de informações falsas. O chamado “inquérito das fake news” tem como relator o ministro Alexandre de Moraes.

O procurador Lucas Furtado pediu que as informações coletadas pelo TCU sejam compartilhadas com o Supremo e possam contribuir com o inquérito das fake news.

Entre os alvos da investigação no STF estão empresários, políticos e blogueiros apoiadores do presidente Jair Bolsonaro. Além da disseminação de informações falsas, o inquérito apura quem financia essa prática.

Desde o início das investigações, já foram cumpridos diversos mandados de busca e apreensão e de prisão em várias regiões do país. Na semana passada, alvos do inquérito tiveram perfis suspensos de redes sociais por decisão de Alexandre de Moraes.

G1

 

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Turismo

Turismo potiguar consegue R$ 108 milhões junto ao BNB

O setor de Turismo do Rio Grande do Norte terá disponível R$ 108 milhões em 2014, dos recursos do Fundo Constitucional de Financiamento (FNE). A verba é gerida pelo Banco do Nordeste. Outras linhas de financiamento têm sido discutidas entre a Secretaria de Estado do Turismo e o BNB.

Segmentos governamentais do Rio Grande do Norte estiveram reunidos esta semana com representantes do BNB para propor estratégias, programas e projetos do governo para o orçamento total previsto para 2014, de R$ 13,1 bilhões, representando um aumento de R$ 1,6 bilhão em relação a 2013.

Além dos milhões já acordados para o setor de Turismo, o titular da Setur, Renato Fernandes, lembra que já há um trabalho junto ao BNB, ainda na gestão do ex-presidente José Maria Vilar, para uma verba de R$ 5 mil para modernização e aquisição de novos equipamentos e mobiliários para cada apartamento da rede hoteleira potiguar.

“Essa verba está praticamente aprovada. E temos ainda conversado junto ao superintendente do BNB para o estado, Francisco Carlos Cavalcanti, uma linha de financiamento para renovação da frota de bugres. Esta discussão também está adiantada e mostra a parceria sempre presente do BNB com o turismo do nosso estado”, acrescenta o secretário.

A proposta apresentada na reunião será submetida à aprovação das Agências e no dia 8 de outubro será apresentada uma Videoconferência Final e Fechamento dos Planos Estaduais de Aplicação, no auditório da Superintendência do BNB, com os seguintes representantes: Banco do Nordeste, dos Governos, Setores Produtivos, da Sociedade Civil organizada e demais parceiros.
Untitled-3

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Clima

[Imagem] Produtores levam carcaças de animais mortos para a frente do BNB

483520_10200346760744081_1301952108_nA imagem foi registrada pelo internauta Marcius Victor em Guarapira, na Paraíba. Apesar da seca que assola o sertão, o BNB continua cobrando os títulos aos produtores rurais.

A imagem não foi no Rio Grande do Norte, mas poderia. Aqui, de acordo com a própria governadora Rosalba Ciarlini, a prática tem sido recorrente. E estender o prazo das dívidas dos produtores até o fim da estiagem é um dos pleitos da líder do executivo estadual com a presidência da república.

 

Opinião dos leitores

  1. Senhores aqui em FAGUNDES – PB não é diferente. Os armazens da CONAB em C Grande-PB estão abarrotados de milho e, não vendem a nós criadores. Enquanto isso nosso rebanho dizimando, morrendo de FOME. É de cortar coração. Só resta apelar para DEUS!!!!!!!!!!!!!!!!

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *