PGR pede ao STF fim de salários vitalícios para ex-governadores em todos os estados

Foto: José Cruz/Agência Brasil

A Procuradoria-Geral da República (PGR) entrará nesta sexta-feira com uma ação no Supremo Tribunal Federal (STF) para que todos os estados deixem de pagar salários vitalícios a ex-governadores. O objetivo é que, de uma só vez, o STF declare irregular o pagamento dessas pensões a quem ocupou o cargo eletivo.

Apesar do aperto nos orçamentos públicos, alguns estados ainda pagam salários a ex-governadores e seus dependentes sem que eles atualmente prestem serviços à administração pública.

Contrária a esses benefícios, a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) entrou com uma série de processos no Supremo para derrubar as pensões vitalícias. Mas há uma contestação para cada estado que mantém a benesse.

Agora, a PGR quer que o STF, de uma só vez, impeça que ex-governadores de todo o país recebam salários para o resto da vida ou até mesmo por um período determinado após o fim do mandato.

“É inegável que a reiterada prática de atos inconstitucionais que resultam no pagamento de pensões a ex-governadores e a seus dependentes, como decorrência do mero exercício de cargo eletivo e/ou distintos dos previstos no Regime Geral de Previdência Social [sistema de aposentadoria dos trabalhadores privados], causa vultosos prejuízos aos cofres estaduais, a exigir a imposição de decisão de caráter amplo, geral e da forma mais abrangente possível”, argumenta o procurador-geral da República, Augusto Aras, na ação.

O tipo de ação é uma ADPF (arguição de descumprimento de preceito fundamental), que contesta atos dos poderes públicos.

Apesar de o STF já ter julgado alguns dos processos movidos pela OAB, ainda há pendências.

É o caso do Rio Grande do Sul, que cedeu à pressão e mudou suas regras: o salário do governador fica estendido por quatro anos após o fim do mandato.

No entanto, a alteração aprovada pela Assembleia Legislativa do estado não atingiu quem já tinha o direito à pensão vitalícia.

A PGR também listou na ADPF outros exemplos de estados que mantiveram os benefícios a quem já os estava recebendo, como Minas Gerais, que passa por uma grave crise financeira, e Amazonas.

Ex-presidentes da República não têm mais direito a essas benesses. O salário vitalício caiu ainda na Constituição de 1988.

No caso dos estados, porém, as brechas foram incluídas em leis ou constituições locais.

No início de setembro, o Ministério da Economia enviou ao Congresso uma proposta de reforma do funcionalismo público, que atinge futuros servidores da União, estados e municípios. A ideia é reduzir as despesas com pessoal.

O projeto de reforma administrativa, porém, não prevê mudanças de regras para cargos eletivos, como parlamentares e governadores.

Valor

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Luciano disse:

    Deveria entrar tbm para os desembargadores e juizes que são condenados e são aposentados.

  2. Júlio disse:

    E ainda existe essa sacanagem. Pqp pensava que isso havia sido extinto por completo no Brasil. Quer ganhar aposentadoria de governador, seja um durante 35 anos e preencha os requisitos da idade.

  3. Antônio Soares disse:

    Essa reforma sim tinha que ocorrer. E se fizer com deputados e senadores si sim, ia ter economia de dinheiro pra aplicar na previdência.

  4. Papo_Reto disse:

    Certissimo

  5. Lula na cadeia já disse:

    Vixe!!!
    Aqui no RGN tem alguns que ainda recebe.

  6. Pixuleco disse:

    Certíssimo

VÍDEO: Secretaria de saúde de Encanto-RN pede demissão do cargo após expor suposto áudio do prefeito com ofensas como “rapariga” e “liderança de porra nenhuma”

A psicóloga Lídia Guedes pediu demissão da Secretaria de Saúde de Encanto, município distante 412 km de Natal, após expor em sua rede social Facebook, nessa terça-feira(01), um vídeo em que destaca um áudio que seria do prefeito Atevaldo Nazário da Silva, com ofensas pessoais contra si.

Lídia Guedes, presidente do Diretório Municipal do Republicanos na cidade de Encanto, conforme vídeo, declara que está deixando o governo municipal, o qual fazia parte como secretária de saúde, e por fim, diz que não dará a legenda do partido para o atual prefeito concorrer a reeleição no pleito deste ano.

Os áudios que Lídia menciona mostram um diálogo que seria do prefeito conversando com outra pessoa. Na suposta conversa, a psicóloga é chamada de “rapariga”, e que não tem “liderança de porra nenhuma”.

Veja mais detalhes aqui em reportagem no Mossoró Hoje.

Foto: Reprodução/Facebook/Lídia Guedes

Silas Malafaia pede boicote à Natura após publicidade com Thammy Miranda: “Coloca uma mulher para fazer papel de homem no Dia dos Pais. Uma afronta aos valores cristãos”

(Foto: Reprodução/Instagram)

A presença de Thammy Miranda em uma publicidade da Natura veiculada pelas redes sociais não agradou Silas Malafaia. Em um post no Instagram, o pastor pediu aos seguidores que promovessem um boicote à marca de cosméticos.

“Vamos boicotar a Natura. Coloca uma mulher para fazer papel de homem no Dia dos Pais. Uma afronta aos valores cristãos. Somos maioria!”, escreveu Malafaia.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Vamos boicotar a Natura! ⠀

Uma publicação compartilhada por Silas Malafaia (@silasmalafaia) em

Os ataques a Thammy, um homem trans, ocorrem desde o começo da semana, quando a campanha de Dia dos Pais da marca de cosméticos foi ao ar. Thammy é casado com a modelo Andressa Brito e pai do pequeno Bento, de apenas seis meses.

Tanto Thammy quanto Gretchen já foram às redes sociais comentar o assunto referente à publicidade. Ambos defenderam o papel de pai exercido por Thammy.

Ao portal F5, do jornal Folha de S.Paulo, a Natura defendeu a publicidade, lembrando que a campanha “celebra todas as maneiras de ser homem, livre de estereótipo e preconceitos”.

Correio Braziliense

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Zeca disse:

    Sou Agnóstico mas tô com o Pastor.

  2. Wingrete disse:

    Para os conservadores e defensores "da moral e dos bons costumes": vão cuidar da vida de vcs.como diz uma amiga minha que é trans:esses que falam tão mal dos LGBTs, são os mesmos que os procuram lá em ponta negra,zn,etc…e que na maioria das vezes não fazem o papel do ativo na relação.rsrsrsrsrs.

  3. Cabeto disse:

    Minha religião prega o amor entre as pessoas independente das escolhas que ambas fazem.
    Qdo digo que é seletiva é pq muitos se chocam com esse caso da Natura mas não se chocam com milhões de crianças que sequer tem o nome do pai na certidão de nascimento, com milhões de mulheres criam seus filhos sozinhas e outras milhões de crianças que são órfãos.

  4. aof disse:

    Parabens, Pastor Silas Malafaia. É por causa de lideres corajosos como o senhor que isso aqui não está pior. É por causa do Cristianismo que a humanidade ainda não virou um bando de animais racionais.

    • Maria Bernardes disse:

      Esses religiosos que usam o nome de Deus pra propagar o ódio ao seu semelhante só pq pensam diferente deles !

  5. Belo disse:

    O negócio é o seguinte.
    Pra quê tanta polêmica???
    Totalmente desnecessário.
    PIROCA É PIROCA.
    PEPEKA É PEPEKA.
    *** Homems e Mulheres.
    É assim, desde que inventaram o mundo.
    Ponto final.
    Quanto a Natura, escorregou feio, deu bobeira, totalmente equivocada, NÃO EXISTER ISSO, É pura invensão dos humanos.
    Daqui a pouco a Natura vai dizer que seus produtos tem MAL cheiro, ao invés de BOM??
    Não querem inverter tudo??
    ENTÃO GENTE !!!
    O dia da pepeka, foi no segundo domingo de Maio.
    Agora em agosto é a vez da Piroca.
    Kkkkkkkkkk
    Entenderam??
    Sim ou não??

  6. Sonia Abrahão disse:

    A maioria dos homens "honestos, de direita e conservadores" adora uma perversão no seu íntimo. Os michês conhecem bem essa turma. Isso explica muito essa tara de ficar controlando a sexualidade dos outros. Freud explica.

    • Direita Honesta disse:

      Da minha parte, não estou querendo controlar a sexualidade de ninguém. Aliás, deixei isso explícito no meu comentário. Mas, não aceito que uma empresa use um "trans" para representar os pais no nosso dia e isso é um direito meu. Também tenho o direito de gastar meu dinheiro da forma que bem entender e decido não gastá-lo com produtos dessa marca que, por sua vez, optou por seu nicho de mercado. Quanto a vc, recomendo que opte por cuidar da sua vida (o que inclui usar seu dinheiro da forma que quiser) ao invés de ficar a julgar quem vc não conhece, tentando com isso denegrir reputações.

    • Raimundo disse:

      Essa tática é manjada da esquerda.
      Tentar colocar em descrédito os conservadores, como se ser conservador fosse algo ruim.

  7. Wellington disse:

    Como diz o ditado: A Natura kgou fora do Pinico. Fez merd* mesmo!

  8. Direita Honesta disse:

    Não existe essa coisa de "relativizar" o sexo das pessoas. Homem é homem, mulher é mulher. Da minha parte, não aceito essa coisa de "escolher" ser homem ou mulher, embora cada qual seja livre para fazer o que quiser do seu corpo (aborto não é apenas decisão sobre o próprio corpo) e da sua sexualidade. Como também faço o quiser com o meu dinheiro, garanto que a Natura não verá a cor dos meus reais. Os que pensam diferente fiquem à vontade. Simples, né?

  9. Zuza disse:

    Jacaré é apenas um bico! Pessoal, por outro lado, é só sacanagem da Natura. Estão apenas tentando amenizar os efeitos da pandemia.

  10. Marco disse:

    Compra quem quer! Gostaria de ver a revolta desse Pastorzinho com os milhares de "pais" que abandonam seus filhos e não pagam um real de pensão.

  11. PABLO disse:

    O perfume da natura tá 100 pau.

  12. Chicó disse:

    É ciência !!! Ou nasce homem ou nasce mulher. Homem com homem não reproduz, e mulher com mulher também não. Se é tudo igual bastando apenas "mudar de camisa" acabem com os banheiros masculino e feminino. E no dia dos pais dê um presente pra sua mãe parabenizando-a !!!

  13. Gibira disse:

    Gosto mais dos produtos do Boticário. Quanto a moça ou ao moço ai, só sei de uma coisa homem não tem útero e não menstrua.

    • Isolda disse:

      Pelo seu raciocínio, a mulher que faz histerectomia ou a que entra em menopausa deixam de ser mulher. Votz, é cada uma!!

  14. Sergio disse:

    Vou boicotar a Natura e Silas Malafaia. Bolsonaro é Lula. Felipe Melo e Antônia Fontinelli. Anita é Ludmilla.
    Gente chata danada…

  15. Pepe disse:

    Neste aspecto sou muito.mais o Papa.
    "Quem sou eu para julgar",mas não vou dizer que é certo.
    Os farireus era uma classe que apontava o dedo e fazia o contrario.
    JESUS protegeu a prostituta quando apedrejada,falou com a samaritana,num contexto bem mais adverso que o de hoje.
    Malafaia,está julgando,mais parece um sepulcro caiado…

    • Raimundo disse:

      Você usou vários textos bíblicos.
      Qual seu objetivo?
      Defender o cristianismo ou o movimento LGBT?
      O papa disse quem é ele para julgar. Quando o papa ataca Bolsonaro, ele se transforma em Deus?
      O papa Bento XVI chamava isso de relativismo moral. Não existiria nada certo nem errado.
      Cada um faz o que quer.
      O que Jesus falou para a mulher adultera depois que a multidão foi embora, já que você conhece tanto a bíblia?

  16. Carlos disse:

    Vamos pensar: A Natura produz artigos de beleza. Qual linha deve ser escolhida para dar de presente ao "pai" Thamy? A masculina ou a feminina? É uma campanha errática , direcionada para um tipo de público específico. Pois que venda seus produtos para esse público e simpatizantes. Eu como pai, não me vejo representado pela campanha publicitária da empresa. Não vejo intolerância, vejo opção da empresa por determinado segmento. Não há de reclamar das consequências.

  17. Luciano disse:

    Esse tipo de campanha só faz aumentar o preconceito e a discriminação contra os homossexuais, inclusive a própria situação é um reforço da idéia que num casal homossexual, um deve fazer o papel de homem e o outro de mulher, ou seja não existem casais de dois homens ou de duas mulheres, sendo dois pais e duas mães, um tem que fazer o papel do outro pra ser normal.

    • Gadominion disse:

      Concordo plenamente!

    • Direita Honesta disse:

      Perfeito, Luciano. Mas parece que esse raciocínio é muito "elevado" prá turma da "lacração". Ao invés de simplesmente externar suas opiniões, eles preferem tentar mandar nas opções alheias e, ainda pior, tentar denegrir a reputação de quem pensa pensa de forma diferente deles. E ainda se dizem "democratas" e "tolerantes". É hilário.

  18. André disse:

    EU ACHO ASSIM…. , não está em jogo o que essa moça, trans ou como queiram chamar( pois homem não é) , pois bem , vamos chamar como ela acha melhor e com respeito, essa ou esse trans , não está em jogo o que ele ou ela está causando a criança, tb não precisa atarcar com baixas palavras e desrespeito bruto pois dele(a) é a vida e ela faz o que quiser , problema só dela enquanto ela não prejudicar ninguém, quanto ao pastor quem achar que ele está certo ou errado isso nunca vai acabar , só acho apenas que é a opinião dele , quem vai julga-lo é Deus igualmente a trans , mesmo que se descorde dos LGBTQ temos que respeitar , agora tambem eles tem que respeitar quem descorda , pois do jeito que tem radical contra o LGBTQ também tem LGBTQ radical , o que está em jogo eu acho que é o ato da Natura , e não a do pastor ou do(a) trans, dizer que ele(a) está fazendo o que muitos homens não fazem , que abandona crianças, isso é relativo pois muitas mulheres abandonam também, aí ficariamos discutindo isso o ano todo , então se está em jogo o ato da empresa Natura , foi um erro sim , pois por mais que ele(a) faça o bem pra criança dando muito amor , não é um homem, se ela(e) mesmo quer ser resipeitado(a) com trans daí já se parte do pré suposto que ela(e) mesmo não se considera um homem , então achei um erro da Natura, sem desrespeitar ninguém essa é minha humilde opinião.

  19. .40 disse:

    Já não comprava, agora que não compro mesmo. Mas respeito quem compra, sem problemas.

  20. Luan disse:

    É a ditadura da minoria, impor uma realidade de poucos a maioria, quase 100% das crianças tem pais heteros, até os próprios gays tem pais heteros, e claro existem pais que são gays também e que talvez sejam até pais melhores que pais heteros, mas pai mulher não existe, ela como lésbica pode até ser mãe, mas ela querer ser pai não é possível, mas querem colocar um pai sapatão como normal, como exemplo para todas as crianças.

  21. Bené Brito disse:

    Continuo sendo cliente.

  22. Manoel disse:

    A CIÊNCIA diz que o o espermatozóide do pai fecunda o óvulo da mãe e gera um filho, Thammy por ser mulher não produz espermatozóide e não tem como fecundar um óvulo, portanto pela ciência ela não é o pai da criança, ela pode até ser a mãe mas pai ela nunca vai ser.

  23. Joaquim disse:

    A propaganda dos dias das mães será com Pablo vitar

  24. Paulo Maciel disse:

    Nada contra a opção sexual, mais fazer uma propaganda de pai é inaceitável, nós filhos temos a imagem de pai a de masculinidade. Tem meu respeito como ser humano mais aí papel de pai isso não.

    • Lu disse:

      E vc respeita seu pai por causa de toda a história, contexto, o papel, o que ele fez, o que ele conquistou ou que ele te deu, o que ele te proporcionou, o que ele te ensino e o que ele fez por você ou respeita ele pelo órgão que ele tem no meio das pernas?

  25. Manoel C disse:

    Brasil, país chibata. De um lado a glorificação de uma "mudança", doutro um estelionatário da fé. O pessoal só vê as coisas de modo simplista, ou se é militante LGBTQIA++ ou serviçal de plutocrata que parasita a inocência das pessoas.

    Ler um livro denso, ninguém quer.

  26. Webrevenger disse:

    A natura não precisa de dinheiro de crente, seu misera, quem precisa é VC. Vai chorar pedindo dízimo que é o melhor que vc faz. Esse ódio todo é pq não pode abocanhar o dízimo da população LGBT, eles não caem no seu estelionato espiritual.

    • Raimundo disse:

      Quanto ódio e agressividade contra o psstor.
      Faz parte da tática da mídia de esquerda.
      Eles querem a população calada.
      Se alguém se levanta para criticar, é duramente atacado, criticado.
      Saiba que 70% da população brasileira é cristã.
      O pastor falou sobre valores cristãos.

  27. Toni disse:

    ora joão vamos consultar nossos ancestrais para saber o que decidir se aceita ou não essa situação ou melhor a bola de cristal jogo de buzios cartomante tudo junto que situação em a que ponto nos chegamos puta que o pariu!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  28. Greg disse:

    Valorizo mais a atitude de Thammy que faz papel de pai (sei que o que ela é hoje?!)…do que homens que fazem menino e na hora de assumir fogem da luta e deixem no colo das mães tomando conta sozinhas…conheço muitos…valor cristão é ASSUMIR E AMAR.

  29. Queiroz disse:

    Quem sabia o que o Malafaia tinha que procurar era o Boechat.

  30. joao disse:

    Situacao dificil de entender quem ta certo. Imagine consultar os intelectuais.. Devo levar em consideracao o que diz um pastor, uma cantora de rebolado e ex-porno, alguma comissao multicientifica pluripartidaria, o fabricante de sabonete?

    • Greg disse:

      ENTRE o pastor evangélico e a ex-cantora de filme pornô…escolha quem não promova o ódio…simples.

  31. Cidadão Indignado disse:

    Agora é que eu compro os produtos da Natura! PARABÉNS NATURA! Abaixo esses falsos moralistas nojentos!

    • Gustavo disse:

      Pois sou moralista, gosto da moral, gosto que pais DE VERDADE sejam celebrados, e vou sim boicotar quem promove o erro.

    • Chicó disse:

      É ciência !!! Ou nasce homem ou nasce mulher. Mulher com mulher não reproduz, e homem com homem também não.

  32. Cidadão Indignado disse:

    Esse mundo está cheio de falsos moralistas nojentos! Então seria melhor deixar essa criança abandonada em algum orfanato. Essa caterva de "homens" embustes. Procura saber o submundo particular dessas criaturas, ditas enviados de "Deus". Muitos são agressores, extremamente machistas e outras coisinhas que todos sabemos como são!

    • Lourdes Siqueira disse:

      A criança não estava em abrigo, Cidadão.
      Ela foi concebida por inseminação artificial. Poderiam ter pegue uma, duas ou três de abrigo, né não?

    • disse:

      Compre seus produtos… seja feliz. E permita que outros de igual modo se sintam indignados com o que consideram afronta a seus conceitos. Não é essa a tal tolerância, democracia, liberdade que tanto defendem?
      Desconsidere os "falsos moralistas", cidadão indignado (sabe-se lá com quê)… não é a eles que vc prestará contas de seus atos… o Juízo não é humano. Mas o Justo Juiz aceita pecadores como eu e você, com "submundos particulares" e falhas gigantes… Ele, o incontestável Autor da Vida, ainda lhe concede oportunidade, em vida, para olhara para Ele, não para humanos falhos, imperfeitos. Cessada a vida, cessam as oportunidades, segue-se o Juízo.
      Pense nisso.

    • .40 disse:

      Essa criança não foi adotada não, pra ficar em orfanato, foi feito inseminação.

    • Direita Honesta disse:

      Mais um sujeito desses que teima em querer "mandar" no pensamento e na indignação alheia. Pelo que vemos, senhor "Indignado", vc é incapaz de entender que seus valores (ou a falta deles) não interessa a grande parte do povo brasileiro. E essas pessoas que pensam diferente não dão a mínima para o que vc pensa e para seus "julgamentos" que, aliás, para nada servem e apenas demonstram que tipo de pessoa vc é. Faça o que vc quiser e cuide da sua vida. Nós, que pensamos diferente de vc, já estamos fazendo isso.

Ministério Público pede que TCU apure anúncios de BNDES e BNB em sites suspeitos de fake news

O Ministério Público pediu ao Tribunal de Contas da União (TCU) nesta segunda-feira (27) a apuração de propagandas do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e do Banco do Nordeste do Brasil (BNB) em sites suspeitos de divulgar fake news.

O pedido é do procurador Lucas Furtado. Ele acredita que o mesmo padrão de patrocínio já observado no Banco do Brasil pode estar acontecendo com BNDES e BNB.

Na representação, o Ministério Público sugere a concessão de uma liminar para suspender as propagandas.

Em maio, o TCU suspendeu parte dos contratos de publicidade do BB, relacionados a propaganda em sites, blogs, portais e redes sociais.

A decisão não incluiu a divulgação em veículos existentes há mais de dez anos. O objetivo da medida é evitar o financiamento indevido de propagadores de informações falsas.

“A meu ver, portanto, cabe ao TCU empreender a mesma ação de controle que vem sendo desenvolvida em face do Banco do Brasil, tendo em vista se tratar do mesmo tipo de irregularidade que estaria sendo praticada no âmbito de outras duas instituições financeiras públicas: o BNDES e o BNB” afirma Furtado.

Inquérito das fake news

Desde março de 2019 há no Supremo Tribunal Federal (STF) um inquérito dedicado a apurar a disseminação de informações falsas. O chamado “inquérito das fake news” tem como relator o ministro Alexandre de Moraes.

O procurador Lucas Furtado pediu que as informações coletadas pelo TCU sejam compartilhadas com o Supremo e possam contribuir com o inquérito das fake news.

Entre os alvos da investigação no STF estão empresários, políticos e blogueiros apoiadores do presidente Jair Bolsonaro. Além da disseminação de informações falsas, o inquérito apura quem financia essa prática.

Desde o início das investigações, já foram cumpridos diversos mandados de busca e apreensão e de prisão em várias regiões do país. Na semana passada, alvos do inquérito tiveram perfis suspensos de redes sociais por decisão de Alexandre de Moraes.

G1

 

Desembargador pede desculpas por ofensa a guarda e diz que se exaltou; veja nota na íntegra

Foto: Reprodução/Record TV

O desembargador Eduardo Siqueira, que no último sábado (18) ofendeu um guarda que o abordou cobrando o uso de máscara contra a pandemia de covid-19, divulgou nota pedindo desculpas ao agente e afirmando que se exaltou de forma desmedida.

Veja a íntegra da nota:

Nos últimos dias, vídeos de incidentes ocorridos entre mim e guardas municipais de Santos têm motivado intenso debate na mídia e nas redes sociais, com repercussão nacional.

Realmente, no último sábado (18/07) me exaltei, desmedidamente, com o guarda municipal Cícero Hilário, razão pela qual venho a público lhe pedir desculpas.

Minha atitude teve como pano de fundo uma profunda indignação com a série de confusões normativas que têm surgido durante a pandemia – como a edição de decretos municipais que contrariam a legislação federal – e às inúmeras abordagens ilegais e agressivas que recebi antes, que sem dúvida exaltam os ânimos.

Nada disso, porém, justifica os excessos ocorridos, dos quais me arrependo. O guarda municipal Cícero Hilário só estava cumprindo ordens e, na abordagem, atuou de maneira irrepreensível.

Estendo as desculpas a sua família e a todas as pessoas que se sentiram ofendidas.

R7

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Marcelo lins disse:

    Vcs não tem noção do quanto acontece de carteirada em natal!!!!

  2. Marcos Benício disse:

    Se fosse coerente, teria evitado todo esse desgaste com sua imagem.
    Pelo menos pediu desculpas!

  3. Eu disse:

    Só pediu desculpas em virtude da repercussão do vídeo.

  4. Osmundo disse:

    O corporativismo dentro do judiciário "podre" é gigante. Foi aconselhado a se desculpar , por nota, uma vergonha para a classe de "deuses".
    Se fosse o contrário o Guarda Municipal já tinha sido afastado por desacato à autoridade e indisciplina .
    Esse país é um cabaré !

  5. .40 disse:

    Ué, mas esse desembargador não disse que foi vítima de um vídeo fora de contexto? Agora pede desculpas? Está faltando, no mínimo, coerência.

  6. Roberto disse:

    BG, Só tô dizendo o que ele é, covarde solte o comentário deixe de ser covarde também.

  7. Roberto disse:

    Seja homem covarde, aguente as porradas de cabeça erguida.

  8. Zé Mané disse:

    Levou um arrocho e foi obrigado a se retratar

  9. Palmikto podre disse:

    Errou , pediu desculpas . Espero que o Sr BARNEY tenha aprendido . Uma coisa fica clara no Brasil 🇧🇷. Quando imaginaríamos um desembargador pedindo desculpas por um ato desse ? Já é uma evolução . Quando o Tonho d lua deu está na presidência pedir desculpas pelos 100 mil mortos daremos mais um passo .

  10. Neto disse:

    O ato de desculpa é o alimento preferido dos canalhas. Simples assim!

  11. gilvan azevedo disse:

    Levou uma chave de rodas

  12. Aparecida disse:

    Pelo menos pediu desculpas, já é alguma coisa.

  13. Zanoni disse:

    Se tivesse tido apóio, não teria pedido desculpas nunca, mas como houve reprovação da sociedade… Com tamanha arrogância, fez apenas para atenuar o julgamento no CNJ. Lembrei-me do episodio da Padaria Mercato.

  14. Alex disse:

    O desembargador fala francês mas. Ao sabe usar crase?

  15. Guilherme disse:

    Está desculpado. Até Judas se tivesse pedido desculpas a Jesus ele teria desculpado.

  16. Edilson disse:

    Se eu fosse o guarda eu pederia ao meu advogado, não queria dinheiro se a pena alternativa fosse a limpeza e coleta das lixeiras da orla 1 hora por dia e 7 dias por semana.

FOTO: Desempregado desde fevereiro, jovem de 20 anos pede oportunidade com cartaz em semáforo de Natal

Jovem segura cartaz no cruzamento da Salgado Filho com a Antônio Basílio — Foto: Lucas Cortez/Inter TV Cabugi

Reportagem do portal G1-RN destaca que desde segunda-feira (20), quando acende a luz vermelha do semáforo entre as avenidas Salgado Filho e Antônio Basílio em Natal, Geovane Guimarães Ferreira, de 20 anos, aparece com um cartaz pedindo um emprego aos que passam pelo cruzamento. A decisão de ir para as ruas pedir ajuda para arrumar um emprego foi tomada após conversas com a mãe e a companheira, que está grávida de seis meses. No entanto, o jovem conta que o grande incentivador da ideia foi o irmão, que atualmente trabalha em um petshop porque teve a mesma iniciativa: pedir trabalho no semáforo.

Desempregado desde fevereiro, o jovem que vivia de aluguel precisou entregar a residência para a proprietária porque não iria conseguir manter a mensalidade em dia. Ele se mudou para a casa da sogra, onde mora com ela e a companheira no bairro Guarapes, Zona Oeste de Natal. A família enfrenta dificuldades financeiras. Geovane só teve acesso a uma das parcelas do auxílio emergencial de R$ 600. Leia matéria completa aqui.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Onir Nobre Oliveira de Medeiros disse:

    Graças a Deus o rapaz foi contratado pela Laser Eletro.

Em crítica velada a Toffoli, Marco Aurélio pede que novo presidente ‘tire STF da vitrine’

FOTO: Jorge William | O Globo

Marco Aurélio Mello anseia por novos tempos com a chegada de Luiz Fux à presidência do STF. Ele tomará posse em setembro.

O ministro cansou de ver o tribunal na mira de foguetes ao longo dos últimos meses.

— Espero que se busque, acima de tudo, tirar o Supremo da vitrine. Quando se está na vitrine, o estilingue funciona. Temos que voltar a uma introspecção maior.

Mello, ao menos em parte, põe o protagonismo indesejado na conta de Dias Toffoli, ao afirmar:

— Creio que, no afã de relacionar-se, ele acabou colocando o tribunal na vitrine. E nós também tivemos que enfrentar matérias controvertidas, o que contribuiu para este quadro, não é?

Lauro Jardim – O Globo

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Pedro disse:

    Marcos Aurélio , esse outro e um pau mandado, boçal e juridicamente inexistente.

  2. Pedro disse:

    Ministro muito controverso, porém, apesar de derrotado em muitas de suas teses momentaneamente, teve as mesmas reconhecidas pela corte em outros momentos, sendo transformadas estas transformadas em jurisprudência definitiva. Particularmente eu o acho pedante, mais a de se reconhecer o saber jurídico.

  3. Lerson disse:

    A CULPA É DESSES CARAS MESMO.
    SÓ FAZEM MERDA.
    QUEREM SER EXECUTIVOS, SEM RECEBEREM UM VOTO.
    PURO DESVIO DE CONDUTA.
    se fosse cada um no seu quadrado, as coisas era outra.

Maia baixa o tom e pede que Bolsonaro envie proposta de reforma tributária ao Congresso

Foto: Agência Câmara

Apesar das divergências em torno da reforma tributária, a comissão especial da Câmara dos Deputados retomou nesta quinta-feira os trabalhos para discutir o tema. Ao participar da abertura da sessão, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), fez um discurso ameno e pediu que o governo federal envie a sua proposta o mais rápido possível.

Acenando uma mudança de postura, Maia disse que conversou com o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), e com o ministro da Economia, Paulo Guedes, sobre a questão:

— Conversei com o presidente Davi e pedi a ele para refletir sobre a importância para que a gente possa retomar o debate na comissão mista. Não queremos aprovar a reforma da Câmara, queremos aprovar a reforma do Congresso Nacional junto com o governo federal. Espero que o ministro Paulo Guedes e o presidente Bolsonaro encaminhem a proposta o mais rápido possível. Estamos prontos para agregar (a proposta) ao nosso debate, para que todos possam participar — disse Maia.

Na semana passada, Maia disse que retomaria os debates “independentemente” da proposta do governo ou da participação do Senado. Ele também disse que não vinha conversando com Guedes e que isso não fazia a menor diferença.

Ontem, durante sessão do Senado, Alcolumbre disse que, se a Câmara votasse uma reforma tributária própria, o Senado não iria aprovar.

– Se Câmara não estiver alinhada com Senado e governo, não sai reforma – afirmou Alcolumbre.

A Câmara e o Senado têm visões distintas sobre a reforma tributária, embora ambos defendam mudanças mais amplas que envolvam União, estados e municípios.

O governo federal busca apoio dos senadores para aprovar uma minirreforma, unificando impostos federais e desonerando a folha de salários para as empresas em troca de um imposto sobre pagamentos eletrônicos.

Maia, que já afirmou que não vota um imposto semelhante à CPMF, evitou comentar a criação desse novo imposto, confirmado, ontem, por Guedes, mas destacou que a carga tributária já é elevada.

Segundo ele, a reforma tributária é o melhor caminho para fazer o país voltar a crescer e gerar empregos, diante da herança do aumento dos gastos para enfrentar pandemia do novo coronavírus em um orçamento já consumido por despesas obrigatórios e com o teto para o gasto público.

— Não podemos esquecer que nós aprovamos uma emenda constitucional da guerra que isola muitas leis e dá muita flexibilidade para o governo ampliar gastos no curto prazo. Mas, a partir de 1º de janeiro, a nossa realidade é outra. Teremos um orçamento que é consumido quase todo por despesas obrigatórias, existe pouco espaço para investimento.

Maia acrescentou:

— Não temos espaço para ampliar em R$ 50 bilhões, R$ 60 bilhões o gasto púbico federal no próximo ano, mesmo que a gente tenha receitas. Faço parte daqueles que entendem que não há nenhuma condição de revisitarmos o debate do limite de gastos do governo federal, até porque os entes federados já tiram muito dinheiro da sociedade e não devolvem na qualidade que a sociedade espera.

Maia destacou que o sistema tributário brasileiro segura o crescimento econômico, gera litígios tributários, além de ser complexo e exigir das empresas custo elevado com a administração de impostos.

O Globo

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Nono Correia disse:

    A reforma tributária vai ajudar a retomar o crescimento da economia da mesma forma que a reforma trabalhista e da previdência geraram 6 milhões de empregos. Ainda bem (para o DESgoverno) que tem imbecil que acredita nisso.

  2. NOVÍSSIMA POLÍTICA disse:

    Os cariocas estão se entendendo. Devemos torcer para que se restabeleça a nova política pelo bem da nossa nação.

Deputado pede que PGR investigue professor que sugeriu raticida para Bolsonaro e seus familiares

Foto: Reprodução

O deputado federal Sanderson, um dos vice-líderes do governo na Câmara, enviou um ofício ao procurador-geral da República, Augusto Aras, pedindo que a PGR investigue uma postagem feita no Facebook pelo professor Júlio Bernardes, da Universidade de Santa Cruz do Sul, no Rio Grande do Sul.

Na mensagem, Bernardes sugere que Jair Bolsonaro e seus familiares tomem um raticida.

Para o deputado, há “possível delito de ameaça” contra o presidente da República.

“Causa-nos espanto e indignação a postagem do senhor Júlio Bernardes sugerindo que o presidente da República, diagnosticado com Covid-19, bem como seus familiares, ingerissem raticida, o que os levariam à morte”, diz Sanderson em trecho do ofício, ao qual O Antagonista teve acesso.

O deputado bolsonarista afirma, ainda, que “essa conduta de disseminar mensagem de ódio não condiz com a ética e o decoro que se espera de um professor universitário”.

Leia aqui a íntegra do ofício.

O Antagonista

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Az disse:

    Um cocô humano desse só faz envergonha uma profissão tão Linda e digna como a de um professor. É uma pena ter um lixo desse nos quadros.

  2. Tarcísio Eimar disse:

    Perda de tempo, tem mais é que deixa passar essas baboseiras. A esquerda está se debruçando de todo jeito, mas não tem jeito e é melhor ir se acostumando, porque com ou sem JB, a esquerda está perdendo forças a cada dia q passa

  3. Julian disse:

    Eu diria ao nobre professor, que ja é melhor JAIR SE ACUSTUMANDO, Do contrário vai sofrer até 2027.
    Kkkkkkk
    Não tem jeito.
    O povo brasileiro não da maioria a esquerda NUNCA MAIS. são ladrões, corruptos.
    Kkkkkkkk

    • Talita disse:

      So se for vc.que com certeza não deve ter perdido nenhum parente nessa pandemia .

  4. Fábio Soares disse:

    A grande maioria dos professores de universidades públicas e institutos federais, são esquerdistas e ideologistas radicais

  5. Cabo Silva disse:

    Quem vai começar a campanha de doação?

  6. Walber disse:

    Isso não é um professor não, professor é uma profissão digna de honra,respeito e caráter,para mim isso é um lixo de ser humano,pois os seus ideias comunista psicológico comeram seu cérebro, ai dos alunos perto de um monstro desse.

  7. Acorda Brasil disse:

    Não eram os nazista que igualaram os Judeus a ratos? Aaaah… mais uma vez se confirma a máxima de todo esquerdista: Acuse-os do que você faz.

    • Francisco Alves disse:

      Pois é!!! Agora, me digam se isso não é discurso de ódio. Ah! Sendo de esquerdista não vale, é isso?

    • Severino disse:

      Ódio do bem pode, né, gente?

Defesa de Queiroz pede à Justiça que ex-assessor vá para prisão domiciliar

Foto: Divulgação

O advogado de defesa do ex-assessor do senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) Fabrício Queiroz apresentou, nesta sexta-feira (19), à Justiça do Rio de Janeiro um habeas corpus solicitando a substituição da prisão preventiva – por tempo indeterminado – por prisão domiciliar.

“(…) Requer-se a concessão de liminar para determinar a imediata substituição da prisão preventiva decretada contra o paciente por prisão domiciliar”, escreveu o advogado de Queiroz, Paulo Catta Preta.

Queiroz foi preso em Atibaia, no interior de São Paulo, na manhã de quinta-feira (18). A casa onde ele estava pertence a Frederick Wassef, advogado da família Bolsonaro. Ao ser preso, Queiroz disse que estava “muito doente”. O caseiro do local afirmou que ele estava no local havia mais de um ano.

Também no pedido à Justiça apresentado neste sexta, o advogado usa como argumento, por exemplo, o “atual estágio da pandemia do coronavírus”, e afirma que Queiroz “é portador de câncer no cólon e recentemente se submeteu à cirurgia de próstata”.

“(…) Não há dúvidas da urgência no pedido que justifica a concessão da liminar, sob pena do paciente ter agravamento de sua saúde, colocando em perigo sua vida, conforme se extrai dos laudos médicos acostados à presente impetração”, alegou o advogado.

Outro argumento utilizado pela defesa diz respeito à documentação que comprovaria que Queiroz passou por uma cirurgia há cerca de 2 meses.

Os advogados dizem não ter conseguido “prontuários, laudos e relatórios médicos” porque a Santa Casa da cidade paulista de Bragança Paulista exigiu que houvesse “determinação legal” para a entrega dos documentos.

A análise da solicitação deverá ser feita pela desembargadora Suimei Cavalieri, 3ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro. Já a decisão que autorizou a prisão de Queiroz foi do juiz.

Com G1

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Jailson disse:

    Quer ir p casa Queiroz?
    Delata todo mundo!!

Ministro da Justiça pede inquérito para apurar charge reproduzida pelo jornalista Ricardo Noblat que associa Bolsonaro ao nazismo

Foto: Edu Andrade/Fatopress/Estadão Conteúdo

O ministro da Justiça, André Luiz Mendonça, anunciou nesta segunda-feira(15) que pediu à Polícia Federal e à Procuradoria-Geral da República (PGR) que abram um inquérito para investigar uma charge reproduzida pelo jornalista Ricardo Noblat que associa o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) ao nazismo.

“Solicitei à @policiafederal e à “MPF_PGR abertura de inquérito para investigar publicação reproduzida no Twitter ‘Blog do Noblat’, com alusão da suástica nazista ao presidente Jair Bolsonaro. O pedido de investigação leva em conta a lei que trata dos crimes contra a segurança nacional, a ordem política e social, em especial seu art. 26”, justificou Mendonça em uma rede social.

Noblat compartilhou uma charge de Renato Aroeira em que Bolsonaro aparece com um pincel e um balde de tinta preta nas mãos após pintar as pontas de uma cruz vermelha, que remete ao símbolo usado em hospitais e ambulâncias. A cruz, então, se transforma em uma suástica, símbolo do regime nazista.

Veja mais – FOTO: “Falsa imputação de crime é crime”. O senhor Ricardo Noblat e chargista estão imputando ao Presidente da República o gravíssimo crime de nazismo”, condena Secom, que anuncia processo

Mais cedo, a Secretaria Especial de Comunicação Social (Secom) já havia anunciado que Noblat e Aroeira seriam processados por suposto crime de falsa imputação contra Bolsonaro..

“O senhor Ricardo Noblat e o chargista estão imputando ao Presidente da República o gravíssimo crime de nazismo; a não ser que provem sua acusação, o que é impossível, incorrem em falsa imputação de crime e responderão por esse crime”, escreveu o perfil oficial da Secom.

UOL

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. MORO 2022 disse:

    Quando Sérgio Moro for o nosso presidente, esses problemas não vão existir.

  2. Cigano Lulu disse:

    O papel do humor na imprensa livre não é outro senão este mesmo: o papel higiênico.

  3. Sorim disse:

    Tem que processar mesmo. De Bolsonaro solta um peido, tem que responder. A justiça é só pra um lado?

  4. Cadê Fátima disse:

    Mito 2022!!
    Ponto final.Tá

  5. Raimundo disse:

    Está certo o ministro, até hj o pr leva porrada todo dia e nunca se defendeu! Está na hora sim de revidar!

  6. Pedro Henrique disse:

    Ministro da Justiça agora virou advogado do presidente. Babão!

  7. O rei do gado disse:

    Metade do brasileiros pensam isso, entre ele, eu!

    • Brasil disse:

      Você tem certeza que é um Deus inexorável. Não vê o avanço nas liberdades individuais promovidos pelo STF, congresso e governadores. Isso foi o que ocorreu quando o nazismo subiu ao poder.

  8. Cabo Silva disse:

    Vale tudo pela toga do STF

Luxemburgo cita exemplo de Neymar e pede calma com potiguar Gabriel Veron no Palmeiras

Foto: Cesar Greco / Ag. Palmeiras

O atacante Gabriel Veron, de apenas 17 anos, é uma das maiores promessas do Palmeiras. Eleito o melhor jogador da Copa do Mundo Sub-17 no ano passado, ele conta com o apelo dos torcedores para que tenha mais chances no time titular. Porém, o técnico Vanderlei Luxemburgo tem tido cautela para utilizá-lo.

Nesta temporada, ele foi titular em três partidas e entrou em outras quatro. Ainda não fez gol. Luxa explica os motivos pelos quais não tem usado muito o garoto.

– Eu não quero colocar e me pedirem para tirar amanhã. Quero colocar quando eles puderem seguir. O Veron não estourou ainda, ele teve uma participação excelente na Seleção, mas no Palmeiras ele está começando a história dele. Temos de ter um pouquinho de calma, já que a história dele até agora foi na Seleção – disse.

Na visão de Luxemburgo, a cautela serve também para proteger o jogador. Por isso a cautela.

– Lançar quando o torcedor quer, pode se equivocar e perder um talento. Pode colocar e tirar, você vai sentindo. Até quando puder colocar e deixar. Depende de como sentir o ambiente. O Gabriel Veron, eu coloquei. Mas teve jogo que quando ele perdia duas, três bolas, começava uma culpa nele ali. Uma sequência errando, já iam ver o Veron diferente, eu falei “opa, deixa eu tirar”. Aí comecei a colocar em jogos já entrando com o adversário cansado e ele usando a velocidade. É para preservar um talento como o Veron, que tem um futuro brilhante pela frente. Tem que ter calma com isso – declarou.

Vanderlei Luxemburgo era o treinador do Santos em 2009, quando Neymar tinha acabado de subir ao profissional. E ele cita o exemplo de como fez com o astro, hoje no PSG, para explicar a utilização de um garoto que gera muita expectativa.

– O dia que eu começar a sentir que a torcida está me chamando de burro porque eu não coloco o cara, está na hora dele começar a jogar. Quando cheguei no Santos, o Neymar tinha sido lançado pelo Dorival Junior, ele teve uma queda e começaram a falar que era só uma promessa. Eu chamei ele e o pai e falei pra fazermos um trabalho de ganhar massa muscular, chamei de filé de borboleta brincando, que eu ia colocar ele no banco, entrando 15 minutos, 20 minutos – explicou.

– Daqui a pouco a torcida vai estar me chamando de burro. Quando ela me chamar de burro, ele volta a jogar e será titular. Foi o que aconteceu. A torcida começou a me chamar de burro, seu filho disso, filho daquilo, Neymar tem que jogar… Eu bati no ombro dele e disse “Não te falei? Agora vai lá jogar, meu filho” – completou.

Globo Esporte

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Bruno Aguiar disse:

    Concordo com o luxemburgo, belo ponto de vista.

MPF em MG conclui que Adélio agiu sozinho na facada a Bolsonaro e pede arquivamento

O MPF em Minas Gerais pediu o arquivamento provisório do segundo inquérito policial que apura a possível participação de terceiros no atentado contra Jair Bolsonaro na campanha eleitoral de 2018, em Juiz de Fora.

Na manifestação enviada à Justiça Federal, o MPF, após analisar a investigação realizada pela PF, concluiu que Adélio Bispo de Oliveira concebeu, planejou e executou sozinho o atentado.

Segundo o inquérito, Adélio já estava em Juiz de Fora quando o ato de campanha foi programado –portanto, não se deslocou até a cidade com o objetivo de cometer o crime. Também não se verificou movimentação financeira atípica nas contas dele ou de seus familiares.

Declarado inimputável por ter doença mental, o esfaqueador de Bolsonaro cumpre medida de segurança no presídio federal de Campo Grande.

O Antagonista

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Naldinho disse:

    Não foi apurado nada porque não houve nenhuma facada. Tudo inventado pra não comparecer aos debates.

  2. Cigano Lulu disse:

    Pobre Adélio, quando sair da cadeia não arranja mais emprego nem sequer como atirador de facas em circo mambembe. Pudera, ele é incapaz de acertar com êxito um alvo parado.
    É o fim da linha para um maluco que desperdiçou a única oportunidade que teve de usar sua maluquice com algum proveito social.

  3. Minion alienado disse:

    MPF COMUNISTA, solidário ao PSOL.

Ministro André Mendonça pede para PF apurar vazamento de dados de Bolsonaro

Foto: Denio Simões/Valor

O ministro da Justiça e Segurança Pública, André Mendonça, pediu à Polícia Federal abertura de inquérito para investigar o vazamento de supostos dados pessoais do presidente Jair Bolsonaro, seus filhos, ministros, empresário e políticos bolsonaristas.

O vazamento ocorreu na noite desta segunda-feira (1º) pelo grupo de hackers Anonymous Brasil.

Os hackers vazaram supostos dados cadastrais, como endereços e telefones pessoais e de vários contatos de familiares e outros, além de informações sobre suposto patrimônio dos atingidos.

Pouco depois da publicação, a rede social apagou as postagens. O Twitter também baniu o perfil do Anonymous Brasil, por violar as regras da empresa.

Entre as vitimas dos ataques do Anonymous estão o presidente, seus filhos (o senador Flávio Bolsonaro, o deputado federal Eduardo Bolsonaro e o vereador Carlos Bolsonaro); os ministros da Educação, Abraham Weintraub, a ministra da Mulher e Direitos Humanos, Damares Alves, o deputado estadual Douglas Garcia (PSL-SP) e o empresário Luciano Hang, apoiador do governo.

Douglas Garcia confirmou o vazamento de seus dados e acusou a ação criminosa dos hackers, em rede social. Ele disse que registrará boletim de ocorrência policial sobre a invasão.

Carlos Bolsonaro confirmou o vazamento de seu dados. Ele acusou, numa rede social, “a turma pró- democracia” pelo vazamento, sem apresentar provas.

Procurado, o Palácio do Planalto ainda não havia se manifestado até a última atualização desta reportagem.

Em nota, o Ministério da Mulher e dos Direitos Humanos disse que repudia o vazamento e que se trata de uma violação aos direitos fundamentais.

“Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos repudia a divulgação criminosa de dados, em clara violação aos direitos fundamentais à intimidade, à vida privada, à honra e à imagem. A divergência de ideias jamais deveria ser justificativa para a prática de ação totalitária e antidemocrática como esta. Que os responsáveis sejam devidamente identificados e processados, nos termos da lei”, afirmou o ministério comandado por Damares Alves.

G1

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. paulo disse:

    BG
    E o stf vai deixar investigar????

Guedes pede ‘solidariedade’ para retomada rápida da economia e trégua entre poderes senão “o barco naufraga”

Foto: Anderson Riedel/ Presidência da República

O ministro da Economia, Paulo Guedes, pediu nesta sexta-feira (29) compreensão e solidariedade para que a retomada da economia, após a crise do coronavírus, seja mais rápida no país.

Guedes fez a declaração pouco depois de o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgar que o Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro caiu 1,5% no 1º trimestre, na comparação com os três últimos meses de 2019.

O resultado reflete apenas os primeiros impactos da pandemia do novo coronavírus, e coloca o país à beira de uma nova recessão, uma vez que a expectativa é de um tombo ainda maior no 2º trimestre.

“Precisamos de cooperação, colaboração, compreensão, solidariedade”, disse o ministro durante um seminário virtual.

Se referindo aos recentes conflitos do presidente Jair Bolsonaro com outros poderes, como o Judiciário, Guedes apontou que disputas são “naturais” nesse período, mas defendeu trégua neste momento de crise senão “o barco naufraga.”

“É natural que nessa ansiedade, cada um ao seu estilo, um pisa no pé do outro. E quem foi pisado vai empurrar de volta. Agora, acabou. Um deu o empurrão, tomou o empurrão de volta. Todo mundo remando para chegar na margem. Quando chegar na margem, começa a briga de novo. Pode brigar à vontade na margem. Se brigar a bordo do barco, o barco naufraga”, disse.

Nas últimas semanas, o presidente Jair Bolsonaro se envolveu em conflito com diversas autoridades e instituições do país. O presidente, por exemplo, criticou governadores por adotarem, seguindo recomendação da Organização Mundial de Saúde (OMS), medidas de isolamento e restrição para evitar o avanço rápido da covid-19. Bolsonaro defende a retomada de todas as atividades para evitar impactos negativos na economia e no emprego.

Mais recentemente, o presidente fez duras críticas a ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) devido a decisões que o contrariaram, como a divulgação do vídeo da reunião ministerial de 22 de abril, apontada pelo ex-ministro da Justiça Sérgio Moro como prova da tentativa de Bolsonaro de interferir na Polícia Federal; e a ação de busca e apreensão, dentro do inquérito que apura ataques ao Supremo e divulgação de informações falsas na internet, que atingiu aliados do presidente e defensores do seu governo.

Reação em “V”, em “U” ou em “L”

De acordo com o ministro, “depende de nós mesmos” determinar como será a reação da economia no pós-pandemia.

Guedes apontou que há três opções: a chamada retomada em forma de “V”, que seria a mais rápida; a retomada em forma de “U”, um pouco mais lenta; ou então a economia pode se comportar como na forma da letra “L” que, segundo o ministro, significa “cair e virar depressão.

“Só depende de nós. Só depende de nós. Pela terceira vez, só depende de nós”, disse o ministro. “Prefiro ainda trabalhar com o ‘V’, pode ser um ‘V’ meio torto, caiu rápido e vai subir um pouco mais devagar, mas ainda é um ‘V’”, declarou.

Guedes acrescentou que, em sua visão, é preciso aperfeiçoar as instituições democráticas neste momento e disse ser “cretino” quem ataca o governo ao invés de ajudar nesse momento de crise.

“Se, em vez disso, nos jogarmos uns contra os outros, atrapalharmos uns o trabalho dos outros, incriminarmos uns aos outros em vez de entender que isso veio de fora, o vírus veio de fora e está atacando o mundo inteiro. É cretino você atacar o governo do próprio país em vez de ajudar em um momento desse”, afirmou.

Sobre o debate em torno da priorização da saúde, ou da economia, o ministro afirmou que é “natural” alguém achar que um aspecto é mais importante, mas avaliou que os dois são complementares.

“Alguém acha que a asa esquerda é mais importante, outro acha que é a asa direita. O pássaro não voa sem as duas asas. As pessoas não vão conseguir tocar uma economia preocupados com a saúde. As pessoas não vão conseguir salvar a saúde se também destruírem a economia. O pássaro, para voar, precisa das duas asas: da saúde e da economia”, disse.

Retorno ao trabalho

Na visão do ministro da Economia, está na hora de lançar o “sinal” de protocolos para um retorno seguro ao trabalho, que será feito “de forma segmentada, por unidades geográficas”, quando a questão de saúde permitir.

“No caso de indústrias que souberam se proteger, a construção civil está funcionando em 93% da capacidade produtiva, com 55 mil pessoas trabalhando nas obras e 10 mortes. Trágicas, porque cada morte é um universo que se extingue (…) Mas o fato é que, se 55 mil pessoas estão na construção civil e 10 vidas se apagaram, estão fazendo alguma coisa certa no protocolo de trabalho”, declarou.

De acordo com ele, esse retorno ao trabalho, de forma responsável, pode preservar vidas.

“Estão possivelmente até protegendo mais vidas do que está acontecendo em comunidades pobres, onde há o isolamento, distanciamento, mas 8, 9, 10 pessoas em uma casa só. Um sai para fazer uma coisa, outro sai para fazer outra, e no final podem até se contaminar com mais velocidade do que o trabalhador que está indo para um lugar que está tomando conta da saúde. É testado, monitorado, e tratado, só depois volta. Ele pode estar sendo bem tratado”, disse.

G1

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Arcanjo do bem disse:

    O ministro manda um recado nas entelinhas para o presidente, pois toda essa guerra foi iniciada por ele. Aliás, essa coisa de achar que estão sempre conspirando contra ele, o faz ver inimigos em toda parte. Bolsonaro não pensa nos brasileiros. Só tá preocupado em proteger os zeros e os amiguinhos dele.

  2. aof disse:

    A Oposição mais a mídia mais o Congresso e o STF não gostam do Presidente e farão de tudo para inviabilizar o seu govermo. Não adianta esperar tregua. É partir com unhas e dentes para a proxima batalha.

  3. Carlão disse:

    Trégua entre "podres", foi um "typo" que foi muito certeiro.

  4. Pedro Henrique disse:

    Bastou uma crise sanitária para mostrar a incompetência deste senhor. A Tchutchuca dos banqueiros só entende de entreguismo e privatização. Alguém sabe como anda a investigação contra ele por lucrar em cima do prejuízo de estatais e seus fundos próprios de aposentadoria complementar?

    • paulo disse:

      BG
      No Brasil é difícil se administrar, uma pandemia dessa o governo Federal de pronto começou a atuar e minimizar os problemas, criou auxilio para a população, no entanto o sacrifício é mundial é inimaginável suas consequências, mais tem sempre ovelhas negras para criticar por criticar. Imagine se essa pandemia tivesse sido no governo da quadrilha como ficaria o Brasil?.

    • Lucia Helena disse:

      Um ministro que considera servidor público como inimingo. Que diz " que não vai gastar dinheiro com as pequenas empresa" não podemos esperar nada de bom

Após operação da PF, Aras destaca “procedimento atípico” e pede suspensão do inquérito das fake news

Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil

O procurador-geral da República, Augusto Aras, pediu a suspensão do andamento do inquérito das fake news. ASSISTA AQUI VÍDEO da CNN.

Em um documento de 23 páginas a que a CNN teve acesso, ele diz que o procedimento é “atípico”. “Assim, a possibilidade de instauração atípica de inquérito judicial pelo Supremo Tribunal Federal, na forma do art. 43 do seu Regimento Interno, com base na garantia de exercício independente das funções do Poder Judiciário, não implica que o procedimento preliminar possa ser conduzido em desconformidade com o modelo penal acusatório.”

De acordo com ele, não pode o mesmo órgão que investiga, no caso o Supremo Tribunal Federal, ser o mesmo que julga. “Em linhas gerais, o sistema acusatório impõe profunda separação entre as funções de investigar/acusar e de julgar. O juiz abandona as funções de investigação e de acusação e passa a atuar somente quando provocado (princípio da inércia da jurisdição). Demais disso, o novo regramento processual penal informa a necessidade de as partes atuarem com paridade de armas, cada qual com o ônus de apresentar as suas alegações com base nas provas produzidas, com o fm de convencer o juiz, fgura inerte, imparcial e equidistante dos sujeitos processuais.”

Aras também pede que o Ministério Público participe da investigação e que seja dado aos investigados acesso aos autos.

“1) há de se franquear ao Ministério Público a constante participação no procedimento investigativo visando à proteção de direitos e garantias fundamentais dos investigados e a colheita de indícios e provas;

2) ressalvadas as diligências em curso, há de ser reconhecido aos defensores o direito de, “no interesse do representado, ter acesso amplo aos elementos de prova que, já documentados em procedimento investigatório realizado por órgão com competência de polícia judiciária, digam respeito ao exercício do direito de defesa” (Súmula Vinculante 14);

3) as medidas investigativas sujeitas à reserva de jurisdição (quebra de sigilo, busca e apreensão, vedação de uso de redes sociais etc.), se não requeridas pelo Ministério Público, hão de ser submetidas previamente ao seu crivo.”

Aras também alega na petição, encaminhada ao ministro do STF Edosn Fachin dentro de um processo da Rede Sustentabilidade que questiona o inquérito, que foi consultado acerca da operação desta quarta-feira. De acordo com ele, em duas manifestações feitas no dia 19 de maio, posicionou-se contrário às diligências. Ele coloca na petição a sua manifestação a Alexandre de Moraes:

“A leitura dessas manifestações demonstra, a despeito de seu conteúdo incisivo em alguns casos, serem inconfundíveis com a prática de calúnias, injúrias ou difamações contra os membros do STF. Em realidade, representam a divulgação de opiniões e visões de mundo, protegidas pela liberdade de expressão, nos termos do decisum do Ministro Celso de Mello na Pet-MC 8.830/DF.”

Na sequência, diz: “Esse direito fundamental, que recebeu atenção do texto constitucional em diversas de suas disposições, é amplamente considerado essencial à higidez do regime democrático e do princípio republicano. A livre circulação de ideias e o debate público são fundamentais para a garantia de uma sociedade aberta, na qual as distintas visões de mundo são respeitadas de forma igualitária. A relevância da liberdade de expressão nas democracias modernas é ainda mais destacada no âmbito da relação dos particulares com o Poder Público. A liberdade de expressão e outras que são dela derivadas, como a liberdade de imprensa e a liberdade de cátedra, consubstanciam poderosos freios a eventuais ímpetos autoritários e são fundamentais para o controle do Estado pela sociedade.”

CNN Brasil

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. olavo disse:

    Queria um advogado igual esse daí.

  2. O rei do gado disse:

    Aparelhamento dia apos dia do país pela milicia… José Padilha tentou avisar com Tropa de Elite II, e Sergio Moro ou saia ou ve vendia a corrupao de vez… os petistas quase acabaram com o Brasil em 12 anos, mas esse governo atual é mais eficiente, ta fazendo isso em 2 anos… e os minions piram!

  3. Antenado disse:

    Muito bem fundamentado o posicionamento do PGR. Estão estuprando a Constituição Federal.

  4. Cigano Lulu disse:

    Eis a forma inovadora de gratidão de quem foi indicado para o cargo sem figurar na listra tríplice. Subserviência digna de matar Osmar Terra de tanta inveja.

  5. Lucas disse:

    É meu caro amigo… uma promessa de cargo vitalício no STF pesa muito! O Dr. Aras parece empenhado em tomar o título de engavetador geral da república!

  6. Manoel disse:

    Nao a toa o presidente quebrou a tradição do PT de indicar sempre o mais votado pelos procuradores nacionais e indicou um pau mandado q nem na lista dos mais votado estava. Ele está retribuindo o favor, tipo milicia.

  7. QUEIROZ 2022 disse:

    Esse cara tem uma gaveta gigante. Pense numa gaveta pra caber merda. É tanta merda engagetada que Brasília está fedendo de ponta a ponta.