Suspeito de matar enteado de 5 anos envenenado na Zona Sul de Natal é solto em audiência de custódia, destaca reportagem

O portal Agora RN destaca nesta terça-feira(17) que o homem suspeito de ter matado o próprio enteado de 05 anos envenenado – na zona Sul de Natal no final de semana – foi solto após audiência de custódia realizada nessa segunda(16).  O padrasto havia sido preso no sábado, 14, dia em que o caso foi registrado pela Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) da Polícia Civil.

O homem foi preso sob a acusação de homicídio qualificado. O crime aconteceu em Candelária, bairro da zona sul de Natal. Para o juiz responsável pela audiência de custódia, não houve elementos de flagrante que sustentassem a prisão do suspeito. No entanto, o padrasto da criança será processado judicialmente e terá que cumprir uma série de medidas cautelares. Leia mais detalhes e entenda caso aqui em texto na íntegra.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Moro disse:

    Divulga o nome do Juiz?

  2. Sincero disse:

    Se fosse com o filho do juiz o que ele faria?

Homem é preso suspeito de matar enteado de 5 anos envenenado na Zona Sul de Natal, destaca reportagem

Foto: Ilustrativa

O portal G1-RN destaca a prisão de um homem suspeito de matar envenenado o enteado, uma criança de cinco anos de idade, no sábado (14), no bairro de Nova Descoberta, na Zona Sul de Natal. De acordo com a reportagem, através do delegado Júlio Costa, diretor da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), o suspeito nega que tenha matado o garoto.

Segundo a reportagem, o delegado disse que o Instituto TécnicoCientífico de Perícia (Itep) confirmou o óbito por intoxicação com veneno de rato. “Só estavam ele e o menino em casa”, reforça Júlio Costa. O homem segue detido sob a acusação de homicídio qualificado.

O garoto foi enterrado na manhã desta segunda-feira (16) em jardim de Piranhas, na região Seridó potiguar.

Matéria na íntegra aqui.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Kellington Alves disse:

    Isso foi um absurdo o rapaiz foi preso e julgado pela midia aem direito a defesa acredito em sua inocência pois trabalhei com ele e conheço a sua índole a verdadeira culpada e a mãe do garoto que está foragida

  2. João Maria disse:

    BG, eu conheço esse rapaz que está detido para os devidos esclarecimentos, mas até que se prove que ele é culpado eu acredito na sua inocência, digo isso pois eu o conheço e como diz o ditado eu só não vi ele menino nascer, ele é amigo do meu filho, dos meus sobrinhos e nos estamos estarrecidos e perplexos, mas tenho fé em Deus que a verdade vai aparecer e ele vai provar sua inocência, pois ele é muito querido por todos nós de nova descoberta.