Reportagem do UOL com informações do The Intercept noticia que Deltan Dallagnol “usou” a Rede para mover ação contra decisão de Gilmar Mendes

Com base em outras mensagens roubadas, o UOL, parceiro agora oficial de Glenn Greenwald, diz que Deltan Dallagnol “usou” a Rede para mover ação contra decisão de Gilmar Mendes, depois que o ministro concedeu um HC de ofício em favor do tucano Beto Richa.

O UOL diz que, como procurador de primeira instância, Deltan “usurpou” a competência da PGR.

Análise de O Antagonista rechaça “análise” e diz que um partido político, que tem legitimidade para propor ADPFs, pode muito bem ser convencido por qualquer cidadão — e procuradores são cidadãos — a propor ações de qualquer tipo. É do jogo. E a Rede não pode ser tratada como legenda de aluguel.

Procurador não é juiz, senhores.

O Antagonista ainda provoca reportagem e diz que “Usurpação é o que ministro de tribunal superior faz ao encontrar-se na calada da noite com poderosos acusados de crimes de corrupção e lavagem de dinheiro”.

Com informações de O Antagonista e UOL

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Raimundo disse:

    Lula livre, Cunha livre Cabral livre solta tudo a lava jato foi uma farsa! Eram 3 anjinhos junto com Dirceu e mais 155 condenados solta tudo foi tudo forjado

    • Fábio disse:

      Raimundo, acho que estão confundindo as coisas. Lula e todos que devem têm que ficar presos, porém não justifica uma ação ilegal para coibir outra. Se for assim, não haverá justiça no real sentido da palavra. Tem que ser punido quem erra, independente de que é.

  2. Edilson Sion disse:

    Homi, Dallagninho parece que não trabalhava muito não, era como diz minha mãe "dipindurado" nos apps de conversas. agora ele arranjou o chapéu da viagem, cutucou onça com vara curta mesmo, querendo reiar logo quem? Gilmarzinho não é de levar desaforo para casa, o procurador bb da nívea e lisa pele que aguarde.

  3. Walsul disse:

    Essa operação lava jato parece cometer mais ilegalidades que a quem eles acusam. Qualquer cidadão pode acionar partidos, mas quando um cidadão, procurador, usa isso para conseguir algo que não seja por interesses coletivos e sim, de um grupo, isso não pode. Por que não acionaram a procuradoria geral da república para obter o que queriam? Porque é um jogo, não movimentos republicanos.

    • Arthur disse:

      Eu até acredito que a Lava Jato começou com uma boa intenção, mas visivelmente foi contaminada pelo viés político e deixou de ser imparcial. Perdemos uma ótima oportunidade de colocar muita gente dos dois "lados" na cadeia. Conseguiram o que queriam, esquerda na cadeia e direita no poder. Pau que bate em Chico deveria bater em Francisco.

VÍDEO: Reportagem aponta os riscos de expor a vida nas redes sociais

O Câmera Record que foi ao ar nesse domingo (21) mostrou os riscos que os usuários das redes sociais correm ao compartilhar tudo da rotina na internet. Publicar fotos, marcar localização, consultar mapas e até mesmo conversar perto do aparelho celular pode deixar as pessoas mais vulneráveis.

O assunto da segurança na internet entrou novamente em discussão após um aplicativo de envelhecimento digital viralizar, e agitar as redes sociais de famosos e anônimos nas últimas semanas. Para Luciane Aquino, especialista em conteúdos digitais, “o que o FaceApp está fazendo é formar um banco de dados mundial sem gastar dinheiro”.

E esse banco de dados é bem valioso para as grandes empresas como Facebook e Google, que são donas do Facebook, Instagram, YouTube, entre outros. A média anual de faturamento com dados digitais está em torno de R$ 20 bilhões.

Os próprios usuários das redes sociais aceitam fornecer seus dados pessoais, mesmo sem saber. Ao criar uma conta em qualquer rede social, a pessoa precisa aceitar os termos e condições de uso.

A reportagem esteve no centro de São Paulo e viu que poucas pessoas passam da primeira página dos termos e condições para acessar as redes sociais.

De acordo com Jamila Venturini, da ONG Derechos Digitales, para se ler todo o termo de uso das redes sociais, o usuário levaria, em média, duas horas. Mas isso não costuma acontecer, e os usuários aceitam ceder dados que não gostariam que fossem compartilhados.

Mas não é apenas nas redes sociais que os usuários ficam mais vulneráveis. Os repórteres investigativos do Câmera Record simularam uma conversa sobre móveis de escritórios em frente a seus celulares. Depois de 15 minutos falando de possíveis produtos a serem comprados, ao acessarem as redes sociais, foram surpreendidos com propagandas dos itens que mais enfatizaram.

Embora não tenha nenhum valor científico, as propagandas com móveis e materiais de escritórios demonstrariam que os celulares escutam o que é falado, mesmo com todos os aplicativos fechados.

Para o professor de inovação e interações digitais Luli Radfahrer, o fato de as redes sociais serem de uso gratuito demonstra que “quando você não paga o produto, você é o produto”. Ou seja, os usuários das redes sociais são usados para terem os dados vendidos às empresas.

R7

Reportagem apresenta “íntegra do manual do crime produzido pelo Intercepet”

O Blog reproduz abaixo a matéria do site jornalístico Agora Paraná – com o UOL, com possíveis ligações entre o hacker que interceptou as mensagens de integrantes da Lava Jato, o jornalista Glenn Greenwald, responsável pela divulgação do conteúdo e práticas criminosas. Confira.

Veja mais: Descobrimos a trilha do Hacker do Intercept. Greenwald é cúmplice do crime contra Moro e Lava Jato, diz jornal

Com informações do UOL via portal Agora Paraná

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Fagner disse:

    Quem era Moro.

  2. Lucas disse:

    Kkkkkk pera aí, deixa eu ver se eu entendi esse chororô dos baba ovo de corruptos:

    O site de jornalismo investigativo dispõe de uma manual que serve para que qualquer fonte anônima possa enviar material que denuncie algum esquema criminoso para eles e eles façam o trabalho que a imprensa deve fazer, que é tornar de interesse público.

    SIGILO DA FONTE É GARANTIA CONSTITUCIONAL.

    ONDE ESTÁ O CRIME DO JORNALISTA??

    AGORA, OS AGENTES DA LEI, PAGOS COM O DINHEIRO DO CONTRIBUINTE QUE SE UTILIZARAM DA JUSTIÇA PARA SE BENEFICIAR POLITICAMENTE É QUE DEVEM SER CONDENADOS E PRESOS. PRECISO NEM CITAR QUAIS SÃO OS MELIANTES…

  3. Cigano Lulu disse:

    Minha mula Adelaide me perguntando aqui se o portal Agora Paraná é filial do congênere Agora RN.
    Sinceramente, é preciso muito amor… para suportar essa mulher.

  4. Justus benem disse:

    Cadeia para esse bandido MORO…JUÍZES MARGINAIS E ladrões… AJUDARAM A eleger O desvairado ..o louco imbecil BOLSOTRALHA..AH LADRAO

  5. Ypiranga disse:

    Esse GRINGO TONTO tem CORAGEM de mamar numa ONÇA PINTADA, vejam a onde ele foi se meter.
    Logo com quem, se segure na sela, vc e quem estar por trás dessa presepada proibida.
    Pensando aqui com meus botões, cheguei a conclusão que tu tá F… gringo, a corda vai arrebentar do teu lado.
    É muito bem empregado, pra larga de ser otário.

Reportagem de O Globo revela que ataque criminoso de hackers foi orquestrado e mirou ‘coração’ da Lava-Jato”, atingindo até Janot e juíza que substituiu Moro; veja como PF detalha ação

Foto: Jorge William / Agência O Globo -20/05/2019

Polícia Federal e o Ministério Público Federal (MPF) têm indícios de que o ataque hacker que expôs mensagens privadas do juiz Sergio Moro e de procuradores foi muito bem planejado e teve alcance bem mais amplo do que se sabe até agora. Entre os alvos dos criminosos, estiveram integrantes das forças-tarefas da Operação Lava-Jato de ao menos quatro estados (Rio, São Paulo, Paraná e Distrito Federal), delegados federais de São Paulo, magistrados do Rio e de Curitiba.

Além do atual ministro da Justiça e do procurador Deltan Dallagnol,foram alvo de ataques a juíza substituta da 13ª Vara Federal Gabriela Hardt (que herdou processos de Moro temporariamente quando ele deixou o cargo), o desembargador Abel Gomes (relator da segunda instância da Lava-Jato no Rio), o juiz Flávio de Oliveira Lucas, do Rio, o ex-procurador-geral da República Rodrigo Janot , os procuradores Januário Paludo, Paulo Galvão, Thaméa Danelon, Ronaldo Pinheiro de Queiroz, Danilo Dias, Eduardo El Haje, Andrey Borges de Mendonça, Marcelo Weitzel e o jornalista do GLOBO Gabriel Mascarenhas . Outros dois procuradores, ambos ex-auxiliares de Janot, relataram ao GLOBO também terem sido vítimas de ataques de hackers, mas pediram para não terem os nomes publicados.

Em nota, a Justiça Federal confirmou que a substituta de Moro foi atingida e disse que o fato foi “imediatamente comunicado à Polícia Federal”. Segundo o texto, “a juíza não verificou informações pessoais sensíveis que tenham sido expostas”.

Em alguns casos, como o da força-tarefa da Lava-Jato no Rio, alguns integrantes evitaram a invasão, já que tinham controles mais rígidos, em especial a verificação em duas etapas para acesso remoto ao aplicativo Telegram.

As mensagens atribuídas a Moro e Deltan indicam uma atuação combinada em determinados momentos da Lava-Jato, inclusive no processo que resultou na condenação do ex-presidente Lula, expondo a operação a inédito desgaste.

Mesmo após a revelação do caso, o esquema criminoso continua em atuação. Na noite de terça-feira, um hacker entrou em contato com José Robalinho, ex-presidente da Associação Nacional de Procuradores, se fazendo passar pelo procurador militar Marcelo Weitzel, que teve seu celular invadido, como revelou a revista Época.

Em meio à crise deflagrada pelos ataques, procuradores discutem entre si as mais variadas teses sobre as origens dos ataques. Alguns levantam suspeitas até sobre invasões de origem russa, o que não está comprovado. Mas, se os autores ainda são desconhecidos, entre os alvos prevalece a ideia de que as invasões são uma ação orquestrada contra a Lava-Jato.

Ação profissional

A Polícia Federal investiga os ataques dos hackers com duas turmas de agentes e delegados, em quatro cidades. A Procuradoria-Geral da República também abriu um procedimento para acompanhar o trabalho da polícia. A apuração desse tipo de crime é tida como complexa, e o prazo para conclusão das investigações será longo, prevê a cúpula da PF.

As suspeitas iniciais apontam para um mandante com capacidade financeira para bancar o esquema aparentemente sofisticado de ação. Uma das hipóteses é a de utilização de equipamentos que custam entre US$ 2 milhões e US$ 3 milhões, segundo uma fonte da cúpula da PF ouvida pelo GLOBO. Há diversas empresas sediadas no leste europeu e no Oriente Médio que oferecem estes serviços por esses valores.

Por outro lado, chamou a atenção o fato de o suposto hacker ter feito piada na terça-feira com um dos alvos. Numa das mensagens, o invasor afirmou que é apenas um “técnico de TI” (Tecnologia da Informação), sem objetivos partidários.

Segundo os relatos das vítimas e apurações do Ministério Público Federal, o esquema funciona em três etapas:

1 – O hacker descobre o número do celular da vítima e o utiliza para solicitar, via desktop, a abertura de nova sessão do Telegram. Imediatamente, o aplicativo encaminha para a vítima o código de acesso, via SMS, achando que o pedido foi feito pelo dono da conta;

2- O clonador adquire um número de celular, geralmente em países onde há pouca fiscalização, e o utiliza para ligar para a vítima, depois de ter solicitado o código de acesso. Por alguma técnica ainda desconhecida, a vítima, ao atender, permite que o clonador capture todo o conteúdo do SMS, incluindo o código de acesso ao Telegram;

3- Com esse código, o hacker acessa o Telegram através de seu PC e pode ver todas as conversas da vítima, entre as quais as de grupos. Isso porque os diálogos pretéritos ficam guardados no aplicativo. O hacker pode fazer um backup de todos os arquivos, mídias e conversas da vítima e/ou pode se passar por ela perante terceiros no aplicativo, dialogando etc.

Os integrantes do MPF só deram conta do tamanho da ação depois da divulgação dos diálogos de Moro com os membros da força-tarefa de Curitiba. Para o golpe ter êxito, desconfiam, é preciso da conivência de alguém dentro das operadoras de telefonia, uma vez que o acesso é dado no momento em que a vítima atende a ligação. Alguns dos números usados pelo esquema já foram repassados à Polícia Federal.

O problema, apuraram, seriam uma brecha denominada pelas operadoras de “Falha SS7”. Embora aplicativos como o WhatsApp e a Telegram ofereçam criptografia ponta a ponta para evitar que suas mensagens sejam interceptadas, ambos usam o número de celular do usuário para funcionar, e isto abre a guarda para os ataques. A fraude do SS7 permite que qualquer pessoa com acesso à rede de telecomunicações envie e receba mensagens celulares específicas, com alguns ataques que permitem aos hackers interceptar textos, chamadas e dados de localização.

O início dos ataques

A série de invasões teve início, até onde se sabe no momento, em 24 de abril. No primeiro dia de aposentadoria, Janot voltou mais cedo para casa aborrecido com uma série de ligações e mensagens esquisitas que tinha recebido ao longo do dia. Alguns telefonemas tinham partido do próprio número do ex-procurador. Por volta das 22 horas, o telefone celular voltou a tocar.

— Diga aí — disse um procurador, amigo de Janot, do outro lado da linha.

— Diga aí você, que está me ligando — respondeu o ex-procurador-geral, estranhando a abordagem do colega.

— Estou ligando porque você está me pedindo dados que eu já te passei — respondeu Janot.

— Estou estou te pedindo dados ?? — questionou Janot.

Antes de terminar a frase, os dois perceberam que estavam sendo vítimas de um ataque quase simultâneo de um mesmo hacker. O estranho, que tinha ligado várias vezes durante o dia para Janot, estava usando a conta do Telegram do ex-procurador-geral para conversar com um outro procurador. O invasor estava em busca da senha do Twitter do ex-procurador-geral.

No meio da confusão, o procurador interrompeu a conversa com o hacker e orientou Janot a não mais atender ligação e nem abrir mensagens para mudar códigos da Apple, do Telegram ou de outros aplicativos.

O Globo

(Colaboraram Cleide Carvalho, Gustavo Schmitt e Bela Megale)

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Rômulo disse:

    Hacker não tem dever funcional de seguir a lei. Não adianta a Globo tentar inverter a situação! Quem tem dever de seguir a lei são os juízes! Moro, o anti-herói dos bozopatas, estava em conluio com a acusação para prender Lula para fins políticos. Isso já era praticamente verdade sabida, mas não havia como provar. Agora que a merda foi jogada no ventilador, ele pode esquecer a cadeirinha no STF, e tomar cuidado para não ir para atrás das grades! Estou ansioso pela liberação de áudios, pois são irrefutáveis!

    #VazaJato

  2. Walsul disse:

    A desmoralização da operação lava jato é mundial, não tem como mudar isso. O conteúdo do que está sendo exposto é criminoso para um juiz que deveria ter a função de zelar pela legalidade e isenção do julgamento. O fato se torna mais criminoso ainda, quando as decisões são para interferir no processo democrático. Quanto a globo, esperava-se o que? Como disse o jornalista , ela é sócia da operação lava jato. Essa discussão do hacker é para desviar o foco dos crimes cometidos. Não tem nenhuma prova que os documentos que desmascaram a operação tenha partido de hackers. Tem muita coisa para vir à tona e é isso que a globo teme.

  3. Gaius Baltar disse:

    Ativar verificação em dois passos evitaria todo esse imbróglio, mas a turma usa celular desprotegido para veicular informações sensíveis.
    OBS: O Telegram não tem criptografia ativada nos chats normais, do nos secretos.

  4. Rivanaldo disse:

    Brasil: O país onde o professor tem de ser imparcial mas juiz pode ter lado!

    • Rodrigo disse:

      Melhorando seu comentário: O país onde o professor tem de ser imparcial, quanto a política, mas o juiz pode ter lado, quanto a corrupção.

  5. M.Vinícius disse:

    Pacientemente, vou aguardar ss novidades contra os cibermortadelas!

  6. Potiguar disse:

    Essa reação contra os vazamentos da conversa do Moro era esperada. Eles não vão soltar o lula tão facilmente, apesar das evidências. Todavia, a repercussão do tema é grande no exterior vide reportagem do le monde, guardian, NYT… A dúvida que resta é a seguinte: lula receberá o nobel em Curitiba ou Oslo?

Delações da ‘Cidade Luz’ iluminam segredos da Semsur e escurecem futuro de Carlos Eduardo

Ex-prefeito enfrenta procedimento de investigação que ainda está no Tribunal de Justiça e não desceu à primeira instância

 

Nove dias após ter sido reeleito prefeito de Natal no primeiro turno, em 11 de outubro de 2016, o então prefeito Carlos Eduardo Alves caiu em grampo da Operação Cidade Luz. À época, ele não era investigado, mas falou do telefone do então secretário de Serviços Urbanos, Antônio Fernandes, com o presidente da comissão de licitação da secretaria de Obras, Raul Araújo.

Na conversa, o prefeito afirmava que chegara a uma ‘solução salomônica’ para a decoração natalina daquele ano. Por muito tempo, questionou-se o que o prefeito quis dizer com tal solução. Delações premiadas celebradas com o Ministério Público por investigados da ‘Cidade Luz’ explicam essa solução.

Em 19 de fevereiro deste ano, o delator Felipe Gonçalves de Castro explicou aos promotores Giovanni Rosado e Marcelo de Oliveira Santos que a solução era um acordo simples: as empresas Enertec e Real Energy desviaram da Semsur R$ 280 mil para a campanha de Carlos Eduardo com o intermédio do secretário Jonny Costa. Em contrapartida, este se comprometeu a lhes dar mais contratos. A decoração natalina de 2016 teria sagrado esse pacto.

Carlos Eduardo Alves foi procurado para comentar a matéria e preferiu não se manifestar. Jonny Costa concedeu entrevista ao blog em que refutou as acusações com veemência. Ele afirma que qualquer um tem direito de declarar o que quiser, mas isso exige a responsabilidade de provar. Ele se disse tranquilo sobre o assunto.

Solução

Dois dias após a ligação indicando a solução salomônica, o Diário Oficial do Município falou. Em 13 de outubro de 2016, Real Energy, Lançar e BKL Construções arremataram a concorrência pública de cerca de R$ 3 milhões para decorar Natal para celebrar o nascimento do menino Jesus. Todas as empresas integram o que a promotoria considera um grupo criminoso articulado para desviar recursos da Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (Semsur).

Para a acusação, apesar de formalmente três delas terem vencido o certame, os acordo de fraudes tinham responsabilidades rateadas entre as demais envolvidas, incluindo a Enertec, que não aparece como vencedora da licitação.

Mas, para chegar aos acordos, houve divergências. Em depoimento à Promotoria Pública, Alan Emmanuel, outro delator, relatou que o então secretário da Semsur Antônio Fernandes apresentou a solução de que as vencedoras seriam as que tiveram seus nomes publicados no Diário Oficial, com o compromisso das demais serem contratadas por fora. Tudo, disse o delator, com o conhecimento e autorização do então prefeito de Natal.

Em um dos depoimentos, Allan Emanuel revelou que discutiu com outro investigado a preocupação sobre o contrato de eficientização do parque de iluminação pública. A conversa foi com Maurício da Guerra, da Enertec, que teria lhe dito que o contrato que estava por vir iria dar certo porque ele havia cumprido sua parte com Carlos Eduardo, ou seja, com os repasses. A Enertec levou o contrato.

Os depoimentos apontam que uma das reuniões que ocorreram para tratar dos desvios se deu dentro da Prefeitura do Natal entre Alan Emanuel, Jonny Costa e Carlos Eduardo. Os demais encontros teriam ocorrido no escritório da prefeitura em Candelária, tendo Carlos Eduardo escalado Jonny para administrar o assunto. As reuniões foram no começo de 2016.

Ainda segundo os delatores, todos os valores envolvido seriam destinados apenas à campanha.

As revelações levaram a Procuradoria Geral de Justiça a abrir procedimento criminal contra Carlos Eduardo Alves no Tribunal de Justiça por conta de seu foro privilegiado. Apesar de ter renunciado ao posto de chefe do Executivo da capital, todavia, os procedimentos seguem no TJ e não desceram para a primeira instância do Judiciário.

Outro lado

O ex-prefeito de Natal, Carlos Eduardo Alves, foi procurado pela reportagem para comentar a matéria. Ele preferiu não se manifestar.

Jonny Costa afirmou que as declarações dos delatores não são verdadeiras.

“Desconheço as informações porque as reuniões a que ele se referiu nunca aconteceram”, afirmou o atual secretário da Semsur. “Não conheço e nunca vi o Felipe Gonçalves e o Allan Emannuel eu conheci quando ele me procurou para eu tratar do assunto do irmão dele, que era da juventude do PDT e buscava um reposicionamento da administração”, explicou Jonny, que frisou ainda: “Meu contato com Allan se limitou a esse episódio do irmão dele”.

Ainda segundo o secretário, ele suspeita que o delator lhe atribuiu informações inverídicas porque o irmão pediu para sair da gestão depois que Jonny vetou um pedido para que ele fosse dispensado dois dias de seu expediente. “Não faço isso por ele nem por qualquer outro. É como eu trabalho. A partir desse episódio, eles passaram a me difamar na administração”, explicou o secretário.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. silva disse:

    Finalmente esta chegando a hora em que o povo poderá , caso seja esperto), mudar a roupagem da política nacional, acabar com a hegemonia de alguns políticos!!!!

    A hora é esta!!!!

    Acorda Brasil!!!!!!!!!!!!!!!!

  2. gilvanir disse:

    Tá no DNA, altamente dominante!!! Cadeia neles. Na prefeitura foi assim, imagina no comando do Estado, não vai sobrar absolutamente nada!!!

  3. Roberto Araújo. disse:

    Não devemos ter bandidos de estimação, não é mesmo?????

  4. Ricardo disse:

    Se forem corruptos, que sejam condenados e se prostrem envergonhados, perante si e a família.

  5. José disse:

    Agora chegou…

  6. joao gomes disse:

    todo ano é essa putaria. Todo mundo sabe que esses led são bem baratos e que são 2 caminhões da URBANA que colocam esses enfeites na cidade, são reciclados e se cobra milhões em contrato com essa porcaria todo ano. MP não faz nada pq deve receber algo em troca também pra ficar calado pq esse é o país dos ladrões!

Reportagem do Fantástico confunde investigações, foca apenas em um político e passa impressão de perseguição

A reportagem do Fantástico exibida no quadro ‘Cadê o Dinheiro que Estava Aqui?’, na edição desse domingo (11), chamou a atenção, além da falta de elementos novos, do foco, centrado no governador Robinson Faria.

O material foi produzido ao longo da semana e serviu para retratar três operações, a Dama de Espadas, a Candeeiro e Anteros, que apuram desvios na Assembleia Legislativa, Idema e obstrução de justiça, respectivamente.

Ao unificar desvios que ocorreram em tempos e sob gestões diferentes, focando no governador, a reportagem deu um tom de perseguição.

A impressão ficou ainda evidente quando a reportagem apenas citou a participação de deputados estaduais nas investigações sem citar nomes. R$ 34 milhões dos R$ 50 milhões que o Fantástico diz terem sido desviados envolvem deputados estaduais.

A reportagem ainda deixa para o telespectador entender que os desvios no Idema ocorreram sob a gestão atual, quando na verdade foram no período anterior, da ex-governador Rosalba Ciarlini, que nada tem a ver com o caso, não sendo alvo de investigação.

Chama a atenção ainda o fato de o material ter chegado à rede Globo no momento que o governador começou a se movimentar politicamente e depois de ter deixado o gabinete para cumprir agenda, entregar obras, dar entrevistas e deixar a entender que é candidato a releeição. Inevitavelmente, o uso do material feito pelo Fantástico acuará o governador.

É o segundo caso recente envolvendo o Rio Grande do Norte em que o quadro ‘Cadê o Dinheiro que Estava Aqui?’ vende gato por lembre. Na matéria anterior, a expectativa foi sobre os desvios da Arena das Dunas. O material foi duramente criticado por requentar denúncias que já eram de conhecimento público e numa edição pobre e confusa..

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Deyvisson Carlos disse:

    Não me causa estranheza ate porque a filial da rede globo aqui ainda tem participação dos Alves,então esta explicado.agora todo mundo sabe que e o senador e quem são os deputados ne gente.

  2. Maciel disse:

    Matéria de capa do Fantástico!
    Agora entendemos porque o Estado paga atrasado seu funcionalismo…

  3. Misael disse:

    Se não cortar os sangue sugas dos poderes de nada adiantará vão ser ns vídeos desses.

  4. #ficadica disse:

    QUANDO A GLOBO BATIA EM OUTROS POLÍTICOS ELA NÃO PERSEGUIA…AGORA PERSEGUE… NAAM

  5. Fahad disse:

    Não dá pra engolir a Globo, mais uma vez, querer provocar o linxamento público de alguém de forma seletiva.

  6. joao disse:

    A reportagem esqueceu de comentar que Robinson foi eleito como poste de lula, chapa de Fatima… Estranho ne?? Lula condenado por corrupcao, apoiando Robinson.. Ate a esposa (digo ex) fez questao de subir no palanque do condenado… 'inocente". Será que vai ter uma campanha, sem Robinson é Gópi?

  7. Marcelo Oliveira disse:

    entrei aqui pensando q a população estaria indignada com os fatos levantados… mas não, estão revoltados com a reportagem! Putz! é por isso que o Brasil se encontra nessa situação.

  8. Chico disse:

    SANTOS, SANTOS SANTOS.
    O BRASIL É UMA PIADA, NOSSO ESTADO, PIOR, SÓ APARECE EM REPORTAGENS POLICIAIS E TRAGÉDIAS, INFELIZMENTE.
    TAMBÉM O QUE ESPERAR DE UMA GESTÃO CATASTRÓFICA DESSAS E DE ANOS DE GESTÃO DE ALVES E MAIA E O PT SÓ NA REBARBA, COMENDO POR FORA.
    TODOS SANTOS.

  9. jorge ribeiro disse:

    Para os entendedores de politica é normal, mais para quem esta no HWG, na violência da cidade, na falta de remédios, na falta do 13 e salários atrasados, não é normal, sem falar que as redes de comunicação do do nosso estado é tudo controlada.

  10. Artur Emiliano disse:

    O Fantástico misturou foi tudo. Relatou fatos de várias operações deixando a entender para os leigos que tudo que foi mostrado no mundo "Fantástico" da Globo na noite de ontem se trata de uma única operação que supostamente envolve o governador do RN. Não sei se ele é culpado ou inocente, só as investigações dirar, mas uma coisa eu sei as reportagens da Globo são meramente políticas partidários não tendo como objetivo informar a população mais sim fazer o jogo sujo da politicagem.

  11. Carlos Bezerra disse:

    Não intendo o motivo do pessoal esta reclamando, falando que é matéria antiga, requentada. Preados não importa se antiga, crime é crime, não importa quando o fato foi consumado. Ainda mais nos valores que é roubo pode atingir.
    Agora quando pensamos no nosso próximo governador esse fato sim da raiva. Porque não temos um pre-candidato de qualidade, um que se diga que possui passado ilibado, todos tem alguma parte do telhado feita de vidro.

  12. POLITICOPROFISSAONAO disse:

    Não precisa ser VIDENDE para saber o resultado das eleições:
    CARLOS EDUARDO : GOVERNADOR
    AGRIPINO : SENADOR
    GARIBALDI: SENADOR
    FÁTIMA :RINDO que colocou ?da campanha
    E os IDIOTAS DO RN CHORANDO PORQUE O ESTADO NÃO MELHORA !!! ESSE POVO DO RN MERECE CHIBATA

  13. Carlos Bastos disse:

    Gostaria de saber quando a Rede Globo, vai mostrar a operação Cidade Luz!

  14. POLITICOPROFISSAONAO disse:

    É tanto LADRAO que eu me confundo !!!!

  15. Carlos Bastos disse:

    Ade Pessoa deixe falar besteira, onde o PT tem poder sobre a Rede Globo, isso é coisa dos Alves, que querem continuar no poder com a eleição de Carlos Eduardo. Agora faltou a matéria cita que após essa mulher roubar assembleia ganhou uma gorda aposentadoria de mais de trinta mil reais por mês.

  16. Felipe disse:

    Maior burburinho em razão de R$ 5.000,00 (cinco mil reais) em véspera de eleição com um dos pré-candidatos sendo um dos Alves (concessionários da Globo no RN)??

    Viés eleitoreiro puro e evidente!

  17. Luiz Fernando disse:

    E haja "tôco"

  18. Joesley MILGRAU disse:

    KKKKKK BLZ "BG"

  19. POLITICOPROFISSAONAO disse:

    Robinson pegou um dos mais caros advogado do país ….já GUTSON pegou um….

  20. Marcos Vinicius disse:

    O Blog tá muuuito parcial. Se alguém fala de Robinson, a defesa vem na velocidade da luz.

  21. Marciliobr disse:

    Não acredito que ainda tem quem acredite que nosso desgovernador seja inocente.
    E seus blogs pagos para defendê-lo, deveriam ter vergonha na cara, deveriam ter ética. Mas infelizmente não tem.
    A população do nosso estado tem o dever moral de extirpar da política pessoas como o governador, deputados estaduais e federais e senadores este ano. É muita roubalheira!

  22. Ade pessoa disse:

    Tem PT na jogada

    • Jorjão disse:

      Só sendo muito tapado para achar que o PT está influenciando a Globo!

    • ibuprofeno disse:

      Claro que tem PT na jogada. A Globo fala bem de Lula todo dia, em todos os noticiários e chega até a defendê-lo, na pessoa de William Bonner. Até um asinino consegue acreditar nisso.

  23. Luciana Morais Gama disse:

    A reportagem se concentrou no chefe da quadrilha.

  24. Isabel disse:

    Nem quis assistir pois já imaginava q seria isso. Repetição.

  25. Beto disse:

    O povo tem q reagir contra todos os malfeitores e Não esperar a justiça, ela não virá.

  26. Ferreira disse:

    Começou a campanha e requentar notícias é uma velha estratégia política pra desviar a atenção e enganar os trouxinhas.
    Essa reportagem coincide com o rompimento do "menino prodígio" de São José do Mipibu, Fábio Dantas, que deseja criar um clima favorável para o afastamento do Governador Robson Faria, que tudo faria e até agora nada.
    Pobre Rio Grande sem Sorte. Ter decidido entre Robson e Henrique foi demais pra todos nós. Agora encarar a possibilidade de pegar Fabio Dantas ou Carlos Eduardo unido a pior espécie de políticos do nosso Estado, Garibaldi e José Agripino; é de matar qualquer um.
    Não se surpreendam de mais nada, a Rede Globo se transformou num mega monopólio de Propaganda e Marketing contratada por grupos econômicos políticos para levar seus projetos megalomaníacos de poder a frente.
    Mas Robson tem o SBT, outro decadente meio de comunicação que esmola migalhas do governo federal em troca de fazer propagandas ridículas a respeito da Reforma da Previdência malfadada.
    A guerra está só começando. Bom que a população começa a perceber as manipulações e mentiras desses meios de comunicação que não tem mais vergonha e pudor de propagar falsos fatos e desvirtuar os acontecimentos para beneficiar e proteger os seus adversários e clientes.
    Ficar atento meu povo, a Rede Globo com o seu BBB quer fazer todo mundo de Bobo. E na dúvida sobre o caminho a seguir, basta olhar pra que lado a Globo aponta e seguir na direção contrária.

    • Ceará-Mundão disse:

      Observa-se que vc "esqueceu" de mencionar a senadora do "górpi" no seu comentário. Ela também é candidata ao governo, lembra? O que vc acha dela?

  27. Só Deus na causa disse:

    Quem cometeu crime, que pague pelo que fez. Está defendendo seu governador BG? Deixe ele se explicar na justiça, afinal ele ele está com um dos advogados mais caros do país. Já ouvia de minha avó, onde há fumaça, há fogo. O nome do governador não caiu de paraquedas. Para o MP acusar, deve haver algum indício.

  28. Alanderson melo disse:

    achei muito tendenciosa a reportagem… e ainda mais se tratando de assunto “antigo”… essa política Brasileira é podre! Mas acredito que isso não vai afetar o RN!!!

  29. Fernando Oliveira disse:

    O Governador e nenhum político é santo. FATO. Agora a rede Globo não da viagem perdida, concordo com o editor, achei sensacionalista e com um foco. Me lembrou em menor escala o que tentaram fazer com TEMER, tirar do poder. Temer para mim é ladrão, mas tenho muito medo quando se usa imprensa para atingir objetivos sem respeitar os caminhos legais.

    • Lucas disse:

      Como aliás fizeram e continuam fazendo de maneira descarada, clara e pública com Lula.

    • Ceará-Mundão disse:

      Lula é um corrupto condenado pela justiça do nosso país, "cumpanhero". Investigado por centenas de policiais federais, procuradores de justiça e fiscais do TCU, e julgado e condenado por diferentes juízes, esse sujeito ainda responde a diversos outros processos, todos do mesmo naipe. Só pessoas totalmente desprovidas de cérebro ou que estão claramente defendendo seus interesses particulares ("boquinhas") são capazes de ainda sustentar esse discurso fajuto de "perseguição política". O povo brasileiro está abrindo os olhos para a realidade.

  30. Flávio disse:

    Isso é sem dúvidas o dedinho da oligarquia Alves tentando enterrar de vez o governador. Agora no tocante aquela operação que Ranieri foi citado e investigado só vai sobrar para ele? O jogo realmente é bruto. Ontem desmoralizaram a nível nacional o Governador prejudicando ainda mais os servidores e o estado, quero ver quando aparecer um deles fora o Henrique que já está preso.

  31. Rodrigo disse:

    Ficou muito claro q tem cunho apenas eleitoral essa reportagem!!!

  32. Darwin disse:

    Tem q justificar o salário

  33. Giann Oliveira! A toda família fica os meus sentimentos. disse:

    Passaram a semana toda divulgando a reportagem eu achando que série um pipoco! Foi nem um peido de veia, matéria com cunho único e exclusivo política

  34. Fátima disse:

    Governador e inocente Kkkkkkkk

    • Jorjão disse:

      Claro que Robinson não é inocente. Longe disso! Mas é só ele??? E ainda é matéria requentada e mal produzida…

Globo é massacrada por reportagem com espaço "exclusivo" ao Instituto Royal; telefonistas desligam na cara do público

A TV Globo não foi feliz ao fazer reportagem domingo (20), no Fantástico, dando apenas espaço ao Instituto Royal, que faz testes em animais. O público se revoltou e choveram ligações e e-mail de reclamações para a emissora carioca.

Não foram somente ativistas que ficaram indignados com a suposta falta de imparcialidade da Globo, tão comentada nas redes sociais. Telespectadores do Brasil todo estão ligando na Central de Atendimento ao Telespectador desde domingo para reclamar.

Telefonistas estão enlouquecidos. Alguns chegaram a desligar na cara das pessoas por não aguentarem mais tantos xingamentos. Todos são a favor de acabar com testes em animais.

O bicho está pegando para a Globo.

Com acréscimo de informações de Fabíola Reipert – R7

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Gustavo disse:

    99% desses que estão indignados, vivem nas farmácias comprando os remédios testados em animais, por que eles não boicotam a compra desses remédios?
    Será que fariam isso? Duvido!!
    Duvido também que algum desses, se proponham a testar em si mesmos os remédios, no lugar dos animais.

  2. Sergio Nogueira disse:

    Alguém me explique: se não testar os medicamentos em animais vão fazer isso em quem? Nos anencefálicos que se dizem defensores dos mesmos? Em crianças? Ou nas pedras?
    Esses radicais da ignorância só querem aparecer. Claro que não existe quem defenda os maus tratos puros e simples contra um animal, mas no caso de testes de medicamentos isso não é só necessário, é a única opção.
    Aliás, esses ignorantes não comem peixe, bife ou frango não? E esses itens não derivam da morte de um animal?
    Estamos voltando à idade média do conhecimento.

  3. Rafael Vale disse:

    Acho que esses medicamentos em vez de serem testados em cahorros deveriam ser testados nesses ativistas idiotas e nessas pessoas que estão ligando para protestar.
    Por que esses ativistas não libertaram e levaram para suas casas os ratos que tambem estavam no instituto Royal?
    O uso de cachorros da raça Beagles atende a um padronização mundial para testes de medicamentos.
    Será que esses ativistas acham que um medicamento é colocado no mercado sem que tenha havido testes?

Fantástico passa mais de 2 horas dentro da casa de Carla Ubarana fazendo reportagem sobre desvios nos precatórios

Rio Grande do Norte virou ator principal na tela da globo, nos últimos 12 meses estamos na telinha sendo destaque negativo semana sim, semana não. Pois bem, no domingo dia 13 sairá uma reportagem pesada sobre o escândalo dos precatórios.

O Repórter Eduardo Faustini passou a semana na terrinha, foram muitas entrevistas e nesta sexta ele passou mais de duas horas dentro da residência de Carla Ubarana. Além de Carla vai aparecer no domingo platinado promotores e pessoas do judiciário.

Segundo apuramos, assim que chegou a casa de Carla, o Bope proibiu a reportagem de entrar, alguns minutos depois teria chegado uma ordem superior liberando e a reportagem teve acesso a casa e a fazer longa reportagem com George Leal e Carla Ubarana.

 

Estadão destaca escândalo dos Precatórios no TJ/RN

O Estadão de hoje traz matéria destacando o escândalo no Setor de Precatórios do TJ/RN.

Segue reportagem:

STJ investiga fraude de R$ 13 milhões no RN

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) vai apurar denúncias de desvio de dinheiro do Setor de Precatórios do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte, uma fraude estimada em mais de R$ 13 milhões. A corte superior abriu investigação contra os desembargadores Rafael Godeiro e Osvaldo Cruz. Outras frentes de investigação já foram abertas. Relatório do Tribunal de Contas do Estado (TCE) apontou que houve desvio de R$ 13,2 milhões. A comissão interna instaurada no Tribunal de Justiça chegou também a esse valor.

O desembargador Caio Alencar, que preside as investigações, chegou a dizer que os R$ 13 milhões são valores preliminares, pois o trabalho de apuração ainda não foi concluído. No STJ o inquérito será relatado pelo ministro Cesar Asfor Rocha.

Os dois magistrados foram citados pela ex-chefe do Setor de Precatórios, Carla Ubarana de Araújo Leal, que, com o marido, o empresário George Leal, são réus confessos do esquema. Em depoimento ao juiz Armando Ponte, da 7.ª Vara Criminal de Natal, no dia 30 de março, a servidora do TJ revela que o dinheiro desviado do Setor de Precatórios era rateado entre ela e os dois desembargadores.

No depoimento, Carla Ubarana disse que o esquema começou em 2007, quando ela foi nomeada para a chefia do Setor de Precatórios p0r Osvaldo Cruz, na época presidente do tribunal.

Segundo a servidora, que foi exonerada da função no início deste ano – mas, como é concursada, continua nos quadros do TJ -, o esquema de desvio teve continuidade na gestão de Rafael Godeiro, que assumiu a presidência do TJ-RN.

Carla disse que a partir daí a divisão dos recursos públicos desviados passou a ser entre três: ela e os dois desembargadores.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Jacques-a disse:

    Cadê a moralidade desses magistrados, foi um escândalo quando a Ministra Eliana Calmon falou sobre os bandidos de toga, todos nos sabíamos que ela tinha razão, taí a comprovação.

Galinha choca cinco patos na Inglaterra

Essa está circulando na internet após a publicação de um jornal inglês. O diário “Daily Telegraph” trouxe a notícia de que a galinha “Hilda” chocou uma ninhada de patinhos, mas calma! Ela apenas chocou cinco ovos e não os pôs.

De acordo com a matéria, a galinha chocou acidentalmente depois de se sentar sobre os ovos errados por quase um mês, sem saber que eles tinham sido colocados por uma pata.

VÍDEO: Deputado afirma que compra voto e o Irmão de Renan Calheiros desfere um soco contra repórter do CQC em AL

http://www.youtube.com/watch?feature=player_detailpage&v=oxVxJgoOzvI

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. anonimus disse:

    eh pau! uma coisa é agredir o outro…outra coisa é pedir pra apanhar! ele fico chamando o irmao do cara de ladrão…se fosse eu faria pior

Veja revela trama de estelionatário para ajudar Zé Dirceu e companhia

A Revista Veja que chega hoje as bancas vem recheada com uma reportagem que levantar os cabelos de qualquer um, a revista teve acesso a conversas gravadas pela Polícia Federal com autorização da Justiça que revelam como o PT de José Dirceu se juntou a um notório estelionatário para falsificar documentos, destruir a imagem de adversários e tentar enganar os ministros do Supremo Tribunal no caso do mensalão.

Será que tem alguém supreso com mais uma da Turma do Dirceu?