Estudo da Fiocruz destaca RN em 1º lugar no país no número de queda de casos em média diária por covid-19 e 2º por óbitos em tendência de queda

Foto: © Erasmo Salomão/MS

As tendências de incidência e mortalidade por covid-19 no Brasil se estabilizaram em patamares altos, avalia o último Boletim Observatório Covid-19, da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), divulgado nesta segunda-feira (20). O estudo é referente ao período de 28 de junho a 11 de julho, que corresponde às semanas epidemiológicas 27 e 28.

A estabilização das tendências a nível nacional é resultado de movimentos de avanço ou recuo da pandemia nas unidade da federação, mostra a pesquisa. No caso da média diária de registro de casos, houve quedas no Rio Grande do Norte (-12,3%), Roraima (-9,3%), Rondônia (-8,4%), Rio de Janeiro (-5,3%), Espírito Santo (-3,7%) e mais 10 estados. Por outro lado, a média cresceu no Mato Grosso (+4,1%), Santa Catarina (+3,7%), Amazonas (+1,9%), Rio Grande do Sul (+1,8%), Goiás (+1,7%) e outros sete estados.

Apesar da queda, Roraima continua a ser o estado com a maior taxa de incidência, seguido por Distrito Federal e Sergipe. Em termos regionais, o Sul e o Centro-Oeste apresentaram tendência geral de aumento no número de casos, com os destaques de Santa Catarina e Mato Grosso, respectivamente.

Em relação à mortalidade, o maior aumento no período foi registrado no Tocantins, onde a média diária de óbitos cresceu 5,3% nas últimas duas semanas. Outros estados com aumentos mais expressivos são Distrito Federal (+4,5%) Rio Grande do Sul (+4,3%), Santa Catarina (+3,9%), Minas Gerais (+3,9%) e Paraná (+3,4%). Ao todo, 13 unidades da federação tiveram aumento na taxa de mortalidade nas últimas duas semanas epidemiológicas.

Por outro lado, há tendência de queda de mortalidade em Roraima (-12,1%), Rio Grande do Norte (-7,7%), Pará (-2,9%), Rio de Janeiro (-1,9%), Espírito Santo (-1,9%) e mais nove estados.

O boletim também traz dados sobre a média móvel de incidência de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), complicação comum em casos mais severos de doenças respiratórias, incluindo a covid-19. A incidência por 100 mil habitantes é considerada muito alta para todas as unidades da federação, sendo a média nacional de 9,7 casos por 100 mil pessoas.

As regiões Sudeste e Centro-Oeste estão acima da média do país, com 11,5 e 11 casos por 100 mil habitantes. Já o Sul (8,5), o Nordeste (7,0) e o Norte (5,6) têm incidência menor que a média brasileira, de 9,7.

Com 19,3 casos/100 mil, o Distrito Federal tem a maior incidência do país, seguido por Alagoas (17,8/100 mil) e São Paulo (13,4/100 mil). As menores taxas são do Maranhão (2,5) e do Espírito Santo (2,9).

Leitos

Um indicador para avaliar a capacidade do sistema de saúde em responder à pandemia é a disponibilidade de leitos de unidades de terapia intensiva (UTI) para adultos a cada 10 mil habitantes. O Brasil tem, em média, 0,9 leito de UTI para adultos com covid-19 para cada 10 mil habitantes. A taxa chega a 1,5 no Espírito Santo, e fica em apenas 0,4 no Tocantins.

Os dados sobre os leitos foram obtidos a partir de consulta ao Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde no dia 13 de julho deste ano.

Já a ocupação desses leitos foi calculada principalmente com dados do Sistema Único de Saúde, informados pelas secretarias estaduais.

Segundo a Fiocruz, o Mato Grosso estava na situação mais grave, com 93,1% dos leitos ocupados. Também ficaram com ao menos 80% de ocupação Goiás (84%), Distrito Federal (81%) e Bahia (80%). As menores ocupações estavam no Acre (28%), Amapá (30%) e Paraná (39,3%).

O estudo ressalta que “seria importante também obter números sobre a quantidade de testes disponíveis por unidade da federação, testes usados e testes positivos”. Segundo a Fiocruz, esses números não têm sido disponibilizados pelos estados e municípios de forma rotineira.

Agência Brasil

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Isabelle disse:

    Esse mérito da governadora ninguém tira!

  2. Chicó disse:

    Cada um tem a sua opinião. Eu, particularmente, acredito que o pioneirismo do Dr Albert Dickson com o tratamento precoce tem mostrado bons resultados. Há vários depoimentos relatando o sucesso do tratamento por ele defendido.

  3. Gustavo disse:

    Isso mesmo pessoal, tá tudo certo, vamos curtir que já passou a pandemia. Pode aglomerar.

  4. Cabo Silva disse:

    VERDADE SEJA DITA

    "Os dados oficiais tornam ainda mais injustificáveis as declarações do prefeito de Natal Álvaro Dias (PSDB), que anunciou a desativação de leitos para pacientes Covid-19. Em entrevista ao telejornal da InterTV Cabugi, o chefe do Executivo municipal disse que Natal já havia “virado o jogo contra o coronavírus” e por isso a prefeitura já tinha começado a desativar leitos.

    De acordo com o portal RegulaRN, a prefeitura de Natal já desativou 11 leitos, sendo 9 no hospital de Campanha e 2 no hospital Municipal.

    Os dados de internações, no entanto, mostram o contrário do que disse o prefeito Álvaro Dias. A situação de Natal atualmente é pior do que todas as demais regiões do Estado"

Bolsonaro destaca defesa da Associação Médica Brasileira de medicamentos na covid-19: “É importante lembrar que o uso off label (fora da bula) de medicamentos é consagrado na medicina, desde que haja clara concordância do paciente”

Foto: Reprodução/Twitter

Jair Bolsonaro, novamente, defendeu o uso da hidroxicloroquina para o tratamento da Covid-19.

Em tuíte, o presidente compartilhou uma nota da Associação Médica Brasileira (AMB) em que defende a autonomia do médico para prescrever o uso da hidroxicloroquina para pacientes com Covid-19.

No texto, a AMB afirma reconhecer a importância do uso de medicamentos off label –quando a indicação do profissional diverge do que consta na bula. Em dobradinha, Bolsonaro escreveu:

“É importante lembrar que o uso off label (fora da bula) de medicamentos é consagrado na medicina, desde que haja clara concordância do paciente. E que, sem a prática do off label, diversas doenças ainda estariam sem tratamento.”

No Ministério da Saúde, segundo apurou O Antagonista, a ordem também é para investir no discurso da “autonomia médica” quando se tocar no assunto da cloroquina.

O Antagonista

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Pereira disse:

    Agora já passa de 400 médicos iluminados por Deus que assinaram recomendando o uso de remédios já nos primeiros sintomas.

  2. ivan disse:

    Atenção meu camaradas petistas…Não tomem essa medicação…Não tomem ivermectina nem azitromicina tb…se sentirem sintomas, fiquem em casa e aguardem a melhora (esse é o protocolo indicado pelo nosso partido sério e honesto)…Deixem esses remédios sem comprovação para os facistas..Não acreditem neles, repito, não tomem…Lulalivre….

  3. J.Dantas disse:

    Um novo estudo realizado por membros do Sistema de Saúde Henry Ford, em Detroit, Michigan, apresentou resultados positivos acerca do uso de hidroxicloroquina no tratamento de pacientes com Covid-19. A pesquisa mostrou que o grupo que utilizou a droga teve a taxa de mortalidade reduzida pela metade…. procurem no Google….pequisa mais recente. Existem diversas pesquisas contra e a favor…SE O MÉDICO PRESCREVER E O PACIENTE ACEITAR, problema de ambos…..CONDUTA MÉDICA É SOBERANA E INDEPENDENTE DE POLITICAGEM. O gado de Bolsolouco e os jumento de Luladrão vão enlouquecer antes de terminar a pandemia….

  4. Gibira disse:

    Esse presidente do meu país é arretado. Em 2022 sou Mito de novo.

  5. Cesar Bomone disse:

    Os ESQUERDOPATAS DESINFORMADOS deviam ir procurar a hidroxicloroquina em qualquer farmácia. O medicamento está em falta em todas.
    Não existe CLOROQUINA ENCALHADA, ao contrário a busca é imensa, e não há estoque que dê conta.

  6. Pepe disse:

    Dinheiro gasto à toa.Algum interesse por trás.Quanto a ivermectina não.Afinal de contas existe muita verminose neste país.E tem alguns tipos de larva migrans que cegam. Além do mais se for necessario uso de corticoide em pacientes graves,é uma profilaxia para super infestaçoes.

  7. Joaquim disse:

    Todo mundo tá tomando , principalmente os dizem que não tem eficácia.

  8. Curiosa disse:

    Não entendo pq tanta defesa do presidente em algo que não tem comprovação alguma, não se ver o mesmo empenho na defesa do uso da Ivermectina ou Azitromicina. Muito e$tranho!

    • Cidadão Indignado disse:

      Simples! Ele investiu milhões em laboratórios do exército e, como esse medicamento não tem qualquer eficácia, responderá à inúmeras ações de Improbidade Administrativa e ficará inelegível. Jogou dinheiro meu, seu, nosso e público na lata do lixo. Simples assim.

    • Neco disse:

      Tem comprovação empírica sim, E muita, pesquise.
      De prefência em outras línguas. Querem poltitizar um medicamento. Criminosos.

    • David disse:

      Simples, pq é barato e qualquer cidadão pode comprar.

    • Gildo disse:

      O Exército produziu uma quantidade de Cloroquina capaz de abastecer o país por 18 anos. Ele tem que fazer o povo engolir essa produção. Aliás e a propósito, o Trump é acionista da Cloroquina.

    • Chicó disse:

      Quem é contra fique na dipirona e no paracetamol !!! Não há nada comprovado, mas as evidências estão aí. Tire a sua venda ideológica e veja !

Sindicato dos Hotéis destaca investimento do Governo Federal para recuperação de Ponta Negra

Habib Chalita, presidente do Sindicato dos Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares do Rio Grande do Norte (SHRBS-RN). Foto: Alex Régis

A notícia da liberação de R$ 39 milhões para obras de recuperação costeira e engorda da praia de Ponta Negra é vista como um reforço importante para o turismo de Natal e do Rio Grande do Norte, sem falar na preocupação com o resgate dos empregos que foram afetados com a Pandemia.

Para Habib Chalita, presidente do Sindicato dos Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares do Rio Grande do Norte (SHRBS-RN), o investimento no principal cartão-postal do Estado, no momento em que o país vivencia a pandemia causada pelo novo coronavírus, mostra ser um reforço e compromisso com a recuperação do setor de turismo e da própria economia local e dos milhares de empregados envolvidos.

A obra com os recursos federais prevê uma faixa de areia entre 23 a 30 metros de largura na maré alta. Habib destacou a atenção do Ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, para a liberação do recurso que será executado pela Secretaria Municipal de Obras Públicas e Infraestrutura (Semov), da Prefeitura de Natal. “Rogério disse que a praia de Ponta Negra e os potiguares merecem todos os esforços para a garantia da sua recuperação”, comentou.

Na avaliação do presidente do SHRBS-RN, além da otimização e melhoria do nosso principal cartão-postal, que é Ponta Negra, muitos hotéis, bares e restaurantes irão ganhar com essa importante obra para a nosso Estado. Será beneficiada, principalmente, a comunidade com a geração e recuperação dos empregos severamente afetados pela Pandemia, finaliza Habib.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Carllos disse:

    Espero que dê certo, mas uma simples escada para acesso não existe, quem garante que isso será feito?

  2. François Cevert disse:

    Eu quero saber se vão continuar com aquele modelo de enrocamento que só serve de criador de ratos ao invés de utilizar os blocos pré moldados como foi feito na parte revitalizada de areia preta? Era hora de substituir o atual enrocamento passando a utilizar o sistema de blocos pré moldados que não deixa brechas pra servir de lar para os ratos de praia.

  3. Deco disse:

    Mais recursos para o RN.
    Quero ver muitos esquerdistas pegando um bronze na praia que Bolsonaro liberou recursos pra melhorar!!
    Até Fátima vai lá pegar um solzinho….kkkk
    E aquele vereador que parece um cachorro loco? Quero vê Ela lá nas barracas tomando caipirinha e bufando.

  4. Gosson disse:

    Habib sempre dando show de competência e representatividade do trade turístico. Não se compara àquele vaidoso da ABIH.

Galileu destaca estudo de biólogos da UFRN, publicado em revista britânica, que identifica 13 regiões distintas da flora amazônica

Distribuição espacial das 13 sub-regiões florísticas identificadas para a Amazônia, de acordo com estudo feito por pesquisadores da UFRN (Foto: Karla Souza / Arquivo pessoal)

A floresta amazônica contém 13 regiões diferentes, cada qual com espécies de plantas particulares. É o que diz um novo estudo desenvolvido com mais de 5.000 espécies de árvores e de arbustos publicado na revista britânica Journal of Ecology. No trabalho, realizado por dois biólogos do Departamento de Ecologia da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), Karla Juliete Silva-Souza e Alexandre Souza, as regiões distintas foram chamadas de sub-regiões florísticas. Algumas das sub-regiões são grandes e dividem a Amazônia entre áreas a leste, a oeste e a norte (no planalto das Guianas). Outras regiões são pequenas e periféricas, contendo espécies de vegetações vizinhas como o cerrado, que penetram pelas bordas na Amazônia.

Para realizar o estudo, os pesquisadores compilaram um banco de dados, idealizado e batizado por Alexandre Souza de Caaporan (floresta bonita em tupi), contendo a distribuição geográfica de mais de 5.000 espécies de árvores e de arbustos encontrados na região. Eles aplicaram técnicas de estatística espacial sobre os dados, mapearam as sub-regiões e também construíram outro banco de dados contendo informações do ambiente para cada local onde as espécies foram registradas. Análises da compilação das informações permitiram aos cientistas investigar os fatores responsáveis pela distribuição e delimitação das várias “Amazônias”. Os resultados sugerem que a distribuição das sub-regiões está associada a ações humanas e a fatores ambientais, como variações do solo, regime de chuvas e inundação pelos rios.

Pioneirismo: divisão por composição de espécies

O estudo constitui a primeira divisão espacial da flora amazônica feita com base em dados de composição de espécies. “A delimitação e mapeamento de sub-regiões de espécies animais ou vegetais é muito importante para planejamentos de conservação da biodiversidade de uma região, pois permite aumentar o número de espécies protegidas. Isso acontece porque passa a ser possível a distribuição de áreas de proteção nas diversas sub-regiões identificadas”, explica Karla Souza.

Tentativas anteriores de divisão da Amazônia foram realizadas com base na aparência da vegetação, observação das predominâncias de ervas, arbustos ou árvores e se as plantas perdiam ou não as folhas na estação seca. Apesar do valor e da utilidade desses primeiros mapas produzidos, o presente estudo mostrou que várias sub-regiões florísticas distintas podem ter a mesma aparência. “Mapas baseados na aparência da vegetação não devem ser usados como indicativo da biodiversidade e não são eficazes nos esforços para aumentar o número de espécies protegidas”, adiciona Karla.

A floresta amazônica forma a região biologicamente mais rica do planeta. Ela cobre vastos 7.500.000 km² em nove países, o que equivale a 40% da América do Sul. Ela abriga um quarto da biodiversidade global e é uma das principais forças do funcionamento climático e biogeoquímico da Terra. A crescente perda e fragmentação de florestas devido à invasão de assentamentos e agricultura extensiva na Amazônia traz consequências para as populações humanas e demais formas de vida no planeta. As populações humanas dependem de forma direta ou indireta dos serviços produzidos pela biodiversidade da floresta amazônica, seja pela estabilização do regime climático ou pela utilização de espécies para produção de medicamentos, alimentos, cosméticos e outros produtos.

Impacto das mudanças climáticas

O mapeamento de sub-regiões florísticas da Amazônia produzido no estudo poderá ser utilizado para guiar os esforços de conservação da biodiversidade das plantas amazônicas. “A relevância que encontramos de fatores como o regime de chuvas e temperatura na explicação da distribuição espacial das sub-regiões alerta para um profundo impacto que as mudanças climáticas podem ter na organização espacial da flora amazônica. O aumento da frequência de anos secos na região deve promover a expansão de certas sub-regiões e a contração de outras, ameaçando a área disponível para milhares de espécies de árvores continuarem a viver e a prestar os seus serviços à humanidade”, analisa Alexandre Souza.

Galileu

 

Entre fatores que determinaram a decisão de devolução do aeroporto da Grande Natal, Inframérica destaca tarifas “inferiores e defasadas”

Foto: Reprodução/site oficial

Segundo a Inframérica, em nota, alguns fatores determinaram a decisão da Companhia em buscar a relicitação da concessão do aeroporto de São Gonçalo do Amarante, na Grande Natal. Uma das justificativas é em relação ao tráfego de passageiros “que foi negativamente impactado principalmente pela severa e longa crise econômica enfrentada pelo país, ocorrida justamente no período inicial da concessão e que impactou diretamente o turismo na região. Nos Estudos de Viabilidade Técnica, Econômica e Ambiental (EVTEA) feitos pelo Governo Federal no início da concessão, a expectativa era que o terminal potiguar movimentasse 4,3 milhões de passageiros em 2019. Contudo, o fluxo registrado foi de 2,3 milhões, cerca da metade do que era previsto nos estudos”.

Disse mais:

“Além disso, as tarifas de embarque de Natal são 35% inferiores se comparado aos demais aeroportos privatizados do país sob o mesmo regime tarifário (dados de dezembro de 2019). As tarifas de navegação aérea do Aeroporto de Natal também estão defasadas. Os valores cobrados pelas outras torres de controle chegam a ser 301% mais altas que a do Aeroporto de Natal”, destaca, em trecho.

Leia íntegra de nota em post abaixo:

Inframerica solicita à União devolução amigável do Aeroporto de São Gonçalo do Amarante, na Grande Natal

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Pedro disse:

    Esse consórcio bofote deve ir mesmo embora, aquele monstrengo ser fechado, o Aeroporto Augusto Severo reativado, e a população do estado devia mandar a GD junto com eles, soltem aí em qualquer canto, menos no RN. Se continuar ela vai deixar o estado pior que o RJ.

  2. Lourdes Siqueira disse:

    Hospital ideal para o coronavírus, Sr. Edson, dado o isolamento.
    O perigo são as ambulâncias serem assaltadas.

  3. MAURICIO disse:

    SÓ PRA LEMBRAR AOS ZEZINS, O AEROPORTO DE PARNAMIRIM É MILITAR, A AERONALTICA SEDIA O ESPAÇO PORQUE NATAL NÃO TINHA AEROPORTO, OUTRA COISA SAIAM DE NATAL, VÃO CONHECER OUTROS AEROPORTOS E VEJAM QUE SÃO CONSTRUIDOS LONGE DO CENTRO DA CIDADE

    • IBMENDONCA disse:

      Fortaleza, JPessoa, Recife, Salvador, Brasília, entre outros são todos dentro da cidade! Geralmente são construídos afastados mas com o desenvolvimento das cidades, são engolidos! O daqui de Natal exageraram e muito no afastamento do aeroporto.

  4. EDSON OLIVEIRA disse:

    ACHO QUE DEVERIA FAZER DAQUILO QUE CHAMAM DE AEROPORTO , UM GRANDE HOSPITAL PARA ATENDER TODA A POPULAÇÃO TANTO DA ZONA NORTE COMO TAMBEM DOS INTERIORES VIZINHOS.

  5. Zezim disse:

    Volta Aeroporto Augusto Severo!
    Nunca deveria ter deixado de ter parado.
    Agora que muita gente ganhou dinheiro com o aeroporto de SGA, o antigo pode voltar.

  6. Nordestino disse:

    É muito cômodo dizer que o aeroporto é longe, coisa de gente que é acostumado a viver dentro de um ovo.
    O aeroporto de Parnamirim só serve pra museu

    • Rômulo© disse:

      Não é bem pelo fato de ser longe, mas de não ser integrado à cidade. Aeroportos como o Galeão, no Rio de Janeiro, e Cumbica, em São Paulo também são afastados das áreas mais centrais e turísticas dessas cidades, porém estão inseridas no contexto urbano destas metrópoles, possuem facilidade de meios de transporte, os quais estão interligados (ônibus, carros, metrô, trens, barcas etc). Você, por exemplo, leva mais de uma hora para sair da Zona Sul do Rio e chegar ao aeroporto do Galeão, mas tem vários meios de chegar. Voltando a Natal, o que encontramos é um aeroporto praticamente inserido em zona rural, isolado, sem interligação com meios de transporte (que já são deficientes por aqui), onde você precisa passar por estradas desertas para chegar ao terminal, e ao chegar se depara com um estacionamento "pedágio", estrategicamente posicionado de modo a atrapalhar a recepção dos turistas e viajantes pelos poucos meios que lhes restam para chegar na cidade (taxi, carro por aplicativo, vans de recepção etc). Não adianta agora chorar pelo leite derramado. É muito improvável que o aeroporto retorne ao local anterior. O que resta é governo e concessionária encararem os problemas de frente, sem fecharem os olhos, e procurar soluções viáveis (policiamento permanente, fim do "pedágio" etc). Não pode simplesmente continuar do jeito que está.

    • Natalense disse:

      Ainda bem que apareceu 01 favorável ao problemático aeroporto de SGA.
      Melhor assim pois dizem que toda unanimidade é burra.
      Mas em terra de coroné é assim mesmo, 85% contra o aeroporto, 14% indiferente e 1% favorável e como os 5% são políticos ou ligado a eles, o 1% leva e o resto fique a reclamar.

  7. paulo disse:

    BG
    O "elefantinho BRANCO" gestado por henriquinho e seus amiguinhos de Brasilia. Não podia ser diferente.

  8. Calixto disse:

    Na teoria a governadora sempre foi d palanque contrário aos Alves e está perdendo uma excelente oportunidade para dar o destino ao qual esse aeroporto de São Gonçalo foi inventado, transporte de carga e, talvez, vôos internacionais.
    Deveria reativar o aeroporto de Parnamirim para os vôos nacionais o mais rápido, vai agradar grande parte da população votante no RN.
    Mas como a política é exercida da forma mais rasteira, estão preocupados em procurando um culpado, apontar o dedo a esse ou aquele, desprezível e desnecessário.
    Então vem ocorrendo a diminuição do fluxo turístico, por acaso isso seria culpa apenas dos governos?
    Os serviços e preços praticados nos hotéis, restaurantes, passeios, acesso a lagoas não colaboraram diretamente para isso?
    Tem a insegurança no RN que a anos vem amedrontando o turista e piora a cada dia.
    Enfim, situação anunciada a muito tempo, que foi negligenciada e agora tem que ser resolvida. Mas parece que vão tapar o sol com peneira, fazendo um arrumado e deixando o ruim aeroporto ainda pior. Depois vem a queda do turismo, o desemprego e vão se fazer de desentendidos. Não esqueçam, João Pessoa está bem mais estruturada e fica logo ali.

  9. Rr disse:

    Pelo amor de Deus, gente! Vamos aproveitar essa oportunidade e tentar com o governo federal o retorno ao Augusto Severo! Este maldito aeroporto do fim do mundo está acabando com o turismo do RN.

  10. Alguém disse:

    “Além disso, as tarifas de embarque de Natal são 35% inferiores se comparado aos demais aeroportos privatizados do país sob o mesmo regime tarifário (dados de dezembro de 2019). As tarifas de navegação aérea do Aeroporto de Natal também estão defasadas. Os valores cobrados pelas outras torres de controle chegam a ser 301% mais altas que a do Aeroporto de Natal”, destaca, em trecho.

    HAHAHAHAHAHAHHHAHA
    Só pode ser fake news, ou o cara é vesgo e vive numa realidade alternativa

VÍDEO: Bolsonaro destaca trabalho dos homens do Exército na recuperação de rodovias brasileiras durante o carnaval


Em uma postagem no Twitter nesta segunda-feira (24), o presidente Jair Bolsonaro destacou o trabalho de homens do Exército, coordenados pelo Ministério da Infraestrutura e pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), na recuperação de rodovias brasileiras durante o carnaval. “(..) não descansam para tornar a vida dos motoristas e usuários das BRs do Brasil mais segura. Foram décadas de abandono! O trabalho continua”, disse em meio a uma montagem de fotos e vídeos com as obras.

Também pela mesma rede social, ontem (23), o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, publicou um vídeo dos trabalhos desse sábado. “Nosso 1º Batalhão Ferroviário (Lages-SC) avança firme nos trabalhos da duplicação da BR-116, trecho Guaíba-Tapes”, destacou.

Bolsonaro comemora curtidas

Ontem à noite (23), Bolsonaro também postou um vídeo no qual comemora. às 21h55, a marca de 10 milhões de curtidas no facebook. “Muito obrigado a vocês pelo apoio e pela confiança. O Brasil é nosso, valeu pessoal!”, disse.

O presidente passa o carnaval no Forte dos Andradas, no Guarujá (SP). A base militar é a última fortaleza construída no Brasil, inaugurada em 1942, durante a Segunda Guerra Mundial.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Nando disse:

    Tem q fazer algumas coisa além de ordem unida.

De Pipa a Natal, um roteiro pelas praias e dunas do Rio Grande do Norte, destaca página de Turismo em O Globo

Foto: Canindé Soares

Os versos do folclorista potiguar Luís da Câmara Cascudo dão um aperitivo da capital do Rio Grande do Norte, Natal. Mas as atrações da cidade e seu entorno não são fáceis de caber em algumas linhas. Das praias e dunas estonteantes a um celeiro da cultura potiguar, é preciso reservar pelo menos uma semana para ter uma boa ideia de tudo o que a região tem a oferecer.

As principais atrações praianas do estado estão espalhadas na chamada Costa das Dunas, que abrange quase todo o litoral, incluindo destinos populares como Tibau do Sul, onde estão o vilarejo de Pipa e a Lagoa de Guaraíras; Maxaranguape, com as piscinas naturais (ou parrachos, como são chamadas) de Maracajaú (vide a da capa desta edição); e as cidades de Touros e São Miguel do Gostoso, muito procuradas por amantes dos esportes náuticos.

Variado também é o cardápio de atrativos nos arredores de Natal. Assim como o Rio não é somente Copacabana, a capital do Rio Grande do Norte não se restringe à badalada Praia de Ponta Negra. Quem passa pela cidade não pode deixar de lado uma visita às Dunas de Genipabu. Mesmo para aqueles que não gostam da aventura proporcionada pelo passeio de buggy nos morros de areia branca, vale a pena criar coragem para conhecer a paisagem.

Os passeios são oferecidos por agências de turismo, e todos os motoristas são credenciados após passar por um curso da Secretaria de Turismo do estado. Um passeio de buggy pela Costa das Dunas custa em média R$ 450, valor que pode ser dividido entre até quatro passageiros. Os preços podem variar durante a alta temporada, de dezembro a março.

Com 70 quilômetros (considerando a ida e a volta), o trajeto inclui todas as praias urbanas de Natal. No caminho, a exuberância do litoral nordestino é marcante mesmo para os brasileiros mais viajados. É possível dar um mergulho nas lagoas que brotam no local, como a de Pitangui e ter um momento de adrenalina no “esquibunda” na Lagoa de Jacumã.

Conhecido como Rota do Sol, o caminho que leva ao litoral sul do Rio Grande do Norte também merece ser explorado, a partir de Natal. O trecho, que vai até Tibau do Sul, reserva algumas das paisagens mais bonitas da região, como a Praia de Camurupim. Os corais formam piscinas naturais e o desenho da praia se transforma ao longo do dia, de acordo com a oscilação da maré. Antes de chegar à praia, a Parada dos Golfinhos é uma boa chance para os visitantes que quiserem admirá-los. Principalmente pela manhã, é possível avistar grupos deles nas águas.

Berço do Brasil

Não apenas de mar e sol vive o potiguar. A Grande Natal também reúne riquezas culturais e históricas de vários períodos do Brasil. Um pouco dessa história é contada pelo guia e historiador Ítalo de Araújo num passeio de catamarã pelo Rio Potengi, que banha a capital do estado.

Num pôr do sol regado a drinques e música ao vivo, Ítalo defende que, diferentemente do que diz a História, os portugueses chegaram primeiro a Touros, no Rio Grande do Norte, e não a Porto Seguro, na Bahia. Um dos argumentos é que Touros, num dos extremos do Brasil, é o local do país mais próximo da Europa. Não à toa, a Secretaria de Turismo do estado, com apoio do Sebrae-RN, tem investido no mote “Tudo começa aqui”. O passeio explora um pouco da história colonial brasileira.

Às margens do Potengi também será inaugurado um novo complexo histórico da capital potiguar: o Museu da Rampa. O local serviu como base para partida de aviões americanos para lutar na Segunda Guerra Mundial. Foi ali que o presidente Getúlio Vargas recebeu, em 1943, a visita do chefe de Estado americano à época, Franklin Roosevelt, para falar sobre uma possível participação mais efetiva do Brasil no conflito. A expectativa é que o museu seja inaugurado ainda este ano e atraia tantos turistas quanto o Museu do Amanhã, no Rio, já que também está localizado às margens de uma paisagem natural.

— A nossa ideia é de que o museu faça parte da história do estado, resgatando as memórias da participação do Brasil na Segunda Guerra Mundial — afirma Aninha da Costa, secretária de Turismo do Rio Grande do Norte.

Matéria completa aqui.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. ROBERTO EIDER LIRA disse:

    Parabéns família BG pela materia referente ao Turismo Potiguar.abs Roberto lira bugueiros 001

  2. Francisco Neves disse:

    Fiquei fascinado com a ideia desse roteiro, moro em Guaraí/TO e amo o Nordeste Brasileiro.
    Pode ser feito em carro convencional ou somente 4×4

Em mensagem anual à Assembleia, governadora Fátima Bezerra destaca reforma da previdência; leia íntegra

Foto: Divulgação

Na mensagem anual do Governo do Estado à Assembleia Legislativa entregue nesta segunda-feira, 03, a governadora Fátima Bezerra conclamou os deputados estaduais e a sociedade como um todo a continuar a construção de um novo ciclo, iniciado em 2019, para superar os desafios que estão colocados à administração pública. “As dificuldades não são maiores do que nossa disposição em construir uma sociedade mais justa e igualitária. Tenho certeza de que continuaremos trabalhando juntos, Governo, Assembleia Legislativa, demais Poderes e sociedade, na construção de um Rio Grande do Norte cada vez mais desenvolvido e menos desigual”, afirmou.

A governadora citou as realizações do primeiro ano da gestão e ressaltou “em nosso governo, as secretarias deixaram de ser ilhas isoladas e passaram a trabalhar de forma intersetorial, considerando a complexidade dos problemas e a necessidade de ação conjunta e plural para que possamos dar respostas satisfatórias à sociedade”. Ela acrescentou que nenhuma ação de Governo foi feita em separado do povo. “Nosso primeiro ano de governo foi marcado pela participação social e pelo fortalecimento dos conselhos de controle social. Debatemos e formulamos as políticas que estamos desenvolvendo em conjunto com a sociedade civil, nas mais diversas áreas.”

Fátima Bezerra explicou que o governo tem mantido uma relação de permanente diálogo, inclusive com o setor produtivo do Estado, visando a consolidação de novos investimentos e fortalecimento dos negócios já existentes. E citou o Programa RN + Competitivo, + Produtivo, + Inclusivo, um conjunto de treze iniciativas para estimular a retomada do crescimento econômico do Estado por meio da atração de investimentos, qualificação profissional e geração de empregos. Destacou também o PROEDI, que contempla demandas de mais de 10 anos do setor industrial do Estado e que foi construído em conjunto com quem produz e emprega.

PREVIDÊNCIA

Sobre a reestruturação da Previdência Estadual, a governadora reconheceu: “Este é um passo do qual não podemos nos eximir. Com o desfecho no plano nacional, os Estados ficam obrigados a realizar suas reformas até 31 de julho de 2020, sob pena de receberem sanções. Na alteração do Art. 167 da Constituição, que trata das vedações, está dito que o Estado que não tiver enquadrado nas regras da previdência, ou seja, sem déficit atuarial ou financeiro, terá seu Certificado de Regularização Previdenciária suspenso”, alertou.

Assim, destacou Fátima Bezerra, os Estados ficam obrigados a mostrar que não têm déficit ou que adotaram medidas para saná-lo ao longo do tempo. Caso isso não ocorra, ficarão impedidos de receberem transferências de recursos federais, firmar convênios se obter aval para empréstimos. Ou seja, o Estado que não realizar a reforma, ficará ingovernável.

O Rio Grande do Norte tem uma das situações de maior gravidade com relação ao déficit da previdência. Inclusive se forem considerados apenas os Estados do Nordeste. “Estamos em pior condição porque, ao contrário dos demais Estados que já vinham adotando medidas para equalizar o rombo, aqui os governos só agravaram esse déficit, retirando recursos que compunham o fundo previdenciário sob o pretexto de atualização de salários, o que não ocorreu”, disse a Chefe do Executivo.

Em 2019, por mês, o déficit nas contas do Instituto de Previdência dos Servidores Públicos do Estado (Ipern) foi de R$ 120 milhões. Isso correspondeu a um débito de R$ 1,57 bilhão ano, valor 15,6% superior ao de 2018. E só foi possível cobrir a diferença no ano passado, porque o Poder Executivo aportou recursos do Tesouro Estadual ao Ipern.

De um ano para o outro, o desfalque foi ampliado em R$ 212 milhões. “Infelizmente, os governos passados – todos eles – permitiram essa situação chegar ao profundo do desequilíbrio de hoje. Se nada for feito, esse problema será ainda maior ao fim de 2020. Nossa previsão é de que o déficit atinja R$ 1,875 bilhão este ano, um incremento de meio bilhão de reais em apenas dois anos”, informou a governadora.

Ela também explicou que diante da necessidade imperiosa da reforma, e com vistas a equacionar essa situação, o Governo do Estado fez uma série de estudos para encontrar a melhor proposta. “Como cabe a um governo de perfil democrático, os estudos e propostas foram submetidos ao diálogo franco, responsável e transparente com o Fórum Estadual dos Servidores, e com o conjunto da sociedade, ao contrário de outros Estados onde as Casas Legislativas receberam as propostas de reforma sem que tivesse havido diálogo com os trabalhadores. Conosco não poderia ser dessa forma. Realizamos várias rodadas de diálogo com os servidores, ouvindo suas críticas legítimas, frente a um tema tão espinhoso. Não é justo, nem podemos admitir, que os servidores arquem sozinhos com os custos desse déficit que não foi criado por eles”, afirmou.

E acrescentou taxativamente a governadora: “Tenho colocado claramente que temos de fazer a reforma, mas uma reforma diferente da realizada pelo Governo Federal. Não vamos tratar os desiguais de forma igual. Vamos enviar para esta Casa uma proposta de reforma da previdência que protege os servidores ativos e inativos que recebem os menores salários, garantindo o caráter progressivo da medida.”

Dentro dos critérios pré-definidos, a governadora lembrou que as mudanças na idade e o tempo de contribuição mínimos para a aposentadoria na proposta estadual também são menores do que as realizadas a nível federal. “Enquanto a reforma da União aumentou 7 anos na idade mínima da mulher, nossa proposta aumenta em 5 anos.”

Para as professoras e professores da rede estadual, as regras de transição, tanto por acúmulo de pontos como por pedágio também foram suavizadas, em comparação com a reforma nacional. A idade mínima aumenta somente em 2023 para 52 e 57, mulheres e homens, respectivamente.

“Portanto, nosso esforço e de toda a equipe econômica do nosso governo, tem sido chegar, através de muito diálogo, a uma proposta que possa mitigar os impactos para os servidores e dar passos para solucionarmos o déficit existente”, pontuou Fátima.

Na mensagem, a governadora ainda apresenta as realizações do Poder Executivo estadual em 2019 – veja quadro abaixo – e diz: “Estamos revertendo as expectativas pessimistas que acompanhavam o nosso Estado ao longo dos últimos anos. Sabemos que muito mais precisa ser feito, será, e os resultados vão continuar aparecendo”. Fátima Bezerra encerra citando o compositor e poeta Milton Nascimento: “Se muito vale o já feito, mais vale o que será.”

Leia a mensagem governamental na íntegra.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Naldin disse:

    Ela não estava lá, então a mensagem não é dela, e sim dos que a escreveu, mas gostaria de saber de uma coisa, o Governo tem a obrigação de pagar de contribuição patronal do dobro do cobrado aos servidores, quem irá fazer esse controle, pois atualmente nem os 22% o governo está recolhendo, imagine sobre essa alíquota progressiva, mais uma atrapalhada PTista à vista.

  2. Fábio disse:

    E ela foi à Assembleia legislativa?
    Ou mandou apenas alguns subordinados???

  3. Zé Mané disse:

    PT sempre fez oposição por fazer, irresponsável e inconsequente, visando somente marcar posição. Foi contra o plano real e até contra a lei de responsabilidade fiscal. Acaba pagando o preço de ter que se desdizer, inventar uma desculpa e seguir como se o povo fosse ignorante. Agora tá acontecendo a mesma coisa.

  4. Juca disse:

    A TESE DE CABELO DE FOGO É QUE CONTRATANDO MAIS GENTE O ESTADO RESOLVE O PROBLEMA DA PREVIDÊNCIA. É SÓ CONTRATAR 10 MIL PMs, 2000 DELEGADOS E AGENTES, 5000 PARA A SAUDE, E UNS 15000 PARA SETOR ADMINISTRATIVO. QUANTO MAIS GENTE, MAIOR É A ARRECADAÇÃO. PRONTO ESTÁ RESOLVIDO O PROBLEMA. VALEU CABELO DE FOGO.

    • Naldin disse:

      Se o estado substituir os comissionados e os antigos da DATANORTE, que ganharam na justiça o direito a salários exorbitantes, resolve boa parte, pois não irá mais para o INSS e sim pro IPERN.

  5. Rocha Neto disse:

    Que saudades da grande guerreira Wilma de Faria, mulher forte e firme em suas atitudes, numa situação destas ela mesma iria ao encontro dos que discordavam da sua maneira de governar, outra, tinha um secretariado competente que nestes momentos sabiam dá as devidas orientações e a acompanhavam nas duras jornadas, quantas vezes dona Wilma de Faria (de saudosa memoria) desmoralizar Fátima Bezerra, a grevista que impunha a bandeira dos sindicatos pra desafiar o seu governo, hoje Fátima como governadora tomou uma doze cavalar do seu próprio veneno, e deve ter doído muito no seu estômago de avestruz. É o velho ditado que hoje tornou-se atual como nunca "QUEM COM FERRO FERE, COM FERRO SERÁ FERIDO" . É vejam que tudo é apenas um começo de uma nova etapa.

  6. Santos disse:

    Boa sorte governadora, ajuda a consertar os desmandos que Alves, Maia, Rosado, Ciarline, Farias e seus agredados fizeram durante anos e anoa com as contas do nosso RN.

    • Fábio disse:

      E boa sorte também ao Presidente Bolsonaro que está consertando a bandalheira que o PT deixou.

  7. Luso disse:

    QUE VERGONHA!

  8. BRASILACIMADETUDO disse:

    E Gopi já mudou o discurso? Num foi ela que no governo anterior mobilizou os sindicatos para fazer baderna na frente a AL? Num foi ela que gritava que a reforma da previdência era gopi e tirava os direitos dos trabalhadores? E agora que aprovar uma reforma mais perversa do que a do governo federal? Além de covarde (que não foi na AL enfrentar os cumpanheiros) é mentirosa. Mas não era para se admirar, pois essa são duas características do PT. O bom de tudo isso é ver a cumpanheiradas tudos dominadas, caladas e aceitando e achando bonito tudo isso. Agora para terminar o RN, os cumpanheiros devem tbm elegerem o prefeito de Natal e D+ municípios do RN do PT e aguardarem a desgraça acontecer nesse estado bonito, mas que a cada dia caminha para o precipício.

  9. Zuza disse:

    É a governadora petista que é aliada de Paulo Guedes!

Empresa potiguar de energia solar se destaca em todo o Nordeste

Foto: Ilustrativa

A empresa de energia solar Megga Solar ultrapassou as fronteiras do Rio Grande do Norte e é hoje uma das empresas de energia solar que mais crescem no Brasil. Presente em vários estados do Nordeste e, mais recentemente, em Minas Gerais, a Megga Solar possui uma das maiores estruturas de montagem de usinas fotovoltáicas e é recordista de potência instalada na região.

Segundo o diretor da Megga Solar, Max Assunção, “está cada dia mais viável instalar energia solar em residências e empresas, pois o financiamento é facilitado e com o que o cliente paga de energia mensalmente dá pra pagar a parcela mensal, ou seja, em poucos meses o investimento se paga completamente”.

E conclui que energia solar é só vantagem: “podemos dizer que a Megga Solar cobre qualquer orçamento, basta nos trazer e conversar”, finalizou Max Assunção.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Tarcísio Eimar disse:

    Conheço outra q já chegou no estado do GO e até PR.

“Lava Jato usou site O Antagonista para interferir na escolha do presidente do Banco do Brasil”, destaca The Intercept Brasil, que ainda cita “parceria”

Foto: Reprodução/The Intercept Brasil

Mais uma reportagem do site The Intercept Brasil publica que procuradores da Lava Jato “agiram politicamente – usando o site O Antagonista como porta-voz – para interferir na escolha do presidente do Banco do Brasil no governo Bolsonaro”.

“Em fins de 2018, a força-tarefa municiou com documentos o site comandado pelos jornalistas Diogo Mainardi, Mario Sabino e Claudio Dantas para alimentar notícias que evitassem que o ex-presidente da Petrobras Ivan Monteiro ocupasse a presidência do banco. Monteiro era o nome mais forte entre os cotados para assumir o BB, na escolha do ministro da Economia Paulo Guedes – a ele era dado o crédito por ter salvado as contas da Petrobras.”

“O caso é o exemplo mais escandaloso de uma relação promíscua entre o grupo comandado por Deltan Dallagnol e os jornalistas do Antagonista – mas nem de longe o único, como mostram as conversas no aplicativo Telegram que foram entregues ao Intercept por uma fonte anônima e fazem parte da série Vaza Jato, que já publicou 84 reportagens em parceria com os veículos Folha de S. Paulo, El País, Bandnews FM, Veja, BuzzFeed News, Agência Pública e UOL”, descreve o site The Intercept Brasil. Leia matéria completa aqui.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. verdade disse:

    Verdade sendo verdadeira a desqualificação não vai interferir diminuir o impacto da verdade. O trabalho investigativo é descobrir os meandros da política.
    Esse papel o Intercep Brasil sabe fazer como nenhum outro meio de comunicação.
    Parabéns Intercept. Siga em frente. Tem que enquadrar todos os agentes públicos que se desviam dos princípios da Administração Pública norteadores dos três poderes nos três níveis de governo. .

    • Soares disse:

      Verdade verdadeira, se foi assim, obrigado mais uma vez a LJ, evitou que o bb caisse numa mão com princípio de petralha, e assim nos salvou de mais um corrupto

    • Bento disse:

      Essa verdade é fakes.
      Tua comparacao é igual a assistir a um lances de um filme e depois dizer que conhece toda história.
      Intercept inventou e inventa narrativas para alegrar os doidins do PT.

  2. Bento disse:

    Campeã em furos de mensagens roubadas é igual ao cheque AIDS tem fundo e ninguém quer.

  3. Irany Gomes disse:

    Esse verdevaldo é um nada, um zero a esquerda ligado a petralhada. Só não é pior do que os analfabetos e loucos dos Minions….

  4. Pedro Deodoro disse:

    Qual a credibilidade desse site de terrorista que invadiu msg de autoridades de forma ilegal, e ainda, divulgou diálogos adulterados que não existiram?
    A imprensa deveria ter respeito pelo povo e nosso país e não dar publicidade a esse tipo de desserviço que em nada vai contribuir para o melhor dessa nação que já tem corrupto demais querendo tomar o poder.

    • Minion alienado disse:

      Quem és tu no jogo no bicho? À imprensa resta denunciar e não se alinhar aos governos.

Sindicato de Hotéis destaca derrubada do Reis Magos e necessidade de melhorias na orla

O presidente do Sindicato de Hotéis, Restaurantes Bares e Similares do Rio Grande do Norte, Habib Chalita, comentou a respeito da demolição do Hotel Reis Magos, que ocorreu na quarta-feira, 8. “Este fato mostra apenas um dos problemas que nossa orla e o turismo vem enfrentando nos últimos anos”, disse.

A expectativa dele é que, com a demolição do hotel e a discussão do Plano Diretor de Natal, a orla urbana da capital possa ser recuperada e melhorada ao longo dos próximos anos.

Habib Chalita declarou que “nossa orla precisa melhorar muito”. “Mas todo esforço para se deixa-la turística é válido”. Ele lembra que “não podemos esquecer também de Ponta Negra, nosso principal cartão postal”.

Na visão do presidente do Sindicato, é preciso um trabalho unificado e orientado do poder público e da iniciativa privada com foco em recuperar e fortalecer o turismo da capital do RN. “Com melhoramento desses fatores, a geração de empregos, impostos e segurança, vem a cargo da revitalização do corredor turístico de Natal, que é de Ponta Negra à Redinha, inclusive com a reforma do Mercado que será mais um atrativo para o turista”, argumentou.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Papa Jerry Moon disse:

    Para melhorar para o turismo é necessário melhorar p dia a dia do cidadão natalense, que vive aqui e aqui paga seus impostos. É preciso disponibilizar as praias da via costeira aos natalenses, criando acessos com infraestrutura entre os hotéis. É preciso também um acesso para as praias do litoral sul que não passe por Ponta Negra, o bairro não aguenta o fluxo de carros no verão.

  2. Almir Dionisio disse:

    Agora que perceberam isto, quando o caos tá instalado e Natal sendo conhecida e criticada pelos turistas como a pior orla urbana do Nordeste e quem sabe do país.

  3. Tá Tenso disse:

    Exatamente, concordo com o comentário. O problema turístico de Natal está acentuado, a derrubada daquele escombro é o inicio. Que os corneteiros daqui de plantão vejam como está Ponta Negra, Redinha e Praia do Meio. Horrível. Acorda Prefeito!!!

  4. Paulo disse:

    realmente a Orla de Natal merece melhor atenção pelo os orgãos Publicos da Cidade do Natal, más quando se trata do Turismo so quem lucra são os donos de hoteis e pousasdas, porque o trabalhador do setor de turismo é mal remunerado e muito exigido, tem hoteis que não tem um lugar adequado para os seus trabalhadores descansarem em horarios de almoço, muitos desses trabalhadores ficam vagando pela a orla de Ponta Negra até chegar o horario de retornar ao trabalho

  5. Lula na cadeia sempre disse:

    Só quem defendia essa bosta era os sujos ( eles não tomam banho )PTralhas, aqueles que amam o ditador MADURO e tudo oque não presta no mundo

Reportagem destaca homem que ficou 2 anos preso por engano no lugar do irmão no RN: “jamais vou esquecer”

Foto: Emmily Virgílio

“Não era para ter deixado que eu passasse dois anos preso sem ter feito nada. O que eu passei eu jamais vou esquecer na minha vida”. A declaração é do agricultor Eldis Trajano da Silva, de 36 anos, que passou dois anos e três meses preso no lugar do irmão, Eudes Trajano da Silva. Eldis – com L – foi preso em 2017. O erro só foi corrigido no último dia 9 de dezembro, quando ele foi solto. A reportagem é destaque no portal G1-RN.

Segundo a advogada do agricultor, policiais o abordaram, perguntaram o nome dele e mandaram que ele entrasse no carro dizendo que o levariam para casa. Os policiais estavam atrás de Eudes, com “u” no início e “e” no final, irmão dele.

Quando passou da entrada da comunidade, Eldis relatou perceber que não estava sendo levado para casa. “E no momento desse cumprimento, em vez de levarem o Eudes com U, levaram Eldis com L”, disse Marilene Batista de Oliveira, advogada que defendeu o homem.

De acordo com Henrique Baltazar, juiz de Execuções Penais, Eldis foi preso no lugar do irmão em agosto de 2017. Segundo o magistrado, nesta época o sistema de identificação criminal não fazia exames de impressão digital, o que comprovaria que Eldis não era fugitivo. “Não havia nenhum outro tipo de sistema que pudesse confirmar que aquela pessoa era quem devia ser”, disse.

Para a advogada, a sensação é de espanto por não ter sido feito nenhum levantamento para identificar o detento. “Não consigo imaginar como alguém pode estar preso sem ter sua identificação, seja a civil ou criminal”, observou Marilene.

Leia todos os detalhes aqui em reportagem completa.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Brasil disse:

    Dá oque pra quem errou? Porra nenhuma, isso é o judiciaro do pais

  2. Sérgio disse:

    Imagine se tivesse pena de morte nesse país!

  3. Francisco disse:

    QUEM DISSE QUE A JUSTIÇA NÃO ERRA?

  4. Mauro Revoredo Albuquerque disse:

    Isso acontece por um fato estranho e até simples: Por não ser adotado no sistema prisional e criminal no Brasil um sistema informatizado de identificação dos criminosos e de digitais do povo.
    Em pleno mundo digital as polícias militar e civil não possuem um sistema único de registro de criminosos e procurados.
    Cada um tem seu sistema, cada estado e corporação policial tem sua base de informações e cada um trabalha isolado do outro. Então acontece esse tipo de barbaridade.
    Qual a razão desse isolamento? O que justifica não existir um sistema único em cada estado, integrado a uma base de informações de todo Brasil?
    Não tem justificativa plausível para isso, a não ser que o STF vá impedir um serviço desse alegando falta de recursos como fez para impedir a impressão do voto.
    MUDA BRASIL… Precisamos de segurança, ordem e progresso

Suspeito de matar enteado de 5 anos envenenado na Zona Sul de Natal é solto em audiência de custódia, destaca reportagem

O portal Agora RN destaca nesta terça-feira(17) que o homem suspeito de ter matado o próprio enteado de 05 anos envenenado – na zona Sul de Natal no final de semana – foi solto após audiência de custódia realizada nessa segunda(16).  O padrasto havia sido preso no sábado, 14, dia em que o caso foi registrado pela Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) da Polícia Civil.

O homem foi preso sob a acusação de homicídio qualificado. O crime aconteceu em Candelária, bairro da zona sul de Natal. Para o juiz responsável pela audiência de custódia, não houve elementos de flagrante que sustentassem a prisão do suspeito. No entanto, o padrasto da criança será processado judicialmente e terá que cumprir uma série de medidas cautelares. Leia mais detalhes e entenda caso aqui em texto na íntegra.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Moro disse:

    Divulga o nome do Juiz?

  2. Sincero disse:

    Se fosse com o filho do juiz o que ele faria?

Na França, Governadora destaca potencialidades do RN a grupo de 40 empresários

FOTOS: ELISA ELSIE

Os governadores do Nordeste iniciaram, nesta segunda-feira (18), a missão na Europa. Durante evento em Paris, o grupo apresentou a 40 empresários franceses um mapa de oportunidades de investimentos no Nordeste. Os empresários também puderam esclarecer dúvidas com os governadores e alguns apresentaram atuações que já possuem no Brasil.

Essa é a primeira articulação internacional do Consórcio Interestadual de Desenvolvimento Sustentável do Nordeste (Consórcio Nordeste). Para ampliar o fluxo de negócios com investidores europeus e fortalecer as relações de cooperação, o consórcio destaca o potencial de consumo e de desenvolvimento da região nordestina, que reúne 57,1 milhões de habitantes e tem um Produto Interno Bruto (PIB) de R$ 898,1 bilhões, equivalente a 14% do PIB brasileiro.

A Governadora Fátima Bezerra destacou as potencialidades do estado potiguar. “O RN lidera o ranking de energia eólica no país, a riqueza em petróleo, o sal, os minérios, além do grande potencial turístico. Saímos daqui com uma data para a realização de um próximo encontro no Brasil a fim de continuarmos as tratativas aqui iniciadas. Quero que elas resultem em investimentos para o nosso Estado, trazendo o que o povo mais precisa: emprego e renda”, disse. Ela ainda reiterou que almeja “um estado produtivo, inclusivo, onde se possa avançar no sentido de garantir melhorias, qualidade e acesso dos serviços públicos que são prestados à população.”

Na viagem à Europa, o objetivo dos governadores é atrair recursos para áreas integradoras, como sustentabilidade, infraestrutura, turismo, saúde, segurança pública, saneamento e energias limpas, inclusive com a perspectiva de abertura de parcerias público-privadas (PPP).

“A nossa vinda foi apresentar o mapa de oportunidades, dizer o quanto a região Nordeste está pronta para o crescimento destacando, inclusive, o potencial de riquezas naturais que nós temos”, acrescentou a governadora do RN. Ela pontuou também a prioridade ao quesito conectividade, frisando que a nossa sociedade é digitalizada e que necessita de atenção especial. “Precisamos dotar a nossa região e os nossos estados com infovias que garantam a conexão com a internet e de boa qualidade. Reforçamos também as prioridades nas questões da agricultura familiar, do saneamento, do tratamento dos resíduos sólidos e do esgoto sanitário. Temos ainda um déficit imenso nessas áreas e temos como desenvolver excelentes parcerias para que possamos avançar nessas direções”, disse.

O governador da Bahia e presidente do Consórcio Nordeste, Rui Costa, mostrou aos franceses as oportunidades em segmentos como energia, conectividade, segurança, além da preservação de rios e nascentes. “Queremos com essa visita aumentar os números de nossa relação comercial com a Europa. O Nordeste é a região do Brasil que tem crescido acima da média. Temos 33 projetos para licitar em PPPs, representando R$ 27 bilhões em investimentos”.

O diretor geral do tesouro francês, Cristophe Bories, disse que “a França investe mais no Brasil do que na China. O Nordeste é uma região que tem três vezes a superfície da França e tem desafios e oportunidades para nossas empresas. As autoridades francesas estão mobilizadas para apoiar projetos no Brasil através de financiamentos. Podemos fazer vários tipos de cooperação entre a França e os estados do Nordeste”.

Para Luis Cesar Gasser, representante do Itamaraty presente na reunião, o Governo Federal vê muito potencial nessa parceria do Nordeste com a Europa e está interessado em aprimorar o que for preciso para atrair mais investimentos estrangeiros.

O membro do Movimento das Empresas da França (Medef), Gérard Wolf, se mostrou interessado em dar andamento às negociações e sugeriu uma reunião nos próximos meses em Salvador para aprofundar as discussões com as empresas francesas.

“Essa missão mostra a importância da união dos estados do Nordeste, que enfrentam desafios semelhantes, e que atuam juntos para avançar nas soluções. Estamos mostrando as potencialidades do Nordeste para o mundo em busca de novas parcerias e novas oportunidades de negócios”, comentou o governador do Ceará, Camilo Santana.

Organizado pelo Medef, o evento ocorreu na sede do Ministério da Economia e Finanças da França. Após a apresentação e conversa com os empresários, os governadores se reuniram com o ministro francês Bruno Le Maire. Além de Paris, o grupo estará em Roma, na quarta-feira (20), e em Berlim, na quinta (21) e sexta-feira (22).

Participam também da missão os governadores Rui Costa (Bahia), Renan Filho (Alagoas), Camilo Santana (Ceará), João Azevêdo (Paraíba), Paulo Câmara (Pernambuco), Wellington Dias (Piauí), assim como o vice-governador Carlos Brandão (Maranhão). O governador de Sergipe, Belivaldo Chagas, não viajou por motivos de saúde e está representado na missão pelo superintendente de Parcerias Público Privadas, Oliveira Junior.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Renato disse:

    Parabéns aos governadores por buscarem alternativas de desenvolvimento para a região. Msm não sendo simpático à governadora, às suas ideias e ao seu partido, não posso deixar de desejar que ela consiga recurso para o nosso RN tão carente de investimentos. Torço para que possam sair bons frutos dessa excursão e acredito que os potiguares devem deixar de lado suas bandeiras partidárias e torçam para o sucesso do nosso estado.

  2. Luladrão Encantador de Asnos disse:

    A França tá mais quebrada do que o RN.

  3. Victorino disse:

    Essa tropa tem vergonha da nossa bandeira, e a bandeira que não nos representa, notem que tenda a cor vermelha, vergonha! Isso à imprensa não mostra.

  4. Pedro disse:

    Tanto lugar para ir, Cuba, Bolívia, Venezuela, Colômbia, Argentina, angola, Moçambique, África do Sul, irá, etc. Essa desmontada foi atrás dos países onde o capitalismo impera. Deveria tomar vergonha pelo que diz e faz ao contrário. Inclusive dizem que essa viagem é um passeio para se desfrutar das benesses dos países, Onde a qualidade de vida é do primeiro mundo.

  5. Evaldo disse:

    Essa governadora é uma piada kkk !na verdade foi passar vergonha fora do Brasil, pr não trazer nada d futuro pr um estado q tá afundando a cada dia a cada semana!!

  6. Ricardo disse:

    Ela falou sobre a situação do Walfredo Gurgel , à insegurança pública, salários atrasados.

  7. mauricio disse:

    esses governadores passeadores devem ser de um outro pais, pois "esqueceram" da bandeira do BRASIL, resta saber os custos financeiros dessa viagem

  8. Francisca Pereira disse:

    E ela tirou os sapatos e jogou a bolsa no chão?

    • Fernando disse:

      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
      Pense em uma governadora aprumada essa!!!

  9. ALEX disse:

    Não entendi o significado da imagem da bandeira!

  10. Vai passar VERGONHA disse:

    Se o próprio POTIGUAR que nasceu não tem coragem de colocar uma CASA DE BOLO por falta de segurança jurídica e TODAS as mazelas do judiciário,MP e a insegurança , imagina um FRANCÊS ??? Esse governador quer é passear com amiguinhos PTRALHAS

Editorial da Folha estampa “até que enfim” e destaca dados positivos da economia brasileira

Foto: Tadeu Vilani / Agencia RBS

A Folha de S. Paulo, em editorial, comemora os dados da economia, que aliviam o desastre de governos anteriores:

“Pela primeira vez neste ano, há boas notícias na economia brasileira. Nem de longe é a salvação da lavoura, mas já serve como um alívio.

O índice de atividade do Banco Central – que é calculado com dados da indústria, dos serviços, do comércio e da agricultura – mostrou alta de 0,91% no terceiro trimestre, na comparação com os três meses anteriores.

Foi o primeiro crescimento trimestral de 2019, e com uma taxa acima das expectativas. Com o resultado, boa parte dos especialistas está revendo para cima as expectativas para a expansão do PIB, que mede toda a renda do país.

A maioria acredita que o PIB terá elevação de 2% em 2020, depois de três anos marcando passo perto de 1%. Não é nenhuma maravilha, repita-se: nem mesmo basta para recuperar o nível de renda de antes da recessão de 2014-16.”

Matéria na íntegra aqui.

O Antagonista, com Folha de São Paulo

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Vinícius Fagundes Lopes disse:

    Depois de 12 ANOS de RETROCESSO ECONÔMICO, o país ter entrada em QUEDA da PRODUÇÃO INDUSTRIAL, o COMÉRCIO ver as VENDAS CAINDO a cada mês, os mesmo que continuam apoiando os culpados pelo caos econômico, soltam uma nota dessa minimizando TODO ESFORÇO feito pelo atual governo, PELO BEM DO BRASIL, CONTRA UM SISTEMA POLÍTICO VICIADO em benefícios. É muita desinformação, deveriam ter compromisso com o país, não com os provedores da corrupção. Alguma dúvida? Vejam as notícias desses veículos e os nomes denunciados no mensalão, petrolão e na lava jato. O resto é falta de respeito com o Brasil e atuação longe da verdade.

  2. Diogo disse:

    Foice de sum paulo, comunista venezuelana… opa, buguei.

Fifa destaca Flamengo nas semifinais: “Único time no mundo com 40 milhões de torcedores”

Post da Fifa destaca o feito do Rubro-Negro — Foto: Fifa.com

Nas nuvens com a classificação para as semifinais da Libertadores depois de 35 anos, a torcida do Flamengo pode ficar ainda mais orgulhosa. Nas redes sociais, a Fifa destacou:

“O ÚNICO time no mundo que tem 40 milhões de torcedores em seu país”, destacou a publicação da Fifa, que ainda chamou de “supertime” o Rubro-Negro. O destaque ficou em cima de Rafinha, Filipe Luís, Arrascaeta, Gerson, Bruno Henrique e Gabigol.

Com o empate por 1 a 1 com o Internacional na segunda partida das quartas de final, o Flamengo de Jorge Jesus enfrenta o Grêmio nas semifinais – a primeira partida acontece nos dias 1 ou 2 de outubro, em Porto Alegre. A volta será em 22 ou 23 de outubro, no Rio de Janeiro. A Conmebol ainda irá confirmar as datas.

Globo Esporte

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. BOSCO disse:

    Parabéns Ronaldo ! Bom comentário. Mesmo assim vou te refrescar a memória: Não devemos esquecer o que essa instituição denominada FLAMENGO anda esquecendo: Fazer justiça, nem que seja social em relação a tragédia anunciada no Ninho do Urubu. Um grande abraço , amigo!

  2. Augusto disse:

    Na verdade as duas maiores torcidas do Brasil é do Flamengo e segunda todo resto contra o flamengo… Segue o lider

  3. mauricio disse:

    o ronaldo ai deve ser carioca

  4. H4CK3R disse:

    2ª maior torcida do mundo = Flamengo
    1ª maior torcida do mundo = os antis

  5. Cruzado Jacobino disse:

    Lavagem celebral

  6. JBBatista. disse:

    O flamengo vive de sonhos, da babada da rede Globo e da ajuda dos árbitros ao longo de sua historia ganhou um mundial que a maioria da torcida nem era nascida e não ganha um titulo importante faz tempo, pelo investimento que ninguém sabe de onde vem era para ganha tudo e não se contentar com os cariocas da vida.

  7. Marcelo disse:

    Potiguares torcendo por times de do sudeste. Por lá somos chacota.

    • Vitor Silva disse:

      Marcelo, nós somos chacota de qq jeito.

    • H4CK3R disse:

      E o que vc diz sobre quem não é potiguar e torce tambem pra times daqui, como eu?
      O cara torce pro time que quiser e quantos times quiser
      Abraço.

  8. Ronaldo Peres Coimbra disse:

    O melhor disso tudo é o diferencial que a torcida do flamengo tem: "Ela vive da alegria que seu time proporciona". Enquanto a turma do vasco, fluminense e botafogo vivem de torcer contra o flamengo, já que seus times… nem precisa comentar!
    O time do flamengo vem evoluindo, crescendo, apresentando um bom futebol, mas tem falhas e ainda não venceu, então a regra e a ordem na gávea é trabalho, trabalho e trabalho!
    O super time do Palmeiras que no início do ano poderia ganhar o campeonato paulista, a copa do brasil, a libertadores, ganhou o quê até aqui?
    Felipão era o técnico a ser vencido… O cara! Heim?
    Os novos técnicos no Brasil, todos, sem exceção, tem seus trabalhos questionados pelos jornalistas esportivos.
    A torcida do vasco, entre outras, canta o título nas duas primeiras vitórias do time no campeonato.. o tempo passa e nada!
    No Brasil criam vencedores a partir da perspectiva, talvez por isso nosso futebol esteja passando por esse momento de baixa no cenário mundial.

    • Neto Macedo disse:

      Ronaldo, simplesmente perfeito o seu comentário. Um forte abraço