Deputado geral Girão informa que PSL pediu sua expulsão por ter pedido com a maioria “transparência e lisura nas contas do partido”

 

Ver essa foto no Instagram

 

#generalgirãodeputadofederalrn #generalgirao #deputadogeneral #brasilacimadetudo #governofederaltrabalhandopelorn

Uma publicação compartilhada por 🇧🇷🇧🇷🇧🇷Deputado General Girão (@generalgirao) em

Na noite dessa quinta-feira(07), o deputado federal, general Girão, informou na sua rede social Instagram, que o PSL pediu a sua expulsão do partido.

Segundo o parlamentar, o motivo foi ter pedido com a maioria dos parlamentares a “transparência e lisura nas contas do partido”.

Girão, por sinal, tem se manifestado com frequência nas redes sociais em ao apoio ao presidente Jair Bolsonaro na crise do PSL. Sinal de possível retaliação do partido.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Ex-Petralha disse:

    Tô entendendo nada, esse Tofóli nem prende o príncipe e solta Lula, de que lado ele tá?

  2. Nordestino disse:

    Tem que mandar investigar o príncipe, que pediu proteção a toffoli. E mandar abrir a caixa preta do cartão da presidência

Deputado Federal General Girão diz que não foi consultado e repudia falsa informação que gerou críticas da Associação de Oficiais Militares do RN

NOTA OFICIAL

Foto: Reprodução

Eu, Deputado Federal General Girão, tendo em vista ataques que venho recebendo da Associação de Oficiais Militares do Rio Grande do Norte, relativos ao sistema de proteção atualmente em discussão na Câmara dos Deputados, repudio veementemente a falsa informação que eu tenha me negado a assinar a emenda apresentada pelo Deputado Capitão Augusto. Sequer fui consultado a respeito. Em um ambiente democrático, causa espécie ser publicamente acusado sem ter a oportunidade de exercer o direito básico à ampla defesa e ao contraditório.

Devidos a problemas de saúde, estive afastado da Câmara desde meados de junho e fui submetido, em 1o de julho, a uma cirurgia cardíaca para troca de válvula e correção de um aneurisma de aorta ascendente. Sob prescrição médica, somente ontem retornei, ainda com restrições, às minhas atividades parlamentares. Talvez por isso não tenha assinado a citada emenda.

Todavia, esclareço ainda que entendo ser preciso discutir, aperfeiçoar e consolidar o sistema de gestão estadual das corporações policiais, que há anos estão à mercê de atitudes ideológicas de determinados governadores, debilitando as estruturas de comando, com graves consequências para a Segurança Pública.

De todo modo, repudio manifestações falaciosas com objetivos político- partidários, em busca de cisões, ao tempo em que reafirmo meu posicionamento a favor das Polícias Militares e dos Corpos de Bombeiros Militares. O momento é de união, em torno de objetivos maiores. Brasil Acima de Tudo!

Brasília, DF, 21 de agosto de 2019

General Girão
Deputado Federal (PSL/RN)

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Marcelo disse:

    Tiramos membros de oligarquias , na representação no Senado pelo RN, grande Vitória do povo, que só não foi completa porque botaram o PT para Governar o Estado, agora esses eleitos fazendo besteira,só contribui para na próxima eleição, as velhas raposas voltarem ao comando!.🤬

  2. Jefferson disse:

    Concordia em grau, genero e numero, esse palarmentar nao Soma em nada para o rn.

  3. JBBatista. disse:

    Esse é mais um forasteiro da politica, foi um péssimo secretário de segurança e muito conversador foi eleito na onda Bolsonaro, na próxima eleição cai fora.

FOTOS: Deputado federal general Girão é condecorado junto com Moro em evento da Marinha, e reafirma apoio ao ministro

Fotos: Reprodução/Instagram

O deputado federal general Girão(PSL-RN) foi condecorado junto com o ministro da Justiça e da Segurança Pública, Sergio Moro, e ainda outros ministros e deputados, nesta terça-feira(11), no Grupamento de Fuzileiros Navais de Brasília, na cerimônia de comemoração do 154º Aniversário da batalha naval do Riachuelo, uma das mais importantes da Guerra do Paraguai, evento que entregou condecorações da Ordem do Mérito Naval.

Em sua rede social, o deputado pertencente a bancada potiguar na Câmara Federal expressou apoio ao ministro Moro, depois do episódio de ataque hacker que expôs supostas conversas com procuradores da Lava Jato. “Ministro Moro, confiamos na verdade e na justiça.  O Brasil confia nos seus filhos honestos e leais! Fomos agraciados hoje com a Ordem do Mérito Naval, pela gloriosa Marinha do Brasil”, encerrou.

Íntegra no Instagram abaixo:

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Jacalves disse:

    Formam um casal muito interessante!!!

  2. realmadriddepiumgenerico disse:

    Os bolsominions são incapazes de ligar dois neurônios. Foi o dalagnol que defendeu em seu pacote anticorrupção que provas ilegais deveriam valer; foi o moro que disse em programa de televisão que não importa como se conseguiu e o vazamento, mas sim o conteúdo, para justificar o crime cometido por vazar grampos ilegais da presidente Dilma. Agora com a pimenta no fiofó deles mudam a argumentação. Se houve crime, procure-se e puna-se o criminoso, mas não se elimina as provas dos outros crimes cometidos. O moro e o dalagnol cometeram crimes contra a democracia e perseguiram um inocente, como sempre foi defendido e agora comprovado e devem pagar por isso. Se não vivêssemos em um governo miliciano, o moro já estaria afastado até que se apurasse a investigação.

    • Francisco disse:

      Kkkkkk, meu DEUS, jogar no mundo uma criatura dessa. Tenha piedade

  3. José disse:

    Juiz nenhum não deveria ser intocável! Apurar é preciso.

  4. Gerson disse:

    Se o juiz foi injusto, então os três desembargadores do TRF tbm foram, assim como os ministros dos tribunais superiores que negaram diversos recursos. Esse vazamento não retira o caráter criminoso dos atos praticados pelo ex-presidente, atos esses delatados pelo ex ministro Palocci e tantos outros. Lula continua corrupto e pronto.

    • Vitor Silva disse:

      Gerson, todos os recursos resultantes de um processo como esse são viciados. Esqueça Lula (deixe ele preso) pense num processo qualquer seu em que o Juiz e o promotor ficam tramando pelas suas costas, nem precisa ser criminal, uma pensão alimentícia, por exemplo. Ou você em casa e o Juiz combinando os próximos passos com o seu adversário no processo. Isso é muito grave, cara. Eu tenho medo é por mim né por Lula não.

    • Carlos disse:

      Vitor Silva, sério que vc tá preocupado com uma ser processado e ter medo de trama de juiz? Por favor né.

    • joaozinho disse:

      Vitor é doutor.. entende muuuuitoooo. so nao consegue pensar que num telefone clonado, o ladrao tambem pode forjar falsas provas.. como tambem o ladrao (ligado talvez a um grupo de esquerda), pode digitar num telefone clonado em nome de outro uma conversa.. como tambem um ladrao pode criar uma instabilidade politica com fins de prejudicar um país para obter vantagens financeiras.. mais responsabilidade ao jugar as pessoas vitor. Lembre Vitor que o ministro nao negou conversar com o MP, apenas nao confirmou que a conversa fosse aquela e que estaria fora de contexto. Devemos confiar num ladrao, num jornalista de pouca credibilidade ligado a um partido de esquerda ou numa vitima de clonagem de celular? Cade as verdadeiras provas vitor??? so acusacoes sem fins.

    • Ceará-Mundão disse:

      Essa palhaçada vai durar todo o mandato do presidente Bolsonaro. Um absurdo levar a sério grampos ilegais feitos por hackers a serviço dos corruptos, divulgados num "site" de um notório esquerdista, "casado" com um deputado do PSOL, que assumiu o mandato no lugar do indigitado Jean Willys. E toda essa sujeira sendo usada para tentar enlamear um brasileiro da maior envergadura, de reputação ilibada e reconhecido assim no exterior. Criminosos, corruptos atacando um exemplo de decência como o agora ministro Moro.

    • Riva disse:

      Tudo deve ser investigado. Tudo.

Vereador Cícero Martins diz que general Girão “está achando” que é deputado federal do Brasil, e cobra parlamentar mais presente no RN

Em entrevista ao Meio-Dia RN nesta quinta-feira(25), o vereador em Natal Cícero Martins(PSL) elogiou o seu companheiro de partido, o deputado federal general Girão, ao defini-lo como homem decente e inteligente, mas também fez cobranças ao parlamentar quanto uma maior atenção aos problemas e necessidades do estado do Rio Grande do Norte.

“Eu não tenho relacionamento nem vejo o general Girão. Mas ele tem que entender que ele é deputado federal do Rio Grande do Norte. Ele tá achando que é do Brasil. Ontem estava em Pernambuco. Aí vai lá para o Amazonas. Ele tem que vir pra aqui para o Rio Grande do Norte”, citando carências de verbas e investimentos na Redinha, Hospital Walfredo Gurgel, e ainda movimentos do PT em instituições como UFRN e IFRN.

Trecho pode ser conferido a partir de 1h17 minutos do programa Meio-Dia RN.

ÁUDIO E VÍDEO – (MEIO-DIA RN): programa desta quinta teve como entrevistados Augusto César – The Fevers , e o vereador Cícero Martins(PSL)

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Daniel disse:

    Ô caba pra falar besteira esse Cícero Martins, só sabe gritar e ofender

Deputado federal general Girão critica “falta de informação e má-fé” de jornalista em nota da Veja

O deputado federal General Girão(PSL) criticou a matéria de Maurício Lima, das notas do Radar Veja, na tarde desta quinta-feira(28). Em resumo, destacou a “falta de informação e má-fé” do jornalista.

O parlamentar denunciou que o “jornalista não seu deu o trabalho de ligar”, e ainda fez “comparações” com ditadores.

O deputado lamentou a ausência de detalhes sobre a Comissão criado pelo Governo Federal para ajudar os venezuelanos, em que chamou de “irmãos”.

Abaixo o texto duramento criticado pelo deputado federal do RN:

General que pede prisão de ministros do STF lidera comissão para Venezuela

“O General Girão Monteiro (PSL-RN) é um dos nomes escolhidos para liderar a Comissão Externa da Câmara para tratar a crise da Venezuela.

A lista de parlamentares inclui Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), Coronel Chrisóstomo (PSL-RO) e Delegado Waldir (PSL-GO).

“Possuo amplo conhecimento do tema por ter sido comandante do 7º Batalhão de Infantaria de Selva e da 1ª Brigada de Infantaria de Selva, ambos em Roraima”, disse Girão, num autoelogio feito ao anunciar a comissão.

Em 2018, ele pediu a prisão dos ministros do STF como forma de moralizar Brasília. O ditador Nicolás Maduro deve ter achado o máximo”.

Matéria polêmica do Radar Veja pode ser conferida aqui

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Justiceiro disse:

    Já que são tão bons e solidários, porque não se apresentam para ajudar os irmãos moçambicanos que passam por tragédia maior???

  2. Walsul disse:

    Alguém acredita que esse quarteto conseguem ajudar, só se for na bala, mas dizem que só temos munição pra 1 hora.

General Girão está entre os deputados eleitos com menos gastos em campanha

Foto: Divulgação

O General Girão está entre os nove candidatos a deputado federal do Brasil que obteve menor receita por voto, ou seja, que menos investiu recursos para se eleger. Os dados foram divulgados, por meio de gráfico, pelo Jornal Digital Nexo, no último mês de fevereiro. Na mesma ilustração é possível observar que dos 20 candidatos exibidos, 15 foram eleitos pelo Partido Social Liberal (PSL).

De acordo com o presidente do PSL/RN, Coronel Hélio Oliveira, o diretório estadual recebeu do Fundo Partidário, nesta última eleição, o equivalente a R$ 100 mil reais. Estes recursos foram distribuídos, conforme orientação do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), sendo 30% para as candidatas mulheres e 70% para os homens. Como eram cinco candidatas mulheres, cada uma recebeu, em média, R$ 6 mil e, os R$ 70 mil restantes, foram divididos para os outros 17 candidatos (16 estaduais e 1 federal), que receberam média de R$ 4 mil.

“Isso demonstra que uma campanha barata, feita pelo povo, feita de doações, é possível. Os nossos candidatos se apresentaram – e são – a renovação e isso possibilitou que nós elegêssemos um deputado federal que foi o General Girão, que foi um dos que menos gastou dinheiro na campanha de todo o país e um deputado estadual, o Coronel Azevedo. Estamos muitos satisfeitos em ver que é possível fazer política e eleição de uma forma diferente”, pontuou Coronel Hélio.

Para o General Girão, a política brasileira chegou a um ponto tão crítico que os eleitores mostraram nas urnas que não aceitavam mais as antigas práticas. “Nós fizemos uma campanha em que eu não tinha marqueteiro, o trabalho era todo feito em função dos contatos pessoais, de apoiadores que surgiram dos mais diversos lugares, recebi votos de pessoas que não as conheço ainda, mas que votaram em mim porque eu representava – e represento – um ideal de mudanças, porque acreditaram que era possível votar em um candidato que realmente tivesse as mãos limpas. Então, fizemos uma campanha usando pouquíssimos recursos, mas voltada para mostrar às pessoas que era possível votar em alguém que tivesse realmente isenção com as velhas práticas da política e, com isso, obtivemos essa qualificação de voto aqui no RN suficiente para me eleger, o que me deixou muito orgulhoso”, afirmou o deputado federal e vice-presidente do PSL no RN.