Marco Aurélio manda PGR analisar pedido de denúncia, de eventual afastamento, protocolada por deputado petista, contra Bolsonaro

Foto: Isac Nóbrega/PR

Marco Aurélio Mello mandou a PGR analisar a notícia-crime, com pedido de afastamento, contra Jair Bolsonaro protocolada pelo petista deputado federal Reginaldo Lopes(MG), que acusou o presidente de “conduta irresponsável, tenebrosa e criminosa” no combate à pandemia do novo coronavírus.

Caso o procurador-geral Augusto Aras entenda que uma denúncia deve ser apresentada contra o presidente no STF, os ministros vão decidir se aceitam ou não a petição. Se a denúncia for recebida, o chefe do Executivo pode se tornar alvo de impeachment no Congresso Nacional com consequente afastamento. O presidente Jair Bolsonaro jamais terá problemas com a PGR.

Com O Antagonista e UOL

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. LUIS 51 disse:

    E quem votou na Quadrilha do PT é o que???????

  2. Flauberto Wagner disse:

    Tudo em conformidade com o script desenhado por alguns meios de comunicações e por tabela com a plena anuência dos presidentes do Senado e da Câmara dos Deputados e sobre efervescentes aplausos dos governadores da oposição.
    Sempre lembrando aqui sai um insano para alguns, aí entra um linha dura e além de bem articulado tem forte respaldo da maçonaria e dos quartéis, ele fala pouco é objetivo em suas linhas de raciocínio e muito mais que isso tem a discrição como meio de comunicação.
    É bom muito que querem ver o circo pegar fogo, com um único tento que é a posse do poder para com isso se usurparem de forma vergonhosa o erário público e não a obrigação de gestar uma nação aonde deva prevalecer a isonomia como fundamento.
    Só para finalizar, procurem lerem o que vice presidente disse hoje acerca de 31/03/1964, inclusive neste Blog tem uma matéria, daí tirem as suas próprias conclusões e verão que o cidadão o pensar e ver como caminhos para o Brasil.

  3. Amon Carlos de Oliveira disse:

    A seu Giba, chamar quem votou em Bolsonaro de GADO, porque não chamar os que votaram nos quadrilheiros do PT de JUMENTOS.

  4. Vitor Silva disse:

    Segundo o Miguel Reale Jr, se o Aras não aceitar o pedido, poderá ser acusado de prevaricação.Aceita Aras!!

  5. Giba disse:

    Calma GADO aceita que doi menos o pau que bate em chico é o mêsmo que bate em Francisco o seu MITO é corrupto sim e miliciano.

    • PAULO ROBERTO disse:

      VAI ARRUMAR UMA LAVAGEM DE ROUPA ESQUERDINHA, O TEMPO DA CORRUPÇÃO FICOU NO PASSADO COM TEU PT. CHORA MAIS, QUER UM LENÇO? VÃO SER OITO ANOS.

  6. Caldas disse:

    Se um ministro do stf, recordista em soltura de bandido, for suficiente pra inutilizar 57 milhões de votos, e colocar um ladrão condenado pela justiça de volta a presidência. Aí eu digo que o mundo virou de cabeça pra baixo. Gagá Palhaço. Rsrsrs

Contraprova indica que deputado do PSL está com Covid-19

O deputado federal Daniel Freitas, do PSL de Santa Catarina, que integrou a recente comitiva brasileira aos Estados Unidos, está com o novo coronavírus.

Na semana passada, o exame realizado pelo parlamentar havia dado negativo para a Covid-19.

Após apresentar alguns sintomas da Covid-19, porém, Freitas decidiu fazer uma contraprova, que detectou resultado positivo para o novo coronavírus.

O deputado está em quarentena domiciliar, “priorizando a proteção da sua família e de todas as pessoas que o cercam”, segundo nota divulgada por sua assessoria.

O Antagonista

Deputado do Pros-PR protocola na Câmara projeto que propõe “amputar mãos” de políticos corruptos

FOTO: MICHEL JESUS/ CÂMARA DOS DEPUTADOS

O deputado federal Boca Aberta (Pros-PR) protocolou, nesta terça-feira (10/03), na Câmara dos Deputados, um projeto de lei no qual propõe “a amputação das mãos de político condenado por crime de corrupção contra o patrimônio público”. A proposta está disponível no site da Casa.

Segundo o projeto, que recebeu o número 582, de 2020, a justificativa para a medida seria que os “políticos se aproveitam da boa fé dos eleitores, não cumprem nada, e nada lhes acontece”.

O texto é direcionado a todos os políticos, incluindo o presidente da República. “Políticos desviam verbas de vários setores como educação saúde e muita gente morre por causa disso. Eles matam milhares de pessoas e ninguém faz nada”, continua o projeto.

De acordo com o parlamentar, a inspiração para a proposta veio de países como Irã e Coreia do Norte. “A população está cansada de sofrer nas mãos de políticos inescrupulosos e frios, pessoas más, desumanas”, diz o texto.

Metrópoles

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Franco disse:

    Se o povo soubesse votar direito, seus representantes seriam honestos, mas o brasileiro tem dedo podre para a política e vende seu voto baratinho. Eis aí o resultado.

  2. Chega de CANALHAS disse:

    O que vai ter de político com o braço cotó!!!kkkkkkkkkkkk

  3. Leonardo disse:

    Infelizmente não vai dar em nada, até porque são eles mesmo quem vão votar.

  4. Lima disse:

    Olá boa tarde ! Os eleitores que negociam seus respectivos votos nas mais variadas formas ex: emprego, conta de luz , água , gás , tijolos , cirurgias etc., Também será amputada uma de suas mãos criminosas ? Nesse caso concordo!

  5. Luan disse:

    Boca Aberta???? meu Jesus…

  6. igor augusto disse:

    concordo, se tiver uma punição irreversível como esta o cara vai pensar 2x antes de fazer alguma besteira… agora se for pra passar 2 aninhos preso em sua própria mansão comprada com dinheiro roubado… aí compensa demais ser bandido

  7. Leonardo disse:

    Adianta de nada. Tem político que perdeu um dedo e continuou roubando do mesmo jeito.

  8. Ivan disse:

    Eita q a petezada vai urrar e espumar!!!! kkkkkkkkkkkkkkk

  9. Dudu disse:

    Cortar mãos não resolve: abriria espaço pros amputados solicitarem aposentadoria e benefícios , cirurgias reparativas e outras coisas mais, tudo isso às custas do governo. Em outros países por muitos menor a causa, é mais fácil: degola ou fuzilamento.

  10. nasto disse:

    É ISSO MESMO> BANIR DA VIDA POLÍTICA ESSE MONTE DE RATOS. O DIFICIL É APARECER HOMEM NO BRASIL QUE TOME A FRENTE DESSE PROJETO. CONCORDO PLENAMENTE COM
    LOURDES E JOÃO CARLOS> VAMOS TORCER PARA NOSSOS NETOS ALCAÇAREM ESSA GRAÇA .

  11. Lourdes Siqueira disse:

    Muito pertinente sua proposta, Sr. João Carlos. Já evitaríamos ter no Senado um ex-presidente cassado como o Collor, um presidiário candidato, um genérico dele na foto da camiseta e uma vice que não era vice aguardando o apito. Só no Brasil mesmo. Concordo com o Sr. Ser banido pra sempre da vida pública evitaríamos esse vexame.

  12. João Carlos disse:

    Será muito mais produtivo e para o bem do Brasil que toda e qualquer pessoa condenada em processo por corrupção seja definitivamente banida da vida política e pública.
    Não podendo mais concorrer a cargo eletivo ou ocupar qualquer função pública, nem estabelecer qualquer tipo de prestação de serviço ou fornecer bem ao setor público.
    Isso bastaria para limpar os porões da política dos ratos que se apropriaram da vida política brasileira.

Deputado Kelps Lima adianta que votará a favor da reforma da Previdência

Foto: Eduardo Maia

O deputado estadual Kelps Lima (SDD) explicou, na sessão ordinária desta terça-feira (10), na Assembleia Legislativa, porque a oposição ao Governo do Estado no Parlamento, não participa da Comissão Especial que vai analisar a Projeto de Emenda Constitucional encaminhado pelo Governo do Estado do Rio Grande do Norte. Segundo Kelps, os deputados da bancada oposicionista se mostraram contrários ao entendimento da bancada governista, que cobrou da Assembleia, além da maioria, a presidência e a relatoria da Comissão.

“A gente não topou fazer papel de fantoche”, afirmou Kelps, informando que só será aprovado, na reforma, o que a governadora Fátima Bezerra quiser. O deputado não tem dúvida que a reforma estadual será aprovada na Assembleia Legislativa, e até adiantou que não será contra sua aprovação. “Votarei a favor da reforma”, disse Kelps, ressaltando que a oposição vai analisar as emendas que serão apresentadas.

Em seu discurso o deputado Kelps Lima fez críticas à governadora e ao Partido dos Trabalhadores, e disse que faz política por vocação. “Farei pelos próximos 40 anos”, disse Kelps, defendendo que o debate sobre reforma da Previdência seja “o mais amplo possível”. Ele justificou que a Previdência é um assunto que está sendo rediscutido em todo o mundo e que “é legítimo que as pessoas tenham propostas diferentes”.

ALRN

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Alex disse:

    Decepcionado com você Kelps, Vai votar a favor de uma reforma que é totalmente pior do que a de Bolsonaro. O que você não faria se fosse Prefeito sobre a reforma da previdência do município.

  2. Daniel disse:

    Com esse voto a favor dessa nefasta reforma da morte de Fátima você se assume um esquerdista e não terá meu voto para prefeito de Natal

  3. Manoel Alino disse:

    Não poderia esperar outra coisa vinda deve Kelps. Mais o que é sei tá guardado. Sou servidor de Natal e meu voto você não terá. Se vc esta fazendo isso agora com os servidores d estado o que não faria se fosse Prefeito de Natal .

(VÍDEO): Após “juiz ladrão”, deputado do PSOL chama Moro de “capanga” de milícia e da família Bolsonaro, e audiência é encerrada com mais baixaria

O deputado Glauber Braga, do PSOL do Rio, que já havia chamado Sergio Moro de “juiz ladrão” no ano passado, voltou a ofender o ministro da Justiça e da Segurança Pública.

O psolista acaba de chamar Moro de “capanga”, durante a audiência pública na comissão especial da Câmara sobre a PEC da prisão em segunda instância.

“[Moro] É lobo em pele de cordeiro. O senhor Sergio foi muito bem treinado nas relações com o governo do EUA, nas visitas que fez ao Departamento de Estado… Mas a verdade é o que o senhor é um capanga da milícia e capanga da família Bolsonaro”, afirmou Glauber.

Ele prosseguiu nas ofensas a Moro:

“Mente descaradamente. Toda vez que questionado sobre o caso Flávio Bolsonaro, diz que é uma responsabilidade do Ministério Público e da Polícia do Rio. […]  Mente e trabalha como blindador da família e da milícia.”

Em meio ao tumulto na sessão, o ministro respondeu a Glauber:

“Deputado, o senhor não tem fatos, não tem argumentos. O senhor é um desqualificado para exercer esse cargo.”

Moro disse ainda: “Quem protegeu milícia foi o seu partido”.

Em decorrência, houve um tumulto entre alguns deputados que participavam da sessão.

Em meio a um princípio de briga generalizada, a audiência pública foi encerrada de forma vexatória.

O Antagonista

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Ítalo disse:

    Nunca vai ser diferente, esquerdistas esclerosos são donos da baixaria, vandalismo e terrorismos, não é digno do cargo q ocupa, colocado la por militantes sem compromisso com o país, só com anarquia, usar drogas èfazer sexo explícito

  2. Fonseca S. disse:

    O Ex Juiseco venal, mudou de patamar agora é Capanga de Milícia, um dia sua casa cai!

  3. Bento disse:

    Normal bandido odiar o Ministro Sérgio Moro.
    O líder de chiqueiro quando fala no nome do MORO fica espumando, babando de tanta raiva.
    Vai pra lá jacaré

  4. Ivan disse:

    Pq será q esquerdistas e demais bandidos odeiam tanto o Moro? kkkkkkkkkkkkk

  5. José Cláudio Pereira disse:

    A mae desse deputado do psol ja foi solta? ou continua presa? e pq será que o partido dele, o psol, é contra a prisao em segunda instancia que protege milicianos de serem presos?

  6. Ricardo Carvalho disse:

    Um desqualificado, o Deputado Gláuber Braga não passa disso. Sujeito indecoroso e sem a mínima compostura para exercer um mandato parlamentar.

  7. frank disse:

    quem é o psol ? um bando de anarquistas , bagunceiros , doidos, isso nem partido é, próxima pagina por favor.

  8. Cidadão disse:

    Exemplo de uma pessoa equilibrada emocionalmente.
    Sérgio Moro Presidente.
    Chupa esquerdalhas!

  9. Antonio Turci disse:

    Este deputado tem todas as "credenciais" fascistas, ou seja, acusa o correto de ser bandido, o honesto de ser ladrão. Não é a toa que pertence ao PSOL.

    • Raimundo disse:

      A mãe condenada e o cara solta um monte de acusações levianas. O maior teto de vidro do congresso é esse Glauber

Deputado Eduardo Bolsonaro receberá título de Cidadão Natalense no dia 13 de fevereiro

Foto: Alan Santos/PR

Está marcada para o dia 13 de fevereiro solenidade da entrega do título de “Cidadão Natalense” para o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), filho do presidente Jair Bolsonaro. A honraria deverá acontecer no plenário da Câmara Municipal de Natal.

Vale lembrar que a entrega do título de “Cidadão Natalense” para Eduardo Bolsonaro foi aprovada pela Câmara de Natal em novembro de 2019. Na sessão, os vereadores autorizaram a homenagem por 17 votos a 6. O reconhecimento foi proposto pelo vereador Cícero Martins (PSL).

Autor da solicitação da homenagem, o vereador Cícero Martins alega que Eduardo Bolsonaro articulou, junto ao Governo Federal, o envio de recursos financeiros para Natal e que poderá ajudar a capital potiguar em futuras negociações em Brasília.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Rui disse:

    Gente decente e com.prinipios morais e cristaos, alem de eticos nao sujariam a Doce e Linda Cidade do Natal com homenagem nenhuma a pessoa de tal naipe, perfil e pessimos antecedentes pessaiais e familiares.
    Os Edis que o apoiram a esta vergonhosa proposta NAO PRESTAM NEM.MERECEM.MAOS O VOTO NEM O RESPEITO DOs NATALENSES DE BEM.
    EXECRAcao PUBLICA E VEXATORIA PARA A CIDADE DO PRESEPIO, DOS DANTOS REIS MAGOS E DA NOSSA SENHORA DO ROSARIO VENERADA COMO PADROEIRA COMO N. SRA. DA APRESENTACAO.
    MEU PROTESTO E REPUDIO.

  2. Rui disse:

    Gente decente e com.prinipios morais e cristaos, alem de eticos nao sujariam a Doce e Linda Cidade do Natal com homenagem nenhuma a pessoa de tal naipe, perfil e pessimos antecedentes pessaiais e familiares.
    Os Edis que o apoiram a esta vergonhosa proposta NAO PRESTAM NEM.MERECRM.MAOS O VOTO NEM O REDPEITO DO NATALENSES DE BEM.
    EXECRACSO PUBLICA E VEXATORIA PARA A CIDADE DO PRESEPIO, DOS DANTOS REIS MAGOS E DA NOSSA SENHORA DO ROSARIO VENERADA COMO PADROEIRA COMO N. SRA. DA APRESENTACAO.
    MEU PROTESTO E REPUDIO.

  3. rocha disse:

    Pra quem quiser ir ao circo, o mesmo tem lona permanente na Av Prudente de Morais cruzamento com a Jundiaí, não sei informar se haverá trapezista, malabaristas… Mais palhaços tem!! Mais de 20, tem também aqueles que cospem fogo e jogam facas. Ah, ia esquecendo, também tem malabarista vindo de Brasília, representando o Rio de Janeiro, pra onde o excelentíssimo palhaço mor chamando Cícero irá.

  4. nasto disse:

    Realmente fico me perguntando pq que elegemos certos vereadores, qual a finalidade deles . Não fazem um projeto que nos traga benefícios. Gastar dinheiro para dar um título de cidadão ao um outro político que não trouxe nenhum projeto que venha beneficiar os natalenses. Aqui tem gente que merece muito mais e não é reconhecido. Não estou generalizando todos os vereadores que fique bem claro isso.

  5. Maria Cristina Bernardo disse:

    O que esse cara fez pelo Estado do RN. Vereador Cícero Martins, inacreditável. Realmente a Câmara Municipal está muito mal representada.

  6. nasto disse:

    Eita DR. Cícero , VC pisou na bola. Nada contra o Eduardo, mas esse cara nãi sabe nem onde é Natal. Ou BABADA !

  7. Mateus disse:

    Bota todos que votaram conceder esse título a esse boy-senador num avião e manda direto pra Cuba, sem direito a volta. O que esse menino que não fez nada pela cidade e não faz nada pelo País tme para merecer tal regalia natalense???

  8. aof disse:

    Votei e votarei novamente no Bolsonaro, mas ttitulo de cidadão natalense para ele ou para seu filho, sou contra. Titulo de cidadão natalense é para quem não nasceu aqui, mas se identifica totalmente com a cidade e nela reside, como tambem tem participação relevante na vida da cidade.

    • Maria Cristina Bernardo disse:

      Concordo plenamente com você. Infelizmente o Vereador na sabe.,

  9. Paulo disse:

    BG.
    Será que deram título pro sapo ladrão de 09-dedos também?. Que veio ao RN cheio de cachaça esculhambar os políticos daqui e levou uma surra boa nas urnas da sua candidata.

  10. José aldomar disse:

    A câmara não tinha outra pessoa pra babah não?ou eh atraz de uma bolinha?

  11. Ana formiga disse:

    Eita, bem no dia 13, acho que foi pra insultar. Kkkkkk

  12. Madson Dantas disse:

    O que é que esse gala de pato já fez pela nossa cidade? Gastar dinheiro com festa e cerimônia prum bosta desses…

    • Marcos disse:

      Só faz bosta, não exatamente por causa desse indivíduo, e sim por ficar perdendo tempo com esses eventos inúteis.

  13. Luiz Antônio disse:

    Ele deve “ adorar” nordestinos.

    A CMN é de uma inutilidade…

Ex-deputado e comunicador Paulo Wagner morre de infarto aos 57 anos, em Pirangi

Foto: Reprodução/Programa Cara a Cara com BG/Band

O ex-deputado federal e comunicador Paulo Wagner, que também foi vereador em Natal, morreu por volta das 23 horas desse domingo, de um infarto fulminante, dentro de seu apartamento, na praia de Pirangi, em Parnamirim.

O velório está acontecendo no cemitério Morada da Paz e a cerimônia de cremação, às 18 horas desta terça-feira. O ex-apresentador deixa mulher. Não tinha filhos.

Segundo fontes do Blog do BG, Paulinho, como era mais conhecido, havia feito recentes exames de saúde, mas nada de anormal havia sido observado no coração. Contudo, sofria de problemas renais crônicos. No início de 2018, ele foi diagnosticado com diabetes e precisou fazer uma cirurgia de redução de estômago, ficando ‘irreconhecível’ para muitos. Paulo Wagner era irmão do também radialista George Wagner, que faleceu em julho passado, em decorrência de problemas renais.

Paulo Wagner Leite Dantas nasceu no município de Areia Branca no dia 19 de julho de 1962. Radialista e apresentador de televisão, começou sua carreira em Mossoró, nas rádios Difusora e Libertadora. Também foi editor de polícia nos jornais Gazeta do Oeste e O Mossoroense.

Foto: Divulgação/Redes sociais

Em 1993, passou a trabalhar na TV Ponta Negra, afiliada do SBT no Rio Grande do Norte, e tornou-se apresentador cinco anos depois. Seu programa “Patrulha da Cidade” ganhou grande popularidade. Paulo era debochado. Com gestos desconsertantes, fazia piadas irônicas com os entrevistados suspeitos de praticar crimes. Sua performance conquistou uma legião de fãs.

Em 2005, iniciou o curso de Direito na Universidade Potiguar de Natal – formando-se em 2010 – e, em 2008, resolveu ingressar na política.

Foto: Reprodução/TV Ponta Negra

Filiado ao Partido Verde (PV), candidatou-se à Câmara Municipal de Natal, sendo eleito com, aproximadamente, 14 mil votos, como o vereador mais votado. Dois anos depois, pelo mesmo partido, candidatou-se a deputado federal, sendo novamente eleito com cerca de 50 mil votos.

Na Câmara dos Deputados, foi membro titular das comissões de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática, de Defesa do Consumidor e suplente nas comissões de Minas e Energia e de Integração Nacional, Desenvolvimento Regional e da Amazônia. Nas comissões especiais da Casa, foi titular nas de Agentes Comunitários da Terra, de Segurança Pública, de Competência da Investigação Criminal e da Zona Franca do Semiárido Nordestino. Além disso, foi suplente na Comissão de Normas da Administração Tributária.

Foto: Divulgação/Redes sociais

Foi também membro da Comissão Externa de Transposição do Rio São Francisco e primeiro vice-presidente do PV de Natal. Em 2011, depois de eleito, retornou as suas atividades como apresentador no programa “Alô, Meu Povo”, desta vez, na SIM TV, afiliada da Rede TV! no Rio Grande do Norte.

Na Legislatura 2011-2015, em 22 de dezembro de 2014, foi concedida pelo ex-presidente do Congresso, o ex-ministro e ex-deputado federal Henrique Alves, a polêmica aposentadoria por invalidez ao deputado federal.

Um levantamento feito em março de 2019 pelo portal Congresso em Foco, apontou que Henrique Alves (MDB) e Paulo Wagner estavam na lista dos ex-deputados federais – do país, e não apenas do RN – que mais ganham com aposentadoria da Câmara: cada um recebe R$ 33.763,00.

POLÊMICA

Em 2014, o Ministério Público Federal no RN (MPF/RN) representou ao Tribunal de Contas da União (TCU), ao Procurador-Geral da República e ao Ministério Público Federal no Distrito Federal contra a aposentadoria por invalidez concedida ao então deputado federal Paulo Wagner Leite Dantas, com proventos correspondentes à totalidade da remuneração dos membros do Congresso Nacional.

Foto: Reprodução/Facebook

A representação tinha por base matérias jornalísticas que davam conta da existência de possíveis irregularidades na concessão da aposentadoria. De acordo com a imprensa, antes de assumir o cargo, com base no qual se aposentou, Paulo Wagner já detinha a patologia que fundamenta a aposentadoria por invalidez. Além disso, mesmo com o pedido de aposentadoria por invalidez, de forma contraditória, participou no pleito eleitoral de 2014 como candidato à reeleição, tendo inclusive o seu registro sido deferido. Por outro lado, para o MPF/RN pesava contra Paulo Wagner o fato de que a doença que lhe rendeu a aposentadoria não o impedia de exercer outras funções de tal forma que apresentava, na época, um programa de televisão da afiliada à RedeTV em Natal, a SimTV.

Foto: Divulgação/Redes sociais

Dotado de um humor incomparável, Paulo Wagner revelou os bastidores da política no Rio Grande do Norte e em Brasília ao comunicador Bruno Giovanni, no programa Cara a Cara com BG. CONFIRA!

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Lucelia disse:

    Meus sentimentos a todos familiares que Deus conforte toda todos amigos ,

  2. Cláudio disse:

    Parece que a notícia não deu muito ibope…

  3. Martinho disse:

    Sentirei muito. Amigo leal.

  4. Igor Melo disse:

    Deixará muitas saudades

Recordista de projetos na Câmara, deputado quer proibir uso de chicote em animais

Foto: (Vinicius Loures/Câmara dos Deputados)

Responsável por apresentar 187 projetos de lei desde que assumiu em fevereiro, o deputado federal Célio Studart (PV-CE) é o recordista em proposições na Câmara neste ano. Na média, um deputado apresentou 12 propostas este ano.

Por enquanto, apenas uma já foi aprovada pela Casa, uma proposta que dá prioridades aos processos judiciais em que uma das partes seja uma pessoa com transtorno do espectro autista. Quase um terço dos projetos de Célio Studart são ligados à causa animal. “Muitos desses projetos são alterações em legislações já vigentes. Na esfera penal, por exemplo, propõem a alteração da pena de um crime. São aperfeiçoamentos em projetos que já fazem parte de algum arcabouço legislativo”, explica Studart.

Mas por que apresentar tantos projetos? Para ele, trata-se também de uma questão matemática. “Se você tem muitos projetos, alguns ficam travados em comissões, mas outros vão caminhando sem maiores dificuldades”. Segundo o deputado, o direito animal é muito recente no Brasil, e ainda faltam normas deste tipo, por isso tantas propostas ligadas a esse tema.

São de sua proposição, entre outros, o pedido de autorização da permanência de animais domésticos em repartições públicas federais, a proibição do uso de chicotes em animais, e a proibição do sacrifício de aves por meio de trituração, sufocamento, eletrocussão ou qualquer outro método cruel para fins de abate.

Vegano, Studart também assina propostas de benefício tributário para empresas do setor, assim como projetos de incentivo à alimentação vegana nas escolas. Questionado sobre a promoção do veganismo com recursos públicos, o deputado diz que não se trata de promover, mas sim de não cobrar demasiadamente.

“Os alimentos veganos acabam sendo bem mais caros que o alimentos convencionais, tanto pelo custo de fabricação quanto porque não têm uma demanda tão grande. Tornar mais acessível à população o alimento vegano é uma forma de promover a proteção aos animais. É não elitizar, não deixar que a possibilidade de rejeitar pratos de origem animal fique restrita aos que podem comprar alimentos veganos, que hoje são caros”, afirma.

Seus projetos também incluem medidas de conscientização em relação ao bullying, à depressão e ao respeito ao idoso, assim como a criação de selos oficiais, como o selo “Mulheres Acolhidas” para empresas que contratarem vítimas de violência doméstica ou mulheres em situação de vulnerabilidade social, e “Amigos dos Animais” para estabelecimentos que promoverem bem-estar animal.

A única proposta que Studart assina com outros deputados é o Projeto de Lei 6072/2019, que assegura a atualização anual dos recursos do Bolsa Família e dos valores que caracterizam a pobreza e a extrema pobreza no país. Com autoria de Tabata Amaral (PDT-SP), o texto faz parte da agenda de combate à pobreza encabeçada pelo presidente da Câmara, Rodrigo Maia.

Diário de Pernambuco, com Folha de São Paulo

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Ems disse:

    Vou dar uma idéia ao deputado, a proibição do uso do anzol, pois causa sofrimento aos peixes. Outro projeto seria a proibição do uso de currais e galinheiros pois tira o direito de ir e vir dos animais. (Usei de ironia no meu comentário).

  2. Lucia Helena Silva disse:

    Excelente ideia..Agora o povo cumprir aí já é outra história

FOTO: Deputado mostra marca de mordida que levou de colega petista em confusão na Alesp

O deputado estadual Heni Ozi Cukier, do Novo de São Paulo, mostrou as marcas da mordida que levou do colega petista Luiz Fernando durante a confusão envolvendo Arthur “Mamãe Falei” na tribuna da Assembleia Legislativa de São Paulo.

O MBL postou no Twitter a foto do ombro mordido do deputado do Novo.

O próprio Heni comentou o assunto nas redes. 

“Ao tentar evitar que deputados agredissem o Arthur do Val, acabei sendo mordido por outro deputado. Democracia se faz no diálogo, não no soco e na gritaria. Discordância se resolve no debate, e não na agressão. É isso que sempre vou defender, até fisicamente. Triste dia na Alesp.”

O Antagonista

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Manoel disse:

    Será se ele era vacinado ?

  2. Azevedo disse:

    A cachorrada entre esses crápulas da política partidária brasileira, cada dia vai piorando, eita animais indomáveis, pois só pensão incansavelmente nos seus bolsos.

  3. Esquerda mi mi mi disse:

    Se não era corrupto, agora será.
    Mordida de petista é altamente infecciosa.

  4. joaozinho disse:

    Tomar logo a vacina pra nao virar zumbi.

  5. Claudio Carvalho disse:

    Recomendo tomar, urgentemente, uma anti rábica.

DEM expulsa deputado Arthur do Val, o ‘Mamãe Falei’

Foto: Reprodução

DEM de São Paulo expulsou o deputado estadual Arthur do Val, o Mamãe Falei, que é integrante do Movimento Brasil Livre (MBL). A informação é da revista Crusoé.

A decisão foi tomada durante reunião extraordinária da executiva nacional do partido nesta segunda-feira (18). O deputado, no entanto, ainda não se pronunciou sobre a expulsão.

Os dirigentes do partido avaliaram que o parlamentar descumpriu o estatuto do partido ao não votar com a bancada, mas pesou também as críticas reiteradas que Arthur do Val fazia contra o governo Doria (PSDB) – tanto na tribuna da Assembleia Legislativa como nas redes sociais. O vice-governador de São Paulo, Rodrigo Garcia, é o presidente estadual do DEM.

O MBL já havia anunciado a intenção de lançar Arthur do Val como candidato à prefeitura de São Paulo em 2020 para disputar com Bruno Covas, atual prefeito, que tem o apoio do DEM.

Jovem Pan

Deputado diz que gravou reunião do PSL para alertar Bolsonaro de ‘provável conspiração’

O deputado Daniel Silveira, do PSL do Rio de Janeiro, foi quem gravou a reunião de deputados do seu partido na noite de ontem. Na conversa, entre outras coisas, o líder Delegado Waldir chama Jair Bolsonaro de vagabundo e fala que vai implodir o presidente da República (veja aqui).

O Antagonista conversou com Silveira por telefone.

Ele disse que decidiu gravar a conversa, usando o celular, com uma “intenção simples”: blindar Bolsonaro do que ele chama de “provável conspiração”.

“Isso estava em conluio, na verdade. Tivemos que trabalhar como infiltrados ali para poder conseguir acessar as informações, senão não tinha como. Era uma cúpula fechada tramando contra a República. Isso aí por fundo partidário, dinheiro e poder. Não serve, o Brasil não espera mais isso.”

Silveira contou que enviou o áudio para o presidente da República.

“Claro, ele foi o primeiro a ouvir.”

Perguntamos de que forma Bolsonaro reagiu.

“Com um pouco de surpresa, porque tinham muitas informações ali, informações que, ao meu ver, são um pouco estarrecedoras, porque trariam um prejuízo, de fato, para o Brasil.”

O deputado completou:

“Eu estou eleito na base do Bolsonaro e, custe o que custar, a gente vai defender o presidente.”

O Antagonista

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Beto Dal disse:

    E nem precisou da oposição… Aliás, nem oposição existe, os bolsonaristas votaram no kit completo. Com todo respeito aos 'aliados', não há novidade nenhuma, apenas políticos sendo políticos. Uma lástima, principalmente para quem acreditou em novos tempos… sombrios!!!

  2. Bené Brito disse:

    Esta briga de milicianos não deve acabar bem. A fragilidade do governo do incapaz é impressionante.

  3. Maria disse:

    Virou o Cabaré de Mãe Joana. É só o começo. Aonde vamos parar….estou aqui fazendo arminha com todo gosto.kkkkkkkkk

    • Ems disse:

      Faça melhor ! Repita mais livros, menos armas e aceite ordens da carceragem em Curitiba.

VÍDEO: Deputado vai processar Maria do Rosário no Conselho de Ética por esbarrões em parlamentares em plenário e simular agressão

Foto: Luis Macedo/Câmara dos Deputados

O deputado Julian Lemos (PSL-PB) irá entrar com uma representação por quebra de decoro no Conselho de Ética da Câmara dos Deputados contra a deputada Maria do Rosário (PT-RS). O motivo é um empurrão, filmado por Lemos durante a explicação do ministro da Educação, Abraham Weintraub, sobre os cortes no orçamento das universidades públicas e de institutos federais na semana passada.

O deputado conversou com o R7 Planalto sobre o episódio:

— Esse pessoal da esquerda fica correndo de um lado para o outro fazendo catimba, como jogador, que cai no chão sem ter falta. Então eles ficam provocando situações e o vídeo é claro. Ela está conversando com os jornalistas e de repente passa no corredor e não tinha necessidde de esbarrar. Ela vendo, mesmo assim bateu o ombro. Acho que ela queria derrubar o celular, só que não conseguiu. Eu só fiz acompanhar ela. E ela fez a mesma coisa com o deputado delegado Éder Mauro e outro que não me recordo. E ela me bateu e perguntou: por que me empurrou?

O deputado se diz convencido de que irá ao Conselho de Ética porque acredita que houve quebra de decoro.

— Eu vou entrar no Conselho de Ética contra ela, porque se fosse o contrário eu já estava lá há muito tempo, e depois do que ela fez com o presidente Bolsonaro.

A deputada Maria do Rosário protagonizou uma discussão, também filmada, com o então deputado Jair Bolsonaro em 2014. O então deputado disse que não estupraria Maria do Rosário pois ela não merecia. Por essa agressão, Bolsonaro foi condenado a pagar uma multa de R$ 10 mil à deputada e a se retratar publicamente. A condenação foi referendada pelo STF, mas ainda cabe recurso.

O R7 Planalto procurou a deputada Maria do Rosário, mas ela ainda não se manifestou sobre o episódio da semana passada.

Veja o vídeo feito pelo deputado Julian Lemos:

R7

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Dr. Veneno disse:

    Se faz de doida pra passar melhor…
    E ainda tem gente imbecil o suficiente pra votar num troço desse.

  2. Hércules augusto disse:

    Safada ela e eles

  3. Rogério Rocha disse:

    Duas crianças, ao invés de se preocuparem com o Brasil ficam com esse tipo de atitude.

  4. Bruno Milla Tech disse:

    Isso é uma sebosa!! Uma verme dessa ai deveria ser presa e ficar na sela com Luladrão!!

  5. Elvys disse:

    Essa tem cara de doida, é doida, e tem que ser tratada como doida. Hospício nela.

  6. Irany Gomes disse:

    Vagabunda! São vermes como essa deputada, que tem de ser estirpardos da política do nosso país.

MUITO GRAVE: PGR diz que deputado pagou testemunha para desqualificar Lava Jato

Eduardo da Fonte, deputado federal pelo PP. Imagem: Divulgação/Agência Câmara

A PGR (Procuradoria-Geral da República) pediu que o STF (Supremo Tribunal Federal) imponha ao deputado federal Eduardo da Fonte (PP-PE) o uso de tornozeleira eletrônica e a obrigação de permanecer em sua residência após o trabalho na Câmara dos Deputados.

A Procuradoria também quer que o deputado fique proibido de manter contato com testemunhas das investigações contra ele no Supremo.

As medidas foram pedidas porque, segundo a PGR, Eduardo da Fonte teria remunerado testemunhas de defesa que prestaram depoimento em seu favor para desqualificassem o resultado das investigações.

Segundo a Procuradoria, numa audiência na última quarta-feira (10), um perito aposentado da Polícia Federal afirmou em depoimento ser sócio-administrador de uma empresa especializada em perícias que foi contratada pelo deputado e confessou ter tido acesso prévio às provas sobre as quais falaria na condição de testemunha, o que é proibido por lei. O pedido da PGR foi apresentado ao ministro Edson Fachin, relator dos processos da Operação Lava Jato no STF.

Eduardo da Fonte é réu em uma ação penal por suspeitas de ter recebido R$ 300 mil de propina que foram destinados à sua campanha eleitoral em 2010, além de responder a outros três inquéritos no Supremo por suspeitas de envolvimento no esquema de corrupção na Petrobras investigado pela Lava Jato.

A defesa do deputado já havia afirmado que ele não cometeu nenhum crime e que os recursos para sua campanha foram arrecadados de forma legal. A reportagem do UOL não conseguiu entrar em contato hoje com a defesa do deputado.

UOL

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Marcio disse:

    Rapazinho ai tem "estoria"…. e como tem….

  2. Maryse disse:

    Não consigo entender um parlamentar presidiário

Réu, filho de Lula vira assessor de deputado em SP

 Foto: João Sal/Folhapress

Luis Cláudio Lula da Silva, filho caçula do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, trabalhará como assessor na Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp).

De acordo com o Diário Oficial desta terça-feira (2), Luis Cláudio foi indicado para exercer a função de “auxiliar parlamentar”. O salário, segundo a tabela de vencimentos da Assembleia, é de R$ 6.515,40.

A Alesp informou que o pedido para a nomeação foi feito pelo deputado estadual Emidio de Souza (PT), ex-prefeito de Osasco e tesoureiro nacional do partido.

“Ele vai cuidar da minha agenda, tramitação de documentos, projetos e emendas. E vai ajudar em redes sociais. Trabalhará internamente e cumprirá expediente todos os dias”, afirmou o deputado sobre as funções atribuídas ao filho de Lula.

Luis Cláudio é réu em processo da Operação Zelotes, no qual é acusado, ao lado do pai, de tráfico de influência, lavagem de dinheiro e organização criminosa na compra de caças suecos no governo Dilma Rousseff.

Júlia Dualibi – colunista G1

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. natalsofrida disse:

    Esse Romulo é filho da Dilma?

  2. Deca disse:

    Esse comunista gosta tanto do capitalismo que tentou promover o futebol americano., Deve Puxar ao pai, que junto com a elite do empresariado brasileiro, promoveram o maior assalto a dinheiro público que se tem notícias no universo. Deixando um rastro de destruição na massa trabalhadora, com miséria e índices de desemprego nunca antes vista nesse país, ainda bem que a lava jato colocou um bocado na cadeia e recuperou uns 20 bilhões reais, restando ainda recuperar mais uma centenas de bilhões de reais.

  3. Rômulo disse:

    Os bozominions não gritam aos quatro cantos que os filhos de Lula são milionários? Não dizem que possuem jatinho, fazenda, iate, ilhas particulares? Se fossem milionários, porque se submeterem a trabalhar para ganhar salário?

    • bedegueba disse:

      Esta tudo bloqueado, inclusive o do ladrão-mor.

    • #Lula Na Cadeia disse:

      Imbecilidade …isso é para desviar o foco , esse vagabundo nem vai trabalhar , se os daqui só deixam os casacos nas cadeiras , imagina esse ladrao profissional

    • Tico disse:

      Esses Petralhas são os verdadeiros aristocratas da elite brasileira, dizer que quase sete mil é um salário miserável, ômi porquê você roubou dinheiro público dos miseráveis e hoje é rico, não fique esnobando da grande maioria do povo brasileiro, canalhisse sem tamanho desses esquerdopatas.

Eduardo Bolsonaro nega que esteja negociando troca de partido; deputado diz em rede social que não participa da formação ou resgate da UDN

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), durante cerimônia de posse da Câmara Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil/01-02-2019

O deputado federal Eduardo Bolsonaro , filho do presidente Jair Bolsonaro, negou que estivesse participando de qualquer negociação para a formação ou refundação de um novo partido. A negativa foi publicada em rede social, na manhã desta segunda-feira, após Marcos Vicenzo, representante da futura sigla União Democrática Nacional , que pretende ser uma reedição da antiga UDN , dizer ao GLOBO que enxergava como “via natural” a ida do clã Bolsonaro para o novo partido.

A aproximação e possível migração dos filhos do presidente para a nova UDN foi noticiada no domingo pelo jornal “Estado de S. Paulo”.

Ao GLOBO, Marcos Vicenzo, que é responsável por atrair parlamentares interessados em ingressar na sigla, negou que haja conversas concretas com interlocutores do PSL. Ele disse também que ainda não tratou do tema com o deputado Eduardo Bolsonaro (SP), uma das principais lideranças do partido, mas espera que as tratativas sejam iniciadas como desdobramento de convites que vem fazendo a diversos grupos.

O Globo

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Mendes disse:

    Com esse 🍊🍊🍊🍊🍊🍊🍊será que esse GOVERNO vai ter moral para chegar pelos menos o fim dos primeiros 4 anos.

  2. Fagner disse:

    Um dos loucos da família.

  3. Manoel disse:

    Quando o povo brasileiro vai ver que a Globolixo e seus canais são contra o presidente, mais vão ter que engolir por 8 anos que o Brasil está indo no rumo certo.

    • Pedro disse:

      Kkkkkkkkkkk
      45 dias já tá pegando fogo o circo, não dou um ano
      🍊🍊🍊🍊🍊🍊🍊🍊🍊

Deputado revela preocupação com estrutura do Instituto Histórico e Geográfico do RN

Durante sessão ordinária desta terça-feira (04) na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, o deputado estadual Hermano Morais (MDB) se pronunciou a respeito da falta de estrutura que se encontra o Instituto Histórico e Geográfico do Rio Grande do Norte (IHGRN).

Segundo Ormuz Simonetti, presidente do Instituto, o prédio corre sérios riscos de sofrer incêndio, a exemplo do que aconteceu no último domingo (02) no Museu Nacional do Rio de Janeiro, não só por causa da fachada antiga do prédio que apresenta marcas do século passado, mas por causa instalações elétricas também.

A administração da instituição espera mais recursos desde o ano passado, quando foram solicitados R$ 300 mil para manutenções, principalmente para destinar a parte de fiação elétrica e, até agora, apenas 33% desse valor foi liberado.

Veja também: Conhece o Museu Câmara Cascudo? Ele tem um rico acervo e se encontra em Natal; saiba mais

Com os R$ 100 mil recebidos em abril deste ano, o IHGRN tomou medidas paliativas para tentar amenizar os riscos de um possível curto-circuito.

Sobre isso, o deputado veio a público cobrar do governo a liberação das outras duas parcelas provenientes de emendas parlamentares, as quais foram destinadas para o IHGRN. “Faço um apelo ao secretário de Planejamento, Gustavo Nogueira, para que se faça um esforço com intuito de disponibilizar os recursos restantes e assim evitar algo semelhante ao que aconteceu domingo, o que seria desastroso à nossa história e cultura”, disse.

O acervo do Instituto Histórico e Geográfico do RN

O acervo é composto de esculturas, adereços, artefatos, telas, retratos, fotografias, documentos e livros amealhados ao longo de nossa história, fruto de doações à instituição, que se distribuíam em salas e estantes designadas.

Algumas peças são destaque como a Coluna Capitolina, trazida a bordo do navio Lanzeroto Mlocello e inaugurada em 8 de janeiro de 1931 na esplanada cais do Porto, no bairro da Ribeira, em Natal; o busto do Padre João Maria; foto de Alberto Maranhão e outras peças.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Joao disse:

    Coloque logo com urgencia o congresso nacional, com todos os deputados, senadores, e os administradores da UFRJ dentro, para ser administrado pelo reitor da UFRJ que costuma ser filiado ao psol.. eles entendem muito bem como se gasta muito dinheiro do povo e como administra com fevor o patrimonio publico. Fará pelo menos nessa unica vez um favor ao país, ao contrario do que fizeram o psol e o pcdob no museu nacional. O museu de politicos…. vergonha mundial mais uma vez..