Maurício Gurgel: Prefeitura descumpre Lei Orçamentária ao gastar R$ 3,9 milhões com decoração natalina

Maurício Gurgel no Plenário - Foto Verônica MacedoFoto: Verônica Macedo

O vereador Maurício Gurgel criticou hoje, no plenário da Câmara Municipal de Natal, os gastos da Prefeitura de Natal com a decoração natalina para esse ano. Pelas informações levantadas pelo parlamentar, o Executivo espera gastar quase R$ 4 milhões, contrariando a Lei Orçamentária Anual.

De acordo com o parlamentar, a Prefeitura, ao gastar um valor tão alto, desrespeita não apenas a Lei Orçamentária, como também a própria população. “A Câmara autorizou a Prefeitura a gastar R$ 3,6 milhões com a iluminação e decoração natalina esse ano. Hoje, fomos surpreendidos com a notícia de que o prefeito vai gastar mais de R$ 3,9 milhões. Descumpre a Lei Orçamentária que determina o valor, desrespeita os vereadores que passam semanas aperfeiçoando o orçamento e a própria população que sofre com problemas de iluminação pública”, contou.

Maurício lembrou que os recursos para a iluminação e decoração natalinas são oriundos da Contribuição para o Custeio do Serviço de Iluminação Pública (Cosip), pagos mensalmente pela população, mas que carece de transparência por parte do Executivo. Ele pontuou que os recursos da Cosip poderiam ser utilizados para ampliar a iluminação pública nos bairros, para substituir as lâmpadas por novas de LED e ainda para garantir a substituição mais célere de lâmpadas queimadas.

“É importante que se frise que nós somos favoráveis à decoração natalina. O que nós somos contra são os altos valores gastos pela Prefeitura. Também defendemos a reutilização da decoração de anos anteriores como forma de economizar recursos públicos. Até porque nós estamos passando por uma grave crise econômica, mas ele opta mais uma vez em deixar os bairros abandonados”, completou.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. J Cabral disse:

    Crise só na hora de pagar os funcionários…

Câmara de Natal aprova projeto que garante mais transparência nos recursos da Cosip

Ver.-Maurício-Gurgel-Foto-ELPÍDIO-JÚNIOR-2-1Os vereadores da Câmara Municipal do Natal aprovaram nesta terça-feira (10), em primeira discussão, o projeto de lei que garante mais transparência nos recursos da Contribuição para Custeio do Serviço de Iluminação Pública (Cosip), que é pago mensalmente pelos natalenses.

O vereador Maurício Gurgel (PSOL), propositor do projeto de lei, explicou que a medida garantirá o melhor acompanhamento dos recursos captados pela Cosip e permitirá uma melhor fiscalização na aplicação dos recursos. De acordo com a iniciativa, o Município ficará obrigado a informar quanto foi arrecadado com a Cosip tanto na conta de energia, quanto no Diário Oficial.

“Há mais 10 anos, o contribuinte paga um percentual sobre a sua conta de energia e não sabe pra onde vai esse dinheiro. Ninguém sabe para onde vai esse dinheiro. Só sabe que é para a Cosip. Esse é um projeto importantíssimo que vai garantir maior transparência e acompanhamento dos recursos públicos. Estamos corrigindo esse problema que existe há tanto tempo”, disse.

O projeto teve o consenso de todo o plenário da Casa e recebeu elogios, inclusive, do vereador Raniere Barbosa (PRB), líder da bancada governista, que reconheceu a importância dele para a transparência nas contas públicas. Agora, o projeto ficará aguardando o intervalo regimental para ser colocado na votação em segunda discussão. Se aprovado, vai para sanção do chefe do Executivo.

Após aproximação com Robério e divergências no PHS, Maurício Gurgel se filia ao PSOL

mauricio gurgel ft elpidio junior
Foto: Elpídio Júnior

O vereador Maurício Gurgel de Natal, eleito pelo PHS, já está devidamente filiado ao PSOL. O vereador ganhou o processo de desfiliação por justa causa que movimentou contra o PHS após divergências internas com o PHS.

Sem partido definido, Maurício passou os últimos dias de licença do mandato cuidando da mudança de partido. Como ele já vinha se aproximando do professor Robério Paulino, ele optou por se filiar ao PSOL. Vale lembrar que Robério é pré-candidato a prefeito de Natal e essa aproximação pode ser valiosa para ambos.

Maurício retoma o mandato no dia 13 de outubro e já volta no novo partido. Agora, a legenda conta com três vereadores. Além dele, também integram o PSOL na Câmara de Natal, os parlamentares Sandro Pimentel e Marcos Antônio.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Maurício Giovani disse:

    Não tinha coisa melhor para este homem fazer do que se filiar ao PSOL? Melhor seria se ele deixasse o bigode crescer, aparar o cabelo, aprender a cantar e virar cover de Freddie Mercury. Era muito mais negócio.

  2. Ronaldo disse:

    Trocou seis por meia dúzia, saiu do nada prá o acabou-se. Nem quem fundou esse partido esta mais nele.

Vereador Maurício Gurgel voltará da licença já em outro partido

Entre os assuntos particulares apresentados pelo vereador Maurício Gurgel para se licenciar do cargo por 40 dias, está a definição política. Ele que está de deixando o PHS ainda não se decidiu para qual partido vai.

Entre as principais possibilidades está o PSOL e o PTB. Projetos diferentes e com possibilidades de ingressos diferentes, mas o fato é que, quando retomar o mandato, Maurício estará já na nova legenda, afinal, o prazo final para se filiar em um novo partido é setembro.

No PSOL, Maurício somaria forças a Sandro Pimentel para ambos terem o apoio do professor Robério Paulino numa possível candidatura. No PTB, Maurício teria o apoio de Rafael Motta, que estuda a mudança caso se abra uma janela de transferência sem a perda do mandato daqui para o final de setembro. Outros dois partidos também estão sendo estudados, mas Maurício já adiantou que não vai para nenhum partido da base aliada do prefeito Carlos Eduardo Alves (PDT).

Muitas possibilidades, muitas indefinições, muitas consultas às bases e muito cálculo. Afinal, cada partido precisará de aproximadamente 13 mil votos para garantir um parlamentar de Natal nas próximas eleições.

VEREADOR: Maurício Gurgel entra de licença e suplente Breno Camacho assume vaga

O vereador Maurício Gurgel (PHS) está de licença da Câmara Municipal do Natal. Na edição do Diário Oficial desta quinta-feira (27), foi publicada a saída do parlamentar pelo período de 40 dias devido a interesses particulares. O suplente já foi convocado para assumir a vaga e, durante o período fora do Legislativo, Gurgel não receberá salários. Trata-se do veterinário Breno Camacho, de 36 anos, também do PHS, que permanecerá na CMN durante o período de licença de Maurício Gurgel.