Bolsonaro vai filiar-se ao Partido da Mulher Brasileira(PMB) para disputar a reeleição

FOTO: ALAN SANTOS/PR

O presidente da República, Jair Bolsonaro, vai filiar-se ao Partido da Mulher Brasileira (PMB). Ainda sem representantes no Congresso, a legenda tem atualmente três deputados estaduais – Diogo Senior, no Amapá; Neto Loureiro, em Roraima; e Maria Bethrose Fontenele Araújo, no Ceará.

Depois de assumir o controle da sigla, como presidente ou presidente de honra, Bolsonaro mudará o nome do partido, que abrigará aliados hoje filiados a outras legendas, e tratará de prepará-lo para a campanha pela reeleição em 2022. Com isso, o presidente conseguirá evitar o desgaste que sofreu quando ingressou no PSL, que lhe garantiu a disputa da sucessão ao Planalto em 2018.

O presidente se desfiliou da sigla em novembro de 2019, quando a convenção nacional reconduziu Luciano Bivar (PE) ao comando do partido. O futuro chefe do atual PMB já decidiu que, depois de repaginado, o partido lançará o maior número possível de candidatos no próximo ano.

Com a decisão de se filiar ao PMB, Bolsonaro encerra o projeto de criação do Aliança pelo Brasil – um partido de direita que nasceria para abrigar dissidentes do próprio PSL e de outras siglas.

Blog do Nolasco – R7

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Beto Araújo disse:

    Muda só o significado da sigla: Partido do Miliciano Brasileiro.

  2. Natalense disse:

    Essa notícia é um fato triste para a história do dia das mulheres. Um homem que não respeita o próximo, que se quer usa máscara, falta de empatia, que alega que uma certa deputada não merece ser estuprada ou que vangloria-se dos feitos de um torturador covarde de mulheres filiar e querer ser dono do partido que leva o nome das mulheres. Todo respeito e admiração as mulheres. Lutem!

  3. Chimbau disse:

    Melhor partido pra essa BESTA FERA SE FILIAR SERA O PARTIDOS DAS TREVAS
    VAZA SATÃ

  4. Ivana Gadelha disse:

    Não se reelegerá..

  5. Plim plim. disse:

    De ultra nanico esse partido sem representatividade, vai explodir.
    Vai entrar em 2023 com pelo menos umas 50 deputadas federais, vai formar a maior bancada.
    Se forem coerente com o PR Bolsonaro, o segundo mandato do MITO, vai ser duzentas mil vezes melhor.
    Kkkkkkkkkkkkk
    Tchau turma de nhonhõs !!
    Tchau corruptos ladrões safados vermelhos.
    Agora a vez das mulheres e ponto final.
    Dra Roberta Lacerda logo pra Senadora!!!!
    Voto nela!!
    Sem medo!!

  6. Amadeu disse:

    não muda muita coisa… Se apropria de um partido existente, muda tudo… Os ratos são os mesmos…

  7. Mano Bozo disse:

    Melhor as mina fundar outro partido. Esse já era!

  8. José Macedo disse:

    Vai surgir agora o partido dos salvadores da pátria (psp).
    Diferente do psl o Bolsonaro vai ter um poder maior sobre o partido acabando com a trairagem depois das eleições tirando o poder do presidente e seus aliados.

  9. Ronaldo disse:

    O que esse ser misógino quer se filiando ao PMB?

    • Lutemberg disse:

      Chora mais que tá pouco

    • Minion alienado disse:

      Ele quer apenas fazer o gado de trouxa kkkkkkkkkkk. Fora isso é o mais do mesmo da velha política para proteger os interesses dos pseudoconservadores de ocasião.

  10. Minion alienado disse:

    Teremos agora o PCLLM – partido chocolate, laranja e leite moça

Rodrigo Maia diz que nunca teve intenção de disputar reeleição e defende retomada das votações na Câmara

Foto: Reprodução

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou em entrevista ao programa Em Foco com Andreia Sadi, nesta segunda-feira (7), que nunca teve a intenção de disputar a reeleição do comando da Casa.

Neste domingo (6), o Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu barrar a recondução ao cargo dos atuais presidentes da Câmara e do Senado, Maia e Davi Alcolumbre (DEM-AP).

Na entrevista, Maia disse que sempre defendeu e respeitou os resultados dos julgamentos do tributal e que a decisão deste domingo reforçou seu plano de criar um sucessor para o comando da Câmara.

Questionado sobre quais são os cotados a ser esse candidato à sucessão, Maia citou os deputados Aguinaldo Ribeiro, Baleia Rossi, Eumar Nascimento, Luciano Bivar e Marcos Pereira.

De acordo com o presidente da Câmara, a decisão do STF deu mais “energia” aos deputados que articulam a disputa pelo comando da Casa.

Maia enfatizou que seu candidato vai representar o movimento de independência da Câmara dos Deputados. Segundo ele, a candidatura não será contra o governo, nem ninguém, mas a favor da democracia e do fortalecimento da Casa.

Retomada da pauta de votações

Ao longo da entrevista, Maia reforçou diversas vezes a necessidade de retomar a agenda de votações de pautas importantes na Câmara. As negociações estão há semanas sob os impactos do período eleitoral e da indefinição sobre se Maia e Alcolumbre poderiam se reeleger.

“Vamos agora acabar com as desculpas, sentar na mesa e aprovar o que é importante”, afirmou. Maia citou a chamada PEC Emergencial entre as pautas que devem ser priorizadas.

G1

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Saulo disse:

    Fdp mentiroso, Nonho / Botafogo a LAVAJATO VAI TE PEGAR AGORA EM 2021, sem poder tá fudido.

  2. PEDRO VERDADEIRO. disse:

    😒😒😒😒😒😒😒😒😜😜😜😜😜😜😜😜😀😀😀😀😀😀😭😭😭😭😭😭😭😭😷😷😷😷😷😷😷 eita aluado mentiroso, levou peia ele, Alcolumbre touros, Gilmar Boca Mole Mendes, LeleWandowiski, Tofolli Maria vai com as outras e o Carequinha de TEMER, UMA VERGONHA, o ar do STF ficou um pouco melhor, mesmo assim, o ambiente é cheio de pilantras.

  3. riva disse:

    As críticas são válidas não importando de onde, até mesmo das viúvas do esquerdismo nababo que come das mesas capitalistas fartas de corrupção, porém cagam socialismo sem medidas. Agora dá crédito a esse fisiológico de carteirinha, aí seria admitir que a canalhice vale a pena. O Rodrigo Maia é uma das figuras mais perniciosas da política brasileira. Não merece crédito nenhum.

  4. Chico 200 disse:

    Ohh! Menino bom, esse! Sem ter mais o que fazer, o que resta falar? Vai dizer que queria pra ficar mais queimado? Isso é o maior atraso para o Brasil. Deixa ele sair daí pra ver como vai mudar!

  5. Andinho disse:

    Kkkkkk o clássico "também eu não queria" bem Nhonho mesmo.

  6. Berg disse:

    Çei!!!
    Me engane que eu gosto
    Defende votar as reformas??
    E porque não colocou em pautas até agora??
    Palhaçada.

  7. AZ disse:

    Cara de pau é a característica principal de um político ,mais esse ai é descarrado.

  8. Antonio Turci disse:

    O descaramento desse cara vai para o Guiness.

Mourão critica possibilidade de reeleição na Câmara e no Senado

Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

O vice-presidente Hamilton Mourão disse nesta sexta-feira (4) que a Constituição Federal é clara sobre a impossibilidade de reeleição no Senado e na Câmara dos Deputados em uma mesma legislatura. O tema está sendo debatido no STF (Supremo Tribunal Federal).

“Acho que a Constituição é clara, não pode. Eu acho que teria que mudar a Constituição, mas o Supremo tem, vamos dizer, tem o arbítrio para interpretar da forma que melhor lhe aprouver”, afirmou.

Também nesta sexta, Mourão disse considerar muito difícil que a reforma tributária seja aprovada este ano, apesar das promessas iniciais do governo, porque ainda não há um consenso sobre a proposta.

“Na minha visão eu acho complicado (aprovar esse ano) porque não há um consenso sobre qual é a melhor reforma”, disse o vice-presidente, um dos maiores defensores no governo da reforma tributária.

Mourão, no entanto, negou que o governo esteja travando a reforma tributária para evitar dar um palanque para uma eventual reeleição do atual presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), que desde o início encampou um projeto de reforma que está sendo tocado pela Câmara, independentemente da participação do governo federal.

“Eu não julgo que o governo esteja travando a reforma tributária. O que eu vejo que está acontecendo dentro do Congresso são dois fatores: o número 1 é essa questão da pandemia, em que o Congresso deixou praticamente de se reunir. E sem se reunir temas polêmicos praticamente não avançam”, disse o vice-presidente a jornalistas. “Em segundo lugar a disputa pela sucessão nas duas Casas. Ela foi deflagrado e a partir daí é um jogo lá dentro.”

Maia diz não ser candidato à reeleição mas, uma vez que o Supremo Tribunal Federal (STF) deve autorizar que ele e o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), concorram a mais um mandato, o deputado pode tentar uma nova eleição, o que contraria os planos do governo de Jair Bolsonaro.

O presidente entrou no jogo da disputa eleitoral da Câmara em defesa do aliado Arthur Lira (PP-AL), líder do centrão que tem sido um dos principais nomes de apoio do governo Bolsonaro no Congresso.

Apesar de diversas denúncias de corrupção e de ser investigado por um esquema de “rachadinha” e funcionários fantasmas quando era deputado estadual em Alagoas, o governo continua bancando a aposta em Lira.

Mourão afirmou que não trata de questões de “expressão política” do governo, mas justificou a opção por Lira.

“Vamos colocar o seguinte: a gente tem que ter base dentro do Congresso, tem que ter relacionamento, então, as peças do tabuleiro são essas e nós temos que saber trabalhar com elas”, disse.

R7

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Santos disse:

    O mais interessado nisso é o planalto.
    Mas antes tem que fazer o drible da "vaca"!
    kkkkkkkkkkk

Gilmar Mendes, Dias Toffoli , Alexandre de Moraes e Ricardo Lewandowski: STF tem quatro votos para liberar reeleição de Alcolumbre e de Rodrigo Maia

Foto: Pablo Jacob

Os ministros Gilmar Mendes, Dias Toffoli , Alexandre de Moraes e Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF), apresentaram nesta sexta-feira votos que autorizam a reeleição dos presidentes da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP). O relator do caso, Gilmar Mendes, defendeu que só poderá haver reeleição para o comando das duas Casas apenas uma vez – mas que a regra passe a ser aplicada a partir da próxima legislatura. Os votos de Gilmar e Toffoli foram apresentados de madrugada. Alexandre votou na manhã desta sexta.

O ministro escreveu que “o limite de uma única reeleição ou recondução deve orientar a formação das Mesas da Câmara dos Deputados e do Senado Federal a partir da próxima legislatura, resguardando-se, para aquela que se encontra em curso, a possibilidade de reeleição ou recondução, inclusive para o mesmo cargo”.

Já o ministro Nunes Marques, indicado recentemente pelo presidente Jair Bolsonaro para o STF, acompanhou a tese de Gilmar, mas divergiu da sua aplicação. Para ele, os presidentes das Casas só podem se reeleger uma vez, mas a regra já vale desde já. Assim, ele concorda com uma nova candidatura de Alcolumbre para a presidência do Senado, mas barra um novo mandato para Rodrigo Maia.

“Ante o exposto, acompanho o Relator, ainda que por razões distintas, quanto à reeleição ou a recondução sucessiva dos membros das Mesas Diretoras das Casas do Congresso Nacional para o mesmo cargo uma única vez. Peço vênia, no entanto, para divergir de Sua Excelência quanto à aplicação prospectiva do julgado. Nesse ponto, declaro vedada a reeleição ou a recondução de quem já esteja ou venha a ser reeleito”, escreveu Nunes Marques.

Gilmar Mendes procurou afastar seu voto de uma possível interferência no resultado das eleições no Congresso em 2021: “Não decidiremos acerca de quem vai compor a próxima Mesa: para tanto é preciso de votos no Parlamento, e não no Plenário deste Supremo Tribunal Federal. Na eleição de Mesa do Poder Legislativo, é a maioria parlamentar que define quem “fala pela Casa”, não um acórdão”.

O relator afirmou que a vedação a reeleição no Legislativo surgiu no regime militar. E argumentou que quando em 1997 foi aprovada uma emenda constitucional permitindo uma reeleição para o Executivo houve um “redimensionamento” de toda a Constituição: “Considerado o teor do art. 57, § 4º, CF/88, o redimensionamento que a EC n. 16/1997 implicou no princípio republicano serve ao equacionamento da questão constitucional que ora enfrentamos ao fornecer o critério objetivo de 1 (uma) única reeleição/recondução sucessiva para o mesmo cargo da Mesa”.

Nunes Marques argumentou que permitir a Maia uma nova reeleição romperia com o princípio fixado de apenas uma recondução. “Alteração de tal profundidade, como a pretendida pelo relator, de forma a permitir mais de uma reeleição ao atual Presidente da Câmara, concessa venia , vai muito além da mutação constitucional (…) Na prática, estaríamos admitindo uma terceira reeleição e um quarto mandato consecutivo”.

Plenário virtual

Os votos foram apresentado no plenário virtual, um sistema em que os ministros apresentam suas posições por escrito, sem necessidade de encontro entre eles. O julgamento se encerra no dia 14 de dezembro. Durante a votação, qualquer ministro pode pedir destaque. Nesse caso, a votação seria interrompida e dependeria de o presidente do STF, Luiz Fux, definir uma data para o julgamento no plenário físico – que, durante a pandemia do coronavírus, se reúne por videoconferência.

Diante da polêmica do tema, ministros vinham conversando nos bastidores na busca de um voto médio sobre o tema para atrair magistrados que resistiam a considerar a decisão apenas interna do Congresso e, assim, permitir reeleições seguidas.

A Constituição Federal é clara no sentido de impedir as reeleições dos presidentes da Câmara e do Senado. “Cada uma das Casas reunir-se-á em sessões preparatórias, a partir de 1º de fevereiro, no primeiro ano da legislatura, para a posse de seus membros e eleição das respectivas Mesas, para mandato de dois anos, vedada a recondução para o mesmo cargo na eleição imediatamente subsequente”, diz o parágrafo quarto do artigo 57.

Gilmar Mendes, porém, diz que observado o limite de uma reeleição, Câmara e Senado poderiam permitir a recondução por decisão interna, seja ela “regimental, por questão de ordem ou mediante qualquer outro meio de fixação de entendimento próprio à atividade parlamentar”. Atualmente, apenas chefes do Executivo podem ser reeleitos — e apenas uma vez.

Maia preside a Câmara desde 2016, quando foi eleito para um mandato-tampão no lugar de Eduardo Cunha (MDB-RJ), que tinha renunciado. No ano seguinte, adversários tentaram barrar a eleição de Maia, porque a Constituição veda a recondução ao cargo em uma mesma legislatura. Por fim, o entendimento foi o de que mandatos-tampão não entravam na regra e Maia foi eleito. Em fevereiro de 2019, Maia foi reconduzido para o mesmo cargo pela terceira vez.

Alcolumbre, porém, está no seu primeiro mandato, conquistado em 2019, e tem trabalhado nos bastidores para sua reeleição. Atualmente, o regimento do Senado não permite a recondução, mas aliados avaliam que o atual presidente tem maioria para fazer a mudança, se ela se fizer necessária.

O Globo

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. José Macedo disse:

    E os demônios do apocalipse continuam agindo politicamente para a destruição do país.
    São os vermes da sociedade.

  2. Wellington disse:

    A Jogatina continua! Segue o jogo!

  3. João Juca Jr disse:

    Manobra totalmente ilegal e inconstitucional. Mas tem um "jurista" que frequenta o Blog do BG que diz que o STF só julga de acordo com a constituição.

  4. Rodrigo disse:

    Hoje o STF se posiciona como poder supremo do Brasil no maior sentido da palavra, se impõe sobre o executivo e demais poderes mesmo sendo previsto a divisão dos poderes na constituição. Hoje o STF que tem a função de resguardar a nossa carta magna, ele cria e interpreta a margem da constituição criando interpretações bizarras.

  5. Mário vitamina disse:

    o Brasil é um grande circo,só que o PALHAÇO é o POVO BRASILEIRO,ter que convivermos com o Brasil em que a suprema corte faz parte desse espectáculo ridículo.

  6. Silvio. disse:

    Isso é uma vergonha!!

  7. Humberto Florêncio disse:

    A população brasileira do bem tem que se unir e ir até a frente do STF fazer pressão dizendo que vai invadir. "O poder é do povo".

  8. Hugo disse:

    Deveria excluir…esta tal de organização do STF…o quadrilha que acaba o país

  9. Zé de Joca disse:

    Isso é uma quadrilha.

  10. Anônimo disse:

    Esse STF não representa a população brasileira, uma vergonha, por isso que o país fica desacreditado com essa insegurança jurídica que eles causam em diversas áreas!

  11. miguel alves disse:

    O STF está totalmente politizado vergonha.

  12. Edison Cunha disse:

    A maioria da população brasileira não acredita na sua Suprema corte!
    STF é uma vergonha.

Com trabalho marcado pela luta pelas causas sociais, Maurício Gurgel, busca reeleição

Foto: Divulgação

Eleito o vereador mais jovem da história de Natal, hoje, aos 32 anos, Maurício Gurgel busca a reeleição pelo Partido Verde, com foco no 4º mandato.

O trabalho de Maurício é marcado pela luta pelas causas sociais, atuando fortemente em bairros como Felipe Camarão. Membro da Comissão de Finanças e de Direitos Humanos, ele criou e preside a Frente Parlamentar em Defesa das Pessoas em situação de rua, sendo o pioneiro em indicar uma pessoa nessa circunstância a ocupar um cargo público na Câmara Municipal de Natal. Desde 2019, o servidor Adriano trabalha no setor de informática da Câmara sendo, inclusive, um dos funcionários de destaque na Casa Legislativa.

É de Maurício a autoria da lei que leva educação ambiental às escolas do município. Ele ainda criou o “Estatuto do Pedestre”, sancionado em 2020, que obriga a Prefeitura a padronizar ruas, avenidas, favorecendo os transeuntes. Maurício batalha também para que o executivo diminua o imposto cobrado pela iluminação pública (COSIP) e foi o vereador que mais convocou secretários do Executivo municipal a prestarem esclarecimentos na Câmara. Com relação à Reforma da Previdência, votou contra às modificações que aumentou a alíquota de 11% para 14%, prejudicando os servidores que ganham menos.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Simone disse:

    O vereador Maurício é atuante o ano inteiro, ele gosta do que faz e tem zelo pela coisa pública, é preocupado com a situação das pessoas carentes e defende o trabalhador, parabéns Maurício pela sua atuação!

Revista IstoÉ aponta favoritismo para reeleição de Álvaro Dias em Natal

Foto: Reprodução

Álvaro Dias (PSDB) é um dos prefeitos em melhores condições para serem reeleitos em todo o Nordeste. A conclusão está publicada na mais recente edição da revista IstoÉ e é feita pelo cientista Antônio Lavareda, baseada em análise de pesquisas (registradas na Justiça Eleitoral) que mostram as intenções de votos de candidatos a prefeitos em todas as capitais do país.

Lavareda avalia que, mesmo no atual cenário de crise econômica e polarização ideológica, prefeitos em atual mandato conseguiram se destacar com ações de combate e prevenção à Covid-19. Álvaro se insere nesse contexto.

De acordo com os números publicados na revista Isto É, o prefeito Álvaro Dias (PSDB) lidera com ampla folga, tendo 34% da preferência dos natalenses. O prefeito está muito à frente do segundo colocado, o deputado estadual Kelps Lima (SDD), que registra um índice de 5%, e do terceiro, o também deputado Hermano Morais (PSB), que possui 3% das citações.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Jório disse:

    Ô previsão difícil de fazer!
    Depois de uma pesquisa que mostrou ele com mais que o dobro de todos os demais candidatos.
    Mas é muito fraco. Subiu por causa do covid

  2. Jeam disse:

    Infelizmente Natal parou no tempo! Bairros gigantes como o Planalto com grandes ruas totalmente no abandono! A passagem do antigo forno do lixo sobre a linha férrea envergonha qualquer gestor público de caráter. Na entrada de Natal uma milionária fonte iluminada abandonada que milhões foram para o ralo..as obras da Copa pelo km6 parece coisa do pakistao..horríveis e abandonadas..paradas de ônibus destruídas, ruas esburacadas, lixos acumulados em muitos terrenos e canteiros da periferia..Natal parece que nem as maquiagens das saudosas Marilene Dantas e Villma tem mais..Parou no tempo!! Infelizmente!

    • Barba disse:

      Vdd brow, eu ando os 4 cantos de natal, da zona norte a zona sul. Quem só anda em Petrópolis e na ponta negra, não sabe como são as ruas do Planalto,Felipe camarão, cidade nova, bom pastor, quintas. Esse pessoal que só anda na Campos Sales, Rodrigues Alves, Hermes da Fonseca, areia preta, via costeira, engenheiro Roberto Freire. Com ctz não conhece a natal esburacada!
      Não conhece a natal medieval, cheio de estradas carroçaveis e quando tem calçamento ainda é bom. Apesar de ser colonial ainda. Infelizmente não é de hoje que natal é maquiada, as oligarquia que se revezam no poder sempre fizeram isso!
      Apenas um desabafo de um UberPotiguar.

    • Ricardo disse:

      A moda agora é só capinar o canteiro central. (ajardinamento não existe há anos) e deixar o mato nas calçadas.

  3. Jorge disse:

    Olhem só os três primeiros lugares? Estamos todos pebados!!!

  4. João Querubino disse:

    Ótimo gestor. Mudou a paisagem da cidade. Merece nosso apoio.

PGR diz que decisão sobre reeleição de Maia e Alcolumbre é da Câmara

Foto: Adriano Machado/Reuters

Em manifestação enviada ao STF (Supremo Tribunal Federal), o procurador-geral da República, Augusto Aras, afirma considerar que a decisão sobre permitir ou não a reeleição dos presidentes do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), e Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), cabe ao Congresso, e não ao Judiciário. O parecer segue o entendimento da AGU (Advocacia-Geral da União).

O entendimento de que a reeleição dos presidentes da Câmara e do Senado é um assunto interno do Legislativo tem ganhado força entre diferentes alas do Supremo. Nos bastidores, a manifestação da AGU — seguido agora pela PGR — foi interpretada como um sinal de que o governo de Jair Bolsonaro não se opõe à recondução de Maia e Alcolumbre.

A eleição da cúpula do Congresso está marcada para fevereiro de 2021. O relator da ação, ministro Gilmar Mendes, pretende levar o caso ao plenário do STF ainda neste ano, em sessão por videoconferência.

O parecer de Aras foi encaminhado nesta segunda-feira (21), ao Supremo. Na peça, o PGR defende a improcedência de uma ADI (Ação Direta de Inconstitucionalidade) apresentada pelo PTB que tenta barrar antecipadamente a possibilidade de reeleição dos atuais comandantes da Câmara e do Senado.

“Não cabe ao Judiciário, ainda que pela via do controle abstrato de normas, substituir-se ao Legislativo a fim de definir qual o real significado da previsão regimental. Tal conduta representa inequívoca afronta ao princípio da divisão funcional de Poder”, diz o PGR.

No mês passado, em resposta à mesma ação movida pelo PTB, o Senado defendeu a legalidade da reeleição dos presidentes do Congresso. O documento, assinado pela Advocacia-Geral do Senado, cita que a regra proibindo a recondução teve como origem uma vedação criada ainda na ditadura militar.

Estadão

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Santos disse:

    Pera aí….
    Quem indicou o PGR?
    Como sempre, só sabe fazer zuada e nos bastidores tá td dominado.

  2. paulo disse:

    BG.
    Nada de reeleicao desses dois sujeitos. Alternancia no poder já.

PSD de Tibau do Sul oficializa candidatura de Modesto Macedo para reeleição

Fotos: Divulgação

A convenção do PSD, juntamente com o PSDB, referendou a candidatura do prefeito Modesto Macedo à reeleição em Tibau do Sul, na tarde deste domingo (13). Bel do Camarão foi anunciado como companheiro de chapa de Modesto. O evento também confirmou os nomes dos 23 candidatos a vereador pelas duas siglas.

Em discurso, Modesto falou sobre os avanços em Tibau do Sul na sua gestão e justificou o projeto da reeleição pela necessidade de continuar o trabalho de reconstrução do município. “Tibau do Sul não pode retroceder. O meu maior sonho, o meu maior orgulho, é deixar a cidade que eu nasci recuperada para encha os olhos dos nossos filhos tibauenses e daqueles que visitam a nossa querida cidade. A verdade é a história. A verdade é o trabalho para fazer com que Tibau do Sul não pare”, falou.

Modesto tem como marca de trabalho ter conseguido destravar 16 obras paradas há muito tempo. Foi na atual gestão que o destino turístico Pipa ganhou o selo A do turismo. Da região litoral sul e agreste potiguar, Tibau do Sul é o município com os menores índices da pandemia do novo Coronavírus. É também a cidade que mais cresceu economicamente por conta do incentivo ao turismo sustentável.

“Eu só tenho as minhas palavras de agradecimento. Palavras que saem do meu coração porque tenho a cabeça erguida olhando no horizonte do meu município, eu posso olhar de Umarí à Sibaúma e dizer a toda Tibau do Sul, vamos continuar. Vamos Avançar. Não podemos retroceder, Tibau”, disse Modesto no discurso.

PSDB realiza convenção no sábado para homologar candidatura de Álvaro Dias à reeleição

O prefeito Álvaro Dias terá sua candidatura à reeleição homologada no próximo sábado (12). A convenção do PSDB em Natal será realizada das 14 às 18 horas, com transmissão ao vivo por três plataformas digitais: Facebook, Instagram e YouTube.

Além de formalizar o projeto da reeleição de Álvaro Dias, o PSDB vai confirmar a aliança com o PDT, que indicará a advogada Aíla Cortez como vice-prefeita, e 30 candidatos a vereador.

Por conta das orientações de distanciamento social, o acesso à sede do PSDB municipal, local da convenção, será restrito a poucos participantes do ato partidário.

A convenção, no entanto, poderá ser acompanhada online, com transmissão aberta nas páginas digitais do partido, nos seguintes endereços:

https://www.facebook.com/psdbnatal/

https://www.youtube.com/channel/UCRklm6G55IqZM5Rlu7KPwjw

https://instagram.com/psdbnatal?igshid=1o896nn9txc5y

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Trem da Alegria disse:

    Prefeito : SÉRGIO LEOCÁDIO
    Vice : DEUSA MARTINS
    "Ninguém acreditava em Bolsonaro presidente".
    Aguarde esta chapa realmente de direita

  2. olimpio disse:

    Dos nomes postos, não vejo alguém mais capacitado do que atual prefeito, plagiando Carlos Eduardo, vice é vice.

  3. Marcos fernando disse:

    Olhe o partido do prefeito PSDB comandado por FHC.

  4. Teixeira disse:

    E quem vai votar nesse demagogo politico, não tem moral nenhuma de tocar uma cidade boa como Nata, fez sinais com passarelas para pedestre e não funcionou nenhuma, deixou as empresas de ónibus deixar o povo na rua a noite na cidade, cansei de ver gente nos pontos esperando o que não vinha mais: vegonhoso para um prefeito!!!..>>>…………..

  5. Lucis disse:

    Era meu candidato e da minha família .gostava muito dele depois q se rendeu a empresários p mim perdeu o valor.

  6. Adriana Mendonça disse:

    O Prefeito Álvaro Dias, fez e está fazendo muito por Natal não esqueçam não foi só a Pandemia que fez o nome dele e sim ele como pessoa. E quanto a Vice dele infelizmente tudo depende de apoio do Partido. Parabéns Prefeito.

  7. Armário porto mirim flat. disse:

    Esse povo só sabe votar messes caciques, vamos dar oportunidade para outros. Esse é o mais do mesmo. POLÍTICO PROFISSIONAL.

  8. Gustavo mafra disse:

    Esse tem meu voto.

  9. Edison Cunha disse:

    É o que tem pra hoje!
    De todos os candidatos a prefeito de Natal nas eleições municipais de 2020, Álvaro Dias é o melhor é mais preparado.
    O choro é livre!!!

  10. Luciana Morais Gama disse:

    Foi uma grande decepção Álvaro Dias colocar um poste para vice prefeita, prima de Carlos Eduardo Alves, o que não agregou valor e nem tem votos. Basta de Alves!

Temer critica radicalização de Lula, prevê reeleição de Bolsonaro e vê estratégia na postura dos filhos do presidente

Foto: Montagem/(Agência Câmara/Reuters)

Na entrevista a O Antagonista, Michel Temer disse acreditar que a polarização estará mantida no cenário político brasileiro nos próximos anos e previu a reeleição de Jair Bolsonaro em 2022, se a economia melhorar.

“Ele [Bolsonaro] tem um bom índice de aprovação. Evidentemente, ele joga sempre para esses 30%, 35% [do seu eleitorado]. Se a economia for bem, eu acho que ele tem chance. É um candidato muito competitivo, sem dúvida. Já começa pelo fato de ser presidente. E se somarmos a isso uma economia crescendo… A economia é tudo. Aí, você sabe, a chance é muito grande.”

Temer criticou a postura dos filhos de Bolsonaro, mas acredita que há uma estratégia por trás das interferências da família no governo e as crises virtuais.

“Se você me perguntar: ‘Será que vale a pena isso que está sendo feito?’ Para as minhas teses, não. Porque as minhas teses são de pacificação do país, de unidade do país. E claro que essas coisas acabam radicalizando. Agora, Bolsonaro tem uma grande experiência parlamentar, 28 anos no Congresso Nacional fazendo política, os filhos são políticos. Eu acho que pode ser uma estratégia. Do tipo o seguinte: ‘Bem, eu tenho de 30% a 35% do eleitorado, [então] eu vou conservar isso, que é um eleitorado muito sólido, firme em relação a ele [Bolsonaro]’. Mas também é um pouco do estilo dele, o estilo dele sempre foi esse também.”

Na avaliação de Temer, os primeiros discursos de Lula ao deixar a cadeia confirmam a impressão de que a polarização estará mantida em 2022.

“Ele [Lula] radicalizou. Essas coisas de radicalização, de um lado e de outro, não são úteis para o país. Eu sairia [da cadeia] pregando. Não quero comparar com o [Nelson] Mandela, mas eu sairia… É um problema de [falta de] sabedoria política. Ele não foi sábio politicamente. Eu compreendo até as emoções, ele passou 500 e poucos dias na cadeia. Mas tem que ter frieza.”

O Antagonista

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Luciano disse:

    O PIOR É QUE TEMER TEM RAZÃO: BOZO É UMA VERSÃO DELE PIORADA. POIS ALÉM DE ODIAR POBRE, GAYS, NEGROS É MULHERES, ADORA MENTIR DESCARADAMENTE.

  2. Zé priquito disse:

    Temer e o que o gato enterra é a mesma coisa.

  3. Gilvan disse:

    Com um governo de 90 por cento de rejeição não tem cacife para opinar.

  4. Pedro disse:

    Condições = confissões…….

  5. Pedro disse:

    O jararaca nove dedos devia escutar essa outra cobra da política Nacional. Eles se completaram no passado, esse é matreiro, ladrão de fina estampa, vive em todo o tempo, uma raposa em pele de cordeiro, já o pingunço querendo dar uma de sabido, sai logo atirando, para recompor o seu eleitorado, devia se lembrar que não tem sombra, cumpanhero, dinheiro, empreiteira e financiadores, bem como apelo folclórico de sofredor já que ficou rico roubando, outra, a máquina do governo está nas mãos de um adversário que vai vender caro a sua saída, como mesmo reconheçe Temer. Nove dedos para ser eleito a primeira vez levou 12 aninhos para convencer os incautos, agora com as condições de seus próprios lugares tenente iguais a Leo Pinheiro, Marcelo e Emilio Odebrecht, o coroinha Palocci e mais uma centena de amigos, além da sua idade e políticos de carisma e peso ao seu lado, a estrada vai ser longa. Ninguém aguenta mais tanto pavoneio, arrogância e mentira.

  6. Bira disse:

    Temer está em destaque nas notícias de hj…. quem está ganhando com essa promoção toda???

    • Henrique disse:

      Lula esteva preso porque roubou , certíssimo. E temer que rouba há 40 anos e livre,leve e souto.

PSL fecha apoio a Rodrigo Maia à reeleição à presidência da Câmara

Rodrigo Maia conseguiu selar um importante apoio à sua candidatura à reeleição à presidência da Câmara: o apoio do PSL de Jair Bolsonaro, dono de uma bancada de 52 deputados.

Maia e Luciano Bivar, o presidente do partido, tiveram uma longa reunião na manhã desta quarta-feira(02), em que foi acertado o apoio.

Bivar conseguiu de Maia a promessa de que as pautas prioritárias de Bolsonaro relativas às reformas serão pautadas com urgência.

Conseguiu mais: o PSL ficará com uma das vagas na mesa da Câmara e com as presidências de duas das mais importantes comissões da Câmara, a CCJ e a Comissão de Finanças e Tributação

Lauro Jardim – O Globo

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Waldemir disse:

    Chora petistas o Lula tá preso babaca

  2. Francisco disse:

    Só falta nomear Treme, Treme…

  3. Cesar Rodrigues disse:

    Começou o toma lá dá cá

  4. kalina disse:

    Mesmo governo Temer

Marqueteiro anuncia: Temer é candidato!

O marqueteiro de Michel Temer, Elsinho Mouco, anda para lá de animado com as possibilidades de dividendos políticos com a intervenção no Rio.

Reporta no Globo de hoje Bernardo de Mello Franco que o marqueteiro já anunciou: Temer é candidato à reeleição.

Mas já? Nem esperaram os primeiros resultados efetivos da intervenção?

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Mafaldo disse:

    E quem danado vai votar nele?
    Vixe, me lembrei que elegeram uma Anta para presidente.
    Tudo é possível em Bananalândia

  2. JUNIOR PINHEIRO disse:

    TENHO PENA DAS CRIANÇAS QUE SE ASSSUSTARÃO COM O VAMPIRAO DA TUIUTI NO FUTURO!!!! O MAIS REJEITADO QUER CONTINUAR….!!

  3. Júnior disse:

    Assim só uma implosão para resolver o problema do Brasil.

  4. Lucas disse:

    Tirar Lula da jogada, detonar a esquerda e os aliados e queimar Bolsonaro, tem uma só intenção: VAMPIRÃO PARA PRESIDENTE!
    DARTH VADER se prepara para próxima fase da implantação do IMPÉRIO, controlado pelo Senador Palpatine, recém-eleito chanceler da República Galáctica dos Estados Unidos.
    Quem assistiu Star Wars, sabe do que estou falando. Quem não assistiu, recomendo assistir para ver as semelhanças e coincidências entre as ações dos Americanos implantando o Império e colonizando ou recolonizando (como é o caso do Brasil, Argentina e os outros países da América Latina) com ajuda de seus agentes (no caso do Brasil, Darth Vader Vampirão Temer, Aécio, Serra, FHC, Gilmar Mendes, Moro, Dalagnoll…Rede Globo).
    Muitos vão rir disso hoje, como riram no passado quando dizíamos que os objetivos eram os que hoje vemos sendo executados: Reforma Trabalhista, Previdenciária, etc…)

  5. Nêmesis disse:

    Tem que manter isso ai viu?…kkkkkk e viva a ignorância

    • Júnior disse:

      Como o grande pacto nacional será retratado nos livros de história no futuro?

  6. felipe januario disse:

    Gostei da piada, muito boa

  7. Rafael disse:

    Meu presidente!!! Como ja ouvi de alguns colegas petistas, "corruptos todos são". Ou seja, se aceitam um grau de corrupção, por enxergarem benefícios próprios (no geral, servidor público), temer colocou a maquina pra funcionar com medidas pertinentes. Temer, meu corrupto de estimação!!!

    • Pato Amarelo disse:

      Kkkkkkkk. É por pensamentos como esse que NUNCA seremos uma Suécia. Respeito e dignidade não caem do céu, se conquistam.

    • JUNIOR PINHEIRO disse:

      A AMEBA DA ARGENTINA JÁ COMEÇOU A FUNCIONAR NO BRASIL!!!

  8. Carlos Bastos disse:

    Usar os militares para fazer política, só no Brasil!

Reeleição é uma chaga em nosso País, critica Marina

A candidata à Presidência Marina Silva (PSB) comentou nesta quarta-feira a denúncia feita por reportagem publicada hoje no jornal O Estado de S. Paulo, de que dirigentes dos Correios afirmaram que a presidente Dilma Rousseff (PT) avançou nas pesquisas pelo trabalho de apoio feito pela estatal à campanha petista em Minas Gerais. Marina disse que o caso é reflexo do sistema de reeleição, que considera “uma chaga neste País”. “A reeleição começou de forma errada, com compra de votos, inaugurando o mensalão no Congresso Nacional”, disse a ex-ministra em referência à denúncia de compra de voto para aprovar a emenda da reeleição no governo Fernando Henrique Cardoso (PSDB).

Marina repetiu que ela e sua coligação são contra a reeleição por ser um sistema que consideram gerar o aparelhamento do Estado e uso político das instituições públicas, como pode ter sido o caso dos Correios. “Esse tipo de prática deve ser condenado pela sociedade e, principalmente pela Justiça Eleitoral”, afirmou. Na coletiva realizada após visita à comunidade de Paraisópolis, na zona sul de São Paulo, Marina também rebateu as acusações recentes da adversária petista. Dilma disse ontem que Marina tem “desvio de caráter” por ter mentido sobre a forma que votou em relação à CPMF enquanto senadora. “Falta de caráter é vir a uma comunidade como essa e prometer um hospital e não cumprir depois de quatro anos. Isso sim é mentira”, disse a candidata ressaltando uma reclamação da comunidade de Paraisópolis quanto à promessa não cumprida pela presidente Dilma.

A campanha de Dilma também acusou Marina de andar com “gente da ditadura”, em referência ao apoio de Marina ao candidato ao Senado em Santa Catarina Paulo Bornhausen – filho de Jorge Bornhausen, que foi da Arena, partido de sustentação da ditadura. A propaganda também usa imagem de Heráclito Fortes, hoje candidato a deputado federal no Piauí, mas que foi do PFL e que agora “marinou”. “As companhias que a presidente tem, com (Fernando) Collor, (José) Sarney, (Paulo) Maluf, Renan Calheiros Jader Barbalho, essa sim é a verdadeira contradição, a contradição mais profunda que nós podemos encontrar na trajetória de pessoas que deveriam estar honrando essa trajetória”, afirmou Marina.

fonte: Estadão Conteúdo

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Olho Vivo disse:

    Porque será que todos dizem isso… Antes de assumir o poder? kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Joaquim Barbosa: 'Reeleição funciona como a mãe de todas as corrupções'

O ex-ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Joaquim Barbosa afirmou nesta terça-feira (16) que a reeleição funciona como a mãe de todas as corrupções.

“Em países em fase de consolidação institucional, a reeleição funciona como a mãe de todas as corrupções”, disse Barbosa durante seu discurso no 13° Congresso Internacional de Shopping Centers, na zona sul de São Paulo.

Barbosa atacou ainda o instituto da reeleição ao falar sobre mudanças que ele considera necessárias para o sistema institucional do país.

O ex-presidente do STF deve proferir outras quatro palestras na sequência, em Santa Catarina, agendadas pela ATA Palestras. Além de ministrar palestras, o ex-magistrado pretende, no futuro, trabalhar na área jurídica, elaborando pareceres.

SAÍDA DO SUPREMO

O ex-presidente do STF pediu sua aposentadoria do STF, onde poderia permanecer até 2024, quando completará 70 anos.

Em uma despedida discreta, sem discursos e homenagens, Barbosa definiu a sua atuação no STF como a de alguém que “comprou briga sempre que (…) havia tentativas de desviar-se do caminho correto, que é aquele traçado pela Constituição”.

Folha Press

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. João Brasil disse:

    Esqueceram quantos anos o PSDB governa Minas e São Paulo, foi? Porque não dão o exemplo e se afastam pra disputar as eleições como fez Mário Covas?

  2. Josias disse:

    Não entendo porque Lula não acabou com a reeleição? Engraçado é ver que o PT já vai para a segunda reeleição. Parece que se esqueceu que era contra. Estavam errados ao serem contra?

  3. Paulo disse:

    Fora PT – Partido dos Tranbiqueiros!!!!!!

  4. Jose Freire disse:

    Precisa dizer isso a FHC, o criador desse instituto a preço de ouro. Engraçado que só vemos que algo não presta quando é o nosso adversário que será beneficiado, kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  5. Tiago Dutra disse:

    Ou seja, FHC é a prostituta de todas as corrupções.
    E pensar que a emenda da reeleição foi aprovada com a compra de votos dos deputados por R$ 200 mil.
    É por essas e outras que o povo nunca mais deixará o PSDB voltar ao executivo federal e a rejeição a FHC é tão grande.

Eleições 2014: Rosalba está fora da disputa, DEM decide pelo apoio a Henrique

A Convenção Partidária do Democratas, realizada neste domingo (15), terminou agora há pouco com a decisão de que a governadora, Rosalba Ciarlini (DEM), encerra seu comando à frente do Executivo Estadual no final de 2014, pelo menos, por enquanto. Com um resultado de 121 contra 63 a favor da Rosa, 9 nulos, 2 brancos e 48 abstenções, o líder da legenda, senador José Agripino venceu e conseguiu convencer o colegiado a votar para que o DEM não lance candidato na majoritária e apoie o pré-candidato ao governo Henrique Eduardo Alves (PMDB) para administrar o Rio Grande do Norte, nos próximos quatro anos.

Durante a votação, encerrada as 13h30, os pró-rosalba apresentaram uma documentação com o aval de três partidos interessados na aliança para a disputa à reeleição da Rosa: PP, PEN e PRP. O clima foi de euforia pelos rosalbistas e preocupação dos liderados pelo senador José Agripino. Mesmo assim, o apoio não foi suficiente para manter a governadora no poder.

Rosalba votou e deixou a sede do DEM, no final da manhã de hoje (15) bastante otimista com o resultado e declarou: “aceitarei a decisão democrática”.

Antes da votação a governadora discursou, se emocionou e criticou a administração passada, liderada pelo PSB de Wilma de Faria e, mesmo assim, não convenceu.

 “Quem mais me estimulou a sair do meu consultório e lembro ainda hoje quando resistia foi doutor Tarcísio Maia: que chegou e me disse ‘venha fazer mais, pela cidade como um todo’. Ele foi um dos que tentou me colocar no caminho da vida pública”, disse emocionada no discurso de abertura da convenção.

E alfinetou a administração passada do PSB. “Íamos perder porque o Governo passado (Wilma de Faria) fez licitações vazias. Comecei o Governo sem saber o que teria no outro passo, mas fui em frente. A Copa era fundamental para o nosso turismo. A Prefeitura diz que tem R$ 2 bilhões para obras de mobilidade, mas se não tivesse a Copa não haveria esses recursos”, comentou.

Do outro lado, o senador José Agripino Maia afirmou que se a tese de Rosalba Ciarlini prosperasse não haveria chapa para proporcional.  “Se a chapa de Rosalba ganhar não teríamos direito a ter candidato a federal e estadual nenhum. O momento de compor o restante da chapa passou”, disse o presidente nacional e estadual do partido.

José Agripino mesmo contrariando a decisão do diretório estadual, colocou o nome de Rosalba na chapa para votação: proporcional ou reeleição da governadora, eram as opções.

“Sem grito, moderadamente vamos entregar uma coisa que, a rigor, contrariando opinião da assessoria jurídica do Democratas, coloco para convenção decidir. Eu não minto, estou baseado em informações precisas da área jurídica. Estamos defendendo interesse do partido, mas vamos colocar o nome da governadora. Se escolherem o nome dela (Rosalba) corremos o risco do TRE não aceitar o pedido de registro”, disse José Agripino.

O defensor de Rosalba, ex-deputado federal Ney Lopes ficou exaltado durante o discurso e disparou contra os “agripinistas”: “O que estão tentando fazer é cassação branca”. E completou dizendo que a eleição de Rosalba não prejudica a proporcional. “Queremos colocar a governadora no processo e os deputados continuarem”.

Mas, não adiantou, Rosalba agora vai ter que aceitar a decisão do DEM ou tentar achar uma “brecha” para dar continuidade ao seu sonho político e permanecer mais 4 anos no poder.

Está encerrada a novela “Rosalba e a reeleição”? Talvez, afinal, esse assunto ainda vai ser manchete de muitos jornais locais.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. roberto carlos disse:

    AGORA LASCOU DE VEZ! SERVIDORES, FORNECEDORES, ETC. ESTÃO TODOS FUDIDOS!
    SEM A POSSIBILIDADE DE DISPUTAR A REELEIÇÃO, ROSALBA VAI DEIXAR A BANDA VOAR!
    E AGORA? O PEDE, PEDE, SERÁ QUE VAI AUMENTAR PRÁ 30?
    PUTAQUIUPARIU! FUDEU DE VEZ!

CCJ do Senado aprova exigência de renúncia seis meses antes para chefes do Executivo tentarem reeleição

Duas propostas de emenda à Constituição que alteram regras eleitorais foram aprovadas, nesta quinta-feira, pela Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) do Senado. Uma das propostas torna obrigatória a renúncia dos chefes de Poder Executivo que se candidatem à reeleição, seis meses antes do pleito. A outra, veda o terceiro mandato de prefeitos, o que por vezes se torna possível por meio da mudança de domicílio eleitoral ao fim do segundo mandato. Os textos seguem para análise do plenário.

A exigência de afastamento consta de substitutivo do senador Luiz Henrique (PMDB-SC) à PEC apresentada pelo do ex-senador Wilson Santiago (PMDB-PB). A proposta original determinava a desincompatibilização do presidente, do governador e do prefeito como condição para a candidatura à reeleição. Na versão original, o autor propôs o “afastamento do cargo” em vez de renúncia. Para o relator, no entanto, a redação poderia dar margem a interpretações de que esse afastamento não seria definitivo.

Luiz Henrique (PMDB-SC) argumenta que, desde a instituição da reeleição, já foram realizadas eleições para presidente da República, governador e prefeito em número suficiente para permitir concluir, pela experiência, que é inadequado o chefe do Executivo concorrer à reeleição sem se afastar do cargo.

Em sua opinião, “a reeleição introduziu um viés quase insuperável em favor da continuidade da administração” e a dificuldade de distinção entre os papéis de candidato e de mandatário produz um favorecimento incompatível com um processo eleitoral realmente democrático, ainda que o governante-candidato aja de boa-fé e não abuse do poder que detém. O relator também menciona que já houve muitos casos de abuso de poder por candidatos à reeleição.

Prefeitos itinerantes

A proposta apresentada pelo senador João Vicente Claudino (PTB-PI), que veda o terceiro mandato de prefeitos, foi aprovada com modificações propostas pelo relator, senador Valdir Raupp (PMDB-RO). O texto original visa impedir a prática dos chamados prefeitos itinerantes – que mudam de domicílio eleitoral no último ano do segundo mandato para tentar um terceiro mandato em município vizinho.

Raupp concorda com a necessidade de norma para acabar com essa prática, mas discorda da medida punitiva de perda de mandato, proposta pelo autor. O senador pondera que a mudança de domicílio eleitoral é um ato lícito e, por isso, não pode motivar a perda de um mandato. O que fere a Constituição, diz ele, “é a perpetuação no poder e o apoderamento de unidades federadas para a formação de clãs políticos ou hegemonias familiares”.

O foco, ressalta, deve ser o veto ao terceiro mandato. Assim, ele propõe incluir parágrafo ao artigo 14 da Constituição para prever que presidente da República, governadores, prefeitos “e quem os houver sucedido ou substituído no curso dos mandatos poderão ser reeleitos para um único período subsequente, vedado o terceiro mandato consecutivo, ainda que em circunscrição diversa”.

Durante a reunião, o senador José Pimentel (PT-CE) propôs um acréscimo a essa redação, para deixar explícito tratar-se de proibição de terceiro mandato para o mesmo cargo. Essa emenda foi aprovada pela CCJ.

— Se não for feita esta modificação, governadores que cumpriram dois mandatos no Executivo não poderão concorrer ao Senado, por exemplo — justificou.

O Globo