Operação Lei Seca em Natal registra quarta autuação seguida para a mesma condutora; multas podem chegar a R$ 21 mil, informa Detran-RN

FOTO: DETRAN/RN

A Operação Lei Seca do Departamento Estadual de Trânsito do RN (Detran) flagrou pela quarta vez uma mesma condutora dirigindo veículo sob influência de álcool pelas ruas da capital. Dessa vez a motorista foi abordada numa blitz montada na Rua da Saudade, bairro de Nova Descoberta, zona Sul de Natal.

De acordo com o coordenador da Operação Lei Seca, capitão Isaac Paiva, as infrações por alcoolismo na condução de veículos as quais a condutora foi alvo são todas de 2017 para cá, ou seja, em pouco mais de dois anos a mesma motorista foi flagrada quatro vezes. O dado mostra que somente em multa as autuações podem chegar a R$ 21 mil, já que reincidências na Lei Seca em menos de 12 meses gera valor em dobro na infração.

O capitão contou que outra irregularidade encontrada na abordagem foi que o veículo o qual era conduzido pela autuada estava com diversas pendências de infração, chegando a contabilizar R$ 29 mil em débitos. “O veículo foi removido ao pátio de apreensão do Detran e a cidadã autuada novamente”, informou o coordenador.

Durante a semana outras blitzen foram realizadas pela Operação Lei Seca, além de Nova Descoberta, as fiscalizações aconteceram na Via Costeira e na RN 160, na região de São Gonçalo do Amarante.

No total, foram fiscalizadas 643 pessoas, sendo 64 autuadas por embriaguez e 45 autos por infrações diversas foram contabilizados.

Detran- RN: Operação Lei Seca prende motorista que bateu em viatura e autua outros 33

Foto: Detran-RN

A Operação Lei Seca do Departamento Estadual de Trânsito do RN (Detran) prendeu um homem que tentou se evadir da blitz realizada na madrugada dessa quinta-feira (25) no prolongamento da Avenida Prudente de Morais. Ao avistar a barreira o condutor alcoolizado deu ré no veículo por cerca de 500 metros e colidiu com uma viatura da Operação Lei Seca que realizava contenção na retaguarda do enfileiramento de automóveis.

De acordo com o coordenador da Operação Lei Seca, capitão Isaac Paiva, a tentativa de fuga do condutor não resultou em vítimas, tendo apenas causado danos materiais na viatura da Lei Seca e no carro conduzido pelo motorista. “O cidadão foi detido, realizou o teste do etilômetro e foi constatado a quantidade de 0.64mg/l de álcool, que é quase o dobro do valor mínimo relativo ao enquadramento de crime de trânsito, por isso ele foi preso e levado à Delegacia de Plantão”, contou. O capitão Isaac ainda informou que todos os procedimentos legais foram tomados para responsabilizar o motorista detido pelos danos materiais causados na tentativa de fuga.

Na blitz os policiais militares ainda fiscalizaram 321 veículos e autuou 34 condutores por desrespeito à Lei Seca. O motorista flagrado dirigindo embriagado é punido com retenção da CNH, apreensão do veículo, que só será liberado com a presença de um condutor habilitado, multa no valor de R$2.934,70 e sete pontos na carteira, além de outras penalidades administrativas (artigo 165 CTB). Isso se o teste de bafômetro acusar até 0,33 mg/l de álcool por litro de sangue no organismo ou se ele se recusar a fazê-lo.

Se o teste acusar a partir de 0,34 mg/l, ou se ele se recusar a fazê-lo, mas apresentar sinais visíveis de embriaguez, além de responder nos termos do artigo 165, vai ser enquadrado no artigo 306 (crime de trânsito): será preso e conduzido à Delegacia de Polícia, onde será iniciado o devido processo legal, respondendo pelo crime que prevê a punição de seis meses a três anos de prisão.

Operação Lei Seca no RN autuou 42 pessoas durante o carnaval

Operação Lei Seca

A Operação Lei Seca abordou mais de 700 veículos nesse carnaval, resultando em 42 pessoas autuadas por embriaguez e um condutor preso por dirigir com concentração maior que 0.33 mg/l.

Além disso, outros 29 autos por infrações diversas foram feitos na mesma ocasião, como dirigir sem CNH e com documentos vencidos. As abordagens aconteceram em todos os dias do carnaval, tanto em Natal, nos polos Ponta Negra e Petrópolis, quanto em Pirangi.

Diretor do Detran recebe apresentação técnica da Operação Lei Seca no RN

O diretor-geral do Detran, Octávio Santiago Filho, recebeu da Coordenação da Operação Lei Seca um relatório completo mostrando as ações desenvolvidas pelo efetivo durante todo o ano de 2018. O documento também aponta comparativos importantes com anos anteriores e a projeção da Operação Lei Seca do RN a nível de Brasil.

Antes da entrega do relatório, foi apresentado ao diretor Octávio Santiago uma geral do que significa a Operação Lei Seca. A apresentação feita por meio de slides mostrou números importantes sobre as autuações realizadas, arrecadação com multas e a preservação de vidas por meio do combate a mistura álcool e direção.

Um ponto importante da explanação foi no tocante a utilização do efetivo da Operação Lei Seca, que atua não somente com blitzen direcionadas a fiscalização de condutores e veículos, mas também desenvolvendo ações de patrulhamento ostensivo e preventivo por meio das Operações Bairro Limpo e Praia Segura.

O documento ainda detalha a atuação da Operação Lei Seca do RN num comparativo nacional com operações desenvolvidas em outros estados brasileiros. Os dados são coletados por meio das ações de Mobilização Nacional do Denatran e do Fórum Permanente de Operações Lei Seca do Brasil, que realiza uma vez por mês no território nacional uma blitz reunindo as coordenações da Lei Seca dos estados brasileiros.

Nos relatórios emitidos pelo Denatran, a presença do Rio Grande do Norte muitas vezes assume a liderança ou lugar de destaque nos quesitos avaliados, como Quantidade de Autos de Infração de Trânsito (AITs); número de Condutores Abordados; e o cálculo de Teste de Etilômetro efetivados proporcionalmente pelas equipes.

O diretor Octávio Santiago parabenizou o trabalho da Operação Lei Seca e ficou de avaliar o relatório no sentido de proporcionar melhor estrutura para que o serviço continue atendendo a missão de preservar vidas e combater ilícitos. “É um trabalho importante”, definiu o diretor.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. DanieleSouza disse:

    Vi no face, que Fátima Bezerra acabou com a lei seca no rn.
    Isso é vdd?

  2. paulo disse:

    BG
    Precisa tornar público os valores arrecadados com as multas e onde estão sendo usados os recursos.

Operação Lei Seca finaliza novembro com duas grandes blitzen em Natal e Parnamirim; 76 condutores flagrados dirigindo veículos sob influência de bebida alcoólica

O Departamento Estadual de Trânsito do RN (Detran) encerrou os dois últimos dias do mês de novembro com duas grandes blitzen de fiscalização realizadas pela Coordenação da Operação Lei Seca. As intervenções que aconteceram nos municípios de Natal e Parnamirim mobilizaram todo o efetivo operacional, resultando na fiscalização de mais de 800 motoristas em duas operações.

Durante a ação os policiais conseguiram flagrar 76 condutores dirigindo veículos sob influência de bebida alcoólica. Um deles chegou a ser detido e conduzido à Delegacia após a constatação de índice de embriaguez dentro dos parâmetros que tipifica crime de trânsito. A operação ainda registrou 27 infrações de trânsito por motivos diversos e um veículo foi retido e conduzido ao pátio de automóveis apreendidos do Detran.

O coordenador da Operação Lei Seca do Detran, tenente-coronel Francisco Flávio dos Santos, informou que as blitzen serão intensificadas neste final de ano, principalmente nas proximidades de datas comemorativas. “Ressaltamos que as operações da Lei Seca estão sendo intensificadas nesse período de férias, festejos de final de ano e operação verão. Tudo visando evitar acidentes e possíveis vítimas. As blitzen irão ser realizadas em vários locais e horários diversos. A população deve se conscientizar do grande perigo de beber e dirigir”, alertou.

De acordo com dados coletados pelo setor de Estatística do Detran, nos 10 primeiros meses deste ano a Operação Lei Seca fiscalizou 29.288 motoristas. Desse total, 2.618 foram flagrados dirigindo alcoolizado, sendo 93 presos por crime de trânsito. “Esses números nos faz ver a importância da Operação Lei Seca para a preservação da vida no trânsito, pois são quase três mil motoristas embriagados que conseguimos tirar de circulação e possivelmente preservar as suas vidas e a de terceiros”, argumentou o diretor-geral do Detran, Eduardo Machado.

O motorista flagrado dirigindo embriagado é punido com retenção da CNH, apreensão do veículo, que só será liberado com a presença de um condutor habilitado, multa no valor de R$2.934,70 e sete pontos na carteira, além de outras penalidades administrativas (artigo 165 CTB). Isso se o teste de bafômetro acusar até 0,33 mg/l de álcool por litro de sangue no organismo ou se ele se recusar a fazê-lo.

Se o teste acusar a partir de 0,34 mg/l, ou se ele se recusar a fazê-lo, mas apresentar sinais visíveis de embriaguez, além de responder nos termos do artigo 165, vai ser enquadrado no artigo 306 (crime de trânsito): será preso e conduzido à Delegacia de Polícia, onde será iniciado o devido processo legal, respondendo pelo crime que prevê a punição de seis meses a três anos de prisão.

Operação Lei Seca realiza fiscalização no litoral Sul do estado; em Natal, 53 infrações são registradas neste fim de semana

O Departamento Estadual de Trânsito do RN (Detran) por meio da Operação Lei Seca intensificou as ações de fiscalização de condutores e de veículos automotores que utilizam as vias litorâneas. A medida busca alertar os motoristas para os procedimentos de segurança no tráfego, como também autuar aqueles que permanecem infringindo as normas legais do Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

A primeira ação da operação denominada Praia Segura ocorreu durante o final de semana, quando os policiais da Lei Seca patrulharam e abordaram motoristas e veículos no trecho do litoral Sul que vai de Pium até a praia de Barreta. Durante as abordagens foram realizados testes de etilômetro e orientado os condutores a não dirigir após fazer uso de bebida alcoólica.

As equipes ainda alertaram os bugueiros profissionais sobre o respeito às áreas de preservação ambiental e as faixas de areia privativas aos banhistas e pedestres, como também o perigo da superlotação dos bugres em percursos em dunas ou mesmo em rodovias. A fiscalização lembrou que a circulação de veículos é proibida na orla, no sentido de evitar ocorrências de acidentes envolvendo banhistas que estão utilizando as praias. Nessa situação, o motorista infrator é autuado no artigo 187 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), sendo a infração de natureza média, com perda de quatro pontos na CNH e multa no valor de R$ 130,16, podendo o veículo ser apreendido, caso o condutor não respeite a determinação do agente de retirada do automóvel da área proibida de circulação.

“Essas são as primeiras ações da Lei Seca já visando o veraneio que se aproxima e nos próximos dias o Comando da Lei Seca irá intensificar ainda mais a Operação Praia Segura no litoral do RN”, comentou o coordenador da Operação Lei Seca, tenente-coronel Francisco Flávio dos Santos.

Operação República

A Coordenação da Operação Lei Seca divulgou nesta segunda-feira (19) o resultado das blitzen realizadas durante o feriadão da Proclamação da República. As intervenções ocorreram nas avenidas Ayrton Senna e na Prudente de Morais, em Natal. No total foram contabilizados 690 testes de etilômetro, sendo registradas 53 infrações por desrespeito à Lei Seca e dois condutores presos por crime de trânsito. A ação resultou na fiscalização de 728 motoristas.

Detran intensifica Operação Lei Seca durante Semana Nacional de Trânsito

O Departamento Estadual de Trânsito do RN (Detran) vem dando sequência as ações de conscientização e fiscalização dentro da Semana Nacional de Trânsito (SNT), que iniciou na terça-feira (18) e segue até o início da próxima semana. Dessa vez, foi montada uma blitz específica da Operação Lei Seca nas imediações do Estádio Arena das Dunas, em Natal. As abordagens iniciaram na noite dessa quinta-feira (20) e foram concluídas na madrugada desta sexta-feira (21).

No total foram fiscalizados 247 condutores e efetivados 223 testes de etilômetro (bafômetro). Durante as abordagens, um motorista foi preso sob acusação de crime de trânsito, já que o teste de alcoolemia realizado deu um índice dentro do que especifica a lei como crime. Outros 24 condutores foram autuados administrativamente por desrespeito à Lei Seca. Um veículo foi retido e levado ao pátio de automóveis apreendidos do Detran e cincos outras autuações por motivos diversos foram registradas.

As abordagens não se limitaram a fiscalização das normas estabelecidas pela Lei Seca. Os condutores fiscalizados tiveram a documentação pessoal de habilitação e a dos veículos averiguadas pelos policiais. A iniciativa busca também combater o roubo de automóveis na capital.

O diretor-geral do Detran, Eduardo Machado, informou que novas ações de fiscalização e de educação serão empreendidas pelo Órgão durante a Semana Nacional de Trânsito. Ele também comemorou a redução nos números de mortos no tráfego divulgado em relatório do Ministério da Saúde, que registrou Natal como a segunda cidade do país em redução de mortes no trânsito, alcançando uma diminuição de 45,9% no período de 2010 a 2016.

“É um dado importantes, pois são vidas que estão sendo preservadas. Isso se deve muito a conscientização da sociedade por meio das campanhas educativas de trânsito e da fiscalização permanente, ações essas que o Detran investe sistematicamente”, comentou Eduardo Machado.

Já coordenador da Operação Lei Seca, tenente-coronel Francisco Flávio dos Santos, ressaltou a importância da fiscalização. “A Operação Lei Seca no RN está cada vez mais forte, eficiente e eficaz trabalhando por um trânsito mais seguro e isso é traduzido em números que apontam para um trânsito menos violento”, disse.

A SNT é prevista no Código de Trânsito Brasileiro (CTB) e tem a finalidade de conscientizar a sociedade para a criação de um ambiente favorável de valorização da vida, focando o desenvolvimento de valores, posturas e atitudes, no sentido de garantir a segurança e o direito de ir e vir dos cidadãos no trânsito.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. HSA disse:

    A impressão que tenho é que as blitz da lei seca só acontecem na zona Sul de Natal! Será que nas outras regiões da capital os motoristas não dirigem após fazer uso de bebidas alcoólicas?

Operação Lei Seca fiscaliza 1.059 motoristas durante a última semana em Natal; 118 autos de infração

A Coordenação da Operação Lei Seca do Departamento Estadual de Trânsito do RN (Detran) divulgou nesta segunda-feira (17) o balanço das operações realizadas no decorrer da última semana. Os dados mostram que foram efetivados 1.059 testes de etilômetro em três operações desenvolvidas na capital potiguar, resultando na lavratura de 118 autos de infração, sendo 91 por infração a Lei Seca.

As ações de fiscalização ainda flagraram quatro veículos circulando nas ruas em situação irregular. Os policiais retiveram os automóveis, que foram levados para o pátio do Detran onde são acondicionados os veículos apreendidos por estarem em desacordo com a legislação.

As intervenções dos policiais da Operação Lei Seca não se mantiveram apenas na fiscalização com foco no combate ao motorista que insiste em beber e dirigir. A Operação também desempenhou o serviço de patrulhamento tático móvel na área dos bairros onde as fiscalizações foram realizadas. Durante as rondas suspeitos são abordados e passam por revista pessoal. A ação policial tem o objetivo de prevenir as ocorrências de crimes com a presença mais efetiva do patrulhamento.

O diretor-geral do Detran, Eduardo Machado, lembrou que essa forma de atuação da Operação Lei Seca unindo a fiscalização com o patrulhamento é um modelo que vem sendo incentivado e ampliado pelo Órgão. “Sabemos da necessidade de segurança da população e diante disso buscamos contribuir mais ampliando o patrulhamento realizado pelos policiais da Lei Seca”, informou.

Já o coordenador da Lei Seca, tenente-coronel Francisco Flávio dos Santos, explicou que as fiscalizações serão ampliadas durante esta semana devido as ações comemorativas a Semana Nacional do Trânsito. “Voltamos a alertar aos condutores que insistem em dirigir após ingerir bebida alcoólica que não arrisquem, respeitem a vida. As nossas operações serão intensificadas mais ainda visando marcar a Semana Nacional do Trânsito”, comentou.

 

Operação Lei Seca recupera moto roubada e prende suspeito na zona Norte

O trabalho ostensivo e preventivo realizado pelos policiais da Operação Lei Seca do Departamento Estadual de Trânsito do RN (Detran) conseguiu na noite dessa segunda-feira (20) recuperar uma motocicleta com queixa de roubo e deter o suspeito do delito, que chegou a efetuar disparos de arma de fogo contra a guarnição. A ação se deu durante patrulhamento realizado no bairro de Lagoa Azul, na zona Norte da capital.

De acordo com informações repassadas pelo coordenador da Operação Lei Seca, tenente-coronel Francisco Flávio dos Santos, os policias realizavam abordagens a veículos e pessoas quando uma motocicleta entrou na rua onde acontecia a fiscalização. Nesse momento, o condutor percebeu a presença dos policiais, abandonou o veículo e partiu em fuga a pé. “O suspeito foi perseguido, inclusive chegou a efetuar disparos de arma de fogo contra os policiais, mas após o cerco e as buscas realizadas, o indivíduo acabou sendo localizado e preso”, contou.

Durante a perseguição, o suspeito chegou a invadir residências e saltar muros na tentativa de escapar da ação policial, porém não teve êxito. Os policiais conseguiram identificar o proprietário da motocicleta roubada que veio ao local e reconheceu o suspeito como um dos dois integrantes que anunciaram o assalto e tomaram a moto na mesma noite, na cidade de Extremoz. A vítima contou ainda que os bandidos estavam num automóvel modelo Ecosport e portavam armas de fogos no momento do roubo.

Os policiais da Operação Lei Seca conduziram o detido a Delegacia de Plantão da Zona Norte onde foi registrada a prisão em flagrante delito. Em seguida, a motocicleta foi devolvida ao proprietário, que agradeceu a ação eficiente das guarnições da Operação Lei Seca.

O serviço de patrulhamento ostensivo preventivo é uma medida tomada pela Direção Geral do Detran em acordo com a Coordenação da Operação Lei Seca. O plano é de além de combater a mistura ilegal de álcool e direção, contribuir com a segurança pública inibindo crimes.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Claudia Maria V. de melo disse:

    Com certeza, hoje não votaria no governador, porque fui muito maltratadas pelos atrasos, mas ainda acho que ele poderia merecer mais 4 anos, para isso é essencial que pague o 13º do retante dos funcionários e pensionistas, como eu, ai co certeza voto nele.

  2. Abraão Queiroga Formiga disse:

    Se Robinson pagar o décimo este mês ganhará a eleição

    • Ceará-Mundão disse:

      Diante das opções que estão postas, concordo com você. Nunca foi tão difícil escolher o "menos ruim" mas também penso assim.

FOTOS: Operação Lei Seca emprega policiamento ostensivo na zona Sul de Natal

Policiais da Operação Lei Seca do Departamento Estadual de Trânsito do RN (Detran) reforçaram nessa terça-feira (14) o patrulhamento ostensivo em bairros da zona Sul de Natal. O policiamento móvel teve início às 17h e seguiu até às 23h fortalecendo a segurança dos bairros de Candelária, Potilândia e Nova Descoberta.

De acordo com o coordenador da Operação Lei Seca, tenente-coronel Francisco Flávio dos Santos, foram utilizadas duas guarnições operacionais disposta em duas viaturas que circularam nas ruas e realizaram ponto base em locais de maior circulação de pessoas e veículos. “A ação provocou agradecimentos da comunidade aos policiais militares por motivo da Operação Lei Seca está contribuindo para uma melhor segurança pública”, comentou.

O diretor do Detran, Eduardo Machado, explicou que as atividades operacionais de policiamento ostensivo preventivo realizada pelo efetivo da Lei Seca tem a missão de contribuir com a segurança pública e foi uma medida tomada pela Direção do Detran e a Coordenação da Operação. “Na semana passada foram empreendidas ações em bairros da zona Oeste e agora iniciamos também na zona Sul de Natal, sempre buscando inibir o crime e zelar pela segurança do cidadão”, alegou.

Durante o patrulhamento foram realizadas diversas abordagens a pessoas e veículos, onde os policiais averiguaram a documentação do automóvel e do cidadão abordado. O plano é inibir ações delituosas na área do patrulhamento, a exemplo de roubos, principalmente de veículos, lojas comerciais e residências.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. HSA disse:

    Parabéns a coordenação pela iniciativa.

  2. Cabral disse:

    Quanto mais o dia da eleição se aproxima, mais policiamento ostensivo teremos nas ruas. Daqui a pouco teremos as motos nas ruas. Sem ser 7 de setembro!!!

Operação Lei Seca na última semana resulta na lavratura de 96 autos de infração, sendo 76 por infração, e ainda três condutores presos

A Coordenação da Operação Lei Seca do Departamento Estadual de Trânsito do RN (Detran) divulgou nesta terça-feira (14) o balanço das operações realizadas no decorrer da última semana. Os dados mostram que foram efetivados 903 testes de etilômetro nas várias operações desenvolvidas na capital potiguar, resultando na lavratura de 96 autos de infração, sendo 76 por infração a Lei Seca, com três condutores presos por crime de trânsito.

As ações de fiscalização ainda flagraram sete veículos circulando nas ruas em situação irregular. Os policiais retiveram os automóveis, que foram levados para o pátio do Detran onde são acondicionados os veículos apreendidos por estarem em desacordo com a legislação.

As intervenções dos policiais da Operação Lei Seca não se mantiveram apenas na fiscalização com foco no combate ao motorista que insiste em beber e dirigir. A Operação também desempenhou o serviço de patrulhamento tático móvel na área dos bairros que compreendem a zona Oeste de Natal. Durante as rondas diversos suspeitos foram abordados e passaram por revista pessoal. A ação policial tem o objetivo de prevenir as ocorrências de crimes com a presença mais efetiva do patrulhamento.

O diretor-geral do Detran, Eduardo Machado, lembrou que essa forma de atuação da Operação Lei Seca unindo a fiscalização com o patrulhamento é um modelo que vem sendo incentivado e ampliado pelo Órgão. “Sabemos da necessidade de segurança da população e diante disso buscamos contribuir mais ampliando o patrulhamento realizado pelos policiais da Lei Seca”, informou.

Já o coordenador da Lei Seca, tenente-coronel Francisco Flávio dos Santos, explicou que quando a Operação vai além da fiscalização do trânsito ela se torna uma ferramenta capaz de evitar e combater vários tipos de delitos. “Ações como essas são necessárias para aproximar cada vez mais a Operação Lei Seca da comunidade. Além de realizar policiamento ostensivo para garantir a segurança dos cidadãos, demonstra que a lei seca é mais que uma operação para coibir o uso de álcool, ela é uma atividade policial como a exercida por qualquer outra unidade policial do Estado”, comentou.

 

FOTOS: Operação Lei Seca realiza policiamento ostensivo na zona Oeste de Natal

Os bairros de Cidade Nova, Guarapes e Leningrado foram alvos de uma ação de segurança preventiva realizada na noite dessa terça-feira (08), pela equipe da Operação Lei Seca do Departamento Estadual de Trânsito do RN (Detran). A medida teve o objetivo de evitar atos criminosos na região patrulhada pelos policiais militares da Lei Seca.

Durante a ação preventiva alguns suspeitos foram abordados e verificadas a posse de arma e drogas, porém nenhum aspecto dessa natureza foi flagrado pelos policiais. A ação resultou na apreensão de uma motocicleta, foi detectado um roubo de energia elétrica trazendo perigo de acidentes para a população e os policiais foram os primeiros a chegarem numa tentativa de homicídio. A área foi isolada e foi realizada diligência na tentativa de identificar suspeitos.

Para o diretor do Detran, Eduardo Machado, o patrulhamento contribui com a segurança do cidadão evitando, principalmente, a ocorrência de roubos e outros delitos. “É mais uma maneira da Operação Lei Seca zelar ainda mais pela segurança pública, já que essa iniciativa age prevenindo e combatendo ocorrências de criminalidade”, comentou.

A Operação de patrulhamento ostensivo já empregada outras vezes pela equipe da Lei Seca do Detran é responsável pela prisão de acusados de roubo, pela recuperação de veículos roubados e por inibir ações delituosas nas áreas onde os policiais estão patrulhando. O serviço é mais uma contribuição do Detran para a segurança do cidadão.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Waldemir disse:

    Eu sou a favor da LEI SECA mas eles já que estão parando os veículos deverião ver a documentação do veiculo também

    • paulo disse:

      BG
      Outra coisa que não só a policia de transito, mais todos os demais Órgãos de segurança ( policia ambiental,Bope,Choque, GTO,etc)deveriam atuar é contra motoqueiros que andam com suas motos sem o SILENCIOSO de escape trazendo barulho ensurdecedor, com essa infrigencia as leis de transito deveriam terem suas motos apreendidas , multar e só sair do Detran com o silencioso original, também ir as empresas que vendem esses equipamentos irregulares e apreende-los, basta de desordem e por mais qualidade de vida

FOTO: Operação Lei Seca recupera carro roubado no bairro da Cidade Alta

Policiais da Operação Lei Seca do Departamento Estadual de Trânsito do RN (Detran) recuperaram na manhã desta sexta-feira (03), um carro roubado modelo Ecosport, placas OWB 4008. O automóvel foi localizado na Rua 25 de Março, no bairro das Quintas, zona Oeste da cidade.

O automóvel havia sido tomado de assalto na noite de ontem (02), no bairro de Cidade Alta, quando o motorista do veículo estacionava na frente da residência de um familiar. De acordo com informações da vítima, quatro homens armados anunciaram o assalto e além de tomarem o carro recuperado pelos policiais da Operação Lei Seca, roubaram outro veículo pertencente a família.

O Ford Ecosport foi encontrado estacionado no bairro das Quintas, onde foi percebido a ação suspeita por um dos policiais militares, sendo iniciada a abordagem e verificação cadastral do automóvel que denunciou o roubo do veículo. Os policiais empreenderam diligências na região no intuito de localizar e prender os suspeitos do roubo, porém não obtiveram êxito.

O carro recuperado foi levado para a Delegacia Especializada em Defesa de Propriedade de Veículos e Cargas (Deprov) onde foram registrados os procedimentos de resgate do automóvel e devolução do mesmo ao legítimo proprietário.

Operação Lei Seca recupera carro roubado e apreende arma de fogo em Macaíba

Agentes da Operação Lei Seca do Departamento Estadual de Trânsito do RN (Detran) realizaram na noite do sábado (10) e madrugada desse domingo (11), uma blitz na cidade de Macaíba, nas proximidades de uma vaquejada que acontecia naquele município. A ação resultou na recuperação de um veículo modelo corola, placas OWE 2159, que constava com queixa de roubo.

Os policiais da Lei Seca ainda apreenderam uma espingarda calibre 12 de fabricação caseira e munições. Sessenta e quatro condutores foram flagrados dirigindo sob efeito de bebida alcóolica e 25 infrações por motivos diversos foram registradas. No total, 195 motoristas tiveram seus automóveis e documentações fiscalizadas.

O coordenado da Operação Lei Seca no RN, capitão Isaac Paiva, relatou que para recuperar o veículo roubado foi preciso realizar perseguição. “O condutor foi parado na blitz e após uma breve hesitação, rompeu a barreira passando por cima de cones e empreendeu fuga”, contou

O veículo em fuga foi seguido por uma viatura de patrulhamento da Lei Seca. “Em dado momento o veículo sumiu de vista e acabou perdendo o controle e batendo numa mureta. O condutor conseguiu fugir e no banco traseiro encontramos uma arma calibre 12 de fabricação caseira municiada”, concluiu o capitão Isaac.

O automóvel roubado circulava com placas clonadas pertencente a outro veículo do mesmo modelo.

Operação Lei Seca autua 161 condutores no carnaval; ações foram concentradas nos polos carnavalescos de Caicó e Parnamirim – Praia de Pirangi

A Coordenação da Operação Lei Seca do Departamento Estadual de Trânsito do RN (Detran) divulgou nesta terça-feira (20), os resultados das fiscalizações realizadas durante o período do carnaval. As ações foram concentradas nos polos carnavalescos de Caicó e Parnamirim, mais precisamente na Praia de Pirangi, no litoral Sul.

De acordo com informações repassadas pelo coordenador da Operação Lei Seca, capitão Isaac Paiva, em Caicó foram abordados 379 condutores, sendo 77 autuados por embriaguez ao volante. Desse total, três motoristas foram enquadrados em crime de trânsito e foram presos pelos policiais militares.

Já na Praia de Pirangi a ação resultou na abordagem a 1.081 condutores, chegando a flagrar 84 motoristas em desacordo com a Lei Seca e seis deles foram presos por crime de embriaguez ao volante. “Uma coisa interessante é que em Pirangi foram abordados praticamente três vezes mais condutores do que em Caicó, mas proporcionalmente foram autuados por embriaguez muito menos. Provavelmente isso se deve ao fato de que em Natal e região metropolitana as operações da Lei Seca são bastante frequentes e isso tem surtido efeito”, concluiu o capitão Isaac.

No caso da Lei Seca, o motorista flagrado dirigindo embriagado é punido com retenção da CNH, apreensão do veículo, que só será liberado com a presença de um condutor habilitado, multa no valor de R$2.934,70 e sete pontos na carteira, além de outras penalidades administrativas (artigo 165 CTB). Isso se o teste de bafômetro acusar até 0,33 mg/l de álcool por litro de sangue no organismo ou se ele se recusar a fazê-lo.

Se o teste acusar a partir de 0,34 mg/l, ou se ele se recusar a fazê-lo, mas apresentar sinais visíveis de embriaguez, além de responder nos termos do artigo 165, vai ser enquadrado no artigo 306 (crime de trânsito): será preso e conduzido à Delegacia de Polícia, onde será iniciado o devido processo legal, respondendo pelo crime que prevê a punição de seis meses a três anos de prisão.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Tomaz disse:

    Sem show mediático

REVIRAVOLTA: Após reunião, secretaria de segurança diz que Tenente Styvenson segue à frente da operação Lei Seca

tenente styvenson valentim   lei secaRobinson e StvUm reviravolta ocorreu nesta no caso do afastamento do tenente Styvenson da Lei Seca. De acordo com a secretaria de segurança pública do RN, o ” Xerife do Trânsito” continuará no comando da operação.

Ontem, o tenente havia feito o anúncio de sua saída em entrevista ao jornal de Hoje. A alegação para o afastamento era a falta de investimento nas blitz da lei seca em 2015.

Os detalhes que definiram a permanência do homem forte da fiscalização do trânsito não foram divulgadas.

Com acréscimo de informações e imagem do Via Certa Natal

http://www.viacertanatal.com/2015/04/reviravolta-apos-reuniao-secretaria-de.html

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. NETO disse:

    Parabéns a Sergio Nogueira e Paulo Brandão, bem sensatos

  2. Brilhante disse:

    Comentar…A Lei Seca existe no país todo! A grande questão é fazer como trabalho de fiscalizar ou de aparecer! Não se tem apenas um e sim uma equipe inteira por trás disso! Não precisa filmar, dar entrevistas e querer jogar para a sociedade o seu trabalho, até porque essa é a sua função e não uma vaga para ator!

  3. luiza disse:

    Sábia decisão. Trabalho sério, aplaudido por toda a população. Qualquer um que tenha tido a oportunidade de frequentar a emergência de um grande hospital sabe o quanto se morre (e se mata) de graça nessa terra, apenas pelo mau costume (leia se crime) de beber e dirigir. Não é fácil mudar um hábito, mas o interesse da coletividade deve prevalecer. Parabéns ao governador pela demonstração de espírito público e sucesso ao nosso herói.

  4. Observador disse:

    Sobre a candidatura do tenente, isso é indiscutível .
    Mas, voltando a falar sobre trânsito , gostaria de entender qual a técnica moderna , e apurada, para fazer a " Blitz" no litoral sul, precisamente em Pium , início da noite do domingo passado. Permaneci aproximadamente 45 minutos, numa FILA BURRA , para poder " SABER" se seria vistoriado , ou não . Acho que alunos , com dez anos de idade, teriam amplas condições de organizar aquele " GOL CONTRA ", ou seria de marketing Rsrsrsrs , que foi PLANEJADO para aquela data, vejam os senhores, na Páscoa. Esqueceram de disponibilizar o helicóptero , com visão noturna , pois se houvesse uma emergência médica o doente teria que voar, ou se materializar no hospital para ser salvo . Um show bizarro para muitos , que sequer entendiam o que acontecia, pois na vdd. os bandidos de Alcacus preparavam sua fuga tranqüilamente . Uma blz. rsrsrsrs . Que brilhem as estrelas nas terras de Poty !!!

  5. teresa disse:

    Espero que agora ele tenha melhores condições de trabalho. Uma equipe maior. Gostei, fica STYVENSON . Não poderia perder uma pessoa disciplinada, educada, bom profissional .

  6. AURELIANO disse:

    É claro, diante de uma repercursão dessa invergatura o governador não teria outra alternativa a não ser dá o ar de sua graça, pois até agora o chefe do executivo potiguar ainda não conhecia a sua excelencia o tenente Stivenson. notava-se claramente que existia uma política de desagravo ao trabalho do homem forte da lei seca, ele mexeu com os poderosos, prendeu peixe graúdo, mas com essa mudança! acho que o governador ouviu e viu as redes sociais e tbm fora avisado do paço atrás que vinha danddo sobre esse caso, agora tudo resolvido, o tenente Stivenson continua nas blitz e a paz volta a reinar no reino de avilã, bom para a sociedade, bom para os que bebem, porem não dirigem, antes tarde do que nunca, reconhecer um grave erro é tbm um ato de bravura ou simplesmente uma atitude louvável da sua exceléncia, GOVERNADOR ROBINSON FARIA.

  7. Luciano disse:

    Os riquinhos e playboys piram!
    Parabéns governador!
    Blitzen neles tenente!!!

  8. policial militar disse:

    No início da operação, esse ten era repudiado por grande parte de seus pares, superiores e subordinados. No entanto, hoje todos o aplaudem! Parabéns governador…….

  9. Sergio Nogueira disse:

    Vamos ver se depois de tanto mimimi pela imprensa veremos blitz na Zona Norte, Oeste, ver se vão ficar no cara crachá ou finalmente vão dar segurança a população prendendo MARGINAIS e recuperando veículos roubados.
    Mas sendo justo, se tem uma pessoa que sabe usar a mídia para se promover…

  10. frasqueirino disse:

    Atitude correta do Governador manter Styvenson no comando da Operacao Lei Seca.

  11. PAULO BRANDÃO disse:

    QUER SER ESTRELA. NAS ABORDAGEM FALTA APLICAR O BOM SENSO. SE É PROFISSIONAL, NÃO PRECISA PARAR TODO MUNDO. JÁ ERA PARA SABER QUEM É PARA PARAR.

    • fran disse:

      ou seja, ele tem uma bola de cristal ou como Natal e uma cidade , raziavelmente, pequena, ele conhece os pseudos riquinhos epoderosos, em sua maioria de fortunas de origem descongecida ou duvidos, e sodeveria parar os "idiotas" pagadores de impostos, desconhecidos, e isso??? Me poupe e me desculpe, mas sem amostragem, sem parentesco, sem defensore…. o pais tem qter leis e aplica-las cim igualdade, se escolhas…. acertou o governador… nunca fui maltratada por eke ou qq autoridade, poisqdo respeitamos regras, nao somos incomodado… pelos meus filhos e netos, pelos pais q perderam seus filhos, os orfaos q perderam seus pais porcausa da irresponsabilidadede alguns, volte o tenente, sejam aplaudidos os q fazem cumprir lei… e para aqueles q acham q ele ta querendo aparecer, triste do pais q aparece quemfaz o certo… temo q sao raros…