FOTO: Polícia Civil prende suspeito de participar de homicídio no bairro Neópolis, na Zona Sul de Natal

Foto: Divulgação/Polícia Civil

Policiais civis da Divisão Especializada em Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) prenderam Igor Matheus Lopes de Araújo, 24 anos, na manhã desta quarta-feira (15). Ele é suspeito de envolvimento no homicídio de Alexsandro Oliveira de Medeiros, conhecido como “Muganga”, no dia 01 de agosto de 2018, na rua Arapiraca, conjunto Jiqui, bairro Neópolis, zona sul de Natal.

Igor Matheus foi detido quando estava no bairro Cidade das Quintas, Zona Oeste de Natal, em cumprimento a um mandado de prisão temporária. Segundo as investigações, ele é apontado como autor dos disparos contra Alexsandro Oliveira.

Igor Matheus também é investigado por outro homicídio, cometido no bairro das Quintas, no ano de 2017, que atualmente está em fase de ação penal perante a 2ª Vara Criminal de Natal.

O crime – A vítima estava consertando um veículo em frente à oficina do irmão, com um amigo, quando foi executado em via pública por dois homens que estavam em uma motocicleta.

A Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima, através do Disque Denúncia 181.

Fonte: Secretaria de Comunicação Social da Polícia Civil/RN – SECOMS

Polícia Civil prende suspeito de envolvimento na morte de detento e criança de 3 anos em Parnamirim

É destaque no portal G1-RN. Policiais civis prenderam na manhã desta quarta-feira (17) um homem suspeito de envolvimento na morte de um detento e de uma criança de 3 anos, crime ocorrido na noite dessa terça-feira (16) em Cajupiranga, bairro de Parnamirim, na Grande Natal.

Segundo a reportagem, as vítimas foram baleadas dentro de um carro. O veículo foi perseguido por um outro automóvel, de onde partiram os disparos. O homem morreu na hora. Já a criança, ainda chegou a ser socorrida, mas não resistiu aos ferimentos e morreu no Hospital Deoclécio Marques.

Ainda segundo a reportagem, no carro também estavam a mãe do menino e uma outra criança. A mulher foi ferida no braço, mas não corre risco de morte. A outra criança não foi atingida. Veja mais detalhes aqui

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. PAULO disse:

    Polícia Civil trabalhando muito, parabéns!

FOTO: Polícia Civil prende suspeito de participar de homicídio na Zona Sul de Natal

Foto: Divulgação/Polícia Civil

Policiais civis da Divisão Especializada em Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) prenderam Magno da Silva Leones, 31 anos, na manhã desta terça-feira (16). Ele é suspeito de envolvimento no homicídio de Alexsandro Oliveira de Medeiros, conhecido como “Muganga”, no dia 01 de agosto de 2018, na rua Arapiraca, conjunto Jiqui, bairro Neópolis, zona sul de Natal.

Magno da Silva foi detido quando estava no bairro Cidade da Esperança, Zona Oeste de Natal, em cumprimento a um mandado de prisão preventiva. Segundo as investigações, ele é apontado como a pessoa que conduzia a motocicleta, na qual estava o autor dos disparos.

A Polícia Civil pede ajuda da população para que envie informações que possam ajudar a identificar e localizar o homem que efetuou disparos contra Alexsandro Oliveira.

O crime – A vítima estava consertando um veículo em frente à oficina do irmão, juntamente com um amigo, quando foi executado em via pública por dois homens que estavam em uma motocicleta.

Fonte: Secretaria de Comunicação Social da Polícia Civil/RN – SECOMS

FOTO: Polícia Civil prende em Natal suspeito de chefiar facção criminosa

Foto: Divulgação/Polícia Civil

Policiais civis da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (DEICOR), prenderam Gutemberg Simplício da Silva, vulgo “Guto”, 29 anos, nessa quinta-feira (11). Ele é investigado por chefiar uma facção criminosa e integrar uma organização criminosa especializada em roubo a bancos. Também é investigado pela prática de homicídios. Ele foi preso em cumprimento a um mandado de prisão expedido em seu desfavor, em Natal.

Investigações da Deicor revelaram que, após a morte do seu primo Cleudson Webster (“Choquito”), fato ocorrido em Pernambuco em 2018, durante confronto com a polícia, Gutemberg Simplício assumiu o comando na organização.

“Guto”, que já foi alvo de um atentado, no qual dispararam 12 tiros de pistola contra ele, sobreviveu aos tiros e estava sendo procurado pela polícia.

A Polícia Civil pede que a população continue enviando, de forma anônima, informações sobre investigações para o Disque Denúncia 181.

Fonte: Secretaria de Comunicação Social da Polícia Civil/RN – SECOMS

Polícia Civil prende suspeito pelo latrocínio de policial militar no bairro do Tirol

A Divisão de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP) prendeu, na manhã desta quinta-feira (28), Janderson Ferreira Leones, 24 anos, suspeito da morte do sargento da Polícia Militar, José Edivaldo do Nascimento, no dia 21 de abril de 2018, no bairro Tirol, em Natal. Janderson foi detido mediante o cumprimento de um mandado de prisão temporária, no Passo da Pátria, Zona Leste de Natal.

Na ocasião, os policiais também cumpriram mandado de busca e apreensão na residência do investigado, quando foi encontrada certa quantidade de “crack”, razão pela qual Janderson Ferreira foi preso em flagrante delito pelo crime de tráfico de drogas. Em interrogatório prestado após a prisão, Janderson Ferreira confessou que atirou na vítima, após ter anunciado o assalto, e que não sabia que se tratava de um policial militar.

Fonte: Secretaria de Comunicação Social da Polícia Civil/RN – SECOMS

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Marco58 disse:

    execução sumária, daqui a hum ano está solto, infelizmente e a verdade com a falsa justiça que temos comprovou o delito bala no centro da cabeca. a população não aguenta mais.

Polícia Civil prende suspeito por participação em homicídio de moradora de rua na Zona Sul de Natal

Policiais civis da Divisão de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP) deram cumprimento, neste sábado (23), a um mandado de prisão temporária em desfavor de Cristóvão Batista da Costa, 58 anos, vigia de rua. O suspeito foi preso em sua residência, no bairro Nossa Senhora da Apresentação, loteamento Jardim Progresso, na zona norte de Natal.

Cristóvão Batista da Costa foi indiciado, juntamente com Stanley Brennand de Carvalho, 42 anos, dono de uma empresa de segurança particular, pelo homicídio de Francisca Lúcia Silva de Moura, moradora de rua, e pela tentativa de homicídio contra o companheiro dela, crimes ocorridos no dia 14 de dezembro de 2018, no bairro de Candelária, zona sul de Natal

Na ocasião, as vítimas estavam dormindo numa calçada, quando Stanley e Cristóvão chegaram e atiraram nelas, matando Francisca. A polícia está apurando a participação de um terceiro homem que aparece em imagens de câmeras de segurança, na companhia de Stanley e Cristóvão, minutos antes do crime. Stanley Brennand, que se encontra foragido, é ex-lutador de jiu-jitsu, ex-segurança de um bar em Candelária e dono de uma empresa de segurança particular no mesmo bairro.

A polícia solicita a ajuda da população para localizar Stanley Brennand e identificar o terceiro suspeito que aparece nas imagens. Qualquer informação poderá ser comunicada através do disque denúncia anônimo, número 181.

Polícia Civil prende suspeito por estupro de vulnerável (contra criança de 10 anos) na Grande Natal

Policiais civis de Extremoz cumpriram, nesta terça-feira (19), um mandado de prisão preventiva contra um homem de 35 anos. Ele é suspeito de ter cometido crime de estupro de vulnerável contra uma criança de 10 anos de idade, no mês de novembro do ano passado, no município de Extremoz.

Com base nos depoimentos colhidos, a autoridade policial representou pela medida cautelar de prisão. Após o cumprimento do mandado, Rogério foi encaminhado ao sistema prisional, onde permanecerá à disposição da Justiça.

A Polícia pede a colaboração dos familiares que tiverem conhecimento de situações de abusos psicológicos e sexuais cometidos contra crianças ou adolescentes, para que denunciem esses crimes anonimamente através do Disque-Denúncia 181, com intuito de prender os criminosos, evitando que os abusos continuem sendo praticados.

Polícia Civil prende suspeito de homicídio na Redinha, e de ser um dos principais responsáveis pelo tráfico de drogas na região

FOTO: PC/ASSECOM

Policiais civis da Divisão de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP) cumpriram, na manhã desta sexta-feira (08), um mandado de prisão e de busca e apreensão contra Valdeci Bezerra da Silva, vulgo “Tati”, na comunidade da África, Redinha.

Valdeci “Tati” e um comparsa são suspeitos de matar Leonardo Salomão Bezerra com mais de 20 disparos de arma de fogo. O crime ocorreu no dia 15 de agosto de 2018, quando a vítima estava sentada em frente a sua residência, no bairro da Redinha.

Valdeci também é apontado como um dos principais responsáveis pelo tráfico de drogas na região. A polícia conta com o auxílio da população para que enviem informações, através do disque-denúncia anônimo – 181, sobre o paradeiro do comparsa de “Tati”, assim como a localização de armas e drogas.

FOTO E VÍDEO: Polícia Civil prende suspeito de matar auxiliar de farmácia na Zona Norte

FOTO: PC/ASSECOM

Policiais civis da Divisão de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP) cumpriram, nesta sexta-feira (22), um mandado de prisão preventiva contra Euclides Zacarias, conhecido como “Gladiador”, de 25 anos. Segundo as investigações, ele é o principal suspeito de matar a facadas o auxiliar de farmácia Jodson da Silva Cândido, de 40 anos, no bairro de Nossa Senhora da Apresentação.

O crime ocorreu no dia 5 de dezembro de 2018 e o corpo teria sido achado no dia seguinte. De acordo com as informações, o suspeito teria tentado apagar os vestígios de sangue do crime com pó de café, tendo retornado à residência na manhã seguinte para trabalhar normalmente. Ele conhecia a vítima desde outubro de 2018, quando começou a trabalhar na residência da mesma. “Pelo que apuramos, o suspeito tinha muita convivência com a vítima, mas não sabemos o que o levou a cometer esse crime bárbaro com requintes de crueldade”, destacou o Delegado da DHPP Rysklyft Factory.

Ainda segundo as investigações, Euclides “Gladiador” já possuía registros policiais de crimes de violência doméstica contra a ex-companheira.

Confira vídeo com fala do delegado e imagens de Euclides:

Polícia Civil prende suspeito de matar policial militar em bar na Zona Sul de Natal

Foto: Divulgação/Polícia Civil

Policiais civis da Divisão de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP) prenderam, nessa quinta-feira (21), Cassiano Nascimento de Oliveira, de 23 anos. Cassiano mora no bairro do Planalto e é suspeito de ser o autor dos disparos que mataram o Policial Militar reformado Rafael Andrade da Silva tinha, de 37 anos.

O crime ocorreu após uma discussão em um bar do conjunto San Vale, Zona Sul de Natal, no dia 12 de janeiro deste ano.

Polícia Civil prende suspeito por homicídio e tentativa de homicídio em Parnamirim

Uma ação da Divisão de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP) resultou na prisão em flagrante, no sábado (19), de José Ricardo Clemente, vulgo “Rick”, 23 anos, suspeito por um homicídio e uma tentativa de homicídio no bairro de Rosa dos Ventos, na cidade de Parnamirim.

De acordo com as investigações, as duas vítimas e o criminoso estavam bebendo em uma conveniência, quando uma das vítimas fez uma cobrança a José Ricardo. Após uma discussão entre as partes, houve uma perseguição às vítimas, que tentaram sair do local, mas acabaram sendo atingidas por disparos de arma de fogo por parte de Rick e de outros suspeitos ainda não identificados. Os disparos ocasionaram no homicídio de Antônio Cláudio Sabino da Costa.

A vítima da tentativa de homicídio, baleada com tiro na perna, realizou o registro da ocorrência. A 1ª Delegacia de Polícia de Parnamirim segue com as investigações no intuito de identificar os demais autores do crime.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Pedro Melo disse:

    Era pra dar fim , nem precisava noticiar !
    Jajá estará solto e com mais vontade e raiva pra roubar e matar.
    Parabéns !

FOTO: Polícia Civil prende suspeito por homicídio de PM em Mossoró

Crime aconteceu em março de 2018

Uma equipe de agentes da Delegacia Especializada em Furtos e Roubos (DEFUR) com apoio de policiais da Força Nacional deu cumprimento, na tarde dessa segunda-feira (14) em Mossoró, a um mandado de busca e apreensão contra Dewene dos Santos, conhecido como “Caraúbas”, 18 anos. Os agentes realizavam buscas no bairro Ouro Negro, em Mossoró, quando localizaram Dewene, que tentou fugir da Polícia, mas foi capturado em seguida.

De acordo com as investigações, ele é suspeito pelo homicídio do policial militar da reserva Luis Valdécio Faustino, no dia 23 de março de 2018, no bairro Aeroporto, em Mossoró. Na ocasião, dois homens perseguiram o PM pelas ruas da cidade e o acertaram com cinco tiros. Na época do crime, Dewene era menor de idade e foi conduzido ao Centro Integrado de Atendimento ao Adolescente, local de onde estava foragido há vários meses.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Raphael Becmam disse:

    QUERO UMA POLÍCIA EFICIENTE TAMBÉM PARA DESVENDAR AS MORTES DOS MILHARES DE "CIDADÃOS COMUNS" QUE TOMBAM TODO ANO NO RN VÍTIMA DA VIOLÊNCIA!!!

  2. Juvenal disse:

    Tatuou no peito que nunca escutou os conselhos da mãe, certamente se tivesse escutado não estaria nessa situação.

Guarda Municipal prende suspeito de realizar furtos em área de cemitério da zona Norte

Agentes lotados na Ronda Ostensiva da Guarda Municipal do Natal (Romu/GMN) prenderam, na noite dessa quinta-feira (11), um homem identificado de 31 anos, suspeito de realizar furtos na área do Cemitério Público do bairro de Pajuçara, na zona Norte da capital.

De acordo com informações repassadas pela guarnição da GMN responsável pela prisão, o suspeito estava furtando objetos dentro do cemitério público quando foi abordado pelos guardas municipais. Os agentes agiram rápido e, mesmo o suspeito tentando escapar, os guardas o detiveram. “A denúncia que chegou a nossa guarnição foi que havia um homem realizando furtos na área e quando viemos averiguar conseguimos identificar o suspeito”, contou o guarda que atendeu a ocorrência.

Os guardas municipais identificaram, na ficha do suspeito, um processo criminal em que o detido responde por prática de furto qualificado realizado no ano passado. Nesse processo, o acusado pode ser condenado a uma pena que vai de dois a oito anos de prisão, além de multa.

Outro ponto relatado pelo guardas municipais é que por volta das duas da manhã da última quarta-feira (08), as viaturas da GMN foram acionadas para o mesmo local para atender denúncia de furto. Foram realizadas rondas no local e verificam que a última sala do lado direito do cemitério estava arrombada, porém não encontram nenhum suspeito.

Os guardas municipais conduziram o suspeito a Delegacia de Plantão da zona Norte onde foi realizado os procedimentos de prisão em flagrante.

VÍDEO: Polícia Civil prende suspeito pelo latrocínio de agente penitenciário no bairro de Candelária; um adolescente envolvido no caso também foi apreendido

Uma investigação conduzida pela Comissão Especial da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), criada para elucidar homicídios contra agentes de segurança, prendeu João Maria Gomes da Silva, 30 anos e apreendeu um adolescente de 17 anos, na manhã dessa quinta-feira (10). A dupla é apontada como os responsáveis pelo latrocínio do agente penitenciário Paulo Roberto da Silva Rocha, 38 anos, no dia 14 de dezembro de 2018.

João Maria foi preso mediante o cumprimento de um mandado de prisão preventiva, quando estava escondido no bairro Planalto e o adolescente foi apreendido na cidade de Parnamirim. “Nossas investigações e análises das câmeras de segurança nos revelaram que João Maria foi o autor dos disparos que mataram o agente penitenciário. O adolescente participou do crime pilotando a motocicleta e dando fuga ao assassino. Uma das nossas linhas de investigações mostram que o agente de segurança pode ter sido morto, por vingança. Um irmão do João Maria, teria sido espancando pelo agente penitenciário, e isto fez com que o suspeito fosse matar Paulo Roberto”, detalhou o delegado da DHPP, Frank Albuquerque.

Imagens de câmeras de segurança mostram que agente foi morto após ter circulado por várias ruas do bairro Candelária. Quando ele chega na porta de casa, o garupa da motocicleta efetua um disparo contra a arma do agente e depois um tiro fatal na cabeça. “Quando a agente cai no chão, o João Maria rouba a arma e a dupla sai em fuga. Até o momento, não localizamos a pistola que foi roubada da vítima, pois a dupla afirma que a arma teria sido vendida”, destacou o delegado Frank Albuquerque.

Polícia Civil prende suspeito por homicídio em Areia Preta; vítima foi morta com pedaço de pau

Policiais civis da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) cumpriram, nesta sexta-feira (23), a um mandado de prisão preventiva contra Leandro da Silva Oliveira, vulgo “Léo”, 32 anos. Ele é apontado como o responsável pelo assassinato de Chyleno da Silva, crime que ocorreu no dia 10 de março de 2017, no bairro de Areia Preta.

De acordo com as investigações, os dois homens eram moradores de rua e costumavam dormir nas proximidades da Ponta do Morcego, na noite do ocorrido, os dois estavam bebendo juntos e dividiam uma quentinha até o iniciou de uma disputa em razão da comida, gerando um conflito entre eles e ameaças, o suspeito sentindo-se ameaçado, resolveu matar o outro homem com um pedaço de pau.

Ele foi encaminhado para o sistema prisional, onde ficará à disposição da justiça

“CAMPANA” APÓS FARRA EM MOTEL NA ZONA SUL DE NATAL: Polícia Civil prende suspeito de atuar como explosivista em ataques a bancos pelo Nordeste

A Polícia Civil, através da Divisão Especializada de Investigação e Combate ao Crime Organizado (Deicor), prendeu na madrugada desta quarta-feira(14) um paraibano suspeito de agir como explosivista em ataques a bancos pelo Nordeste, após uma comemoração em um motel na Zona Sul de Natal. De acordo com a Polícia, na ocasião, foram apreendidos Ecstasy, cocaína e R$ 10 mil em dinheiro. Na ocasião, outros três homens e sete mulheres também foram levados para a delegacia, mas acabaram liberados.

Segundo a Polícia Civil, uma denúncia de que havia um grupo fazendo uma farra dentro de uma suíte do motel, informou que dava para ouvir as pessoas falando sobre drogas e dinheiro. Dessa forma, os policiais montaram uma campana com o cuidado de resguardar a segurança das pessoas que estavam no motel e, na saída, abordaram om grupo.

Ainda segundo a Polícia Civil, polícias de outros estados também colaboraram com informações para a equipe descobrir que o suspeito é investigado por fazer parte de uma quadrilha responsável por explosões de caixas eletrônicos que vem agindo no Nordeste.

Os demais detidos foram autuados com termos circunstanciados de ocorrência por uso de drogas e em seguida liberados.