INDIGNAÇÃO: Prefeitura paga atrações nacionais do São João, mas dá calote em 350 músicos locais que tocaram no Carnaval de Natal

Foto: Reprodução

Após realizar o São Joao de Natal com atrações nacionais e cachês milionários, a Prefeitura de Natal ainda deve o pagamento a cerca de 356 músicos locais que tocaram no Carnaval deste ano, contratados via edital e que ainda não viram a cor do dinheiro, após quase quatro meses do serviço prestado.

Segundo apurou o Blog do BG, oito orquestras de músicos potiguares com cerca de 40 a 52 componentes cada, estão sem qualquer esperança de data para receber o cachê contratado pela Prefeitura, valores bem menos vultuosos do que os pagos as atrações juninas.

O que causa maior indignação aos músicos é que as bandas nacionais contratadas para o São João receberam os caches quase que imediatamente que subiam ao palco, enquanto eles amargam atraso e falta de explicação da Prefeitura.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Alexsandro Mendes disse:

    Todo ano a mesma coisa né?
    Mas os Músicos não obrigados a ir, vão pq querem, então a culpa é de quem vai sou aceita!

  2. Ygor disse:

    Muitos falam em boicotar a festa.. sim, Eu entendo perfeitamente. Mas, infelizmente a classe dos músicos não é organizada sempre vai ter aquele "galado" que vai contra a classe e acaba prestando o serviço.

  3. Beto Araújo disse:

    Se aperrei não, Carlos Eduardo ( OPOSIÇÃO), vem ai. É só votar nele que as coisas vão mudar!!!!!!!!!!!

  4. Tarcísio Eimar disse:

    A classe artística ainda não aprendeu, é só boicotar a prefeitura. Onde já se viu vc prestar o mesmo serviço, sempre na mesma época, ao mesmo prestador e toda vez leva um calote. Pelo visto os artistas gostam mesmo de levar calote.

  5. Ceiça disse:

    De novo??? Todo ano isso se repete, esses musicos deveriam protestar e nunca mais servirem de bucha pra esses prefeitos meia boca.
    Ta igual a cantiga da perua, só de um jeito Só.

    Kkkkkkkkk

  6. Anti-Político de Estimação disse:

    Falta de respeito, valorização e incentivo aos próprios conterrâneos. Lamentável e recorrente.

  7. Oliveira disse:

    Prefeito irresponsável.

  8. seuZé disse:

    Esse prefeito e toda corja do PDT deve sair o mais rápido possível da prefeitura de Natal.

  9. Jose carlos disse:

    Se avexe não, que em breve essa prefeitura vai ser alvo de "operação"!
    A esculhambação está grande e não existe crime perfeito.

  10. Said disse:

    Olha, eu acho e bom isso,esses músicos não sabem que a prefeitura não paga porque na hora de tocar eles não se juntam e boicotam a festa?só assim esses prefeitos tomavam vergonha na cara e assumiam seus atos,todos os anos é essa mesma ladainha entra prefeito sai prefeito e a mesma conversa que levam calote.se deem valores parem de bancar idiotas pra tocarem de graça….

  11. Souza disse:

    Um desrespeito, de fato, mas não é novidade nenhuma. Até parece a mesma reportagem de anos anteriores.

  12. Cidadão Indignado disse:

    Esse prefeito veio de Caicó só pra tumultuar a vida do natalense. Ainda quer reeleição. SQNão vai se reeleger…

  13. Almir Dionisio disse:

    Isto é um absurdo – era para nenhum músico aceitar tocar sem ao menos receber 50% – pq os cachês dos shows nacionais pagam antes.
    Só politicagem e o povo besta se engana e vota.
    Vamos dar um troco bem grande para que aprendam a respeitar os artistas da terra.
    Esses sertanejos chatos e que enrolam nos shows.

    • Rocha disse:

      O melhor de toda estas revoltas dos músicos que tocaram o carnaval e não receberam a merreca, é que se o prefeito chamar amanhã pra tocar o São João eles irão sem receber o pagamento do carnaval. Artista pobre e pra se lascar mesmo!!!

Pesquisa traça perfil do folião e comerciante do Carnaval de Parnamirim

Foto: Ascom

Pesquisa realizada pelo Sistema Fecomércio aponta o Carnaval de Parnamirim como um grande potencial turístico e econômico, gerando emprego e renda para o município. A pesquisa, que traça o perfil dos foliões e dos comerciantes (ambulantes) da folia de Momo no município, foi apresentada ao prefeito Rosano Taveira e demais autoridades, pelo diretor executivo da Fecomércio, Jaime Mariz. A apresentação foi realizada, na manhã dessa quinta-feira (23), no Centro Administrativo Aluízio Alves.

“O estudo foi contratado pela administração com o objetivo de permitir um melhor planejamento dessa tradicional festa. A ideia é, com base nesses resultados, traçar inclusive o perfil do frequentador do nosso litoral, investindo para que tenhamos um Carnaval cada vez mais grandioso”, destacou Taveira.

A pesquisa ouviu 552 pessoas no período de 1º a 5 de março de 2019. De acordo com os dados do relatório, 54,7% do público participante da festa foi formado por homens, enquanto 45,3% por mulheres, de todas as idades. Sendo predominante a faixa etária entre 25 e 34 anos, representando 26,4% do público presente.

Do total de entrevistados, 94% recomendaria o Carnaval para outras pessoas e 66,7% disse pretender voltar, sendo 8,65 a nota média conferida ao Carnaval de Parnamirim pelos participantes da pesquisa.

Os dados da análise evidenciam ainda que 36,6% das pessoas ouvidas afirmaram ter participado do Carnaval no município pela primeira vez, sendo 57,1% o total de turistas. Dos que vieram de outros estados, destaque para: Paraíba (PB), Pernambuco (PE), São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ), Minas Gerais (MG) e Ceará (CE).

Entre os turistas, o gasto médio diário individual ficou na casa dos R$ 129,40 e entre os nativos, o gasto diário com o Carnaval foi de R$ 52,65 em média.

No quesito empregabilidade, a pesquisa ouviu 170 comerciantes, sendo 63,5% do grupo formado por homens e 36,5% por mulheres. 67,6% afirmaram que o Carnaval teve impacto positivo sobre seus negócios.

Um percentual de 35% dos comerciantes atuaram pela primeira vez e 66,5% já haviam atuado em anos anteriores. Em média cada negócio empregou três pessoas e o investimento médio feito por cada comerciante visando o Carnaval foi de R$ 2.809,79.

Os gráficos mostram ainda que 31,8% dos comerciantes entrevistados contrataram funcionários extras. Entre os que contataram, a média foi de 2 empregados extras por negócio.

Jaime Mariz, diretor executivo da Fecomércio destacou a importância da pesquisa como uma ferramenta para que a prefeitura possa investir ainda mais no Carnaval do município. “Carnaval significa cultura, lazer e negócio, que gera renda, imposto e desenvolvimento”, disse.

Na ocasião, também foi apresentada a metodologia do programa DEL – Desenvolvimento Econômico Local. Parnamirim é uma das cinco cidades do Rio Grande do Norte a participar da metodologia que apresentará os cenários de desenvolvimento do município para os próximos 20 anos.

 

Carnaval: Previsão da Emparn se confirma e chove bem em todas as regiões do RN; mais pancadas de chuvas previstas nos próximos dias, especialmente, no interior

FOTO: ASSECOM/EMPARN

O mês de março, geralmente o mês mais chuvoso no semiárido, começou com a folia do carnaval e também com boas chuvas em todas as regiões do Rio Grande do Norte, para a felicidade dos sertanejos. O monitoramento realizado pela Emparn, de sexta (01) até a manhã de hoje (07), mostra que as chuvas foram bem distribuídas, e o maior volume foi registrado na região Oeste Potiguar, em Felipe Guerra, choveu 113 milímetros; no Litoral Leste, choveu com mais intensidade em São Gonçalo do Amarante, 97,7mm; em Natal choveu 40,9mm. Na região Agreste também teve boas chuvas, em Bento Fernandes choveu 72 milímetros e na região Central, em Caicó também choveu 72 mm.

A previsão para os próximos dias é de pancadas de chuva, principalmente no interior, devido a presença da Zona de Convergência Intertropical, principal sistema que faz chover no semiárido nordestino, nesta época do ano.

Distribuição Sementes

E com a terra molhada, é hora de plantar, por isso o Governo do RN, por intermédio da Secretaria Estadual da Agricultura, da Pecuária e da Pesca – Sape, inicia nesta quinta-feira (7), a distribuição de sementes aos agricultores familiares cadastrados no Programa Banco de Sementes.

Para o secretário de Agricultura, Guilherme Saldanha, as sementes chegam numa boa hora com a consolidação das chuvas e devem atender as necessidades do pequeno produtor rural. “A governadora Fátima Bezerra é sensível a causa da agricultura familiar, e manteve o compromisso de dar continuidade a esse projeto tão importante de desenvolvimento social e econômico rural. As sementes chegam ao agricultor no momento certo, para que ele possa plantar seu roçado e manter sua produção de subsistência e comercializar seu excedente”, ressalta Saldanha.

Atualmente o Rio Grande do Norte conta com 1.614 bancos de sementes, distribuídos por 159 municípios do Estado. Juntos eles atendem 52.565 agricultores cadastrados pelo Instituto de Assistência Técnica e Extensão Rural – Emater/RN. Para aquisição das sementes foram investidos R$ 7,8 milhões, provenientes do Tesouro Estadual.

A distribuição das sementes fica sob a responsabilidade da Emater, por meio das suas 10 Gerências Regionais espalhadas pelo território potiguar que, em seguida, encaminham diretamente aos Bancos de Sementes de seus respectivos locais. Nesta primeira etapa de distribuição, as sementes a serem distribuídas são provenientes da Emparn, para atender as regionais do oeste: Pau dos Ferros, Mossoró e Umarizal. nas duas semanas seguintes, serão atendidas as demais regionais: Assú, Caicó, Currais Novos, João Câmara, Santa Cruz, São Paulo do Potengi e São José de Mipibu.

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. José Guedes da Fonseca Filho disse:

    Que as previsões de confirmem para aliviar o sofrimento dos agricultores potiguares. Que sejam bem-vindas!

  2. Severo disse:

    Até que enfim, acertou uma. Nunca na história desse RN, tinha acertado uma.

    • Antonio Barbosa Santos disse:

      Depois que passaram a copiar a previsão de Maju no Jornal Nacional, melhoraram bastante.

Balanço da PRF no Carnaval informa que não houve registro de mortes nas rodovias federais do RN, e destaca redução de 63% no número de acidentes

A Polícia Rodoviária Federal encerrou, à meia-noite desta quarta-feira (06), a Operação Carnaval 2019. Durante o período momesco, a fiscalização e o policiamento nas rodovias federais contou com o incremento de 30% no efetivo. Policiais que trabalham administrativamente foram remanejados para compor equipes operacionais, aumentando, assim, a percepção de segurança de quem transitava pelas vias federais.

AÇÕES PREVENTIVAS

Durante a operação, a PRF realizou ações educativas com o objetivo de sensibilizar motoristas e passageiros em viagem durante o feriadão, para os cuidados com a segurança do trânsito. Um total de 624 pessoas foram sensibilizadas através de abordagens educativas ao longo das rodovias federais.

FISCALIZAÇÃO

Durante a operação foram fiscalizados 5.677 veículos e 5.437 pessoas. 2.304 motoristas foram submetidos ao teste de etilômetro, dos quais 81 foram autuados. Também foram registradas 2.168 autuações por infrações diversas, sendo 218 só por ultrapassagens proibidas. 41 pessoas foram presas, sendo seis por embriaguez ao volante, duas por porte ilegal de arma de fogo, três por entregar veículos a pessoas não habilitadas e 30 por outros crimes. 1.002 veículos tiveram as imagens capturadas por transitarem com excesso de velocidade.

No tocante a falta do uso do cinto de segurança, 130 autuações foram lavradas, sendo a grande maioria motivada pelo não uso do cinto pelo passageiro (70%). Outros 32 motoristas foram notificados por transportarem crianças até sete anos e meio de idade, sem os dispositivos de segurança (cadeirinhas). 87 motociclistas também foram autuados por não uso do capacete de segurança.

ACIDENTES

Na operação Carnaval 2019, foram registrados nas sete rodovias federais no RN, um total de 10 acidentes, sendo dois graves, que resultou em 13 pessoas feridas e zero mortes. No carnaval do ano passado, foram registrados 27 acidentes, sendo oito graves, 32 feridos e duas mortes. Comparando-se as duas operações, verifica-se uma redução significativa em todos os números. Redução de 63% no número de acidentes, de 59% no número de feridos e de 100% no número de mortes.

A PRF atribui a diminuição da violência no trânsito nas vias federais durante o carnaval, principalmente, pelo aumento na fiscalização e no policiamento, bem como pela mudança de hábito de boa parte da população, no tocante ao respeito as normas de trânsito.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Bismarck Pereira Sátiro disse:

    Muito bom. A culpa é do carnaval de natal que cada ano cresce e os foliões deixam de viajar. Bom demais, nniguém mais viaja para interior e para praias. O carnaval de Natal só tem que melhorar as bandas e os artistas, pois Paralamas do Sucesso, Titãns e Sidney Magal é de lascar. Queria saber quem indicam essas bandas.

  2. Ivan disse:

    A culpa é do UBER!!!! Obrigado UBER!!!!!!

    • Junior disse:

      Ótimo UBER,TÁXI, no interior MOTO TÁXI, mais o Brasileiro tem medo mesmo e de 3 mil de muita,advogado, e cadeia,kkklkkk.

Operação Lei Seca no RN autuou 42 pessoas durante o carnaval

Operação Lei Seca

A Operação Lei Seca abordou mais de 700 veículos nesse carnaval, resultando em 42 pessoas autuadas por embriaguez e um condutor preso por dirigir com concentração maior que 0.33 mg/l.

Além disso, outros 29 autos por infrações diversas foram feitos na mesma ocasião, como dirigir sem CNH e com documentos vencidos. As abordagens aconteceram em todos os dias do carnaval, tanto em Natal, nos polos Ponta Negra e Petrópolis, quanto em Pirangi.

Polícia Civil abre investigação após queixa de vítimas que dizem ter sido feridas com agulhas de seringas no Carnaval de Caicó

Após queixa de pelo menos duas pessoas em delegacia, a  Polícia Civil abriu investigação para apurar denúncias de pessoas que dizem ter sido atacadas com agulhas de seringas durante o Carnaval de Caicó.

Quatorze pessoas foram atendidas pelo setor de emergência do Hospital Estadual Telecila Freitas Fontes, mais conhecido como Hospital Regional do Seridó, com esse tipo de queixa.

De acordo com a Polícia Civil, o hospital foi oficiado para mandar a relação das pessoas que receberam atendimentos relatando a violência. Os atendimentos registrados no Hospital Regional do Seridó foram feitos no sábado (2), domingo (3) e segunda-feira (4).  Nenhum caso foi registrado na terça (5) nem na manhã desta Quarta-feira de Cinzas (6), último dia de folia em Caicó.

Até o momento, no entanto, ninguém foi preso em flagrante e ainda não há imagens que mostrem suspeitos.

Segundo a Diretora-geral do Hospital Regional do Seridó, Maura Vanessa Sobreira, em contato do portal G1-RN, as vítimas foram submetidas à profilaxia pós-exposição, que é uma medida de prevenção de urgência à exposição pelo HIV, hepatites virais e outras infecções sexualmente transmissíveis. “Todos deram resultado negativo”, ressaltou.

Com acréscimo de informações do G1-RN

 

Crítica sociopolítica no carnaval tem a sua importância, desde que seja menos passional

“Jairzão” ovacionado e vaiado em Pernambuco. (Foto: Jairo Bastos/TV Clube)

Por Rodrigo Matoso

O Carnaval sempre será o maior evento festivo do país. Justo, histórico e eternamente irreverente. Nada nem ninguém conseguirá mudar o seu estilo.

Nele, também sempre estará presente a crítica sociopolítica.

Em meio a folia, tem sim a sua importância. Desde que seja menos passional.

Um exemplo nos quatro dias de folia, em que normalmente se têm o holofote da mídia, aconteceu em Pernambuco, nas cidades de Olinda e Recife. Alguns “foliões” ignoraram o frevo, não abandonaram a sua militância, e com bandeirões de Lula Livre, cantaram marchinhas e palavras de ordem contra o presidente Jair Bolsonaro. Atos semelhantes de não simpatizantes do capitão também foram registrados em outras cidades e regiões brasileiras.

Até aí nada de anormal num país democrático.

Contudo, uma das tradições mais significativas da Folia de Momo, o Encontro de Bonecos Gigantes, intensificou a polêmica com estruturas homenageando Jair Bolsonaro e a primeira-dama Michelle Bolsonaro.

Em Olinda, mesmo com esquema especial, o “Jairzão” foi atacado com latas de cerveja e gelo por alguns “foliões” mais exaltados. Sobrou até para foliões que apenas curtiam a passagem dos bonecos. Atingidos de graça.

Em carnavais passados, governantes ou figuras públicas também foram homenageados em bonecos.

Ação reprovável, descontrolada e totalmente desnecessária.

Por outro lado, em Recife, apoiadores do presidente gritaram “mito, mito” e aproveitaram para tirar fotos com o “Jairzão”, enquanto foliões contrários ao político fizeram gestos obscenos e cantaram “ai, ai, ai, Bolsonaro é o car*”. Neste caso, dentro do espaço democrático e da tolerância, nada tão anormal.

Para determinados “foliões”, faltou maturidade ao passar do ponto e extravasar ao limite extremo a sua paixão política.

Para outros, que podem sim ser chamados de foliões, sem aspas, todo o seu direito de manifestar suas opiniões contrárias ao Governo Federal.

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. GSR disse:

    Me assusta o situação atual da humanidade e principalmente dos brasileiros. Tivemos uma campanha muito "violenta" e essa mesma violência a gente vem vendo após o período da campanha política. Se você sair com uma camisa ou adesivo de Bolsonaro, você é esculhambado de miliciano, de minions e etc. Se você sair com a camisa vermelha ou uma estrela você é chamado ptralhas, ladrão e etc. Se você abre os principais jornais, você vai ler alguma matéria de violência pq o cara estava com uma camisa vermelha ou uma imagem de Bolsonaro. Temos o exemplo aqui nessa matéria, pessoas jogando latas, gêlo. Em outra matéria o rapaz foi agredido com a camisa do PT. Precisamos evoluir muito.

  2. Maria disse:

    Não custa nada esclarecer, que o único lado político a ter militantes, é o petralhismo, só a CUT, MST, boa parte dos professores e estudantes brasileiros, sem a menor consciência do que reforçam, estão sempre a postos pra uma baderna, seja pra defender, seja pra protestar, sempre com propósito petralha. Sem falar nos representantes de minorias. Apesar de que a imensa maioria que eles dizem representar, não os apoiam, nem concordam com essa postura equívocada. como funciona isso exatamente, estão os resultados democráticos da 2 últimas eleições, onde o lado que esses babacas defendem, foram fragorozamente derrotados nas urnas.

    • Paulo Ricardo disse:

      Chola não, bolsominian!
      Ofenderam o seu “mito” foi?!
      🍊

    • severo disse:

      Pegou pesado com os esquerdopatas. Os bichin já tão com seu ladrão mor de estimação preso, ômi.

    • Rio disse:

      Paulo Ricardo está com saudades do seu presidiário favorito, a viuvinha do condenado barbudo vai ter que aguentar o mito por pelo menos 4 anos…..chora mais seu vagabundo petralha

Carnaval dá 12 dias “de recesso” para deputados e senadores

Foto: EBC

Após a maratona do carnaval, se para a maioria dos brasileiros hoje é dia de voltar ao trabalho, para deputados e senadores, retorno às atividades, só na semana que vem. Na manhã desta quarta-feira de cinzas (6) movimento no prédio do Congresso, só do pessoal que cuida da troca do carpete do Salão Verde da Câmara e da lavagem do capete azul do Senado. Até a próxima terça-feira (12), quando estão marcadas as próximas sessões deliberativas nas duas Casas, serão 12 dias ¨de recesso”, sem votações. A última foi na quarta-feira passada, dia 27 de fevereiro.

Nem a pressa para início da tramitação da Reforma da Previdência, eleita prioridade no Executivo e Legislativo, fez com que sessões deliberativas fossem marcadas esta semana. Amanhã (7) e sexta-feira (8) sessões nas duas Casas só de discurso, sem deliberações, isso quer dizer que os parlamentares que esticarem a folia, não terão qualquer prejuízo no salário. O presidente do Senado, Davi Alcolubre (DEM-AP), cumpre essa semana agenda no Amapá e só volta à Brasília na semana que vem. Já Rodrigo Maia (DEM-RJ), presidente da Câmara , também passa a quarta-feira fora de Brasília, mas a assessoria não informou se será assim o restante da semana.

Servidores

Para os servidores da Câmara o expediente hoje é normal, a partir do meio-dia, já no Senado, em conformidade com a Portaria 13/18, da primeira-secretaria da Casa, é ponto facultativo, os servidores só voltam ao trabalho amanhã.

Agência Brasil

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. FRASQUEIRINO TRI CAMPEAO disse:

    Os culpados somos nós mesmos que elegemos um bando de parasitas.

Confira a programação desta terça-feira de Carnaval em Natal

Foto: A&A Photo Drone/Prefeitura de Natal/Divulgação

Polo Petrópolis

16h Bloco Muitos Carnavais
18h Soanata
20h Jaina Elne
22h Monobloco

Polo Ponta Negra

16h Folia Dos Estandartes (Praia Shopping – Pranchão)
16h Bloco Caiacú Astral (Praia Shopping)
16h Bloco Turma Do Mar (Praia Shopping)
17h30 Bloco A Banda (Beleza Bar)
20h15 Bloco Educação No Trânsito
20h30 Pedro Lucas
23h Margareth Menezes

Polo Redinha (Palco Buiú)

21h Orquestra Greiosa
22h00 Silvério Pessoa
00h Sueldo Soares

Polo Redinha (Palco Cruzeiro)

10h30 Bloco Os Cão Da Redinha (Pte Newton Navarro – Orq Frevo Do Chico)
15h30 Bloco Do Seu Boga – (Pça Do Cruzeiro – Orq Terra Do Sol)
16h Bloco Banda Do Siri (Pça Do Cruzeiro – Orq Quaresminha Do Frevo E Clarin Triunfal)
21h Batukedô
22h Ivando Monte

Polo Centro Histórico (Palco Beco Da Lama)

16h Bloco Galo Dos Pertubados (Bar Do Naldo – Orq Antigos Carnavais)
20h Rodolfo Amaral
21h30 Dani Cruz
23h Skarimbó

Polo Rocas

16h Bloco Q’fuxico (Pça Irmã Vitória – Orq Frevo Do Agreste)
18h Bloco Banda Carcará (Trav. Pedro Simões – Orq Passo De Anjo)

Diversos

17h Bloco Praia Do Meio Folia (R. Do Motor –Orq Frevo Do Prefeito)

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. […] Confira a programação desta terça-feira de Carnaval em Natal […]

Confira programação do carnaval na Praia de Pirangi e outros polos de Parnamirim nesta terça

Polo Pirangi do Norte

Orla Marítima (Praia de Pirangi do Norte)

Orquestra de Frevo – 11h às 16h

Corredor da Folia (Av. Márcio Marinho – Pirangi do Norte)

16h – Bloco Capoeira na Folia

16h – Grupo de Percussão Berimbatuque

16h30 – Bloco Afro Odara Pó

16h30 – Grupo de Percussão Filhos de Oyá

17h – Grupo de Capoeira EPC – Mestre Pepe

17h – Grupo Batuque Resistência

18h – Grupo de Percussão Folia de Rua Potiguar

18h – Pranchão – Igor Dantas

20h30 – Trio Elétrico – Giullian Monte

21h – Pranchão – a confirmar

Palco Praça São Sebastião

18h – Carlos Zens

20h – Deusa Nordestina do Forró

22h – Yranh Barreto

23h59 – Isaque Galvão

Polo Coahabinal

Rua Gov. Dix-Sept Rosado Maia (ao lado do CineTeatro)

18h – Zeca Brasil

20h – Rildo Lima e Banda

22h – Frevo do Xico

POLO PIUM

17h – Orquestra Greiosa

18h – Carcará na Viagem

20h20 – Luisa e os Alquimistas

21h40 – Arquivo Vivo

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Eggss disse:

    Teve UFC lá foi ????? Deus me livre!!!!

Confira programação do carnaval na Praia de Pirangi e outros polos de Parnamirim nesta segunda

Polo Pirangi do Norte

Orla Marítima (Praia de Pirangi do Norte)

11h às 16h

Orquestra de Frevo

Corredor da Folia (Av. Márcio Marinho – Pirangi do Norte)

11h às 00h

18h – Bloco O Galo da Liberdade

18h – Pranchão – Banda Soanata

18h30 – Bloco Véi do Sax

19h – Bloco Festeja na Folia

19h30 – Orquestra de Frevo

19h30 – Bloco Os Pretinhos de Luxo

20h – Bloco Boi na Vara

20h30 – Trio Elétrico – Capilé

21h – Pranchão – Robson Paiva

Palco Praça São Sebastião

15h – DJ Samir

17h – Concurso das Virgens de Pirangi

18h – Larissa Costa

20h – Perfume de Gardênia

22h – Sandra Belê

23h59 – Dani Cruz

Polo Coahabinal

18h – Banda Sacres

20h – Ivando Monte

22h – Banda Detroit

POLO PIUM

Palco Pôr do Som (Em frente ao Ginásio de Esportes Miguel Carrilho de Oliveira)

7h – Banda Pretta

18h – Skarimbó

19h20 – Rosa de Pedra

20h20 – Sueldo e os Grooves

21h40 – Dusolto

Shows, blocos e irreverência: confira a programação do Carnaval em Natal nesta segunda

Foto: Pixabay

Polo Petrópolis

16h – Fobica Kids
18h – Petrópolis Folia (Pça Das Flores)
20h – Rodolfo Amaral
22h – Antônio Nóbrega

Polo Ponta Negra

15h – Bloco Bode Expiatório (Tapiocaria Da Vó)
17h – Bloco Aponta (Praia Shopping)
20h – Banda Dubê
22h – Alexandre Pires

Polo Redinha (Palco Buiú)

21h – Aduílio Mendes
23h – Iggor Dantas

Polo Redinha (Palco Cruzeiro)

12h – Bloco As Raparigas (Pça Do Cruzeiro – Orq Banda Do Negão E Clarin Triunfal)
2h – Bloco Os Bengalados (Av. Litorânea)
16h – Bloco Filhos De Zâmbi – (Redinha – Orq Frevo Maravilha)
16h – Bloco Galo Da Praia (Pça Do Cruzeiro – Orq Frevando Nas Dunas)
20h45 – Bloco Educação No Trânsito
21h – Canguleiros
22h – Banda Velhos Carnavais

Polo Centro Histórico (Palco Beco Da Lama)

16h – Bloco Fuleragem Carnavalesca Do Abayomi (R. Ezequias Pegado)
16h45 – Bloco Educação No Trânsito
17h – Xaranga Do Riso
20h – Leão De Judá
21h30 – Kanelinha E CPI Do Forró

Polo Rocas

16h – Bloco Os Grávidos (R. Do Areial – Orq Do Leozinho)
16h30 – Bloco Maria Bonita (R. Pereira Simões)

Polo Zona Oeste

19h – Luizinho Nobre
21h30 – Douglas Pegação

Circuito Praia (Praia Do Meio)

14h – Banda Detroit
16h – Kanelinha E CPI Do Forró

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Volu disse:

    AS ROCAS NAO TEM POLO.

Saiba como manter o celular seguro durante o Carnaval

Foto: Pixabay

Folião que é folião gosta de registrar cada momento e nem pensa em sair para o Carnaval sem o celular. Que tal conferir 8 dicas para aproveitar a festa com segurança e evitar furtos?

1) Procure não andar com o celular à mostra em locais de grande aglomeração ou exibir o aparelho no transporte público.

2) Esteja sempre atento! A distração faz o ladrão e você pode se tornar alvo fácil.

3) Se a folia for em um bar ou casa noturna, evite deixar o aparelho sobre a mesa ou balcão. Mantenha sempre no bolso ou em uma pochete.

4) Se estiver curtindo o Carnaval de rua e o celular tocar, procure um estabelecimento próximo para atender a ligação.

5) No caminho para a festa, jamais deixe o celular à mostra no interior do veículo.

6) Durante o bloco, todo cuidado é pouco com esbarrões e empurrões. Essa é uma estratégia muito usada por quadrilhas que furtam celulares.

7) Evite deixar o celular no bolso de trás de calças e bermudas.

8) Procure não andar sozinho durante o Carnaval, evite também as ruas desertas e vagões vazios.

R7

PROCON Natal realiza fiscalização presencial e plantão via WhatsApp até a quarta-feira de cinzas

O Procon/Natal está desde a última quinta (28 de fevereiro) realizando operação de fiscalização junto aos estabelecimentos que ficam no entorno dos polos carnavalescos do Carnaval de Natal.

Nas duas semanas que antecederam o período de Reinado de Momo, as equipes de fiscalização do órgão percorreram todos os espaços de eventos oficiais e notificaram os comerciantes quanto à ostensividade que será empregada durante os dias de folia. Os cardápios e placas publicitárias dos estabelecimentos foram previamente fotografadas e arquivadas, a fim de que o mesmo procedimento seja adotado durante as festas, no intuito de verificar se está havendo aumento abusivo de preços em razão dos festejos momescos, prática vedada pelo Código de Defesa do Consumidor.

Ao mesmo tempo, o Procon/Natal trabalhará em sistema de plantão 24 horas, até a quarta-feira de cinzas, por meio do WhatsApp (84) 98870-3865. O consumidor que se sentir lesado, poderá encaminhar suas reclamações em tempo real ao nosso número. As equipes de fiscalização estão orientadas a coibir toda e qualquer prática que vise a prejudicar o consumidor em seus direitos.

Carnaval: confira os serviços que funcionarão nos dias de festa na capital, litoral e interior

Foto: ASSECOM/Demis Roussos

Para quem gosta de tranquilidade, passear com a família e estar em contato com a natureza, a boa notícia é que o Parque das Dunas abrirá normalmente no sábado (02) e domingo (03), das 6h às 18h. Na manhã de domingo, a partir das 10h, a Xaranga do Riso comemora 30 anos de atividade com muita folia no palco do projeto Bosque Encena. A banda é formada pelos palhaços: Xaréu, Tamborete, Algaroba, Cabeleira e a palhaça Priziaca, além da participação de palhaços convidados. A entrada para o parque tem valor simbólico de R$ 1.

Na segunda (04), como é praxe, será fechado e somente o público “coopista” que tem carteira terá acesso. Na terça (05), feriado oficial, também será fechado para o público em geral e acessível apenas quem tem a carteira. O Parque será reaberto na quarta-feira de cinzas (06), a partir das 13h. Importante destacar que não haverá nenhum expediente administrativo nos dias fechados, tais como a enfermaria.

Se você não vai cair na folia e quer passar um carnaval praticando o bem ao próximo, aproveite o período momesco para doar sangue. Situado à avenida Alexandrino de Alencar, 1.800, no bairro do Tirol, a unidade funcionará no sábado (02), das 7h às 18h e reabre segunda (04), das 7h às 12h. Terça (05) será fechada novamente e, na quarta-feira (06), volta a ter expediente normal, das 7h às 18h. Para mais informações, ligue (84) 3232-6701.

Emergências e urgências

O pronto-socorro Clóvis Sarinho, anexo ao hospital Walfredo Gurgel, situado à avenida Hermes da Fonseca, funcionará normalmente em regime de plantão para casos de assistência ao paciente vítima de traumas. Para situações menos graves, a população deverá procurar a unidade de pronto atendimento (UPA) mais próxima. Atenção aos telefones úteis: 192 (SAMU) e 193 (Corpo de Bombeiros).

Plantão de polícia

A Operação Carnaval 2019 começa às 18h da sexta-feira (01) e vai até o meio-dia (12h) da quarta-feira de cinzas (06). Em Natal e Grande Natal, delegacias móveis estarão disponibilizadas nos polos de carnaval dos bairros de Petrópolis, Ponta Negra e Redinha; e nas praias de Pirangi e Muriú. Porém, em casos de denúncias (desde crimes ambientais até assédio sexual) as pessoas devem ligar para a Polícia Militar nos números 180 (exclusivos para mulheres), 190 (em geral) e 181 (para situações que requeiram investigação criminal, como tráfico, maus tratos a idosos, animais etc).

Haverá viaturas da Polícia Civil nos seguintes polos: Centro Histórico (Praça André de Albuquerque e Beco da Lama); Rocas, na rua Pereira Simões; Zona Oeste, no bairro Nazaré; Polo Ribeira, avenida Duque de Caxias; Polo Circuito Praia, em Brasília Teimosa, ao lado do Centro de Artesanato. Algumas delegacias da Grande Natal funcionarão em regime de plantão nos seguintes Polos: Pirangi e Maxaranguape.

No interior do Estado, as equipes das delegacias situadas em cidades estratégicas trabalharão durante a Operação Carnaval 2019: 1ª Delegacia Regional de Polícia Civil (DRPC), de São Paulo do Potengi; 2ª DRPC, de Mossoró; 3ª DRPC, de Caicó; 4ª DRPC, de Pau dos Ferros; 5ª DRPC, de Macau; 6ª DRPC, de Nova Cruz; 7ª DRPC, de Patu; 8ª DRPC, de Alexandria; 9ª DRPC, de Santa Cruz e 10ª DRPC, de João Câmara.

 

Vigilância Sanitária de Natal alerta para alimentação segura durante Carnaval

Foto: (João Castellano/VEJA.com)

Com a chegada do carnaval, para proteger a saúde da população, em meio às festas e comemorações, a Vigilância Sanitária (VISA) de Natal alerta para alguns cuidados na alimentação e consumo de água. Para garantir que a folia não termine antes da hora, a VISA faz algumas recomendações para os foliões que estão nos festejos de rua durante o carnaval.

Uma das coisas importantes que devemos fazer é evitar doenças causadas pelo consumo de alimentos ou água contaminados, visto que existem segundo o Ministério da Saúde, mais de 250 tipos de Doenças Transmitidas por Alimentos (DTA’s) no mundo.

Preste atenção aos quesitos de limpeza, acondicionamento, aspecto e embalagem do alimento, bem como à apresentação pessoal dos ambulantes e estabelecimentos que estão comercializando alimentos, atentar ao prazo de validade e às condições físicas dos alimentos (aparência, consistência, odor).

É recomendável evitar alimentos malcozidos ou mal assados (carnes e derivados) e preparações culinárias que contêm ovos crus (ovo frito mole, maionese caseira). Seja qual for o local da compra, os alimentos devem estar fora do alcance de insetos, roedores e outros animais.

Procurar sempre que possível lavar as mãos antes de comer, depois de ir ao banheiro e após o manuseio de objetos sujos. Quando isso não for possível, sugerimos fazer pelo o uso de álcool gel para higienização das mãos.

Os sintomas mais comuns dessas doenças são: náuseas, vômitos, dores abdominais, diarreia, falta de apetite e febre. O diagnóstico é feito conforme cada caso, segundo os sintomas dos pacientes e por exames laboratoriais específicos. Geralmente, o tratamento é baseado em medidas de suporte para evitar a desidratação e o óbito.

Em caso de ocorrência de surto alimentar, entrar em contato com a Vigilância Sanitária para denúncias por meio dos telefones do Serviço de Plantão: 0800 281 4031 ou 3232-8520.