EFEITO PANDEMIA: 40% dos brasileiros vão evitar beijar desconhecidos no carnaval, aponta pesquisa feita em Salvador, Rio, Recife e mais

Foto: Carla Carniel / Estadão

A pandemia do novo coronavírus teve diversos efeitos no Brasil, e um deles foi a possibilidade de adiar uma das maiores festas do País em 2021: o carnaval. Ainda sem uma data concreta para a liberação de uma vacina e com a necessidade de distanciamento social, não se sabe exatamente como ocorrerá o carnaval no próximo ano.

Para entender de que forma a pandemia mudou os hábitos da população pensando em um evento repleto de contato físico e aglomeração, foi realizada uma pesquisa com moradores das cidades de Salvador, Rio de Janeiro, Recife, Olinda, São Paulo e Belo Horizonte, conhecidas pelas celebrações no feriado do carnaval.

Dos mil entrevistados, todos entre 18 e 45 anos, 60% pretendem mudar o comportamento nas festas do feriado, mesmo se uma vacina já estiver em circulação. Além disso, 67% são a favor do cancelamento do carnaval 2021, e 31% afirmaram que só participarão da folia se uma vacina já estiver disponível.

Pensando no comportamento do público nas celebrações, 68% dos entrevistados disseram que estão mais exigentes com as condições de higiene nos eventos, e 49% darão preferência para festas menores, com 38% pretendendo evitar os tradicionais blocos de carnaval e aglomerações.

Ainda sobre as mudanças de hábito, 40% dos entrevistados afirmaram que pretendem evitar carinhos e beijos de desconhecidos. Já sobre o adiamento do carnaval, já anunciado em São Paulo, no Rio de Janeiro e possível em outros Estados, 50% disseram que não pretendem comemorar, mesmo em uma nova data.

A pesquisa foi encomendada pela agência de marketing Estalo, que trabalha há mais de dez anos com carnaval de rua, e realizada pela empresa Mindminers entre 4 e 10 de agosto.

E-mais Estadão

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Maria disse:

    Enquanto não estiverem bêbados.

  2. Comedor disse:

    Eu vou comer carne mijada em casa, para não correr riscos. Tem muito boçal por aí que, se o cara olhar sem querer para a mulher dele, vem prá cima a tasca bufete no cara. Tô fora.

  3. Jose disse:

    Não se surpreendam se no Carnaval a realidade for diferente… A maioria vai estar se beijando e se abraçando… Povo de memória curta por conveniência… no Carnaval poucos vão estar pensando ou dando importância ao vírus da pior Pandemia dos últimos tempos.

  4. Beto Dal disse:

    Nesta pesquisa incluíram os que vão estar bêbados?!

  5. Jefferson Silva disse:

    kkkkkkkkkk Duvido!!!!!! Pesquisa FAKE.

  6. Paulo disse:

    Para mim está muito difícil isso.
    Mesmo sem carnaval, onde chego, há muitas gatas querendo me beijar.
    Especialmente nos barzinhos top da cidade.
    Devido à pandemia tenho evitado.
    Ou exijo que faça um PC R antes…

  7. Pixuleco disse:

    Será? Kkkkk.

São Paulo adia carnaval e cancela Parada LGBTQI+ e Marcha Para Jesus

Foto: © Liga das Escolas de Samba de São Paulo/Direitos reservados

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas, anunciou nesta sexta-feira (24) o adiamento do carnaval e o cancelamento de eventos tradicionais, como a Marcha para Jesus e a Parada LGBTQI+, por causa da pandemia do novo coronavírus.

A nova data para o carnaval ainda não foi definida. O prefeito informou que os festejos só deverão ocorrer a partir de maio, evitando o mês de junho para não coincidir com as festas de São João, muito concorridas no Nordeste do país. As datas mais prováveis para o carnaval seriam o fim de maio ou o início de julho.

“Batemos o martelo e estamos adiando o carnaval do ano que vem”, disse Covas hoje, em entrevista coletiva no Palácio dos Bandeirantes, sede do governo paulista. “Tanto as escolas de samba quanto os blocos carnavalescos entenderam a inviabilidade de realização do carnaval em fevereiro do ano que vem”, acrescentou o prefeito.

O adiamento dos desfiles e demais festejos carnavalescos vale para todo o estado.

Segundo Covas, no ano passado, o carnaval atraiu 120 mil pessoas para o sambódromo paulistano, gerando R$ 227 milhões para a prefeitura. Já o carnaval de rua juntou, durante três fins de semana, 15 milhões de pessoas, gerando R$ 2,75 bilhões.

Marcha para Jesus e Parada LGBTQI+

O prefeito anunciou também, após acordo com organizadores, o cancelamento de dois grandes eventos da capital: a Marcha para Jesus e a Parada LGBTQI+.

Marcada inicialmente para 13 de junho, a Marcha para Jesus foi adiada para 2 de novembro. No entanto, por causa da pandemia, os organizadores da marcha decidiram cancelar o evento deste ano.

No ano passado, a marcha atraiu 3 milhões de pessoas e gerou R$ 217 milhões para a prefeitura.

Covas disse que a organização do evento já avisou à prefeitura que não fará a marcha no dia 2 de novembro de forma presencial. Nos próximos dias, os organizadores vão apresentar à prefeitura outro formato para realização da marcha, que não será presencial, informou o prefeito.

Já a tradicional Parada LGBTQI+, que seria realizada no dia 14 de junho, ocorreu de forma virtual. Os organizadores haviam, inicialmente, adiado o evento para 29 de novembro, mas, também por causa da pandemia, optaram pelo cancelamento. No ano passado, a parada atraiu 3 milhões de pessoas e gerou para a prefeitura benefício econômico de R$ 404 milhões.

No dia 17 de julho, o prefeito já havia anunciado o cancelamento do réveillon da Paulista, comemoração de ano-novo que atrai milhares de pessoas, todos os anos, para a Avenida Paulista.

São Silvestre

A realização de outro evento tradicional no calendário paulistano, a Corrida São Silvestre, disputada no último dia do ano, ainda está sendo analisada.

De acordo com Bruno Covas, a prefeitura já entrou em contato com os organizadores da corrida de rua para avaliar se a prova será adiada ou cancelada.

Fórmula 1

Nesta sexta-feira, foi anunciado o cancelamento do Grande Prêmio Brasil de Fórmula 1, que é realizado desde 1973 no Autódromo de Interlagos, em São Paulo.

A prova é disputada de forma ininterrupta desde 1990.

Agência Brasil

Evento que pede Carnaval pós-pandemia tem 78 mil interessados

Foto: Marcelo Fonseca

Um evento no Facebook chamado ‘Carnaval de Novo Quando Tudo Isso Passar’, organizado pelo carioca Omar Monteiro Junior, contava, até a noite desta terça-feira, 7, com 78 mil interessados e 23 mil confirmações.

A página tem um texto que diz o seguinte: “A GENTE NÃO QUER SABER! Quando tudo isso passar nós vamos fazer um novo carnaval. Chama os Amores Líquidos, chama o Boi Tolo, o Fanfarra Black, chama geral! Chama o Bola Preta, os Amigos da Onça! Vamos fazer um carnaval. Não um carnaval fora de época, mas um carnaval EM ÉPOCA, em época de celebrar a vida, a superação, a esperança e homenagear todos os profissionais da saúde que dedicaram suas vidas pelo seu povo, pelo nosso povo. Vai ser uma grande festa.” Ao final, no entanto, deixa uma mensagem incisiva: “Enquanto isso, evitem aglomerações, quem puder ficar em casa FICA EM CASA, P….!”

Procurado pelo Estado, Omar diz que o evento surgiu como uma brincadeira. “Eu criei brincando. Uma brincadeira que acabou tomando uma proporção enorme.” Ele diz que, com as pessoas que conhece no Rio, não seria difícil fazer um carnaval fora de época caso a pandemia não demorasse a acabar. “Mas sabemos que não será assim. Ainda, no final da quarentena, a diminuição do isolamento social vai ser gradual, até pra não gerar novos surtos. O cenário que nos espera não é dos melhores.”

Ele diz que a prática de um Carnaval fora de época só será factível quando se tornar um desejo da população . “Acredito que muitos não terão sanidade mental, pois passaremos por muitas perdas e tudo mais, mas assim como em outras pandemias ou momentos difíceis da nossa história, a arte, a festa, o iluminismo vieram para nos salvar da tristeza, do obscurantismo e da melancolia.” O que seria preciso para que seu sonho, hoje impensável, desse certo? “A única forma desse evento acontecer ainda nesse ano seria com a descoberta de uma vacina, com a população imunizada.”

Estadão Conteúdo

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Jason Lima disse:

    Procurar agradecer a Deus ninguém fala, buscai primeiro o reino de Deus !
    Temos todos que agradecer a Deus para daí dar continuidade a vida.

  2. Jacques disse:

    Tomara que seja um fracasso total. Já tivemos o carnaval em plena pandemia, agora precisamos é trabalhar!!

  3. Tarcísio Eimar disse:

    Tem jeito pro BR não.

  4. O SENHOR É DEUS. disse:

    Quando passar vão agradecer à DEUS orando.

  5. JOSE disse:

    PÓS-PANDEMIA
    INICIAR UM TRABALHO DE MELHORAMENTO DOS NOSSOS HOSPITAIS:
    MAIS LEITOS;
    MAIS MEDICAMENTOS;
    MAIS EQUIPAMENTOS;
    ISTO É O QUE SEMPRE DEVERIAMOS DESEJAR.
    SAÚDE MEU POVO!
    "SETE ANOS DE VACAS MAGRAS – SETE ANOS DE VACAS GORDAS" BIBLICO.

Parnamirim tem 84% de ocupação de hotéis durante o Carnaval

Foto: ASCOM

Parnamirim alcançou 84% de ocupação da rede hoteleira durante o Carnaval de Pirangi em 2020. Os dados foram divulgados pela Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH) e evidenciam os bons resultados do investimento da Prefeitura em uma das principais programações do calendário de eventos nacional.

Para o prefeito Rosano Taveira, o Carnaval tem se mostrado não apenas como uma forte tradição cultural, mas também como um grande potencial econômico. “Estamos investindo e a cada ano nosso Carnaval tem crescido e se consolidado como um dos melhores do estado”, destacou.

De acordo com Paulo Lopes, Assessor Especial do Turismo da Secretaria Municipal de Planejamento, Finanças, Turismo e Desenvolvimento Econômico (Seplaf), diversos fatores influenciaram para o número positivo de ocupação de leitos.

Segundo ele, além do fortalecimento do Carnaval, o investimento na segurança, com destaque para a criação da Guarda Municipal e a instalação de câmeras de monitoramento nos principais corredores da folia, também foram determinantes para que se alcançasse bons resultados.

“Enxergo também a programação do verão ao longo do mês de janeiro, com programação diversas todos os finais de semana como uma excelente preparação para que chegássemos ao Carnaval com o terreno bem preparado. Muitas pessoas que vieram para o verão, aproveitaram para ficar por aqui mesmo e curtir o Carnaval”, analisou.

Cesária Santana, administradora do Hotel Vilage em Pirangi destacou o incremento das atividades turísticas durante o verão em Pirangi. Segundo ela, a prefeitura vem fazendo um bom trabalho, principalmente na área da segurança.

“Minha taxa de ocupação cresceu em relação ao ano passado durante o verão e enxergo como positivo o crescimento progressivo que o setor turístico e econômico vem alcançando nos últimos anos”, disse.

Dados divulgados por pesquisa realizada pelo Sistema Fecomércio sobre o Carnaval de 2019, evidenciaram essa realidade. Segundo a pesquisa, a folia de Momo em Parnamirim registrou crescimento no número de turistas, atingindo o percentual de 57,1%, sendo a Paraíba (PB), Pernambuco (PE), São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ), Minas Gerais (MG) e Ceará (CE), os estado que mais visitam o município, nesse período.

Este aumento do percentual de turistas se refletiu na economia de maneira significativa. Em 2019, somente nos segmentos de comércio e serviços, o Carnaval de Parnamirim movimentou mais de R$ 6 milhões nos quatro dias de folia.  Entre os turistas, o gasto médio diário individual ficou na casa dos R$ 129,40 e entre os nativos, o gasto diário com o Carnaval foi de R$ 52,65 em média. O público estimado para os quatro dias foi de 120 mil pessoas.

Diante dos bons resultados, a Prefeitura de Parnamirim encomendou novamente a pesquisa da Fecomércio que será divulgada em breve e segundo a administração pública, as estimativas são ainda melhores. Com investimento na casa de R$ 1,3 milhão, a expectativa é de que o valor movimentado na economia tenha sido em torno dos R$ 8 milhões.

Bombeiros realizaram 7 salvamentos aquáticos durante o período de carnaval no RN

Foto: CBM/ASSECOM

Durante a operação Carnaval 2020, 40 mergulhadores e guarda-vidas, do Grupamento de Busca e Salvamento (GBS), atuaram, diariamente, em postos distribuídos nas praias das Emanuelas (Tibau), São Miguel do Gostoso, Redinha, Praia do Forte, Praia do Meio, Praia dos Artistas, Praia de Areia Preta, Ponta Negra, Búzios, Camurupim, Praia da Pipa (Tibau do Sul) e na Praia do Amor (Tibau do Sul). Ao todo, foram 2.023 orientações, 839 advertências e 7 ocorrências (salvamentos aquáticos).

“Durante toda a operação verão e no carnaval fizemos as orientações com as entregas de panfletos educativos, juntamente com advertências para os banhistas. Tudo isso para fomentar a prevenção e evitar óbitos por afogamento. Foram mais de duas mil orientações e sete salvamentos aquáticos. Sete famílias deixaram de chorar a morte de entes queridos”, finalizou o comandante-geral do CBMRN, coronel Monteiro Junior.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Manoel disse:

    Eita! Em breve taxa de bombeiro pros banhistas serem salvos…

Equipe de Comunicação da Prefeitura de Tibau do Sul é ameaçada durante cobertura de Carnaval

A equipe de Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Tibau do Sul sofreu ameaças enquanto realizava a cobertura da quarta-feira de cinzas na Praia da Pipa. O empresário Erivaldo da Costa Vale, mais conhecido como “Caicó”, embriagado, perturbou e assediou a equipe que estava no local a trabalho.

A Comunicação da Prefeitura de Tibau do Sul vinha realizando a cobertura de todo o carnaval de Tibau do Sul desde a última sexta-feira, 21. Em Pipa, foi o unico constrangimento sofrido pela equipe. Na ocasião, o agressor se dirigiu ao assessor chefe da equipe, com agressões e insultos, tomou parte dos equipamentos utilizados na cobertura, entre eles, a câmera profissional pertencente a uma das vítimas, a fotógrafa da assessoria, Ellen Montenegro.

Após todo o episódio, o agressor vem distribuindo ameças via grupos de WhatsApp por meio de áudios e mensagens de baixo calão, até mesmo diretamente ao contato pessoal Assessor de Comunicação responsável pela equipe, Fábio Pinheiro.

Caicó faz parte de um grupo conhecido por Destino Pipa/Tibau do Sul, no qual é administrador e dono, pertencente a oposição da gestão atual do Governo Municipal de Tibau do Sul e possui mais de 16 Boletins de ocorrência em seu nome. Há tempos vem distribuindo ofensas ao assessor de comunicação de Tibau do Sul, nesse grupo. Incluí e excluiu o assessor do grupo como forma de constranger e intimidar com tom político.

Indignado com as atividades e falsa versão alegada por Caicó, Joca da Pipa, nativo e folião de Pipa, que estava no local durante o episódio esclarece e confirma versão da equipe de Comunicação: “Os meninos estávam trabalhando. Tinham acabado de me entrevistar. E nesse hora já víamos o Caicó falando e puxando o assessor. Fui até ele e pedir pra ele parar. Deixar o pessoal trabalhar”, esclarece.

Escola de Samba Águia Dourada ganhou Carnaval de Natal pela primeira vez

Foto: Marco Polo Veras

A Escola de Samba Águia Dourada conquistou o título do Carnaval de Natal 2020. A apuração ocorreu na tarde dessa quinta-feira (27), no Museu de Cultura Popular Djalma Maranhão, na Ribeira.

Com 114,05 pontos, essa foi a primeira conquista no grupo A dessa agremiação que tem sede no bairro do Alecrim e tem 16 anos de existência, mas há apenas dois anos disputa a elite das escolas de samba da capital. O tema do desfile foi “Da Literatura e Cordel ao Imaginário Popular” e homenageou o folclorista potiguar Luís da Câmara Cascudo.

“Procuramos fazer um belo desfile para prestigiar uma figura tão importante da nossa história. Saímos com 800 componentes, 06 carros alegóricos e 12 alas. Agora é só comemorar!! É uma alegria sem tamanho”, comemorou Francisca Cecília, 26 anos, diretora e porta-bandeira da escola.

Nas segunda e terceira posições ficaram Malandros do Samba, com 113,80 pontos, e Balanço do Morro, com 113,47 pontos (penalizada com a perda de três pontos por ter desfilado sem a quantidade mínima de baianas). Em quarto e último lugar e rebaixada para o grupo B de 2021, ficou a Acadêmicos do Morro, com 99,15.

Já no grupo B, a Batuque Ancestral foi a grande campeã com 109,90 pontos, garantido vaga no grupo A do ano que vem. Em seguida vieram União do Samba – 108,80 pontos – e Grande Rio Grande do Norte com 103 pontos.

Os desfiles aconteceram sábado (22) e domingo (23), na avenida Duque de Caxias (Polo Ribeira) com 7 escolas.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Gildo disse:

    Pelo amor de Deus acabem com esses desfiles bizarros. Fiquem só na tribos de índios.

PARCIAL: PRF registra oito acidentes graves nas rodovias federais do RN durante o carnaval

Foto ilustrativa: PRF/SE/Divulgação

Até a manhã desta quarta-feira (26), pelo menos oito acidentes graves foram registrados pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) nas rodovias federais que cortam o Rio Grande do Norte, desde o período de início do carnaval. Felizmente, não houve nenhuma morte nas estradas.

A PRF também informa que durante o feriadão 85 pessoas foram flagradas dirigindo sob efeito de álcool. Do total, seis foram presas. Ainda foram registrados casos de ultrapassagem indevida, receptação de veículo roubado e contrabando, mas a PRF só deverá divulgar todos os dados nesta quinta-feira (27), após o fim da operação, previsto para a meia-noite.

 

FOTO: Bloco dos Garis e Baiacu na Vara encerraram o Carnaval em Natal nesta quarta-feira de cinzas

Foto: Alex Régis

O carnaval de Natal chegou ao fim nesta quarta-feira (26) de cinzas. A folia foi encerrada no polo da Redinha. Como de costume, os primeiros acordes foram entoados pela turma da limpeza pública de Natal. Depois de seis dias de trabalho, mantendo a cidade limpa, foi a vez dos funcionários da Urbana brincarem o carnaval no Bloco dos Garis. Depois foi a vez do Baiacu na Vara despontar na avenida, finalizando o reinado de Momo.

São 20 anos de trajetória do Bloco dos Garis no Carnaval de Natal. A turma não economizou na criatividade no quesito fantasia, bem como mostrou muito fôlego e disposição para sair pelas ruas da Redinha. A festa foi bonita. O presidente da Companhia de Serviços Urbanos de Natal (Urbana), Jhonny Costa, acompanhou a movimentação e disse que a realização do bloco premia o trabalho e a dedicação dos servidores da limpeza pública de Natal: “Todos têm direito a brincar o carnaval. Nada mais justo com os homens e mulheres da Urbana que trabalharam com afinco ao longo de toda a festa curtirem esse momento de alegria”, destacou.

A praça do Cruzeiro foi o ponto de encontro dos blocos. O bloco dos Garis saiu de cena para dar lugar ao Baiacu na Vara, que este ano completou 30 anos de carnaval. O espaço ficou pequeno para a numerosa presença de público. O natalense aproveitou cada minuto do último de festa. Parecia que não queria se despedir do carnaval. A Orquestra Frevo do Chico foi quem puxou os foliões.

Carnaval de Natal: confira programação completa de shows e bloquinhos nesta segunda

Foto: Ilustrativa

Polo Ponta Negra

Banda Submarino Amarelo – 18h30
Antônio Nóbrega – 20h30
Ricardo Chaves – 22h30

Polo Petrópolis

Don Cardoso & Seus Metais – 19h30
Maestro Forró e Orquestra Popular da Bomba do Hemetério – 21h30

Polo Centro Histórico (Palco Beco da Lama)

Banda Cafundó – 16h
Coco Juremado RN As Flechas – 17h
Alana Araújo Banda – 19h
Daúde – 21h

Polo Rocas

Zorro e Coisas de Samba – Roda de Samba com Toninho Melé – 16h
Arquivo Vivo – Roda de Samba com André da Mata – 18h30
Ribeira Boêmia – Roda de Samba com João Cavalcanti – 21h

Polo Redinha (Palco Cruzeiro)

Deusa com Elino no Frevo – 17h
BEX – 19h
Dudu Galvão – 21h

Polo Redinha (Palco Buiú)
Alphorria – 20h30
Banda Grafith – 22h30

Polo Oeste

Roberto do Acordeon e Orquestra Sanfonada – 18h
Banda Nagibe – 20h
Sâmia Maia – 22h

Polo Praia – Pranchão Praia

Banda Detroit – 15h

Blocos

Aponta
Local: Praia de Ponta Negra
Hora: 16h

Fuleragem Carnavalesca Abayomi
Local: Rua Ezequias Pegado, Abayomi Espaços Compartilhados
Hora: Concentração às 14h, saída às 16h20

Petrópolis Folia
Local: Praça das Flores, Petrópolis
Hora: 16h

Eu No Teu Caneco
Local: Rua Largo do Porto, Cidade Alta
Hora: 14h à meia-noite

As Raparigas
Local: Praça do Cruzeiro, bairro da Redinha
Hora: Concentração às 12h, saída às 12h30

Os Manicacas na Folia
Local: Avenida João Medeiros Filho, número 8471, bairro da Redinha
Hora: Concentração às 14h, saída às 16h

Galo da Praia
Local: Praça do Cruzeiro, bairro da Redinha
Hora: Concentração às 16h, saída às 16h30

Sem preconceito eu vou
Local: Praça do Cruzeiro, bairro da Redinha
Hora: Concentração às 16h, saída às 17h

Filhos de Zâmbi
Local: Bairro da Redinha
Hora: Concentração às 16h, saída às 17h

Troça do Carcará
Local: Praça do Cruzeiro, bairro da Redinha
Hora: Concentração às 18h, saída às 20h

Os Grávidos
Local: Rua Pereira Simões, bairro das Rocas
Hora: Concentração às 14h, saída às 16h

Não empurre não
Local: Bar do Bixiga, bairro Cidade Alta
Hora: Concentração às 16h, saída às 16h30

As Poderosas
Local: Rua Largo do Farol, bairro de Mãe Luíza
Hora: Concentração às 12h, saída às 14h

Carnaval de Mãe
Local: Rua Guanabara, bairro Mãe Luíza
Hora: 19h às 4h

No Kengo
Local: Rua Ferreira Nobre, bairro Alecrim
Hora: 19h às 23h

Carnapraia
Local: quadra de esportes da Praia do Forte
Hora: 16h

Bloco do Mosquito
Local: Praça da Amizade, Parque dos Coqueiros
Hora: 16h

Os Sem Destino
Local: Rua dos Cometas, bairro Planalto
Hora: 14h à meia-noite

VÍDEO: Bolsonaro destaca trabalho dos homens do Exército na recuperação de rodovias brasileiras durante o carnaval


Em uma postagem no Twitter nesta segunda-feira (24), o presidente Jair Bolsonaro destacou o trabalho de homens do Exército, coordenados pelo Ministério da Infraestrutura e pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), na recuperação de rodovias brasileiras durante o carnaval. “(..) não descansam para tornar a vida dos motoristas e usuários das BRs do Brasil mais segura. Foram décadas de abandono! O trabalho continua”, disse em meio a uma montagem de fotos e vídeos com as obras.

Também pela mesma rede social, ontem (23), o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, publicou um vídeo dos trabalhos desse sábado. “Nosso 1º Batalhão Ferroviário (Lages-SC) avança firme nos trabalhos da duplicação da BR-116, trecho Guaíba-Tapes”, destacou.

Bolsonaro comemora curtidas

Ontem à noite (23), Bolsonaro também postou um vídeo no qual comemora. às 21h55, a marca de 10 milhões de curtidas no facebook. “Muito obrigado a vocês pelo apoio e pela confiança. O Brasil é nosso, valeu pessoal!”, disse.

O presidente passa o carnaval no Forte dos Andradas, no Guarujá (SP). A base militar é a última fortaleza construída no Brasil, inaugurada em 1942, durante a Segunda Guerra Mundial.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Nando disse:

    Tem q fazer algumas coisa além de ordem unida.

Confira a programação do carnaval em Macau nesta segunda

Foto: Canindé Soares

O carnaval de Macau, com 12 horas de folia todos os dias,  além dos trios elétricos, conta com nove blocos oficiais e cerca de 20 alternativos em cortejo carnavalesco.

Atrações e programação

Na segunda-feira: Rastro de Menina e Última Hora
Na terça-feira: Asas da Paixão Elétrico e Kit La Fúria

Carnabrega

Para os amantes do brega em Macau, o público mais apaixonado do carnaval do RN, o Carnabrega virá logo atrás com o trio elétrico trazendo grandes atrações. Confira;

Na terça-feira: Luiz Almir e Eliane Show

Praia de Camapum

Quem curte uma boa praia, com animação e alegria, fazendo a receita certa para o melhor carnaval do estado, sabe que a praia de Camapum é o lugar certo para a animação. Por dia cerca de 5 mil pessoas aproveitam os shows promovidos pela prefeitura no local.

As atrações serão as seguintes:

Na segunda-feira: Hugo Miguel e Banda
Na terça-feira: Paulo Batera e Banda

Carnaval das Antigas

A grande novidade de 2020 é o encontro dos foliões a partir das 10 horas da manhã em um arrastão pelas ruas de Macau. Diferente do Mela-mela, esse será um arrastão em circuito alternativo. Uma oportunidade para que pessoas de todas as idades, amantes da folia de momo, possam se encontrar e compartilhar alegria relembrando os melhores carnavais.

Na segunda-feira: Banda Alegria do Povo
Na terça-feira: Banda Alegria do Povo

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Cigano Lulu disse:

    Óia como Macau é muderna: tem praia e um prédio de dois andares. Pensava montar minha tenda por lá, mas vejo que não daria certo: sou por natureza avesso a metrópoles.

    • LULADRÃO disse:

      Macau só tem vagabundo e bandidos neste carnaval. Local sujo e fedorento. E ainda tem uma porcaria que se chama grafitte, só atrai bandidos com sua apologia a confusão.

Carnaval de Natal: público lota Centro Histórico e prestigia Kengas

Foto: Marco Polo

Alegria, brilho e animação tomaram conta do Polo Centro Histórico, durante o tradicional desfile das Kengas, nesse domingo (23). A programação foi aberta com Acorda Cubbler, seguido por João Batista do Fama e finalizado por Glória Groove. A vencedora do desfile foi Danuza, que concorreu com outras 50 candidatos.

Para o idealizador do bloco das Kengas, Lula Belmont, o público atendeu as expectativas. “É um retrato do fortalecimento do Carnaval de Natal, que ganhou proporções grandes e se consolidou como um destino de carnaval”, celebrou.

A drag queen paulista Glória Groove celebrou o momento de felicidade por estar de volta aos palcos de Natal depois de três anos. Essa é a primeira vez que Glória se apresenta no carnaval. “É lindo ver o quanta coisa aconteceu para mim e para as drags, e elas se veem representadas com outra no palco”, explicou Groove.

A jornalista Ceci Oliveira, madrinha de 2020, disse que este é um bom ano para o papel. “Estou muito feliz de celebrar a Danuza, que eu adorava ouvir no rádio com o seu ‘oi, amor’, e também por estarmos vivendo um momento de repressão à arte. Ser Kenga é resistência e acho isso simbólico demais”, disse.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Cigano Lulu disse:

    Natal já nasceu condenada a ser bela e banguela. Esta cidade é tão feminina quanto 'as' integrantes do bloco das Kengas. Oh, como Natal não há tal.

  2. Sérgio disse:

    Festa degradante.

  3. Andreilson disse:

    Álvaro Dias botou p torar nesse carnaval. O homi é bom!!

JUÍZO PASSA LONGE: Pesquisa diz que pessoas se sentem atraídas por outras no carnaval, aponta “motivos” para traição, e revela que maioria não quer separação

Foto: Ilustrativa

O carnaval está aí é o clima é de folia e pegação até para os comprometidos. Pelo menos é isso que indica pesquisa do site Second Love, dedicado a pessoas que desejam ter relações extraconjugais, que mostra que a infidelidade aumenta nesse período.

De acordo com o site, isso acontece porque muitos homens e mulheres encontram nos bloquinhos ou nas festas de carnaval uma oportunidade de fugir de uma relação que pode ter caído na monotonia. Os motivos para cometer uma traição , segundo os 2400 entrevistados na pesquisa, não param por aí:

cerca de 50% sentem-se atraídos por outras pessoas;

68% das mulheres confessam a necessidade de sentirem desejadas novamente;

25% das mulheres referem-se à necessidade de uma aventura por viverem um relacionamento sem sexo;

mais de 80% dos homens traem devido à falta de sexo com a justificativa de ter mais frequência e variedade

Ainda assim, a ideia é trair nos dias de folia e seguir o relacionamento , já que 70% dos entrevistados afirmam que não querem se divorciar. Eles dizem que ainda amam seus parceiros, valorizam a família ou que apenas buscam uma diversão, não um novo namorado (a). Para eles, trair no carnaval é uma oportunidade para experimentar momentos de fantasia e exaltação, além de viver níveis altos de adrenalina.

IG

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Anderson M. G. disse:

    Em um relacionamento verdadeiro não há traição. Afastem se dessa degradação chamada Carnaval que só potencializa a traição!

VÍDEOS: Mangueira, Viradouro e Grande Rio são destaques do 1º dia do Grupo Especial do carnaval do Rio; veja melhores momentos

ASSISTA MELHORES MOMENTOS AQUI EM MATÉRIA  NA ÍNTEGRA

Mangueira, Grande Rio e Viradouro foram os destaques do primeiro dia do Grupo Especial do carnaval do Rio.

Estácio de Sá, Paraíso do Tuiuti, Portela e União da Ilha também desfilaram nesta noite de domingo (23).

Nesta segunda-feira (24), mais seis escolas voltam à Sapucaí: São Clemente, Vila Isabel, Salgueiro, Unidos da Tijuca, Mocidade e Beija-Flor.

Mangueira

A Mangueira desfilou em busca do bicampeonato com uma releitura crítica da vida de um Jesus Cristo nascido em uma comunidade. O carro abre-alas mostrou o presidente de honra Nelson Sargento e a cantora Alcione representando José e Maria.

O desfile teve ainda uma estátua gigante mostrando um jovem Jesus negro crucificado e referências a indígenas, mulheres e membros da comunidade LGBT.

Grande Rio

A Grande Rio contou a história do pai de santo Joãozinho da Gomeia, mas teve problemas com dois carros, que podem diminuir as notas em quesitos como evolução e harmonia.

Um dos destaques da tricolor de Caxias foi a volta de Paolla Oliveira como rainha de bateria, fantasiada de Cleópatra, após dez anos fora.

Viradouro

A Viradouro fez um desfile que exaltou as mulheres negras de Salvador. O enredo “Viradouro de alma lavada” falou sobre as Ganhadeiras de Itaupã, quinta geração de lavadoras de roupa na Lagoa do Abaeté.

Na comissão de frente, a atleta da seleção brasileira de nado sincronizado Anna Giulia, vestida de sereia, dava mergulhos de até um minuto em um aquário com 7 mil litros de água mineral.

União da Ilha

A União da Ilha do Governador, da rainha de bateria Gracyanne Barbosa, mostrou a vida dura das comunidades do Rio em um desfile com estética realista. Não faltaram sinais das dificuldades: armas, ônibus lotados, pessoas vivendo nas ruas, desempregados, famintos…

O terceiro carro teve problemas para percorrer a avenida, fazendo com que a escola abrisse um “buraco” na Sapucaí. Foi um desfile apressado e com um minuto além do limite.

Paraíso do Tuiuti

O Paraíso do Tuiuti contou a história de “dois Sebastiões” em seu desfile: o rei português que desapareceu no século 16, Dom Sebastião, e o santo padroeiro do Rio, São Sebastião.

A apresentadora Lívia Andrade estreou como madrinha de bateria no carnaval carioca. A comissão de frente imaginou um encontro do santo que viveu no século 3 e o monarca.

Estácio de Sá

No retorno ao Grupo Especial após quatro anos, a Estácio de Sá apostou em Rosa Magalhães, carnavalesca em busca do nono título em 50 anos de avenida. Foi uma volta após três carnavais pela escola nos anos 80.

O primeiro desfile da noite teve alas e carros sobre corpos celestes, pedras preciosas e minerais. A Campeã da Série A em 2019 também fez críticas ao processo de extração dessas riquezas.

Portela

A Portela encerrou o dia e soube se aproveitar do amanhecer com cores leves mas cheias de contraste. A escola mais vitoriosa do carnaval do Rio buscou sua 23ª vitória com um enredo sobre os tupinambás e o “paraíso” que encontraram no Rio de Janeiro antes da colonização.

O desfile apresentou o contraste entre a terra sem maldades dos índios em sua mítica Guajupiá e a selva urbana que a cidade se transformou.

Globo

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Reinaldo disse:

    As escolas de samba .qquem bands is traficantes ?, traficantes odeia a policia e a religao . ta espricado a is meios we comunicacao traditional sao da eesquerda