Diversos

Localização privilegiada entre os diferenciais do Mar do Atlântico, primeiro condomínio alto padrão para Zona Norte de Natal

Fotos: Divulgação

Um dos fatores decisivos para quem busca um imóvel é a localização, uma vez que isso pode influenciar tanto na valorização da propriedade como também no retorno do investimento realizado. Quando o acesso é fácil, o tempo no trânsito é menor e reflete também na qualidade de vida. Morar com conforto e espaço são outros benefícios buscados pelo consumidor e todas essas vantagens oferecidas pelo condomínio fechado Mar do Atlântico, o primeiro de alto padrão na Zona Norte de Natal, região que mais cresce na capital potiguar.

O empreendimento traz detalhes importantes para quem vai realizar o sonho da primeira moradia ou busca um imóvel maior: são casas duplex com 99 ou 114m² de área privada com quintal e opções com dois ou três quartos, uma ou duas suítes. O Mar do Atlântico possui portaria blindada para dar mais tranquilidade aos moradores, além de área de lazer com piscina adulto e infantil, churrasqueiras, mini campo e playground.

Os diferenciais do projeto atraíram a funcionária pública aposentada Sueli Oliveira: “Meu filho cresceu, saiu de casa e eu e meu marido pensamos em procurar um outro imóvel. Falávamos em apartamento, mas todos eram bem distantes das minhas atividades, pois vou à academia, supermercado, gosto de passear no shopping… Quando conheci o Mar do Atlântico, próximo a tudo isso com espaço, aconchego, lazer e segurança, nos encantamos”, afirma.

Gerente comercial do condomínio, Adriana Araújo enfatiza o que a cliente satisfeita constatou: “aqui na Zona Norte nosso produto é realmente único. Alto padrão com espaço interno, a cinco minutos da Ponte Newton Navarro e de centros comerciais, próximo também a escolas e universidades, só tem o Mar do Atlântico. Quem visita nosso stand ou agenda para conhecer pessoalmente as obras em andamento, fica maravilhado”, relata.

Com construção pela Sete Mares Incorporadora, o condomínio fechado Mar do Atlântico conta com stand de vendas na avenida João Medeiros Filho – estrada da Redinha – em frente à Chácara Boa Sorte. O projeto tem financiamento pela Caixa, com entrega garantida e parcelamento facilitado. Para conferir preços e condições especiais de pagamento, você pode chamar Adriana Araújo pelo WhatsApp 99466-0505 ou com os melhores corretores da cidade.

 

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

DESCUMPRIMENTO DECRETO COMBATE COVID: Operação da Guarda e Semurb apreende paredão de som e interdita bar e padaria na zona Norte de Natal

Fotos: Divulgação

Uma ação conjunta envolvendo os agentes do Grupamento Ambiental da Guarda Municipal do Natal (Gaam/GMN), a Ronda Ostensiva Municipal (Romu) e uma equipe de fiscalização da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Urbanismo (Semurb) apreendeu um paredão de som e interditou um bar e uma padaria no bairro Pajuçara, na zona Norte da capital, por descumprimento do decreto municipal de prevenção e combate ao novo coronavírus.

Na intervenção no bar, os guardas municipais identificaram, além do funcionamento irregular, já que é proibida “as portas abertas” nos finais de semana e feriados, ocorria aglomeração de pessoas e utilização de paredão de som em via pública, o que também é vedado por lei municipal. “Pelo menos duas infrações foram registradas no local, sendo os responsáveis identificados e autuados na forma da lei”, informou o coordenador do Gaam/GMN, Isaac Cruz.

Na situação, o paredão de som foi apreendido pelas equipes de fiscalização, o dono do bar foi multado e o estabelecimento vai ser alvo de uma vistoria geral para avaliação das condições de funcionamento. No caso dos paredões de som, além de Lei Federal que prevê crime ambiental, o artigo 3º da Lei municipal nº 6.246, sancionada em 20 de maio de 2011 em Natal, versa sobre a proibição do funcionamento dos paredões de som nas vias, praças, praias e demais logradouros públicos do município de Natal e define “paredão de som” como “todo e qualquer equipamento de som automotivo rebocado, instalado ou acoplado nos porta-malas ou sobre a carroceria dos veículos”.

Na mesma área, uma padaria foi interditada pelas equipes de fiscalização por se manter em funcionamento com espaço de consumação frequentado por pessoas, o que desrespeita às normas estabelecidas no decreto municipal e estadual de prevenção à Covid-19.

A Guarda Municipal do Natal (GMN) age cotidianamente dando apoio, segurança e garantindo o cumprimento da legislação da cidade concedendo suporte as equipes de fiscalização das diversas secretarias da capital. Denúncias de desrespeito aos decretos podem ser feitas ligando para o telefone 190, do Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp), no 3616-9829 (Ouvidoria da Semurb) ou pelo 181 (Disk Denúncia- Polícia Civil).

Opinião dos leitores

  1. Esses Guardinhas deveriam multar os Transportes coletivos, que são verdadeiros antros de aglomerações.

    1. Chama de guardinha o funcionário que está levando silêncio a quem precisa… Aproveite o silêncio e estude para o ENCEJA.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Mar do Atlântico: a melhor experiência para quem quer morar muito bem na zona Norte de Natal

Fotos: Divulgação

O mercado imobiliário de Natal concentrou em bairros das zonas Leste e Sul os diferenciais em imóveis que os tornaram os mais disputados da cidade. Esse cenário, no entanto, começa a se modificar com a diversificação de produtos para os interessados em morar bem em outras regiões da capital.

Na Zona Norte da cidade, por exemplo, a primeira experiência de morar muito bem na região está atraindo interessados em ter qualidade de vida fora do eixo tradicional, como explica Adriana Araújo, gerente comercial do condomínio Mar do Atlântico.

“Quem quer conforto, segurança, equilíbrio e facilidades para adquirir o primeiro imóvel ou fazer um upgrade na moradia achava que não poderia encontrar isso na zona Norte. Mas encontra sim. Todo o padrão elevado de bem-estar foi pensado para essa região no condomínio fechado Mar do Atlântico”, explica Adriana.

Localizado no Bairro Pajuçara, o empreendimento está a cinco minutos da Ponte Newton Navarro, próximo a supermercados, shoppings, escolas e universidades. O condomínio também é bem situado quanto aos principais centros comerciais de Natal e às praias do litoral Norte.

A proposta do Mar do Atlâtico já revela uma experiência ainda única na Zona Norte. A portaria blindada garante mais segurança aos moradores e funcionários. As casas possuem outro diferencial: são 130 duplex que podem ter dois ou três quartos, com uma ou duas suítes. Todas possuem quintal e área privada de 99m² ou 114².

A construção do empreendimento é da Sete Mares Incoporadora, que mantém stand de atendimento na Avenida João Medeiros Filho em frente à Chácara Boa Sorte. O projeto pode ser financiado através dos programas habitacionais da Caixa Econômica. As primeiras unidades serão entregues a partir de 2022.

Para conferir preços e condições especiais de pagamento, você pode chamar Adriana Araújo pelo WhatsApp 99466-0505 ou com os melhores corretores da cidade.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Idosa morre carbonizada durante incêndio em residência na Zona Norte de Natal

Foto: Kleber Teixeira/Inter TV Cabugi

O portal G1-RN destaca em reportagem nesta sexta-feira(08) que uma idosa de 83 anos morreu carbonizada na manhã desta sexta-feira(08) em um incêndio que aconteceu na casa em que ela morava com a família, no bairro Nossa Senhora da Apresentação, na Zona Norte da capital. De acordo com o Corpo de Bombeiros, o fogo começou no quarto da mulher, que era cadeirante. Os outros moradores, três adultos, duas crianças e um adolescente foram resgatados com vida.

Segundo a reportagem, o Corpo de Bombeiros do Rio Grande do Norte relatou que os familiares perceberam o incêndio após as 6h, e não conseguiram entrar no quarto da idosa, por causa do fogo e da fumaça no local. O imóvel tem um primeiro andar, onde os moradores estavam. Como não conseguiram descer, os familiares procuraram a varanda do imóvel e foram resgatados por vizinhos, que colocaram uma escada para que eles deixassem o local.

Após o combate as chamas, o Corpo de Bombeiros encontrou o corpo da idosa carbonizado embaixo da cama. Os bombeiros acreditam que, possivelmente, a vítima tentou se esconder das chamas. A idosa tinha dificuldade de andar, após ter sido vítima de três AVCs.

A causa do incêndio ainda será apurada, porém, os bombeiros acreditam que o fogo tenha começado no ventilador e se espalhado rapidamente pelo quarto, por encontrar materiais inflamáveis como colchão, fraldas geriátricas e álcool em gel.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Homens morrem após assaltos, perseguição e troca de tiros com a PM na Zona Norte de Natal

Foto: Redes sociais

Dois homens morreram após realizarem assaltos, serem perseguidos e entrar em confronto com a Polícia Militar na noite dessa quinta-feira (7) na Zona Norte de Natal. Nenhum policial ficou ferido na ação.

A perseguição movimentou as ruas de diversos bairros da Zona Norte da capital e só parou quando os bandidos perderam o controle do carro, subiram em uma calçada e bateram em um poste. A notícia foi destaque no portal G1-RN. Veja todos os detalhes AQUI.

Opinião dos leitores

  1. Tô gostando da ação desses policias em Natal.
    Todos os dias mandam um cabra ruim pro inferno.

  2. Mais uma vez a PM agindo de forma efetiva p/ o alento da população de bem. Parabéns PM, continuem assim. Marginal com arma na mão tem que ser tratado de forma enérgica.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

FOTO: Guarda Municipal resgata 70 aves da mata atlântica e caatinga em feira na Zona Norte de Natal

Foto: Divulgação

Uma operação do Grupamento de Ação Ambiental da Guarda Municipal do Natal (Gaam/GMN) resgatou na manhã do sábado (26), 70 aves silvestres que estavam sendo comercializadas de forma ilegal na feira livre do Conjunto Santa Catarina, zona Norte da capital. Os pássaros estavam presos em gaiolas e pequenos viajantes com várias aves juntas em espaços pequenos, em alguns casos sem água e alimento.

Na operação, os guardas municipais catalogaram diversas espécies resgatadas, sendo algumas provenientes da região da Mata Atlântica e outras originárias da caatinga brasileira. Entre as aves foram encontrados galos de campina, canários, sibites, papa-capim, sanhaço cinzento, golinha, bigode, entre outros. Além do resgate dos pássaros, todo o material utilizado para manter as aves confinadas foi apreendido e será destruído.

A guarnição do Gaam/GMN informou que foram acionados pelo Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp) para averiguar uma denúncia de comercialização ilegal de tucanos na feira livre. “Quando os guardas chegaram na feira fizeram uma busca para tentar localizar os tucanos e acabaram encontrando diversas gaiolas e pássaros confinados escondidos embaixo de palhas de coqueiros. Foram contadas 70 aves, porém não localizamos nenhum tucano”, informou coordenador do Gaam/GMN, CGA Isaac Cruz.

Na ocasião, os responsáveis pelo crime ambiental conseguiram se evadir da feira livre antes da chegada das viaturas da GMN. A suspeita dos guardas municipais é que algum informante percebeu a aproximação das guarnições e avisou as pessoas que estavam comercializando os pássaros, que fugiram abandonado as aves e gaiolas.

Os pássaros foram identificados e conduzidos ao Plantão da Fiscalização Ambiental da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Urbanismo (Semurb) e após avaliação veterinária, os da Mata Atlântica serão soltos em uma reserva na Região Metropolitana de Natal e os da Caatinga serão encaminhados ao Ibama para avaliação e soltura no habitat apropriado.

O tráfico e o comércio ilegal de espécies da fauna silvestre é crime podendo o transgressor ser punido com pena de seis meses a um ano de detenção, além de multa administrativa por crime ambiental de tráfico, que corresponde a R$ 500 por ave e se o animal for ameaçado de extinção, o valor sobe para R$ 5 mil.

O crime é previsto na Lei Federal 9.605/98 e o cidadão pode denunciar esse tipo de delito nos números 190 (Centro Integrado de Operações em Segurança Pública – Ciosp), 181 (Disk Denúncia – Polícia Civil) ou 3616-9829 (Ouvidoria da Semurb).

Opinião dos leitores

  1. É UMA VERGONHA !!!! A LEIS PARA ESSA ATROCIDADE !!!!
    DEVERIA SER INAFIANÇÁVEL..
    Esses lixos não ficam nem presos.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Quatro homens são executados dentro de bar na Zona Norte de Natal

Quatro homens foram mortos a tiros, no interior de um bar, na avenida Cidade Praia, no bairro Lagoa Azul, zona Norte de Natal. As vítimas foram identificadas como Vinícius Gabriel Jorge Santana, de 18 anos, Tiago Teixeira Marinho, também de 18, Valdson Matheus Silva Gadelha, de 17 anos e o proprietário do estabelecimento Josué Pereira da Costa, de 45. De acordo com testemunhas, homens em um carro preto foram os autores da chacina.

De acordo com a polícia as razões ainda são desconhecidas, agentes da DHPP (Divisão de Homicídios e Proteção a Pessoa), concluíram o relatório circunstanciado com as informações preliminares colhidas no local. Por causa do medo ninguém informou detalhes sobre o ocorrido, mas o mesmo assim familiares e outras pessoas que escaparam do atentado serão ouvidas.

Os corpos foram levados para a sede do ITEP onde serão submetidos a necropsia e em seguida liberados para o sepultamento. O controle territorial promovido por facções criminosas pode ser um dos motivos para as quatro execuções.

Portal BO

https://portalbo.com/materia/Quatro-homens-sao-assassinados-dentro-de-bar-no-Lagoa-Azul

Opinião dos leitores

  1. Tube bem! é pena que as pessoas não lembram que só existirá segurança de fato e de direito quando o inútil Congresso Nacional brasileiro mudar as leis e caduco Código de Processo Penal brasileiro e le3gislarem leis dura contra essa violência sem precedente, porém os parasitas de Brasília ficam assistindo de camarote sem fazer nada pelo povo, e Policia prende e a justiça solta com o aval do Legislativo. Nenhum estado de Federação tem condições de manter um policial em cada esquinar para evitar tanta violência, somente leis dura para inibir tanto homicídio e roubo em nossa sofrida nação.

  2. A governadora acabou de dar posse a 1.200 policiais, que outros governadores nunca chamou os concursados. ela teve coragem e formou 1.200 novos policiais. não sejam, ingratos e desinformados, bando de gado, que viraram jacarés mutantes de Bolsonaro.

  3. Com esse trio da segurança, Araújo Secretário de Segurança, Alarico comandante da PM, sob a gestão de Fátima Bezerra a bandidagem do RN está fazendo festa todos os dias, nem os PMs escapam já não podem ir a restaurantes com a família que são mortos, o resultado disso será o aquartelamento com medo de morrerem, enquanto isso o cidadão comum não temsegurança nem dentro de suas casas com cerca elétrica, consertina e câmaras de segurança.

  4. A (falta de) política de segurança pública deste governo Fátima é uma tragédia. Já estava ruim antes dela, agora está ainda pior. Chacinas, execuções, arrastões por todo o Estado — e os bairros de Natal agora dominados não apenas pelas cercas elétricas, mas também por serpentinas. Quem vai a outras capitais não vê tanto arame farpado por todo lado: é uma grande tristeza.

    1. Na minha ótica, não é falta de política de segurança publica , é de lei dura para frear essa violência que tem tornado uma verdadeira guerra urbana, com bandidos armados até os dentes, inclusive portando arma de guerra ao ponto de formarem um novo cangaço como é denominado no sudeste do país, só mesmo uma Polícia bem paga e por em pratica o policiamento ostensivo e preventivo 24 horas no ar. isto é; as autoridades colocar o policiamento ostensivo por turno. Ai sim. mudando as leis, um bom salario aos policiais, com certeza a maquina de segurança vai funcionar. Esta é a receita para uma politica de Segurança Pública . Esse comentário e anterior é de José Soares do Nascimento, esposo Francisca de B. Soares

    1. O certo mesmo era a equipe de Bolsonaro, que protegia ele no dia que levou a facada, fossem os cabeças da segurança no RN, aí estávamos seguros de verdade. Sem violência, só segurança.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Mulher é esfaqueada em frente a UPA e morre na Zona Norte de Natal; suspeita é presa

Caso aconteceu na noite desse domingo (13) na UPA Pajuçara, na Zona Norte de Natal — Foto: Kleber Teixeira/Inter TV Cabugi

O portal G1-RN destaca em reportagem na manhã desta segunda-feira(14) que uma mulher de 28 anos foi esfaqueada no peito e morreu dentro da Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) do bairro Pajuçara, Zona Norte de Natal, na noite deste domingo (13). De acordo com a Polícia Militar, o crime aconteceu em frente à unidade de saúde e teria sido motivado por ciúmes. Outra mulher, também de 28 anos, foi presa como suspeita do crime. Matéria completa AQUI.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Corpo de homem com sinais de espancamento é encontrado em terreno na Zona Norte de Natal

O corpo de um homem de 60 anos foi encontrado na tarde dessa quinta-feira (10) em um terreno baldio no loteamento Dom Pedro I, no bairro Pajuçara, zona Norte de Natal. Segundo a Polícia Civil, a vítima morreu após ter sido espancada com um barrote de madeira. O caso é investigado como homicídio doloso – quando há intenção de matar. Todos o detalhes aqui em
reportagem completa do G1-RN.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Polícia Civil investiga caso de professor encontrado morto dentro da própria casa na Zona Norte de Natal

Foto: Reprodução/TV Tropical

Um professor identificado como Francisco de Assis Silva, de 57 anos, foi encontrado morto dentro da própria casa, que fica localizada no bairro Potengi, zona norte de Natal. O corpo já estava em estado avançado de decomposição.

Os vizinhos notaram a ausência do morador por vários dias e, ao sentirem o mau-cheiro vindo da casa, decidiram averiguar. No local, encontraram Francisco caído no chão da sala, sem vida e completamente despedido. Havia um preservativo no órgão genital do homem e a casa estava revirada.

A Polícia Militar e Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep) foram acionados para fazer a remoção do corpo e investigar o que pode ter ocorrido com a vítima. Segundo os técnicos de perícia, como o corpo já estava em decomposição, não foi possível identificar, em um primeiro momento, se a morte foi provocada por um homicídio.

Francisco de Assis Silva era natural do Rio de Janeiro e professor aposentado. Os familiares, que moram em outro estado, foram avisados da morte. A Polícia Civil fez o levantamento de informações que podem ajudar a esclarecer o caso.

Portal da Tropical

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trânsito

(VÍDEO) – O QUE FALTA? Homem transporta geladeira em garupa de moto na Zona Norte de Natal

“Tá de sacanagem”, foi uma das frases repetidas em tom de indignação por homem que flagrou um garupa de uma motocicleta equilibrar uma geladeira em uma motocicleta em plena Avenida João Medeiros Filho, na zona norte de Natal.

O que mais falta ser presenciado no “versátil ” trânsito da capital potiguar depois desse flagrante de “malabarismo”, em plena luz do dia?

Video: cedido

Opinião dos leitores

  1. Em poucos segundos o cidadão conseguiu falar diversos palavrões… Como diria Faustão: "Ôh louco, meu!"

  2. Tá totalmente errado…. Mas a necessidade financeira as vezes nos faz cometer falhas.
    Mas quem é este cara tão indignado com Natal….Deve ser de algum estado diferenciado…

  3. Ridícula é a falta de fiscalização com os motoqueiros e suas velozes poluições sonoras…atormentam os ouvidos e os senhores autoridades nada fazem…horrível….STTU SO SERVE PSRA MARCHAR NA CONTRA RE . É cada absurdo…essa divisão de forças por localidade e outro questionamento sem nexo…se um carro bate numa rodovia.. so polícia federal..nem para servir de socorro a estadual ou municipal nao faz o seu papel…policia era para ser uma so…Brasil medíocre

  4. O que falta é FISCALIZAÇÃO!!! Os motoqueiros pintam e bordam nessa cidade e s STTU fecha os olhos!! Motoristas de carros, caminhões, ônibus, todos desrespeitam as leis de trânsito nesse país, mas venhamos e convenhamos: os motoqueiros alopram!!!! E quando são repreendidos ficam cheios de razão.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Corpo de criança encontrado enterrado na Zona Norte de Natal é do menino José Carlos da Silva, de 8 anos

O BG recebeu informações que o Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep), em coletiva na tarde desta terça-feira(17), no Laboratório de DNA da instituição, no Complexo da Degepol, confirma o resultado do laudo realizado no corpo encontrado enterrado na manhã da última quinta-feira (12), em um terreno descampado no bairro Pajuçara, Zona Norte de Natal. Trata-se do menino José Carlos da Silva, de 8 anos, que estava desaparecido há 22 dias.

A perda da trágica da criança agora vira um quebra-cabeças para a polícia. Quem matou José Carlos da Silva? A Polícia Civil. através da DHPP, avança nas investigações e não dá detalhes.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

FOTO: Corpo encontrado enterrado na Zona Norte de Natal pode ser de menino de 8 anos desaparecido há 22 dias

Foto: Reprodução/Via Certa Natal

O portal G1-RN destaca nesta quinta-feira(12) que um corpo que pode ser do menino José Carlos da Silva, de 8 anos, desaparecido há 22 dias, foi encontrado enterrado embaixo de uma árvore, no fim da manhã, em um terreno na Zona Norte de Natal. Segundo a reportagem, moradores da região faziam buscas pelo garoto, quando perceberam uma área de terra que estava mais funda, “fofa” e sob palhas.

Ainda segundo vizinhos, a camiseta no corpo é a mesma com a qual o menino foi visto pela última vez antes de desaparecer no dia 21 de outubro. O corpo está em uma área de matagal entre as comunidades da África, na Redinha, e Pajuçara, próxima à casa onde o menino morava. Policias militares, policiais civis, bombeiros e peritos do Instituto Técnico-Científico de Perícia foram enviados ao local.

Matéria completa AQUI.

Opinião dos leitores

  1. Crueldade desse ser humano sem celebro que fez isso,que para mim nao e gente.vai sofrer aquí e no inferno

  2. Eu fico imaginando como o ser humano é capaz de fazer uma atrocidade como essa…
    É o fim da raça humana.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Acidente

Motociclista morre após bater em poste na Zona Norte de Natal

Um motociclista de 47 anos morreu em um acidente na Avenida Itapetinga, no Conjunto Santarém, na Zona Norte de Natal, por volta das 5 horas desta quinta-feira (5).

Informações preliminares dão conta que a principal suspeita dos policiais e dos peritos é de que o motociclista perdeu o controle da moto e bateu no poste.

O corpo foi levado à sede do Instituto de Perícia (ITEP).

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

FOTOS: Incêndio atinge o Hospital Federal de Bonsucesso, na Zona Norte do Rio

Fotos: Reprodução/TV Globo/Globo News

Um incêndio atinge o Hospital Federal de Bonsucesso, na Zona Norte do Rio, na manhã desta terça-feira (27).

O edifício atingido pelas chamas é o prédio 1, onde ficam as enfermarias. Exames de raio x também são realizados no local. Duzentas pessoas foram transferidas de prédio.

Bombeiros de cinco quartéis – Fundão, Ilha do Governador, São Cristóvão, Penha e Central – estão na unidade. As equipes foram acionadas às 9h50, mas até 10h20 não havia informações de feridos.

Bombeiros usam ferramentas para quebrar a estrutura de concreto e facilitar o acesso ao local.

Incêndio começou em almoxarifado

O Hospital Federal de Bonsucesso é uma das unidades de saúde mais importantes da cidade do Rio de Janeiro. Cerca de duas mil pessoas circulam diariamente pena unidade de saúde, segundo a assessoria de imprensa.

De acordo com o hospital, o incêndio começou no subsolo e pegou em uma parte do almoxarifado onde fraldas ficam guardadas.

G1

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Roger Abdelmassih é atacado por preso em tentativa de estrangulamento em hospital penitenciário na Zona Norte de SP

Foto: Reprodução/TV Globo

O ex-médico Roger Abdelmassih, condenado por estupro de pacientes, foi atacado por um detento na quarta-feira (21) no Centro Hospitalar do Sistema Penitenciário, no Carandiru, na Zona Norte de São Paulo. Ele está está internado no local desde 10 de setembro, quando foi transferido da penitenciária de Tremembé, no interior de São Paulo.

Segundo o secretário da Administração Penitenciária (SAP), Nivaldo Restivo, o ataque ocorreu no começo da tarde após um preso, que teve a irmã estuprada recentemente, chegar ao hospital para ser medicado por causa de uma fratura no fêmur.

“Quando soube que Roger estava na mesma ala do hospital penitenciário, ele invadiu o quarto, pulou sobre Roger e o atacou com as mãos”, afirmou Restivo.

A SAP informou que funcionários do hospital perceberam e controlaram o preso e Roger não ficou ferido.

Roger passou por exame de corpo de delito, que não apontou nenhuma lesão.

Abdelmassih está preso desde que o Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) revogou a prisão domiciliar e determinou que ele voltasse a cumprir pena em Tremembé, em 31 de agosto. Mas, por motivos de saúde, conseguiu a transferência para o hospital na capital.

Idas e vindas da prisão

O ex-médico estava em prisão domiciliar desde 19 de abril por ser considerado integrante do grupo de risco de contrair o coronavírus. A decisão que concedia o benefício a ele foi revogada no dia 28 de agosto pelo TJ-SP e ele voltou para a prisão três dias depois.

Para os desembargadores que integram a 6ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça, “a pandemia causada pelo vírus Covid-19 não autoriza, por si só, a antecipação da progressão no regime prisional” e o ex-médico cumpre pena de 173 anos de prisão em regime fechado, não tendo direito à progressão de regime para o aberto no momento.

O TJ atendeu a um recurso do Ministério Público, afirmando que não há nenhum cuidado que o ex-médico precise que não possa ter na cadeia. O MP alegou que recomendação do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) citada na decisão pela juíza, que aborda medidas preventivas à propagação da Covid-19 nas prisões, não pode ser usada para autorizar a “soltura desenfreada de presos”.

Segundo o MP, a penitenciária onde Abdelmassih cumpria pena não tinha nenhuma morte confirmada pela doença e a decisão de conceder prisão domiciliar a Abdelmassih não considerou a possibilidade de ele ficar isolado dentro da penitenciária onde cumpria pena.

Para os desembargados, a pena de 173 de prisão pelos crimes sexuais aos quais Abdelmassih foi condenado e o fato de ele já ter simulado uma doença não autorizam a progressão da pena.

G1

 

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *