Saúde

Médico Nivaldo Serreno de Noronha Júnior morre vítima da Covid-19; Sociedade de Pediatria do RN emite nota de pesar

Foto: Divulgação

A Sociedade Potiguar de Pediatria emitiu nota de pesar nesta quarta-feira(01) pelo falecimento do médico Nivaldo Serreno de Noronha Júnior, de 52 anos, vítima da Covid-19.

Dr. Nivaldo, conforme nota, foi presidente da Sociedade Potiguar de Pediatria(Sopern) de 2010 a 2016 e atuava como vice-presidente desde então.

Ficam também os sentimentos do Blog aos familiares e amigos.

Opinião dos leitores

  1. Ele foi o melhor professor de Inglês que já tive contribuindo diretamente em minha escolha para o Exercício Docente, estando professora da Rede Pública Estadual há 20 anos. Ficam eternizadas as recordações deste extraordinário Educador que tive a honra de fazer parte de seu hall dicente.

  2. Muito triste. Nivaldo sempre foi pessoa simples e dedicado a profissão. Meu amigo dos tempos de Colégio, que Deus e Jesus consolem sua família. Vá com Deus.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

“Minha filha pode estar morrendo por falta de UTI em Natal”, desespera-se mãe de criança em Santa Cruz

Criança entubada e internada no hospital Ana Bezerra, em Santa Cruz, precisa uma UTI de pediatria em unidade de saúde em Natal.

“Preciso urgentemente de divulgação. Minha filha morrendo por falta de UTI”, disse a mão em desespero em contato com o ZAP BG na tarde desta segunda-feira(30).

Segundo a mãe, a criança precisa de hemodiálise com urgência, dizendo que já apelou para o governo e hospitais, que alegam não ter vagas na UTI pediátrica.

Neste momento, a criança se encontra internada numa sala de parto.

Contato da mãe: 98852-4834.

Opinião dos leitores

  1. Mas….. em contra partida, tem muito show para ir….. Questão de prioridade!!!

    VAMOS LEMBRAR DISSO NA PRÓXIMA ELEIÇÃO SR. ALVARO DIAS PARTICIPAR!!!!

  2. Pronto. Era só o que faltava. O Deputado General vai ser o culpado da desgraça do setor saúde do RN. Paciência…!

  3. Enquanto isso, o excelentíssimo deputado General Girão, destina emendas no valor de R$ 400.000,00 para São Paulo.

  4. Que as autoridades e os médicos façam algo, URGENTE, por essa criança. Uma vida que depende de atitude dos governantes. Como doe ler esse pedido de ajuda. Sou mãe e tenho certeza que ninguém consegue dimensionar o sofrimento dessa mãe e dessa família. AÇÃO.
    Que Jesus toque o coração de quem pode fazer alguma coisa.
    Fé em Deus, mãe.

  5. Isso é uma vergonha sem tamanho.
    Será que não tenha uma autoridade que possa ajudar essa mãe.
    Ano Novo na porta ecessa mãe tentando salvar sua filha.
    Onde esta o estado ou o município que ainda não tenha uma solução para salvar a vida de im seu semelhante.
    Me pergunto pra que elegemos esses políticos se não cuidam do bem estar da população.
    Agora quando é dinheiro para corrupção dá pra encher caminhões.
    Lamentável, que ainda possamos assistir esse tipo de coisa.
    E se fosse um filho deles será que estaria passando por isto.
    Resolvam urgentemente isso é urgente.

  6. Isso é o que o governo do PT está causando no nosso querido RN fechando a uti do Walfredo Gurgel

    1. A saúde no RN está a cada dia pior. Fátima Bezerra fecha hospitais e diminui leitos de UTI pediátrica. É um desastre a sua gestão. E pensar que ainda teremos 3 anos pela frente desse desgoverno. Mas não nos surpreende. É o PT sendo PT. Infelizmente a população não soube votar. Agora é aguentar esse desastre de administração.

  7. Parabéns BG pela atitude e empatia. Empatia é o que mais falta aos canalhas travestidos de autoridade que tem em suas mãos a vida de muitas pessoas e fazem escolhas perversas e egoístas todos os dias. Não vão levar nada pra o lugar que irão e só causam sofrimento ao próximo na sua breve passagem por essa vida. Não entenderam nada.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

MARTÍRIO: Populares reclamam de dificuldade de atendimento em especialidade na Unidade Básica de Saúde Pirangi em Natal

Fotos cedidas e reprodução Google

Unidade básica de saúde de boa estrutura na capital potiguar tem pecado no quesito organização nos últimos tempos. Populares têm agendado consultas na especialidade pediatria, e encontram dificuldades para o atendimento.

Reclamações vão desde o número reduzido de fichas ao dia – menos de 10, ao caso de consultas agendadas “remarcadas” sem aviso prévio.

Ao Blog, um pai que preferiu não se identificar desabafou: “Pegamos uma fila grande para agendar uma consulta com a pediatria, e logo cedo, comparecemos na data marcada. Viagem perdida. Fomos informados que o que havia sido marcado para o período da manhã seria agora pela tarde. Disseram que ligaram para comunicar, mas não recebemos qualquer tipo ligação. É um desrespeito. A solução foi remarcar”, disse.

Casos semelhantes ao do pai também foram relatados ao Blog.

Opinião dos leitores

  1. Aonde tem indicação " comando" de veriador (a) em troca de apoio na CMN ai é desse jeito que a banda toca , tem que colocar proficionais comprtente!!!!

  2. Estive hoje por volta das 13:00 hs nas unidades de Pirangi e Jiqui para verificar os horários de vacinas e fui informado que somente pela manhã, pois a tarde não tem profissionais para aplicar. Uma vergonha, com a palavra a Secretária Municipal de Saúde.

    1. Boa sorte ao tentar tratar-se de uma doença crônica de alto custo no plano de saúde. Funcionará muito bem, com certeza.

  3. Povo burro…não sabe votar tem que levar FUMO ….em 2020 tem eleições, sabe oque irá acontecer??? Irão eleger os mesmo …??????Levem FERRO só presta assim

  4. Estive recentemente nessa unidade de saúde e não pude ser vacinado pois não tinha quem aplicasse…

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Hospitais do Estado estão sem atendimento pediátrico

Médicos dos maiores Hospitais do Estado denunciam o déficit considerável de pediatras e a dificuldade em se fechar escalas de plantão do atendimento pediátrico.

Atualmente, o Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel – maior unidade pública de saúde do Rio Grande do Norte – dispõe de 13 pediatras, onde quatro estão de licença médica e um com licença prêmio (todos com previsão de aposentadoria após a licença), e ainda um profissional de férias. Destes, apenas cinco possuem carga horária de 40 horas semanais.

Devido a essa carência de profissionais, na próxima segunda-feira (28), durante toda a manhã, não haverá médicos para cobrir a escala de atendimento pediátrico do Walfredo Gurgel. Já na quinta-feira (31), a preocupação é ainda maior, pois não terá profissionais ao longo de todo o dia, o que compromete os setores de Pronto Socorro, Enfermaria e o Centro de Tratamento de Queimados (CTQ) da Unidade.

Já no segundo maior hospital do Estado, Deoclécio Marques, e no Hospital Santa Catarina, a situação é ainda mais difícil, pois as escalas médicas não conseguem ser preenchidas até o final de cada mês, situação que se repete desde o início do ano. Este fato ocasionou, desde ontem (23), a suspensão dos atendimentos pediátricos nos dois os hospitais.

Atualmente, o Deoclécio Marques conta com dez pediatras, sendo apenas seis com carga horária de 40 horas semanais, onde uma médica está de licença médica e outra está de férias. No Santa Catarina, a grande preocupação é com as constantes aposentadorias, sendo um total de sete apenas neste ano. No geral, o Santa Catarina dispõe de 18 pediatras. Todavia, existem dois profissionais de licença médica, uma de licença maternidade e outra com licença prêmio.

Médicos do estado questionam a ausência de concursos públicos pela Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap), a fim de repor o déficit de profissionais, além da falta de atratividade destes concursos para os médicos mediante a baixa remuneração.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *