Taxa de ocupação para leitos de UTI COVID-19, em Natal, está em 55%

Foto: Divulgação

O Boletim de taxa de ocupação de leitos da Rede de Urgência e Emergência da Secretaria Municipal de Saúde de Natal (SMS-Natal) desta quinta-feira (23), às 16h, mostram uma ocupação de 55% dos leitos destinados aos pacientes com a COVID-19 na capital do Estado. Do total de 45 leitos de UTI no Hospital Municipal e no Hospital de Campanha 25 leitos estão ocupados (55%), 12 estão livres (30%) e sete leitos estão bloqueados (15%).

Com relação aos leitos de enfermarias desses hospitais, a taxa de ocupação é de 40%, representando 60 leitos. Do total dos 150 leitos de enfermaria, 75 leitos estão livres (50%) e 15 estão bloqueados o que representa 10%.

Já nas Unidades de Pronto Atendimento (UPA) de Natal a taxa de ocupação é de 23%, sendo oito leitos. Dos 35 leitos de enfermaria das UPAS, 27 estão livres para pacientes com a COVID-19.

Leitos bloqueados: Leitos que se encontram em manutenção ou com falta de Recursos Humanos (RH).

A eficiência do cooperativismo e sua atuação em conjunto com o Governo do Estado para interiorização de leitos de UTI no RN

Uma das maiores cooperativas do Brasil, a Cooperativa Médica do RN – Coopmed-RN, vem dando suporte profissional médico qualificado e bem treinado para o cenário atual. Desta forma, a Cooperativa contribui, em contrato firmado com o Governo do Estado do Rio Grande do Norte, para abertura de leitos de UTI, nas mais diversas regiões do Estado.

A expansão ocorreu nos leitos de UTI de Caicó, Currais Novos, João Câmara e Pau dos Ferros, com destaque para a ampliação dos serviços de urgência e emergência em Santo Antônio do Salto da Onça e São Paulo do Potengi.

A diretoria da Coopmed ressalta que a interiorização dos leitos de UTI tem uma importância imensurável, pois abre caminhos para levar a medicina de ALTA/MÉDIA Complexidade para o interior do Estado.

O presidente do Cooperativa, Dr. Victor Vinícius de Almeida Ferreira, enfatizou que o projeto de interiorizado do cooperativismo é fundamental para levar medicina de qualidade a todo RN.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Aluísio Valença disse:

    Cooperativismo não é coisa de comunista?

FOTOS: Prefeitura de Parnamirim inaugura 10 leitos de UTI para pacientes com Covid-19

FOTOS: ASCOM – Ana Amaral e Ney Douglas

“Estamos fechando um ciclo”. Foi com essa frase que o Prefeito de Parnamirim, Rosano Taveira, entregou na manhã dessa segunda-feira (6), os primeiros 10 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) disponíveis para a população do município. O espaço foi inaugurado no Hospital Maternidade Divino Amor e será de uso exclusivo de pacientes que contraíram a COVID-19. A equipe, que conta com 62 novos profissionais, já está pronta para a chegada dos pacientes no período da tarde.

O espaço será utilizado para os pacientes regulados, ou seja, aqueles que já estão internados no Hospital Márcio Marinho, Hospital de Campanha ou na UPA de Nova Esperança e apresentaram necessidade de transferência em razão de algum agravamento no quadro de saúde. Os novos leitos foram equipados com aparelhagem nova e moderna. Todos possuem respiradores, cardioversores, hemodiálise, monitores cardíacos e bombas de infusão, além dos básicos.

Durante a cerimônia de entrega, a Secretária de Saúde, Terezinha Rêgo, frisou que Parnamirim tem passado por essa crise com muito compromisso e responsabilidade, apesar dos grandes desafios. De acordo com o último boletim epidemiológico, o município registrou 84 mortes e 744 pessoas curadas, números que mostram que a gestão tem priorizado a vida.

O Prefeito enfatizou que os resultados se somam às diversas ações, tanto de conscientização como de investimento na área. Disse, ainda, que não medirá esforços para conseguir o apoio do governo federal para o município e afirmou que a estrutura da UTI, orçada em R$ 1,80 milhão está pronta e não deixa a desejar para nenhum hospital privado.

A UTI recebeu o nome do médico Solon Pereira Lopes Ferreira, paraibano de 61 anos que faleceu de COVID-19 em 06 de maio. Solon era formado pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) e conhecido por seus colegas como o médico do povo. Na oportunidade da inauguração, foi feita uma breve homenagem ao médico, referência tanto em Natal como em Parnamirim.

Taveira fez questão de parabenizar toda a equipe de saúde do município e frisou que este avanço seria impossível sem o comprometimento destes profissionais. O prefeito relembrou de todo e empenho e esforço dedicados à ampliação de toda a rede de saúde, desde o início da pandemia, para que Parnamirim pudesse atender e cuidar de seus moradores, a exemplo da UPA de Nova Esperança, que aumentou sua capacidade de 18 para 26 leitos, a abertura do Hospital de Campanha com 44 leitos e a ampliação da estrutura do Centro de Atendimento Suzete Cavalcanti.

Vale ressaltar que a estrutura tem mais espaço e está sendo preparada para funcionar com 20 leitos.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Osmando disse:

    Em Macaiba os 10 leitos prometidos pela governadora até agora nada, só promessa

  2. Josias disse:

    Parabéns PREFEITO.
    Essas dez unidades, ajuda a salvar vidas, o que não pode de jeito nenhum é comprar respiradores Super faturados e ENEXISTENTES.
    Fátima, tá escondida na moita e acabando com o RN.
    Infelizmente é a verdade.
    Lamentável!

  3. Chicó disse:

    É assim que se faz ! A governadora podia pedir umas dicas aos prefeitos de Natal e Parnamirim !!!

    • PAULO disse:

      Tá de sacanagem 10 leitos depois de 4 meses de pandemia e depois que o sufoco aparentemente passou…

Familiares e amigos fazem apelo por leito de UTI a senhor de 61 anos em estado grave em Parnamirim

Familiares e amigos do senhor Raimundo Julião Cavalcante, de 61 anos, pedem socorro por um leito de UTI.

Segundo o apelo, Raimundo Julião Cavalcante está em estado grave na UPA de Parnamirim aguardando um leito disponível.

 

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. CIDADAO55 disse:

    O prefeito de Parnamirim e a governadora do RN não bradam aos 4 ventos que construíram vários leitos de UTI, inclusive Hospital de Campanha?
    Cadê esses leitos Sr Taveira e Sra Fátima Bezerra?
    Até quando vamos ter pacientes agonizando e morrendo por falta de UTI?
    Cadê o dinheiro enviado pelo governo federal?
    Cadê os 5 milhões gasto na compra de respiradores que não chegaram via consórcio NE?
    Cadê os leitos que a OS de MG ia instalar?
    #GovernoAssassino
    #GovernoCorrupto
    #GovernoIncompetente

  2. Cavaludo disse:

    Ninguém tá nem aí pra quem morrendo ou na linha de frente. Fato. Infelizmente essa situação infelizmente ainda se repetirá mais vezes. Lástima.

  3. Inaraí disse:

    Fátima ta acabando com o RN.
    Cadê os respiradores??
    Ainda bem que o povo está de olhos arregalados com esses ant patriota.
    Cadê o dinheiro que Bolsonaro mandou??
    É imoral e revoltante.
    Isso é um governo merda esse de Fátima do PT.

  4. Cabo Silva disse:

    Fatao não anunciou que abriu num sei quantos e num sei onde?

    CADE, FATAO?

  5. André Pinto disse:

    E as UTIs não estavam todas vazias?

    Quem está mentindo nessa estória?

Fátima anuncia abertura de novos leitos de UTI e Estado espera que ocupação diminua à taxa de 80%

A governadora Fátima Bezerra (PT), em entrevista ao Bom Dia RN nesta terça (30), disse que novos leitos devem ser abertos ainda esta semana para que o Estado chegue à taxa de 80% de ocupação. Além disso, a governadora afirmou que o Estado vai requisitar leitos de hospitais privados para atendimento no SUS.

“Vamos requisitar, se necessário, aos hospitais privados para que esses leitos que foram instalados para pacientes da Covid-19 não sejam desmobilizados para que a gente possa contratar mais leitos da rede privada”, disse.

Com a abertura de novos leitos, a taxa de ocupação agora deve ser de, no mínimo, 80%. Na manhã desta terça (30) a ocupação era de 87%. “Ainda esta semana serão entregues 15 leitos no Hospital João Machado para pacientes com Covid-19, o que vai diminuir essa taxa de ocupação”, disse a gestora.

O decreto anterior, vale destacar, previa como condição essencial para a implementação inicial do plano de retomada gradual das atividades econômicas no Rio Grande do Norte uma ocupação dos leitos públicos de UTI seja inferior a 70%.

Com acréscimo do G1-RN

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. MAURICIO disse:

    vamos aguardar a chegada dos respiradores que vao chegar da BAHIA

  2. Tita disse:

    Fátima não brinca. 15 leitos … pense numa ve-lo-ci-da-de.

    • Socorro disse:

      Depois que a pandemia estar sob controle, é que a governadora fala em abrir leitos. Essa é mais do que incompetente.

COVID-19: Comitê científico confirma taxa de transmissibilidade em queda e aponta redução da pressão sobre leitos de UTI no RN

O comitê científico de enfrentamento à pandemia da Covid-19 no Rio Grande do Norte, em coletiva no fim da manhã desta segunda-feira(29),  afirma que há redução na pressão sobre leitos de UTI no estado. Conforme noticiado nos últimos dias, a taxa de transmissibilidade da doença também surge como notícia positiva, confirmando diminuição.

“Já está consolidado que a taxa de transmissibilidade está caindo de maneira gradual, o que é do curso da pandemia. Esse dado já se consolida há mais de 15 dias e o comitê científico já entende como um dado seguro”, revelou o professor Ricardo Valetim, integrante do comitê e coordenador do Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde (Lais) da UFRN.

Segundo o coordenador do Lais, há ainda uma pressão por ocupação de leitos e UTI. Porém durante seis dias consecutivos foi registrada uma redução na solicitação por novas vagas nesses leitos críticos.

“Porém, isso não é algo que permita que a sociedade se descuide e relaxe o isolamento social. Pelo contrário: se nós quisermos voltar a uma normalidade, é preciso a colaboração de todos de maneira solidária, setor produtivo, escolas, sociedade, governo. Todo mundo se mantendo ainda vigilante com relação à questão da pandemia, que ainda continua bastante agressiva”, alertou.

O Rio Grande do Norte registra neste momento 994 óbitos, e ainda tem 161 sob investigação.

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Juliano bugueiro disse:

    Melhorando assim, em Setembro vai poder reabrir.

  2. Gaius Baltar disse:

    UTI é o último estágio do sistema de saúde. É interessante ver se a diminuição também ocorre na atenção básica. Pelo o que vejo nas unidades de saúde da Zona Norte isso ainda não chegou no pico.

  3. Flávio disse:

    Tem muito cientista famoso que vai ter que pedir desculpa pelo terror que espalhou !!
    Ou por incompetência ou por interesses …….
    Eita vírus para expor o caráter das pessoas.

FOTOS: UTI do Hospital Municipal de Campanha em Natal está pronta no aguardo de pacientes

Foto: Alex Régis

A montagem dos 20 leitos da Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) do Hospital Municipal de Campanha foi finalizada nesta quinta-feira (28) e os espaços estão aptos a receber os pacientes que necessitem dos cuidados em casos mais graves da Covid-19, a partir da demanda gerada pelo sistema de regulação de saúde.

A estrutura conta com respiradores, bombas de infusão, monitores cardíacos, aparelho portátil de Raio X, mecanismo para uso de gases hospitalares com ar-comprimido, oxigênio e ponto para realização de hemodiálise. A equipe de plantão da UTI conta com médicos (intensivistas e hospitalistas), enfermeiros e técnicos de enfermagem.

De acordo com a direção do HMC, nos próximos 10 dias serão instalados o tomógrafo e o aparelho de Raio X fixos. Nesta quinta, o hospital está com 20 pacientes internados nos leitos clínicos na unidade e a expectativa é que mais seis sejam encaminhados para tratamento no local.

Lá, os pacientes têm acesso ao que há de mais moderno no tratamento da Covid-19, sendo acompanhados diariamente por uma equipe multidisciplinar de médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, fisioterapeutas, assistentes sociais, nutricionistas e farmacêuticos.

A farmácia do HMC também está toda equipada. A parte de exames de gasometria (indica a oxigenação do sangue dos pacientes) também é toda realizada no hospital. Já com relação à realização dos exames clínicos, a coleta é feita na unidade e o material é enviado para o laboratório do Hospital Municipal Dr. Newton Azevedo ou para o laboratório DNA Center, que presta serviço à Secretaria Municipal de Saúde.

Desde o início da operação do Hospital Municipal de Campanha, 12 pacientes já receberam alta, após o tratamento no local. Nenhum óbito foi registrado na unidade até o momento. Caso seja necessário, há um necrotério no hospital.

“Os leitos de UTI estão prontos e disponíveis. Foi um trabalho enorme e intenso, que contou com a participação de toda a gestão municipal. Estamos disponibilizando um espaço moderno, que conta com toda a estrutura necessária para oferecer o melhor tratamento aos pacientes que necessitarem de cuidados mais intensivos e complexos”, detalhou Marcelo Noronha, diretor do Hospital Municipal de Campanha.

Fotos: Alex Régis

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Ivan disse:

    75 dias depois do início do isolamento…Aleluia!!!

Covid-19: Zenaide Maia vota a favor de PL que permite paciente do SUS utilizar UTI de hospital particular

Foto: Divulgação

A senadora Zenaide Maia (Pros-RN) votou a favor do PL 2324/2020, que permite que um paciente do SUS possa ser internado em UTI de hospital particular que esteja disponível para os casos suspeitos ou confirmados de covid-19.

O projeto, de autoria da bancada do PT e que também contou com a assinatura de Zenaide, é importante neste momento, em que a rede pública de saúde se encontra colapsada ou à beira do colapso, por causa da crescente demanda de pacientes infectados com o novo coronavírus.

Para evitar prejuízo no atendimento aos pacientes da rede privada, o projeto prevê que a requisição de vagas deverá ser feita para os hospitais particulares que tiverem menos de 85% de ocupação nos leitos de UTI destinados ao atendimento de casos de covid-19. O texto também prevê indenização a essas unidades de saúde pelo uso de vagas de suas unidades de tratamento intensivo.

O PL 2324 segue para votação na Câmara dos Deputados.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. JSOUZA disse:

    Matéria paga! Porque se omite que todos, eu digo todos, os senadores votaram a a favor dessa medida polêmica? É justo eu pagar meus impostos que me são IMPOSTOS, para que na hora que precisar da estrutura de leito, ela estar ocupada? Demagogias humanitárias à parte, isso é justo? Agora vem os senadores quererem compensar a inoperância dos governos em montar estruturas de saúde. Veja o que foi feito aqui no RN: quantos leitos foram colocados em operação pelo Governo do Estado?

  2. Cruz JR disse:

    Concordo.
    Basta passar qual será o valor de uma diária de UTI pelo SUS.?
    Transparencia. Quais são esses CNPJ?

Burocracia mata idoso que esperava leito de UTI no interior do RN

É destaque no Blog do Dina – por Dinarte Assunção. 

Seu Asclepíades tinha 80 anos.

Após quatro dias precisando de UTI, morreu com sintomas de covid-19.

Ele precisava ser socorrido e foi morto pela burocracia. É esta que deve constar em seu obituário como causa mortis.

Morador de São Rafael, não tinha equipamentos na cidade para socorrê-lo.

Em Mossoró, não havia vagas.

Em Caicó, havia.

Mas Caicó é uma cidade que não cobre a região onde Seu Asclepíades mora.

É indigno que um cidadão tenha direito à saude negado por um protocolo de regulação de leitos de saúde que prioriza a burocracia em detrimento da vida.

A repercussão do caso de Seu Asclepíades, obrigou Estado e municípios a enviarem ajuda para tranferir o idoso de São Rafael para Caicó, mas ele não resistiu.

A burocracia matou Seu Asclepíades.

Burocracia mata idoso que esperava leito de UTI em São Rafael

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Antonio Turci disse:

    A morte deste cidadão é um exemplo da falta de respeito do governo do Estado com um ser humano. Negar o socorro porque o leito mais próximo estava em Caicó e que os doentes de São Rafael têm que ir para Mossoró é simplesmente pavoroso. O Prefeito de São Rafael deveria ir adiante nesta questão. O governo do Estado é o maior responsável pela morte do ancião devendo responder criminalmente por este óbito.

  2. LEO disse:

    Para que serve o Helicoptero do Estado?Tranportaria o Cidadão em minutos para Caicó, Total falta de Interesse e Humanidade desse Desgoverno!!!!

    • paulo disse:

      BG
      A SRA GOVERNADORA DEVE EXPLICAÇÕES POR ONDE ANDA O HELICOPTERO DO ESTADO. ATENÇÃO MINISTÉRIO PÚBLICO ESTADUAL, POLICIA FEDERAL E MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL TÁ NA HORA DE INVESTIGAR, FOI COMPRADO COM DINHEIRO DA UNIÃO.

  3. Ivan disse:

    Ele, assim como nós, era um financiador do SUS, logo, teria direito a um leito EM QUALQUER LUGAR DESSE PAÍS de corruptos e incompetentes!!!!!

  4. Luciana Morais Gama disse:

    O dinheiro da saúde o PT desviou para ESTÁDIOS DE FUTEBOL e obras para PAÍSES SOCIALISTAS. Nós brasileiros estamos vendo o ROMBO agora.

    • O rei do gado disse:

      Pois pare de ver o rombo, pare de ficar se lamuriar do passado. O estrela do PT ja nao brilha mais, Lula ja foi preso, ja ja volta mas vcs bolsolatras so conseguem essa bosta de resposta?! Quase 2 meses depois de instalada a crise seu Bozo fez a primeira reuniao decentezinha…

  5. Victorino disse:

    Falta de humanismo, seu Asclepíades estava em território brasileiro, que maldade, vergonha para esse governo desastroso do RN, a única coisa que vc escuta é que fiquem em casa, seu Asclepíades pela idade devia estar em casa, fez a parte dele, mas o direito a vida foi negado por uma classe política currupta e irresponsável, a família tem direito e deve processar esse estado e quem lhe negou o socorro.

  6. sobrinho disse:

    Infelizmente não será o unico a ser morto por causa da burocracia.

  7. Silvino Filho disse:

    E falta de UTI em São Rafael também…

Leitos de UTI na região metropolitana de Natal, no Oeste e em Pau dos Ferros, no Alto Oeste, estão lotados, informa secretário adjunto da Sesap

O médico Petrônio Spinelli, secretário adjunto da Secretaria de Estado e Saúde Pública(Sesap), confirmou em coletiva no fim da manhã desta terça-feira(19), que todos os leitos de UTI para tratamento da covid-19 nas regiões metropolitana de Natal, Oeste e em Pau dos Ferros, no Alto Oeste, encontram-se com 100% de sua capacidade.

Petrônio informou que a exceção fica apenas para o Seridó, que neste momento registra 61% de sua capacidade. Ainda destacou que na coletiva dessa segunda-feira(18), por exemplo, havia comunicado a disponibilidade de todos os leitos de UTI na cidade de Pau dos Ferros, quadro que se modificou em 24 horas com lotação.

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Nilson disse:

    Quanto mais mortes mais dinheiro. Entreguem os kits. Receitam a cloroquina se não o governo do estado vai ser criminalmente responsabiliza.

  2. Fátima disse:

    Se realmente tivesse tido quarentena estaria bem diferente, sabemos que o povo não obedece , ficam circulando sem necessidade, visto que mesmo assim amenizou um pouco, se deixar correr solto a situação vai ficar feia

  3. Rodrigo disse:

    Pois é, quando deveríamos ter 10 leitos em pau dos ferros, só fizeram 5. Quero saber pra que serviu a quarentena se não conseguimos nos estruturar.

  4. Véi de Rui disse:

    Comecem a distribuir o kit do cloroquina que esvazia tudo.

Sesap contrata empresa para implantação de 30 leitos de UTI nos hospitais João Machado e Alfredo Mesquita

A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) publicou, hoje (15), no Diário Oficial do Estado, a contratação da empresa mineira Avante Social, vencedora do processo licitatório, que será a responsável pela implementação e gestão de 30 (trinta) leitos de terapia intensiva (UTI), sendo 20 (vinte) leitos no Hospital Doutor João Machado, em Natal, e 10 (dez) leitos Hospital Regional Alfredo Mesquita Filho, em Macaíba, destinados ao enfrentamento da Covid-19. O contrato emergencial foi assinado esta semana e terá duração de seis meses, podendo ser prorrogado de acordo com a duração da pandemia. O valor do contrato é R$ 10.504.325,68.

O Instituto Jurídico para Efetivação da Cidadania e Saúde – Avante Social atendeu a todos os critérios do edital de Chamamento Público Emergencial COVID 19 02/2020, incluindo a comprovação de experiência na gestão de serviços de Urgência e Emergência. Após a assinatura do contrato, a empresa terá um prazo de 15 a 20 dias para implantação dos leitos. Essa contratação se insere dentro do programa de expansão assistencial, contido no Plano de Contingência da Covid-19 no RN.

A abertura de novos leitos tem sido um esforço constante na gestão da Saúde, de forma a desenvolver o Plano de Contingência Estadual para a contenção da pandemia do coronavírus. Em Mossoró, por meio de parceria com a prefeitura local, serão instalados 35 UTIs e 65 leitos de enfermaria no Hospital São Luiz, geridos pela Associação de Proteção e Assistência à Maternidade e à Infância de Mossoró (Apamim).

Em parceria com a Liga Norte-rio-grandense Contra o Câncer, serão instalados 60 novos leitos, sendo 40 deles – 20 UTIs e 20 de enfermaria – na primeira etapa. O Governo também está reativando a UTI do Hospital Pediátrico Maria Alice Fernandes, localizado na capital, com mais 7 leitos de UTI, voltados para as crianças acometidas pelo novo coronavírus.

Veja leitos de UTI ocupados e disponíveis neste momento no RN na rede pública

Foto: Reprodução

Os leitos de UTI na rede pública no Rio Grande do Norte ainda não chegaram ao colapso, mas apresentam números preocupantes quanto as ocupações e disponibilidade. De acordo com a Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap-RN), há pacientes críticos nas quatro regiões.

“Estamos superlotados. A situação hoje é de grande risco, mas ainda não entramos em colapso. Isso só acontece quando não tem mais respirador. Mas poderemos chegar a essa situação muito rapidamente porque um paciente de Covid-19 fica, em média, 14 dias na UTI. É um longo tempo para uma vaga ser liberada”, informou o secretário adjunto da Saúde, médico Petrônio Spinelli nessa segunda-feira(11).

O RN registra 2033 casos de coronavírus, com 7.383 suspeitos, 5.677 descartados e 734 recuperados; mortes chegam a 93.

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Michel disse:

    Tá aí o problema da pandemia uma estado como o RN com 133 leitos para combate ao covid 19, isso supondo que todos os leitos ditos na reportagem teriam respiradores , ridículo isso é brincar com a saúde do povo norte rio grandense.

  2. Paulo Roberto disse:

    Me parece que em Natal, foram ativados os 10 leitos do Hospital da PM e os 7 do Maria Alice, já existentes mas sem funcionar. É bom lembrar que antes da pandemia, eram constantes as reportagens sobre a falta de leitos em UTIs e que já estamos em isolamento social, cuja única justificativa é ganhar tempo para preparar o sistema de saúde a aproximados 50 dias.Portanto, não sei que desculpa o Governo Estadual pode mais arranjar depois que culpar o Federal deixou de "colar".

  3. Evelyn disse:

    Cadê os 100% de ocupação veiculados nos meios de comunicação???

  4. Édson disse:

    A verdade é que 20 anos destes governos e pouco foi feito para saúde de nosso estado. Quem lembra o ano que foi inaugurado o Walfredo , Gilselda,Tarcísio Maia e qual população tínhamos naquela época. Fica para reflexão . O que foi feito um aeroporto sem nescidade nenhuma é um estádio de futebol que não serve para nada . Tem alguém para ser contra meu comentário fiquem a vontade .

  5. Junior disse:

    Quase 60 dias, 10 milhões do governo federal, dividia da união suspenso os pagamentos. E o que Fátima fez? Pra fazer politicagem com os governadores do NE não investiu em nada. Kd respiradores novos? Leitos novos? Hospital de campanha?. RN pode passar 6 meses em isolamento e nada será feito de melhoria na rede saúde.

  6. Severo disse:

    Ninguém sabe mais o que e verdade,nem quem fala a verdade nesse estado

Médico informa ter esvaziado UTI de hospital no Piauí após tratamento com cloroquina: “mudança brutal na taxa de mortalidade”

Foto: Governo do Piauí

Médicos do Hospital Regional Tibério Nunes, localizado em Floriano, no interior do Piauí, passaram a administrar a hidroxicloroquina para pacientes internados com Covid-19 e verificaram uma “melhora significativa” no quadro de saúde dos infectados.

O médico piauiense Sabas Vieira informou, por meio de um vídeo publicado nas redes sociais, que um grupo de profissionais do estado que atua no combate ao coronavírus já recuperou cinco pacientes da instituição com uso de hidroxicloroquina e azitromicina.

O tratamento contou com a orientação da médica Marina Bucar Barjud, linha de frente no combate à doença no Hospital HM Puerta del Sur, em Madrid, na Espanha.

Segundo Vieira, o tratamento pode ser aplicado em pacientes em duas fases. Na primeira, chamada de “reaplicação viral”, quando o paciente tem febre, dor de garganta, falta de olfato ou paladar, o tratamento deve ser feito a partir do segundo dia de sintomas com hidroxicloroquina e azitromicina. Na segunda, chamada de “inflamatória”, a partir do sétimo dia de sintomas, deve ser feito com corticoterapia para evitar a terapia intensiva.

“Temos, portanto, duas janelas de oportunidade. O doutor Justino, do hospital de Floriano, já nos relatou cinco casos tratados com sucesso que não precisaram ir para UTI. Estamos treinando esses médicos para nos capacitarmos a fazer essa prescrição de forma adequada.”

Vieira esclarece ainda que não há necessidade de a população adquirir os medicamentos, que só poderão ser administrados a partir do diagnóstico positivo para Covid-19.

“Não temos evidência sólida dessa conduta, mas houve uma mudança brutal na taxa de mortalidade e queremos essa experiência no Piauí. É uma medicação segura, utilizada há muitos anos. Tivemos a taxa de mortalidade muito baixa. Com sintomas em até 48 horas, procure rapidamente o serviço de saúde para avaliação médica, não é para ninguém estocar esse medicamento. O médico vai fazer o diagnostico e tratamento adequado”, ressalta.

Pacientes curados da Covid-19 em Floriano

Em todo o estado do Piauí, de acordo com os últimos dados do boletim da secretária de Saúde, há atualmente 1.332 casos de Covid-19, 45 mortes e 236 altas médicas.

Dos casos confirmados, 299 estão internados, sendo 98 em UTIs. No Brasil já são mais de 11 mil mortos e 162.699 casos da doença.

Em Floriano, nesse domingo (10), havia 17 pacientes confirmados com Covid-19, oito recuperados e nenhum óbito. A cidade tem cerca de 57 mil habitantes.

Jovem Pan

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Santos disse:

    Pra ficar bom vale até injeção na testa.
    Mas já que estão politizando a doença e o remédio, seria importante contabilizar os curados por outros tratamentos tb, aí seria possivel uma comparação, pois pelo que se sabe, não existe um tratamento único, então notícias como essa tem mais o caráter de politicagem em apoio as declarações do presidente.
    Que seja com Cloroquina, Ivermectina, Azitrominica, plasma, áqua, dipirona ou tilenol, que importar é salvar vidas.

  2. Silvino Filho disse:

    O problema não é uso do medicamento, em si. Não adianta ter um remédio se a medicina não sabe como usar, ou em quais situações utilizar. A eficácia resulta na adoção de um "procedimento de tratamento" eficaz. Essa é a maior descoberta do Piauí: criar uma forma de tratamento eficaz. Para um país como o Brasil, é uma revolução

  3. Manoel disse:

    Enquanto o mundo todo diz q a droga nao resolve o problema e até prejudica os Rins e fígado, o médico Sabas diz o contrário. Sugiro ao médico publicar um artigo na Nature o mais rápido possível, provando o que diz e contrariando todo resto do mundo, do contrário será mais um fake news. Se provar terá o Nobel de Medicina.

  4. RICARDO LÚCIDO disse:

    Tinha acabado de de lê um artigo da prestigiada revista americana ( JAMA) , jourmal of the American Medical association . Publicado no dia 11/05/2020 e que corrobora com outro estudo de outra revista de grande credibilidade internacional a New England jornmal of Medicine , publicado na semana passada . Mas com essa experiência Piaiuense , já providenciei agora o cancelamento das duas assinaturas , imaginem só . As duas retratam exatamente o contrário , do que o o Piauiense diz .

  5. Véi de Rui disse:

    Esse Bolsonaro nasceu pra ser o nosso presidente!

  6. RICARDO LÚCIDO disse:

    Excelente notícia , que ótimo vamos replicar essa experiência em todo Brasil .

  7. José Macedo disse:

    Olha a cloroquina curando, não havia interesse dos pesquisadores para constatar a sua eficiência, já que em 09/04 o JB, não é médico mas tinha conhecimento da sua eficacia, então por política os testes da cura nunca foram concluidos , assim como o Anita.

    • Marcos disse:

      Já tem estudos que informaram que não há benefício da cloroquina.

  8. José Macedo disse:

    Olha a cloroquina curando, não havia interesse pela em constatar a sua eficácia, já que em 09/04 o JB, não é médico mas tinha conhecimento da sua eficacia, então por política os testes da cura nunca foram concluidos.

  9. Chicó disse:

    A torcida organizada a favor do coronavírus não vai curtir essa notícia !!!

Leitos públicos em Natal registram ocupação de 100% no tratamento da Covid-19

Em coletiva divulgada nesta segunda-feira(11), o subsecretário de saúde do Estado, Petrônio Spinelli, informou que os hospitais no Rio Grande do Norte destinados ao tratamento do novo coronavírus já se encontram em situação de superlotação.

Na capital potiguar, a rede pública já chega a 100%. Em outro exemplo, Mossoró restam apenas duas vagas em UTI. Em cenário não muito distante, o Seridó tem 75% dos leitos ocupados.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. J.Dantas disse:

    Onde estavam os gestores nesses 2 meses de quarentena? Estavam fazendo intrigas , batendo cabeças, desunidos, brigando e pensando em reeleição. Quantos leitos de UTI foram criados ou ampliados? Onde está a abertura do hospital PAPI e hospital de campanha? Ficamos em casa para achatar a curva e os gestores não fizeram absolutamente nada de concreto. Agora estamos em colapso na rede pública e privada… Ficam só com blá blá e enganando a população. Única ação de fato é fechar comércio e obrigar a população ficar em casa… Estamos ferrados!

  2. Tereza disse:

    A propósito, quantos leitos de UTI existem no RN destinados ao tratamento do Covid 19?

    • Delano disse:

      Estamos sendo castigados pelo incentivo de luladrão pra acabar com o nosso complexo de viralatas, e priorizar construir o arena das dunas ao invés de melhores condições hospitalares, com mais UTIs. infelizmente esse erro pode nos custar muito caro, já pra luladrão e os CORRUPTOS que se beneficiaram dos desvios de verbas dessa construção, foi uma Benção. Pior que mesmo depois disso, ainda colocaram a legitima cria desse crápulas no governo

    • Ariane disse:

      Ótima pergunta, Teresa.

    • Fábio disse:

      Estão em reunião e fazendo debates…
      É o jeito PT de administrar.
      E obviamente procurando alguém p/culpar.

Ocupação de leitos gerais de UTI para pacientes de Covid-19 chega a 97% na rede pública de Natal

A Secretaria Estadual de Saúde informou nesta sexta-feira(08) que a ocupação dos leitos gerais de UTI voltados para pacientes de coronavírus chegou a 97%, na rede pública de Natal. São 36 leitos ocupados, dos 37 leitos gerais em funcionamento – ou seja, apenas um vago.

No Hospital Giselda Trigueiro – referência para tratamento de doenças infectocontagiosas em Natal – todos os 27 leitos estavam ocupados na manhã de sexta. No Hospital da Polícia Militar, dos 10 leitos gerais (sendo quatro abertos durante a manhã), 9 já estavam ocupados.

Com acréscimo de informações do G1-RN

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Pedro disse:

    E vai piorar, o LACEN não está processando as amostras dos suspeitos.

  2. Rodrigo disse:

    A governadora até agora não instalou uma UTI com respirador, só promessa. Agora dispensa de licitação suspensa e compra sem receber os respiradores são comuns na administração petralha do RN

    • realista disse:

      Fátima inercia Bezerra, esse é o novo nome dela que corre nas redes sociais.

CUSTO PODE CHEGAR A R$ 11,3 MILHÕES: Governo do Estado publica chamamento para viabilizar 30 leitos de UTI em hospitais públicos

Leia íntegra AQUI

O Governo do Estado publicou, nesta quinta-feira(23), um chamamento público emergencial para viabilização de 30 novos leitos de Unidades de Terapia Intensiva(UTI) em hospitais públicos de Natal e Macaíba. Pela gestão de leitos e operacionalização, o custo pode chegar a R$ 11,3 milhões. Conforme publicação que pode ser conferida em link acima, Governo busca interessados entre Organizações Sociais, Instituições Filantrópicas ou Sociedade Empresarial Hospitalar para os contratos – que podem ser divididos.

O Governo do RN publicou nesta quinta-feira, 23, no Diário Oficial do Estado o Chamamento Público Emergencial Covid-19 – nº 02/2020 para contratar 30 novos leitos de UTIs, sendo 20 para o Hospital João Machado, em Natal, e 10 para o Hospital Regional Alfredo Mesquita Filho, em Macaíba.

A governadora Fátima Bezerra reitera que o Governo do RN vem trabalhando intensamente de forma integrada para evitar o pior na grave crise provocada pela pandemia: “Estamos superando dificuldades, adquirindo e restaurando equipamentos, contratando pessoal, resolvendo entraves, no sentido de realizar o melhor atendimento à população norte-rio-grandense. Contamos com o apoio dos demais Poderes do Estado, Legislativo e Judiciário, e também do Ministério Público e de instituições e empresas do setor privado. Queremos continuar também contando com o apoio do nosso povo”, declara a chefe de Executivo Estadual.

Ela reforça, ainda, a importância do isolamento social e recomenda à população para sair de casa apenas nas necessidades realmente essenciais e tomando as precauções recomendadas como o uso de máscaras. “Fazendo assim, e somando esforços, certamente vamos vencer a crise do novo coronavírus e retornar à normalidade”, afirmou.

O chamamento é cumprimento de acordo judicial celebrado entre o Estado do Rio Grande do Norte, o Conselho Regional de Medicina (CREMERN), Ministério Público do Estado (MPE) e Ministério Público Federal (MPRN) originado pela Ação Civil Pública nº 0004715-12.2012.4.05.8400.

Podem participar do Chamamento Público Emergencial: Organização Social, Instituição Filantrópica ou Sociedade Empresarial Hospitalar. A contratação contemplará equipamentos e mobiliários médico-hospitalares, fornecimento de acessórios, medicamentos, material médico-hospitalar, insumos e serviços profissionais.

O recebimento de proposta de preços e demais documentos é autorizado pelo Processo administrativo SEI nº 00610010.001038/2020-63.

As instituições e empresas podem participar com propostas cotação de preços total ou parcial. A contratação dos serviços será por prazo de 180 dias. O valor global máximo de custeio do Contrato de Gestão mensal é estimado em R$ 1,890 milhão e global, seis meses, com previsão de uso máximo de até R$ 11, 340 milhões por 30 leitos, sendo 20 leitos correspondentes ao valor mensal estimado de R$ 1,260 milhão e valor global estimado de R$ 7,560 milhões para o Hospital Doutor João Machado. A valoração indicada no Chamamento pode ser inferior a depender dos serviços prestados.

Para os dez leitos destinados ao Hospital Regional Alfredo Mesquita Filho, em Macaíba, o valor mensal estimado é de R$ 630 mil e valor global de R$ 3,780 milhões.

Os documentos de habilitação e proposta de preços devem ser enviados exclusivamente via correio eletrônico, para o e-mail [email protected], até as 23h 59m do dia 29 de abril de 2020, horário de Brasília.

O Governo do RN, através da Secretaria de Estado da Saúde Pública (SESAP) busca com a implementação e gestão dos leitos de terapia intensiva alcançar os seguintes objetivos: pronto atendimento da situação de emergência; mitigação da existência de risco na prestação dos serviços de saúde à população; eficiência e qualidade dos serviços prestados ao cidadão e maior agilidade para operacionalização dos serviços.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Flavio disse:

    Cuidado pra nessa fome, não se engasgar. A PF tá de olho.

  2. disse:

    quase 370 mil reais cada leito? Eita!!

    • JUsticeiro disse:

      Mais barato do que se paga hoje aos hospitais privados. Confira!

  3. Klaus disse:

    Enquanto isso, hospital de campanha nada. Só esperando estourar e super lotar leitos pra fazer super licitações para justificar o desvio das verbas. Até quando teremos isso, já não há mais como tolerar tanta ineficiência e falta de planejamento. Perdido é pouco, esses governos são sanguinários!!!

    • Lúcio Palhares disse:

      Impressiona ver que a aposta em "estourar e superlotar" continua sendo a única linha de raciocínio, uma condição muito distante da realidade.
      Dos leitos reservados, APENAS 30% estão ocupados e já estamos com 38 dias de isolamento.
      O crescimento de infectados e mortes NÃO mostram qualquer tendência de estourar e levar a superlotação. Mas a apologia ao pior parece ser a única opção a ser considerada.
      Os especialistas projetaram números irreais que até hoje estão distantes demais dos números reais. No Brasil tem 2.900 mortos e pela projeção seriam 17 mil.
      Qual a razão de IGNORAREM o hospital com até 400 leitos que está sendo disponibilizado no antigo hotel parque da costeira?

  4. Observador disse:

    Governo perdido