Saúde

RN tem 43 pacientes com Covid-19 na fila por UTI

Foto: (Reprodução/Regula/Sesap)

O Rio Grande do Norte registrou no fim da manhã desta segunda-feira (17) sessenta e um (61) pacientes com Covid-19 com perfil de leito de UTI, de acordo com o portal Regula RN, que monitora em tempo real a ocupação de leitos públicos no estado. O levantamento foi feito às 12h10.

Diante do número de leitos disponíveis (18), o número de pacientes em espera até a publicação desse post, com a devida subtração de números, registra 43 pessoas na fila por leitos críticos. A maioria dos pacientes em espera da Grande Natal.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

RN tem 18 pacientes com Covid-19 na fila por UTI

Foto: (Reprodução/Regula/Sesap)

O Rio Grande do Norte registrou no fim da manhã desta sexta-feira (14) quarenta e sete (47) pacientes com Covid-19 com perfil de leito de UTI, de acordo com o portal Regula RN, que monitora em tempo real a ocupação de leitos públicos no estado. O levantamento foi feito às 12h.

Diante do número de leitos disponíveis (29), o número de pacientes em espera até a publicação desse post, com a devida subtração de números, registra 18 pessoas na fila por leitos críticos. A maioria dos pacientes em espera da Grande Natal.

Opinião dos leitores

  1. Governadora incompetente, sem atitude e que só cuida de politicagem. Robin Hood às avessas.

    1. Eu soube que vc esperou pela coronavac, teve nego de tomar a de Oxford? Eu precisei tá viva pra falar isso pra vc. Morreu a língua kkkkkkkkkkkkkkk

    2. Este desgoverno, mostrou as qualidades qdo SENADORA, radicalizou tudo ou seja ultra radical , na REFORMA DA PREVIDÊNCIA a nível FEDERAL. Qdo o RN, o desgoverno fez uma pior REFORMA das REFORMAS, inclusive, não respeitou o teto NACIONAL. Foi a pior decepção para os APOSENTADOS E PENSIONISTAS na GESTÃO PT. Aliás onde tem PT, as REFORMAS foram todas copiadas entre os GOVERNADORES do PT.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

RN tem 04 pacientes com Covid-19 na fila por UTI

Foto: (Reprodução/Regula/Sesap)

O Rio Grande do Norte registrou no fim da manhã desta quinta-feira(13) trinta e sete(37) pacientes com Covid-19 com perfil de leito de UTI, de acordo com o portal Regula RN, que monitora em tempo real a ocupação de leitos públicos no estado. O levantamento foi feito às 12h40.

Diante do número de leitos disponíveis (33), o número de pacientes em espera até a publicação desse post, com a devida subtração de números, registra 04 pessoas na fila por leitos críticos.

Opinião dos leitores

  1. Infelizmente grande parte das pessoas que estão desocupando os leitos críticos não estão indo para casa.😢

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

RN tem 03 pacientes com Covid-19 na fila por UTI

Foto: (Reprodução/Regula/Sesap)

O Rio Grande do Norte registrou no fim da manhã desta quarta-feira(12) quarenta e um(41) pacientes com Covid-19 com perfil de leito de UTI, de acordo com o portal Regula RN, que monitora em tempo real a ocupação de leitos públicos no estado. O levantamento foi feito às 12h35.

Diante do número de leitos disponíveis (38), o número de pacientes em espera até a publicação desse post, com a devida subtração de números, registra 03 pessoas na fila por leitos críticos.

Opinião dos leitores

  1. Fila pra UTI????!!! Imoralidade!!! Essa irresponsável Comunista deveria há muito estar PRESA!!!!!!!! NUNCA ví considerar FILA pra UTI ser encarado como normal!!!

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

RN tem 03 pacientes com Covid-19 na fila por UTI

Foto: (Reprodução/Regula/Sesap)

O Rio Grande do Norte registrou no fim da manhã desta segunda-feira(10) vinte e oito(28) pacientes com Covid-19 com perfil de leito de UTI, de acordo com o portal Regula RN, que monitora em tempo real a ocupação de leitos públicos no estado. O levantamento foi feito às 12h05.

Diante do número de leitos disponíveis (25), o número de pacientes em espera até a publicação desse post, com a devida subtração de números, registra 03 pessoas na fila por leitos críticos.

 

Opinião dos leitores

  1. Toda vez que vejo essas noticias sobre UTI, lembro que a governadora Fátima do PT NÃO abriu leitos hospitalares. Aliás, o que ela fez com os bilhões que recebeu do governo Bolsonaro? Não estamos vendo NADA de novo no RN.

  2. Outra coisa que carece de explicação plausível! Ora, quase todos os dias a mais de uma semana, que BG notícia aqui, que a fila para o uti ou tá “zerada”, ou bem próximo disso. No entanto, a taxa de ocupação fica oscilando entre 90 e 95%. Não sai disso. Enquanto isso, na nossa vizinha Paraíba a taxa de ocupação já tá dando em torno de 50%! Coisas inexplicáveis, nos números da pandêmia no RN! Quarta-feira tem novo decreto, né? Como ficaram as flexibilizações, se no “mapa das cores” ainda estamos no vermelho?

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

RN registra mais leitos críticos Covid disponíveis do que pacientes que necessitam

Foto: (Reprodução/Regula/Sesap)

O RN voltou a ‘zerar’ a fila de pacientes para UTI Covid nesta sexta-feira (07). Por volta das 12h05, eram 20 pacientes com perfil para leitos críticos na lista e 27 leitos disponíveis.

Nesse cenário, o estado registra mais leitos de UTI disponíveis do que pacientes necessitando.

A maior parte dos pacientes é da região metropolitana de Natal.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

RN registra mais leitos críticos Covid disponíveis do que pacientes que necessitam

Foto: (Reprodução/Regula/Sesap)

O RN voltar a ‘zerar’ a fila de pacientes para UTI Covid nesta quinta-feira (06). Por volta das 12h30, eram 22 pacientes com perfil para leitos críticos na lista e 38 leitos disponíveis, ou seja, mais leitos disponíveis do que pacientes necessitando.

A maior parte dos pacientes é da região metropolitana de Natal.

Opinião dos leitores

  1. Basta ter Coragem, Determinação, Interesse e Vontade politica, para EXIGIR da população, distanciamento e Uso Obrigatorio de Mascaras que esses numeros de infectados e mortos vai DIMINUIR bastante. Chega de FAZ de CONTA, Mentiras e Enganação. QUE DEUS TENHA MISERICORDIA DE NÓS.

  2. Se a governadora não tivesse dado descaminho em 5 milhões de reais de respiradores e construído hospitais de campanha com UTI, teríamos passado a pandemia sem essas filas de aflição, também o tinha
    reduzidos os números de óbitos. Muito lamentável e revoltante esse descaso com vidas humanas.

    1. Essa oferta e devido as mortes que estão acontecendo diariamente, não e porque o governo esta abrindo leitos de Uti

    2. Não teve descaminho. Isso é um consócio. muitos governadores foram lesados e entraram na justiça. Ela não improvisou hospitais de campanha, porque ela montou , em hospitais, espaços que nehum governador construiu e vais ficar para sempre. Agora, esse atual presidente, que não está governando nada, é que causou tudo isso. O descaso com a vida humana. Todo mundo sabe , gripezinha, Cloroquina, Hivermectina, contra as vacinas, o uso de máscars , alcool gel, distanciamento social e por ai vai. Graças, a titude de muitos governadores, entre eles a governadora Fátima Bezerra, que tomaram iniciativa e correram atrás. Se não, as coisas estariam muito pior. DE fato, se, somente se, o Presidente da República tivessa feito, desde o inicio, o dever de casa, não estaríamos como estamos. Fato!

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

RN volta a registrar mais leitos críticos Covid disponíveis do que pacientes que necessitam

Foto: (Reprodução/Regula/Sesap)

O RN ‘zerou’ a fila de pacientes para UTI Covid nesta quarta-feira (05). Por volta das 12h30, eram 22 pacientes com perfil para leitos críticos na lista e 37 leitos disponíveis, ou seja, mais leitos disponíveis do que pacientes necessitando.

A maior parte dos pacientes é da região metropolitana de Natal.

Opinião dos leitores

  1. Se essa notícia for verdade, Imagine se as autoridades tivessem CORAGEM, DETERMINAÇÃO, INTERESSE e VONTADE POLÍTICA, para EXIGIR da população Irresponsável e Inconsequente o ISOLAMENTO e Distânciamento Social bem como o USO Obrigatório de Máscaras. Com Certeza o número de Infectados e MORTOS seria Infinitamente Menor. Mas como TUDO é na base do FAZ de CONTA, Mentiras e Enganação, e o resultado é essa mortandade que aí está. Que DEUS tenha MISERICÓRDIA de NÓS.

  2. Me faz tem uma percepção que o vírus vem em ondas! O governo n deve reduzir os leitos pois uma nova onda pode voltar!

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Bruno Covas recebe alta da UTI e irá para leito em terapia semi-intensiva

Ricardo Nunes (MDB) e Bruno Covas (PSDB) durante a posse na cidade de São Paulo em janeiro de 2021. — Foto: Divulgação/Rede Câmara

O prefeito licenciado de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), recebeu alta da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) nesta terça-feira (4) e aguarda a liberação de leito na unidade sem-intensiva do Hospital Sírio-Libanês, no centro da capital paulista, onde está internado desde o último domingo (2).

A informação foi divulgada pela equipe médica que acompanha o prefeito em coletiva de imprensa no início da tarde.

Covas foi extubado no fim da tarde desta segunda-feira (3), após o sangramento que teve no estômago ser estancado.

Segundo o infectologista David Uip, um dos responsáveis pelo tratamento do prefeito, Covas dormiu a noite toda, passa bem mas não há “qualquer previsão de alta”.

Ainda de acordo com o especialista, a equipe médica considera o sangramento como um evento pontual que já foi combatido.

“Entendemos o sangramento como evento pontual. Faz parte do acompanhamento de doentes crônicos que tenham eventos pontuais. No caso, foi um sangramento gástrico, mas poderia ter sido uma infecção ou qualquer outra contingência. Como tal, este procedimento foi enfrentado. Foi enfrentado o sangramento, foi estancado o sangramento, o paciente foi para uma unidade de terapia intensiva e acaba de ter alta”, afirmou Uip.

Na manhã desta segunda, o prefeito havia sido transferido para a UTI e intubado depois que um exame de endoscopia encontrou um sangramento causado por uma úlcera em cima do tumor original, na cárdia, a passagem do esôfago para o estômago.

Jogo do Santos

Durante a coletiva, os médicos afirmaram que Covas está disposto, fazendo piadas e manifestou preocupação em conseguir acompanhar a partida entre seu time, Santos, e o The Strongest, da Bolívia, pela terceira rodada da fase de grupos da Copa Libertadores da América.

“Neste momento a nossa grande preocupação é superar a intercorrência e a grande preocupação do Bruno é com relação ao jogo do Santos hoje na Libertadores. Essa foi a grande angústia que ele teve. Ficou muito feliz que ia sair da UTI”, disse o médico Artur Katz.

“Esta animado, revigorado, fazendo piadas. Mesmo diante das dificuldades, procura descontrair”, completou Tulio Pfiffer.

Quimioterapia

Por conta do sangramento, as sessões de quimioterapia e imunoterapia que o prefeito faria na segunda (3) foram suspensas e seguem sem previsão de serem retomadas.

“Aquilo que estava previsto que era a segunda sessão de quimioterapia obviamente foi adiada e vai depender de outros fatores, inclusive a recuperação do sangramento. Além do estancamento do sangue, ele teve que receber unidades de sangue. Foi um sangramento agudo. O prefeito neste momento está normal, sentado em uma cadeira, conversando habitualmente”, afirmou Katz.

Entretanto, o oncologista Tulio Eduardo Flesch Pfiffer afirmou que a interrupção temporária não implicará em prejuízos para o tratamento contra o câncer.

“Sempre que tem intercorrência pontual, faz a pausa do tratamento oncológico, espera recuperar e restabelecer, e depois retoma com calma o tratamento oncológico. A pausa se fez necessária, mas não traz prejuízo em médio ou longo prazo em relação ao tratamento”, afirmou Pfiffer.

Bruno Covas foi internado no domingo para realizar exames de sangue, de imagens e endoscópico, com o objetivo de prosseguir o tratamento quimioterápico e imunoterápico. A endoscopia demonstrou sangramento no local do tumor inicial, que foi controlado com medidas de hemostasia local.

Os médicos também afirmaram que a intubação foi feita para proteger as vias aéreas do prefeito e evitar alguma laceração no momento da endoscopia.

“O evento foi controlado com sucesso. A intubação foi estratégia para evitar que os coágulos fossem aspirados e contaminassem a via aérea. Foi uma intubação para proteger a via aérea durante o evento. É diferente da intubação de quem tem insuficiência respiratória por Covid ou alguma coisa assim. Não houve alteração da função respiratória”, afirmou Artur Katz.

Internação

Por causa dos efeitos colaterais do tratamento contra o câncer, Bruno Covas anunciou um pedido de afastamento do cargo por 30 dias.

A licença foi divulgada em comunicado publicado nas redes sociais no domingo (2) e publicada no Diário Oficial do município nesta terça (4), após a Câmara receber o ofício.

Com a decisão, o vice-prefeito da cidade, Ricardo Nunes (MDB), assumiu a gestão da cidade.

Tratamento

Bruno Covas foi internado em 15 de abril para a realização de exames de controle, que descobriram novos focos de tumor nos ossos e no fígado. Durante a internação, ele apresentou uma piora no quadro de saúde e foi diagnosticado com líquido no abdômen e nas pleuras, tecidos que revestem os pulmões.

Drenos foram colocados para a retirada do líquido, uma suplementação nutricional também foi iniciada e Covas teve alta em 27 de abril.

‘Luta pela vida’

Em 26 de abril, Covas disse nas redes sociais que “continua a luta pela vida” e com “vontade gigante de vencer”.

Em uma postagem para homenagear o filho Tomás, de 15 anos, o prefeito escreveu que vai “enfrentar, combater e vencer” a doença.

Primeiro diagnóstico em 2019

O prefeito licenciado foi internado pela primeira vez em outubro de 2019, quando chegou ao hospital com erisipela (infecção), que evoluiu para trombose venosa profunda (coágulos) na perna direita. Os coágulos subiram para o pulmão, causando o que é chamado de embolia.

Durante os exames para localizar os coágulos, médicos detectaram o câncer na cárdia, região entre o esôfago e o estômago, com metástase no fígado e nos linfonodos.

Covas passou por oito sessões de quimioterapia, que fizeram com que o tumor regredisse. Mas, segundo a equipe médica, não foram suficientes para vencer o câncer. Após novos exames, o prefeito iniciou o tratamento com imunoterapia.

Em janeiro de 2021, após ser reeleito nas eleições municipais e continuar no cargo, Covas anunciou uma nova fase de procedimentos no combate à doença.

Ele tirou uma licença de 10 dias, quando passou a ser submetido a sessões de radioterapia. Na época, estavam previstas 24 sessões de radioterapia complementares para o tratamento.

Em abril deste ano, exames apontaram novos pontos de câncer nos ossos e no fígado.

G1

 

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

RN tem 18 pacientes com Covid-19 na fila por UTI

Foto: (Reprodução/Regula/Sesap)

O Rio Grande do Norte registrou no fim da manhã desta terça-feira(04) 42 pacientes com Covid-19 com perfil de leito de UTI, de acordo com o portal Regula RN, que monitora em tempo real a ocupação de leitos públicos no estado.

Diante do número de leitos disponíveis (24), o número de pacientes em espera até a publicação desse post, com a devida subtração de números, registra 18 pessoas na fila por leitos críticos.

Às 12h05, o estado tinha 24 leitos de UTI disponíveis aguardando regulação de pacientes. A maior parte é da região metropolitana de Natal.

Opinião dos leitores

  1. O RN tem 45 leitos de UTI para Covid-19 bloqueados na manhã desta terça-feira (4), segundo o sistema Regula RN, usado na administração dos leitos na rede pública estadual. Mais de 66% deles estão sem operação por causa da falta de kit intubação e medicamentos, de acordo com os dados públicos. A incompetência do desgoverno de Fátima do PT é algo sem fim. Onde isso vai parar?

  2. Se a governadora não tivesse dado descaminhos aos 5 milhões de reais enviados pelo governo federal pra compra de respiradores, com certeza, esses sofredores que hoje estão nessa fila de aflições, já estariam sendo atendidos e até evitado muitas mortes por atendimento tardio e pela falta de respiradores. Só quero saber se ninguém será responsabilizado por esses sofrimento e assassinatos de inocentes?

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Bruno Covas é intubado em UTI após sangramento no estômago

Foto: Reprodução

O prefeito licenciado de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), foi transferido para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do hospital Sírio-Libanês, no Centro da capital paulista, e intubado após a descoberta de um sangramento no estômago, na manhã desta segunda-feira (3).

A transferência para a UTI foi decidida após um exame de endoscopia encontrar um sangramento causado por uma úlcera, em cima do tumor original na cárdia, a passagem do esôfago para o estômago. Segundo o médico David Uip, que compõe o corpo clínico que cuida do prefeito, o sangramento foi controlado pelo endoscopista. (Leia o boletim médico abaixo).

Por causa da transferência para a UTI, as sessões de quimioterapia e imunoterapia que o prefeito faria nesta segunda (3) foram suspensas e não devem acontecer nos próximos dias. A análise dos médicos é a de que esse tipo de sangramento não é desejável, mas faz parte de um quadro de tratamento que o prefeito passa atualmente.

“O prefeito Bruno Covas foi internado neste domingo para realizar exames de sangue, de imagens e endoscópico, com o objetivo de prosseguir o tratamento quimioterápico e imunoterápico.

A endoscopia demonstrou sangramento no local do tumor inicial, que está sendo controlado com medidas de hemostasia local. O prefeito Bruno Covas foi encaminhado para Unidade de Terapia Intensiva submetendo-se a intubação oro-traqueal e recebendo as medidas adequadas de suporte clínico.

Ele está sendo acompanhado pelas equipes médicas coordenadas pelo Prof. Dr. David Uip, Dr. Artur Katz, Dr. Tulio Eduardo Flesch Pfiffer e pelo Prof. Dr. Roberto Kalil Filho”, diz boletim médico assinado pelos diretores Fernando Ganem e Angelo Fernandez.

Internação

Covas foi internado na tarde deste domingo (2) para cuidar de efeitos adversos do tratamento e quimioterapia e imunoterapia. Por causa dos efeitos colaterais do tratamento, ele anunciou um pedido de afastamento do cargo por 30 dias do cargo.

Em entrevista à rádio CBN na manhã desta segunda (3), o médico David Uip, afirmou que ele teve náuseas e vômitos no fim de semana e a equipe médica optou por adiantar a internação preventivamente.

“O prefeito teve sintomas neste fim de semana próprios de quem recebe tratamento quimioterápico e imunoterápico. Ele teve náuseas, perspectiva de vômitos. Então, nós optamos por interná-lo para anteciparmos exames e para também avaliar a possibilidade do segundo ciclo de quimio e imunoterapia”, afirmou Uip.

Foto: Reprodução

O médico também disse novos focos de tumor foram encontrados na região dos ossos da bacia e da coluna.

“Aumentaram o número de tumores no fígado e em outros lugares. E apareceram em dois outros locais também: na bacia e na coluna. (…) Como é um tratamento muito poderoso, você sempre trata com a efetividade do tratamento versus o efeito colateral. Então, nós estamos muito atentos e preferimos que ele viesse para o hospital ontem mesmo por conta disso. De um lado para avaliar a efetividade do tratamento, de outro, para avaliar os efeitos colaterais desse tratamento”, declarou Uip.

Afastamento por 30 dias

Bruno Covas (PSDB) decidiu se licenciar por 30 dias do cargo para dar continuidade ao tratamento que enfrenta contra um câncer no sistema digestivo. A licença foi anunciada em comunicado publicado nas redes sociais neste domingo (2).

“Nesses últimos meses, a vida tem me apresentado enormes desafios. Tenho procurado enfrentá-los com fé, cabeça erguida e com muita determinação. (…) Nesse momento, com muita força e foco que preciso colocar na minha saúde, fica incompatível o exercício responsável de minhas funções como Prefeito de São Paulo, por isso, vou solicitar à Câmara de Vereadores uma licença do cargo pelo período de 30 dias, para me dedicar integralmente à minha recuperação”, disse Covas.

Com a decisão, o vice-prefeito da cidade, Ricardo Nunes (MDB), assumiu a gestão da cidade nesta segunda-feira (3).

Na carta publicada nas redes sociais, Bruno Covas disse que confia no vice para dar continuidade ao plano de governo dele, “priorizando o combate à pandemia e seus efeitos”.

“Tenho certeza que vamos superar mais essa batalha. Assim como tenho a convicção que nosso vice Ricardo Nunes e nossa equipe de secretárias e secretários manterão a cidade no rumo certo, cumprindo nosso programa de metas e plano de governo, priorizando o combate à pandemia e seus efeitos. Fiquem bem e até breve”, escreveu Covas.

Por meio de nota, as secretarias de Governo e Comunicação da Prefeitura de SP disseram que a licença vai se dar para que Bruno Covas possa ter “dedicação integral ao tratamento” e para fazer a passagem provisória de posto com “total transparência”.

“Com o surgimento de novos focos, o Prefeito de São Paulo precisará de dedicação integral ao tratamento e entende que não será compatível com as suas responsabilidades e compromisso com a cidade e os paulistanos. Diante do exposto, o ofício com o pedido de afastamento por 30 dias será enviado nesta segunda-feira, 03/05, com base nos Artigos 65 e 66 da Lei Orgânica do Município”, disse a nota.

Tratamento

Bruno Covas foi internado em 15 de abril para a realização de exames de controle, que descobriram novos focos de tumor nos ossos e no fígado. Durante a internação, ele apresentou uma piora no quadro de saúde e foi diagnosticado com líquido no abdômen e nas pleuras, tecidos que revestem os pulmões.

Drenos foram colocados para a retirada do líquido e uma suplementação nutricional também foi iniciada e Covas teve alta em 27 de abril.

Segundo o boletim médico na ocasião da alta, o prefeito “foi submetido a drenagem pleural e seu quadro evoluiu com sucesso, com redução do líquido e melhora clínica”. Assim, ele estava “apto a manter suas atividades pessoais e profissionais, porém sem participar de agendas públicas por enquanto”.

‘Luta pela vida’

Covas disse em 26 de abril nas redes sociais que “continua a luta pela vida” e com “vontade gigante de vencer”. Em uma postagem para homenagear o filho Tomás, de 15 anos, o prefeito escreveu que vai “enfrentar, combater e vencer” a doença.

“Enfrentar, combater e vencer. A luta pela vida continua, e com você ao meu lado, a vontade de vencer é gigante. Obrigado por estar sempre aqui, filho. Eu te amo”, afirmou o prefeito.

Primeiro diagnóstico em 2019

O prefeito da capital foi internado pela primeira vez em outubro de 2019, quando chegou ao hospital com erisipela (infecção), que evoluiu para trombose venosa profunda (coágulos) na perna direita. Os coágulos subiram para o pulmão, causando o que é chamado de embolia.

Durante os exames para localizar os coágulos, médicos detectaram o câncer na cárdia, região entre o esôfago e o estômago, com metástase no fígado e nos linfonodos.

Covas passou por oito sessões de quimioterapia que fizeram com que o tumor regredisse. Mas, segundo a equipe médica, não foram suficientes para vencer o câncer. Após novos exames, o prefeito iniciou o tratamento com imunoterapia.

Em janeiro de 2021, após ser reeleito nas eleições municipais e continuar no cargo, Covas anunciou uma nova fase de procedimentos no combate à doença.

Ele tirou uma licença de 10 dias, quando passou a ser submetido a sessões de radioterapia. Na época, estavam previstas 24 sessões de radioterapia complementares para o tratamento.

Em abril deste ano, exames apontaram novos pontos de câncer nos ossos e no fígado.

G1

 

Opinião dos leitores

  1. Ninguém merece destino tão cruel. Doença medonha, que anda meio “esquecida” nesses tempos de COVID.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

RN tem 32 pacientes com Covid-19 na fila por UTI

Foto: (Reprodução/Regula/Sesap)

O Rio Grande do Norte registrou no fim da manhã desta segunda-feira(03) 58 pacientes com Covid-19 à espera de um leito de UTI, de acordo com o portal Regula RN, que monitora em tempo real a ocupação de leitos públicos no estado.

Diante do número de leitos disponíveis (26), o número de pacientes em espera até a publicação desse post, com a devida subtração de números, registra 32 pessoas na fila por leitos críticos.

Às 12h20, o estado tinha 26 leitos de UTI disponíveis aguardando regulação de pacientes. A maior parte é da região metropolitana de Natal.

Opinião dos leitores

  1. BG, evita colocar esse número com o cálculo matemático de “pacientes em espera – leitos disponíveis” porque alguns desses leitos disponíveis não podem receber determinados pacientes. Por exemplo, uma parte dos leitos críticos de UTI disponíveis são da UTI pediátrica covid do hospital Maria Alice. Porém todos os pacientes da fila são adultos. Ou seja, essa matemática que você está fazendo não está correta.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

RN tem 14 pacientes com Covid-19 na fila por UTI

Foto: Reprodução/Regula RN

O Rio Grande do Norte registrou na tarde desta sexta-feira (30) 32 pacientes com Covid-19 à espera de um leito de UTI, de acordo com o portal Regula RN, que monitora em tempo real a ocupação de leitos públicos no estado. Às 12h20, o estado tinha 18 leitos de UTI disponíveis aguardando regulação de pacientes. A maior parte é da região metropolitana de Natal.

Diante do número de leitos disponíveis, o número de pacientes em espera até a publicação desse post, com a devida subtração de números, registra 14 pessoas na fila por leitos críticos.

Opinião dos leitores

  1. Não construir hospitais de campanha e uti gerou essas filas da angustia e de penitência, sem falar nos desvios do dinheiro para respiradores e compra de respiradores quebrados entre outras negligências. Perdas humanas e aflições de famílias é o resultado dessas praticas, no mínimo, equivocadas. governos insensíveis a integridade da vida das pessoas.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

SEM FILA: RN tem 30 pacientes com Covid-19 à espera de UTI, com 31 leitos disponíveis

Foto: Reprodução/Regula RN

O Rio Grande do Norte registra no fim da manhã desta quinta-feira(29) 30 pacientes com Covid-19 à espera de um leito de UTI, de acordo com o portal Regula RN, que monitora em tempo real a ocupação de leitos públicos no estado.

Às 12h05, o estado tinha 31 leitos de UTI disponíveis aguardando regulação de pacientes. A maior parte dos pacientes é da região metropolitana de Natal.

 

Opinião dos leitores

  1. se existisse CORAGEM E DTERMINAÇÃO para uma FISCALIZAÇÃO RIGOROSA e EFETIVA, em cima dessa população IRRESPONSAVEL e INCONSEQUENTE, com certeza estariamos em uma situação de pandemia controlada. Mas com esse FAZ de CONTA, tantas Mentiras e Enganações o resultado é esse Exorbitante numero de Infectados e um Macabro numero de Mortos. Que DEUS tenha MISERICORDIA de NÓS.

    1. REALMENTE, SE EXISTISSE DEPUTADOS COM DETERMINAÇÃO PRA FISCALIZAR, VERÍAMOS O “FAKE” DOS LEITOS DE UTI, IMAGINE A QUANTIDADE DE ÓBITOS ATRIBUÍDOS AO COVID. VEM GABRIEL MONTEIRO.

    2. Muitas mortes poderiam ter sido evitadas se governadores e prefeitos tivessem aplicado NA SAUDE os bilhões que receberam do governo federal e não tivessem impedido o uso de medicamentos seguros e baratos, que vem demonstrando eficácia contra esse vírus.

    3. Comentário perfeito Sr ou (a) Pereira, precisamos sim fiscalizar, não deveríamos estar passando por isso novamente, é preciso fiscalização e punição de quem desrespeita. Sem partido por A ou B!

  2. Como não foram abertos novos leitos, deduzimos que a pandemia está recuando por aqui. Portanto, se já não havia razão científica, agora não há mais qualquer desculpa para continuar impedindo as pessoas de trabalhar e estudar.

    1. Inclusive em outros países, essa CPI tem potencia mundial, fez cair os casos em quase todo o mundo, esse povo Bolsonarista tem cada uma.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

QUATRO NA FILA: RN tem 38 pacientes com Covid-19 à espera de UTI, com 34 leitos disponíveis

Foto: Reprodução/Regula RN

O Rio Grande do Norte registra no fim da manhã desta quarta-feira(28) 38 pacientes com Covid-19 à espera de um leito de UTI, de acordo com o portal Regula RN, que monitora em tempo real a ocupação de leitos públicos no estado.

Às 12h20, o estado tinha 34 leitos de UTI disponíveis aguardando regulação de pacientes. A maior parte dos pacientes é da região metropolitana de Natal.

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

RN tem 36 pacientes com Covid-19 à espera de UTI

Foto: Reprodução/Regula RN

O Rio Grande do Norte registrou na tarde desta segunda-feira(26) 36 pacientes com Covid-19 à espera de um leito de UTI, de acordo com o portal Regula RN, que monitora em tempo real a ocupação de leitos públicos no estado.

Às 12h10, o estado tinha 19 leitos de UTI disponíveis aguardando regulação de pacientes. A maior parte é da região metropolitana de Natal.

 

 

Opinião dos leitores

  1. Governo estadual caótico, incompetente e sem atitude. Essa senhora está destruindo o RN, impedindo as pessoas de trabalhar e de estudar.

  2. Não adianta colocar a culpa nela, apesar dela ser a desorientada, o que estamos assistindo é o uso político da Pandemia, para justificar desvios de recursos, proselitismo político a custa de milhares de mortes e desempregados…..2022 vem aí, por sinal, está bem pertinho, o ano se finda em Jun/22.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *