Covid-19: Zenaide Maia vota a favor de PL que permite paciente do SUS utilizar UTI de hospital particular

Foto: Divulgação

A senadora Zenaide Maia (Pros-RN) votou a favor do PL 2324/2020, que permite que um paciente do SUS possa ser internado em UTI de hospital particular que esteja disponível para os casos suspeitos ou confirmados de covid-19.

O projeto, de autoria da bancada do PT e que também contou com a assinatura de Zenaide, é importante neste momento, em que a rede pública de saúde se encontra colapsada ou à beira do colapso, por causa da crescente demanda de pacientes infectados com o novo coronavírus.

Para evitar prejuízo no atendimento aos pacientes da rede privada, o projeto prevê que a requisição de vagas deverá ser feita para os hospitais particulares que tiverem menos de 85% de ocupação nos leitos de UTI destinados ao atendimento de casos de covid-19. O texto também prevê indenização a essas unidades de saúde pelo uso de vagas de suas unidades de tratamento intensivo.

O PL 2324 segue para votação na Câmara dos Deputados.

Burocracia mata idoso que esperava leito de UTI no interior do RN

É destaque no Blog do Dina – por Dinarte Assunção. 

Seu Asclepíades tinha 80 anos.

Após quatro dias precisando de UTI, morreu com sintomas de covid-19.

Ele precisava ser socorrido e foi morto pela burocracia. É esta que deve constar em seu obituário como causa mortis.

Morador de São Rafael, não tinha equipamentos na cidade para socorrê-lo.

Em Mossoró, não havia vagas.

Em Caicó, havia.

Mas Caicó é uma cidade que não cobre a região onde Seu Asclepíades mora.

É indigno que um cidadão tenha direito à saude negado por um protocolo de regulação de leitos de saúde que prioriza a burocracia em detrimento da vida.

A repercussão do caso de Seu Asclepíades, obrigou Estado e municípios a enviarem ajuda para tranferir o idoso de São Rafael para Caicó, mas ele não resistiu.

A burocracia matou Seu Asclepíades.

Burocracia mata idoso que esperava leito de UTI em São Rafael

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Antonio Turci disse:

    A morte deste cidadão é um exemplo da falta de respeito do governo do Estado com um ser humano. Negar o socorro porque o leito mais próximo estava em Caicó e que os doentes de São Rafael têm que ir para Mossoró é simplesmente pavoroso. O Prefeito de São Rafael deveria ir adiante nesta questão. O governo do Estado é o maior responsável pela morte do ancião devendo responder criminalmente por este óbito.

  2. LEO disse:

    Para que serve o Helicoptero do Estado?Tranportaria o Cidadão em minutos para Caicó, Total falta de Interesse e Humanidade desse Desgoverno!!!!

    • paulo disse:

      BG
      A SRA GOVERNADORA DEVE EXPLICAÇÕES POR ONDE ANDA O HELICOPTERO DO ESTADO. ATENÇÃO MINISTÉRIO PÚBLICO ESTADUAL, POLICIA FEDERAL E MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL TÁ NA HORA DE INVESTIGAR, FOI COMPRADO COM DINHEIRO DA UNIÃO.

  3. Ivan disse:

    Ele, assim como nós, era um financiador do SUS, logo, teria direito a um leito EM QUALQUER LUGAR DESSE PAÍS de corruptos e incompetentes!!!!!

  4. Luciana Morais Gama disse:

    O dinheiro da saúde o PT desviou para ESTÁDIOS DE FUTEBOL e obras para PAÍSES SOCIALISTAS. Nós brasileiros estamos vendo o ROMBO agora.

    • O rei do gado disse:

      Pois pare de ver o rombo, pare de ficar se lamuriar do passado. O estrela do PT ja nao brilha mais, Lula ja foi preso, ja ja volta mas vcs bolsolatras so conseguem essa bosta de resposta?! Quase 2 meses depois de instalada a crise seu Bozo fez a primeira reuniao decentezinha…

  5. Victorino disse:

    Falta de humanismo, seu Asclepíades estava em território brasileiro, que maldade, vergonha para esse governo desastroso do RN, a única coisa que vc escuta é que fiquem em casa, seu Asclepíades pela idade devia estar em casa, fez a parte dele, mas o direito a vida foi negado por uma classe política currupta e irresponsável, a família tem direito e deve processar esse estado e quem lhe negou o socorro.

  6. sobrinho disse:

    Infelizmente não será o unico a ser morto por causa da burocracia.

  7. Silvino Filho disse:

    E falta de UTI em São Rafael também…

Leitos de UTI na região metropolitana de Natal, no Oeste e em Pau dos Ferros, no Alto Oeste, estão lotados, informa secretário adjunto da Sesap

O médico Petrônio Spinelli, secretário adjunto da Secretaria de Estado e Saúde Pública(Sesap), confirmou em coletiva no fim da manhã desta terça-feira(19), que todos os leitos de UTI para tratamento da covid-19 nas regiões metropolitana de Natal, Oeste e em Pau dos Ferros, no Alto Oeste, encontram-se com 100% de sua capacidade.

Petrônio informou que a exceção fica apenas para o Seridó, que neste momento registra 61% de sua capacidade. Ainda destacou que na coletiva dessa segunda-feira(18), por exemplo, havia comunicado a disponibilidade de todos os leitos de UTI na cidade de Pau dos Ferros, quadro que se modificou em 24 horas com lotação.

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Nilson disse:

    Quanto mais mortes mais dinheiro. Entreguem os kits. Receitam a cloroquina se não o governo do estado vai ser criminalmente responsabiliza.

  2. Fátima disse:

    Se realmente tivesse tido quarentena estaria bem diferente, sabemos que o povo não obedece , ficam circulando sem necessidade, visto que mesmo assim amenizou um pouco, se deixar correr solto a situação vai ficar feia

  3. Rodrigo disse:

    Pois é, quando deveríamos ter 10 leitos em pau dos ferros, só fizeram 5. Quero saber pra que serviu a quarentena se não conseguimos nos estruturar.

  4. Véi de Rui disse:

    Comecem a distribuir o kit do cloroquina que esvazia tudo.

Sesap contrata empresa para implantação de 30 leitos de UTI nos hospitais João Machado e Alfredo Mesquita

A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) publicou, hoje (15), no Diário Oficial do Estado, a contratação da empresa mineira Avante Social, vencedora do processo licitatório, que será a responsável pela implementação e gestão de 30 (trinta) leitos de terapia intensiva (UTI), sendo 20 (vinte) leitos no Hospital Doutor João Machado, em Natal, e 10 (dez) leitos Hospital Regional Alfredo Mesquita Filho, em Macaíba, destinados ao enfrentamento da Covid-19. O contrato emergencial foi assinado esta semana e terá duração de seis meses, podendo ser prorrogado de acordo com a duração da pandemia. O valor do contrato é R$ 10.504.325,68.

O Instituto Jurídico para Efetivação da Cidadania e Saúde – Avante Social atendeu a todos os critérios do edital de Chamamento Público Emergencial COVID 19 02/2020, incluindo a comprovação de experiência na gestão de serviços de Urgência e Emergência. Após a assinatura do contrato, a empresa terá um prazo de 15 a 20 dias para implantação dos leitos. Essa contratação se insere dentro do programa de expansão assistencial, contido no Plano de Contingência da Covid-19 no RN.

A abertura de novos leitos tem sido um esforço constante na gestão da Saúde, de forma a desenvolver o Plano de Contingência Estadual para a contenção da pandemia do coronavírus. Em Mossoró, por meio de parceria com a prefeitura local, serão instalados 35 UTIs e 65 leitos de enfermaria no Hospital São Luiz, geridos pela Associação de Proteção e Assistência à Maternidade e à Infância de Mossoró (Apamim).

Em parceria com a Liga Norte-rio-grandense Contra o Câncer, serão instalados 60 novos leitos, sendo 40 deles – 20 UTIs e 20 de enfermaria – na primeira etapa. O Governo também está reativando a UTI do Hospital Pediátrico Maria Alice Fernandes, localizado na capital, com mais 7 leitos de UTI, voltados para as crianças acometidas pelo novo coronavírus.

Veja leitos de UTI ocupados e disponíveis neste momento no RN na rede pública

Foto: Reprodução

Os leitos de UTI na rede pública no Rio Grande do Norte ainda não chegaram ao colapso, mas apresentam números preocupantes quanto as ocupações e disponibilidade. De acordo com a Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap-RN), há pacientes críticos nas quatro regiões.

“Estamos superlotados. A situação hoje é de grande risco, mas ainda não entramos em colapso. Isso só acontece quando não tem mais respirador. Mas poderemos chegar a essa situação muito rapidamente porque um paciente de Covid-19 fica, em média, 14 dias na UTI. É um longo tempo para uma vaga ser liberada”, informou o secretário adjunto da Saúde, médico Petrônio Spinelli nessa segunda-feira(11).

O RN registra 2033 casos de coronavírus, com 7.383 suspeitos, 5.677 descartados e 734 recuperados; mortes chegam a 93.

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Michel disse:

    Tá aí o problema da pandemia uma estado como o RN com 133 leitos para combate ao covid 19, isso supondo que todos os leitos ditos na reportagem teriam respiradores , ridículo isso é brincar com a saúde do povo norte rio grandense.

  2. Paulo Roberto disse:

    Me parece que em Natal, foram ativados os 10 leitos do Hospital da PM e os 7 do Maria Alice, já existentes mas sem funcionar. É bom lembrar que antes da pandemia, eram constantes as reportagens sobre a falta de leitos em UTIs e que já estamos em isolamento social, cuja única justificativa é ganhar tempo para preparar o sistema de saúde a aproximados 50 dias.Portanto, não sei que desculpa o Governo Estadual pode mais arranjar depois que culpar o Federal deixou de "colar".

  3. Evelyn disse:

    Cadê os 100% de ocupação veiculados nos meios de comunicação???

  4. Édson disse:

    A verdade é que 20 anos destes governos e pouco foi feito para saúde de nosso estado. Quem lembra o ano que foi inaugurado o Walfredo , Gilselda,Tarcísio Maia e qual população tínhamos naquela época. Fica para reflexão . O que foi feito um aeroporto sem nescidade nenhuma é um estádio de futebol que não serve para nada . Tem alguém para ser contra meu comentário fiquem a vontade .

  5. Junior disse:

    Quase 60 dias, 10 milhões do governo federal, dividia da união suspenso os pagamentos. E o que Fátima fez? Pra fazer politicagem com os governadores do NE não investiu em nada. Kd respiradores novos? Leitos novos? Hospital de campanha?. RN pode passar 6 meses em isolamento e nada será feito de melhoria na rede saúde.

  6. Severo disse:

    Ninguém sabe mais o que e verdade,nem quem fala a verdade nesse estado

Médico informa ter esvaziado UTI de hospital no Piauí após tratamento com cloroquina: “mudança brutal na taxa de mortalidade”

Foto: Governo do Piauí

Médicos do Hospital Regional Tibério Nunes, localizado em Floriano, no interior do Piauí, passaram a administrar a hidroxicloroquina para pacientes internados com Covid-19 e verificaram uma “melhora significativa” no quadro de saúde dos infectados.

O médico piauiense Sabas Vieira informou, por meio de um vídeo publicado nas redes sociais, que um grupo de profissionais do estado que atua no combate ao coronavírus já recuperou cinco pacientes da instituição com uso de hidroxicloroquina e azitromicina.

O tratamento contou com a orientação da médica Marina Bucar Barjud, linha de frente no combate à doença no Hospital HM Puerta del Sur, em Madrid, na Espanha.

Segundo Vieira, o tratamento pode ser aplicado em pacientes em duas fases. Na primeira, chamada de “reaplicação viral”, quando o paciente tem febre, dor de garganta, falta de olfato ou paladar, o tratamento deve ser feito a partir do segundo dia de sintomas com hidroxicloroquina e azitromicina. Na segunda, chamada de “inflamatória”, a partir do sétimo dia de sintomas, deve ser feito com corticoterapia para evitar a terapia intensiva.

“Temos, portanto, duas janelas de oportunidade. O doutor Justino, do hospital de Floriano, já nos relatou cinco casos tratados com sucesso que não precisaram ir para UTI. Estamos treinando esses médicos para nos capacitarmos a fazer essa prescrição de forma adequada.”

Vieira esclarece ainda que não há necessidade de a população adquirir os medicamentos, que só poderão ser administrados a partir do diagnóstico positivo para Covid-19.

“Não temos evidência sólida dessa conduta, mas houve uma mudança brutal na taxa de mortalidade e queremos essa experiência no Piauí. É uma medicação segura, utilizada há muitos anos. Tivemos a taxa de mortalidade muito baixa. Com sintomas em até 48 horas, procure rapidamente o serviço de saúde para avaliação médica, não é para ninguém estocar esse medicamento. O médico vai fazer o diagnostico e tratamento adequado”, ressalta.

Pacientes curados da Covid-19 em Floriano

Em todo o estado do Piauí, de acordo com os últimos dados do boletim da secretária de Saúde, há atualmente 1.332 casos de Covid-19, 45 mortes e 236 altas médicas.

Dos casos confirmados, 299 estão internados, sendo 98 em UTIs. No Brasil já são mais de 11 mil mortos e 162.699 casos da doença.

Em Floriano, nesse domingo (10), havia 17 pacientes confirmados com Covid-19, oito recuperados e nenhum óbito. A cidade tem cerca de 57 mil habitantes.

Jovem Pan

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Santos disse:

    Pra ficar bom vale até injeção na testa.
    Mas já que estão politizando a doença e o remédio, seria importante contabilizar os curados por outros tratamentos tb, aí seria possivel uma comparação, pois pelo que se sabe, não existe um tratamento único, então notícias como essa tem mais o caráter de politicagem em apoio as declarações do presidente.
    Que seja com Cloroquina, Ivermectina, Azitrominica, plasma, áqua, dipirona ou tilenol, que importar é salvar vidas.

  2. Silvino Filho disse:

    O problema não é uso do medicamento, em si. Não adianta ter um remédio se a medicina não sabe como usar, ou em quais situações utilizar. A eficácia resulta na adoção de um "procedimento de tratamento" eficaz. Essa é a maior descoberta do Piauí: criar uma forma de tratamento eficaz. Para um país como o Brasil, é uma revolução

  3. Manoel disse:

    Enquanto o mundo todo diz q a droga nao resolve o problema e até prejudica os Rins e fígado, o médico Sabas diz o contrário. Sugiro ao médico publicar um artigo na Nature o mais rápido possível, provando o que diz e contrariando todo resto do mundo, do contrário será mais um fake news. Se provar terá o Nobel de Medicina.

  4. RICARDO LÚCIDO disse:

    Tinha acabado de de lê um artigo da prestigiada revista americana ( JAMA) , jourmal of the American Medical association . Publicado no dia 11/05/2020 e que corrobora com outro estudo de outra revista de grande credibilidade internacional a New England jornmal of Medicine , publicado na semana passada . Mas com essa experiência Piaiuense , já providenciei agora o cancelamento das duas assinaturas , imaginem só . As duas retratam exatamente o contrário , do que o o Piauiense diz .

  5. Véi de Rui disse:

    Esse Bolsonaro nasceu pra ser o nosso presidente!

  6. RICARDO LÚCIDO disse:

    Excelente notícia , que ótimo vamos replicar essa experiência em todo Brasil .

  7. José Macedo disse:

    Olha a cloroquina curando, não havia interesse dos pesquisadores para constatar a sua eficiência, já que em 09/04 o JB, não é médico mas tinha conhecimento da sua eficacia, então por política os testes da cura nunca foram concluidos , assim como o Anita.

    • Marcos disse:

      Já tem estudos que informaram que não há benefício da cloroquina.

  8. José Macedo disse:

    Olha a cloroquina curando, não havia interesse pela em constatar a sua eficácia, já que em 09/04 o JB, não é médico mas tinha conhecimento da sua eficacia, então por política os testes da cura nunca foram concluidos.

  9. Chicó disse:

    A torcida organizada a favor do coronavírus não vai curtir essa notícia !!!

Leitos públicos em Natal registram ocupação de 100% no tratamento da Covid-19

Em coletiva divulgada nesta segunda-feira(11), o subsecretário de saúde do Estado, Petrônio Spinelli, informou que os hospitais no Rio Grande do Norte destinados ao tratamento do novo coronavírus já se encontram em situação de superlotação.

Na capital potiguar, a rede pública já chega a 100%. Em outro exemplo, Mossoró restam apenas duas vagas em UTI. Em cenário não muito distante, o Seridó tem 75% dos leitos ocupados.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. J.Dantas disse:

    Onde estavam os gestores nesses 2 meses de quarentena? Estavam fazendo intrigas , batendo cabeças, desunidos, brigando e pensando em reeleição. Quantos leitos de UTI foram criados ou ampliados? Onde está a abertura do hospital PAPI e hospital de campanha? Ficamos em casa para achatar a curva e os gestores não fizeram absolutamente nada de concreto. Agora estamos em colapso na rede pública e privada… Ficam só com blá blá e enganando a população. Única ação de fato é fechar comércio e obrigar a população ficar em casa… Estamos ferrados!

  2. Tereza disse:

    A propósito, quantos leitos de UTI existem no RN destinados ao tratamento do Covid 19?

    • Delano disse:

      Estamos sendo castigados pelo incentivo de luladrão pra acabar com o nosso complexo de viralatas, e priorizar construir o arena das dunas ao invés de melhores condições hospitalares, com mais UTIs. infelizmente esse erro pode nos custar muito caro, já pra luladrão e os CORRUPTOS que se beneficiaram dos desvios de verbas dessa construção, foi uma Benção. Pior que mesmo depois disso, ainda colocaram a legitima cria desse crápulas no governo

    • Ariane disse:

      Ótima pergunta, Teresa.

    • Fábio disse:

      Estão em reunião e fazendo debates…
      É o jeito PT de administrar.
      E obviamente procurando alguém p/culpar.

Ocupação de leitos gerais de UTI para pacientes de Covid-19 chega a 97% na rede pública de Natal

A Secretaria Estadual de Saúde informou nesta sexta-feira(08) que a ocupação dos leitos gerais de UTI voltados para pacientes de coronavírus chegou a 97%, na rede pública de Natal. São 36 leitos ocupados, dos 37 leitos gerais em funcionamento – ou seja, apenas um vago.

No Hospital Giselda Trigueiro – referência para tratamento de doenças infectocontagiosas em Natal – todos os 27 leitos estavam ocupados na manhã de sexta. No Hospital da Polícia Militar, dos 10 leitos gerais (sendo quatro abertos durante a manhã), 9 já estavam ocupados.

Com acréscimo de informações do G1-RN

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Pedro disse:

    E vai piorar, o LACEN não está processando as amostras dos suspeitos.

  2. Rodrigo disse:

    A governadora até agora não instalou uma UTI com respirador, só promessa. Agora dispensa de licitação suspensa e compra sem receber os respiradores são comuns na administração petralha do RN

    • realista disse:

      Fátima inercia Bezerra, esse é o novo nome dela que corre nas redes sociais.

CUSTO PODE CHEGAR A R$ 11,3 MILHÕES: Governo do Estado publica chamamento para viabilizar 30 leitos de UTI em hospitais públicos

Leia íntegra AQUI

O Governo do Estado publicou, nesta quinta-feira(23), um chamamento público emergencial para viabilização de 30 novos leitos de Unidades de Terapia Intensiva(UTI) em hospitais públicos de Natal e Macaíba. Pela gestão de leitos e operacionalização, o custo pode chegar a R$ 11,3 milhões. Conforme publicação que pode ser conferida em link acima, Governo busca interessados entre Organizações Sociais, Instituições Filantrópicas ou Sociedade Empresarial Hospitalar para os contratos – que podem ser divididos.

O Governo do RN publicou nesta quinta-feira, 23, no Diário Oficial do Estado o Chamamento Público Emergencial Covid-19 – nº 02/2020 para contratar 30 novos leitos de UTIs, sendo 20 para o Hospital João Machado, em Natal, e 10 para o Hospital Regional Alfredo Mesquita Filho, em Macaíba.

A governadora Fátima Bezerra reitera que o Governo do RN vem trabalhando intensamente de forma integrada para evitar o pior na grave crise provocada pela pandemia: “Estamos superando dificuldades, adquirindo e restaurando equipamentos, contratando pessoal, resolvendo entraves, no sentido de realizar o melhor atendimento à população norte-rio-grandense. Contamos com o apoio dos demais Poderes do Estado, Legislativo e Judiciário, e também do Ministério Público e de instituições e empresas do setor privado. Queremos continuar também contando com o apoio do nosso povo”, declara a chefe de Executivo Estadual.

Ela reforça, ainda, a importância do isolamento social e recomenda à população para sair de casa apenas nas necessidades realmente essenciais e tomando as precauções recomendadas como o uso de máscaras. “Fazendo assim, e somando esforços, certamente vamos vencer a crise do novo coronavírus e retornar à normalidade”, afirmou.

O chamamento é cumprimento de acordo judicial celebrado entre o Estado do Rio Grande do Norte, o Conselho Regional de Medicina (CREMERN), Ministério Público do Estado (MPE) e Ministério Público Federal (MPRN) originado pela Ação Civil Pública nº 0004715-12.2012.4.05.8400.

Podem participar do Chamamento Público Emergencial: Organização Social, Instituição Filantrópica ou Sociedade Empresarial Hospitalar. A contratação contemplará equipamentos e mobiliários médico-hospitalares, fornecimento de acessórios, medicamentos, material médico-hospitalar, insumos e serviços profissionais.

O recebimento de proposta de preços e demais documentos é autorizado pelo Processo administrativo SEI nº 00610010.001038/2020-63.

As instituições e empresas podem participar com propostas cotação de preços total ou parcial. A contratação dos serviços será por prazo de 180 dias. O valor global máximo de custeio do Contrato de Gestão mensal é estimado em R$ 1,890 milhão e global, seis meses, com previsão de uso máximo de até R$ 11, 340 milhões por 30 leitos, sendo 20 leitos correspondentes ao valor mensal estimado de R$ 1,260 milhão e valor global estimado de R$ 7,560 milhões para o Hospital Doutor João Machado. A valoração indicada no Chamamento pode ser inferior a depender dos serviços prestados.

Para os dez leitos destinados ao Hospital Regional Alfredo Mesquita Filho, em Macaíba, o valor mensal estimado é de R$ 630 mil e valor global de R$ 3,780 milhões.

Os documentos de habilitação e proposta de preços devem ser enviados exclusivamente via correio eletrônico, para o e-mail [email protected], até as 23h 59m do dia 29 de abril de 2020, horário de Brasília.

O Governo do RN, através da Secretaria de Estado da Saúde Pública (SESAP) busca com a implementação e gestão dos leitos de terapia intensiva alcançar os seguintes objetivos: pronto atendimento da situação de emergência; mitigação da existência de risco na prestação dos serviços de saúde à população; eficiência e qualidade dos serviços prestados ao cidadão e maior agilidade para operacionalização dos serviços.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Flavio disse:

    Cuidado pra nessa fome, não se engasgar. A PF tá de olho.

  2. disse:

    quase 370 mil reais cada leito? Eita!!

    • JUsticeiro disse:

      Mais barato do que se paga hoje aos hospitais privados. Confira!

  3. Klaus disse:

    Enquanto isso, hospital de campanha nada. Só esperando estourar e super lotar leitos pra fazer super licitações para justificar o desvio das verbas. Até quando teremos isso, já não há mais como tolerar tanta ineficiência e falta de planejamento. Perdido é pouco, esses governos são sanguinários!!!

    • Lúcio Palhares disse:

      Impressiona ver que a aposta em "estourar e superlotar" continua sendo a única linha de raciocínio, uma condição muito distante da realidade.
      Dos leitos reservados, APENAS 30% estão ocupados e já estamos com 38 dias de isolamento.
      O crescimento de infectados e mortes NÃO mostram qualquer tendência de estourar e levar a superlotação. Mas a apologia ao pior parece ser a única opção a ser considerada.
      Os especialistas projetaram números irreais que até hoje estão distantes demais dos números reais. No Brasil tem 2.900 mortos e pela projeção seriam 17 mil.
      Qual a razão de IGNORAREM o hospital com até 400 leitos que está sendo disponibilizado no antigo hotel parque da costeira?

  4. Observador disse:

    Governo perdido

Secretário de Saúde da Bahia propõe termo de renúncia a leitos de UTI para pessoas que apoiam relaxamento do isolamento

FOTO: Leonardo Rattes/Ascom Sesab

O secretário de saúde da Bahia e cardiologista Fábio Vilas-Boas, em publicação no Twitter, sugeriu que pessoas que apoiam o afrouxamento do isolamento social durante a pandemia do coronavírus, renunciem ao acesso de leitos de UTI e de ventilação para si e para seus parentes.

“Será que essas pessoas que pregam o relaxamento do distanciamento social aceitam assinar um termo renunciando o acesso…?”, disse em publicação.

A sugestão foi feita após uma série de manifestações que aconteceram neste domingo (19) apoiando a volta do comércio e até mesmo pedindo intervenção militar, como foi o caso das manifestações no Recife e em Brasília.

Foto: Reprodução/Twitter

As manifestações do domingo feriram o decreto estadual assinado pelo governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), que proíbe aglomerações durante este período de quarentena.

No decreto estadual, assinado no último dia 23 de março, ficaram proibidas reuniões com mais de 10 pessoas. Na época o governador justificou que “a melhor estratégia no combate à disseminação do vírus, neste momento, é o isolamento social”.

Governadores do Nordeste se pronunciaram contra as convocações do presidente e pediram união para combater o novo coronavírus.

Jornal do Commercio

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Cigano Lulu disse:

    Tudo papo-furado deste secretário petralha. Ele sabe mais do que ninguém que a Saúde é um direito fundamental assegurado pela Constituição de forma ampla, geral e irrestrita.

  2. Zé Mané disse:

    Mais conversa fiada, bla bla bla inócuo. Não leva a nada, só disputa política. O povo que exploda.

  3. ANDERSON disse:

    UMA "PÉROLA" DESSA SÓ PODERIA TER SAIDO DA BOCA DE UM CANHOTO VERMELHO! APRENDEU MUITO BEM COM DILMA ROUSSEFF.

  4. André Frederico disse:

    Concordo!
    Desde que os fumantes (inclusive de Canabis) renunciem a qualquer modalidade de tratamento para enfisema pulmonar e câncer de pulmão; concordo desde que aqueles que ingerem bebidas alcoólicas e pilotam motocicletas ou automóveis ao se envolverem em acidentes e sejam vítimas de traumas também abram mão de qualquer tipo de assistência médica; concordo desde que aqueles que possuem renda (salário) fixo e que não irá variar com a crise causada pela quarentena sustentem a família daqueles que são autônomos, trabalhadores informais, empresários e que dependem do que produzem hoje para comprar o pão de amanhã!

  5. Antonio disse:

    É bom que o nobre secretário renuncie ao seu plano de saúde e var ser atendido nós hospitais público. Canalha. Sua turma quebrou o país e é por isso que não tem leitos em hospitais público suficiente para a população.

  6. Amacell disse:

    Concordo plenamente, muito justo, na verdade ja era pra existir esse documento e cada “cidadão de bem” assiná-lo

  7. Antenado disse:

    Bom seria que todos os políticos assinassem um termo no sentido de que quem ia para prisão perpétua.

  8. RXPECTADOR disse:

    O Nobre secretário deveria assinar um termo que se ele contrair o covid19 em hipótese alguma os médicos podem dar a ele a hidroxicloroquina+ azetramicina

    Remédio que salvou os Drs.David uip e Kallil Filho

    • Soares disse:

      Muito menos receber salário, por está em isolamento, e quem não concorda, está trabalhando. Tem mais, quem esta trabalhando, está contribuindo com imposto pra pagar a saúde, já ele que não trabalha, não é contribuinte. Esses petralhas querem sempre inverter as coisas, bandidos e preguiçoso são os que mais se beneficiar na visão deles

  9. Delgas disse:

    E eu proponho que o nobre secretário deixe sua esposa e filhos em um dos inúmeros lares onde já está faltando quase tudo… Ele não precisa ir, pois tem que trabalhar.

  10. Marcelo disse:

    ………ELES NÃO TEM ESSA CORAGEM TODA…..QUEM TEM C., TEM MEDO!!!! KKKKKKKKKK

  11. Manoel disse:

    Governadores são contra o isolamento vertical pois querem mesmo que o congresso mande pagar as dívidas dos Estados sem qualquer contrapartida! Secretário de saúde da BA façamos o seguinte: quem quer voltar ao trabalho assina o termo de que não quer UTI e seu governador assina o termo que não quer mais o dinheiro federal !

  12. ForaCanalhas disse:

    Os políticos e secretários deveriam abrir mão de seus salários e ficar sem ganhar nada como a maioria dos empresários e empregados estão. E muito fácil MAMAR nas tetas do GOVERNO e mandar pessoas que não tem o que comer ficar em casa.

  13. Chega de CANALHAS disse:

    Vale lembrar a esse secretário de merda, que quem sustenta esse sistema e paga o salário dele são as mesmas pessoas que querem trabalhar.

  14. Cidadão Indignado disse:

    Concordo Plenamente! Assinem o termo, morram e virem "mito".

  15. Boleo disse:

    Manoel não concorde com uma ideia comunista e terrorista dessa, por isso que o Maia tá dando uma de ditador, o comunismo vai nos exterminar, falta só mandarem a gente comer cachorro e a gente concordar.

  16. Eduardo Peixoto disse:

    Ele deveria propor "Termo de Renúncia" para ladrão do dinheiro público.

  17. Manoel disse:

    Concordo. Quem quiser sair do isolamento é só assinar o termo.

    • Neto disse:

      Baseado nisso, então devem obrigar a assinar o termo quem fuma, bebe, consome drogas ilícitas…

    • George disse:

      E quem quer ficar em casa, assine um termo abrindo mão do salário, ficaria justo mesmo.

Ceará ocupa 100% dos leitos de UTI para coronavírus e fila de espera já chega a 48 pacientes

Foto: Divulgação/Prefeitura de Fortaleza

O Ceará atingiu, nesta quinta-feira (16), 100% da capacidade das Unidades de Tratamento Intensivo (UTIs) específicas para tratamento da Covid-19 na rede pública. Conforme a secretária executiva de Vigilância e Regulação da Secretaria da Saúde (Sesa), Magda Almeida, o estado já possui 48 pacientes na fila de espera por uma vaga, até a manhã desta quinta.

O índice de pessoas com o novo coronavírus no estado chegou a 2.386 nesta quinta. O número de pacientes mortos pela doença permanece em 124.

Até a noite desta quarta (15), o Ceará tinha 169 pessoas hospitalizadas em UTIs por causa do coronavírus, de acordo com a Sesa. Desse total, 113 estavam em Fortaleza.]

Segundo Magda, é o perfil maior gravidade de pacientes com Covid-19 que demanda as estruturas especializadas. Cada paciente fica, em média, de 7 a 14 nesses leitos.

“A pressão assistencial, independente dos números, é muito grande sobre os leitos de UTI porque não conseguimos abrir todos os 800 leitos que a gente projetava. Nossos respiradores não foram entregues, e estamos com muitos problemas em relação a isso. Nesse momento, apesar de não estarmos no pico esperado da epidemia, estamos com leitos de UTI em ocupação máxima”, explica Magda.

O cenário é de alerta porque, pelas projeções matemáticas utilizadas pela pasta, a ocupação das UTIs foi atingida uma semana antes do esperado. “Se pegarmos todos esses modelos, nossos números reais estão sempre um pouquinho maiores do que o computador calculou, e isso acaba preocupando a gente”, afirma Magda.

Conforme a secretária executiva, ainda há disponibilidade em leitos de enfermaria. Contudo, seguindo os cálculos, essa capacidade também pode ser esgotada no dia 21 de abril, quando todos os leitos estariam ocupados.

“Não significa o pico da epidemia, que pode ser muito depois, mas uma saturação do sistema de saúde antes do pico. É a hora que não tem mais leito para internar”, diz Almeida.

Projeção de mais casos

A Secretaria da Saúde projeta que em 23 de abril o Ceará tenha 3.734 casos de Covid-19 e 373 pacientes internados em UTIs. O prognóstico, divulgado na noite de quarta-feira, considera que 10% dos casos da doença necessitem de UTI e 20%, de enfermarias.

O documento previa que os leitos das UTIs atingiriam a ocupação total no dia 21 de abril, com 310 pessoas internadas. A previsão levou em consideração que na data 3.100 pessoas vão estar contaminadas com a doença (10% delas precisando estar em UTI).]

G1

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Anisio Felix disse:

    ESCANCAREM OS COMÉRCIOS, PRINCIPALMENTE SUPERMERCADOS!
    CAPITALISTAS USURPADORES DE M*RDA!
    VAI FALTAR LEITOS PARA OS RICOS E POBRES!

    • Mane disse:

      Você se alimenta de quê? Se quer que fechem os supermercados? So pode ser algum cargo público, pq quer todo mundo sem renda.. não desejo que falte dinheiro dos impostos sugados dos capitalistas que você tanto odeia. Vá tomar um remedinho cubano!

Cinco estados já têm mais casos da covid-19 que leitos de UTI, fundamentais para casos graves

Foto: iStock/Getty Images

Os estados do Acre, Amazonas, Ceará, Amapá e Roraima já registram mais casos do que o número de leitos de UTI (Unidade de Tratamento Intensivo), essenciais para dar suporte a pessoas com casos graves da covid-19.

O R7 analisou os dados de leitos e casos divulgados pelo Ministério da Saúde até o último balanço na tarde desta quinta-feira (9), e que apontam que estes estado já entram em uma tendência de sobrecarga do sistema de saúde nestes locais.

O estado do Amazonas é o que tem a situacão mais crítica, com 899 casos e somente 264 vagas de UTI. Na sequencia temos o estado de Amapá que possuí 128 casos e somente 46 leitos, seguido por Roraima, com 52 casos e 25 leitos, o estado do Ceará que já registra 1425 casos, quase o dobro dos 802 leitos, e o Acre que tem 62 casos para os 48 leitos de UTI que possuí.

Os dados mostram ainda que em São Paulo, a relação de número de casos, que já somam 7.480, já chega a 90% dos 8.395 leitos de UTI do estado.Com uma média entre 400 e 500 novos casos por dia, o estado deve atingir o nível crítico em proporção ao número de vagas já nesta sexta-feira (10).

00 e 500 novos casos por dia, o estado deve atingir o nível crítico em proporção ao número de vagas já nesta sexta-feira (10).

O Brasil tem, no total, 30.623 leitos de UTI, o equivalente a 58% dos casos confirmados do novo coronavírus em todo o país, até está quinta-feira (9). O número de leitos contabilizados pelo Ministério da Saúde inclui leitos do SUS e privados.

R7

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Vanessa Freire disse:

    Em que Bolsonaro AGIU errado até agora, me expliquem. Não quero saber do que ele fala, quero saber do que ele executa.

  2. Everton disse:

    Bolsonaro nunca mais!!

  3. Netto disse:

    Alarmismo. O mais certo seria comparar o número de casos graves x número de e utis.

  4. Silva disse:

    No RN fecharam o hospital de Canguaretama, estão fechando o Ruy Pereira e abandonaram o Deoclécio Marques !!!

  5. Jd disse:

    Exato! Só não enxerga quem não quer, principalmente o q o Queirós e o Flavio Bols fizeram…kd Queirós? Nem lula ladrao e sua corja, nem outros ladroes, principalmente disfarçados de paladinos da moralidade, esses são os piores…

  6. Francisco Alves disse:

    Existe alguns quadrúpedes que por tudo, de bom ou de ruim que o governo faça procuram detonar o presidente. Que ele têm algumas colocações, digamos, pouco ortodoxa isto é fato, mas, nada que venha ou tenha colocado em xeque o governo o seu povo, ou a democracia. O que temos visto desde o início do governo são ataques diuturnos de segmentos da imprensa nacional, sobretudo os ligados a esquerda, bem como por revanchismo devido a suspensão de verbas públicas que engordavam os cofres de grandes redes jornalísticas. Contudo, é risível observar alguns asnos (com todo respeito ao nobre animal) esquerdopatas se dizendo eleitores do presidente mas que não vota mais. Pessoal, todos os que elegeram em Bolsonaro, na realidade votaram contra a corrupção e roubalheira endêmica gerenciada e conduzida pela maior quadrilha da história deste país como ficou provado e comprovado que é o PT. Dessa forma, por mais que os quadrúpedes se desesperem, na próxima eleição qualquer um candidato que não represente os ladrões da esquerda e os corruptos do congresso têm o meu voto e, sem dúvida alguma o voto da maioria dos brasileiros.
    Pode relinchar… Quem nasce burro morre no pasto.

  7. Padro disse:

    Acre feudo dos Vianas;
    Amazonas de Eduardo Braga;
    Roraima de Romero Juca;
    Amapá de José Sarney;
    Ceará de Camilo Santana e dos Gomes.
    Eita mundo pequeno e país pobre, isso é uma sina ou desgraça mesmo?
    As populações dos Estados mais sofridos, a anos são comandados por esse povo, aí pegue sofrimento.

    • Ricardo Lúcido disse:

      Sempre politizando . Isso não ajuda em nada , precisamos seguir as regras recomendadas e as coisas se estabelecem dentro da normalidade no mais breve tempo . Vamos seguir o protocolo que o ministro tem planejado . Todos em casa .

  8. Prmo disse:

    Esse povo que fala que votou no Presidente e se arrepende, é tudo CANHOTA fazendo propaganda enganosa. Se não enxerga o que o presidente está fazendo ou e cego ou mal intencionado. Escolha seu lado amigo.

    • Dr Carneiro disse:

      Eu votei em Bolsonaro e me arrependo. Qual o problema disso? Se o senhor tem maniaco corrupto de estimação o problema é seu.

    • RICARDO LÚCIDO disse:

      Já escolhi . Meu lado não é político é o lado do Brasil . Imagino que o prmo é médico pois já fez até a prescrição . Não vamos politizar a questão amigo . Sejamos realistas e calmos . O lado canhoto ou esquerdo nessa hora não importa . O presidente , votei nele e me arrependo é que precisa melhorar de postura .

    • André Fortes disse:

      Quem não se arrependeu ou mora em outro país ou é igual ao mito.

    • Zé Ruela disse:

      Não me arrependo. Foi a única chance de tirar o PT. Não conhecia Bolsonaro. Não voto mais nele. Errar é humano, mas persistir no erro, só se for pra evitar o PT.

  9. Prmo disse:

    Basta começar a usar a Hidroxicloroquina + Azitromicina + Zinco na dose RECOMENDADA NA BULA a partir dos primeiros sintomas. Várias e várias e várias pessoas estão sendo curadas seguindo esse tratamento. O problema e que pessoas curadas não dá AUDIÊNCIA!

    • AVELINO disse:

      NÃO TOMEM ESSE PRODUTO COMO REMÉDIO, FOI O NOSSO PRESIDENTE QUE PRIMEIRO FALOU NELE.

  10. PAULO disse:

    SEMPRE FOI ASSIM BG, OU ERA UMA MARAVILHA COM O PT? OS HOSPITAIS SEMPRE ERAM LOTADOS, CADA UMA DESSE POVO. KKKK

    • RICARDO LÚCIDO disse:

      Meu amigo , será tão difícil de entender ? Esqueça o PT . O PT JÁ ERA . Você está rindo de que ? Notícia é notícia é precisa ser divulgada , estamos caminhando Lara um quadro muito preocupante , e você vem falar de PT ? Elas estão no limbo do ostracismo O que precisamos agora é de atitude e responsabilidade de quem está no poder . O presidente , votei nele e me arrependo , precisa assumir uma postura de liderança e união , não ficar fazendo gracinha como a que foi a sua parada na padaria . Se acha que o ministro não está bem que troque o ministro , se acha que o isolamento deve ser vertical que assuma uma postura de líder e discuta com a sociedade e com os poderes . Agora ficar com atitudes de falta de coragem e balbúrdia não vai resolver o problema .

    • Ojuara disse:

      Concordo Paulo, mas não só o PT, todos que passaram nos últimos quarenta anos, não fizer outra coisa a não ser roubar para si e para os seus tudo que era dinheiro público. Ou seja, o que acontece hoje é resultado de tudo isso, e esse governo atual não tem sido diferente, não rouba porém é incompetente ao extremo. E estamos vendo o resultado direto hoj devido a pandemia, mas todos os outros setores são do mesmo jeito. Educação, habilitação, segurança, saneamento, …… portanto o que nos resta e não nos acomodarmos com as cestas básicas distribuídas em forma dos 600 reais,.e cobrar mais desses governos, corruptos por excelência.

    • Francisco disse:

      Os petralhas sãoxoidos pra a população esquecer a esquedalhices cometidas, a questão é, estamos nessa situação porquê o governo Bolsonaro encontrou assim, portanto, pra deixar uma saúde desejável, é preciso corrigir o que o pt fez, não fazer mais, e investir na saúde, por isso Bolsonaro tem investido bilhões de reais na saúde, e se ele continuar assim, vou votar nele novamente.

Primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, é transferido para UTI para tratamento de Covid-19

Primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, que está afastado desde que que contraiu Covid-19, preside reunião de gabinete no dia 29 de março — Foto: Andrew Parsons / 10 Downing Street / AFP

O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, foi transferido para a UTI de um hospital em Londres na tarde desta segunda-feira (6), onde recebe tratamento para Covid-19.

Ele está consciente e não faz uso de respirador artificial. Segundo a emissora Sky News, a transferência foi uma medida preventiva, para o caso de ele precisar do aparelho.

Mais cedo, ele tinha dito em uma rede social que estava no hospital, sob conselho médico, para fazer testes de rotina, mas que estava bem disposto.

“Eu gostaria de agradecer a equipe brilhante do sistema de saúde pública por cuidar de mim e dos outros nesse período difícil. Vocês são o melhor do Reino Unido”, ele disse em uma rede social.

Ainda nesta segunda, o ministro da Habitação, Robert Jenrick, tinha afirmado que Johnson deveria voltar em breve a seu gabinete.

“Ele permanecerá no hospital enquanto precisar, mas ouvi dizer que ele está indo bem e estou ansioso para que ele volte ao gabinete o mais rápido possível”, afirmou Jenrick à rádio BBC.

“Esta não é uma internação de emergência e, portanto, certamente espero que ele volte ao número 10 em breve”, acrescentou, referindo-se ao número da residência oficial do primeiro-ministro na Downing Street.

O líder conservador, de 55 anos, anunciou em 27 de março que testou positivo para o coronavírus e que permaneceria sete dias em isolamento em sua residência em Downing Street.

Johnson continua liderando reuniões por videoconferência mesmo depois do diagnóstico, e muitos consideraram que a falta de repouso fez com que na sexta-feira continuasse apresentando febre.

No domingo, seu médico decidiu enviá-lo ao hospital para novos exames como uma “medida de precaução”.

Segundo o jornal “The Times”, Johson está no hospital St Thomas de Londres, perto de Westminster.

G1

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Lucas disse:

    No começo, também tratou a pandemia como uma gripezinha! Mas o senso de responsabilidade tratou de ajustar o seu discurso. Como não há senso de responsabilidade com o babaca tupiniquim… continuares com um presidente proferindo idiotices diariamente.

    • Marcos disse:

      Nossa Senhora!! Quanto ódio!

    • Lobo disse:

      Deixa de fazer comentários sem noção, bem pior deixar de equipar e de construir hospitais, pra sediar copa do mundo e olimpíadas pra gastar os poucos recursos financeiro em estádios, que são verdadeiros elefantes brancos. Isso teríamos que protestar, e não ficar escondendo a verdade por declarações inofensivas.

‘Há luz no fim do túnel’: médico paulista se recupera de Covid-19 após seis dias na UTI

Ortopedista Henrique Rodrigues está curado do coronavírus Foto: Arquivo pessoal

O ortopedista paulista Henrique Rodrigues, de 31 anos, enfrentou muitas dores no corpo, dificuldade para respirar e febre alta desde que começou a apresentar sintomas do coronavírus no início do mês. Passou seis dias na UTI até receber a notícia de que estava curado. Hoje, se recupera da pneumonia que restou como sequela da doença.

“Nunca me senti tão mal. É uma experiência bem ruim, mas melhora. Há luz no fim do túnel”, garantiu, em entrevista à ÉPOCA.

Rodrigues foi internado no Hospital São Luiz, em São Caetano (SP), no último dia 13, quando sua tomografia apontou para um padrão característico de covid-19. Menos de 24 horas depois, viveu o pior momento enquanto se tratava. O desconforto respiratório, a mialgia intensa e os calafrios não eram atenuados nem pelos remédios periódicos.

“A febre não passava, cheguei a quase 39 graus, mesmo com medicação de horário, tomando paracetamol e dipirona”, contou o médico. “As dores no corpo eram muito fortes. Até para levantar o braço doía muito”, acrescentou.

Os primeiros sinais da doença surgiram no dia 6 de março quando Rodrigues dava plantão em um hospital da Zona Sul de São Paulo. Uma das unidades em que trabalha passou por um surto da doença e registrou funcionários infectados. No entanto, Rodrigues não confirma que foi lá que contraiu o vírus. “Viajei para a Tailândia no final de janeiro. Também pode ter sido de algum paciente, já que atendemos, em média, uns 40, 50 por dia. Ou até um descuido meu na higiene”, sugeriu.

Enquanto trabalhava, Rodrigues começou a ter calafrios. Em seguida, desenvolveu febre intermitente por três dias junto a dores corporais, o que o fez procurar ajuda médica. Ele vinha tomando antibiótico e corticoide, que não surtiram efeito.

Examinado, o ortopedista foi orientado a ir para casa e retornar ao hospital caso seu estado piorasse. No dia 12, a tosse e a falta de ar se agravaram, e Rodrigues decidiu pagar para fazer o teste do coronavírus. “Eu suava demais. Teve uma noite em que precisei trocar de roupa cinco vezes, ficava encharcado”.

Como o resultado não é imediato, fez exames complementares que o levaram a ser isolado em observação na UTI. Mesmo com a confirmação de que havia sido infectado, Rodrigues diz que sua maior preocupação foi com a família. Isso porque teve contato com seus avós, de mais de 80 anos, e sua mãe que é hipertensa – todos enquadrados no grupo de risco da doença. O alerta também servia para a esposa médica, que testou negativo para o coronavírus.

A alta, no último dia 18, foi um alívio. O médico liberou Rodrigues desde que completasse a quarentena em casa. Hoje, se recupera da pneumonia que restou como sequela da doença. “O que me incomoda é apenas a tosse, mas já era esperado. Não tenho mais cansaço, dores, febre, nada”, afirmou o ortopedista, que pretende voltar ao trabalho na próxima semana.

“O que quero passar é que não é um bicho de sete cabeças. A maioria da população vai apresentar sintomas virais leves. Alguns vão evoluir, mas a tendência é melhorar. O principal medo é atingir o pessoal do grupo de risco”, disse Rodrigues.

Época

Justiça impede fechamento de UTIs pediátrica e neo nos hospitais Walfredo Gurgel e Santa Catarina


Foto: Divulgação Sesap

Na manhã desta terça-feira (10), durante uma audiência nos autos da Ação Civil Pública ajuizada pelo Conselho Regional de Medicina do Rio Grande do Norte – Cremern (ação estruturante que trata sobre o aumento de leitos de UTI no RN), na Justiça Federal, a juíza da 4ª Vara Federal, Dra. Gisele Leite, determinou o impedimento do fechamento da UTI Pediátrica do Hospital Walfredo Gurgel e da UTI Neo do Hospital Santa Catarina, após decisão homologatória.

Leia a matéria completa no Justiça Potiguar

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Madeira disse:

    O MP e a Assembleia Legislativa já estão demorando demais para pedir o afastamento desta governadora irresponsável. A calamidade na saúde provocada pela corrupção e dos mal gestores, tem causado muito sofrimento e a morte de muitos que precisam de atendimento. A incapacidade do Secretário da pasta da saúde é um absurdo, a solução que ele dá para melhorar a qualidade do atendimento, é o fechamento de hospitais , leitos e UTI. Fora Fatão.

  2. Manoel disse:

    E eu pensava que o RN era rico, já que Fátima e o PT eram contra a reforma da previdência do congresso nacional … Ah, mas ela mudou de opinião não foi?! Está querendo fazer uma reforma pior que a federal! Enquanto não faz, pra cortar gastos, corta do lado mais fraco: o pobre desassistido q não tem plano de saúde… Haja coerência!

  3. Itan vieira de douza disse:

    E um deus nos acuda e uma verdadeira vergunha ese governo do pt pra saude

  4. Zanoni disse:

    Não é mãe. Não tem elos. Que se dane as crianças cujos pais não podem pagar um plano de saúde.

  5. Ricardo disse:

    A governadora não tem filhos. Não tem misericórdia da vida de crianças carentes.

  6. Nordestino disse:

    Parabéns pra governadora, investindo pesado na morte das crianças do RN

  7. Chicó disse:

    Rapaz… Fátima está acabando com o que resta da saúde no estado. É na unha do guaxinim !!!

Cid Gomes tem alta de UTI e é transferido para enfermaria

Foto: Wellington Macedo/Estadão Conteúdo

O senador licenciado Cid Gomes, baleado nesta quarta-feira, 19, na cidade de Sobral (CE) durante protesto de policiais, teve na manhã desta quinta-feira alta hospitalar da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital do Coração daquela cidade. Gomes foi transferido para a enfermaria.

De acordo com boletim médico, Cid Gomes deu entrada naquela unidade hospitalar, “vítima de ferimento por arma de fogo no hemitórax esquerdo” e após o atendimento inicial seu quadro clínico evoluiu sem intercorrências, mantendo-se “hemodinamicamente estável e com padrão respiratório normal, não mais necessitando de cuidados de terapia intensiva”.

Estado de Minas

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Cigano Lulu disse:

    Alguém sabe explicar por que motivo Cid Gomes tirou licença do mandato de senador pelo Ceará? Pelo visto ele estava muito saudável e atuante, inclusive comprando briga com a polícia.

    • João Maria disse:

      Cigano Lulu, no mínimo o porra loca do senador Cid Gomes deve estar cumprindo o acordo com o 1° suplente Prisco Bezerra do PDT, para ele pedir afastamento só pode ter sido uma contribuição muito grande a campanha de Cid, e tem mais nós estamos pagando o salário de mais um senador parasita, pois aparentemente o senador Cid não tem problema nenhum para pedir afastamento do seu mandato, isso aí é um CABARÉ CHAMADO CONGRESSO NACIONAL E NOIS COMO SEMPRE TOMANDO NO FIOFÓ. Um abraço.

    • Ceará-Mundão disse:

      A análise é essa mesmo. Acordo político com o suplente que, normalmente, entra com dinheiro na campanha.

    • Ojuara disse:

      Vcs todos estão certo, só esqueceram um detalhe, esse pequeno período que o senador Prisco vai ocupar o cargo, irá lhe garantir uma gorda aposentadoria. Isso é uma zona.

  2. Bezerra disse:

    Pega o doido!!!