Finanças

Banco Central faz atualização e Pix poderá ser usado em aplicativos de mensagens e compras on-line

Foto: Rafael Henrique/SOPA Images/LightRocket via Getty Images

O Banco Central (BC) anunciou nesta quinta-feira(22) uma atualização do Pix para ampliar o uso do sistema de pagamentos instantâneos. Com as alterações, será possível fazer transferências por meio de aplicativos de mensagens e redes sociais, além de pagar as compras feitas pela internet.

Para isso, uma resolução do BC, anunciada hoje, regulamenta regras para as instituições financeiras participantes do open banking (sistema de compartilhamento de dados). Somente essas instituições poderão oferecer os novos serviços. Foram definidos os requisitos técnicos e os procedimentos operacionais para o compartilhamento do serviço de iniciação de transação de pagamento de Pix. A chamada iniciação ocorre quando a instituição que faz a transação do pagamento com Pix é diferente do banco que detém a conta do usuário pagador. Ou seja, o usuário poderá efetuar o pagamento por meio de outro aplicativo que não é o do seu banco onde a conta com a chave Pix foi cadastrada.

A previsão é que o serviço, que é uma nova modalidade para pagamentos instantâneos no Pix, comece a funcionar a partir do dia 30 de agosto.

Novidades

O serviço vai permitir a movimentação de contas bancárias a partir de diferentes plataformas e não apenas pelo aplicativo ou site do banco. Ou seja, com a atualização, será possível efetuar o pagamento com Pix usando o serviço de outras instituições.

Entre as inovações também está a possibilidade de realizar uma transferência por meio de aplicativos como os de mensagens ou mesmo pelas redes sociais.

Outro uso possível pode ocorrer no caso do pagamentos de compras online. Com a nova modalidade, quem comprar um produto pela internet poderá ser automaticamente direcionado para a tela de pagamento da transação no aplicativo do seu banco. Nesse caso, após a conclusão da transação, o cliente será redirecionado automaticamente de volta para a loja virtual ou aplicativo.

A resolução do BC atualiza as regras do Pix e estabelece que as mudanças ocorrerão por fases, de modo que as instituições tenham tempo suficiente para efetuar os ajustes nos seus sistemas para cada uma das forma de iniciação de pagamento por Pix: inserção manual, chave Pix, QR Code estático e dinâmico e diretamente com os dados do recebedor.

Apenas instituições autorizadas pelo BC poderão exercer a função de iniciadoras de Pix. E o usuário terá que autorizar o compartilhamento de dados.

Agência Brasil

 

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

CPI da Covid abre nova linha de investigação; agora sobre suposto pagamento de ‘mensalinho’ por contratos firmados na área de logística do Ministério da Saúde

A CPI da Covid abriu nova linha de investigação para apurar o pagamento de um “mensalinho” a aliados do governo Jair Bolsonaro. O dinheiro viria do suposto recebimento de propinas por contratos firmados na área de logística do Ministério da Saúde.

“Há indícios de que o ex-diretor de Logística Roberto Dias operava um esquema de ‘mensalinho’ no ministério para políticos da base aliada do governo Bolsonaro”, disse ao blog o vice-presidente da comissão, senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP).

Segundo Randolfe Rodrigues, o esquema já funcionaria dentro do Ministério da Saúde antes mesmo da pandemia do coronavírus, desde 2018.

“Tudo seria comandado pelo Roberto Dias, na área de logística, de contratos para transporte de medicamentos e insumos da Saúde”, afirmou o senador.

De acordo com as informações passadas à CPI da Covid, o esquema teria envolvimento da empresa VTCLog, que tem contrato para operação de transportes de produtos do Ministério da Saúde. Roberto Dias e a empresa negam qualquer irregularidade nos contratos e rebatem as acusações de pagamento de propina.

Reportagem do site “UOL” afirma que o ‘mensalinho’ chegaria a R$ 300 mil por mês e seria compartilhado entre três políticos da base aliada e o ex-diretor de Logística – o valor seria um percentual dos pagamentos que a empresa receberia do Ministério da Saúde.

As informações sobre o esquema também constariam do dossiê elaborado pelo deputado Luís Cláudio Miranda (DEM-DF) e entregue por ele, no início do governo Bolsonaro, ao então ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni.

Blog do Valdo Cruz – G1

 

Opinião dos leitores

  1. Esses caras vão findar no Ladrão Lula e no consórcio nordeste.
    É so onde esses vagabundos vão encontrar escândalos de corrupção generalizada.
    Vão trabalhar, parem de tanta palhaçada.

  2. DELÍRIOS DE UMA ESQUERDA PERDIDA.
    QUEREM ENCONTRAR CRIMES?
    COLOCA A ESQUERDA NO PAREDON E INVESTIGA.

    1. Quem não deve não teme!
      Quem não tem “bandido de estimação” defende as investigações de todos os acusados, até que provem suas inocências.

  3. As pessoas de bem já entenderam tudo e já cansaram dessa palhaçada. Só a cambada sem futuro, as “viúvas” da corrupção dos governos do PT, que ainda repercute essas bobagens. Da minha parte, não passo do título.

    1. Metade dessas “viúvas” dos governos do PT estão no governo do MINTO das rachadinhas, basta ver o “centrão” todo representado além de figurinhas até já condenadas por corrupção naquele mesmo governo… A outra metade do atual governo é composta por militares “patriotas” de olho nos supersalários (que o governo do presidente inepto usa para seduzir as forças armadas para lhe dar suporte nos seus devaneios autoritários) e por fim uma caterva alienada terraplanista retardada…

  4. Já passamos da metade do governo e ZERO corrupção. Só narrativas mentirosas, levadas em conta apenas pelos apoiadores de bandidos, que perderam suas “boquinhas” e têm saudades da enorme roubalheira dos governos do PT. Essa CPI dos corruptos é um fiasco, dominada por vagabundos e passando vergonha a todo momento.

    1. Zero corrupção. Que beleza. Bozo já desmentiu Miranda? A PF já investigou Barros?

    2. Vc está desatualizado ou age de má fé. Os 2 irmãos estão depondo à PF e desmentindo TUDO o que andaram dizendo por aí. A conversa lá está sendo bem diferente.

  5. Está parecendo aqueles bonecos de posto de gasolina, ou aquelas famosas birutas de campos de pouso!!! Uma loucura!!😂😂😂

  6. Isso já deu no saco!! Toda semana inventam uma historinha pra alimentar impressa engajada… esse time com o Anta, Gazela saltitante, justiça, vampiro, não tiraram nem o recesso pra tentar encontrar algum rolo… até agora nada….

    1. Discordo de vc seu analfabeto, denúncias sempre vão e devem acontecer, somos um país continental que foi extremamente aparelhado pelo PT, ainda tem muita gente em cargos e pontos importantes, só quero que vc aponte um caso onde o presidente está envolvido. No caso dos três últimos presidentes tinha mala, sítio, triplex, envio de recursos para fora, filhos bosteiros nadando em dinheiro, tudo com confissões e provas materiais.

  7. Caramba, toda semana uma linha diferente e num conseguem colar na no presidente motoqueiro…kkkkkkkkkkkk

  8. O MINTOmaníaco das rachadinhas acabou com a lava jato pq no governo dele não tem corrupção né?! Ah tá! Mas mesmo que tenha, no governo do inepto, ele manda e os outros obedecem né? Mas ele pode Tb alegar o que lulaladrao alegava: eu não sei de nada… kkk

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Prefeito paga dia 19 e Ceará-Mirim torna-se primeiro município do RN com pagamento antecipado dos servidores

Foto: Lorram Gonçalves

A Prefeitura de Ceará-Mirim paga nesta segunda-feira (19) o salário referente ao mês de julho de todos os servidores do município. É o 19º mês consecutivo que os vencimentos são pagos de forma antecipada, sendo o primeiro município do Rio Grande do Norte a pagar o funcionalismo em julho.

“Tem sido uma tradição da nossa gestão realizar o pagamento bem antes do final do mês. Isso é uma forma de valorizar o nosso corpo de servidores, mas só é possível mediante muito planejamento e economia, que estamos realizando ao longo da nossa administração”, disse o prefeito Júlio César Câmara.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Segurança

Empresa retira câmeras de monitoramento dos CEDUC por falta de pagamento do governo

As câmeras que monitoram as alas dos alojamentos e a parte externa do sistema socioeducativo estão sendo recolhidas de todas as unidades em Natal e região. O motivo é a falta de pagamento. A informação foi confirmada ao Blog do BG por dois agentes socioeducativos.

Segundo os agentes, já foram retiradas câmeras de duas unidades:  Ceduc Pitimbu e o Semi liberdade. Não bastasse, no CASEP já estão para retirar também.

Opinião dos leitores

  1. O Estado do RN necessita, URGENTEMENTE, de uma SECRETARIA DE SEGURANÇA PÚBLICA, composta por uma equipe de profissionais CAPACITADOS para exercerem as atividades da mesma. Repito: URGENTEMENTE!!!

  2. Esse governo é um desastre.
    Consegui ser pior do que o do Robinson.
    É imoral!!
    Recebem dinheiro, verbas federais todos os meses, mas estão tendo a incompetência de explodirem de novo todo o sistema corrigido por Robinson e Albuquerque.
    Fora genocida.
    Fora fatão!!

  3. Só quero ver, quando acabar a ajuda do Governo Federal ao Estado do RN. Vai ser pior, mas muito pior que a gestão do Ex-governador Fábio Faria, que foi sabotado pelo governo do PT.

    1. Fábio Faria não foi governador e sim o pai dele, Robinson Faria…

  4. Cada dia que passa o (des)governo da professora Fátima Bezerra expõe a sua inoperância; incompetência; incapacidade; a falta de compromisso com a coisa pública e sua falta de gestão e prioridades. O nosso estado está piorando a passos largos em relação aos demais entes da federação. Está na hora do povo aposentar compulsoriamente essa (des)governadora!
    CPI JÁ!
    FORA FÁTIMA!

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Diretora da Precisa diz que nota com pagamento adiantado era um padrão mundial da Covaxin

Foto: Reprodução

A diretora da empresa Precisa Emanuela Medrades afirmou à CPI da Covid nesta quarta-feira (7) que a primeira invoice (nota fiscal) da Covaxin foi enviada com previsão de pagamento antecipado porque esse era um padrão que o laboratório indiano Bharat Biotech, produtor do imunizante, adotava no mundo inteiro.

“A Bharat tem o modo dela de fazer as emissões dessas invoices, e ela usou o tempo todo como se fosse uma minuta-padrão. A primeira que recebemos, que foi enviada no dia 22 [de março], ela era com as condições padronizadas para o mundo inteiro”, disse Emanuela.

“Então o mundo inteiro pagou antecipadamente. O próprio Paraguai, não sei se vocês tiveram acesso às informações. Outros países também que efetuaram a compra da Covaxin, eles tiveram a condição de realizar o pagamento antecipadamente”, completou a diretora da Precisa.

A Covaxin foi o imunizante mais caro negociado pelo governo até agora. Diante de denúncias de irregularidades, o contrato foi suspenso. A Precisa é a representante da Bharat no Brasil. Só que a empresa não tem relação com a indústria de vacinas.

Uma das suspeitas levantadas sobre a negociação da Covaxin foi que a Precisa enviou ao Ministério da Saúde uma invoice com previsão de pagamento adiantado de US$ 45 milhões. Só que o contrato determinava o pagamento depois da entrega.

Técnicos do Ministério da Saúde disseram à CPI que Emanuela foi alertada sobre o erro na invoice e que a parte do pagamento adiantado foi corrigida em versões posteriores do documento.

G1

Opinião dos leitores

    1. Saudade da verme ladrao Lula? Aquele vagabundo quê preferiu construir estádios ao contrário de hospitais, o mesmo que doou bilhões de dinheiro público para países DITADORES , chore não , vá aprender a trabalhar , mas antes tome um banho , escove os cabelos , se vista como gente e vá na fila do emprego

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

CHEGA OUTRA COPA AQUI E NÃO TERMINA: Obra do túnel de macrodrenagem da Arena das Dunas iniciada em 2013 é paralisada por atraso de pagamento

A obra de construção do túnel de macrodrenagem da Arena das Dunas, em Natal, foi paralisada por falta de pagamento por parte da Prefeitura de Natal. A construtora Queiroz Galvão, responsável pelo trabalho, confirmou, em nota, a suspensão do serviço “por atraso de pagamentos e outras questões contratuais”.

A empresa não confirmou, no entanto, a data exata em que o serviço deixou de ser executado. Cerca de 80 trabalhadores atuavam na obra, no trecho da avenida Jerônimo Câmara, entre as zonas Sul e Oeste de Natal.

Iniciada em 2013, a obra faz parte do pacote de serviços de infraestrutura que seria entregue para a Copa do Mundo de 2014, em que Natal foi uma das sedes. A expectativa da obra da macrodrenagem é acabar com alagamentos nos bairros de Lagoa Nova, Dix Sept Rosado, Nazaré, Candelária e Nova Descoberta.

Reportagem do G1-RN detalha imbróglio sem fim. Clique AQUI.

Opinião dos leitores

  1. É o legado da copa deixado pelo PT, o km 6 da pena de passar ali, a Av Mor Gouveia terminaram a pouco tempo.
    PT = Perda Total , que Deus nos livre desse mal. Que nossa Senhora Aparecida na sua infinita bondade, misericórdia e pela sua dolorosa paixão, nos conceda a liberdade desse maldito partido.
    Que o MESSIAS JB fique até 2026 e eleja seu sucessor.

  2. Se fosse na zona sul…estaria brilhando e finalizada…mais como é na pobre esquecida zona oeste….Só resta desconforto e pueira para os moradores do Monte Libano e bairros vizinhos..

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Bolsonaro sanciona lei com mudanças nos critérios de pagamento do BPC; texto traz novo auxílio previsto no Estatuto da Pessoa com Deficiência

Foto: © José Cruz/Agência Brasil

O presidente Jair Bolsonaro sancionou a Lei 14.176/2021, que altera regras para concessão do Benefício de Prestação Continuada (BPC) e regulamenta o auxílio-inclusão, previsto no Estatuto da Pessoa com Deficiência, mas que, até então, não havia sido criado.

A lei, publicada hoje (23) no Diário Oficial da União foi originada da Medida Provisória (MP) 1.023/20, aprovada no mês passado no Congresso.

Ela reduz de meio salário-mínimo para até um quarto de salário mínimo a renda mensal per capita máxima necessária para ter acesso ao BPC. O auxílio de um salário mínimo é pago a idosos a partir de 65 anos e pessoas com deficiência de qualquer idade de baixa renda.

A lei ainda define critérios para que o governo regulamente os casos excepcionais, em que os beneficiários poderão receber o BPC se a renda familiar for maior que um quarto do benefício e até meio salário-mínimo. Essa ampliação entra em vigor a partir de 1º de janeiro de 2022 e ainda depende de uma decreto presidencial.

A legislação já permite a concessão do benefício a pessoas com renda maior se comprovados outros fatores da condição de miserabilidade e de vulnerabilidade do grupo familiar. Entretanto, os critérios especificados no texto dependerão também do cumprimento de requisitos fiscais.

Pela lei, são três os critérios: grau da deficiência; dependência de terceiros para o desempenho de atividades básicas da vida diária e por fim comprometimento do orçamento do núcleo familiar com gastos médicos não ofertados pelo Sistema Único de Saúde (SUS) ou assistência social. Para idosos, apenas os dois últimos critérios são aplicáveis.

Enquanto não estiver regulamentado o instrumento de avaliação biopsicossocial da deficiência, a concessão do BPC dependerá de avaliação médica e avaliação social realizadas, respectivamente, pela perícia médica federal e pelo serviço social do INSS, com a utilização de instrumentos desenvolvidos especificamente para este fim.

Até 31 de dezembro de 2021, o INSS poderá adotar medidas adaptadas à realidade da pandemia de covid-19 para avaliar a deficiência para fins de recebimento do BPC, como videoconferência e uso de um padrão médio de avaliação social, desde que tenha sido realizada a avaliação médica e constatado o impedimento de longo prazo. Esse método, porém, não poderá ser usado para cancelar o benefício.

Auxílio inclusão

A nova lei cria ainda o auxílio-inclusão, previsto no Estatuto da Pessoa com Deficiência. Seu valor corresponderá a 50% do valor do BPC em vigor, para as pessoas com deficiência moderada ou grave. De acordo com o Ministério da Cidadania esse é um mecanismo para alcançar a emancipação do programa social, concedendo o valor a beneficiários que recebem o BPC e conseguirem se inserir no mercado de trabalho.

A medida vale a partir de 1º de outubro deste ano e, caso o beneficiário perca o emprego ou a renda adquirida, ele volta automaticamente ao BPC, sem precisar passar pelas avaliações iniciais.

Para receber esse auxílio, o beneficiário precisa ter remuneração de até dois salários-mínimos e ser segurado pela Previdência Geral ou regime próprio de servidores. Além disso, deve ter inscrição atualizada no Cadastro Único para Programas Sociais do governo federal. O texto permite o recebimento do auxílio-inclusão também por parte das pessoas com deficiência que tenham contado com o BPC nos cinco anos anteriores ao começo do trabalho e por aqueles cujo benefício foi suspenso.

Segundo o Ministério da Cidadania, em abril deste ano, o BPC foi concedido a 4,65 milhões de beneficiários, sendo 2,55 milhões de pessoas com deficiência e 2 milhões de idosos, num investimento de R$ 5,1 bilhões. Em 2020, o governo federal transferiu R$ 58,4 bilhões para os integrantes do programa.

Previsto na Lei Orgânica da Assistência Social, o BPC é gerido pelo Ministério da Cidadania e sua concessão, manutenção e revisão pelo INSS.

O requerimento do BPC pode ser realizado nas Agências da Previdência Social (APS) ou pelos canais de atendimento do INSS. O telefone é o 135 ou pelo site ou aplicativo de celular Meu INSS.

Além da renda, as pessoas com deficiência também passam por avaliação médica e social no INSS. O beneficiário do BPC e a família dele devem estar inscritos no Cadastro Único antes de o pedido ser feito. As novas regras do BPC também permitem que a avaliação social da deficiência seja feita por videoconferência, sem a necessidade de deslocamento a uma agência da Previdência.

Agência Brasil

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Auxílio Emergencial 2021: Caixa também deve antecipar pagamento da 4ª parcela

Fotos: Economia G1

A Caixa Econômica Federal (CEF) deve antecipar o pagamento da quarta parcela do Auxílio Emergencial, afirmou nesta terça-feira (15) o presidente do banco, Pedro Guimarães.

“É muito claro que vamos acabar antecipando o quarto ciclo também, naturalmente, mas vamos fazer isso daqui a algumas semanas”, afirmou o executivo, em live.

A antecipação será feita apenas para os trabalhadores que não fazem parte do Bolsa Família. Para quem faz parte do programa, os pagamentos seguem sempre o mesmo calendário do benefício original.

O calendário atual prevê os créditos da quarta parcela do Auxílio para quem não é do Bolsa entre os dias 23 de julho e 22 de agosto, com saques e transferências liberados entre os dias 13 de agosto e 10 de setembro.

Terceira parcela antecipada

Nesta terça, a Caixa antecipou os pagamentos da terceira parcela do Auxílio Emergencial 2021 para o público inscrito via canais digitais e do Cadastro Único.

Os pagamentos irão começar já na sexta-feira (18) e os saques em dinheiro serão liberados a partir de 1º de julho. Pelo calendário anterior, o crédito em poupança digital só iniciaria no dia 20, com saques a partir de 13 de julho.

“A mudança mais significativa será para os nascidos em dezembro, que passam a ter direito à terceira parcela ainda em junho, no dia 30, junto com quem faz aniversário em novembro. Antes, quem nasceu no último mês do ano receberia em 21 de julho”, destacou o Ministério da Cidadania.

Mais parcelas?

Por ora, o Auxílio Emergencial 2021 está definido em quatro parcelas, com valor médio de R$ 250, exceção às mulheres chefes de família monoparental (criam os filhos sozinhas), que recebem R$ 375, e os indivíduos que moram sozinhos (família unipessoal), que recebem R$ 150.

O ministro da Economia, Paulo Guedes, já anunciou, porém, que o governo vai estender o pagamento do auxílio emergencial por mais dois ou três meses, até que, segundo ele, toda população adulta esteja vacinada no país.

G1

Opinião dos leitores

  1. Foi só acabar com a corrupção como forma de governo e cooptação de apoio que existe recurso para o povo.
    O desespero daqueles que idolatram os bandidos que tinham se apropriado do país vai aumentar. Eles ainda estão tontos com a manifestação dos motoqueiros em SP, o calça apertada em crise, dando chilique nas cerimônias.
    Aguardando a gritaria da esquerdalha em defesa de seus corruptos de estimação.
    Aliás é delicioso ver eles despejando todo ódio em adjetivos oposto ao que o presidente é e realiza. O Povo já fica aguardando as insanidades para olhar na direção contrária a que os zumbis dos corruptos falam, para encontrar a verdade e a realidade.

    1. Agora os gabinetes das rachadinhas ficam patrocinando uns coitados que não tem a menor ideia do estão falando, só fazem repetir o que tem no grupin do zap do MINTOmaníaco das rachadinhas… Com conselheiros como Roberto Jefferson, Valdemar da Costa Neto, Collor, o governo do inepto não tem corrupção ne?! Kkkkkk

    2. Paciência Carlos Castro, existem indivíduos metidos a inteligentes, mais que não sabem ler e são reconhecidos quando abrem sua cabeças fetidas a fossa, não aquela fossa de amor e sim aquela que acumula o que vem do sanitário.

    3. Zero corrupção na Administração Federal !! Parabéns Presidente!!! Rachadinha é do filho la na legislatura anterior dele, nada haver com o governo do pai !

    4. Gado vai, pesquisem no Google Bolsonaro rachadinha q a verdade vos libertará de ficar comendo capim cloroquinado…

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Durante evento, prefeito de Ceará-Mirim Júlio César Câmara destaca pagamento do Décimo: “primeira cidade do RN a pagar”

Foto: Divulgação

Em evento realizado no Centro de Múltiplo Uso, no bairro de Nova Descoberta, o prefeito Júlio César Câmara participou da entrega de 166 kits dentro do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), com o objetivo de reduzir os efeitos da pandemia na cidade. Durante a ação, o chefe do Executivo municipal enfatizou também o pagamento da primeira parcela do Décimo Terceiro, iniciado nesta terça-feira (15), o que coloca o município como primeiro do estado a pagar o salário.

“Temos o orgulho de divulgar que Ceará-Mirim é o primeiro município do RN a pagar o Décimo. Ou seja, está circulando na cidade cerca de R$ 2,3 milhões a mais apenas com o pagamento dos 40% do Décimo de 2021. Isso significa muito para nossa economia, e só foi possível com muito planejamento e enxugamento de gastos que fizemos ao longo da nossa gestão”, declarou o prefeito.

 

Opinião dos leitores

  1. Julio César é um homem do bem,sabio,inteligente,qualificado para a coisa publica,ele è um Soares da Camara la das bandas do antigo povoado da Gameleira de Taipu,Gameleira que é uma arvore frondosa,velho local onde são oriundos e descendentes os filhos mais ilustres e dignos da terra taipuense.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trânsito

IPVA de veículos com placas de final 0 e 9 vence nesta terça-feira

Os proprietários de veículos com o final de placas 0 e 9 têm até esta terça-feira (15 de junho) para aproveitar o desconto de 5% ao quitar o Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) em uma única parcela. Este prazo também vale para todos os demais veículos que optaram pelo pagamento em cotas.

O calendário de pagamentos de IPVA no Rio Grande do Norte continua seguindo normalmente, e caso o contribuinte não pague nas datas certas, virá a pagar o tributo com multa e juros. As datas de pagamento são organizadas de acordo com o número final da placa dos veículos. O calendário completo está disponível no site da Secretaria de Tributação (SET-RN), inserido no menu superior do portal, podendo ser acessado pelo link: http://www.set.rn.gov.br/contentProducao/aplicacao/set_v2/impostos/gerados/ipva_calendario.asp.

Como o envio do carnê aos donos não ocorre mais, a guia pode ser gerada a qualquer momento pela internet e, mesmo após o vencimento, o documento é atualizado automaticamente, com os acréscimos somados ao valor. Os boletos para pagamento do imposto estão disponíveis na internet, no site do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-RN), através do link: https://www2.detran.rn.gov.br/externo/consultarveiculo.asp.

Para gerar o boleto, o motorista precisa acessar o site do Detran e clicar na opção ‘consulta de veículos’, em seguida deve inserir a placa do veículo e o Renavam nos espaços determinados, sem pontos nem hifens, e então finalizar escolhendo a geração da guia.

Os usuários do aplicativo da Nota Potiguar podem gerar o boleto diretamente através do aplicativo, escolhendo a opção ‘Serviços’ no menu principal e em seguida ‘IPVA’. Lembrando que o boleto dos usuários da campanha já se encontra com o desconto deduzido do valor integral do imposto, independente da opção pelo pagamento em cota única ou parcelado.

Em todo o Rio Grande do Norte, cerca de 530 mil veículos estão aptos a pagar o IPVA deste ano. Desse total, 30 mil veículos foram contemplados com os descontos oferecidos pela Nota Potiguar, resultando em um montante de desconto de cerca de R$ 2,5 milhões.

Opinião dos leitores

  1. Interessante se após pagamento do IPVA pudéssemos gerar o documento do carro no próprio sistema. Evitaria mais constrangimentos com atrasos e enganos de endereços.

  2. A Governadora Fátima Cadeado, não postergou a cobrança do IPVA? Nossa quanta insensibilidade dessa GovernAnta. Ela manda fechar tudo, causa desemprego, diminui renda , não cria nenhum benefício e por cima aumenta alíquotas de ICMS dos combustíveis , assim é demais.

    1. FORA FÁTIMA!
      A maior genocida que o RN já viu, matou a nossa economia; nossa educação; nosso turismos; nosso setor de eventos; nossa saúde e principalmente nossos sonhos e esperanças de um RN melhor…

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

Banco suíço confirma pagamento de 3,9 milhões de dólares em propina a José Maria Marin e Marco Polo Del Nero, ex-presidentes das CBF

Foto: Nelson Almeida/AFP

O banco suíço Julius Baer confirmou à Justiça dos Estados Unidos, em documento de 41 páginas tornado público pelo Departamento de Justiça dos EUA que, “por volta de 2013, empresas controladas por José Maria Marin e Marco Polo Del Nero receberam, pelo menos, 3,9 milhões de dólares (R$ 20,1 milhões na cotação atual) em pagamentos de suborno por meio de contas mantidas no Banco”. A informação é do ‘ge’.

Em acordo feito com o as autoridades americanas, o Banco Julius Baer comprometeu-se a pagar 79,6 milhões de dólares (R$ 410,9 milhões) entre fiança e multa. Além disso, o banco admitiu ter lavado 36,3 milhões de dólares (R$ 187,4 milhões) para dirigentes envolvidos no ‘Caso Fifa’.

As propinas pagas eram feitas por agências que funcionavam como intermediárias na compra e venda de direitos de transmissão comerciais de competições.

José Maria Marin foi preso em 2015 na Suíça, sendo extraditado para os Estados Unidos. O ex-presidente da CBF voltou para o Brasil por conta da pandemia, e recorre da decisão em um Tribunal de Apelação nos EUA.

Del Nero, por sua vez, está banido de atividades relacionadas ao futebol desde 2018 pelo seu envolvimento com o caso. Apesar de ter sido indiciado nos EUA, não foi julgado por estar no Brasil, e recorre da decisão da Fifa no Tribunal Arbitral do Esporte, na Suíça.

Lance

Opinião dos leitores

    1. José Maria Marin amiguinho da esquerda? Cara, não estrague sua imagem

    2. Todos dois herdeiros da ditadura. Só gente boa naquele tempo…

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Prefeitura de Ceará-Mirim inicia pagamento de maio antecipado aos servidores nesta quinta-feira 

A Prefeitura de Ceará-Mirim inicia nesta quinta-feira (20) o pagamento de maio dos servidores, 11 dias antes do fim do mês. Os salários de todas as Secretarias serão creditados ao longo do dia. Com o pagamento, mais de R$ 5 milhões circularão na economia da cidade.

“Na nossa gestão o servidor público é prioridade. O pagamento referente ao mês de maio está sendo realizado com 11 dias de antecipação. Isso é trabalho e compromisso com o servidor do município”, declarou o prefeito Júlio César Câmara, ressaltando que os salários sempre foram pagos antecipadamente desde que assumiu, 17 meses atrás.

 

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Desativado, prédio do Itorn vira espaço varrido por arrombamentos e vítima de descaso do Estado, com falta de manutenção e pagamentos

Foto: Reprodução

Uma perícia judicial relata a situação de degradação que o Estado deixou o Hospital Itorn, em Natal. O prédio, desativado em um sábado de carnaval neste ano, teve a segurança retirada do local, gerando, a partir de então, uma sucessão de invasões de criminosos, que resultou em roubo de fiações de água e energia, instalações de oxigênio, e todo o restante que tinha de aproveitável. O descaso ainda revela um imbróglio que vai da situação contratual a pagamentos.

Antes dos detalhes, vale ressaltar que depois da desativação Itorn, o Município se interessou no espaço para transformá-lo em Hospital de Campanha, mas ao visitar o local, desistiu de imediato diante do cenário de destruição e abandono. A partir de então, o prédio, que era alugado pelo Estado, e tinha uma obrigação contratual de toda uma manutenção – ( o que não ocorreu) – passou de um espaço que poderia ser aproveitado para projetos pontuais, para um campo minado.

Não bastasse a falta de zelo pelo local, responsáveis pelo prédio contam que o local não estava com seu pagamento de aluguel em dia, com um saldo devedor de R$ 5,8 milhões.

Imbróglio

Em meio a situação da desativação, os donos do espaço contam que participaram de reuniões com o secretário estadual de Saúde, Cipriano Maia, com a procuradoria-geral do Estado, além do departamento jurídico da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), na busca por uma solução da entrega do prédio após as últimas ações criminosas de invasão. O apelo parecia que daria resultados.  Mais à frente, na visita ao local, o procurador-geral e o departamento jurídico da Sesap teriam saído com a promessa que fariam de tudo para pagar. Posteriormente, contam os responsáveis pelo prédio, foi feito um parecer para a Justiça Federal, em que existia um bloqueio de R$ 2,6 milhões, informando que não iriam se opor ao pagamento.

Contudo, os interessados foram surpreendidos, através de contato com a secretaria.  Tomaram conhecimento, que de uma hora para outra, o Governo não autorizou que o pagamento fosse efetuado.

Abaixo, trecho de laudo cujo conteúdo original somam 86 páginas:

Fotos: Reprodução

Opinião dos leitores

  1. Esse é o governo bom e responsável? Inicialmente a desativação do Ruy Pereira foi um descaso com a saúde do estado. Alegando falta de condições na estrutura fisica, entregaram o prédio, ótimo, só esqueceram de dizer que 90 % dos hospitais do estado, estão nas mesmíssimas condições, por fim, a carência de leitos é gritante, haja vista a constante demanda reprimida de leitos no Clóvis sarilho, depois, a falta de cuidado com a linha de atenção a diabeticos com lesões vasculares associadas. Governinho malvado.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

VÍDEO: Fátima anuncia pagamento integral do 13º salário de 2018 para servidores que ganham até R$ 4,5 mil; acima desse valor, receberão linearmente R$ 2 mil

A governadora Fátima Bezerra anunciou no fim da manhã desta sexta-feira(07), em reunião com o Fórum dos Servidores, o pagamento do 13º salário de 2018 para este mês maio.

“Dessa vez de forma integral para quem recebe até R$ 4.500,00. Os que ganham acima dessa faixa receberão linearmente R$ 2.000,00”, disse.

Veja abaixo anúncio: 

Governo detalha em seu site. Veja íntegra:

A governadora, professora Fátima Bezerra, anunciou nesta sexta-feira (7), o pagamento da segunda parcela do 13º salário de 2018 neste mês de maio. O anúncio foi feito durante reunião virtual com o Fórum dos Servidores, na manhã desta sexta-feira (7). Receberão integralmente os servidores com proventos até RS 4.500,00 [valor líquido]. Somada à primeira parcela paga em janeiro deste ano, o Governo quita 70% da terceira folha em atraso, herdada da gestão anterior. Os demais servidores — aqueles com salários acima de RS 4.500,00 [valor líquido] — receberão RS 2.000,00 de forma linear. Para o pagamento desta segunda parcela, o Governo investe RS 108 milhões.

“Quero registrar todo o esforço que o Governo vem fazendo para manter os salários dentro do mês, desde que assumimos; e, mais, quitando os atrasados deixados pela gestão anterior. Nem calendário de pagamento os servidores tinham”, ressaltou a governadora.

A chefe do Executivo estadual ainda destacou que este pagamento ajudará na recuperação da economia do Rio Grande do Norte. “Estamos conseguindo fazer isso mesmo diante de uma pandemia. Somos um governo de palavra. Não esquecemos os compromissos assumidos”, afirmou.

Fátima Bezerra também anunciou que o Governo continua trabalhando para quitar a terceira folha até novembro deste ano. “Não estamos fazendo favor. Este pagamento é um direito do servidor”, enfatizou a governadora.

Opinião dos leitores

  1. Parabéns presidente 👏
    Bolsonaro o melhor governador da história do RN.
    O resto é grelo duro

  2. Utilizando o dinheiro enviado pelo governo federal para combater a covid para pagar os servidores. Eita cambada de corruptos, ninguém sabe quem é pior se é o governo ou os sindicatos todos dominados pelos PTralhas e associados. Até o PSTU entrou no jogo sujo. Kkkkkkk

    1. Até agora só falácia de dinheiro de covid, já foi demostrado pelos órgãos de fiscalização inclusive federal q não foi dinheiro de covid.
      Assuma seu erro, foi Fábio farias q mandou o dinheiro pra pagar o atrasado q o pai dele deixou fica mais bonito e fácil de acreditar

  3. Parabéns ao presidente Bolsonaro que enviou milhões para o RN, com isso a governadora conseguiu pagar o salário atrasado. rs

    1. Crie vergonha, cabra de peia. Sua mãe não lhe ensinou que mentir é feio?

      MENTIROSO

    1. A verdade é que ela recebeu o governo com quatro folhas em atraso e está colocando em dia. Em um momento de dificuldades, pagar quatro folhas a mais não é fácil. Enquanto isso, um irresponsável deixou o governo devendo quatro folhas e famílias e funcionários atolados em dúvidas até hoje, pagando juros que levarão dez anos para se livrarem e está por passeando sem nenhuma preocupação. E aqui ainda aparecem pessoas para condenar quem está pagando e não quem deixou o calote.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

Justiça bloqueia R$ 550 mil da premiação do ABC na Copa do Brasil para pagamento de dívidas trabalhistas

FOTO: Rennê Carvalho/ABC F.C.

A juíza do Trabalho, Simone Medeiros Kalil, determinou o bloqueio do montante de R$ 550 mil do montante de R$ 1,7 milhão que o ABC deverá receber como premiação pela classificação na Copa do Brasil.

O motivo do bloqueio é para o pagamento referente a dívidas de processos trabalhistas do clube.

Segundo a magistrada, o clube em acordo com a Justiça condicionou o pagamento a receitas da Timemania, mas como está em queda, cotas da Copa do Nordeste e Copa do Brasil serviriam para manter os pagamentos dos débitos contraídos.

Justiça Potiguar

Opinião dos leitores

    1. É só o time cumprir com suas obrigações nos contratos firmados. Simples.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Finanças

Auxílio emergencial em 4 parcelas começa a ser pago na terça, dia 06

O Ministro da Cidadania, João Roma, anunciou nesta quarta-feira (31) que o pagamento do auxílio emergencial começará no dia 6 de abril.

Os trabalhadores poderão consultar, a partir de 1º de abril, se receberão a nova rodada do Auxílio Emergencial por meio do site da Dataprev, empresa estatal responsável por processar os pedidos.

“Iniciaremos na próxima semana, no dia 6 de abril, o pagamento do auxílio emergencial 2021. Como o presidente Bolsonaro falou, esse é um alento para o povo brasileiro. Esse auxílio emergencial viabilizado através da PEC emergencial com um valor de R$ 44 bilhões servirá para quatro parcelas no ano de 2021, que será direcionado diretamente para esse brasileiro vulnerável”, disse o ministro da Cidadania durante uma coletiva de imprensa no Palácio do Planalto nesta quarta-feira (31).

Ainda, segundo Roma, pagamento será destinado a “brasileiro mais vulnerável” e terá o valor médio de R$ 250, mas pode variar de R$ 150 a R$ 375 a depender da composição de cada família.

O presidente da República Jair Bolsonaro, o presidente da Caixa, Pedro Guimarães, e o presidente da Dataprev, Gustavo Canuto, também participaram do evento.

De acordo com o presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, para evitar aglomeração, o primeiro pagamento será feito por contas digitais. Saques serão liberados posteriormente.

G1

Opinião dos leitores

  1. Chamar isso de auxílio é uma piada! Esmola, isso sim, que além de pouca está vindo muito tarde.

  2. Hô Véio Bom da gota serena é o Presidente Bolsonaro.
    O homem é bom, o Véio é macho do cunhão rôxo.
    Tem tantos petistas e psolistas que estarão na fila da caixa econômica Federal.

    1. Tu conversa uma merda grande heim..

      Deixa de ser ridículo rapaz, sempre comentando a mesma frase feira, não tem nenhum argumento praticamente caga pela boca!

    2. Deve ser um preguiçoso. Ganha sem trabalhar. Passa o dia na internet perdendo tempo babando político de estimação

      Kkkkk

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *