Religião

Assembleia de Deus no RN suspende atividades em prevenção ao coronavírus

 

Ver essa foto no Instagram

 

[ COMUNICADO ] A direção da Igreja Evangélica Assembléia de Deus no Estado do Rio Grande do Norte (IEADERN), diante dos recentes desdobramentos administrativos e sociais provocados pela pandemia do novo coronavírus, como a decretação, pelo governo estadual, do estado de calamidade pública, bem como o fechamento de várias empresas e instituições nas últimas 24 horas, decide suspender, até ulterior deliberação, todas as atividades nas dependências dos seus templos no Estado do Rio Grande do Norte, a fim de prevenir maior expansão da pandemia mencionada. Informamos, ademais, que a @nordesteevangelica (92.5 FM) terá nova programação durante esse período de quarentena, voltada, com absoluta prioridade, para a celebração de cultos ao Senhor. ? Reforçamos aos irmãos a importância dos cuidados pessoais que devemos empreender para ajudar no enfrentamento ao #coronavírus e pedimos a você que siga acompanhando nossos canais oficiais de comunicação

Uma publicação compartilhada por IEADERN (@assembleiadedeusnorn) em

A direção da Igreja Evangélica Assembléia de Deus no Estado do Rio Grande do Norte (IEADERN), diante dos recentes desdobramentos administrativos e sociais provocados pela pandemia do novo coronavírus, como a decretação, pelo governo estadual, do estado de calamidade pública, bem como o fechamento de várias empresas e instituições nas últimas 24 horas, decide suspender, até ulterior deliberação, todas as atividades nas dependências dos seus templos no Estado do Rio Grande do Norte, a fim de prevenir maior expansão da pandemia mencionada.

“Informamos, ademais, que a @nordesteevangelica (92.5 FM) terá nova programação durante esse período de quarentena, voltada, com absoluta prioridade, para a celebração de cultos ao Senhor. ? Reforçamos aos irmãos a importância dos cuidados pessoais que devemos empreender para ajudar no enfrentamento ao #coronavírus e pedimos a você que siga acompanhando nossos canais oficiais de comunicação”, diz nota nas redes sociais.

Opinião dos leitores

  1. Graças a Deus ouviram o nosso clamor.
    Que possamos agora unir-se em oração em vossas casas pelo fim dessa crise.

  2. Decisão muito prudente e sabia! Existem muitos templos , e uma das igrejas mais populosas do Estado.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Assembleia de Deus vai apoiar Marina ou Everaldo

A Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil vai apoiar um dos dois candidatos evangélicos que concorrem à Presidência da República, ou seja, Marina Silva (PSB) ou Pastor Everaldo (PSC), revelou ao Broadcast Político, serviço de notícias em tempo real da Agência Estado, o pastor Lelis Washington Marinhos presidente da comissão política da CGADB. Segundo o pastor, a comissão política e demais lideranças chegaram a esse consenso em uma reunião realizada nesta quinta-feira, 4. A reunião contou também com a presença do presidente nacional da CGADB, pastor José Wellington Bezerra da Costa, que avalizou a decisão.

“O apoio vai ficar entre esses dois, entre Marina e o Pastor Everaldo, já há esse consenso”, disse Lelis. Segundo ele, a CGADB decidiu que irá chamar novamente esses dois candidatos para conversar já nos próximos dias, em especial no caso da Marina, que não conversou mais com a comissão política da congregação desde que se tornou candidata, após a morte trágica de Eduardo Campos, em 13 de agosto.

Em 4 de agosto, Marina havia participado de um encontro com integrantes da CGADB, como candidata a vice e ao lado do então presidenciável do PSB, Eduardo Campos. No mesmo dia, Everaldo havia também feito uma apresentação para o grupo de pastores. “O cenário era outro, houve uma reviravolta como vocês tem acompanhado”, pontuou Lelis.

O pastor Lelis afirmou também que a CGADB vai apoiar qualquer um desses dois candidatos que chegar ao segundo turno, admitindo que no cenário atual a probabilidade maior é de Marina, dadas as pesquisas de intenção de voto. “Isso está bem cristalino e também foi discutido hoje”, afirmou.

Em 2010, a CGADB apoiou a candidatura do tucano José Serra. Neste ano, a congregação também recebeu o candidato do PSDB, Aécio Neves, e antes da mudança de cenário com a morte de Campos ainda admitia a possibilidade de escolher pelo apoio a Aécio. O pastor, que preside a comissão política da congregação, disse que a conclusão agora é de que esse apoio não faria sentido. “Como a igreja tem um projeto que contempla e que dá preferência a evangélicos, não faria sentido apoiar um candidato que não é da igreja.” Tanto Everaldo como Marina são membros da Assembleia de Deus.

Sobre a forma que Marina vem conduzindo a campanha desde que assumiu a cabeça de chapa pelo PSB, Lelis disse que é avaliada positivamente pela CGADB, mas com ressalvas. “Alguns posicionamentos dela, a gente gostaria que fossem mais objetivos mas temos que respeitar a tudo e a todos”, disse Lelis em referência a posições de “princípios da igreja”, como ser contra o casamento gay e o aborto. Marina tem dito ser favorável às condições de aborto já previstas em lei e pelo direito à união civil gay, também já prevista pela Justiça.

Lelis também admitiu que a decisão de hoje foi possível considerando o recuo do programa de governo, no capítulo de direitos LGBT, com a errata que causou polêmica nos últimos dias. “Melhorou”, afirmou. “(Sem alteração) ficaria complicado”, completou. Ele destacou, no entanto, que por parte da CGADB não houve qualquer pressão ou sequer contato com a equipe de Marina para pedir alterações no texto.

fonte: Estadão Conteúdo

Opinião dos leitores

  1. Marina é um Ctrl V Ctrl C dos banqueiros. sua fala é inconscistente ,muda a cada dia ,fala em mudança e cita programas já existentes .

  2. Marina com mais espaçõ na mídia vai mostrando suas contradições.
    Fala em nova política, mas se dispõem a barganhar avanços civilizacionais em troca do apoio de segmentos religiosos; em menos de 24 foras depois de divulgar seu programa de governo, ex-senadora Marina retirou compromissos após pressões do pastor Silas Malafaia.

    AÉCIO e o PSDB acusam Marina de plagiar parte do Programa Nacional de Direitos Humanos (PNDH), lançado por FHC em 2002.

    Horas depois de divulgar o seu programa, o PSB retirou o trecho sobre energia nuclear, alegando "erro de revisão".

    Hoje surgem novas evidências de que o programa de governo de Marina Silva foi feito de improviso; trechos inteiros do chamado "eixo 3", sobre "Educação, cultura e ciência, Tecnologia e Inovação", foram copiados de um artigo da USP sem citar a fonte e o autor – no caso, o professor Luiz Davidovich – como é comum em casos de plágio; prática é duramente rechaçada pela comunidade acadêmica e demonstra falta de ética.

    É essa a candidata que queremos para governar o país?

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Políticos prestigiam posse do novo Presidente da Assembleia de Deus

Está no Blog de Ana Ruth

A cúpula do DEM esteve presente na posse do novo presidente da Assembleia de Deus,pastor Martim Alves da Silva. A governadora Rosalba Ciarlini, o senador José Agripino Maia, a prefeita de Mossoró Fafá Rosado e o deputado Leonardo Nogueira participaram do evento.

Para a governadora, a escolha do pastor Martim para o cargo reflete o bom trabalho exercido por ele em Mossoró, onde era presidente da Assembleia de Deus desde maio de 1993 e ajudou a intensificar os investimentos da Igreja na área social, educacional e de saúde. “Pastor Martim deixou uma marca muito forte em Mossoró, o tempo que ele passou lá foi um marco para a cidade”, disse Rosalba Ciarlini.

A Chefe do Executivo Estadual falou, ainda, que tem “o maior respeito por todos que fazem a Assembleia de Deus. A ação evangelizadora faz resgatar aqueles que precisam de apoio. Precisamos evangelizar mais e trabalhar juntos em busca da paz e da justiça social”.

Fotos: Blog de Ana Ruth

20120311-233642.jpg

20120311-233650.jpg

Opinião dos leitores

  1. Esse povo  vai para missa, para culto, centro espirita, terreiro de candoblé…. Por voto, eles acedem vela até pró coisa ruim…..

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Religião

Eleições internas na Assembleia de Deus repercutem como escândalo entre fiéis

O Blog do BG acaba de receber um e-mail de uma fiel da igreja evangélica Assembleia de Deus indignada com o processo eleitoral para o cargo de Pastor Presidente. O atual pastor em exercício está sendo acusado de realizar articulações políticas irregulares em detrimento de alguns. Nunca é demais lembrar que deveríamos estar falando de religião e não de política.

Confira a nota

De olho no extenso contingente de eleitores evangélicos, o que antes era feito de forma discreta começa a ganhar ares menos comedidos. Tem fiel da Igreja Assembleia de Deus (uma das mais tradicionais do meio, com mais de 90 anos atuando só no Rio Grande do Norte) indignado com a falta de imparcialidade que começa a vir à tona no processo sucessório para o cargo de Pastor Presidente – degrau máximo da hierarquia da Igreja – que já foi deflagrado e tem eleições previstas para o dia 11 de fevereiro.

O problema é que o pastor em exercício, Israel Caldas, aproveitou uma reunião realizada no dia 20 de janeiro passado, na sede da AD, no bairro do Alecrim, para abonar, pessoalmente a ficha do pré-candidato Pastor Martin. O constrangimento dos coordenadores (eleitores) presentes à reunião foi geral.

O detalhe é que o estatuto da Igreja determina imparcialidade total do líder em exercício do cargo nos assuntos ligados à escolha do seu sucessor. Já começa a se especular quem tem tanto interesse em garantir a eleição de Martin e, assim, abrir uma grande porta rumo aos votos dos fieis. Votam pra Pastor Presidente cerca de 360 coordenadores de todo o estado.

Opinião dos leitores

  1. Sabe o que é isso? É porque tem muito dinheiro em jogo. A igreja Evangélica Assembléia de Deus  em Natal, arrecada por mês algo próximo de R$ 2.000.000,00 (dois milhões de reais). Quem está nesse império jamais quer perdêlo para alguém; as brigas vão continuar por muito tempo, até que os fiéis decidam não entregar mais os seus dízimos e ofertas para não terem o desprazer de ver pessoas brincarem com esse dinheiro todo. Deus tenha misericórdia de nós. A onde Vamos parar.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *