Casas Bahia é condenada a indenizar funcionário por apelido

A Casas Bahia foi condenada a indenizar um funcionário por danos morais. A multa de R$ 450 mil inclui, além da punição por ofensas, valores de horas extras e incentivos de vendas que não haviam sido pagos.

A vítima, que não teve o nome revelado, possui uma patologia lombar que causa um desvio na coluna, deixando a costela saliente. Por isso, era chamado de “costela” ou “costelinha” com frequência pelos colegas de trabalho, incluindo o gerente do estabelecimento, localizado em São Paulo.

Na avaliação da 15ª Turma do TRT da 2ª Região, “o tratamento dispensado ao reclamante era desrespeitoso, sobretudo devido à sua condição física, sendo de conhecimento da Casas Bahia, na pessoa de seu gerente, que também o tratava pelo termo acima referido”.

Além disso, há acusações de que o funcionário era obrigado a carregar itens pesados e fazer esforço físico, apesar de ter comunicado à empresa sobre sua condição física e o impedimento para realizar tais atividades.

A Via Varejo, administradora da Casas Bahia, informou que, com base nas diretrizes e valores de seu Código de Conduta Ética, realiza treinamentos e materiais de apoio, entre outras ações, que visam estabelecer a ética e a transparência nas relações de trabalho. A empresa reafirma o “respeito à dignidade e ao valor de cada pessoa”. A companhia preferiu não comentar o caso.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Antonio Turci disse:

    Ora, a justiça do trabalho, por si só, há é uma excrescência. Portanto nada de bom podemos esperar. Pobre povo brasileiro!!

  2. Waldemir disse:

    Essa Justiça Trabalhistas deveria acabar o mais rápido possível

  3. Junior Trabuco disse:

    A Justiça do Trabalho, um maiores males existentes no nosso Brasil, continua sua incansável luta para ACABAR COM O NOSSO PAÍS, para afundar cada vez mais economia, para aumentar ainda mais o desemprego e para condenar quem consegue produzir e gerar emprego e renda neste Brasil cansado de guerra.
    ENQUANTO OS MARAJAS DA JUSTIÇA DO TRABALHO não QUEBRAREM O PAÍS, ELES NÃO SOSSEGARÃO.
    Não canso de me impressionar com a estatística que prova a imprestabilidade da Justiça do Trabalho: em 216, a Justiça do Trabalho custou aos brasileiros, somente para mantê-la, mais de 18 BILHÕES DE REAIS. Toda esta fortuna para pagar aos reclamantes pouco mais de 8 BILHÕES.
    Isso PODE, ARNALDO CESAR COELHO?,

  4. Paulo disse:

    BG.
    Aqui no RN o sujeito bota uma música Imoral, mais a juíza não acha nada demais, imagine ela chegando na farmácia com seu marido e filhos e ouvir essa beleza de música, agora se fosse o empresário ai estaria ferrado podia vender até suas cuecas para pagar por danos morais,etc e tal. É por essas e outras que se ver o protecionismo DELIBERADO da justiça do trabalho. São dois pesos e duas medidas.

  5. Luciana Morais Gama disse:

    No Brasil é assim mesmo, patrão sempre se lasca.

  6. Hudson disse:

    Justica do Trabalho ajudando a quebrar empresas. Se fosse uma empresa pequena já era.

  7. Luciano disse:

    Um absurdo. Quem tinha que pagar era o gerente. Se essa moda pega…

  8. Luciana Morais Gama disse:

    Viva o Brasil!!! Quem gera emprego é pra se fud… mesmo.

Com queda no faturamento, Casas Bahia e Pontofrio fecham 31 lojas

A Via Varejo, empresa de eletroeletrônicos do Grupo Pão de Açúcar (GPA), encerrou o terceiro trimestre de 2015 com queda de 24,6% nas vendas ante igual período do ano anterior. O indicador considera apenas unidades abertas há mais de um ano. Já levando em conta a totalidade das lojas, a receita líquida da companhia dona do Pontofrio e das Casas Bahia caiu 22,7% entre julho e setembro ante os mesmos meses do ano anterior, para 4,095 bilhões de reais.

Diante do cenário de vendas fracas, a companhia informou que seguiu com seu plano de reestruturação e decidiu fechar 31 pontos de venda deficitários no período.

Foram fechadas 28 lojas do Pontofrio e 3 das Casas Bahia, segundo a empresa. O processo de fechamento de lojas já havia começado antes e, até julho, a Via Varejo já havia informado o fechamento de 19 lojas. Além disso, a empresa tem adotado um plano de redução de despesas, incluindo cortes em marketing, aluguéis, logística e pessoal.

A Via Varejo informou ainda que decidiu converter lojas da bandeira Pontofrio em lojas Casas Bahia. Foram 36 lojas convertidas até o momento. “A Via Varejo deve acelerar o plano de conversões visando um maior crescimento de vendas e rentabilidade”, diz o GPA.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Frasqueirino disse:

    Esse é o Natal no Brasil.

Bandidos rendem funcionários e assaltam a Casas Bahia de Cidade Jardim

Um assalto foi registrado no início da manhã desta sexta-feira (16), na Casas Bahia de Cidade Jardim, no momento em que o estabelecimento abria as suas portas. De acordo com a Polícia, três bandidos invadiram o local e renderam funcionários e gerentes e realizaram um arrastão, levando produtos eletrônicos.

Segundo a Polícia, um detalhe da ação criminosa é que os bandidos usavam trajes como se fossem funcionários da loja. Após o arrastão, o trio se encontrou com um quarto integrante, que dava apoio em um veículo. O bando fugiu com destino ignorado.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Carvalho disse:

    "Tem muito intelectualzinho de esquerda que ganha a vida defendendo vagabundo, o pior é que esses caras fazem a cabeça de muita gente."
    Cap. Nascimento

Casas Bahia inicia processo seletivo de funcionários para loja que abrirá no Midway

A informação está no Blog da jornalista Renata Moura:

A Casas Bahia vai contratar 47 colaboradores para a loja que deverá abrir em setembro, no MIdway Mall. Hoje, a rede varejista divulgou que está iniciando o processo seletivo. As vagas disponíveis são para os cargos de vendedor, operador de caixa, auxiliar de estoque, analista de crédito e cobrança e analista de crédito e cobrança trainee, auxiliares de escritório e de limpeza.

Os candidatos deverão ter, no mínimo, 18 anos de idade, experiência de 06 meses na função desejada e 2º grau completo (para as vagas de vendedor, analista de crédito e cobrança e trainee, auxiliar de escritório e operador de caixa). Para os cargos de auxiliar de de limpeza e de estoque, os candidatos devem ter 1º grau completo. Os interessados poderão cadastrar seus currículos pelo site da empresa – www.casasbahia.com.br – no link “Envie seu Currículo”, até o dia 20 de julho, ou procurar o SINE de Natal.

Também há vagas para lojas que serão abertas em Recife, nos bairros de Água Fria e Afogados. Os interessados devem se cadastrar no site ou no Sine de Boa Vista (Recife). As entrevistas com os selecionados serão realizadas, ainda este mês, nas próprias cidades. Segundo a Casas Bahia, há mais de 100 vagas abertas, se consideradas as oportunidades em Recife.