Política

PESQUISA INSTITUTO PARANÁ: Bolsonaro venceria segundo turno em todos os cenários para 2022

Foto: Carolina Antunes/PR

O presidente Jair Bolsonaro venceria as eleições 2022 em todos os cenários no segundo turno. A pesquisa divulgada nesta sexta-feira (4) pelo Paraná Pesquisas mostra a disputa contra Sergio Moro, João Doria, Luciano Huck, Lula e Ciro Gomes. Veja os números:

Jair Bolsonaro (sem partido): 47%
Lula (PT): 33,4%
Branco/nulo: 15,4%
Não sabe: 4,3%;

Jair Bolsonaro (sem partido): 44,9%
Sergio Moro (sem partido): 34,7%
Branco/nulo: 16%
Não sabe: 4,5%;

Jair Bolsonaro (sem partido): 48,5%
Ciro Gomes (PDT): 31%
Branco/nulo: 16,1%
Não sabe: 4,5%

Jair Bolsonaro (sem partido): 51,1%
João Doria (PSDB): 23,8%
Branco/nulo: 20,2%
Não sabe: 4,9%

Jair Bolsonaro (sem partido): 48,6%
Luciano Huck (sem partido): 29,7%
Branco/nulo: 17,1%
Não sabe: 4,6%

Gazeta do Povo

https://www.gazetadopovo.com.br/eleicoes/breves/pesquisa-eleicoes-2022-bolsonaro-venceria-segundo-turno/?utm_source=twitter&utm_medium=midia-social&utm_campaign=gazeta-do-povo

Opinião dos leitores

  1. Eu já sabia!!!
    Hora!
    Não ganhava de ninguém e tomou posse, imaginem agora.
    #Fora nhonho Botafogo.

    1. Fugiu até do Brasil, esse merda! Foi trabalhar pra empresa que ele "condenou" kkk

  2. É muito ruim, quando uma pesquisa não dá o resultado que o "cidadão" quer, né não? E se fosse o contrário? Garanto que teria aqui comentários do tipo: "chupa gado bolsominion"! E por aí vai!

  3. Uma pesquisa sem pé e sem cabeça!!
    É muito fácil montar um cenário sem um debate, sem mostrar os desmandos, falcatruas e na base da mentira.
    Tem gado que vai comemorar uma aberração dessas.

  4. Esses institutos de pesquisa não tem o que fazer não. Porra deixa política para época de Eleição. Ninguém acredita nessas pesquisas não.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

BMS promove dia 26 o “Webinar Oportunidades Previdenciárias – Geração de Fluxo de Caixa em Cenário de Pandemia COVID-19”

Foto: Divulgação

INFORME PUBLICITÁRIO

A perda de receitas e o aperto orçamentário imposto pela Covid-19 têm levado dezenas de empresas a buscar serviços especializados em recuperação de créditos previdenciários. Com a grave crise trazida pela pandemia de Coronavírus, cresce a demanda por consultorias que buscam regularizar divergências relativas à folha de pagamento. É o caso da BMS Projetos & Consultoria, que atendeu mais de 500 empresas em 2019 e conseguiu recuperar R$ 1,1 bilhão em compensações previdenciárias.

Esse resultado foi obtido a partir do mapeamento das incidências tributárias sobre a folha de pagamento dos clientes. No atual cenário de crise, o tema invadiu o ambiente virtual. No próximo dia 26, às 16h, a BMS promove o Webinar Oportunidades Previdenciárias – Geração de Fluxo de Caixa em Cenário de Pandemia COVID-19. O encontro reunirá representantes da própria BMS, do escritório Pinheiro Neto Advogados, da Latam, da Rede D’Or e da Marsh Corretora de Seguros.

No Webinar, eles vão esclarecer como as empresas podem se beneficiar de oportunidades previdenciárias no cenário de crise atual. Em debate, temas como a redução de riscos previdenciários, incluindo passivos de contribuições para o INSS e os decorrentes de acidentes do trabalho. A inscrição é gratuita e pode ser feita pelo link https://bit.ly/3fwEiQn. O Webinar será através da plataforma Zoom.

Além do cenário de incertezas, há um clima de apreensão por conta das Portarias 139 e 150/2020, do Ministério da Economia, que adiaram o prazo para recolhimento das contribuições previdenciárias de 20% sobre a folha de salários e de outras incidências. As contribuições relativas às competências de março e abril tiveram os prazos de pagamento postergados para julho e setembro, respectivamente.

“Diante da força destrutiva da crise trazida pelo Coronavírus, o remédio de apenas postergar o pesado encargo da tributação da folha de duas competências, por cinco meses, poderá acarretar em diversos problemas por ser ineficiente. O que pode piorar é o pagamento de 2 competências em um único mês, tanto em agosto como em outubro, sem que haja uma provável consideração de um melhor prognóstico futuro com a retomada da força econômica e da receita habitual das empresas”, alerta Luciana Vasconcellos, sócia da BMS e especialista na Área Previdenciária, Compliance de folha de pagamento e e-Social.

SERVIÇO

Webinar Oportunidades Previdenciárias – Geração de Fluxo de Caixa em Cenário de Pandemia COVID-19
Data: 26 de maio
Horário: 16h
Link: https://bit.ly/3fwEiQn
Plataforma: Zoom
Inscrição gratuita

Palestrantes e convidados:

Luciana Vasconcellos – Sócia da BMS Projetos & Consultoria, especialista na Área Previdenciária, Compliance de folha de pagamento e e-Social.

Alfredo Rodriguez – Diretor Técnico da BMS Projetos & Consultoria

Cristiane Matsumoto – Sócia da Área Previdenciária do Pinheiro Neto Advogados

Lucas Oliveira – Advogado associado do Pinheiro Neto Advogados

André Takahashi – CFO da Marsh Corretora de Seguros

Bruno Aléssio – Diretor de Planejamento Tributário e Tax Compliance na Latam Airlines

Gabriel Abrantes – Gerente Jurídico Tributário da Rede D’Or

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

VÍDEO: Sesap chega a projetar 10 mil mortes por Covid-19 até 15 de maio no RN

Foto: Reprodução/ Instagram

A partir de 25 minutos de coletiva da Secretaria Estadual de Saúde desta terça-feira(07), entre números oficiais do boletim epidemiológico do Covid-19 no Rio Grande do Norte, o trecho a seguir, sobre um cenário de número de infectados e óbitos começa a provocar repercussão nas redes sociais.

Segundo o órgão, em um CENÁRIO pessimista em que a população cada vez mais se distancie do isolamento social, em 15 de maio, “se não fizermos nada”, na questão do empenho da população para esse momento de medidas restritivas, projeta-se 10.500 mortes no período, e pelo menos 2 milhões de contaminados no estado.

Os números oficiais do Covid-19 no mundo, apontam, neste momento, 1,3 milhão de casos confirmados. O cenário especulado para o Rio Grande do Norte merece ser discutido.

Os cenários projetados pela secretaria são inação, mitigação e supressão. Inação significa lidar com a pandemia sem ações de contenção do vírus; mitigação prevê a diminuição da propagação com ações que evitem o contágio e supressão configura o rompimento efetivo das cadeias de transmissão, reduzindo os casos ao menor número possível.

A Sesap informa que atualiza os cenários e projeções a cada semana. A mitigação é o cenário adotado pelo Rio Grande do Norte e parte do Brasil.

Vídeo de trecho abaixo:

 

Ver essa foto no Instagram

 

A partir de 25 minutos de coletiva da Secretaria Estadual de Saúde desta terça-feira(07), entre números oficiais do boletim epidemiológico do Covid-19 no Rio Grande do Norte, o trecho a seguir, sobre um cenário de número de infectados e óbitos começa a provocar repercussão nas redes sociais. Segundo o órgão, em um CENÁRIO pessimista em que a população cada vez mais se distancie do isolamento social, em 15 de maio, “se não fizermos nada”, na questão do empenho da população para esse momento de medidas restritivas, projeta-se 10.500 mortes no período, e pelo menos 2 milhões de contaminados no estado. Os números oficiais do Covid-19 no mundo, apontam, neste momento, 1,3 milhão de casos confirmados. O cenário especulado para o Rio Grande do Norte merece ser estudado. Os cenários projetados pela secretaria são inação, mitigação e supressão. Inação significa lidar com a pandemia sem ações de contenção do vírus; mitigação prevê a diminuição da propagação com ações que evitem o contágio e supressão configura o rompimento efetivo das cadeias de transmissão, reduzindo os casos ao menor número possível. A Sesap informa que atualiza os cenários e projeções a cada semana. A mitigação é o cenário adotado pelo Rio Grande do Norte e parte do Brasil.

Uma publicação compartilhada por Blog do BG (@blogdobg) em

Opinião dos leitores

  1. Um absurdo essa projeção. Espero que o Ministério Público Federal esteja de olho nos gastos que tentarão justificar com esses números que mais se adequam a um país e não a um dos menores estados do Brasil. Nos EUA todo são 12.844 mortes no total. PRESTEM ATENÇÃO NAS INTENÇÕES POLÍTICAS das previsões do PT.

  2. Estão perdidos, não fazem o que precisam fazer (disponibilizar leitos p/combate do pico), só resta criar pânico e histeria, nisso o PT é mestre…em roubar tb são mestres…fiquemos de olho…Querem e torcem pelo caos, acreditam que, após pandemia, a culpa do desastre vai cair no colo do governo federal, nesse momento, irão colher os frutos eleitorais acusando o PR de genocida…Essa é a tática q se apresenta…

  3. A GOVERNADORA FÁTIMA, FECHOU O HOSPITAL DE CANGUARETAMA, QUERIA FEICHAR O RUI PEREIRA, E ACABOU COM O CENTRO DE TRAUMATOLOGIA DO DIÓCLECIO MARQUES EM PARNAMIRIM.
    NÃO SE ESQUEÇAM DISSO.
    fora Fátima.
    Incompetente.

  4. A maconha só pode tá comendo no cento, lá no Centro administrativo. É de uma irresponsabilidade o que o secretário afirmou. Isso mostra a total falta de competência da governadora de 1 milhão de votos. ESTAMOS ENTREGUES

  5. Estes aloprados vagabundos da esquerda estão pregando o terrorismo com a população. Isso é criminoso! Estes números só servem para amedrontar e provocar caos na sociedade. Mas, esperar o quê de quem segue a cartilha de Marighela, não é mesmo?

  6. Está registrada mais uma negligência que alguns estão pregando. Estamos nas mãos destes “experts” em Covid-19. Descartando os que são imunes (75%), somente 4,7% manifestam quadro grave. Considerando a mortalidade de 2%, tem-se aprox. 1000 mortes se 100% do RN for contaminado.

  7. sem lógica esses dados , daqui pra 15 de maio são 37 dias , se fossem morrer 10,500 pessoas , então seriam na faixa de 284 pessoas por dia , pelo andar da carruagem só chegariam a esse número se todo óbito fosse colocado como coronavirus.

  8. Homi vão procurar o que fazer, em vez de ta projetando morte, voces por acaso são Jesus? Vão trabalhar e deixem de falar besteira. Vão secar o mar com uma peneira.

  9. Onde estão os 40 leitos de UTI do hospital da PM ??? É necessário apenas 5 milhões para funcionarem. O que estão esperando ?

  10. Boa noite acho q está estimativa será pra Brasil, em São Paulo o estado mais populoso onde tem o maior número de casos no país

  11. Absurdo. Não guarda nenhuma lógica com os números até agora apresentados no mundo. E vejam que essa doença já circula no mundo desde novembro do ano passado.

  12. Boa noite acho que está estimado será a nível todo país, com essa proporção nem na China pela sua população não chegou a esse índice, acho que a,sesap terá q rever está estimativa .

  13. Não era pra está acontecendo isso de jeito nenhum.
    Nós estamos em casa.
    As ruas estão vazias.
    Quase todo comércio, fechado.
    E aí??
    Bolsonaro tem razão quanto critica o isolamento de cabo a rabo??
    Vamos vê.

  14. BG a Sesap achou a fórmula mágica pro Combate ao Coronavírus!!! Se em 5 semanas serão 2 milhões de infectados em menos de 2 meses todos no RN já terão sido infectados (somos 3,6 milhões de pessoas no estado) Então como todos já foram infectados poderemos sair da quarentena !!! Só tem Gênio nesse governo !!

  15. Isso é pra amedrontar o povo, ficam em casa e não acontecem esse absurdo e dizem que Bolsonaro estava errado.

  16. "SE NÃO FIZERMOS NADA, 10 MIL ÓBITOS".

    Correta a frase. Ele não fala que OCORRERÃO 10 mil mortes, fala que NA HIPÓTESE de não ter nenhuma medida contra o COVID (isolamento, quarentena etc) os números poderão alcançar 10 mil.

    É um incentivo a que a população obedeça ao comando de ficar em casa o máximo possível, se puder.

    1. "se não fizermos nada" também pode servir para gastar muito dinheiro para supostamente fazer algo, sem dar muitas explicações. Espero que o Ministério Público Federal esteja de olho nesses dados aloprados.

  17. Ao fazer uma leitura desta e acompanhar a atuação e os resultados de outras regiões e países afetado, nos leva a crer que a estatistisca difere e muito. Será mesmo essa a realidade do RN? É possível acreditar neste cenário e se for, quem será o sortudo que não será acometido?

  18. Respeito os dados, mas achei estranho,muito alto os dados, se fosse de contaminados, mas de morte?? Caso se confirme seria só para o RN? Imagina SP e Rio, bem pior q Itália e Espanha. Sugiro mais esclarecimento.

    1. São Paulo projeta 111000 com isolamento e 270000 sem isolamento

  19. Se a SESAP adota a mitigação como parâmetro, ou seja, diminuição da propagação por ações adotadas, e chega ao número de 10 mil mortes, teremos então, linearmente falando, daqui em diante 264 mortes por dia.
    Como a Sesap trabalhou essa projeção? Até agora são 07 mortes, sendo 01 contestada pela família. Intrigante esses números apresentados.
    Em outro estudo apresentado em fevereiro e levado a mídia nacional, por outros especialistas, a projeção para o Brasil, se não estou errado, era de ter mais de 5 mil mortos até o dia de ontem – 06/04, mas temos 551 oficialmente. Como esses números continuam sendo projetados de forma tão alarmante? Não estão trabalhando com os números reais, estão se baseando apenas nas perspectivas vindas lá de fevereiro ou começo de março? Esse números causam espanto, parecem hiper dimensionados, será que não estão levando em conta os medicamentos encontrados, os curados e as medidas adotadas contra a propagação do vírus?
    As opiniões querendo entender os números serão publicadas ou só aquelas que concordam com o que foi apresentado?

  20. Alguém deve ter elevado algum número a um expoente estratosférico. Pq p chegar a esse valor tem que ser uma projeção a nível de Brasil nesse espaço de tempo.

  21. Quem sabe e Deus se ele quiser não terá mais nem uma esses povo sabe de nada se continuar assim o povo morrendo de qualquer coisa e eles informando que é por causa do corona vírus vai morrer umas vinte mil.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Pesquisa da Veja em hipotético cenário com Lula nas eleições em 2022 apresenta derrota de petista para Bolsonaro ou Moro

Foto: (Marcos Corrêa/PR; Cristiano Mariz; Nacho Doce/Reuters)

A Veja/FSB encomendou uma pesquisa sobre a disputa presidencial de 2022. Em um hipotético cenário com Lula no páreo, o petista amargaria derrotas para Bolsonaro e Moro. Confira abaixo:

No primeiro turno, Jair Bolsonaro teria 32% e Lula 29%.

No segundo turno, Bolsonaro derrotaria o petista (na hipótese de que ele pudesse concorrer ou ainda estivesse solto) por 45% a 40%.

A Veja pesquisou a hipótese de Sergio Moro e Lula disputarem o Palácio do Planalto em 2022

No segundo turno, Moro derrotaria o ex-presidente com uma margem mais folgada do que Jair Bolsonaro: 48% a 39%.

No primeiro turno, daria empate em 36%.

O Antagonista, com Veja

Opinião dos leitores

  1. GENTE , VAMOS ESQUECER LULA. ESSE SR. JÁ ERA . JÁ PASSOU O TEMPO DELE. TORCER QUE SURJA UM NOVO LÍDER NESSA NAÇÃO . O BRASIL NECESSITA DE HOMENS DE BEM , O QUE ESTÁ DIFICIL DE APARECER . LADRÃO, LADRÃO, JÁ BASTA.

  2. A IMBECILIDADE ANDA SOLTA NO MUNDO ATUAL, SE ESSE FICHA SUJA, AINDA TEN QUE O SIGA É POR QUE O MUNDO REALMENTE TÁ COM PROBLEMAS SOCIAIS SERISSIMOS. QUE DEUS TOME CONTA DE NÓS.

  3. – o pt não é um partido é uma instituição de influenciar o povo pequeno e estudantes com lezeiras e mentiras,confundir o povo com coisas que não existe,MAS O POVO SABE,QUEBRARAM O BRASIL CONSTRUINDO AEROPORTOS,PORTO,RODOVIAS EM ANGOLA,VENEZUELA E CUBA ,ainda querem o quer? o dinheiro do brasil esta nestas construções sem falar da transnordestina cadê o dinheiro lula e dilma?
    – agora o brasil esta crescendo o,5% este ano por causa da casa que conseguimos arrumar,agora vamos próximo ano 2020,dar uma arrumada nos cofres estaduais e municipais,o nordeste vai crescer,vai fazer o cinturão verde,vai fazera produção dos pequenos agricultores produzir mais 2020 é brasil é nordeste!

  4. PESQUISA FEITA PELA VEJA,PRA PASSAR A IMPRESSÃO AO POVO QUE LULADRÃO ESTÁ VIVO POLITICAMENT,É PIADA ,ATE NO NORESTE ELE VAI LEVAR CACÊTE DESSA VEZ…..

  5. Parece que a vaza jato, tá igual a carochinha, ninguém acredita. O tiro saiu pela culatra. Rsrsrs

  6. Ainda perdem tempo com esses absurdos…. vou repetir e se continuar , vou desenhar.

    LULA é LADRÃO e está INELEGÍVEL….

  7. Lula Molusco vai disputar as próximas eleições e vai ser derrotado. Isso significará o fim do PT.
    Espere e verás.

  8. Esse verme é um defunto político, acabou com o país, somente os preguiçosos passa- fome do Nordeste votam nesses FDP, porque quem realmente produz e ganha seu pão no dia a dia, já foi enganado por ele, e não cai na conversinha chula deste marginal!

  9. Gostaria de saber por que o STE deixa fazer pesquisa com quem esta impedido de ser candidato ??????

  10. Qualquer menino buchudo sabe que Lula é carta fora do baralho e jamais estará apto a disputar eleições no curto ou médio prazo. A pergunta a ser feita é : a quem interessa essa polarização ?????? .
    Esta estratégia já está ficando desgastada.

  11. Qual a necessidade dessa pesquisa? No que isso vai ajudar o país?
    Partindo do princípio que o ex presidente tem 02 condenações, a veja está dizendo que o ex presidente não está enquadrado na lei da ficha limpa e assim pode participar de eleição?
    Será que a veja está prevendo que o STF vai acabar com a lei da ficha limpa e assim o ex presidente pode participar de eleição?

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Clima

Previsão de chuvas dentro da média nos próximos meses para o semiárido potiguar; Emparn destaca bom prognóstico diante de cenário de anos de seca

FOTO: ASSECOM/EMPARN

Nesta sexta (22), os meteorologistas do Nordeste e do Cptec/Inpe, divulgaram o resultado das discussões e análises realizadas durante todo o dia de ontem (21), na sede da Emparn. Para o semiárido potiguar, que abrange as regiões Central, Oeste e boa parte do Agreste, o volume de chuva deve ficar dentro da média, para o trimestre março, abril e maio.

A análise dos campos atmosféricos e oceânicos de grande escala (vento em superfície e em altitude, pressão ao nível do mar, temperatura da superfície do mar, entre outros), e dos resultados de modelos numéricos globais e regionais e de modelos estatísticos de diversas instituições de meteorologia do Brasil (FUNCEME, INMET, CPTEC/INPE) e do exterior indicou o período de março, abril e maio de 2019 na região Nordeste do Brasil as chuvas deverão ocorrer próximo da média climatológica

Média de chuva (volume acumulado nos meses de março, abril e maio)

No Rio Grande do Norte, 92% do seu território é semiárido, engloba a região Central, Oeste e quase toda região Agreste. Por isso saber como vai ser o inverno nestas regiões é importante porque interfere diretamente em vários setores da economia, como agricultura, agropecuária e também no abastecimento de água.

De acordo com o meteorologista da Emparn, Gilmar Bristot, durante a Reunião Climática, “foi observado que no Oceano Pacífico Equatorial há a continuidade do Fenômeno EL Niño com intensidade fraca, mas ocupando uma grande área na superfície desse oceano. A permanência dessa condição vem ocorrendo de acordo com os resultados dos modelos de previsão de anomalia de TSM, e projetam que essa condição permanecerá nos próximos meses”.

Os meteorologistas também observaram que o Oceano Atlântico Sul em média se manteve mais aquecido que a parte norte deste oceano. Essa condição termodinâmica no comportamento do Oceano Atlântico é necessária para que ocorra o deslocamento e a manutenção da Zona de Convergência Intertropical (ZCIT-Principal Sistema meteorológico causador das chuvas no Norte do Nordeste no período de fevereiro a maio), para posições mais ao sul da Linha do Equador, favorecendo assim, a ocorrência de chuvas regulares sobre a região Nordeste durante o período de março a maio de 2019. Na Reunião Climática de janeiro, em Fortaleza/CE, a previsão foi de chuvas na média até acima da média para os meses de fevereiro, março e abril. E vem chovendo bem desde o início de fevereiro, até hoje (22), já são 105 municípios com volume acumulado de chuvas de normal a acima do normal, o que para os meteorologistas já caracteriza o início do período chuvoso no sertão potiguar.

Participaram da elaboração desse prognóstico para o período chuvoso no semiárido nordestino, representantes da Emparn (Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte), APAC (Agência Pernambucana de Águas e Clima, AESA (Agência Executiva de Águas do Estado da Paraíba), INEMA (Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos da Bahia), CPTEC/INPE (Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais) e UFERSA (Universidade Federal Rural do Semiárido).

A previsão de que vai chover na média, já é bom prognóstico diante de um cenário de anos de seca, situação que melhorou um pouco no ano passado, quando a média de chuva no Estado ficou apenas 7% abaixo da média. Bem diferente dos seis anos anteriores (2012, 2013, 2014, 2015, 2016, 2017), que foram secos, choveu bem abaixo da média.

Acesse aqui a análise completa.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *