Delegacia de Capturas prende foragido na Zona Norte

Os policiais civis da Delegacia Especializada em Capturas e Polinter (Decap) prenderam na tarde de ontem, domingo (20), o foragido da justiça, Carlos Antonio Bezerra da França.

O foragido foi preso no bairro Pajuçara, localizado na zona norte de Natal,por força de mandado de prisão expedido pela 12ª Vara Criminal da Comarca de Natal. Carlos Antônio é condenado pelo crime de roubo, ocorrido em 2007.

Operação “Mercenários”: Polícia Civil prende grupo envolvido em esquema de roubo de veículos‏; funcionária do Itep entre acusados

Operação-Mercenários---ColeA equipe de policiais civis da Delegacia Especializada em Defesa da Propriedade de Veículos e Cargas (Deprov) deflagrou na manhã desta sexta-feira (26) a Operação “Mercenários”. O objetivo da ação policial foi efetuar a prisão de uma quadrilha especializada em roubo, furto e receptação de veículos automotores, o grupo também agia falsificando documentos para adulteração de veículos e cartas de habilitação.

As investigações que culminaram com a deflagração da operação tiveram início no mês de maio deste ano. Sete pessoas envolvidas no esquema foram presas, todas por força de mandado de prisão temporária: Anderson Luiz Almeida da Silva, vulgo “Ganso”, Arikson Moises, vulgo “Cegonha”, Magno Rodrigues Oliveira, Renato Luidi Soares, Frankson Onildo Nobre, Genilson Souza Araujo e Renata Costa Soares.

Ganso e Cegonha eram os líderes da quadrilha, eles ficavam responsáveis por fazer a receptação e adulteração dos veículos, os demais membros trabalhavam na confecção de documentos falsos.  Renata Costa é, inclusive, funcionária pública cedida ao Instituto Técnico e Científico de Polícia (ITEP). As investigações deram conta de que Renata agia fornecendo espelhos dos documentos que seriam falsificados pela quadrilha por aproximadamente R$800 cada um.

Na residência de Frankson Onildo foram encontrados diversos materiais utilizados para fazer a falsificação de documentos tais como: computadores, impressoras e espelhos de documentos. Ele foi autuado em flagrante por falsificação de documento público. Também foram apreendidos com a quadrilha 03 carros e 01 moto.

A Operação “Mercenários” foi coordenada pelos delegados Atanázio Gomes e Guthemberg Leite, da Deprov, e contou com o apoio da Defur, Deicor, Dehom, Deatur, Deprema, Decap, 2ª e  5ª DP, através de 50 policiais civis destas delegacias.

Polícia prende mais um acusado de matar jovem na Redinha

Policiais Civis da Delegacia de Capturas (DECAP), realizaram a prisão de Jeferson Igor do Santos Paiva, 19 anos, mais conhecido como “Jefinho”, na manhã dessa terça-feira (14), no bairro do Bom Pastor. Ele é acusado de participar do assassinato de Ricardo da Costa Melo, de 24 anos, cujo corpo está desaparecido desde o último dia 06 de dezembro do ano passado.

O outro acusado de praticar o crime é Ezequiel Severiano, que confessou  aos policiais da DECAP, ter matado a vítima com um tiro na nuca porque vinha sendo ameaçado por ele. O crime, de acordo com as investigações, teria acontecido no mesmo dia do desaparecimento. Ele confessou que depois de ter assassinado Ricardo, amarrou o corpo dele em uma pedra e jogou no Rio Potengi.

Durante as investigações do crime feitas pela Polícia Civil, foi levantada a suspeita sobre Ezequiel, que já havia sido preso no último dia 13 de abril pela equipe da Delegacia Especializada em Furtos e Roubos (DEFUR), por porte ilegal de armas.

Buscas foram realizadas pela equipe da DECAP, juntamente com equipes do Corpo de Bombeiros e do Instituto Técnico-Científico de Polícia (ITEP), no último dia 03 de agosto, na praia da Redinha, para localizar o corpo da vítima, mas nada foi encontrado.

A prisão de Jefinho se deu em cumprimento a um mandado de prisão expedido pela 3ª Vara Criminal de Natal. Em depoimento, ele alegou que apenas estava acompanhado Ezequiel, quando este teria efetuado os disparos contra a vítima, mas para a Polícia, Jefinho ajudou na ocultação do cadáver.

Polícia prende clonadores de cartão dentro de supermercado em Natal

O blog acabou de ter a informação de que policiais civis da Delegacia Especializada em Capturas (Decap) prenderam agora há pouco um grupo especializado em clonagem de cartões de crédito no momento em que eles estavam em um supermercado na zona Sul da capital.

Até agora não se tem grandes informações sobre o caso. A única informação confirmada pela Polícia Civil dá conta que os clonadores estão detidos na Delegacia Especializada em Defraudações.