Força Tática da PM prende quatro homens com armas e drogas na Redinha

FOTO: PM/ASSECOM/REPÓRTER: CB GLAUCIA

No final da tarde desse domingo (05), policiais militares da Força Tática do 4° Batalhão de Polícia Militar efetuaram prisão de quatro homens suspeitos da prática dos crimes de tráfico de drogas e posse ilegal de arma de fogo no bairro da Redinha, zona Norte de Natal.

De acordo com informações dos policiais, os militares realizavam o patrulhamento ostensivo na rua Beberibe, na Redinha, quando suspeitaram de quatro homens que estavam em frente à uma residência.

Durante a abordagem pessoal, três porções de substâncias análogas à maconha, crack e cocaína. Ainda nas averiguações, os militares suspeitaram que a residência estaria sendo utilizada como ponto de comercialização de drogas. Com a suspeita de situação flagrancial da ocorrência de ilícitos penais no interior da residência, os militares ingressaram no imóvel, encontrando três armas de fabricação artesanal nos calibres .12 e .38, além de 10 munições.

Com a constatação de indícios de materialidade e autoria dos delitos de tráfico de drogas e de posse ilegal de arma de fogo, os suspeitos foram conduzidos à Delegacia de Polícia Civil para a realização dos procedimentos legais.

Guarapes e Redinha são os bairros em Natal com maior índice de letalidade por covid-19

Guarapes e Redinha são os bairros na capital onde uma pessoa infectada por covid-19 tem maiores chances de morrer. A informação é do Grupo de Estudos da Dinâmica e Modelagem computacional  de Sistemas Complexos, formado por pesquisadores da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) e da Universidade Federal do Ceará (UFC).

O estudo, realizado com base na correlação entre dados georreferenciados, rede de contágio, vulnerabilidade e transmissibilidade na região metropolitana de Natal, observou que no bairro Guarapes, zona oeste da capital, a cada 100 pessoas testadas positivamente, 20 vão a óbito. O índice de letalidade no bairro é de 20%, número quatro vezes maior que a média da OMS que é de 5,4%.

Já na Redinha, este índice de letalidade está em 10.6%, indicando um óbito para cada 10 pessoas infectadas. Outros bairros na região metropolitana também apresentam um índice de letalidade acima da média da OMS, como, por exemplo, o Bom Pastor, Lagoa Seca, Dix-Sept Rosado e Nordeste em Natal e os bairros Olho D’Água e Golandim em São Gonçalo do Amarante.

Na fase anterior, o grupo demonstrava que o índice de letalidade está associado à renda. Nesta fase os pesquisadores se concentraram nos bairros mais críticos do momento.  Ao comparar a renda do Guarapes, de aproximadamente meio salário mínimo à média salarial de outros bairros cuja média é de pouco mais que um salário mínimo, a pesquisa indica uma situação de gravidade.

Em comparação, no bairro Petrópolis, que tem maior renda média na capital potiguar, a cada 100 pessoas infectadas, cerca de 2 morrem. Ali, o índice é de 1,83%, cerca de 10 vezes menor que em Guarapes. Outros bairros com renda média alta, como Capim Macio, Tirol e Lagoa Nova, têm taxas de letalidade ainda mais baixas.

Foto: Divulgação

No caso de Ponta Negra, por exemplo, a cada 100 pessoas infectadas, cerca de 3 morrem, pois o índice é de 2,6%. “A baixa renda é um fator de risco, pois funciona como uma espoleta para uma série de fatores subjacentes como acesso à saúde, qualidade espacial do isolamento, impossibilidade de ficar em casa, rede dinâmica de contágio em transportes públicos, e outros.  Estes são somadas as predisposições dos fatores da saúde já conhecidos, como os problemas cardíacos, diabetes, sobrepeso, idade. A combinação é fator determinante.” Destaca o professor José Dias do Nascimento Jr., do departamento de física da UFRN.

Foto: Divulgação

Nesta fase do estudo, o grupo de pesquisadores da UFRN e UFC analisou os dados epidemiológicos e a letalidade da doença focados em zonas específicas. Além de José Dias, participam do trabalho os pesquisadores César Rennó-Costa (IMD/UFRN), Leandro Almeida (DFTE/UFRN), Renan Cipriano Moioli (IMD/UFRN),  José Soares (Física – UFC),  Humberto Carmona (Física – UFC),   Wladimir Lyra (NM, USA). Colaboradoram também Ricardo Valentim e Ion Andrade, ambos do LAIS/UFRN.

UFRN

 

Revitalização da orla da Redinha vai contar com R$ 18,3 milhões para obras

Foto: Alex Régis

O prefeito de Natal, Álvaro Dias, se reuniu, na manhã desta sexta-feira (18) com o superintendente regional da Caixa Econômica Federal no Rio Grande do Norte, Marcus Vinicius Nascimento, para tratar sobre demandas administrativas entre a gestão municipal e a instituição financeira. O chefe do executivo municipal aproveitou o encontro para pedir agilidade nos trâmites burocráticos para a liberação dos recursos que serão utilizados na obra de reurbanização da orla da praia da Redinha.

Os recursos, na ordem de R$ 18,3 milhões, são oriundos das emendas impositivas do Orçamento Geral da União indicadas pelos parlamentares federais do Estado. Já haviam sido garantidos para a obra pouco mais de R$ 8,5 milhões, e, após um apelo do prefeito Álvaro Dias durante esta semana, a bancada potiguar consegui o descontingenciamento de mais R$ 9,8 milhões, complementando o valor.

Álvaro Dias destacou a importância dos serviços que preveem a reforma do Mercado da Redinha, com a adição de mais um pavimento ao prédio, instalação de praça de alimentação, varanda mirante, píer, deck e espaço para acomodar restaurantes de categoria internacional. Ainda será construído um centro de comercialização de artesanatos, a revitalização do muro da Igreja de Nossa Senhora dos Navegantes e a recuperação do mirante sobre o quebra-mar.

“Essa é uma obra emblemática para a região e para toda a cidade, potencializando a nossa vocação turística e gerando oportunidade para os moradores do querido bairro. Acredito na sensibilidade do superintendente da Caixa no Rio Grande do Norte para que os entraves burocráticos sejam vencidos de maneira célere para que possamos formalizar o convênio, iniciar o processo licitatório e tocar a revitalização da orla da praia da Redinha”, ressaltou o prefeito.

Também participaram da reunião o secretário municipal de Governo, Paulo César Medeiros, a secretária municipal de Administração, Adamires França, e o gerente geral da agência da Ribeira da Caixa Econômica Federal, Welter Melo.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Cigano Lulu disse:

    Este projeto será o cavalo de batalha do prefeito, na zona norte, rumo à reeleição no próximo ano.
    Sabe-se lá se será concluído um dia, ou se apenas ficará ao relento como mais obra inacabada.
    Mas isto aqui é Natal, ninguém se dá muito mal… nem mesmo em período eleitoral.

  2. paulo disse:

    BG
    Com uma eleição muito próxima é uma"boa".

Bancada federal encaminha R$ 9,8 milhões para Redinha

O destino dos R$ 9,8 milhões descontingenciados pelo Governo Federal tem destino certo: a bancada federal decidiu que o valor referente a emendas parlamentares será enviado para as obras de revitalização da região da Redinha.

Em abril deste ano, o Governo havia bloqueado 21,6% de todas as emendas parlamentares deste ano. Para evitar o corte em áreas essenciais, como segurança pública, e a paralização de obras como a Barragem de Oiticica, parte dos recursos para a Redinha foi contingenciada, com o compromisso dos parlamentares de que o valor fosse restaurado assim que possível.

“Nós estivemos unidos em busca de uma solução pra essa obra tão importante para Natal. A destinação desse recurso desbloqueado para a Redinha teve apoio unânime dos parlamentares do Rio Grande do Norte”, afirmou Rafael Motta, coordenador da bancada.

A construção de um mercado modelo e um calçadão, além da reforma do Clube da Redinha é uma demanda antiga dos moradores da região e tem potencial de alavancar o turismo na zona norte da capital.

A bancada já havia priorizado R$ 8,5 milhões no primeiro semestre para as obras. Com o desbloqueio do recurso, o complexo turístico receberá mais de R$ 18 milhões.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Trump disse:

    Parabéns Eudiane Macedo, vc se esforçou muito para aa melhorias na Redinha.

  2. Jéssica disse:

    Agora para a urbanização, saneamento e calçamento da Redinha Nova ninguém libera nada uma PRAIA totalmente esquecida por todos e sem falar que ela é de Extremoz (uma piada) e é frequentada pela população de NATAL é a praia de todos que moram na Zona Norte na verdade

  3. Só comento disse:

    Parabéns ao Jair Bolsonaro, sempre enchendo de dinheiro os cofres do estado. Enquanto isso, a Governanta Fátima Bezerra pratica oposição irresponsável censurando a realização das promessas de campanha do presidente.

    • Anti-Político de Estimação disse:

      Só comentando também : esse dinheiro vem das EMENDAS PARLAMENTARES da bancada federal do RN, e não do Governo Federal diretamente.
      E outra coisa, é dinheiro que pertence a nós mesmos, contribuintes, e não a político algum.

FOTO: Campanha recolhe quase meia tonelada de lixo na Redinha

Foto:  Divulgação

O Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente (Idema), em parceria com diversas instituições, promoveu nesse domingo (23), das 9h às 13h, a campanha “Essa é Minha Praia”, na Praia da Redinha, onde foi recolhida quase meia tonelada de lixo. A atividade consiste na realização de mutirões de limpeza e campanha de sensibilização pelas praias do Rio Grande Norte. A concentração das equipes de voluntários e participantes ocorreu às 8h30, em frente a Igreja de Nossa Senhora dos Navegantes, na Redinha Velha.

Segundo a assessora técnica do Idema, Ana Marcelino, a ação, que teve sua segunda edição ontem, tem a finalidade de fomentar junto a população a importância de preservar o meio ambiente. “Não se trata apenas de limpar as faixas de areia das praias do nosso Estado, mas abordar os banhistas, turistas, frequentadores do nosso litoral, com objetivo de alertar sobre os prejuízos causados a sustentabilidade ambiental pelo descarte irregular de resíduos na área Costeira”, explica.

As equipes de trabalho recolheram o lixo deixado na faixa de área e distribuíram sacolas de câmbio para população. Após o término da coleta de lixo, a Companhia de Limpeza Urbana de Natal deu a destinação adequada dos resíduos.

Além disso, a ação demonstrou os resultados do Programa Água Azul do Idema, que monitora sistematicamente a balneabilidade das praias, apontando os locais apropriados para banho e também a equipe do Projeto Cetáceos da Costa Branca (UERN/UFRN) realizaram uma oficina sobre tartarugas marinhas, para os visitantes e trabalhadores dos bares e quiosques sobre os malefícios que o lixo no mar causa aos animais marinhos.

A Campanha “Essa é Minha Praia” será realizada na praia do Meio no próximo dia 30. A ação integra as atividades comemorativas da Semana do Meio Ambiente, articuladas pelo Idema, em parceria com dos Jovens Escoteiros, Urbana, Corpo de Bombeiros, UERN, UFRN, IFRN, Instituto Cidade Limpa, Faculdade Estácio, UEB/RN, SEJUV, Coletivo Jovens De Meio Ambiente e apoio da empresa A&D Embalagens e Reciclagem.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Marcos disse:

    Parabéns aos envolvidos

Polícia Civil prende suspeito de homicídio na Redinha, e de ser um dos principais responsáveis pelo tráfico de drogas na região

FOTO: PC/ASSECOM

Policiais civis da Divisão de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP) cumpriram, na manhã desta sexta-feira (08), um mandado de prisão e de busca e apreensão contra Valdeci Bezerra da Silva, vulgo “Tati”, na comunidade da África, Redinha.

Valdeci “Tati” e um comparsa são suspeitos de matar Leonardo Salomão Bezerra com mais de 20 disparos de arma de fogo. O crime ocorreu no dia 15 de agosto de 2018, quando a vítima estava sentada em frente a sua residência, no bairro da Redinha.

Valdeci também é apontado como um dos principais responsáveis pelo tráfico de drogas na região. A polícia conta com o auxílio da população para que enviem informações, através do disque-denúncia anônimo – 181, sobre o paradeiro do comparsa de “Tati”, assim como a localização de armas e drogas.

TÁ CHEGANDO A VIRADA: Trânsito muda durante o réveillon na Redinha, Ponta Negra e Ponte Newton Navarro

Foto: Ilustrativa

A Secretaria de Mobilidade Urbana (STTU) definiu na manhã da sexta-feira (28) a operação de trânsito que será montada para o réveillon na orla de Natal. Agentes de Mobilidade Urbana e batedores da STTU estarão nos locais orientando as intervenções e as opções de desvios.

As alterações no trânsito começam pela Ponte Newton Navarro às 10h do dia 31 de dezembro, quando o sentido Redinha/Forte da via estará fechado ao tráfego de veículos, ficando o sentido Forte/Redinha com mão dupla. A intervenção total da Ponte Newton Navarro acontece das 23h do dia 31 de dezembro até 01h do dia 1º de janeiro, quando o trânsito será liberado novamente.

Na Redinha, a interdição ocorrerá no Largo João Alfredo a partir das 12h do dia 31 dezembro e segue até o término do show da virada. Já em Ponta Negra, a Av. Erivam França será fechada a partir das 18h e segue até o término da queima de fogos.

TRANSPORTE PÚBLICO

Os usuários poderão contar, durante a virada, com as linhas corujões. São elas: a linha A (Ribeira/Alecrim/Redinha/Brasil Novo/Parque das Dunas/Pajuçara) que sai do terminal na Ribeira às 00h15, 01h45 e 03h25; linha B (Ribeira/Midway Mall/Amarante/Parque dos Coqueiros/Nova Natal/Gramoré), que sai do terminal na Ribeira às 00h25, 01h55 e 03h25; linha C (Ribeira/Via Costeira/Ponta Negra), que sai do terminal na Ribeira às 23h40, 00h50, 02h30 e 03h45; linha E (Felipe Camarão/Cidade Nova/Ponta Negra, via Av. Bernardo Vieira) que sai do terminal em Felipe Camarão às 00h20, 01h20, 02h10, 03h10 e 04h10; e a linha 33 (Planalto/Ribeira/Praia do Meio/Mãe Luíza) que opera 24h.

No dia 1º de janeiro, o sistema de transporte operará com horários e itinerários de domingo, além da Tarifa Social para os pagamentos em dinheiro. Com a medida, a passagem cai de R$ 3,65 para R$ 1,85.

 

Redinha, Ponta Negra e Candelária recebem Operação tapa buraco nesta segunda-feira

Nesta segunda-feira (16), os bairros de Ponta Negra, Redinha e Candelária recebem os serviços da Operação tapa buraco, da Prefeitura do Natal, por intermédio da Secretaria Municipal de Obras Públicas e Infraestrutura (Semov). A confirmação é do secretário Tomaz Neto.

De acordo com o titular da Semov, as ruas Pedro Fonseca Filho, em Ponta Negra, e Beatriz Ramalho, em Candelária, receberão os serviços de substituição de paralelepípedos. “Em determinados trechos dessas duas vias o paralelepípedo foi danificado. Por isso, a substituição por novos”, explicou Tomaz Neto.

Redinha

Os trabalhos desta segunda-feira serão finalizados no bairro da Redinha, na zona Norte. “Lá faremos a manutenção da rede de drenagem da rua do Cruzeiro. Amanhã (17), novas ruas, travessas e avenidas receberão os serviços da Operação tapa buraco”, finalizou o secretário Tomaz Neto, da Semov.

FOTO: Procissão de Nossa Senhora dos Navegantes reúne centenas de fiéis na Redinha

20614Foto: Marcelo Barroso

Cantando e louvando, milhares de fiéis percorreram o trajeto da procissão de encerramento da Festa de Nossa Senhora dos Navegantes, padroeira do bairro de Redinha, zona norte da cidade. A festa que acontece desde 1924 atrai não só os moradores da comunidade, como fiéis de todos os cantos de Natal.

O prefeito que fez questão de participar de mais uma edição da festa, caminhou ao lado dos fieis e parabenizou a comunidade pela organização do evento. “Todos os anos tento não deixar de vir a procissão de Nossa Senhora dos Navegantes. A Redinha é um bairro de muita história e esta festa que já existe há 91 anos é sem dúvida uma das mais tradicionais da cidade”.

Sempre a frente da procissão durante todo o percurso, Padre João Maria não escondia a felicidade de ver a quantidade de gente que acompanhava a imagem da santa. “Nesta procissão, conseguimos ver a demonstração de fé do povo de Natal e da Redinha que nos acompanha e demonstra o seu amor por Nossa Senhora”.

Ao final da caminhada uma bênção foi proferida pelo padre no tradicional encontro das imagens, quando as milhares de pessoas rezaram e cantaram em homenagem a padroeira.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Jacqueline Félix Cruz de Queiroz disse:

    Quero. Saber. A. Data. Da procissão

FOTOS: Suspeito é morto e ocupante de veículo que seria refém também em ação da PM na Redinha

IMG-20141104-WA0008 IMG-20141104-WA0009Fotos: PM

Segundo informações preliminares, um suspeito atirou contra a viatura do Bope durante uma ação não especificada na tarde desta terça-feira(4), no bairro da Redinha, zona norte de Natal, e acabou morto junto com mais um ocupante do veículo, este, contudo, seria refém do suspeito e teria sido morto por engano. Ainda segundo a Polícia, um dos baleados teria atirando em um policial do Comando do Policiamento Rodoviário Estadual (CPRE) na manhã desta terça-feira(4).

PM abre inquérito para investigar ação de policiais

O coronel Francisco Araújo, comandante geral da PM do Rio Grande do Norte, determinou a instauração de um Inquérito Policial Militar (IPM) para apurar a conduta dos PMs envolvidos. Uma das vítimas identificada como Douglas Azevedo Lourenço, de 28 ano, segundo familiares, seria refém de um criminoso.

Caern retoma obra de esgotamento sanitário da Redinha; equipes conversam com os moradores de Cidade Nova

A Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) está retomando a obra de esgotamento sanitário que vai beneficiar o bairro da Redinha, e que deve ser concluída dentro do prazo de um ano. A obra visa concluir a construção da Estação de Tratamento de Esgotos da Redinha, além das estações elevatórias das redes e de promover a ligação de esgotos de toda a Redinha Velha. Também será atendida a comunidade da África.

Segundo o gerente de Obras da Caern, Fábio Siqueira, o empreendimento será executado com recursos próprios da companhia, no valor de R$ 6,5 milhões, com serviços a cargo da construtora Azevedo Coelho. Em etapa posterior, uma nova licitação será realizada para a implantação do esgotamento sanitário da Redinha Nova.

O sistema de esgotamento sanitário da Redinha beneficiará, nesta primeira etapa, uma população de cerca de 4.500 pessoas, com uma rede de 1.111 ligações domiciliares de esgoto.

Equipes de mobilização social da Caern conversam com os moradores de Cidade Nova

Moradores do bairro de Cidade Nova, na Zona Oeste de Natal, estão recebendo a visita de profissionais da Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) que fazem parte de projeto de mobilização social coordenado pela Gerência de Controle de Empreendimentos (CGE). O intuito do trabalho social é comunicar aos moradores os benefícios das obras, apontando como a população irá se beneficiar diante das reformas.

Durante estes encontros, as equipes da Caern informam como a obra é executada e como a população deve agir para contribuir com o bom andamento do empreendimento, antes, durante e depois. A técnica em engenharia Teônia Casado, que organiza a mobilização, falou da importância de continuar integrando e informando a população sobre as diferentes etapas das obras. “As pessoas têm que entender que as obras são pelo bem delas”, comentou.

A grande maioria dos moradores afirmou estar de acordo com as obras e contentes com o trabalho da Caern. Para Jailton Pedro, morador do bairro Cidade Nova, o serviço não atrapalha em nada o dia a dia dos moradores do bairro, e ainda acrescentou: “Estou ciente dos benefícios e gostando muito do trabalho”.

Para os bairros com obras de esgotamento sanitário, a Caern pede que os moradores não liguem as redes de esgoto antes de tempo. E alerta que quando o sistema entrar em operação, as fossas não serão mais utilizadas. A Companhia informará o momento correto da ligação.

Jovem é executado em conjunto na Redinha; moradores assustados com insegurança

Um jovem identificado como Rafael Ferreira Cordeiro, de 18 anos, foi executado na noite dessa quarta-feira (5), no conjunto alto da Torre, no bairro da Redinha, zona norte de Natal. De acordo com a Polícia Militar, através do 4º Batalhão, informações dão conta que a vítima teria sido surpreendida com três tiros por um homem em uma motocicleta no instante em que saía de casa.

Após o crime, a PM buscou informações do que teria motivado o crime, tentou ouvir várias pessoas que teriam testemunhado o homicídio, mas os moradores do Alto da Torre disseram que temem por represálias e destacam o clima de total insegurança, com grande responsabilidade do tráfico de drogas.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. felipe disse:

    um pescado acho um corpo no quebra mar de homen que pulo da ponte nova na redinha

Morre um dos baleados em tiroteio na Redinha

Morreu no Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel uma das três pessoas baleadas na manhã desse domingo (2) durante um tiroteio nas proximidades do Mercado Público da Redinha, praia da zona Norte de Natal. Alex Bruno da Silva Calixto, de 23 anos, não resistiu aos ferimentos e faleceu após cirurgia. A informação foi confirmada pelo G1-RN.

O tiroteio

Por volta das 14 horas desse domingo(2), três pessoas foram atingidas por disparos no carnaval da Redinha.

Segundo testemunhas, o atirador tentou matar o seu desafeto pela alcunha de ‘Buiu” e terminou atingindo mais dois foliões por engano.

A Polícia Militar foi acionada mas não conseguiu prender o atirador e as vítimas foram levados ao hospital Clóvis Sarinho em estado delicado de saúde.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. William disse:

    Vagabundo, bandido podem andar armado, já o homem de bem? Coisas do meu Brasil varonil!!!

Projeto de mini marina seca para a Redinha é apresentado a Seturde

O secretário municipal de Turismo e Desenvolvimento Econômico (Seturde), Fernando Bezerril, conheceu o projeto arquitetônico da minimarina seca da Redinha apresentado hoje, pela manhã em seu gabinete pelos arquitetos Luigi Lepori e Aristeu Martins do escritório de arquitetura CA-N. O projeto foi encomendado pelo secretário aos arquitetos e tem como objetivo desenvolver o turismo náutico em Natal. O local para construção da minimarina  abrange parte da antiga área de desembarque da balsa da Redinha, que pertence ao empresário e ex-prefeito de Areia Branca, Carlos Soares, com utilização  de 33 mil metros quadrados.

Segundo Fernando Bezerril a conclusão do projeto da mini marinha e o destravamento do projeto do hotel da BRA na Via Costeira foram as melhores notícias para ele do ano. “Agora existe um projeto concebido e agora será a vez de procurar o proprietário do terreno para saber sobre o seu interesse em construir a minimarina e em outra frente dialogar com investidores nacionais e internacionais que queiram assumir execução da obra”.

A mini marina terá capacidade para receber 80 barcos, com dois piers flutuantes, oficina de manutenção, guincho para deslocamento dos barcos para manutenção, restaurante e área administrativa e de controle alfandegário. Para o secretário o projeto tem grandes chances de ser executado, pois a área já foi utilizada como desembarque dos carros que utilizavam a balsa da Redinha. “Naquele espaço já existia a cultura do desembarque de passageiros, sendo assim não será necessário mexer em áreas de mangues ou de preservação”, explicou.

Segundo o arquiteto Aristeu Martins o terreno não apresenta grandes dificuldades para a execução do projeto. “Ele tem peculiaridades como qualquer outro terreno, mas com os estudos iniciais identificamos os pontos e já traçamos as ações a serem desenvolvidas”, explicou Aristeu.

Avenida na Redinha muda de nome a partir desta quarta-feira

av. bugueiro marcelo correiaA rodovia Estadual, RN 0303, mais conhecida como “Avenida Litorânea”, na Redinha, muda hoje de nome é agora será chamada Avenida Bugueiro Marcelo Correia de Oliveira.

A mudança se deu através de um projeto de Lei do Deputado Raimundo Fernandes para homenagear o trade turístico e a categoria de bugueiros.

O homenageado, Marcelo Correia, era bugueiro há mais de 15 anos e faleceu, esse ano, exercendo sua profissão.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Iris Juliana disse:

    Fico feliz pelo gesto nobre de homenagear um trabalhador que tanto valorizou nosso estado. Parabéns a todos os envolvidos.