MPRN com apoio da PM captura assassino foragido da Justiça em Natal

Foto: Ilustrativa

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN), por meio do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) e com o apoio da Polícia Militar, capturou nesta sexta-feira (13) Luiz Carlos Araújo Martins. O capturado era integrante de uma quadrilha especializada em assaltos e explosões a caixas eletrônicos e foi condenado pelo homicídio de Cid Alexandre Barros de Souza.

O grupo de Luiz Carlos Araujo Martins desconfiou que a vítima assassinada, que também era um dos integrantes da quadrilha, estaria delatando os companheiros à polícia. No dia 19 de novembro de 2012, o condenado e seus comparsas foram até a residência de Cid de Souza e lá o executaram com diversos disparos de arma de fogo. Além disso, tentaram matar a companheira da vítima que, mesmo atingida, conseguiu escapar.

Após recorrer ao Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte, que negou seu pedido, Luiz Carlos Araújo Martins foi condenado a uma pena definitiva de 14 anos e permaneceu foragido até então, tendo sido preso no bairro das Quintas, em Natal, na manhã desta sexta-feira (13).

Disque Denúncia 127

O MPRN reforça à população que continua recebendo denúncias anônimas de crimes. As comunicações podem ser feitas pelo Disque Denúncia 127, que é um canal direto do MPRN para denúncias de crimes em geral. O cidadão pode ligar gratuitamente para o número. A identidade da fonte será preservada.

Além do telefone, as denúncias também podem ser encaminhadas por Whatsapp para o número (84) 98863-4585 ou e-mail para [email protected] Os cidadãos podem encaminhar informações em geral que possam levar à prisão de criminosos, denunciar atos de corrupção e crimes de qualquer natureza. No Whatsapp, são aceitos textos, fotos, áudios e vídeos que possam comprovar as informações oferecidas.

https://mprn.mp.br/portal/inicio/noticias/10554-mprn-captura-assassino-foragido-da-justica-em-natal

Começa neste sábado proibição da captura do caranguejo-uçá; medida vale no RN e mais 10 estados

Foto: Divulgação Embrapa

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) definiu os três períodos de proibição da captura do caranguejo-uçá. A medida visa a proteção da espécie em seu período reprodutivo, conhecido como andada, que corresponde a fases da lua cheia: de 11 a 16 de janeiro; de 10 a 15 de fevereiro; e de 10 a 15 de março de 2020.

É durante a andada que os caranguejos machos e fêmeas saem de suas tocas e andam pelo manguezal para acasalamento e liberação de ovos. A proibição vai além da captura, valendo também para transporte, beneficiamento, industrialização e comercialização da espécie.

A medida vale para Amapá, Pará, Maranhão, Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Alagoas, Sergipe e Bahia.

De acordo com o Mapa, “as pessoas físicas ou jurídicas que atuam na manutenção em cativeiro, conservação, beneficiamento, industrialização ou comercialização da espécie nesses estados poderão realizar essas atividades durante a andada, desde que forneçam, até o último dia útil que antecede cada período, a relação detalhada dos estoques de animais vivos, congelados, pré-cozidos, inteiros ou em partes”.

Tendo por base a Instrução Normativa (IN) que trata do assunto, o Mapa acrescenta ser necessário o preenchimento da declaração (que consta da IN 1/2020) e sua entrega ao Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) do estado ou ao Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (Instituto Chico Mendes), onde houver unidades de conservação federais.

“O transporte e a comercialização dos produtos declarados deverão estar acompanhados, desde a origem até o destino final, de Guia de Autorização de Transporte e Comércio, emitida pelo Ibama, após comprovação de estoque”, informou, por meio de nota o ministério.

Caranguejos-uçá apreendidos vivos em situação irregular serão devolvidos a seu habitat natural. A infração pode resultar em uma pena de até 3 anos de reclusão e multa.

De acordo com a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), o caranguejo-uçá é “um dos mais importantes constituintes da fauna do ecossistema de manguezal”, podendo ser encontrada desde o estado da Flórida, nos Estados Unidos, até o estado brasileiro de Santa Catarina.

Sua captura é, segundo a Embrapa, uma das atividades extrativistas mais antigas do país, praticada por comunidades tradicionais litorâneas que vivem de sua comercialização.

Agência Brasil

Polícia Militar captura três foragidos

A Polícia Militar do Estado do Rio Grande do Norte realizou nesse sábado (1) a captura de três condenados da Justiça que se encontravam foragidos.

Ubiraci Severiano da Silva, 25 anos, foi capturado por Policiais Militares do 1º BPM, por volta das 11 horas, quando receberam uma denúncia de um cidadão indicando haver uma confusão em uma das ruas no Paço da Pátria.

Ao ser abordado pelos Policiais, foi constatado que contra Ubiraci Severiano havia um Mandado de Prisão expedido pela 1ª Vara Criminal, o qual responde por crime de tráfico de drogas. Ubiraci da Silva foi conduzido à Delegacia de Polícia Civil para os procedimentos legais.

Ainda por volta das 11 horas, o Oficial de Serviço do Regimento de Polícia Montada (RPMont) localizou Gilson Gomes de Oliveira na Zona Norte de Natal, enquanto trafegava na avenida das Fronteiras. Após averiguação, foi constatado haver um Mandado de Prisão em desfavor de Gilson Gomes, o qual foi conduzido à Delegacia de Polícia Civil para a adoção dos procedimentos legais.

Já no período noturno, por volta das 20 horas, Policiais Militares do 4º BPM realizaram a captura de Lucenildo Leopoldino da Silva no loteamento Jardim Progresso, Zona Norte de Natal. Lucenildo da Silva é acusado de atirar contra um Policial Civil, já tendo sido preso pelos Militares do 4º BPM. Contra Lucenildo havia um Mandado de Prisão, o que motivou os Militares conduzirem o acusado à Delegacia de Polícia Civil, onde permaneceu sob custódia daquela Autoridade Policial.

 

* Fonte: Assessoria de Comunicação da PMRN

ROCAM captura foragido na Praia do Meio

A Polícia Militar por meio da ROCAM capturou um condenado no final da tarde deste sábado. A captura ocorreu quando em patrulhamento de rotina na Rua do Motor, a guarnição suspeitou do indivíduo W.I.M.F por ser muito semelhante a um foragido da justiça.

Ao ser questionado e melhor averiguado pela equipe, verificou-se que se tratava de um foragido da justiça, qual deveria estar cumprindo pena no Presídio Provisório Raimundo Nonato na Zona Norte de Natal.

O acusado foi encaminhado à DP Plantão Zona Sul, onde foi entregue para adoção dos procedimentos cabíveis.

Fonte: Assessoria de imprensa PMRN

 

 

 

Polícia prende clonadores de cartão dentro de supermercado em Natal

O blog acabou de ter a informação de que policiais civis da Delegacia Especializada em Capturas (Decap) prenderam agora há pouco um grupo especializado em clonagem de cartões de crédito no momento em que eles estavam em um supermercado na zona Sul da capital.

Até agora não se tem grandes informações sobre o caso. A única informação confirmada pela Polícia Civil dá conta que os clonadores estão detidos na Delegacia Especializada em Defraudações.