Reportagem de O Globo revela que ataque criminoso de hackers foi orquestrado e mirou ‘coração’ da Lava-Jato”, atingindo até Janot e juíza que substituiu Moro; veja como PF detalha ação

Foto: Jorge William / Agência O Globo -20/05/2019

Polícia Federal e o Ministério Público Federal (MPF) têm indícios de que o ataque hacker que expôs mensagens privadas do juiz Sergio Moro e de procuradores foi muito bem planejado e teve alcance bem mais amplo do que se sabe até agora. Entre os alvos dos criminosos, estiveram integrantes das forças-tarefas da Operação Lava-Jato de ao menos quatro estados (Rio, São Paulo, Paraná e Distrito Federal), delegados federais de São Paulo, magistrados do Rio e de Curitiba.

Além do atual ministro da Justiça e do procurador Deltan Dallagnol,foram alvo de ataques a juíza substituta da 13ª Vara Federal Gabriela Hardt (que herdou processos de Moro temporariamente quando ele deixou o cargo), o desembargador Abel Gomes (relator da segunda instância da Lava-Jato no Rio), o juiz Flávio de Oliveira Lucas, do Rio, o ex-procurador-geral da República Rodrigo Janot , os procuradores Januário Paludo, Paulo Galvão, Thaméa Danelon, Ronaldo Pinheiro de Queiroz, Danilo Dias, Eduardo El Haje, Andrey Borges de Mendonça, Marcelo Weitzel e o jornalista do GLOBO Gabriel Mascarenhas . Outros dois procuradores, ambos ex-auxiliares de Janot, relataram ao GLOBO também terem sido vítimas de ataques de hackers, mas pediram para não terem os nomes publicados.

Em nota, a Justiça Federal confirmou que a substituta de Moro foi atingida e disse que o fato foi “imediatamente comunicado à Polícia Federal”. Segundo o texto, “a juíza não verificou informações pessoais sensíveis que tenham sido expostas”.

Em alguns casos, como o da força-tarefa da Lava-Jato no Rio, alguns integrantes evitaram a invasão, já que tinham controles mais rígidos, em especial a verificação em duas etapas para acesso remoto ao aplicativo Telegram.

As mensagens atribuídas a Moro e Deltan indicam uma atuação combinada em determinados momentos da Lava-Jato, inclusive no processo que resultou na condenação do ex-presidente Lula, expondo a operação a inédito desgaste.

Mesmo após a revelação do caso, o esquema criminoso continua em atuação. Na noite de terça-feira, um hacker entrou em contato com José Robalinho, ex-presidente da Associação Nacional de Procuradores, se fazendo passar pelo procurador militar Marcelo Weitzel, que teve seu celular invadido, como revelou a revista Época.

Em meio à crise deflagrada pelos ataques, procuradores discutem entre si as mais variadas teses sobre as origens dos ataques. Alguns levantam suspeitas até sobre invasões de origem russa, o que não está comprovado. Mas, se os autores ainda são desconhecidos, entre os alvos prevalece a ideia de que as invasões são uma ação orquestrada contra a Lava-Jato.

Ação profissional

A Polícia Federal investiga os ataques dos hackers com duas turmas de agentes e delegados, em quatro cidades. A Procuradoria-Geral da República também abriu um procedimento para acompanhar o trabalho da polícia. A apuração desse tipo de crime é tida como complexa, e o prazo para conclusão das investigações será longo, prevê a cúpula da PF.

As suspeitas iniciais apontam para um mandante com capacidade financeira para bancar o esquema aparentemente sofisticado de ação. Uma das hipóteses é a de utilização de equipamentos que custam entre US$ 2 milhões e US$ 3 milhões, segundo uma fonte da cúpula da PF ouvida pelo GLOBO. Há diversas empresas sediadas no leste europeu e no Oriente Médio que oferecem estes serviços por esses valores.

Por outro lado, chamou a atenção o fato de o suposto hacker ter feito piada na terça-feira com um dos alvos. Numa das mensagens, o invasor afirmou que é apenas um “técnico de TI” (Tecnologia da Informação), sem objetivos partidários.

Segundo os relatos das vítimas e apurações do Ministério Público Federal, o esquema funciona em três etapas:

1 – O hacker descobre o número do celular da vítima e o utiliza para solicitar, via desktop, a abertura de nova sessão do Telegram. Imediatamente, o aplicativo encaminha para a vítima o código de acesso, via SMS, achando que o pedido foi feito pelo dono da conta;

2- O clonador adquire um número de celular, geralmente em países onde há pouca fiscalização, e o utiliza para ligar para a vítima, depois de ter solicitado o código de acesso. Por alguma técnica ainda desconhecida, a vítima, ao atender, permite que o clonador capture todo o conteúdo do SMS, incluindo o código de acesso ao Telegram;

3- Com esse código, o hacker acessa o Telegram através de seu PC e pode ver todas as conversas da vítima, entre as quais as de grupos. Isso porque os diálogos pretéritos ficam guardados no aplicativo. O hacker pode fazer um backup de todos os arquivos, mídias e conversas da vítima e/ou pode se passar por ela perante terceiros no aplicativo, dialogando etc.

Os integrantes do MPF só deram conta do tamanho da ação depois da divulgação dos diálogos de Moro com os membros da força-tarefa de Curitiba. Para o golpe ter êxito, desconfiam, é preciso da conivência de alguém dentro das operadoras de telefonia, uma vez que o acesso é dado no momento em que a vítima atende a ligação. Alguns dos números usados pelo esquema já foram repassados à Polícia Federal.

O problema, apuraram, seriam uma brecha denominada pelas operadoras de “Falha SS7”. Embora aplicativos como o WhatsApp e a Telegram ofereçam criptografia ponta a ponta para evitar que suas mensagens sejam interceptadas, ambos usam o número de celular do usuário para funcionar, e isto abre a guarda para os ataques. A fraude do SS7 permite que qualquer pessoa com acesso à rede de telecomunicações envie e receba mensagens celulares específicas, com alguns ataques que permitem aos hackers interceptar textos, chamadas e dados de localização.

O início dos ataques

A série de invasões teve início, até onde se sabe no momento, em 24 de abril. No primeiro dia de aposentadoria, Janot voltou mais cedo para casa aborrecido com uma série de ligações e mensagens esquisitas que tinha recebido ao longo do dia. Alguns telefonemas tinham partido do próprio número do ex-procurador. Por volta das 22 horas, o telefone celular voltou a tocar.

— Diga aí — disse um procurador, amigo de Janot, do outro lado da linha.

— Diga aí você, que está me ligando — respondeu o ex-procurador-geral, estranhando a abordagem do colega.

— Estou ligando porque você está me pedindo dados que eu já te passei — respondeu Janot.

— Estou estou te pedindo dados ?? — questionou Janot.

Antes de terminar a frase, os dois perceberam que estavam sendo vítimas de um ataque quase simultâneo de um mesmo hacker. O estranho, que tinha ligado várias vezes durante o dia para Janot, estava usando a conta do Telegram do ex-procurador-geral para conversar com um outro procurador. O invasor estava em busca da senha do Twitter do ex-procurador-geral.

No meio da confusão, o procurador interrompeu a conversa com o hacker e orientou Janot a não mais atender ligação e nem abrir mensagens para mudar códigos da Apple, do Telegram ou de outros aplicativos.

O Globo

(Colaboraram Cleide Carvalho, Gustavo Schmitt e Bela Megale)

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Rômulo disse:

    Hacker não tem dever funcional de seguir a lei. Não adianta a Globo tentar inverter a situação! Quem tem dever de seguir a lei são os juízes! Moro, o anti-herói dos bozopatas, estava em conluio com a acusação para prender Lula para fins políticos. Isso já era praticamente verdade sabida, mas não havia como provar. Agora que a merda foi jogada no ventilador, ele pode esquecer a cadeirinha no STF, e tomar cuidado para não ir para atrás das grades! Estou ansioso pela liberação de áudios, pois são irrefutáveis!

    #VazaJato

  2. Walsul disse:

    A desmoralização da operação lava jato é mundial, não tem como mudar isso. O conteúdo do que está sendo exposto é criminoso para um juiz que deveria ter a função de zelar pela legalidade e isenção do julgamento. O fato se torna mais criminoso ainda, quando as decisões são para interferir no processo democrático. Quanto a globo, esperava-se o que? Como disse o jornalista , ela é sócia da operação lava jato. Essa discussão do hacker é para desviar o foco dos crimes cometidos. Não tem nenhuma prova que os documentos que desmascaram a operação tenha partido de hackers. Tem muita coisa para vir à tona e é isso que a globo teme.

  3. Gaius Baltar disse:

    Ativar verificação em dois passos evitaria todo esse imbróglio, mas a turma usa celular desprotegido para veicular informações sensíveis.
    OBS: O Telegram não tem criptografia ativada nos chats normais, do nos secretos.

  4. Rivanaldo disse:

    Brasil: O país onde o professor tem de ser imparcial mas juiz pode ter lado!

    • Rodrigo disse:

      Melhorando seu comentário: O país onde o professor tem de ser imparcial, quanto a política, mas o juiz pode ter lado, quanto a corrupção.

  5. M.Vinícius disse:

    Pacientemente, vou aguardar ss novidades contra os cibermortadelas!

  6. Potiguar disse:

    Essa reação contra os vazamentos da conversa do Moro era esperada. Eles não vão soltar o lula tão facilmente, apesar das evidências. Todavia, a repercussão do tema é grande no exterior vide reportagem do le monde, guardian, NYT… A dúvida que resta é a seguinte: lula receberá o nobel em Curitiba ou Oslo?

Criminosos atacam estação ambiental, rádio e Câmara dos Vereadores no 6º dia de violência no Ceará

Força Nacional começa a atuar nas ruas de Fortaleza — Foto: Camila Lima/SVM

Criminosos voltaram a cometer ataques no Ceará no 6º dia seguido de uma onda de violência que atinge o estado desde quarta-feira (2). Bandidos incendiaram uma ambulância em Reriutaba, uma loja de móveis em Fortaleza e atacaram uma rádio e a Câmara dos Vereadores da cidade de Icó, na madrugada desta segunda-feira (7). Em todo estado, ocorreram 125 ações criminosas desde o início da onda de violência. A Força Nacional chegou ao estado na sexta-feira e começou a atuar nas ruas na noite de sábado (5).

Em resposta aos crimes, o Governo do Ceará informou que transferiu um dos chefes de uma facção criminosa do Ceará para um presídio federal. Outros 19 detentos também devem ser levados para outras unidades prisionais nos próximos dias. (veja a lista dos ataques abaixo)

De acordo com a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), 110 pessoas suspeitas de participação nos crimes foram capturadas, e dois homens morreram em confronto com policiais. Pelo menos 60 prisões ocorreram após a chegada de tropas da Força Nacional ao Ceará.

O Governo Federal ofereceu 60 vagas em presídios federais para receber integrantes de facções criminosas que atuam no estado do Ceará. Atualmente, algumas unidades prisionais do estado têm presos separados de acordo com os grupos criminosos que participam.

Motivação

A Secretaria da Segurança e Defesa Social do Ceará não se pronunciou oficialmente sobre o motivo dos ataques no estado.

A sequência de ataques ocorreu após a fala do novo secretário da Administração Penitenciária, Mauro Albuquerque, que prometeu fiscalizar com mais rigor a entrada de celulares nos presídios, segundo o governo. Desde o início da onda de crimes, agentes penitenciários apreenderam 407 celulares em presídios de onde foram ordenados os crimes. Em uma das ações, os presos fizeram um motim.

O presidente do Conselho Penitenciário do Estado do Ceará, Cláudio Justa, afirmou que os atentados são uma represália a essa fala do novo secretário de Administração Penitenciária.

De acordo com uma fonte do Serviço de Inteligência da Secretaria da Segurança ouvida pelo G1, membros de duas facções rivais fizeram um “pacto de união”, com o objetivo de “concentrar as forças contra o Estado”. Em pixações em prédios públicos de Fortaleza, criminosos escreveram que “não vão parar até o secretário sair”. “Fora Mauro Albuquerque”, diz a mensagem.

Ataques na madrugada

Durante a madrugada desta segunda-feira, a cidade de Icó, no Centro-Sul do Ceará, registrou, pelo menos, três ações criminosas em diferentes pontos. Os bandidos atiraram contra o prédio da Câmara dos Vereadores da cidade e em uma rádio local. Além disso, um outro grupo de suspeitos incendiou um caminhão caçamba que presta serviços para a Enel, empresa distribuidora de energia elétrica no estado.

Em Fortaleza, por volta de 1h, uma oficina mecânica que atende a Enel foi incendiada em Fortaleza. Dois veículos foram destruídos pelas chamas. O fogo foi contido pelo proprietário do local com a ajuda de vizinhos. Já no Bairro Couto Fernandes, também na capital, uma loja de móveis foi queimada por criminosos.

Em Reriutaba, no interior do estado, bandidos queimaram uma ambulância do município. O fogo atingiu todo o veículo, que ficou destruído pelas chamas.

Celulares nos presídios

De acordo com o secretário Mauro Albuquerque, o controle da entrada de celulares será “uma das medidas” adotadas na gestão dele como secretário de Administração Penitenciária, cargo criado no segundo mandato do governador do Ceará, Camilo Santana, em 1º de janeiro deste ano. “É uma das medidas, mas não a única. Investir nos equipamentos que impeçam a entrada de objetos é um trabalho mais importante e que vamos aprimorar aqui”, afirmo Mauro.

“O crime hoje está organizado nacionalmente, para além das divisas. Então não adianta uma unidade possuir o bloqueio [de sinal de celular] e as demais, não. Iniciativas como o Sistema Único de Segurança Pública e o Fundo Penitenciário são importantes para essa nacionalização das medidas”, disse.

Reforço policial

Desde a quinta-feira, as equipes de segurança do Ceará receberam vários reforços: 300 membros da Força Nacional, 100 policiais militares da Bahia e 50 policiais rodoviárias federais.

As equipes da Força Nacional atuam principalmente em blitze, já que a maior parte dos criminosos usam carros para ir aos locais do crime e em seguida para fugir, de acordo com a Secretaria da Segurança Pública do Ceará.

As equipes foram pelo menos 20 blitze simultâneas em “vias estratégicas” de Fortaleza e cidades da Região Metropolitana, que concentram cerca de 80% dos ataques no estado.

Já os policiais baianos que chegaram neste domingo ao Ceará para ajudar no combate ao crime atuam no interior do estado.

G1-CE

 

Empresária dona de posto de combustíveis é achada morta após ser sequestrada por criminosos no interior do RN

Foto: Arquivo da família

A Polícia Militar confirmou o encontro do corpo de uma empresária dona de uma posto de combustíveis na cidade de Santo Antônio. Maria da Conceição de Lima Barbosa, de 56 anos foi encontrado na madrugada desta quinta-feira (8) na zona rural do município de Pedro Velho, distante cerca de 90 quilômetros de Natal. Ela e sua filha foram vítimas de assaltantes na tarde anterior e levadas como reféns. Na ocasião, a filha foi libertada pouco tempo depois.

Segundo informações inciais, a empresária e a sua filha estavam na estrada, saindo de Santo Antônio a caminho de Natal, quando o carro em que estavam, um Ônix, foi trancado por um Gol com bandidos. Durante a abordagem, dois criminosos assumiram o controle do Ônix e partiram com as vítimas em direção a Brejinho, entrando em uma estrada de terra que dá acesso ao município de Espírito Santo. Neste local, o veículo foi incendiado, e o assaltante que estava no carro se juntou aos outros dois e o Ônix com as reféns seguiu viagem. Eles então decidiram libertar a filha e empreenderam fuga com a empresária rendida.

O que teria sido o objetivo dos bandidos foi noticiado em reportagem do portal G1-RN. Parentes revelaram que os bandidos queriam o dinheiro do posto, exigindo que a empresária entregasse uma certa quantia. Contudo, a vítima teria entregue um envelope com cerca de R$ 3 mil em dinheiro, dizendo que era tudo o que tinha com ela.

Na madrugada,  a trágica notícia: o corpo havia sido encontrado com um disparo de arma de fogo na cabeça em uma estrada de terra entre Espírito Santo e Pedro Velho, próximo ao distrito de Coité.

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Elvis disse:

    Bora votar na esquerda que vai dar certo…

  2. LULADRÃO disse:

    Mais uma pessoa do bem que perde a vida para a bandidagem. O que fazer com esses covardes que assassinaram uma mulher indefesa? Se alguém dos direitos humanos puder responder?

  3. JCabral disse:

    JUIZ, JURADO E EXECUTOR DA SENTENÇA!!!! Ainda querem que acreditamos que não pena de morte, neste país???? Quando presos deveriam mofar na prisão!!! Esqueci, estamos no Brasil. Meus sentimentos aos familiares e Justiça para esses criminosos.

Motorista de aplicativo tem carro alvo de disparos em Natal e passageiro é levado por criminosos

O portal G1-RN destaca nesta manhã. Um motorista de aplicativo teve o carro tomado por criminosos após pegar um passageiro no bairro Ribeira, na Zona Leste de Natal, na madrugada desta segunda-feira (8), por volta de 1h30. Porém, o passageiro que ele transportava também foi levado. Durante o sequestro, tiros foram disparados contra o veículo, que foi atingido várias vezes. O carro foi encontrado ainda na madrugada, e havia marcas de sangue dentro do automóvel.

Segundo a Polícia, os criminosos sinalizaram para que o motorista parasse o carro, mas o passageiro, que estava armado, mandou ele acelerar. A dupla começou a atirar no carro e o passageiro revidou. O motorista conseguiu sair do veículo correndo ao chegar próximo ao prédio do Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep). Um dos criminosos da moto entrou no carro e obrigou o passageiro a dirigir o veículo. O carro foi abandonado no bairro Alecrim, também na Zona Leste da cidade. O veículo tinha marcas de sangue no banco traseiro. Porém, o passageiro não foi encontrado.

Segundo a Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), não há registro de assassinatos na área onde o carro foi achado.

Com informações do G1-RN

[VÍDEOS] População coloca bandidos para correrem pelados até a delegacia; confira as imagens

IMG_4040Uma cena no mínimo inusitada foi registrada na noite desta segunda-feira (11). Populares, revoltados com a ação de uma dupla de assaltantes, renderam os criminosos e colocaram os dois para fugirem pelados pela avenida Bernardo Vieira em direção à Zona Norte.

Pelo que o blog foi informado, os dois foram andando até a Delegacia de Plantão Zona Norte para serem presos em flagrante por um assalto. Motos e carros acompanharam os dois com buzinaços e gritos de revolta da população. O vídeo mostra a cena. Confira:

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. abel disse:

    se fossem filhos deles , eles não fariam isso com eles, o crime deles voltam aos que os seguiram businando e gritando, vejam só n se fas justiça assim, leiam a biblia.

  2. Patrick disse:

    Esses caras quando pegam um de nós pra roubar, nos humilham dando maozadas na cara, sou se seu celular for um desses lanterninha, que eles manda criar vergonha e comprar um celular desses caros, e ainda eles que tem a cara de pau de nos chamar de vagabundo, e quando resolvem atirar acontece como aconteceu com a universitaria na itapetinga, e recentemente o vigilante que estava trabalhando na farmacia, e mais, eles estao sendo incentivados pela justiça a continuar aprontando, é que aquele povo que apenas fizeram isso como defesa vao ser localizados e responder por tentativa de omicidio, pode uma coisa dessa?
    Se alguma mae tem que chorar e lamentar alguma coisa, que seja a deles e nao as nossas
    É claro que nao é da natureza de nos que so,os cidadaos de bem, que tem amor no coração fazer esse tipo de tortura, mas com a falta de justiça no nosso pais nos somos sim obrigados a fazer.

  3. Cláudio disse:

    Pena que erraram de ponte, a de Igapó é bem baixinha. Era pra ter jogado da ponte da Redinha.

  4. Massio Cruz disse:

    O que talvez os missivistas e os leitores não tenham observado é que em todo o trajeto que a dupla dinâmica percorreu nua, de Lagoa Sêca até a ponte, não apareceu nenhuma viatura, ou um policial sequer! O que nos deixa aínda mais preocupados com a insegurança que vivemos.

    • Patrick disse:

      Sem falar que eles passaram em frente o posto da policia que fica antes de chegar na ponte kkkk eu vi uma blitz policial ja chegando em frente o norte shopping, muuito distante da ponte onde a populacao estava apenas se defendendo de bandidos

  5. Edilson Sabino disse:

    Pronto, era tudo que os "direitos humanos" precisavam, agora esses bandidos viram "vítimas".
    A população não suporta mais a ineficiência do sistema de segurança brasileiro, faliu!
    A situação foi impulsionada pelo desarmamento sugerido pelo PT, que tirou a arma da mão do cidadão e deixou a bandidagem armada.

  6. Carvalho disse:

    Já que o poder público não toma providência garantindo a segurança da população e prendendo os marginais, o poder irá emanar do povo.
    Observe-se que andaram toda a Bernardo Vieira até a ponte de Igapó e não passou no local uma viatura sequer.
    O estado do RN também tem que ser chamado à responsabilidade.

  7. Lúcia santana disse:

    Ótimo bom de +.

  8. Carlos disse:

    É a falência total do poder público potiguar em todas as suas responsabilidades. É triste.

  9. Azevedo disse:

    Isso foi pouco, era para ter dado uma camada de pau nesses dois vermes, pois só assim teria tirado os dois de circulação por um bom período. Acho que o castigo foi pouco.

  10. Jasiel disse:

    Na verdade eles não foram até a delegacia, foram obrigados a pular da ponte de Igapó com as mãos amarradas, um foi encontrado por pescadores e já está em casa, o outro não se sabe até o momento se escapou ou não!

  11. Fernando Antonio R. Bastos disse:

    O Senhor Antonio Lopes, com todo respeito, provavelmente nunca ouviu falar de marginais em canto nenhum ou faz parte dos "DEREITOS DOS DESHUMANOS", que só protege bandido.

  12. Dr. Veneno disse:

    Isso foi pouco.
    Deveriam ter ordenado subir num poste e se pendurado nos fios.
    Tolerância zero!!

  13. Fernando rocha disse:

    Tudo errado…. Falecencia de ambos os lado …. N sei quem é mais criminoso….

    • sandra disse:

      Fernando Rocha, pegue os bichinhos inocentes e leva para a sua casa.

    • paulo disse:

      Esses MARGINAIS atiram em INDEFESOS como o caso recente do vigilante, a pouco tempo atrás numa moça da Zona Norte, não podemos mais tolerar esses CANALHAS, SAFADOS, SEM-VERGONHAS que matam a toda hora as pessoas TRABALHADORAS, DECENTES, HONESTAS. Se o sr. é adepto de Meliantes acolha-os em sua casa.

    • Thiago disse:

      Bom dia Sandra, eu acho que vivemos em uma democracia, no qual todos tem direito a ampla defasa e o contraditório. Isso é papel da segurança pública e do judiciário. No dia que pegarem alguém da sua família e imputarem um crime(Calúnia) e esses sofrerem um lixamento, quero ver qual será sua reação. Agora ninguém vai lá na assembléia "lixar" os fantasmas, que desviam milhares de reais que seriam destinado a saúde, segurança e educação. É muita hipocrisia!

    • Jackson disse:

      Fernando Rocha, é por causa de pessoa que pesam como vc que hoje nao temos mais PAZ! Ta com pena? Leva pra tua casa. TEM QUE BAIXAR O CACETE MESMO!!!!!!!!

    • Thiago disse:

      É difícil demais frequentar um blog que só "autoriza" os assuntos que convêm. Imparcial demais. Falou na assembléia, você corre!

  14. Marcos disse:

    Na verdade foram pro endereço errado, o correto seria ir direto para o cemitério, lá estaria já dois buracos aguardando esses elementos. Enterra-los vivos.

  15. Antônio Lopes disse:

    Isso é um caso gravissimo de constrangimento. Onde estão os protetores da sociedade a turma dos direitos humanos. Os meliantes podem pedir uma indenização por danos morais e o pior é que os vagabundos podem ter traumas psicológicos para o resto da vida. Danos irreversiveis.

    • Edivaneide disse:

      Grave foi o que aconteceu com a dona Gisele, Karolaine, o vigilante e outros mais, esses familiares que já passaram por violência cometidas por esses bando de assaltantes só elas sabem a dor que estão passando, a população não aguentam mais, os cidadãos e cidadãs saem de suas casas para trabalharem sem terem a certeza de que voltarão em paz, a atitude do pessoal foi mais do que correta, pressão psicológica sofre os cidadãos e cidadãs de bem quando eles pegam. É muito fácil querer jogar pedra no outro, quando a pessoa vem tendo a sorte de não acontecer com si e com o próximo.

    • Rômulo disse:

      Tem gente que não sabe reconhecer uma ironia…

    • DAMIÃO ROCHA disse:

      Antonio Lopes, saudações!
      Leve-os para conviver com a sua família e reeducá-los, aproveitando para pagar plano de saúde a fim de terem assistência psicológica, tendo em vista sua tamanha preocupação.
      Vigilante paraplégico (trabalhador, gerador de impostos, Homem de bem), jovem universitária morta por motivo fútil e semana passada um amigo meu, o saudoso Joaquim, jovem de expressivo futuro, também foi morto pelos seus defendidos.
      Sucesso na sua batalha, que não vai ser fácil, já te adianto!!!

    • Jackson disse:

      Antônio Lopes,tomara que o que sobreviveu vá fazer uma visita a vc para pedir conselhos de como processar um multidão cansada de sofrer na mão desse e de outros tipos de bandido… há e na saída da sua casa espero que ele faça com vc o que andava fazendo na rua quando os pegaram, quem sabe assim vc começa a enxergar q pra vagabundo a unica moradia deve ser o CEMITÉRIO.

  16. escroto disse:

    Agora tu imagina se a populacao brasilera fizer isso com os deputados e senadores em brasilia, vai fechar ate as lojas de Roupas de DF. Kjkkkkkkk

  17. Damião Rocha disse:

    Pena que ninguém brincou de "tiro aos alvos". Mas entendo, pois a população está desarmada, enquanto bandidos estão muito bem armados e também municiados. Eita Brasila que eu ainda acredito, mesmo que em sonho!!!

  18. Uhullll disse:

    PQP QUERIA TER VISTO KKKKKKKKKKKKKKKKKKK #tomelhethug

Black blocs, não. Agora são bandidos

Morreu o cinegrafista Santiago Ilídio Andrade, 49 anos. Trata-se daquele profissional que foi atingido na cabeça por um rojão vadio enquanto tentava filmar a enésima erupção de fúria da “minoria de vândalos” que se infiltra nas “manifestações pacíficas” para transformá-las em surtos de desordem. Eles finalmente obtiveram seu primeiro grande feito. Já dispõem de um cadáver.

Com seus protestos de inspiração anarquista, a estudantada de músculos inflados, de cara coberta e de índole violenta ainda não produziu a derrocada do capitalismo. Mas talvez consiga revolucionar a semântica dos protestos. As palavras agora devem ganhar novo sentido. “Minoria de vândalos”? É muito pouco! Black Blocs? O escambau! Eles são bandidos.

Supremo paradoxo: exaltados pela mídia do tipo Ninja como inimigos da ordem burguesa e das grandes corporações, os criminosos bem-nascidos levaram ao túmulo um trabalhador. E graças às irmagens captadas pelas lentes da velha mídia os selvagens mascarados que manusearam o rojão ganharam uma visibilidade que, por hedionda, desafia a ineficiência da polícia.

De repente, descobriu-se que as pessoas que investem contra policiais e jornalistas, incendeiam carros de emissoras de tevê, depredam estações de metrô, atacam agências bancárias, destroem caixas eletrônicos, estilhaçam vitrines de lojas, lançam coqueteis molotov em prédios públicos, matam cinegrafista… essas pessoas não têm uma sensibilidade à altura das suas realizações. Ou, se têm, não conseguem expressá-la.

Quando pilhados, os bandidos fogem. Se apanhados, eles silenciam. Se falam, não dizem coisa com coisa. Os bandidos não têm a capacidade de refletir sobre os efeitos de suas ações. Eles são criminosos justamente porque não são pensadores. Se pensassem a respeito, não cometeriam os crimes. O forte da facção de preto é o tórax, não o cérebro. Eles invadem o Código Penal porque não sabem fazer frases. Se soubessem, talvez fizessem cartazes, não cadáveres. Quem tem dois neurônios e sabe fazer frases deve chamá-los de bandidos. Sob pena de a democracia deixar de fazer sentido.

Josias de Souza – UOL

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Luciano disse:

    Perfeito. Assino em baixo.

  2. Sergio Nogueira disse:

    Precisou um membro da imprensa morrer para que chegassem a mesma conclusão que muitos já tinham chegado desde o começo dessa modinha de ir pra rua gritar "Vem pra rua, vem!".
    Esses patifes, que em Natal eles são ovacionados por quem deveria ser os primeiros a lhes repreender, que são defendidos ardorosamente, que recebem o afeto de servidores da saúde quando eles caírem e ralarem os joelhinhos, demonstram desprezo com a ordem, o patrimônio e a vida humana.
    Enquanto eram PMs os atingidos, talvez por não serem considerados humanos, estava tudo dentro de um programa normal de manifestantes. Nada além de jovens que lutavam por um país melhor e para isso eles espancavam Policiais, lançavam coquetéis Molotov, pedras, paus, mas isso, pela ideia transmitida, era normal. Como crianças que choram contra a ordem da professora de deixar o parquinho e voltar para sala de aula.
    Quando aparecia um PM respondendo a altura agressão anterior e não documentada, tome manchetes com adjetivos que iam de "despreparado" a uso da "barbárie contra singelos colegiais".
    E agora imprensa? Doendo em vocês, esses vagabundos são manifestantes, assassinos, estudantes, bandidos, são o que?
    Esse ato, ao que se noticia, e repetindo versão corrente na Terra de Poti (?), teve como causador marginal ligado a Deputado do PSOL do Rio de Janeiro. Um partido político estar ligado a atos desse naipe já mostra a que veio seus integrantes e militantes, ou não?
    Os carrascos do cinegrafistas só erraram numa coisa: o alvo. Se fosse um PM morto hoje, os jornais e redes de TV estariam dando o melhor silêncio ao caso.
    Por fim a todos que de forma direta ou indireta apoiam essa corja, aos que se omitem em combater essa praga, os que defendem nas mídias esses vermes, fiquem com o corpo desse cinegrafista pesando em suas consciências e que um dia todos vocês possam se encontrar com a punição, ainda que no plano espiritual.

    • Danilo disse:

      Sérgio, você disse tudo!

    • Danilo disse:

      A mídia esquerdista ainda traz o vetusto ranço do combate à ditadura, por isso rechaça toda e qualquer atitude mais enérgica da polícia contra manifestantes. Vamos ver agora, tendo provado na própria carne as consequências dessa frouxidão policial forçada por eles próprios, se mudarão de opinião e passarão a apoiar o uso da força para conter esses bandidos que se inserem clandestinamente nas manifestações para dar vazão às suas frustrações e atentar contra as pessoas e o Estado democrático.

  3. paulo kasinsk disse:

    Frase perfeita, na veia: "O forte da facção de preto é o tórax, não o cérebro."

  4. Onézimo Fernandes disse:

    Texto que merece uma reparação no título. Ao invés de "agora" diria que SEMPRE foram bandidos.

    • Andierison disse:

      Esses sujeitos sempre foram bandidos. Essa história de protesto e de Rolezinho sempre me cheirou mal. Coisa de bandido. Fora marginais, fora de nosso convívio, é o que desejamos.

Bandidos baleiam estudante em tentativa de assalto em Macaíba

Dois homens balearam um estudante de 18 anos na noite dessa sexta-feira (7) em Macaíba, na Região Metropolitana de Natal.

O crime aconteceu após uma tentativa de assalto. Segundo testemunhas, a vítima conduzia uma moto quando foi abordada por dois homens, que dispararam três vezes. Os tiros atingiram os braços e o pé do estudante.

Apesar dos ferimentos, o jovem conseguiu se dirigir a um pronto-socorro da cidade e passa bem. Os criminosos conseguiram fugir e até o momento não foram localizados.

[VÍDEO] Bandidos de moto assaltam motoristas parados em semáforos à luz do dia em Natal

Essa vem do blog amigo Jacson Damasceno. O vídeo foi postado no youtube quatro dias atrás. As imagens captadas por uma câmera de segurança mostram dois criminosos em uma moto assaltando os ocupantes de um carro que está parado em um semáforo da Avenida Capitão-Mor Gouveia.

É possível perceber claramente a dupla se aproximando na motocicleta à direita dos veículos, rente ao meio-fio. Em seguida eles param ao lado de um Cross Fox branco. Rapidamente o marginal que está na garupa aponta uma pistola para os ocupantes do veículo e rouba um volume. Na fuga é possível ver rapidamente a arma na mão do fela da gaita miserável filho de uma que-fuça-e-ronca.

Assaltos deste tipo são cada vez mais comuns em Natal. Importante manter os vidros do carro sempre levantados, mesmo durante o dia (óbvio, para os carros que têm ar condicionado). Observar sempre a aproximação de duplas em motocicletas e tentar trabalhar com o tempo do semáforo, evitando parar neles. Caso seja abordado pelos bandidos, não reagir em hipótese alguma e não fazer movimentos bruscos.

Bandidos assaltam frigorífico e roubam carro para fuga na Zona Norte

Três homens armados assaltaram um frigorífico no final da manhã desta sexta-feira (30), na Zona Norte de Natal. O fato aconteceu por volta do meio dia, na avenida da Pompéia. Os bandidos chegaram a pé e fugiram levando um valor em dinheiro, além de um veículo Fiorino, branco, que foi abandonado logo em seguida, e recuperado pela Polícia Militar.

Segundo informações da polícia, imagens obtidas através das câmeras de segurança do frigorífico mostram como foi a ação dos assaltantes. Eles chegaram a pé. Dois bandidos estavam armados de pistola, sendo uma prata e uma preta. As testemunhas do roubo contaram que eles pareceriam conhecer o local e não demonstraram estar nervosos durante a ação.

Populares informaram a polícia, que no local onde abandonaram o veículo usado na fuga, já havia um Ford Ka, com uma mulher ao volante. Ela estaria esperando os bandidos para auxiliá-los na fuga.

A polícia continua em diligências na tentativa de capturar os bandidos.

Fonte: DN Online

Polícia prende clonadores de cartão dentro de supermercado em Natal

O blog acabou de ter a informação de que policiais civis da Delegacia Especializada em Capturas (Decap) prenderam agora há pouco um grupo especializado em clonagem de cartões de crédito no momento em que eles estavam em um supermercado na zona Sul da capital.

Até agora não se tem grandes informações sobre o caso. A única informação confirmada pela Polícia Civil dá conta que os clonadores estão detidos na Delegacia Especializada em Defraudações.

Vídeo mostra cenas após a fuga em Alcaçuz

A equipe de reportagem da Tribuna do Norte teve acesso ao vídeo gravado pelos próprios agentes penitenciários instantes após a fuga de 41 presos do Presídio de Alcaçuz, em Nísia Floresta. Essa é amaior fuga da história do complexo prisional, que é um dos maiores do Rio Grande do Norte. A criatividade dos criminosos impressiona. Confira o vídeo: