REAÇÃO APÓS VAZAMENTOS: Cai para 49,4% brasileiros que apoiam prisão de Lula

A taxa de apoio dos brasileiros à prisão do ex-presidente Lula caiu de 57,9%  para 49,4%, segundo pesquisa  Atlas divulgada nesta segunda-feira.

A pesquisa divulgada após a semana de publicações sobre supostas conversas do ex-ministro Sérgio Moro também mostrou que o percentual de brasileiros contra a prisão de Lula subiu de 33,1% para 38,4%.

Apesar disso, 46,1% dos entrevistados opinaram que Lula foi condenado com base em provas.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. N.A.M.M disse:

    Com quem eu falo continua apoiando Moro e querendo Lula preso. Esse Blog ta muito tendencioso……

  2. Lampejao disse:

    AÍ MENTEEEEEEEEEEEEEEEEE……….KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

  3. ALEXANDRE MAGNO disse:

    Quem é mesmo ATLAS?

  4. Tarcísio Eimar disse:

    BG, faz essa pesquisa essa semana pelo twitter pra gente ver o resultado.

  5. Lobo disse:

    Kkkkkk, Quem pagou essa pesquisa?
    Não tiveram nem tempo de sair do gabinete de Fátima gopi? Ou foi no sindicato dos professores.

  6. Dilma disse:

    Pesquisa comprada pela esquerda !!!!

STJ determina retorno de João de Deus à prisão

Por maioria, a Sexta Turma do STJ cassou a liminar que possibilitou a internação hospitalar de João de Deus e ainda lhe negou dois habeas corpus. Com a decisão, ele voltará à prisão.

O relator, Nefi Cordeiro, destacou que João de Deus teve recente melhora de saúde, o que permite a continuidade do tratamento médico na prisão.

O ministro ressaltou que ambos os decretos prisionais contra João de Deus – por suspeita de abusos sexuais e por posse ilegal de armas de fogo – foram devidamente fundamentados.

Dos cinco ministros, quatro magistrados da Turma seguiram este entendimento – além do relator, os ministros Laurita Vaz, Rogerio Schietti Cruz e Antonio Saldanha Palheiro. Apenas o ministro Sebastião Reis Júnior votou pela concessão dos habeas corpus.

O Antagonista

Com esgotamento do último recurso na 2ª instância, mandado de prisão de José Dirceu está sendo expedido

O TRF-4 negou recurso de José Dirceu, que pedia prescrição da pena de 8 anos e 10 meses na segunda condenação dele na Lava Jato, em julgamento na sua 4ª Seção hoje.

Após a decisão, unânime, foi solicitado “imediato ofício para início do cumprimento da pena ao juízo de primeiro grau”, em Curitiba, no Paraná. Com isso, o ex-ministro de Lula pode voltar a ser preso.

Ainda é possível recorrer ao STF e ao STJ, lembra o G1 PR. E, mesmo que a pena seja executada, os advogados ainda podem tentar um último recurso, chamado de embargos dos embargos, no próprio TRF-4.

O Antagonista

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Sara Augusta disse:

    Dirceu é inocente. Todo mundo sabe que isso é golpe.

  2. M.Vinícius disse:

    Poxa que injustiça. Homem de bem, um dos pilares do Fôro de São Paulo, comunista justiceiro. Íntegro!

Comissão aprova projeto que obriga presos a pagar por suas despesas na prisão

A Comissão de Direitos Humanos do Senado aprovou nessa terça-feira (14) um projeto de lei que obriga presos a ressarcir o Estado pelas despesas com sua manutenção em estabelecimento prisional.

Pelo texto, caso o presidiário não tenha condições de indenizar o governo, “poderá valer-se do produto de seu trabalho”. Nesta hipótese, o projeto estabelece desconto mensal de até 1/4 da remuneração recebida.

“Já o condenado que reúne condições econômicas deve promover o ressarcimento independentemente de exercer atividade remunerada durante o cumprimento da pena”, diz a relatora do projeto na comissão, senadora Soraya Thronicke (PSL-MS).

A proposta original foi apresentada em 2015 pelo então senador Waldemir Moka (MDB-MS).

O texto ainda precisa ser votado no plenário do Senado e passará pela Câmara.

O projeto diz que, na hipótese de não pagamento das despesas, haverá conversão em dívida e será aplicada a legislação relativa à cobrança de dívida ativa da Fazenda Pública.

Comprovado caso de hipossuficiência, ou seja, caso fique provado que o preso não pode pagar, a proposta diz que o débito fica suspenso e só poderá ser cobrado se, nos cinco anos seguintes, o preso conseguir condições de pagar. Passado este prazo, a obrigação do preso fica extinta.

Os valores decorrentes das despesas de manutenção do preso provisório serão descontados da remuneração ou pagos com recursos próprios e depositados judicialmente.

Esses recursos devem ser revertidos para o pagamento das despesas de manutenção em caso de condenação transitada em julgado. Em caso de absolvição, serão restituídos ao preso provisório.

“Eu escuto a voz do povo e, como sua representante neste parlamento, não posso ser contrária a este projeto”, afirma Thronicke.

A senadora argumenta que o projeto não defende que o preso “seja submetido nem a trabalhos forçados nem a trabalho obrigatório”.

Folha de São Paulo

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Breno Luiz disse:

    Mas um motivo para esquerda fazer greve e passeatas, como um bandido pode pagar por suas despesas ao estado? O problema é de quem teve seus bens roubados, da família que teve seu ente assassinado, de quem teve seu comércio subtraído. Não pode atingir aos coitadinhos "excluídos" da sociedade.

Temer deixa casa para se entregar à Justiça após ordem de prisão

Ex-presidente Michel Temer passou quatro dias preso na PF do Rio em março e voltou para casa após conseguir um habeas corpus Foto: Amanda Perobelli / Reuters (25/03/2019)

O ex-presidente Michel Temer (MDB) deixou sua casa, no Alto de Pinheiros, Zona Oeste de São Paulo, às 14h45 desta quinta-feira para se apresentar à Justiça . Na noite de quarta, ele havia prometido se entregar voluntariamente, mas estava esperando a expedição do mandado de prisão. À tarde, a justiça deu prazo para que ele se entregasse até às 17h .

Neste processo, Temer e outras sete pessoas são investigados por desvio de dinheiro público nas obras da Usina Angra 3, no Rio. Ele chegou a ser preso pela Polícia Federal (PF) no meio da rua em 21 de março. Foi solto quatro dias depois por conseguir um habeas corpus.

A medida foi revogada nesta quarta-feira pela Primeira Turma do Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF-2). Também deve voltar para a prisão o coronel João Baptista Lima, amigo de Temer. Os outros seis investigados, entre eles o ex-ministro Moreira Franco, tiveram o habeas corpus mantido.

Parte das investigações contra Temer foi motivada pela delação de José Antunes Sobrinho, ex-sócio da Engevix, homologada em outubro do ano passado. Ele disse ter pago, em 2014, R$ 1,1 milhão de propina a pedido de coronel Lima e do ex-ministro Moreira Franco, com anuência do ex-presidente.

Antunes também informou à força-tarefa da Lava-Jato que foi procurado por Lima em 2010. Na ocasião, segundo ele, o coronel prometeu interferir no projeto da obra de Angra 3, com o aval de Temer, em troca do pagamento de propina.

A empresa Argeplan, do coronel Lima, participou de um contrato de R$ 162 milhões com a Eletronuclear para atuar nas obras de Angra 3, em parceria com a AF Consult, empresa que teve sedes na Suíça e Finlândia. A construtora Engevix tocaria a obra como subcontratada.

Outro delator, o doleiro Lúcio Funaro, informou à Justiça que o coronel Lima atuava como operador do presidente Temer junto à empresa estatal Eletronuclear, responsável pelas obras da usina de Angra 3. Funaro garantiu que Temer participou de esquemas de pagamento de propina a políticos do MDB, antigo PMDB, e se beneficiou deles.

Segundo o delator, o ex-presidente teria recebido valores pagos pela empreiteira Odebrecht, além de ter sido beneficiado em esquemas de propina no Porto de Santos e também por repasses do Grupo J&F, dos irmãos Joesley e Wesley Batista.

O Globo

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Cesar Filho disse:

    Falta o Queiroz!

  2. Antônio disse:

    Será que está perto de Queiroz e 01 ir também.

    • Lucia Helena Silva disse:

      Falta o almofadinha Aécio Neves
      Também sei que o Temer se muito ficar preso ficará 03 dias.

  3. Antônio disse:

    #TEMERlivre

  4. Serviço público a desejar disse:

    🙌🙌Falta só a anta da Dilma !!!!

    • Lobo disse:

      Ela é igual a Aécio, tem as costas muito largas. Mas um dia eles cairão, junto com seus protetores.

MPF volta a pedir prisão de Temer e coronel Lima

Foto: Amanda Perobelli / Reuters

O Ministério Público Federal (MPF) voltou a pedir a prisão do ex-presidente Michel Temer e do coronel João Baptista Lima Filho. O novo pedido foi feito porque a Justiça Federal em Brasília havia rejeitado o pleito original feito no momento em que foi apresentada denúncia contra o ex-presidente, o ex-ministro Moreira Franco e também o coronel Lima.

O processo envolve a investigação conduzida pela força tarefa da operação Greenfield. O ex-presidente é acusado de editar o decreto conhecido como decreto dos portos, para favorecer empresas do setor portuário em troca de propina. O ex-ministro Eliseu Padilha também está na lista dos denunciados.

Segundo o MPF, a prisão é “fundamental no sentido de resguardar a integridade das investigações e da instrução criminal, bem como as ordens econômica e pública”.

Temer já foi preso preventivamente pelo juiz federal Marcelo Bretas, do Rio, mas foi solto dias depois.

O Globo

MONSTRUOSO: MPRN consegue condenação de padastro a 81 anos de prisão por abusar de três enteadas desde a infância; vítimas tiveram filhos

Foto: Ilustrativa/iStock

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) conseguiu garantir na Justiça potiguar a condenação de um padrasto a 81 anos de prisão em regime fechado, denunciado por abusar sexualmente de três enteadas desde a infância delas. Ele já estava preso preventivamente desde o dia 21 de agosto de 2018, quando foi capturado por agentes do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco/MPRN), durante a operação Sempre Alerta. O processo é sigiloso e a decisão foi proferida pela 3ª vara da comarca de São Gonçalo do Amarante, na Grande Natal.

As investigações do Gaeco/MPRN demonstraram que a proximidade e a intimidade do réu com as meninas foi determinante para favorecer os abusos. Ele mantinha as vítimas sob ameaças que fizeram com que elas se calassem por anos. Para a Justiça, as provas produzidas durante o processo demonstram a materialidade e a autoria dos crimes de estupro contra vulnerável contra as três enteadas do criminoso.

“A justiça foi feita, muito embora não haja nada que possa trazer de volta a infância das vítimas. Ele destruiu a infância das meninas, e talvez a vida toda”, declarou a promotora de Justiça e integrante do Gaeco/MPRN, Liv Severo.

Os depoimentos das vítimas demonstram que o réu adotava o mesmo modo de agir. No início da adolescência delas, por volta de 10 anos, o padastro passava a acariciá-las e, logo em seguida, praticava conjunção carnal, de forma frequente, aproximadamente uma vez por semana, se revezando entre as vítimas.

Os exames de DNA confirmaram que os filhos das vítimas são filhos do padrasto. Uma das crianças foi gerada quando a vítima ainda tinha 13 anos de idade. As outras duas crianças foram geradas quando as demais vítimas tinham 14 anos de idade. Os depoimentos prestados pelas vítimas, contudo, confirmaram que os abusos iniciaram-se muito antes.

Na decisão, a Justiça destaca que “não há por que duvidar da palavra das vítimas, uma vez que não mostram intenção deliberada de prejudicar o réu e, inclusive, mesmo depois de adultas, por vergonha, relutaram em falar sobre os abusos sofridos”.

Disque 127

O Disque Denúncia 127 é um canal direto do MPRN para denúncias de crimes em geral. O cidadão pode ligar gratuitamente para o número. A identidade da fonte será preservada.

Além do telefone, as denúncias também podem ser encaminhadas por Whatsapp para o número (84) 98863-4585 ou e-mail para [email protected] Os cidadãos podem encaminhar informações em geral que possam levar à prisão de criminosos, denunciar atos de corrupção e crimes de qualquer natureza. No Whatsapp, são aceitos textos, fotos, áudios e vídeos que possam comprovar as informações oferecidas.

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. vanusa disse:

    Monstro foi pouco

74% dos brasileiros apoiam prisão em primeira instância ou em segunda

Pesquisa do DataSenado mostrou que 51% dos brasileiros concordam com a prisão em segunda instância. Outros 23% gostariam que ela ocorresse antes disso, na primeira instância.

Só 20% dos entrevistados defendem a linha da impunidade, que arrasta a prisão dos criminosos até a última instância.

O Antagonista

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Junin disse:

    Conversa fiada !!!; ninguém conhece uma pessoa que tenha participado dessa pesquisa!! Se não for fake….!!! E não adianta todos que estão sendo presos logo estão progredindo nos regimes estúpidos inventados por essas sumidades legislativas e do direito cômico ou trágico brasileiro!!!!!

  2. Rômulo disse:

    #LulaLivre!

  3. Fabrício Araújo Costa de Souza disse:

    APENAS 74% dos brasileiros apoiam a PRISÃO EM SEGUNDA INSTÂNCIA? Esse percentual parece pequeno, pois onde se fala nisso, 9 entre 10 pessoas concordam com a prisão.
    A quem interessa mudar esse entendimento?
    Como imaginar que ESTUPRADORES, TRAFICANTES, ASSASSINOS E CORRUPTOS SÓ IRÃO CUMPRIR PENA depois que o STF julgar seus casos?
    Isso é uma possibilidade maldita para a sociedade, VER A IMPUNIDADE SER A ORDEM JURÍDICA é o PIOR DOS MUNDOS a todos que respeitam as leis.
    Já para BANDIDAGEM É O PARAÍSO ver isso ser aceito na jurisprudência.
    PIOR AINDA, AS SENTENÇAS dos JUÍZES e DESEMBARGADORES PASSAM a SER MEROS INSTRUMENTOS PROCESSUAIS, SEM QUALQUER VALOR PRÁTICO.
    A quem interessa tal aberração??

MPF recorre e pede novamente prisão de Michel Temer

O MPF (Ministério Público Federal) recorreu ao TRF-2 (Tribunal Regional Federal da 2ª Região), nesta segunda-feira (1º), pedindo novamente a prisão preventiva do ex-presidente Michel Temer, do ex-ministro Moreira Franco e outros seis denunciados por crimes ligados a contratos de Angra 3, usina da Eletronuclear em construção.

O MPF contestou a revogação de prisões preventivas decretadas pela 7ª Vara Federal Criminal/RJ, ressaltando que as solturas afetam a investigação de crimes, a instrução do processo, a aplicação da lei e a recuperação de valores desviados.

Após a Operação Descontaminação, o MPF denunciou Temer, Franco e outros sete alvos por corrupção passiva, peculato e lavagem de dinheiro.

R7

Aécio diz que prisão ‘técnica e bem justificada tem que ser compreendida’

Foto: Jorge William / Agência O Globo

Ao chegar ao Congresso no início da tarde desta quinta-feira, o deputado Aécio Neves (PSDB-MG) comentou rapidamente a prisão do ex-presidente Michel Temer (MDB). Ele evitou se estender sobre o mérito da decisão e ponderou que ainda precisaria ter acesso a mais informações.

– Vamos aguardar. Toda prisão que é técnica e bem justificada tem que ser compreendida. Vou me inteirar. Estou chegando agora ao gabinete, depois eu falo com vocês (jornalistas) – disse Aécio.

O ex-ministro dos governos Lula e Dilma, o senador Jaques Wagner (PT-BA) criticou a prisão do ex-presidente na manhã desta quinta-feira, em São Paulo. De acordo com o parlamentar petista, há uma “precipitação” da Justiça, já que Temer foi preso sem que tivesse prestado depoimento no inquérito em que é investigado.
Wagner criticou também a “instabilidade” constante no país e citou o impeachment de Dilma e a prisão de Lula, que, na opinião dele, também foram efetivados sem que houvesse motivos concretos.

– Não posso julgar o juiz, mas as pessoas estão se precipitando pela notícia. Qual o motivo de uma prisão preventiva? Só queria entender: ele (Temer) é uma ameaça? Ele vai surrupiar prova? Não sou eu que vou julgar, porque é do direito, cabe ao ex-presidente fazer o recurso – disse o senador.

Segundo o petista, ex-governador da Bahia, há um excesso de prisões provisórias, com o objetivo de forçar os depoimentos. Em junho do ano passado, o Supremo Tribunal Federal (STF) proibiu as conduções coercitivas, mecanismo que era usado por investigadores para levar, por meio de mandado judicial, os investigados a prestarem esclarecimentos.

– Virou praticamente uma tábula rasa. Faz uma (prisão) temporária, faz uma preventiva, porque, para obter depoimento? Um ex-presidente da República não pode ser chamado para depor? Devia ser chamado primeiro para depor. Já se manifestou no processo (inquérito)? Pelo que me consta, não – afirmou Wagner.

Temer e o ex-ministro Moreira Franco, seu aliado, foram presos por determinação do juiz Marcelo Bretas, responsável pelos processos da Operação Lava-Jato no Rio. Os emedebistas são acusados de receber propina em troca de benefícios nas obras da Usina de Angra 3. As informações que embasaram as prisões estão na delação premiada do empresário José Antunes Sobrinho, da Engevix. Em nota, o MDB criticou as prisões e afirmou que a postura da Justiça é “açodada”.

O Globo

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Cigano Lulu disse:

    Jaques Wagner não perde por esperar. Tanto ele como a "ensacadora de ventos". A Justiça ainda vai alcançar- lhes os calcanhares. Ora, se vai.

  2. nasto disse:

    Esse LADRÃO era par ser o primeiro a ser preso. Além de LADRÃO o mundo todo sabe em que ele é envolvido. Mas é protegido . Não sei por quem, mas que é , È

‘É uma barbaridade’, disse Temer no momento da prisão

FOTO: EFE/Fernando Bizerra Jr

O ex-presidente Michel Temer foi preso pela Força-tarefa da Lava-jato. Kennedy Alencar disse que telefonou para Temer, que atendeu, e disse que estava na companhia de policiais federais. Temer disse ao jornalista que era um mandado de prisão preventiva assinado pelo juiz Marcelo Bretas, do Rio de Janeiro, e que estava indo para o Aeroporto de Guarulhos, em São Paulo. Kennedy Alencar ressalta que o impacto da prisão é forte. São dois ex-presidentes da República presos. Os agentes ainda tentam cumprir um mandado contra Moreira Franco, ex-ministro de Minas e Energia.

CBN

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Cigano Lulu disse:

    E é Bárbara, o nome dela? Mas não era Marcela?
    Este velho só pode estar variando.

CASO MARIELLE: Esquerda explora prisão de suspeito em condomínio que Bolsonaro tem casa; denúncias não mencionam o nome do presidente

As teorias conspiratórias não tem limite. Blogs de esquerda exploram uma coincidência: o PM reformado Ronnie Lessa, preso nesta terça-feira(12) por suspeita de ter atirado na vereadora Marielle Franco, mora no condomínio Vivendas da Barra, o mesmo de Jair Bolsonaro.

Nas redes sociais, a militância explora até mesmo uma foto do então deputado com o suspeito, e deixa no ar a interpretação para cada um.

Lessa foi preso em sua casa, no condomínio Vivendas da Barra, na Barra da Tijuca, zona oeste. O local é o mesmo em que o presidente JairBolsonaro tem casa. Os trechos da denúncia divulgados até o momento não mencionam o nome do presidente. Ao menos 34 imóveis ligados à investigação tiveram mandados de busca e apreensão expedidos. Não há notícia até o momento de quais desses locais têm relação com a família Bolsonaro.

O PM reformado, por sinal, colecionava homenagens por anos de bons serviços prestados e ficha limpa. A classe politica, inclusive, tinha o costume de homenageá-lo

Ronnie Lessa e sua guarnição, quase sempre formada pelos mesmos integrantes, eram parabenizados duas vezes por mês, em média.

Era um louvor por mês, sendo que, em 1997, no mês de março houve duas menções. Mas a PM não havia mais espaço para Lessa que junto com outros colegas da mesma guarnição passaram a dar serviço nas delegacia especializadas do Rio, como as que cuidavam de roubos de cargas _ justamente porque a maioria dos alvos era de favelas da área do quartel de Rocha Miranda, que a guarnição conhecia bem _, de capturas de presos (Polinter) e para coibir os sequestros.

Entre os colegas que seguiram com Lessa estão: Roberto Oliveira Dias, conhecido como Beto Cachorro; e os irmãos Ivan Jorge Evangelista de Araújo e Floriano Jorge Evangelista Araújo.Todos foram investigados na Operação Guilhotina, deflagrada pela Polícia Federal que apurava a corrupção policial na Polícia Civil. Lessa conseguiu não foi indiciado na época.

DISCRETO MAS EFICAZ

O então deputado estadual Pedro Fernandes (PSD), avô do secretário estadual de educação, de mesmo nome, homenageou Lessa por ser um “brilhante exemplo” para a corporação.

Lessa também recebeu moção do deputado estadual Pedro Fernandes (PSD), em 23 de novembro de 1998, avô do atual secretário de Educação Pedro Fernandes. Fernandes destacou na época: “a maneira como vem pautando sua vida profissional como policial-militar do 9º BPM. Sem nenhum constrangimento posso afirmar que o referido militar é digno desta homenagem por honrar, permanentemente, com suas posturas, atitudes e desempenho profissional, a sua condição humana e de militar discreto mas eficaz.

Com informações de O Antagonista, Folha e O Globo

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Ivan disse:

    A esquerda adora fazer palanque na desgraça alheia…

  2. VTNC disse:

    O PT E CIA FEDEM MUITO !!!

  3. Luciana Morais Gama disse:

    Sendo assim todos os moradores do prédio de Henrique Alves são suspeitos também.

  4. Joaquim Faustino Vieira disse:

    Pronto, agora chegou o que faltava. Quer dizer que se no meu bairro, na minha quadra morar um bandido, um estelionatário, um assassino, também passo a ser suspeito???
    Se assim for, quem teve todos os ex chefes escolhidos e nomeados para casa civil investigados, processados e presos, também está envolvido?
    Se assim for, quem teve todos seus ex tesoureiros investigados, processados e presos, também tem culpa direta nos crimes?
    Se quiserem a lista de associações criminosa será extensa, afinal podemos listar algumas páginas onde membros, dirigentes, tesoureiros, ministros e líderes foram investigados, processados e estão presos e assim todos os próximos também devem está envolvidos na extensa lista de pessoas e crimes
    Se essa é a lógica, então vamos usá-la até que todos sejam criminalizados pelos crimes realizados por pessoas que moram próximas ou participam do mesmo ideais

Lula consegue saída temporária da prisão para velório de neto em SP

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi autorizado, nesta sexta-feira (1), a sair temporariamente da prisão, na Polícia Federal em Curitiba, para ir ao velório e enterro do neto.

Arthur Araújo Lula da Silva, 7, morreu nesta manhã, em decorrência de uma meningite.

A autorização foi concedida com base na Lei de Execução Penal, que estabelece a previsão de saída temporária de presos para velórios e enterros de familiares, incluindo descendentes.

Ele seguirá para São Paulo em aeronave do governo do Paraná, cedida a pedido da Polícia Federal, pelo governador Ratinho Júnior (PSD).

Ao contrário do que ocorreu no passado, quando outros pedidos semelhantes do ex-presidente foram negados, os advogados de Lula se comprometeram a “não divulgar qualquer informação relativa ao trajeto que será realizado”, e disseram que irão informar o local da cerimônia de sepultamento “diretamente à autoridade policial”.

A militância, desta vez, também decidiu não fazer atos em frente à Polícia Federal –numa tentativa de “garantir todo o respeito e condições necessárias para que, ainda hoje [sexta], Lula tenha o direito de se despedir do neto querido”, segundo nota assinada pela Vigília Lula Livre.

Horas depois do pedido da defesa, o processo de execução penal de Lula, conduzido pela juíza Carolina Lebbos, foi colocado em sigilo nível 4. Assim, ele só pode ser visualizado pelo juiz e alguns servidores da vara.

No mês passado, a PF negou autorização para que o ex-presidente saísse da prisão para ir ao enterro do irmão, Genival Inácio da Silva, o Vavá, sob o argumento de falta de aeronaves e de risco à segurança de Lula e à ordem pública.

Arthur visitou o avô por duas vezes na sede da Polícia Federal, no ano passado. Era filho de Marlene Araújo Lula da Silva e Sandro Luis Lula da Silva, filho do ex-presidente e da ex-primeira-dama Marisa Letícia.

A superintendência da PF em Curitiba está em regime de plantão até quarta-feira (6), em função do feriado de Carnaval e de uma dedetização do prédio agendada para esta sexta (1).

Folha de São Paulo

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. hein? cuma? disse:

    Bom diaaa…. VCS COMERAM M**** FOI??? Onde eu desejei nada, nem fiz pouco caso da morte da criança? Sinto que o inocente tenha partido tão cedo, é triste, mas em todos os textos me referi ao presidiário, saibam interpretar textos. Ô luiz fernando, falei da tua casa? é pessoal, o tema aqui? tenha educação, seu animal. É isso aí Sinésio, ainda mais pela conta do contribuinte!! E tenho dito… fui

  2. hein? cuma? disse:

    Sinto pelo garoto, mas o LULADRÃO não está em colônia de férias,,, ESTÁ PRESO, BABACA!!!

  3. Andrey Gustavo disse:

    Cuidado "cuma" o que desejamos para os outros voltam rapidinho para nós mesmos, então não se pergunte e nem pergunte a Deus depois " o que eu fiz?" Talvez vc nem vá lembrar mais de um comentário tão desumano e cruel como esse que vc escreveu hoje, mas Deus não esquece nunca, e cobra por isso….muita paz para sua alma e para seu coração.

  4. Sinésio disse:

    Esse padrão vai fazer política no velório do neto. Já perdeu a mulher, irmão e agora o neto está pagando em vida as safadezas

  5. hein? cuma? disse:

    Cabaré perde…

    • Cidadão Indignado disse:

      Comentário ridículo! É um ser humano, embuste…

    • Ricardo disse:

      Lula é larápio, mas a lei o garante o direito de enterrar seu neto; quebra da sequência da vida é sempre mais dolorida. Netos deveriam enterrar os pais e os avós.

    • Luiz Fernando disse:

      Sua casa tb

Polícia Civil prende suspeito de estupro na Grande Natal; vítima informou que era agredida sexual e psicologicamente pelo próprio pai

Policiais Civis de Extremoz cumpriram, na tarde desta terça-feira (20), um mandado de prisão preventiva contra um homem de 32 anos. Ele é apontado como responsável por estuprar uma menor de 14 anos de idade, no município de Extremoz, em setembro deste ano.

A Polícia Civil tomou conhecimento dos fatos através de informações fornecidas pelo Conselho Tutelar de Extremoz. Em seu depoimento, a vítima informou que era agredida sexual e psicologicamente pelo próprio pai.

O homem foi autuado pelo crime de estupro de vulnerável e encaminhado ao sistema prisional, onde permanecerá à disposição da Justiça. É importante reafirmar que quem tiver quaisquer informações sobre crimes de abusos cometidos contra crianças e adolescentes, deve procurar a Delegacia de Polícia ou denunciar anonimamente através do número 181.

Polícia prende foragidos da Justiça em São Gonçalo do Amarante

A Polícia Civil e Militar prendeu, nesta terça-feira (13), dois foragidos da Justiça e também apreenderam drogas, produtos oriundos de roubo e armas de fogo. As prisões e apreensões foram em cumprimentos a mandados de busca, prisão e apreensão nas comunidades de Santo Antônio dos Barreiros e Padre João Maria, no município de São Gonçalo do Amarante.

Na comunidade de Santo Antônio dos Barreiros foram presos os foragidos da Justiça, Jhon Heberth dos Santos Flor e Emanoel Jefferson Santos Santana. Com os suspeitos as equipes apreenderam drogas e produtos roubados.

Em um imóvel na comunidade Padre João Maria, os policiais apreenderam drogas e armas de fogo. Na ocasião o foragido da Justiça Ivanildo André da Costa, vulgo “Pretinho”, junto com outros suspeitos já identificados pelas equipes empreenderam fuga no momento da ação dos policiais.

A Polícia Civil pede ajuda da população para elucidação de crimes que estejam acontecendo na cidade e também para identificar suspeitos que fazem parte de facções criminosas atuantes na região. As ligações podem ser feitas anonimamente para o número (84) 99813-1053, tendo como garantia o sigilo absoluto.

Lula poderá receber visitas de dois aliados por semana na prisão

Foto @gleisi / Twitter

A Polícia Federal no Paraná autorizou que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, preso desde o dia 7 de abril, receba visitas semanais de duas pessoas fora do seu círculo familiar de primeiro grau. As visitas serão às quintas-feiras, assim como as dos familiares, e Lula poderá escolher, entre os aliados que fizeram pedidos para vê-lo, quem poderá entrar na sala de quinze metros quadrados transformada em cela na Superintendência da PF em Curitiba. Nesta quinta, estiveram com o petista a presidente do PT, senadora Gleisi Hoffmann, e o ex-governador da Bahia Jaques Wagner.

Na última sexta-feira (27), a juíza federal Carolina Lebbos, responsável pela execução da pena de Lula, determinou que, dali em diante, os pedidos de visita ao petista deveriam ser encaminhados à PF e que ela só deveria ser consultada sobre o assunto se houver negativa da corporação. Também na semana passada, a magistrada negou visitas da ex-presidente Dilma Rousseff (PT), do pré-candidato do PDT à Presidência, Ciro Gomes, e do vencedor do Prêmio Nobel da Paz de 1980, o argentino Adolfo Pérez Esquivel, além de comitivas de governadores e deputados federais, entre outros.

Gleisi Hoffmann e Jaques Wagner ficaram, cada um, por 30 minutos com o ex-presidente. A presidente do partido foi indicada por Lula como sua porta-voz enquanto ele estiver encarcerado, enquanto o ex-governador baiano chegou a ser cogitado como um dos petistas que poderiam substituí-lo como candidato do PT à Presidência na eleição de outubro.

Veja

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. fernando alves disse:

    Infelizmente o povo perdeu mais uma vez.