Política

Luis Carlos entra na disputa eleitoral e quer uma vaga na AL

O ex-vereador Luis Carlos (PMDB) vai disputar uma vaga na Assembleia Legislativa no pleito deste ano. O peemedebista está montando sua base de apoios e alianças pelo Rio Grande do Norte, em especial, no município de Apodi na região Oeste e em Natal, onde desenvolveu um trabalho com estudantes e é conhecido como o professor Luís Carlos.

Opinião dos leitores

  1. Prof. Luís Carlos gostou de ser político e da vida pública né?! Perdeu o mandato de vereador nas eleições passadas, estava sumido durante esse tempo e agora volta para disputar uma vaga na AL…. Interessante como ninguem quer "largar o osso" ou perder a "mamada".

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Jornalismo

Para Júlio, apenas três vereadores não sofreram pressão política de Micarla

O ex-prefeito Carlos Eduardo Alves teve as contas reprovadas essa semana no plenário da Câmara Municipal de Natal (CMN) pelo placar de 15 a 6.

Para o vereador Júlio Protásio que fez parte do time derrotado, dos 15 parlamentares que votaram contra, apenas três não sofreram interferência da prefeita Micarla de Sousa. São eles: Fernando Lucena, Professor Luis Carlos e Assis Oliveira.

“Essa votação foi tida como técnica, mas foi demonstrado hoje que a votação não foi técnica, foi política. Lucena, Luis Carlos e Assis Oliveira votaram por outras razões sejam elas pessoas, políticas ou técnicas, mas votaram com isenção do poder. Do contrário, a bancada governista toda votou por causa da interferência do governo”, denunciou.

Esses demais a que se refere o parlamentar seriam: Adão Eridan, Adenúbio Melo, Aquino Neto, Alberto Dickson, Bispo Francisco de Assis, Chagas Catarino, Dickson Nasser, Enildo Alves, Edivan Martins, Ney Lopes Júnior, Mauricio Gurgel e Osório Jacome.

 

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Juiz condena Ney Jr e Professor Luís Carlos por propaganda eleitoral antecipada

O juiz Eleitoral da 3ª Zona em substituição José Dantas de Paiva julgou nesta terça-feira (13) as primeiras representações referentes a propaganda eleitoral antecipada para as Eleições 2012.

Nas sentenças, o juiz entendeu procedentes duas representações ajuizadas pelo Ministério Público Eleitoral contra os vereadores Ney Lopes de Souza Júnior e Luís Carlos Noronha e Sousa por propaganda por meio de aposição de placas luminosas em local de grande circulação e anúncio em jornal de grande circulação, respectivamente. As decisões foram publicadas hoje no Diário da Justiça Eletrônico e condenam os vereadores, entre outras medidas, a multa de R$ 5 mil cada um.

O juiz José Dantas também deferiu liminar pleiteada pelo Ministério Público Eleitoral para que sejam retirados adesivos com propaganda antecipada de José Daniel Lisboa Arruda de Melo.

Fonte: Panorama Político

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Jornalismo

Luis Carlos promete relatório paralelo e avisa: "Nós sabemos que tem mais coisa"

Durante a votação do relatório da Comissão Especial de Inquérito (CEI) que investigou os contratos firmados pela Prefeitura de Natal, o vereador Professor Luis Carlos pediu declaração do voto para justificar o motivo de ter ido de encontro a aprovação do texto do documento.

Uma das principais críticas foi a ausência de vários documentos que mostram irregularidades, a ausência de sugestão de punição para os responsáveis e a total ausência de nomes dos responsáveis. Mesmo assim, vale lembrar, que o documento encontrou várias irregularidades.  Luis Carlos avisou que a oposição está ciente dessa situação e disse que vai encaminhar um relatório paralelo para completar as informações do relatório elaborado pelo vereador Bispo Francisco de Assis.

“A coisa está tão ruim que não tinha como a bancada ter outro comportamento [senão votar favorável ao relatório]. Como sabemos que tem mais é que nós estamos sendo contra. Muita coisa deixou de ser investigada. Nós, como oposição, não podemos dizer que aconteceu somente isso. Estaríamos sendo omissos. Na próxima semana, a bancada vai mandar um relatório paralelo completando o que foi mandado. Além desses que estão no relatório, existem outros indícios. Nós sabemos que tem mais coisa e vamos mandar para o Ministério Público pra completar esse relatório”, avisou.

Opinião dos leitores

  1. Vereador Luis Carlos, meu voto é seu, você sim está mostrando ser comprometido com população e não com a prefeita como falou um certo médico-vereador.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *