Vereador Assis Oliveira participa de reunião com populares do bairro Pajuçara

Foto: Assessoria

A tarde deste sábado, 21 de julho de 2012, foi bastante movimentada para o vereador Assis Oliveira (PR). O parlamentar esteve reunido com lideranças e populares no Bairro de Pajuçara na Zona Norte da cidade. Durante o encontro o vereador escutou as necessidades da população, que através do seu representante e líder comunitário Jeová, falou da satisfação de poder contar com a presença de Assis, que prestou contas do seu mandato apresentando propostas para a melhoria de bairro como a pavimentação de ruas e avenidas e a agilidade no recolhimento do lixo.

Após a reunião o vereador Assis oliveira prestigiou o Arraiá da Escola Municipal Francisca de Oliveira, também no bairro de Pajuçara.  O parlamentar foi recebido pela Diretora Priscila, a Vice-diretora Ireneide e pelo professor de Artes Edson Trovador que apresentaram a escola e seus participantes.

O evento contou com a presença de alunos, professores e pais de alunos e tinha uma grande estrutura de barracas com comidas típicas e bebidas, além da apresentação de quadrilhas juninas e brincadeiras.“É sempre muito bom poder ver a dedicação dessas crianças e jovens para as apresentações das quadrilhas, com o compromisso e a valorização da cultura dos festejos juninos, parabéns a todos os organizadores”, declara.

 

COMENTE AQUI

Vereador quer agilidade e transparência na tramitação de projetos na CMN

A Câmara Municipal de Natal aprovou por unanimidade nesta terça-feira, 29, o Projeto de Resolução Nº 05/2011 de autoria do vereador Assis Oliveira (PR), que dispõe sobre a obrigatoriedade da informatização dos documentos da Casa Legislativas, em todos os seus setores administrativos.   A presente iniciativa visa agilizar os processos e minimizar os arquivos e documentos existentes.

Segundo o vereador autor, “O Projeto é de grande importância para a Casa, pois tem a finalidade de eliminar os arquivos volumosos em papel, que são deterioráveis e inseguros. E também a iniciativa visa aprimorar o processo legislativo e dá transparência aos trabalhos das comissões legislativa. Evitará ainda as perdas de documentos, como já aconteceu este ano”, ressalta.

O sistema de Digitalização de Documentos propiciará o acesso à informação de forma simples, rápida, objetiva e com fidelidade aos originais. Após aprovado em plenário o Projeto de Resolução terá quinze dias para ser sancionado pelo Presidente da Câmara Municipal.

 

COMENTE AQUI

ABC homenageado pela Câmara Municipal

Nessa terça-feira (09) às 18h, a Câmara de Vereadores de Natal homenageia o ABC Futebol Clube pelos seus 96 anos de existência. Propositada pelo vereador Assis Oliveira (PR), a solenidade vai prestar honras ao clube fundado em 1915, por um grupo de jovens natalenses, o Mais Querido.

A maior torcida do Rio Grande do Norte comemora o 96º aniversário com uma marca gloriosa de 52 títulos estaduais, feito que o coloca como recordista Brasileiro e de reconhecimento pela Câmara de Vereadores de Natal.

Na ocasião, estarão presentes os dirigentes do clube, o Presidente Rubens Guilherme, jogadores históricos e membros de todas as torcidas que formam a frasqueira.

COMENTE AQUI

Assis Oliveira vai para oposição a Micarla

O Blog, em contato com o futuro Vereador Assis Oliveira, que vai tomar posse do mandato a qualquer momento, depois do despacho da Juíza Erika Paiva Tinoco, teve a confirmação que o mesmo vai fazer parte, a partir de agora, da bancada de oposição a Prefeita Micarla de Souza na Câmara Municipal.

“Não teria como voltar para a Câmara para dá sustentação ao mandato de um partido que me tirou,  mesmo sabendo que a causa teria reviravolta no STF. A assinatura no documento do PV pedindo a posse de Dinarte é da Presidente do PV no RN, que vem a ser a Prefeita da cidade. Apesar de gostar muito de Micarla não tenho como justificar para meus eleitores e todos que me acompanham um situação dessas. Farei uma oposição ao meu estilo, responsável e serena.”

Portanto com a volta de Assis e Lucena, a bancada da oposição passa a ter 8 Vereadores.

COMENTE AQUI

Jaécio Carlos  10/05/2011

Assis Oliveira é uma pessoa de bem que não deveria ter sido traída por Micarla de Souza, mesmo sabendo que a ida de Dinarte Torres era ilegal, mesmo assim faz o que fez. Claro Assis Oliveira vai continuar exercendo suas funções de vereador com a dignidade e o respeito que sempre pautou a sua vida. - Responder

Eduardo  10/05/2011

Parabéns Assis pela sensatez de seus atos. Bom retorno a Câmara Municipal. Boa sorte. - Responder

Fernando Vieira  10/05/2011

Essa sem duvida e melhor noticia, seria incomcebivel depois do que M icarla eo PV orquestraram contra ele. - Responder

Lucena toma posse

Fernando Lucena toma posse hoje definitivamente como Vereador substituindo Rejane Ferreira. Lucena era o 1º suplente da coligação, com a efetivação de Hermano Morais como Deputado, ele chegou a assumir mas foi destituído por uma liminar do PMDB.

A volta de Lucena promete agitar a Câmara e a politica em Natal, para hoje já é esperado um discurso forte do Vereador no plenário e a assinatura do mesmo na CEI dos Alugueis. Parece que o TREM vai andar.

Quem deve estar tomando posse até amanha é Assis Oliveira, que assim como Lucena é o 1º suplente da sua coligação, com a eleição de Paulo Wagner passou a ser o Vereador de fato e de direito.

COMENTE AQUI

Reviravolta na Câmara de Natal

O vereador Assis Oliveira (PR), que tinha assumido a vaga do eleito deputado federal Paulo Wagner, está de volta à Câmara após decisão do Supremo determinando que a vaga e a do suplente das coligações. A decisão do Supremo Tribunal Federal saiu ainda há pouco com o voto do Ministro Cezar Peluzo fechando o placar em 10X01.

Assis Oliveira saiu da Câmara Municipal há 40 dias atrás porque o PV, partido da Prefeita Micarla de Sousa, entrou com um mandato de segurança requisitando a vaga para o suplente do partido, Dinarte Torres.

Fica a pergunta no ar: será que Assis vai voltar à Câmara Municipal para dar sustentação ao partido que governa a cidade e que tirou o mandato dele no Legislativo Municipal?

Se a posição do então vereador Assis Oliveira a partir desse momento for se oposição, a situação política de Micarla na casa dos vereadores vai complicar. Porque o outro vereador que também está voltando (Fernando Lucena-PT) é oposição declarada e barulhenta.

Se Assis entra nessa ala, a oposição passa a ter oito vereadores. Portanto, uma quantidade suficiente até para aprovar algumas CEI, seja dos aluguéis ou outras que possam surgir.

 

COMENTE AQUI

@borgesneto12  28/04/2011

Feita justiça, ganha a CMN com as voltas de Assis "ABCdista" Oliveira, homem inteligente, comedido e articulador e de Fernando Lucena, opositor vigilante, embora radical estridente na maioria das vezes. - Responder

Eduardo  28/04/2011

Parabéns a Sr. Assis. Um homem integro. Toda a sorte para o Sr. Assis Oliveira. - Responder

gleidsonandrade07@yahoo.com.br  27/04/2011

agora não tem mais volta meu amigo.É Assis de novo na câmara de Natal e foi feito justiça as coligações. Eleição coligada é mandato coligado até o fim. Valeu.... - Responder

Nervos à Flor da Pele

Nesta quarta vai a julgamento definitivo um dos maiores absurdos da política no Brasil nos últimos anos. O Supremo vai decidir se as vagas de suplentes pertencem aos partidos ou às coligações.

Durante toda história política do Brasil as vagas sempre pertenceram aos suplentes das coligações, mas no ano passado a regra do jogo foi mudada pelo ministro Gilmar Mendes, que concedeu uma liminar dizendo que estas vagas seriam dos partidos. Isso mesmo, com o jogo já em andamento.

(mais…)

COMENTE AQUI

Vereador Assis Oliveira aproveita final de semana para fazer campanha

O final de semana foi bastante movimentado para o vereador Assis Oliveira (PR). No sábado dia 28 de julho, o parlamentar fez caminhada com lideranças e populares no Bairro de Nova Descoberta na Zona Sul da cidade. Durante o encontro o vereador Assis Oliveira escutou as necessidades da população daquele bairro, como a demora no recolhimento do lixo, problema esse comum à toda capital potiguar. O Vereador também prestou contas do seu mandato.

No Domingo dia 29 de Julho foi a vez da Zona Norte. No início da manhã o Vereador visitou o Passo da Pátria, onde prestigiou o campeonato de futebol do bairro e participou de reuniões com populares. Depois fez visita aos bairros de Parque dos Coqueiros e de Pajuçara onde teve reuniões com comerciantes locais.

Após visitar a Zona Norte o vereador Assis Oliveira prestigiou a tradicional feirinha da Novena da Igreja de Santo Afosnso no Bairro de Mirassol. Assis foi com a esposa Zilma Medeiros que já participam do evento católico há vários anos. À tarde o parlamentar foi ao bairro de Soledade II e participou da procissão de encerramento da Festa de Santana, com a pregação de Padre Edilson, vigário Geral da Arquidiocese de Natal. Terminando o Domingo, foi à Catedral Metropolitana onde participou da despedida de Padre Aerton da Paróquia de Nossa Senhora da Apresentação.

COMENTE AQUI

Para Júlio, apenas três vereadores não sofreram pressão política de Micarla

O ex-prefeito Carlos Eduardo Alves teve as contas reprovadas essa semana no plenário da Câmara Municipal de Natal (CMN) pelo placar de 15 a 6.

Para o vereador Júlio Protásio que fez parte do time derrotado, dos 15 parlamentares que votaram contra, apenas três não sofreram interferência da prefeita Micarla de Sousa. São eles: Fernando Lucena, Professor Luis Carlos e Assis Oliveira.

“Essa votação foi tida como técnica, mas foi demonstrado hoje que a votação não foi técnica, foi política. Lucena, Luis Carlos e Assis Oliveira votaram por outras razões sejam elas pessoas, políticas ou técnicas, mas votaram com isenção do poder. Do contrário, a bancada governista toda votou por causa da interferência do governo”, denunciou.

Esses demais a que se refere o parlamentar seriam: Adão Eridan, Adenúbio Melo, Aquino Neto, Alberto Dickson, Bispo Francisco de Assis, Chagas Catarino, Dickson Nasser, Enildo Alves, Edivan Martins, Ney Lopes Júnior, Mauricio Gurgel e Osório Jacome.

 

COMENTE AQUI

Acompanhantes de cadeirantes terão acesso em eventos culturais e esportivos

A intensa repercussão do caso de Clarissa Anjos, a jovem tetraplégica e cadeirante cujo acompanhante foi barrado no Teatro Riachuelo na noite de sábado passado, surtiu efeito. Os vereadores Ney Junior (DEM) e Assis Oliveira (PR)  apresentaram ontem projeto de lei que garante ao acompanhante de pessoas portadoras de deficiência que façam uso de cadeira de rodas acesso gratuito a eventos culturais e esportivos.

Foi com base nessa legislação, até agora inexistente em Natal mas em vigor em outras cidades do País que Clarissa, sua irmã Camila e o noivo desta, na condição de acompanhante, foram ao teatro Riachuelo assistir a uma peça.

Segundo Clarissa e sua irmã, o acesso gratuito do acompanhante já tinha sido franqueado pelo Teatro Riachuelo em três oportunidades. Surpreendida pela negativa, a jovem cadeirante teve uma crise de choro em face do constrangimento. O comportamento do Teatro causou indignação a todos que se encontravam no terceiro piso do Midway Mall. O Blog do BG noticiou o fato em primeira mão, ouvindo as jovens e funcionários do Riachuelo. E pediu aos vereadores a aprovação de projeto de lei sobre o assunto. Agora, a decisão cabe à Câmara Municipal do Natal.

Segue projeto:

(mais…)

COMENTE AQUI

JOELMA  10/09/2011

QUE ABSURDO QUE BOM QUE TODOS SE PRONUNCIARÃO NÃO PARTIU SÓ DELA EU TB VIVO NA PELE MUITO DISSO POIS SOU MÃE DE UM CADEIRANTE E QUERO LUTAR JUNTO !!!!!!!!!!!!!!!! - Responder

Fantasma da CEI dos Alugueis..

Não são apenas as Escolas públicas e Hospitais da capital que vem sofrendo danos.

Os vereadores da Câmara Municipal de Natal, foram surpreendidos ontem após os discursos fortes dos mais novos empossados Fernando Lucena e Assis Oliveira.

A porta que dar acesso à mesa da presidência ao espaço reservado dos vereadores que é chamado de plenarinho, caiu em cima do Vereador Júlio Protásio (PSB), O mesmo ficou tonto com princípio de desmaio, mas se encontra bem.

Sem maiores transtornos, correria apenas para socorrê-lo e tentar segurar o restante da estrutura para que não acontecesse algo pior.

Vale lembrar que há poucos anos, todo o plenário passou por uma grande reforma estrutural.

Será que já foi o fantasma da CEI dos Alugueis?

COMENTE AQUI

Juíza determina posse de Assis Oliveira

A juíza da 1º Vara da Fazenda Pública, Érika Paiva Tinoco, determinou a posse imediata de Francisco de Assis Oliveira, na Câmara Municipal de Natal, em razão da decisão proferida pelo Supremo Tribunal Federal.

COMENTE AQUI

Suplentes Vereadores, quem fica e quem sai?

Hoje vai a julgamento definitivo no STF um dos maiores absurdos da política no Brasil nos últimos anos. O Supremo vai decidir se as vagas de suplentes pertencem aos partidos ou às coligações.

Durante toda história política do Brasil as vagas sempre pertenceram aos suplentes das coligações, mas no ano passado a regra do jogo foi mudada pelo ministro Gilmar Mendes, que concedeu uma liminar dizendo que estas vagas seriam dos partidos. Isso mesmo, com o jogo já em andamento.

O procurador-geral da República, Roberto Gurgel, já firmou posição a favor de que os suplentes da coligação assumam no lugar de deputados licenciados. No parecer, ele explica que as coligações foram inseridas no sistema de eleição proporcional que define as vagas e cadeiras de cada uma das legendas.

(mais…)

COMENTE AQUI

Dia 27 – Round Final

Continuação post Dois Pesos, Duas Medidas

O mesmo entendimento tem o procurador-geral da República, Roberto Gurgel, que também defende o direito dos suplentes de coligações. Gurgel, em texto encaminhado ao STF, lembrou que “os suplentes de coligações sempre terão mais votos que os suplentes de partidos”.

A pergunta é: por que Fernando Lucena e Assis Oliveira tiveram que ser desconvocados por decisão de uma juíza que se baseou em uma de várias liminares do STF?

Aliás, liminar esta que deu direito a um suplente de partido em caso de licença do titular. Lucena e Assis foram convocados em razão de renúncias de Hermano Morais e Paulo Vagner.

É justa a decisão tomada em Natal?

Em tempo: o TSE entende que não.

E no dia 27, teremos a decisão final com o julgamento no STF.

 

 

COMENTE AQUI