Geral

Tremores de terra foram registrados no RN em Caraúbas e Pedra Preta

Localização epicentral simbolizada pelo marcador vermelho no mapa/LabSis

Nessa quarta-feira (12), um tremor de terra, de magnitude preliminar 1.6 mR, foi registrado no município de Pedra Preta, no estado do Rio Grande do Norte. O evento, que ocorreu às 15h58 UTC (12h58, hora local), teve sua magnitude preliminar calculada em 1.6 mR. Até o momento desta publicação, o LabSis não recebeu a informação de que moradores escutaram ou sentiram o evento ocorrido.

Caraúbas também tem abalo sísmico

Localização epicentral simbolizada pelo marcador vermelho no mapa. Foto: Divulgação/LabSis

Ainda nessa quarta-feira (12), um tremor de terra, de magnitude preliminar 1.4 mR, foi registrado no município de Caraúbas, no estado do Rio Grande do Norte. O evento, que ocorreu às 03h13 UTC (00h13, hora local), teve sua magnitude preliminar calculada em 1.4 mR. Até o momento desta publicação, o LabSis não recebeu a informação de que moradores escutaram ou sentiram o evento ocorrido.

O Laboratório Sismológico segue monitorando e divulgando toda atividade sísmica que ocorra no estado do Rio Grande do Norte e também da região Nordeste do país, bem como, mantendo contato com a Defesa Civil local.]

 

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Tremor de terra é registrado nesta terça-feira em Pedra Preta-RN

Localização epicentral simbolizada pelo marcador vermelho no mapa. Foto: Divulgação/LabSis

Nesta terça-feira (04), um tremor de terra, de magnitude preliminar 1.5 mR, foi registrado no município de Pedra Preta(distante 149 km de Natal), no estado do Rio Grande do Norte. O evento, que ocorreu às 04h10 UTC (01h10, hora local), teve sua magnitude preliminar calculada em 1.5 mR. Até o momento desta publicação, o LabSis não recebeu a informação de que moradores escutaram ou sentiram o evento ocorrido nesta terça-feira (04).

O Laboratório Sismológico segue monitorando e divulgando toda atividade sísmica que ocorra no estado do Rio Grande do Norte e também da região Nordeste do país.

Com LabSis

 

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Tremor de terra é registrado em Pedra Preta-RN nesta quinta-feira

Localização epicentral simbolizada pelo marcador vermelho no mapa. Foto: Divulgação/LabSis

Nesta quinta-feira (29), um tremor de terra, de magnitude preliminar 1.8 mR, foi registrado no município de Pedra Preta(distante 149 km de Natal), no estado do Rio Grande do Norte. O evento, que ocorreu às 05h47 UTC (02h47, hora local), teve sua magnitude preliminar calculada em 1.8 mR. Até o momento desta publicação, o LabSis não recebeu a informação de que moradores escutaram ou sentiram o evento ocorrido nesta quinta-feira (29).

O Laboratório Sismológico segue monitorando e divulgando toda atividade sísmica que ocorra no estado do Rio Grande do Norte e também da região Nordeste do país.

 

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Sismógrafos registram nesta quarta-feira ‘avalanche’ de tremores de magnitude de até 3.3 em Pedra Preta-RN

Foto: Divulgação/SIsmos Nordeste

Nesta quarta-feira (03 de março), cerca de 26 eventos sísmicos foram registrados na região do município potiguar de Pedra Preta. Vários deles vêm sendo sentidos pela população local desde a madrugada do dia 03 de março.

Uma análise preliminar dos eventos aponta que os três tremores de terra mais fortes registrados ocorreram às 08h36 UTC (05h36, hora local), com magnitude de 2.8, outro às 09h25 UTC (06h25, hora local), com magnitude de 3.0 e outro às 09h37 UTC (06h37, hora local), com magnitude de 3.3. Esses e os demais eventos de menor magnitude ocorreram durante a madrugada e início da manhã de hoje.

O LabSis/UFRN segue monitorando a atividade sísmica utilizando a estação RCBR (localizada em Riachuelo) e demais estações pertencentes à Rede Sismográfica Brasileira (operada pelo LabSis/UFRN) na região.

Novas informações poderão ser divulgadas ao longo do dia.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Município de Pedra Preta-RN volta a registrar tremor de terra, dessa vez, na madrugada desta quinta

Foto: Divulgação

Nesta quinta-feira(03), às 03:11 UTC (00:11, hora local), ocorreu um novo tremor em Pedra Preta(município distante 149 km de Natal) de magnitude preliminar 1.5. Esse evento foi registrado pela estação de Pedro Velho (NBPV), que pertence à Rede Sismográfica Brasileira (RSBR) e é operada pela UFRN.

Mapa de localização epicentral. O epicentro está simbolizado pela estrela vermelha. Em destaque, os limites do município de Pedra Preta. Foto: Divulgação.

Vale destacar que o município registrou outros três eventos do tipo nos últimos dias, na terça-feira(01), e em 29 e 31 de agosto.

Fonte: LabSis/UFRN, RSBR, INCT-ET
Joaquim Ferreira, Eduardo Menezes, Aderson do Nascimento, Flauber Costa, Marconi Oliveira, André Tavares

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Novo tremor de terra foi registrado em Pedra Preta-RN no fim da noite dessa terça

Foto: Divulgação

No fim da noite dessa terça-feira(01), a população de Pedra Preta, município distante 149 km de Natal, voltou a sentir um novo tremor de terra. O sismo ocorreu às 22:01 (hora local; 01:01 UTC do dia 02/09) e teve magnitude preliminar 1.4. Esse evento foi registrado pela estação de Pedro Velho (NBPV), que pertence à Rede Sismográfica Brasileira (RSBR) e é operada pela UFRN. Vale destacar que nos dias 29 e 31 de agosto os sismógrafos registraram tremores no município potiguar.

Figura 1. Mapa de localização epicentral. O epicentro está simbolizado pela estrela vermelha. Em destaque, os limites do município de Pedra Preta. Foto: Divulgação.

Como se pode notar, a partir das últimas publicações, a atividade sísmica em Pedra Preta continua. No entanto não é possível saber como essa atividade vai evoluir, podendo aumentar ou diminuir.

Fonte: LabSis/UFRN, RSBR, INCT-ET
Joaquim Ferreira, Eduardo Menezes, Aderson do Nascimento, Flauber Costa, Marconi Oliveira, André Tavares

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Sismógrafos registraram tremor no interior do RN nessa quarta

Figura 1. Mapa de localização epicentral. A estrela vermelha indica o epicentro do tremor. A estrela azul indica o epicentro do sismo de 2010 de magnitude 3.5. O triângulo vermelho mostra a localização da estação de Riachuelo (RCBR). Em destaque, os limites do município de Pedra Preta. Fotos: Divulgação

Na quarta-feira(08), às 13:38 UTC (10:38, hora local), ocorreu um novo tremor no município de Pedra Preta(distante 149 km de Natal), desta vez de magnitude preliminar 1.4. Esse evento foi sentido em Pedra Preta e foi registrado por diversas estações da Rede Sismográfica Brasileira (RSBR) operadas pela UFRN.

Como se pode ver na Figura 1, o evento está aproximadamente 8 km ao sul do sismo de 2010 e 6 km a NE de Pedra Preta, e , provavelmente, não pertence à mesma falha sismogênica que os eventos de 2010. Como sempre dizemos, não é possível prever como será a evolução dessa atividade sísmica.

Fonte: LabSis/UFRN, RSBR, INCT-ET
Joaquim Ferreira, Eduardo Menezes, Marcos Pinto

Opinião dos leitores

  1. Deve ter sido em resposta pelo bloqueio do watts zap do pt que disparava fake news em massa, tendo gleise narizinho hofman como chefe da organização. Rsrsrs

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Judiciário

TCE-RN suspende reajuste de salário de vereadores do município de Pedra Preta

Foto: TCE-RN

A Primeira Câmara do Tribunal de Contas do Estado suspendeu o reajuste dos vencimentos dos vereadores de Pedra Preta em decorrência da constatação de irregularidades na Lei municipal 376/2016.

O processo foi relatado pela conselheira substituta Ana Paula de Oliveira Gomes na sessão da Primeira Câmara realizada nesta quinta-feira (24) e acatado à unanimidade pelos demais conselheiros. De acordo com parecer do Ministério Público de Contas, há inconsistência nos dados apresentados com relação ao estudo de impacto financeiro/orçamentário, o que poderia causar prejuízo ao erário público. A cautelar impede a revisão geral dos subsídios dos vereadores.

Foi definido um prazo de quinze dias, contados a partir do recebimento da intimação, para que o prefeito do município, Luiz Bandeira de Souza, oficie ao TCE o cumprimento da decisão, sob pena do pagamento de multa, além de outras penalidades previstas na legislação.

Opinião dos leitores

  1. Gostaria de pedir aos eminentes conselheiros/conselheiras do TCE/RN que por gentileza procurasse saber em relação aos salários dos nobres vereadores da câmara municipal da cidade de Santana do Matos na minha opinião é um absurdo exemplo: Cada vereador ganha 6.000,00(seis mil reais) mês por QUATRO SEÇÕES MENSAIS, realizadas as sexta-feira, e o mais vergonhoso é que amparado pelo regimento interno da câmara só é preciso ""participar de uma seção para não perder o seu salário"" ou seja basta participar só de uma seção para receber os 6.000,00 reais, vamos combinar que é muito dinheiro para uma noite só, após uma fiscalização do tce se estiver dentro da lei e da ordem, ótimo. Um abraço.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cidades

Segunda Câmara do TCE sugere restituição de R$ 348 mil decorrentes da não prestação de contas em Pedra Preta

A não prestação de contas referente ao exercício financeiro de 2005 da prefeitura de Pedra Preta, sob a responsabilidade do ex-prefeito Gilvan Inácio de Lima, levou o conselheiro em exercício Marco Montenegro, na sessão da 2ª Câmara do Tribunal de Contas desta terça-feira (02/09)  a votar pela desaprovação das contas, com restituição aos cofres públicos da quantia de R$ 348.594,07 e aplicação de multa equivalente a 30% do valor do débito imputado.  “Mesmo citado, o gestor nada apresentou em sua defesa”, enfatizou.

O atraso no envio das prestações de contas configura grave irregularidade, sujeita a aplicação de multa, entre outras sanções. Foi o que aconteceu com o ex-presidente da Câmara Municipal de Espirito santo, em processo relatado pelo conselheiro Tarcísio Costa. O voto foi o seguinte: de responsabilidade do sr. Manoel Correia de Lima: aplicação de  multa  no valor de R$ 1.050,00 em decorrência do atraso na entrega dos Relatórios Resumidos de Execução Orçamentária – RREO´s do 4° e 6° bimestre de 2004; aplicação de multa no valor de R$ 4.140,00, por conta do atraso na entrega do Relatório de Gestão0 Fiscal – RGF de 2004; de responsabilidade da senhora Ana Augusta Simas Aranha Teixeira de Carvalho: aplicação de multa no valor de R$ 3.300,00 em decorrência do atraso na entrega dos RREO´s referente ao 3°, 4°, 5° e 6° bimestres de 2005; multa de R$ 7.776,00 pelo atraso na entrega do RGF referente a 2005 e de R$ 7.776,00 de 2006, e R$ 5.400,00 de 2008, além da multa de  R$ 7.776,00 atraso na entrega da RGF de 2006; r$ 3.888,00. RGF de 2007 e R$ 7.776,00 de 2008.

Processo semelhante da Câmara de Tenente Ananias, a cargo do senhor Francisco Eduardo dos Santos.  O voto foi pela aplicação de multas no valor de R$ 14.000,00, correspondente a 30% do valor do subsídio anual do gestor, em razão da não divulgação  dos RGF´s do 1° e 2° semestres de 2012 e de R$ 2.128,00, em razão da não comprovação da publicação dos RGF´s dos semestres referidos.

Os gestores em questão ainda podem recorrer da decisão.

Com informações do TCE-RN

http://www.tce.rn.gov.br/2009/noticias/noticia_popup2.asp?id=2700

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Tremor de magnitude 3,4 é registrado nesta quarta em Pedra Preta

Nesta quarta-feira(27), às 05h50 UTC (02h50 hora local), ocorreu um novo tremor, desta vez de magnitude 3.4 em Pedra Preta. Segundo o Chefe de Gabinete da Prefeitura de Pedra Preta, Jorge Alessandro, esse tremor foi bastante sentido pela população local.

O registro do evento na estação de Riachuelo (RCBR) é mostrado na Figura 1.
RCBR_PP20131127Como se pode notar, nos últimos dias, embora a atividade sísmica tenha diminuído, no número de eventos registrados e percebidos, continuam ocorrendo tremores acima do limiar de percepção. “Como sempre dissemos, não é possível prever como a atividade sísmica em Pedra Preta vai evoluir, podendo tanto diminuir quanto aumentar, em número e magnitude”, explicaram Joaquim Ferreira, Eduardo Menezes(LabSis/UFRN; RSISNE; INCT-ET, USGS)

Sismos Nordeste

Opinião dos leitores

  1. Depois que o TRE INOCENTOU o prefeito pelo uso de CAIXA 2 na campanha eleitoral, a terra em PEDRA PRETA continua TREmendo, e pelo jeito vai continuar. Viva o TRE!!!

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Terra treme em Pedra Preta-RN no fim dessa quarta e início desta quinta

Novos tremores acima do limiar de percepção foram registrados ontem e hoje em Pedra Preta. Ontem, 13/11, às 23:50 UTC (20:50 hora local), ocorreu um tremor de magnitude 1.8. Hoje, 14/11, às 04:38 UTC (01:38 hora local) ocorreu um tremor de magnitude 2.1. As informações são do blog Sismos do Nordeste. O abalos na cidade potiguar, situada a 100 km de Natal, em linha reta, já ultrapassam os 600 desde 24 de outubro.

Na Figura 1 é mostrado, na estação RCBR, o registro do evento de hoje de magnitude 2.1.
RCBR_PP20131114

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

"ABALOS": Sesap atende pedido da Prefeitura de Pedra Preta e confirma envio de psicólogos

Em conseqüência dos abalos sísmicos ocorridos nas últimas duas semanas no município de Pedra Preta, a 115km de Natal, a Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) enviará, na manhã desta segunda-feira (11), psicólogos à cidade, com o objetivo de tranquilizar a população. A ação ocorrerá de forma integrada com o Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) de João Câmara – unidade de referência para atendimento dos moradores de Pedra Preta.

Além de psicólogos, prestarão apoio à população enfermeiros, acupunturistas e educadores físicos do CAPS realizando trabalhos de relaxamento, acupuntura, rodas de conversa e exames físicos, como aferição da pressão arterial. Haverá também uma palestra sobre as medidas a serem tomadas para se tentar lidar com as dificuldades diante dos abalos sísmicos.

De acordo com a Subcoordenadora de Vigilância Ambiental da Sesap, Iraci Nestor, “buscamos contribuir para que as pessoas possam conviver da melhor forma possível com a situação enfrentada em decorrência do desastre”. Ela explica que será feito um diagnóstico dos problemas e necessidades específicos aos moradores de Pedra Preta, para desenvolver um trabalho adequado à realidade vivenciada.

Além disso, será providenciado um treinamento por parte da Defesa Civil Estadual junto à recém-criada Defesa Civil de Pedra Preta. O foco será na preparação dos profissionais para oferecer atendimento em casos de pânico ou desastres. Equipes da Defesa Civil Estadual, Corpo de Bombeiros Militar, Samu 192/RN e do Laboratório de Sismologia da Universidade Federal do Rio Grande do Norte já estiveram no local, orientando a população. A recomendação é que, em caso de novo incidente, os moradores saiam do interior das residências até que a situação se normalize.

Opinião dos leitores

  1. A SESAP preocupada com os abalos em PEDRA PRETA e o prefeito viajando e recebendo diarias de R$ 1.500,00 ja comemorando a sua ABSOLVIÇAO NO TRE. Foi visto em Brasilia num luxuoso restaurante, bebendo 12 anos, ja por conta da COMEMORAÇAO. Viva a IMPUNIDADE!!!

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Pedra Preta tremendo e seus moradores também: psicólogos como alento ao incerto

A insegurança dos moradores levou a Prefeitura de Pedra Preta, situada a 149 quilômetros de Natal, a solicitar à Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) o envio de psicólogos para dar apoio emocional após sequência de abalos sísmicos, mais de 500, desde o dia 25 de outubro, e que tirou o sossego de todos no município.

 O pedido feito na última sexta-feira (1) está sendo analisado pela Vigilância em Saúde Ambiental dos Riscos Associados aos Desastres (Vigidesastres) da Sesap, que deverá definir a qualquer momento o número de profissionais que será enviado.

Com os tremores, as aulas estão sendo frequentemente canceladas, os moradores dormindo em suas calçadas e praças. Existem até pessoas dispostas a saírem de suas residências, algumas delas já com rachaduras, ou mudarem para casa de parentes em outras cidades, até que a situação normalize.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Pedra Preta segue tremendo, aulas são suspensas e abalos intrigam

As aulas nas escolas municipais de Pedra Preta, situado a 149 km de Natal, foram suspensas após os fortes tremores, de magnitude 3,5, sentidos no início da tarde desta terça-feira (5).

Por recomendação da Defesa Civil estadual, as aulas foram canceladas, e não é por menos. Por volta das 16h, um novo tremor foi sentido na cidade, de magnitude 3,3, e nem com a presença de autoridades de segurança os moradores estão conseguindo sossego.

O abalo sísmico no início da tarde pôde ser sentido em Natal e intriga por apresentar um número alarmante de mais de 500 tremores em seu epicentro, Pedra Preta, desde o dia 25 de outubro.

Opinião dos leitores

  1. Bruno, enquanto isso o prefeito de PEDRA PRETA tendo certeza que NAO IRIA SER CASSADO pelo TRE (ele deve ser vidente?) resolveu viajar para Brasilia. Se realmente isso aconteceu chego a conclusao que vale a pena ser DESONESTO neste Brasil.

  2. No começo da tarde teve mais um terremoto desta vez no estado de goaias a BBOM foi finalmente liberada agora publique senhor blogueiro .

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Natal volta a sentir abalo sísmico com epicentro em Pedra Preta

Natal voltou a tremer. No início da tarde desta terça-feira (5), por volta de 13h40, mais abalo sísmico, com epicentro em Pedra Preta (150 km de Natal), alcançou magnitude 3,5.

Como no abalo anterior, que foi sentido no início da manhã do dia 25 de o outubro, uma sexta-feira, muita gente sentiu, como uma outra parte não.

A maioria dos relatos, através de redes sociais, dão conta de segundos do tremor, normalmente sentido com quem estava solo fixo, em locais mais silenciosos, em casa ou trabalho. Quem esteve no trânsito em locais de grande movimentação, acabou por não sentir.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Tremores de terra: Defesa Civil Estadual coopera com plano de emergência para o município de Pedra Preta

O Governo do Estado por meio da Coordenadoria Estadual de Defesa Civil – Cedec em parceria com os Bombeiros e com Secretaria de Estado da Infraestrutura – SIN, enviou equipes para o município de Pedra Preta para dar suporte e apoio aos moradores. A Governadora do Estado Rosalba Ciarlini já entrou em contato com o Prefeito Luiz Antônio Bandeira e assegurou total apoio a população.

Às 10h30 da manhã de hoje, A Cedec estará na prefeitura de Pedra Preta com um engenheiro da Secretaria de Infraestrutura; representantes do Exército; técnicos do Laboratório de Sismologia da Universidade Federal e a equipe do Setor Técnico de Engenharia dos Bombeiros.

O coordenador Estadual da Defesa Civil, Ten Cel BM Josenildo Acioli, estará presente na reunião e lembra que desde o início de 2011 o governo vem convocando as prefeituras para criarem as suas Coordenadorias Municipais de Proteção e Defesa Civil (Compdec), que devem ser as primeiras a dar o suporte nas emergências. “Como a prefeitura de Pedra Preta ainda não havia criado, estamos trabalhando para articular junto ao Prefeito um Plano de Emergência para lidar com esta situação dos abalos sísmicos, e outras que poderão surgir”.

A Coordenadoria Municipal é o órgão responsável pela execução, coordenação e mobilização de todas as ações de defesa civil no município. As ações mais importantes da COMPDEC são as preventivas objetivando evitar (minimizar) que o desastre ocorra. O Rio Grande do Norte já possui 143 coordenadorias municipais de Proteção e Defesa Civil criadas por Lei.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *