STF: Redução de salário pode ser feita sem aval de sindicatos

Imagem: reprodução

Nesta sexta-feira, 17, o plenário do STF decidiu que não é necessária a anuência dos sindicados para acordos individuais de redução salarial. Os ministros analisaram liminar do ministro Lewandowski, para quem a previsão da MP 936/20, que instituiu o “Programa Emergencial de Manutenção do Emprego e da Renda”, era de que os sindicatos deveriam concordar com os contratos individuais firmados entre empregado e empregador para redução de jornada e salário. A decisão foi por maioria, em um placar de 7×3.

Leia a matéria completa no site Justiça Potiguar, clicando aqui.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. João deixe o Brasil urgente disse:

    É uma pergunta de um milhão de dólares? É o salários deles e de nossos nobres políticos vão ser reduzidos??????,,,,,,,

Governo anuncia antecipação do pagamento para servidores do RN

O Governo do Estado anunciou nesta sexta-feira (13), por meio do Twitter da Secretaria de Planejamento e das Finanças (Seplan), que irá adiantar para este sábado (14) o pagamento dos servidores que recebem até R$ 4 mil, além da categoria da segurança pública e 30% para quem recebe acima desse valor.

Pelo calendário que havia sido anunciado pelo Governo no começo do ano, o pagamento de março só seria feito no dia 15 (domingo) para as categorias destacadas acima.

O complemento (70%) de quem ganha acima de R$ 4 mil e o pagamento integral dos servidores de órgãos com recursos próprio seguem previstos para o dia 31 de março.

Portal Grande Ponto

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Luciano disse:

    Enquanto isso servidores aposentados tiveram descontos referente a previdência e até aqui ninguém explicou oq foi isso, já que a maldita reforma nem votada foi, alguém sabe dizer o pq os aposentados tiveram esse desconto do ipern este mês?

  2. Almir Dionísio disse:

    E os atrasados nada, esse governo já recebeu as receitas extras, falava q ia pagar e nada.
    Contrata mais servidores, mesmo com o limite prudencial extrapolado.
    Não tem nem promessa de qdo irá pagar dez e 13 de 2018.
    Aí vem que os salários estão em dia.
    Estão em dia p a governadora e sua equipe, que desde o primeiro mês do governo recebem até adiantado.
    Nós servidores efetivos, continuamos com 2 folhas em atraso.
    A justiça já deliberou o pagt corrigido e nada.
    O dinheiro deve tá indo todo p comprar Pipoka Bokus.
    Vergonhoso.

  3. Francisco S J Filho disse:

    No extrato bancário, o lançamento consta como 16 de março. Ou seja, na realidade, estaria sendo pago um dia depois da data prevista. No movimento dos bancos, governo do RN, os dias não úteis não contam. Não cabem mais enrolaçoes e conversinhas para boi dormir, pois as informações reais estão ao alcance de todos. NÃO HOUVE ANTECIPAÇÃO NENHUMA!

  4. Jose disse:

    Não esta fazendo mas do sua obrigação, não teve antecipação , simplismente porque o dia 15 é no domingo, ai automaticamente o proprio banco já deposita no sabado, o governo safado e mentiroso.

  5. Maria Madalena disse:

    E, a greve dos professores? O governo não parece muito preocupado, uma vergonha!!!! Principalmente para quando era oposição tanto criticava e agora que é situação até o reajuste do piso nega. Que vergonha!!!!

  6. Bosco disse:

    NOSSAAAAAAAA! Que coisa! Né?

Governo do Estado pagará salário de dezembro próximos dias 14 e 30

Foto: Getty Images

O Governo do RN pagará o salário do mês de dezembro nos próximos dias 14 e 30. O critério de pagamento segue o mesmo do mês de novembro, com adiantamento integral a quem recebe até R$ 4 mil e 30% para quem recebe acima desse valor. A categoria da Segurança Pública também recebe integral no próximo dia 14. E os órgãos com arrecadação própria e a Educação, recebem tudo no dia 30.

Já o último dia útil do mês de dezembro, 31, será reservado para o pagamento do 13º salário de 2019, dia seguinte ao repasse pela União dos R$ 160 milhões referentes ao leilão da cessão onerosa – recurso extraordinário essencial para quitação da folha. A depender do horário do repasse pelo Governo Federal, é possível que falte tempo hábil à instituição financeira para realizar todos os depósitos no mesmo dia e uma pequena parte do funcionalismo pode receber o salário dia 2 de janeiro.

Hoje (6), o Governo do Estado concluirá mais uma operação a fim de obter recursos extras: a antecipação de parte dos royalties do petróleo e do gás natural. O processo está em fase final de análise documental.

No último mês de agosto, a equipe financeira do Executivo conseguiu, com sucesso, a venda da folha do Estado pelo valor de R$ 250 milhões, descontando R$ 130 milhões junto ao Banco do Brasil para quitar a dívida de consignados deixada pela última gestão.

Com a venda da folha e a operação dos royalties, o Executivo conseguirá R$ 300 milhões em recursos extras, o que viabiliza o pagamento do 13º salário dos servidores. Assim, será encerrado o ano com todas as 13 folhas de 2019 pagas em dia.

Somado às folhas do corrente ano, também foi pago o passivo de dezembro de 2017, concluído no último mês de julho. Além disso, há possibilidade de amortizar parte das folhas em atraso de 2018 até 2 de janeiro, quitando 15 folhas. No mesmo período do ano passado, muitos servidores tinham recebido apenas 10 salários.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Rafael disse:

    Lembrar que Fátima pagou, até adiantado, desde janeiro até aqui. Porque não iria pagar agora. Parem de terrorismo.

  2. Arthur disse:

    Com esse empréstimo o RN perde a entrada de 15 milhões por mês, pois o dinheiro do royaties irá direto para o caixa da Daycoval. Parabéns governadora. Mais um ativo que já era.

    • Roberto disse:

      Não está fazendo mais do que a obrigação de pagar aos servidores.

    • Rômulo© disse:

      A antecipação foi de parte dos royalties, não de todo. Procure se informar melhor antes de citar números.

    • Sertanejo disse:

      Ok. E iria pagar o 13° como se não fosse desta forma?

    • Manoel disse:

      Respondendo a Sertanejo, quando ela era candidata ela dizia que tinha dinheiro e Robinson não dava prioridade pra pagas os salários dos servidores, agora não tem e tem que fazer empréstimo, ou ela mentiu antes ou tá mentindo agora, não posso deixar de chamá-la de mentirosa.

Procurador de MG que chamou salário de R$ 24 mil de ‘miserê’, recebeu R$ 124 mil nos dois meses seguintes

Foto: Reprodução

O procurador de Justiça do Ministério Público de Minas Gerais Leonardo Azeredo dos Santos, que se se envolveu em uma polêmica ao julgar como ‘miserê‘ seu salário de R$ 24 mil, recebeu bem mais do que isso em agosto e setembro. Ele foi beneficiado com R$ 124 mil nos dois meses.

O valor a mais veio por conta de indenizações e remunerações retroativas. Azeredo tirou licença médica em setembro, retornando no dia 7 de novembro.

Em agosto, o procurador recebeu um salário de R$ 35.462,22. Porém, com as indenizações, o provento foi a R$ 76.794,29.

Em setembro, o holerite, com os complementos, foi a R$ 47.235,56. Somados os dois meses, Azeredo recebeu R$ 124.029,85.

Relembre a polêmica aqui no Justiça Potiguar.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Cristian disse:

    Bora estudar cambada de invejosos, só assim poderemos subir ao Olimpo e pisar nos outros.

  2. Maria disse:

    NOJO desses sujeitos sisudos e que precisam ser constrangidos sobre esses abusos em publico.
    Isso é uma vergonha, todo mundo sabe do trem da alegria que rola na justica e MP e nada se faz.
    Tem que ganhar força um movimento abaixo regalias: 90 dias licenca premio, 60 dias ferias, ate 30 folgas por plantao, 20 dias recesso e RESTA QUASE 6 MESES DE EMPREGO, pq trabalho que é bom nada.
    Alem de toda essa folga, chove beneficios pagos com nosso dinheiro como celular top e contas pagas, tabletes, auxilios diversos e ainda inumeras indenizações retroativas que viraram ordinarias.
    O portal da transparencia prova toda essa realidade.
    CHEGAAAAAAAAA

  3. Felipe disse:

    PQP
    Os abusos que essas categorias estão cometendo é inaceitável.
    Temos que mudar a lei e a brecha que esta permitindo esses abusos.
    É um verdadeiro tapa na cara dos trabalhadores!
    Esses caras não tem moral para julgar corruptos!

  4. Geo disse:

    Canalhas, falso moralista!
    Só pensam em dinheiro, a situação ficou abusiva e revoltante.
    Fim de regalias e respeito ao teto já!

  5. Joaquim disse:

    Esse pessoal da justiça e d MP são o câncer do Brasil!
    O povo precisa fazer pressão para acabar a farra dessa turma, cheia de regalias e penduricalhos para driblar o teto.
    Tem que tirar o poder da caneta desse pessoal , pois a farra de benefícios administrativos em proveito proprio ficou escancarada!
    CHEGA!!!

  6. David disse:

    Quem não chora não mama. São uns verdadeiros fdps

Caio tem salário da Globo penhorado por dívida de empresa de familiares

Reprodução / TV Globo

A Justiça de São Paulo determinou, em 1ª instância, a penhora de 10% dos salários do comentarista Caio Ribeiro, da TV Globo. Ele foi incluído no processo movido pela RDG Fundo de Investimento contra a Maxxilab Exames Laboratoriais, empresa esta que pertence aos familiares do ex-jogador. Caio não é sócio da empresa, mas o Tribunal entendeu que o profissional entrou como avalista em um contrato de R$ 280.754,73 que gerou a ação judicial.

A empresa Maxxilab, do ramo laboratorial, tem como sócios Dorival Decoussau e Wilson Decoussau, pai e tio de Caio, respectivamente. No processo, a RDG Fundo de Investimento alega ter celebrado acordo de Cessão de Crédito com a Maxxilab. O fundo comunicou na Justiça que adquiriu títulos de crédito da Maxxilab, que seriam gerados por serviços da empresa laboratorial. No entanto, o que os advogados da RDG alegaram que a Maxxilab não gerou os recursos previstos, ou seja, a empresa dos familiares de Caio adquiriu capital pela RDG, mas não teria efetuado os serviços estabelecidos no acordo.

De acordo com o autor da ação, uma nota promissória no valor de R$ 280.754,73 foi colocada como garantia de pagamento por parte da empresa de Dorival e Wilson. Mesmo não sendo ligado à empresa, Caio Ribeiro foi um dos avalistas do acordo, segundo reivindica a RDG. A empresa anexou no processo um documento que seria a nota promissória.

Segundo o jurídico da RDG, a promissória deveria ter sido paga em 24 de janeiro de 2019, mas nenhuma quantia foi depositada. Em 2 de abril deste ano, a juíza Cláudia Campana entendeu que existia o débito e determinou que os sócios e Caio quitassem a dívida ou, então, apresentassem bens passíveis para penhora.

Na ação, a defesa do comentarista esportivo considerou ilegítima a inclusão de Caio no polo passivo, alegando que não houve autorização conjugal (outorga uxória) para a anuência do contrato. Mas a Justiça negou a contestação do jurídico de Caio: “A ausência de outorga uxória não invalida o aval prestado”. “Quem prestou o aval espontaneamente não pode alegar em razão da boa-fé que rege os contratos alegar nulidade absoluta”, destacou a juíza.

Para ser avalista de um contrato, não é necessário fazer parte juridicamente da empresa envolvida no serviço; é apenas estar envolvido com o cumprimento do débito, algo similar a um fiador, por exemplo.

Contas de Caio entraram na mira da Justiça

Em maio, a Justiça ordenou o bloqueio de R$ 21 mil de uma conta bancária de Caio. As contas dos sócios e da Maxxilab também foram monitoradas judicialmente, sendo encontrados apenas R$ 27.

Em 19 de julho, a juíza Vanessa Sfeir deferiu o bloqueio das contas físicas do comentarista esportivo, mas indeferiu pedido de penhora da conta jurídica de Caio. O comentarista presta serviço como pessoa jurídica para a Globo.]

Na decisão de julho, Vanessa Sfeir concluiu que os valores referentes a salário são impenhoráveis. O jurídico da RDG contestou.

Em nova decisão, Tribunal penhora salário de Caio

Em novembro, a Justiça determinou a penhora de 10% do salário como PJ que Caio recebe da Globo. A penhora vigorará até que o débito seja quitado integralmente. O valor do salário não foi informado. À Justiça, a defesa de Caio Ribeiro informou que recorrerá da decisão.

Intimada pelo Tribunal, a emissora carioca entregou documento com informações do contrato firmado com o comentarista.

Para justificar a decisão de penhora de parte do salário de Caio, a juíza Cláudia Campana destacou que o valor penhorado (10%) não comprometerá a manutenção das despesas básicas (alimentação e moradia).

Além disso, a juíza ressaltou que houve flexibilização nos tribunais em assuntos relacionados à penhora de salário.

“Os valores decorrem, nesta execução, de notas promissórias, de natureza não alimentar, que justificam a possibilidade de penhora de 10% do valor, o que não irá acarretar de per si prejuízo à manutenção do executado e de sua família. Observando que o inciso do art. 833 não se direcionam somente a dívidas alimentares. Posto isso, defiro a realização de penhora de 10% dos rendimentos mensais líquidos que o executado aufere da Globo Comunicação e Participações S.A”, decidiu a juíza, em 6 de novembro.

“Sirva esta de ofício à Globo Comunicação para que deposite nesses autos, mensalmente, até o limite da execução, 10% do valor do rendimento mensal do executado Caio Ribeiro”, finalizou.

Ao UOL Esporte, a assessoria jurídica do comentarista e da empresa Maxxilab informou que não comentará o assunto. A assessoria de comunicação da Rede Globo foi questionada na sexta-feira passada, mas não se pronunciou até o fechamento da edição.

A reportagem entrou em contato com o escritório Teixeira Fortes, que atende à RDG. O advogado Mohamad Hassan comunicou que entrará com recurso pedindo para que a Justiça eleve para 30% o bloqueio do salário.

“A decisão que deferiu a penhora de 10% é positiva, entretanto não satisfaz os interesses do nosso cliente, tampouco atende às necessidades do processo. A lei limita a proteção de impenhorabilidade à importância de 50 salários mínimos. O Caio Ribeiro recebe mais do que a previsão legal protegida, por isso não tem nenhum direito de fugir desse bloqueio. Estamos preparando o recurso contra a decisão, porque o caso, evidentemente, impõe que a penhora se estenda a no mínimo 30% da remuneração dele”.

UOL

 

Governo do Estado deverá pagar 13º junto com salário de dezembro

Fotos: Felpe Augusto

O Governo do Estado deverá pagar o décimo terceiro de 2019 junto com o salário de dezembro, nos dias 14 e 30 do próximo mês. A definição depende somente da data que será feito o repasse do recurso da cessão onerosa do pré-sal por parte do Governo Federal. A informação foi dada nesta terça-feira (19) na reunião do Fórum dos Servidores Públicos Estaduais com o governador em exercício, Antenor Roberto, o secretário-chefe do Gabinete Civil, Raimundo Alves, e equipe econômica do Governo.

O governador em exercício, Antenor Roberto, ressaltou que os números do fluxo de caixa de novembro apresentados na reunião pelo secretário de Planejamento, Aldemir Freire, evidenciam a situação de dificuldade porque passa o Estado. Por isso, disse ele, é fundamental a relação de confiança entre sindicatos e a administração. “Ressalto todo o esforço da governadora Fátima Bezerra que mesmo assim vai fechar o ano com os salários de 2019 em dia, incluindo o décimo terceiro”, salientou.

Diante da promulgação da Proposta de Emenda Constitucional (PEC) da Previdência do Governo Federal, os representantes sindicais cobraram do Governo do Estado sua proposta no que se refere à previdência dos servidores estaduais. Segundo Raimundo Alves, o esboço de uma proposta será apresentado no dia 17 de dezembro, quando será realizada nova reunião com o Fórum de Servidores, desta vez para apresentar o fluxo de caixa do ano.

Pagamento de dezembro

O Governo vai pagar no dia 14 de dezembro o salário integral para quem ganha até R$ 4 mil e para os servidores dos órgãos da Segurança Pública, além de 30% do salário de quem recebe até essa faixa salarial. No dia 30 será feito o pagamento do restante de quem ganha mais de R$ 4 mil e o salário integral dos servidores dos órgãos com arrecadação própria.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Pedro disse:

    Não é a simples questão de acreditar num papagaio de pirata (o vive), a questão é a mentira simplória e deslavada feita por um homem público, que deve sempre falar a verdade. Que salário em dia cara pálida, vcs só falam no que está dentro do mês e ano, e o que está para trás em atraso, e dívida de quem? Melhoria seria o senhor se enxergar.

  2. Assis porto disse:

    Lembrando que dia 30 o banco só funciona internamente para balanço, 28 é sábado e 29 domingo para pagar dentro do mês seria dia 27 na sexta feira, então com certeza esse calendário é balela.

  3. Assis porto disse:

    Outro eta péssimo não pahava ao servidor serviços prestados a população era zero

  4. Cidadão disse:

    P quem acredita em saci Pererê. 💸

  5. Ivan disse:

    Estamos trabalhando apenas para pagar a folha de um serviço público de péssima qualidade…Investimentos e melhorias p/o povo, nada!!! Estadoq só serve ao servidor…

    • Anti-Político de Estimação disse:

      Resultado de DÉCADAS de desmandos e roubalheiras por parte dos grupos e familias que dominaram o Estado do Rio Grande do Norte há priscas eras. Hoje estamos estamos colhendo esses "frutos podres".

Procurador que diz viver no ‘miserê’ com salário de R$ 24 mil está de licença-médica remunerada

Reprodução/G1

É destaque no Justiça Potiguar. O procurador-geral de Justiça de Minas Gerais, Antônio Sérgio Tonet, disse, na manhã desta quarta-feira (11), em Belo Horizonte, que o procurador de Justiça Leonardo Azeredo dos Santos está de licença-médica.

O Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) não informou desde quando e até que data segue o afastamento.

“Como é que o cara vai viver com R$ 24 mil? O que de fato nós vamos fazer para melhorar a nossa remuneração? Ou nós vamos ficar quietos?”, questionou.

Ainda segundo Tonet, a fala de Santos é uma opinião “divorciada” dos demais membros do MPMG e que não representa o sentimento da classe.

Veja matéria completa aqui.

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Sirlei disse:

    Insatisfação! Pessa exoneração e vá ernpreender, gerar emprego e renda.

  2. manezinho disse:

    ganhar 24 mil deve ser muito estressante, principalmente tendo 2 meses de ferias ou mais por ano. Muito estressante. Deve ser porque estudou pra aprender a ser cara de pau.

  3. Kaká disse:

    E existe licença médica não remunerada?

Procurador de Justiça reclama de falta de reajuste em salário de R$ 24 mil: “Vamos ficar nesse mizerê?”

O Justiça Potiguar destaca que procuradores de Justiça de Minas Gerais estão insatisfeitos com o salário mensal de R$ 24 mil. Alguns deles expressaram o sentimento durante uma reunião da câmara de procuradores, que discutia o orçamento do Ministério Público para 2020.

Durante a reunião, que teve o áudio publicado no site do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), o procurador Leonardo Azeredo dos Santos pediu a palavra e fez um desabafo aos colegas e ao procurador-geral de Justiça, Antônio Sérgio Tonet. Leonardo reclamou do salário de R$ 24 mil.

“Quero saber se nós, no ano que vem, vamos continuar nessa situação ou se vossa excelência já planeja alguma coisa, dentro da sua criatividade, para melhorar nossa situação. Ou se vamos ficar nesse mizerê”, disse o promotor.

Veja todos os detalhes aqui com repercussão.

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Rodrigo Mendes disse:

    É muita de vergonha, um filho da puta desse, vendo a situação financeira do País, ainda vem falar em aumento, já com o salário altíssimos que eles tem….Ao invés de vc tomar remédio, devia tomar era veneno de rato pra morrer logo…De vermes igual a Leonardo Azeredo, o Brasil se está cansado…Seu filho da puta!!!!

  2. Fabio disse:

    Brasil comédia geral, a sociedade e culpada, queria ver uma anarquia emcima dessas corjas corruptas e desprezíveis, baixar o cacete, destruir carros, lanchas, mansões o Brasil entrar em colapso. Porque esses que se acham tem que ganhar mais que as demais classes. 24 mil da pra contratar 11 pessoas com salário de 2000 e garanto que fariam o serviço dessas coisinhas ai brincando.

  3. Azevedo disse:

    Mande esse FDP pedir demissão e ir para a porta das delegacias de polícia defender bandido, acho que ele vai ganhar mais.

  4. Anonimo disse:

    Sintomas da doença Depressão… Ele menciona estar sendo medicado (esperamos que em tratamento médico especializado). Demonstra sentimento de intenso sofrimento/ansiedade no tom de voz e ritmo da fala (parece sentir desespero e pressão), bem como quando utiliza os termos "me salvar"; "salvar a minha pele"; "limitação"; não estar conseguindo arcar com as obrigações financeiras e com consequências diretas para seus filhos e a mãe deles (não importa o valor nem o motivo, naturalmente causa ansiedade em qualquer pessoa).
    Caridade para com ele, ser humano como todos.
    Melhor palavras de incentivo para guiar sua superação na doença , bem como à hábitos e padrão de vida novos para ele e sua família.
    Orações para ele e família, bem como ex-mulher se for o caso. Que todos os integrantes da família possam compreender a situação e conseguir apoiá-lo, mudando inclusive as demandas de consumo, caso seja o caso.
    Todos podemos aprender com as situações difíceis (as que são difíceis , aos nossos olhos). Sair fortalecidos.
    Ele, sua família, e a mãe de seus filhos, poderão sair desta problemática melhores e unidos.
    Esperamos apoio também das pessoas do local em que ele trabalha, e de todos nós que tivemos acesso ao conteúdo da conversa.
    Que a divulgação não venha a ser causa de agravamento dos sintomas da doença a qual está padecendo.
    Finalmente, pela humanização da integralidade dos seres humanos, principalmente dos que detém o poder da possibilidade de influenciar outras pessoas através de veículos de comunicação.
    Enviamos a ele e família o nosso carinho fraternal.

    • Joana disse:

      Sr(a) psucologo(a) de blog, se esse “pobre” lhe comoveu, procure ver quanto devem receber os servidores de lá… se for como no RN, onde os membros (procuradores e promotores) receberam 16,38% sobre um subsídio que varia entre R$ 25 e 30000,00 ($ 4000 a 5000 de aumento real), enquanto os servidores terão reposição (não é aumento real, que já não acontece há mais de 10 anos) dos efeitos da inflação de absurdos 0%! Acumulam, nos últimos 5 anos, quase os mesmos 16% (sobre o vencimento básico, que varia entre $2500 e 3800). Se calculada a inflação de 2019 (3,2%), seria uma reposição entre $80 e 120…
      para 2020, mesmo que a inflação chegue a 10%, os servidores não receberão NADA (0%), já que sequer entrou previsão na proposta orçamentária!
      Então, sr(a) psicológo(a) é demais cidadãos de bom senso, percebam quem de fato gera prejuízos aos cofres… e quem tem motivos reais pra entrar em depressão pelo “miserê”…

  5. Ricardo disse:

    São insaciáveis

  6. Carlão disse:

    É uma gota de sangue em cada depoimento.

  7. Pedro Melo disse:

    Só presta assim .
    Como é que vai calar a boca da esposa chata, como é que vai bancar uma Sugar Baby, como é que dá a manutenção da lancha? Vocês tem noção de quanto gasta pra um domingo de lancha ? Tem o marinheiro, as meninas , os espumantes e muito mais …
    Bicho , realmente é muito pouco.

    E eu nem falei das roupas, charutos, viagens , carros , fazenda…
    É pouco é pouco.

    E se o marinheiro for gostoso? Ummmmm

    #piada

  8. nasto disse:

    Esse é um CABRA DE PEIA. Ele está é chiando com a miséria de muitos. VAGABUNDO.

  9. Ivan disse:

    Nimguém é obrigado a receber menos do quê acha que merece…Pede as "contas" e vai pra iniciativa privada…simples!!!Se não é homem suficiente pra fazer isso, melhor ficar calado!!!!

  10. Rosi Sampaio disse:

    É muita falta de consciência mesmo! Se acha que ganha pouco, pede exoneração. Tem milhares de pessoas querendo um cargo desses, garanto que até para ganhar menos que isso. A concorrência nos concursos da área jurídica dizem tudo!

    • M.D.R. disse:

      Venha ser funcionalismo público do RN, congelados em aproximadamente 10 anos e sem perspectiva .

  11. Milton disse:

    Vcs pensam que caixão não tem gaveta? 14 milhões de desempregados e esse pessoal com um salário desse e emprego estável ainda reclama da vida. Vão para pqp!!!!!!

  12. Orvalho de Cavalo disse:

    NOJENTO!
    Devia receber era castigo de pecado!
    Esses asquerosos cheios de mordomias e penduricalhos são o câncer do pais.
    Vai para iniciativa privada hipócrita, falso moralista.

  13. Orvalho de Cavalo disse:

    Corta em 2/3 durante dois anos. Findos os quais dá um aumento duns 30%. A tática do bode na sala.

Neymar exige mais de R$ 150 milhões em salário por temporada

Neymar terá o futuro definido até o dia 2 de setembro (fechamento da janela). Foto: Franck Fife/AFP

Neymar segue como principal nome na janela de transferências de Europa e a novela ganhou mais um capítulo nesta sexta-feira, quando o PSG impôs uma data limite ao Barcelona para realizar nova oferta. No entanto, não é só o clube francês que está ambicioso. De acordo com o programa ‘Chiringuito de Jugones’, o brasileiro quer uma alta quantia em salários na próxima temporada.

Conforme informado pela TV espanhola, Neymar teria pedido um salario de R$ 156 milhões por ano e um contrato de cinco temporadas. Barcelona e Real Madrid são os clubes que ainda brigam pela contratação do atacante de 27 anos, que já deixou claro o desejo de deixar o Paris Saint-Germain. A Juventus chegou a demonstrar o interesse pelo atleta, mas parece ter desistido do negócio.

Nesta sexta, a rádio espanhola ‘RAC1’, informou que Neymar teria feito uma reclamação com os jogadores do Barcelona pelo preço baixo oferecido pelos catalães aos franceses. A janela de transferências na Europa se encerra no próximo dia 2 de setembro e a possibilidade de Neymar seguir no PSG ainda não é descartada pela mídia internacional.

Lance

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Zé priquito disse:

    Assim como na politica, no futebol tambem jogam muito dinheiro no lixo.

TCE-RN suspende reajuste de salário de vereadores do município de Pedra Preta

Foto: TCE-RN

A Primeira Câmara do Tribunal de Contas do Estado suspendeu o reajuste dos vencimentos dos vereadores de Pedra Preta em decorrência da constatação de irregularidades na Lei municipal 376/2016.

O processo foi relatado pela conselheira substituta Ana Paula de Oliveira Gomes na sessão da Primeira Câmara realizada nesta quinta-feira (24) e acatado à unanimidade pelos demais conselheiros. De acordo com parecer do Ministério Público de Contas, há inconsistência nos dados apresentados com relação ao estudo de impacto financeiro/orçamentário, o que poderia causar prejuízo ao erário público. A cautelar impede a revisão geral dos subsídios dos vereadores.

Foi definido um prazo de quinze dias, contados a partir do recebimento da intimação, para que o prefeito do município, Luiz Bandeira de Souza, oficie ao TCE o cumprimento da decisão, sob pena do pagamento de multa, além de outras penalidades previstas na legislação.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Luciana Morais Gama disse:

    Enquanto isso o prefeito de Pedra Preta continua numa boa.

  2. Antônio Carlos disse:

    Gostaria de pedir aos eminentes conselheiros/conselheiras do TCE/RN que por gentileza procurasse saber em relação aos salários dos nobres vereadores da câmara municipal da cidade de Santana do Matos na minha opinião é um absurdo exemplo: Cada vereador ganha 6.000,00(seis mil reais) mês por QUATRO SEÇÕES MENSAIS, realizadas as sexta-feira, e o mais vergonhoso é que amparado pelo regimento interno da câmara só é preciso ""participar de uma seção para não perder o seu salário"" ou seja basta participar só de uma seção para receber os 6.000,00 reais, vamos combinar que é muito dinheiro para uma noite só, após uma fiscalização do tce se estiver dentro da lei e da ordem, ótimo. Um abraço.

Ceará vai pagar salário mínimo a universitários

O governador do Estado do Ceará, Camilo Santana (PT), sancionou uma lei nesta quarta-feira, 16, em que regulamenta o pagamento de um salário mínimo (R$ 937) para universitários vindos da rede pública de ensino. Eles receberam o valor durante os seis meses iniciais do curso ou meio salário ao longo do primeiro ano.

Para terem direito ao benefício, os alunos precisam ter cursado o ensino médio na rede pública, além de serem membros do programa Bolsa Família e terem recebido uma nota média igual ou superior a 560 pontos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Na primeira etapa, a legislação vai custear mil alunos já matriculados em universidades públicas.

O anúncio do programa, batizado de Avance – Bolsa Universitário, foi feito por Santana durante transmissão ao vivo na página oficial do governo do Ceará pelo Facebook. “Esta é uma importante conquista para a educação do nosso Estado. Estou muito feliz com este momento. Quero dizer a todos os alunos do Ceará que não desistam do sonho do curso superior”, disse o governador.

Outras leis

Santana ainda sancionou a lei que implementa no Ceará a Universidade Aberta do Brasil (UAB), sistema de educação e formação a distância, com a criação e manutenção de polos presenciais. Na mesma transmissão, respondeu a questionamentos de internautas e foi cobrado quanto à nomeação de novos professores para a Universidade Regional do Cariri (Urca). “Vamos fazer. Já nomeei professores para duas instituições, agora vou nomear os da Urca. Mesmo neste momento de crise econômica que o Brasil vive, de seca no Ceará, temos compromisso com a educação.” As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Assis Alves disse:

    Mais uma bolsa, compra votos…
    Só serve para fazerem politicagem barata, ou seja nem sempre a pessoa que vai receber precisa de fato, pois com certeza para conseguir se inserir no programa vai ter que possible um alto QI"quem indicou"…

  2. ClodoaldoDF disse:

    A prioridade do estado deve ser no seu papel constitucional de ensino médio, ou se quiser investir em educação , invista na base. Infelizmente por questão eleitoreira, para buscar voto em alunos eleitores, ficam trabalhando ensino superior, um baita populismo atrás de voto, com baixa eficácia do retorno do investimento!

  3. Ceará Mundão disse:

    Sem qualquer retorno ou contrapartida é assistencialismo barato e não resolve nada. É preciso educar nossos jovens, valorizar o mérito e o esforço. Essa bolsa poderia até valer por mais tempo desde que fosse condicionada à real necessidade e a algum tipo de ação do beneficiário.

  4. gregório disse:

    Parabéns, este é o prêmio que os alunos que almejar e desejar pra não virar desocupados…

  5. Degrasse Tyson disse:

    Parabéns, precisamos de tais ações e com mais frequência.

  6. Leitor disse:

    Posso estar totalmente errado, mais vejo isso como mais uma forma de retirar dinheiro público e não ser fiscalizado. Qual o propósito em fazer isso ? De onde virar o recurso? Se reclama tanto que UF's não tem dinheiro para pagar os servicos.

  7. Rogério Azevedo disse:

    Desculpe discordar, mas isso é assistencialismo sem garantia de retorno. Atitude populista irresponsável. Dar esse recurso não garante nada ao aluno, apenas vicia em receber sem ter que corresponder.
    Será muito mais rico e proveitoso se esse mesmo aluno tiver garantido duas refeições por dia e um alojamento para dormir, tomar banho e estudar. Tendo essa garantia até o final do curso se conseguir manter aprovação em todas as matérias, sem reposição, com notas boas, acima de 6 (seis).
    Assim estaria o Governo do Ceará ensinando a pescar e não dando o peixe.
    O que esse aluno que foi viciado em receber sem ter que dar nada em troco vai ser quando sair da faculdade? Ninguém dá emprego a quem só quer receber salário sem produzir, salvo, a militância petista encostada em cargos públicos e sindicatos.

    • IB disse:

      A historia mostra que essas medidas "populistas" dão retorno a longo prazo, não só no Brasil mas em qualquer país de primeiro mundo que adota isso. O que não funciona é essa baboseira neoliberal que só aumenta a pobreza e a concentração de riqueza nas mãos de pouca gente e não promovem desenvolvimento algum pra sociedade.

    • Rick disse:

      Leia sobre as idéias de Mlton Friedman antes de falar sobre 'neoliberalismo'.

  8. lucio disse:

    Parabéns!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Governo libera tabela de pagamento de abril e paga 93% dos servidores ativos, aposentados e pensionistas no 5º dia útil

O Governo vai pagar dia 6 de maio (sexta-feira) os vencimentos de todos os aposentados, pensionistas, além dos servidores da Saúde, Educação, Justiça e Cidadania e Segurança (polícias militar e civil, Itep e Corpo de Bombeiros).

Os funcionários dessas áreas somados aos aposentados e pensionistas correspondem a 92.384 servidores ou 93% da folha de pessoal do Estado.

Na segunda-feira (9) serão depositados os salários dos funcionários das pastas de Administração; Gabinete Civil; Consultoria; Procuradoria; Comunicação; Controladoria; Vice-governadoria; Planejamento; Tributação; Agricultura e Pesca; Desenvolvimento Econômico; Infraestrutura; Trabalho, Habitação e Assistência Social; Recursos Hídricos; Turismo; Assuntos Fundiários e Reforma Agrária; e Esporte e Lazer. E no dia 10 (terça-feira), o Governo deposita os vencimentos dos servidores da Administração Indireta dependente (ver quadro abaixo).

Apesar dos efeitos da crise econômica do país sentidos fortemente no Rio Grande do Norte, o Governo segue atento à gravidade da situação, redobrando esforços em busca do equilíbrio fiscal e honrando os compromissos assumidos com o funcionalismo.

image

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Felicio Honório disse:

    A indicação de Claudia Santa Rosa na Educação é um sinal de que o Governador arrisca perigosamente na Secretaria que apesar de ser a maior e mais problemática, estava mais tranquila do ponto de vista de enfrentar todo tipo de problema deixado por gestões anteriores, e também de relacionamento com a base (Professores, funcionários e sindicatos).
    Claudia Santa Rosa chega para "iniciar" uma nova etapa com toda uma estrutura e funcionamento de uma máquina extremamente complexa, ajustada para trabalhar de uma forma, e certamente vai querer mudar justamente na Secretaria que melhor enfrenta a crise no Estado em Crise.
    Uma aposta que certamente pagaremos todos pra ver. Pois a saída do Prof. Chagas por motivos meramente políticos, certamente vai desarrumar uma série de processos que estavam em curso e causar um impacto que seria amenizado apenas se o Governador tivesse adotado uma solução caseira e nomeado o Prof. Domingos Sávio para dar continuidade nos trabalhos desta Secretaria, vez que ele era o que estava por trás de toda a administração do ponto de vista prático na Secretaria, pois é um funcionário efetivo da referida Secretaria de Educação, tendo experiência e aceitação suficiente para tal e tanto.
    Nas mãos de Henrique Alves, Robinson começa a tatear aceitando indicações de alguém que parece querer lhe queimar politicamente…

  2. FRASQUEIRINO disse:

    Sinal vermelho para o Governo Robinson Faria que alem de estar com 3 Secretários de Estado ocupadas por demissionários (Saude, educação e segurança pública) agora amplia a faixa de pagamento ATRASANDO os vencimentos de Abril/ 2016. MAS FICA DIFÍCIL DE ENTENDER É UM ESTADO EM GRAVE DIFICULDADE FINANCEIRA QUERIA (foi impedido pelo Tribunal de Contas) contratar a empresa VTI por um custo que poderia chegar a 47 milhões/ano para serviços de informática comandados pela Secretaria de Administração.

  3. Borges Neto disse:

    Governo tá fazendo das tripas coração para manter em dia o pagamento. Crise econômica brasileira causada pelos desmandos do PT causou tudo isso. RN não é uma ilha. O Brasil inteiro está quebrado. Veja o caso do Rio de Janeiro e do Rio Grande do Sul.

    • Professora Maria Cabral disse:

      Concordo plenamente com o manifesto do colega.

      A SEEC não pode retroceder dessa forma, os trabalhos que a Secretaria de Educação vem desenvolvendo ao longo dos últimos meses já provou a competência da equipe. O Governador não pode deixar que influencias negativas e contrarias a sua gestão tenham êxito.

      A Educação do RN hoje, mesmo com todas as dificuldades que o Estado vem atravessando, é a Pasta que mais tem ascensão no governo Robinson.

      Quebrar a continuidade dos trabalhos em andamento é o mesmo que fadar a Educação do Estado a ruína. Certa de que o Prof. Domingos, hoje, é a melhor opção para a SEEC espero sua nomeação como titular da Pasta.

Salário mínimo de R$ 946 não representará aumento real, destaca governo

13ºsalárioA Secretaria de Orçamento Federal do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão publicou na internet o Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) 2017.

Na sexta-feira (15), quando a proposta foi enviada ao Congresso Nacional, os ministros da Fazenda, Nelson Barbosa, e do Planejamento, Valdir Simão, já haviam divulgado parte do conteúdo. O projeto explicita que o salário mínimo previsto para 2017, de R$ 946, não representará um aumento real ante os R$ 880 pagos hoje.

“Vale salientar que, para 2017, não haverá correção real do valor do salário mínimo, pois essa [correção] corresponde ao crescimento real do PIB [Produto Interno Bruto, soma dos bens e serviços produzidos em um país] em 2015, que foi de -3,85%”, diz a proposta do governo.

O trecho refere-se à fórmula para cálculo da remuneração mínima da economia, vigente até 2019. Segundo a fórmula, o salário mínimo é reajustado pela inflação do ano anterior, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) mais a variação do PIB dois anos antes.

O projeto da LDO 2017 também conta com recursos que viriam da Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF) para o próximo ano, conforme já haviam adiantado os ministros. O governo prevê a arrecadação de R$ 33,24 bilhões em receitas com a CPMF, caso a Proposta de Emenda à Constitução (PEC) 140/2015, que prevê a recriação do tributo, seja aprovada pelo Congresso.

A proposta prevê ainda aumento permanente de receita de R$ 21,4 bilhões em razão do crescimento real da atividade econômica, levando-se em conta projeções de expansão de 1% do PIB; de 9,85% das vendas de veículos; de 15,67% no volume de importações; de 8,31% no volume de aplicações financeiras e de 4,1% nas vendas de bebidas.

O governo também espera aumento de R$ 3,078 milhões na arrecadação do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) em decorrência da elevação das alíquotas sobre sorvetes, cigarros e chocolates. Conta ainda com R$ 336 milhões da Contribuição para Financiamento da Seguridade Social (Cofins), devido à redução da desoneração de computadores em 2016 com impacto em 2016.

Por outro lado, há expectativa de redução de R$ 7 milhões nas contribuições do PIS/Pasep (Programa de Integração Social/Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público) e de R$ 2,025 milhões na arrecadação da contribuição para Regime Geral de Previdência Social (RGPS).

No total, descontadas as transferências aos entes federados e ao Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb), o aumento permanente de receita total em 2017 será de R$ 48,6 bilhões, afirma o governo.

O projeto da LDO prevê meta fiscal 0 para o Governo Central (Tesouro Nacional, Banco Central e Previdência Social) em 2017. No entanto, prevê a possibilidade de um abatimento de R$ 42 bilhões em frustração de receitas e R$ 23 bilhões em investimentos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). Nesse caso, haveria déficit de R$ 65 bilhões.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Juvenal disse:

    Nada contra o aumento do salário mínimo, que, sinceramente, acho que deveria ser bem maior. O problema é que o país está no fundo do poço, as empresas cada vez mais demitindo e os servidores públicos sem aumento que chegue perto, pelo menos, de metade da inflação. Ai fica a pergunta: como é que uma empresa que não consegue vender sua produção ou um servidor público que não tem aumento, vai ter condições de bancar esse aumento do salário mínimo?

Salário dos servidores de Mossoró começa a ser efetuado nesta terça (5)

Começa nesta semana o pagamento dos servidores da Prefeitura de Mossoró. A Secretaria da Fazenda informa que os repasses serão feitos em duas etapas, começando já nesta terça-feira, 5, quando serão depositados os salários de 80% dos trabalhadores. Esse grupo que ganha até R$ 3 mil já podem sacar seus provimentos a partir de quinta-feira.

O restante dos servidores, os que ganham acima de R$ 3 mil, incluindo prefeito, vice, secretários municipais e adjuntos, terão seus salários depositados até o dia 12, podendo sacar no dia 14. Além dos salários, serão depositados os valores referentes ao Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica (PMAC) para os trabalhadores que têm direito ao benefício.

Jerônimo Rosado, secretário da Fazenda, explica que, embora o prefeito Francisco José Júnior tenha anunciado pagar até o dia 10, determinou que fossem feitos todos os esforços para começar a liberar os recursos antes do previsto. “Graças a este esforço, 80% dos servidores terão seus salários na conta ainda nesta semana”, completou.

Em crise, estados atrasam salários de servidores

Com a crise financeira que atinge a casa de praticamente todos os brasileiros e a baixa arrecadação, os estados brasileiros já começam a dar sinais de que também enfrentam dificuldades. Este ano, vários estados já começaram a atrasar o pagamento dos salários dos servidores.

Todos que acompanham o noticiário diário puderam ver que o Rio Grande do Sul enfrenta uma greve com praticamente todos os servidores porque os salários já foram parcelados por mais de uma vez.

Em Goiás, a crise também afetou os cofres públicos e os pagamentos dos servidores também já sofreram atrasos. Principalmente no mês de julho em que o Estado teve que emitir uma nota garantindo o pagamento dias após a data convencional do pagamento.

O vizinho Pernambuco também sofre com o problema financeiro. Com a arrecadação abaixo do esperado, o Estado atrasou o pagamento para o mês seguinte. Os salários de julho, por exemplo, foram pagos em agosto.

No final do ano passado, quem também teve que descontar os efeitos da crise, que ainda estava se iniciando, nos servidores foi o Governo do Paraná, que atrasou o pagamento de cerca de 125 mil servidores.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. ulisses disse:

    Não será nenhuma surpresa que tal barbaridade aconteça por aqui,só que atingirá em cheio os pequenos na famosa,e muito usada,dois pesos e duas medidas em favor da nobreza.A retirada das gratificações dos aposentados da saúde foi um sinal claro do que está por vir.

  2. Arimateia disse:

    O estado está passando a mão nos recursos dos aposentados e não vejo o Sr. Fernando Mineiro e a Sra. Fatima Bezerra levantarem um dedo em defesa desses trabalhadores. Porque será ? O blogueiro também poderia contemplar esse tema aqui e em seu programa de rádio, porque será que não o faz?

    • bruno disse:

      Arimateia, não é correta sua afirmação, já destacamos várias vezes esse tema, inclusive ontem aqui neste blog, como também no programa de rádio. Só prestar atenção