Tremor é registrado no litoral do RN nesta quinta e sismólogos chamam a atenção para registro de vários eventos ocorridos na região

Foto: Reprodução

Nesta quinta-feira(30), às 06:14 UTC (03:14, hora local) ocorreu um novo tremor no litoral do RN, desta vez de magnitude preliminar 1.7. Esse evento foi registrado por diversas estações da Rede Sismográfica Brasileira (RSBR) operadas pela UFRN.

Mapa de localização epicentral. A estrela vermelha indica o epicentro. O triângulo vermelho mostra a localização da estação de Riachuelo (RCBR). A linha vermelha indica a Falha de Samambaia. Foto: Reprodução.

Os sismólogos do (LabSis/UFRN, RSBR) chamam a atenção que vários eventos tem ocorrido nessa região do litoral do RN suscitando uma questão, levando-se em conta os erros na determinação epicentral e que uma falha não é necessariamente uma linha reta: “estarão esses eventos num prolongamento oceânico da Falha de Samambaia? Sendo verdade teríamos então uma falha de 140 km de extensão”, destacam.

Fonte: LabSis/UFRN, RSBR
Joaquim Ferreira, Eduardo Menezes

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Sérgio Nogueira disse:

    Blz, temos uma falha de 140km de extensão. E DAÍ?

Novo abalo sísmico é registrado em João Câmara-RN no início desta segunda-feira

Foto – O mapa de localização epicentral está mostrado na Figura 1. Reprodução

No início desta segunda-feira(06), às 03:21 UTC (00:21, hora local), ocorreu um novo tremor na região de João Câmara, desta vez de magnitude preliminar 2.0. Esse evento foi sentido por moradores de João Câmara, segundo a Defesa Civil local.

O evento foi registrado por diversas estações da Rede Sismográfica Brasileira (RSBR) operadas pela UFRN.

O Mapa de localização epicentral, conforme destaque, com a estrela vermelha indica o epicentro do tremor. A linha vermelha indica a Falha de Samambaia. Os triângulos mostram a localização das estações de João Câmara (ACJC) e Riachuelo (RCBR). Em destaque os limites dos municípios cortados pela Falha de Samambaia.

O registro desse evento em ACJC está mostrado na Figura 2.

Figura 2. Sismograma 24 h de ACJC (parcial). O registro do evento está em azul após as 03:21 UTC.

A atividade sísmica na região de João Câmara continua ocorrendo ao norte de Lagoa Rachada, nos limites dos municípios de João Câmara e Poço Branco, onde se iniciou a intensa atividade sísmica de 1986.

“Como sempre dizemos, em situações como essas, é impossível saber como será a evolução da atual atividade sísmica. No entanto, o LabSis/UFRN continuará no monitoramento da mesma repassando informações para o público, autoridades e agentes de Defesa Civil para que ações, se necessárias, sejam efetuadas da melhor forma possível”, afirma o LabSis/UFRN.

Fonte: LabSis/UFRN, RSBR
Joaquim Ferreira, Eduardo Menezes

Novo tremor é registrado na região de João Câmara na madrugada desta segunda, em área onde se iniciou a grande atividade sísmica em 1986

Foto: Reprodução

Nesta segunda-feira(30, às 03:30 UTC (00:30, hora local), ocorreu um novo tremor na região de João Câmara, desta vez de magnitude 1.6. O mapa de localização epicentral está mostrado na Figura 1.

Figura 1. Mapa de localização epicentral. O epicentro está representado pela estrela vermelha. A linha vermelha indica a Falha de Samambaia. O triângulo azul indica a localização da estação de João Câmara (ACJC). Em destaque, os limites dos municípios cortados pela Falha de Samambaia. Foto: (Reprodução).

O epicentro do evento está na região de Lagoa Rachada, no limite dos municípios de João Câmara e Poço Branco, onde se iniciou a grande atividade sísmica em 1986. No entanto, não é possível saber se se trata de um evento isolado ou de um evento que está iniciando um novo período de intensa atividade sísmica. Só o tempo dirá do que se trata, sendo necessário um monitoramento constante da região.

Fonte: LabSis/UFRN, RSBR
Joaquim Ferreira, Eduardo Menezes, Marconi Oliveira

Tremor na dorsal meso-oceânica foi registrado nessa quarta a 1.322 km de Natal

Na quarta-feira(18), às 17:02 UTC, ocorreu um novo tremor na dorsal, desta vez de magnitude 4.9. O epicentro do evento foi localizado a aproximadamente  481 km a E de São Pedro e São Paulo (portanto, fora do limite das 200 milhas ou 370 km da Zona Econômica Exclusiva),  a 945 km a ENE de Fernando de Noronha,  a 1.318 km a ENE de São Miguel do Gostoso, a 1.322 km a ENE de Natal e a 1.572 km a ENE de Fortaleza.

Fonte: LabSis/UFRN, USGS
Joaquim Ferreira
 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Rosa disse:

    Corre o risco de ter um tsunami?

  2. Bertha disse:

    O que significa, possibilidade de tsunamis?! Pode ocorrer?

  3. Bertha disse:

    O que significa, possibilidade de tsunamis?!

Novo tremor de terra no RN foi registrado no fim da noite dessa segunda na região de João Câmara

Nessa segunda-feira(16), às 23:29 (hora local; 02:29 do dia 17/03 UTC), ocorreu um novo tremor na região de João Câmara. O tremor, de magnitude preliminar estimada em 1.5, ocorreu na parte norte da Falha de Samambaia, no município de Pureza. Esse evento foi registrado por diversas estações da Rede Sismográfica Brasileira (RSBR) operadas pela UFRN.

Mapa de localização epicentral. A estrela vermelha indica o epicentro do tremor. A linha vermelha indica a Falha de Samambaia. Os triângulos mostram a localização das estações de João Câmara (ACJC) e Riachuelo (RCBR). Em destaque os limites dos municípios cortados pela Falha de Samambaia.

Os sismólogos afirmam que é impossível saber como essa atividade sísmica vai evoluir mas, graças ao monitoramento, sabemos que existe e onde está localizada, o que permite informar a população, as autoridades e os órgãos de Defesa Civil sobre ela.

Fonte: LabSis/UFRN, RSBR
Joaquim Ferreira, Eduardo Menezes

Sismólogos confirmam tremor de terra em João Câmara nessa terça

Foto: Divulgação

No final dessa terça-feira(10), por volta das 22h11, sismólogos registraram um novo tremor na região de João Câmara, de magnitude preliminar estimada em 1.7, na parte norte da Falha de Samambaia, no município de Pureza. Esse evento foi registrado por diversas estações da Rede Sismográfica Brasileira (RSBR) operadas pela UFRN.

No Mapa de localização epicentral, acima, a estrela vermelha indica o epicentro do tremor. A linha vermelha indica a Falha de Samambaia. Os triângulos mostram a localização das estações de João Câmara (ACJC) e Riachuelo (RCBR). Em destaque os limites dos municípios cortados pela Falha de Samambaia.

Figura 2. Sismograma diário (11/03/2020 UTC) da estação ACJC. O registro do evento está na parte superior do sismograma.

“É impossível saber como essa atividade sísmica vai evoluir mas, graças ao monitoramento, sabemos que existe e onde está localizada, o que permite informar a população, as autoridades e os órgãos de Defesa Civil sobre ela”, resumem os sismólogos locais,

Fonte: LabSis/UFRN, RSBR
Joaquim Ferreira, Eduardo Menezes, André Silva

Laboratório de Sismologia da UFRN registra tremores no Oceano Atlântico


Laboratório Sismológico da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (LabSis/UFRN) registrou um tremor de terra de aproximadamente 5.0 de magnitude na escala Richter, a 1.715 quilômetros de Natal, na manhã desta terça-feira (10), mais precisamente às 4h20. No mapa, o tremor é indicado pela estrela vermelha.

No domingo (8), já havia sido registrado um outro tremor, a 1.440 Km ao Norte da capital potiguar, às 19h49. Assim como o primeiro, este também registrou intensidade 5 na escala Richter.

O epicentro do tremor desta terça foi localizado em região oceânica, próximo também ao arquipélago de São Paulo e São Pedro, Recife e Fernando de Noronha, indicado na imagem por uma estrela vermelha.

No final de fevereiro, outros dois tremores foram registrados pelo Labsis. Os eventos, no entanto, aconteceram mais distantes, a mais de 2,7 mil km de distância e a Sudeste de Natal.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Verdade disse:

    Interessante é ter gente que acha que as desgraças não ocorrem consigo nem com ninguém conhecido ou parente. Aliás, as desgraças só ocorrem com os outros. Sei não viu.

  2. Ítalo Vasconcelos disse:

    Meu Deus do céu, o que é que eu tenho a ver com isso, Homi pelas caridade o que é que isso muda na minha vida, isso é coisa pra quem não tem juízo.

  3. Zuza disse:

    A tsunami pode chegar.

  4. Junior Mendonça disse:

    Esse laboratório da UFRN é uma comédia.
    Erram e se precipitam demais, parecem pardais em busca de alimento. Erraram diversas vezes em Caraúbas no interior, onde em vez de tremores, era apenas uma pedreira que existe na cidade, já neste caso da matéria é apenas os movimentos da placas tectônicas. Kkk

Sismógrafos registram tremor de terra em Taipu, distante 50 km de Natal

Nessa segunda-feira(13) ocorreu um novo tremor em Taipu, distante 50 km de Natal, às 12:46 UTC (09:46, hora local). Esse evento foi registrado por diversas estações da Rede Sismográfica Brasileira (RSBR) operadas pela UFRN.

O mapa de localização epicentral está mostrado na Figura 1.

Figura 1. Mapa de localização epicentral. A estrela vermelha indica o epicentro do evento. Os triângulos vermelhos indicam a localização das estações de João Câmara (ACJC) e Riachuelo (RCBR). A linha vermelha indica a Falha de Samambaia. A estrela amarela indica o epicentro do sismo de Taipu de 2010 de magnitude 4.3. Em destaque, os limites do município de Taipu.

O registro desse evento na estação ACJC está mostrado na Figura 2.

Essa atividade sísmica vem ocorrendo, de forma esporádica, há muitos anos, estando localizada, aproximadamente, entre Taipu e a localidade de Cajueiro. Trata-se de uma área sísmica que não está nem relacionada com a Falha de Samambaia nem com a atividade sísmica de 2010-2011.

“Como sempre dizemos, é impossível saber como essa atividade sísmica vai evoluir mas, graças ao monitoramento, sabemos que existe e onde está localizada, o que permite informar a população, as autoridades e os órgãos de Defesa Civil sobre ela”, informa o LabSis/UFRN, RSBR.

Fonte: LabSis/UFRN, RSBR
Joaquim Ferreira, Eduardo Menezes

Sismologia registrou tremor no município de Taipu, distante 50 km de Natal

O mapa de localização epicentral está mostrado na Figura 1.

Nessa quarta-feira(11), às 11:47 UTC (08:47, hora local), foi registrado mais um evento em Taipu, desta vez de magnitude preliminar 1.0. Estações da Rede Sismográfica Brasileira (RSBR) operadas pela UFRN registraram esse evento.

A Figura 1 mostra o mapa de localização epicentral. O epicentro está representado pela estrela vermelha. O triângulo vermelho indica a localização da estação de Riachuelo. Em destaque, a área do município de Taipu.

O registro desse evento na estação RCBR está mostrado na Figura 2.

Figura 2. Registro do evento em RCBR.

“Como sempre afirmamos em situações semelhantes, é impossível saber como essa atividade sísmica vai evoluir. É possível que a atividade cesse, fique na situação atual, com a ocorrência esparsa de eventos, ou recrudesça, com a ocorrência de eventos de maior magnitude que os até agora observados”, afirmam sismólogos.

Fonte: LabSis/UFRN, RSBR
Joaquim Ferreira, Eduardo Menezes

Tremor de magnitude preliminar 2.7 é registrado nesta quinta-feira no RN, no município de Caraúbas

Nesta quinta-feira(05), às 03:37 UTC (00:37, hora local) um novo tremor foi sentido em Caraúbas(município distante 296 km de Natal), desta vez de magnitude preliminar estimada em 2.7 e foi registrado por diversas estações da Rede Sismográfica Brasileira (RSBR) operadas pela UFRN.

Esse evento foi sentido na sede do município e, principalmente, em diversas localidades ao norte. O Laboratório entrou em contato com o Coordenador de Defesa Civil de Caraúbas, Sr. Ricardo Adriano, e, segundo ele, há informações de que esse sismo teria sido sentido mais forte no Assentamento Petrolina, onde foi ouvido um estrondo e a terra tremeu. Segundo notícias de site de Caraúbas, além do estrondo e do tremor, objetos sobre geladeira chegaram a ser derrubados e, na localidade de Petrolina, “o tremor foi muito forte, as casas se estalaram tudo”.

O mapa de localização epicentral está mostrado na Figura 1.

Figura 1. Mapa de localização epicentral. O epicentro está representado pela estrela vermelha. em destaque, os limites do município de Caraúbas.

Essa atividade vem sendo registrada há algum tempo, tendo vários eventos sido sentidos pela população. Como sempre afirmamos nesse tipo de situação é impossível saber como a atividade sísmica em Caraúbas vai evoluir. No entanto, o LabSis/UFRN vem mantendo um monitoramento permanente dessa atividade visando obter dados que permitam informar a sociedade sobre o que realmente está ocorrendo na região e que servem para orientar ações de Defesa Civil.

Fonte: LabSis/UFRN, RSBR
Joaquim Ferreira, Eduardo Menezes , Marconi Oliveira

Tremor de terra foi registrado em Taipu, distante 50 km de Natal, no fim de semana

Na noite de sábado(03), às 23:41 UTC (20:41, hora local) ocorreu um novo tremor em Taipu,  município distante 50 km de Natal, desta vez de magnitude preliminar estimada em 1.3. Esse evento foi registrado por algumas estações da Rede Sismográfica Brasileira (RSBR) operadas pela UFRN.

O mapa de localização epicentral está mostrado na Figura 1.

Figura 1. Mapa de localização epicentral. O epicentro está representado pela estrela vermelha. A estrela amarela indica o epicentro do tremor de magnitude 4.3 de 2010. A linha vermelha representa a Falha de Samambaia. O triângulo vermelho indica a localização da estação de Riachuelo (RCBR).

O registro desse evento na estação RCBR está mostrado na Figura 2.

Figura 2. Registro do evento em RCBR.

A atual atividade sísmica em Taipu vem se manifestando desde algum tempo na área a NE da cidade sendo que, no passado, alguns sismos foram sentidos nessa região. É interessante notar, pela Figura 1, que essa atividade sísmica não está diretamente relacionada nem com o sismo de 2010 nem com a Falha de Samambaia. Vamos aguardar a evolução da mesma e, se possível tentar colocar uma rede local.

Fonte: LabSis/UFRN, RSBR

 

Tremor de magnitude preliminar 2.1 foi registrado no litoral do RN no fim de semana

No sábado(04), às 12:25 UTC, ocorreu um tremor de magnitude preliminar 2.1 no litoral do Rio Grande do Norte. O epicentro foi localizado a aproximadamente 45 km a NE de Touros. Esse evento foi registrado por diversas estações da Rede Sismográfica Brasileira (RSBR) operadas pela UFRN.

O mapa de localização epicentral está mostrado na Figura 1.

Figura 1. Mapa de localização epicentral. O epicentro está simbolizado pela estrela vermelha. O triângulo vermelho indica a localização da estação de Riachuelo (RCBR).

A linha vermelha mostra a localização da Falha de Samambaia.

Figura 2. Registro do evento em RCBR.

O registro desse evento na estação RCBR está mostrado na Figura 2.

Olhando para a Figura 1 podemos conjecturar, levando-se em conta as possíveis imprecisões na determinação epicentral se esse evento pode ou não estar localizado num possível prolongamento da Falha de Samambaia no oceano. Se essa hipótese vier a se confirmar com o tempo teríamos então uma falha sismogênica de aproximadamente 100 km de extensão.

Fonte: LabSis/UFRN, RSBR
Joaquim Ferreira, Marconi Oliveira, Eduardo Menezes

Tremor de magnitude 2.5 é registrado em municípios do RN no fim da noite dessa quarta

Nessa quarta-feira, 05/12, às 22:53 (hora local; 01:53 do dia 06, UTC) ocorreu um novo tremor no Rio Grande do Norte de magnitude preliminar estimada em 2.5. Tivemos informações que foi sentido em diversas localidades como Campo Grande (ex Augusto Severo), Triunfo Potiguar, Janduís, Caraúbas Upanema e Jucurutu, conforme publicado em diversos blogs.

Esse evento foi registrado por diversas estações da Rede Sismográfica Brasileira RSBR) operadas pelo LabSis/UFRN.

O registro desse evento pela estação de Riachuelo (RCBR) está mostrado na Figura 2.

Figura 2. Sismograma diário da estação RCBR. O evento está em destaque, em amarelo.

Embora tenha sido registrado por várias estações, o fato dessas estações estarem distantes da área epicentral afeta a precisão na determinação do epicentro. Os dados da estação mais próxima da área epicentral, a estação de Paraú (NBPA), cujos registros serão coletados ainda hoje, possibilitarão uma determinação mais precisa do epicentro.

Fonte: LabSis/UFRN, RSBR
Joaquim Ferreira, Eduardo Menezes, Marconi Oliveira, André Silva

Terra treme em Taipu-RN nesta quarta; atividade sísmica persistia desde sertembro e já vinha sendo registrada

Nesta quarta-feira(15), ocorreu um novo tremor em Taipu RN e que foi registrado pelas estações de João Câmara (ACJC), Riachuelo (RCBR) e Taipu (ACTP). O sismo ocorreu  às 05:13 do dia 15/10 (02:13, hora local) e teve magnitude estimada em 2.2.

O mapa de localização epicentral encontra-se na Figura 1.

mapa_TP20141015Figura 1. Mapa de localização epicentral. O epicentro está representado pela estrela vermelha. Os triângulos vermelhos indicam a localização das estações de João Câmara (ACJC),  Riachuelo (RCBR) e Taipu (ACTP). Em destaque a área do município de Taipu.

O registro do evento  na estação RCBR encontra-se na Figura 2.

RCBR_TP20141015Figura 2.  Registro do evento na estação RCBR.

Figura 3. Estação de Taipu (ACTP).

ACTPA atual atividade sísmica em Taipu foi detectada no início do mês de setembro e ainda persiste. Reafirmamos, mais uma vez, que é impossível prognosticar como será sua evolução.

Fonte: LabSis/UFRN; RSISNE; INCT-ET
Joaquim Ferreira, Eduardo Menezes

Pedra Preta-RN voltou a registrar tremor no fim de setembro

No dia 28/09, ocorreu um novo tremor em Pedra Preta acima do limiar de percepção (1.5). O evento ocorreu às 23h45 UTC (20:45, hora local) e teve magnitude 3.0. O epicentro desse tremor está a aproximadamente 12 km a SSE de Jandaíra e a 14 km a NNE de Pedra Preta.

O mapa de localização epicentral está na Figura 1.

mapa_PP20140928Figura 1. Mapa de localização epicentral. O epicentro do evento está representado pela estrela vermelha.  Os triângulos representam as estações RCBR (em vermelho) e ACCP (azul). Em destaque os limites do município de Pedra Preta.

O registro do evento na estação de Riachuelo (RCBR) está mostrado na Figura 2.
RCBR_PP20140928O último evento acima do limiar de percepção foi registrado no dia 22/06 e teve magnitude 2.7. Embora a atividade sísmica tenha diminuído nos últimos meses ela ainda persiste após quase 4 anos de seu início, em dezembro de 2010. Mais uma vez reafirmamos que não é possível prever a evolução da atividade sísmica em Pedra Preta.

Fonte: LabSis/UFRN; RSISNE; INCT-ET, USGS
Joaquim Ferreira

Terra volta a tremer em Pedra Preta-RN

Nesta quinta-feira(26), ocorreu uma sequência de dois tremores em Pedra Preta. O primeiro evento, de magnitude 2.0, ocorreu às 05:41 UTC (02:41, hora local) sendo seguido por um outro tremor de magnitude 1.7 aproximadamente 45 segundos após.

O mapa de localização epicentral está na Figura 1.
Mapa_PP20131226

O registro dos eventos na estação RCBR é mostrado na Figura 2.

RCBR_PP20131226A atividade sísmica em Pedra Preta já dura mais que três anos tendo ocorrido, durante esse tempo, vários tremores de magnitude acima de 3.0 que causaram pequenos danos e assustaram a população. Como sempre afirmamos é impossível prever como essa atividade sísmica irá evoluir.

Fonte: LabSis/UFRN; RSISNE; INCT-ET, USGS
Joaquim Ferreira