Diversos

Cidade de Caraúbas-RN volta a registrar tremor de terra nesta quinta-feira

Sismograma da estação sismográfica localizada em Paraú/RN (08/04/2021). Foto: Divulgação

Nesta quinta-feira (8), às 15h27 UTC (12h27, hora local), um tremor de terra, de magnitude preliminar 1.7 mR, foi registrado no município de Caraúbas(distante 296 km de Natal), no Rio Grande do Norte. Segundo informações do coordenador da Defesa Civil do município, diversas localidades da região relataram sentir o tremor de terra. O último evento registrado no município potiguar ocorreu no final do mês de março, mais precisamente no dia 27. Dois tremores de terra, de magnitudes preliminares 2.7 mR e 2.1 mR foram registrados pelas estações sismográficas operadas pelo Laboratório Sismológico da UFRN.

O Laboratório Sismológico, em conjunto com a Defesa Civil do município, vem monitorando de perto toda a atividade sísmica que ocorra na região do município de Caraúbas/RN e também na região Nordeste do país.

LabSis/UFRN

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Interior do RN volta a registrar tremor de terra

Foto: Divulgação

A terra voltou a tremer no estado do Rio Grande do Norte nesse domingo (21). Às 20h47 UTC (17h47, hora local), um tremor de terra, de magnitude preliminar 1.6 mR, ocorreu na região do município de Caraúbas. O último evento registrado no município potiguar ocorreu no último domingo (14), de magnitude preliminar 1.6 mR. No dia 8 deste mês, outro evento, desta vez de magnitude preliminar 1.8 mR, também foi registrado em Caraúbas, sendo inclusive escutado por moradores da região.

Até o momento desta publicação não há informações que moradores da região tenham escutado ou sentido o evento desse domingo (21).

O Laboratório Sismológico, em conjunto com a Defesa Civil do município, vem monitorando de perto toda a atividade sísmica que ocorra na região do município de Caraúbas/RN e também na região Nordeste do país.

Com LabSis UFRN

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Novo tremor na dorsal meso-oceânica, de magnitude 5.0, é registrado a 1.560 km de Natal nesta sexta-feira

Figura 1. Mapa de localização epicentral. O epicentro está representado pela estrela vermelha. O triângulo vermelho mostra a localização da estação NBMO.

Nesta sexta-feira(16), às 00:08 UTC, ocorreu um novo tremor na dorsal, desta vez de magnitude 5.0. Esse sismo foi registrado por diversas estações da Rede Sismográfica Brasileira (RSBR) sendo a estação mais próxima a de Morrinhos-CE (NBMO), operada pelo LabSis/UFRN.

O evento teve o epicentro localizado a aproximadamente 1.235 km a NW de São Pedro e São Paulo (portanto, fora do limite das 200 milhas ou 370 km da Zona Econômica Exclusiva), a 1.246 km a N de Acaraú, a 1.316 km a N de Fortaleza, a 1.370 km a NNE de São Luís , a 1.455 km a NNW de Fernando de Noronha e a 1.560 km a NNW de Natal.

Figura 2. Sismograma parcial do dia 16/10, de NBMO. O evento está em verde na parte superior do sismograma.

Fonte: LabSis/UFRN, USGS, RSBR
Joaquim Ferreira

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Sismógrafos registram novo tremor na dorsal meso-oceânica, de magnitude 5.7, a 1.540 km de Natal

Mapa de localização epicentral. O epicentro está representado pela estrela vermelha. O triângulo azul mostra a localização da estação NBMO. Foto: Divulgação

Nesta quinta-feira(17), às 03:00 UTC ocorreu um novo tremor na dorsal, desta vez de magnitude 5.7. Esse evento foi registrado por diversas estações da Rede Sismográfica Brasileira (RSBR) sendo a estação mais próxima a de Morrinhos-CE (NBMO), operada pelo LabSis/UFRN.

O evento teve o epicentro localizado a aproximadamente 1.152 km a NW de São Pedro e São Paulo (portanto, fora do limite das 200 milhas ou 370 km da Zona Econômica Exclusiva), a 1.251 km a NNE de Acaraú, a 1.310 km a N de Fortaleza, a 1.412 km a NNW de Fernando de Noronha, a 1.423 km a NNE de São Luís e a 1.540 km a NNW de Natal.

Fonte: LabSis/UFRN, USGS, RSBR
Joaquim Ferreira

Opinião dos leitores

  1. É bom lembrar que em 1986 tivemos uma série de tremores de terra, com impacto maior na cidade de João Câmara, que culminou num grande terremoto, de intensidade 5.3, na escala de Richter, que abalou Natal. Isso resulta de acomodações de uma fissura existente no arquipélago de São Pedro e São Paulo, há cerca de 1.100 km. de Natal. O abalo veio a ser sentido, inclusive, em Recife (PE). Ou seja, a terra pode continuar a tremer por aqui.!!

  2. Muito cálculo, pesquisa, etc. Os minicérebros de vocês (rebanho) esquentam muito.
    Não percam tempo pensando nesses tremores, é melhor vocês irem lavar a camisa da seleção para sair no domingo.

    1. Já construiu o seu bunker anti-terrmoto/tsunami?
      Como está o estoque de água, comida, remédio, gás e pilhas?

  3. Fica a pergunta ? É normal ? O que está acontecendo ? Estão fazendo estudos ? Esses tremores podem resultar o que para natal ?

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Município de Pedra Preta-RN volta a registrar tremor de terra, dessa vez, na madrugada desta quinta

Foto: Divulgação

Nesta quinta-feira(03), às 03:11 UTC (00:11, hora local), ocorreu um novo tremor em Pedra Preta(município distante 149 km de Natal) de magnitude preliminar 1.5. Esse evento foi registrado pela estação de Pedro Velho (NBPV), que pertence à Rede Sismográfica Brasileira (RSBR) e é operada pela UFRN.

Mapa de localização epicentral. O epicentro está simbolizado pela estrela vermelha. Em destaque, os limites do município de Pedra Preta. Foto: Divulgação.

Vale destacar que o município registrou outros três eventos do tipo nos últimos dias, na terça-feira(01), e em 29 e 31 de agosto.

Fonte: LabSis/UFRN, RSBR, INCT-ET
Joaquim Ferreira, Eduardo Menezes, Aderson do Nascimento, Flauber Costa, Marconi Oliveira, André Tavares

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Novo tremor de terra foi registrado em Pedra Preta-RN no fim da noite dessa terça

Foto: Divulgação

No fim da noite dessa terça-feira(01), a população de Pedra Preta, município distante 149 km de Natal, voltou a sentir um novo tremor de terra. O sismo ocorreu às 22:01 (hora local; 01:01 UTC do dia 02/09) e teve magnitude preliminar 1.4. Esse evento foi registrado pela estação de Pedro Velho (NBPV), que pertence à Rede Sismográfica Brasileira (RSBR) e é operada pela UFRN. Vale destacar que nos dias 29 e 31 de agosto os sismógrafos registraram tremores no município potiguar.

Figura 1. Mapa de localização epicentral. O epicentro está simbolizado pela estrela vermelha. Em destaque, os limites do município de Pedra Preta. Foto: Divulgação.

Como se pode notar, a partir das últimas publicações, a atividade sísmica em Pedra Preta continua. No entanto não é possível saber como essa atividade vai evoluir, podendo aumentar ou diminuir.

Fonte: LabSis/UFRN, RSBR, INCT-ET
Joaquim Ferreira, Eduardo Menezes, Aderson do Nascimento, Flauber Costa, Marconi Oliveira, André Tavares

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Tremor de magnitude 2.1 é registrado no oeste do RN na tarde desta terça

Mapa de localização epicentral. A estrela vermelha indica o epicentro do evento. O triângulo vermelho mostra a localização da estação de Pau dos Ferros(PFBR). Em destaque, os limites dos municípios de São Francisco do Oeste e Pau dos Ferros. Foto: Divulgação.

Nesta terça-feira(28), às 14:33 UTC (11:33, hora local), um provável tremor, de magnitude preliminar 2.1, ocorreu em São Francisco do Oeste, na fronteira com Pau dos Ferros. Conforme notícias de João Moacir, do Blog do João Moacir, esse evento foi sentido em São Francisco do Oeste e em Pau dos Ferros. A Defesa Civil do RN foi comunicada pelo técnico Eduardo Menezes acerca desse evento, e registrado por diversas estações da Rede Sismográfica Brasileira (RSBR) operadas pela UFRN.

“As características do registro do evento, com ondas de superfície bem desenvolvidas, ainda gera dúvidas se o que foi registrado foi, efetivamente, um tremor ou, se foi uma grande explosão capaz de ser registrada a grandes distâncias do epicentro. Não são conhecidas pedreiras nessa região e, assim, o mais provável é que seja um tremor de terra bastante superficial, o que explicaria as ondas de superfície bem desenvolvidas em PFBR”, resumem sismólogos.

Fonte: LabSis/UFRN, RSBR, INCT-ET
Joaquim Ferreira, Eduardo Menezes, Flauber Costa

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Sismógrafos registraram tremor no interior do RN nessa quarta

Figura 1. Mapa de localização epicentral. A estrela vermelha indica o epicentro do tremor. A estrela azul indica o epicentro do sismo de 2010 de magnitude 3.5. O triângulo vermelho mostra a localização da estação de Riachuelo (RCBR). Em destaque, os limites do município de Pedra Preta. Fotos: Divulgação

Na quarta-feira(08), às 13:38 UTC (10:38, hora local), ocorreu um novo tremor no município de Pedra Preta(distante 149 km de Natal), desta vez de magnitude preliminar 1.4. Esse evento foi sentido em Pedra Preta e foi registrado por diversas estações da Rede Sismográfica Brasileira (RSBR) operadas pela UFRN.

Como se pode ver na Figura 1, o evento está aproximadamente 8 km ao sul do sismo de 2010 e 6 km a NE de Pedra Preta, e , provavelmente, não pertence à mesma falha sismogênica que os eventos de 2010. Como sempre dizemos, não é possível prever como será a evolução dessa atividade sísmica.

Fonte: LabSis/UFRN, RSBR, INCT-ET
Joaquim Ferreira, Eduardo Menezes, Marcos Pinto

Opinião dos leitores

  1. Deve ter sido em resposta pelo bloqueio do watts zap do pt que disparava fake news em massa, tendo gleise narizinho hofman como chefe da organização. Rsrsrs

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Tremor foi registrado próximo ao município de Lajes-RN nesse sábado

Foto: Divulgação

No sábado(06), às 07:13 UTC (04:13, hora local), ocorreu um tremor de magnitude preliminar calculada em 1.6. Esse evento foi registrado por diversas estações da Rede Sismográfica Brasileira (RSBR) operadas pela UFRN.

Mapa de localização epicentral. A estrela vermelha indica o epicentro do tremor. O triângulo vermelho mostra a localização da estação de Riachuelo (RCBR).

O registro desse evento na estação RCBR está mostrado na Figura 2. Foto: Divulgação

Lajes, distante 125 km de Natal, conheceu um período de intensa atividade sísmica em 1.963. Nessa época os eventos de maior magnitude ocorreram em 27/08 (3.7) e 02/10 (3.9). Esporadicamente alguns eventos tem sido registrados desde então.

Fonte: LabSis/UFRN, RSBR, INCT-ET
Joaquim Ferreira, Eduardo Menezes

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Tremor é registrado no litoral do RN nesta quinta e sismólogos chamam a atenção para registro de vários eventos ocorridos na região

Foto: Reprodução

Nesta quinta-feira(30), às 06:14 UTC (03:14, hora local) ocorreu um novo tremor no litoral do RN, desta vez de magnitude preliminar 1.7. Esse evento foi registrado por diversas estações da Rede Sismográfica Brasileira (RSBR) operadas pela UFRN.

Mapa de localização epicentral. A estrela vermelha indica o epicentro. O triângulo vermelho mostra a localização da estação de Riachuelo (RCBR). A linha vermelha indica a Falha de Samambaia. Foto: Reprodução.

Os sismólogos do (LabSis/UFRN, RSBR) chamam a atenção que vários eventos tem ocorrido nessa região do litoral do RN suscitando uma questão, levando-se em conta os erros na determinação epicentral e que uma falha não é necessariamente uma linha reta: “estarão esses eventos num prolongamento oceânico da Falha de Samambaia? Sendo verdade teríamos então uma falha de 140 km de extensão”, destacam.

Fonte: LabSis/UFRN, RSBR
Joaquim Ferreira, Eduardo Menezes

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Novo abalo sísmico é registrado em João Câmara-RN no início desta segunda-feira

Foto – O mapa de localização epicentral está mostrado na Figura 1. Reprodução

No início desta segunda-feira(06), às 03:21 UTC (00:21, hora local), ocorreu um novo tremor na região de João Câmara, desta vez de magnitude preliminar 2.0. Esse evento foi sentido por moradores de João Câmara, segundo a Defesa Civil local.

O evento foi registrado por diversas estações da Rede Sismográfica Brasileira (RSBR) operadas pela UFRN.

O Mapa de localização epicentral, conforme destaque, com a estrela vermelha indica o epicentro do tremor. A linha vermelha indica a Falha de Samambaia. Os triângulos mostram a localização das estações de João Câmara (ACJC) e Riachuelo (RCBR). Em destaque os limites dos municípios cortados pela Falha de Samambaia.

O registro desse evento em ACJC está mostrado na Figura 2.

Figura 2. Sismograma 24 h de ACJC (parcial). O registro do evento está em azul após as 03:21 UTC.

A atividade sísmica na região de João Câmara continua ocorrendo ao norte de Lagoa Rachada, nos limites dos municípios de João Câmara e Poço Branco, onde se iniciou a intensa atividade sísmica de 1986.

“Como sempre dizemos, em situações como essas, é impossível saber como será a evolução da atual atividade sísmica. No entanto, o LabSis/UFRN continuará no monitoramento da mesma repassando informações para o público, autoridades e agentes de Defesa Civil para que ações, se necessárias, sejam efetuadas da melhor forma possível”, afirma o LabSis/UFRN.

Fonte: LabSis/UFRN, RSBR
Joaquim Ferreira, Eduardo Menezes

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Novo tremor é registrado na região de João Câmara na madrugada desta segunda, em área onde se iniciou a grande atividade sísmica em 1986

Foto: Reprodução

Nesta segunda-feira(30, às 03:30 UTC (00:30, hora local), ocorreu um novo tremor na região de João Câmara, desta vez de magnitude 1.6. O mapa de localização epicentral está mostrado na Figura 1.

Figura 1. Mapa de localização epicentral. O epicentro está representado pela estrela vermelha. A linha vermelha indica a Falha de Samambaia. O triângulo azul indica a localização da estação de João Câmara (ACJC). Em destaque, os limites dos municípios cortados pela Falha de Samambaia. Foto: (Reprodução).

O epicentro do evento está na região de Lagoa Rachada, no limite dos municípios de João Câmara e Poço Branco, onde se iniciou a grande atividade sísmica em 1986. No entanto, não é possível saber se se trata de um evento isolado ou de um evento que está iniciando um novo período de intensa atividade sísmica. Só o tempo dirá do que se trata, sendo necessário um monitoramento constante da região.

Fonte: LabSis/UFRN, RSBR
Joaquim Ferreira, Eduardo Menezes, Marconi Oliveira

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Tremor na dorsal meso-oceânica foi registrado nessa quarta a 1.322 km de Natal

Na quarta-feira(18), às 17:02 UTC, ocorreu um novo tremor na dorsal, desta vez de magnitude 4.9. O epicentro do evento foi localizado a aproximadamente  481 km a E de São Pedro e São Paulo (portanto, fora do limite das 200 milhas ou 370 km da Zona Econômica Exclusiva),  a 945 km a ENE de Fernando de Noronha,  a 1.318 km a ENE de São Miguel do Gostoso, a 1.322 km a ENE de Natal e a 1.572 km a ENE de Fortaleza.

Fonte: LabSis/UFRN, USGS
Joaquim Ferreira
 

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Novo tremor de terra no RN foi registrado no fim da noite dessa segunda na região de João Câmara

Nessa segunda-feira(16), às 23:29 (hora local; 02:29 do dia 17/03 UTC), ocorreu um novo tremor na região de João Câmara. O tremor, de magnitude preliminar estimada em 1.5, ocorreu na parte norte da Falha de Samambaia, no município de Pureza. Esse evento foi registrado por diversas estações da Rede Sismográfica Brasileira (RSBR) operadas pela UFRN.

Mapa de localização epicentral. A estrela vermelha indica o epicentro do tremor. A linha vermelha indica a Falha de Samambaia. Os triângulos mostram a localização das estações de João Câmara (ACJC) e Riachuelo (RCBR). Em destaque os limites dos municípios cortados pela Falha de Samambaia.

Os sismólogos afirmam que é impossível saber como essa atividade sísmica vai evoluir mas, graças ao monitoramento, sabemos que existe e onde está localizada, o que permite informar a população, as autoridades e os órgãos de Defesa Civil sobre ela.

Fonte: LabSis/UFRN, RSBR
Joaquim Ferreira, Eduardo Menezes

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Sismólogos confirmam tremor de terra em João Câmara nessa terça

Foto: Divulgação

No final dessa terça-feira(10), por volta das 22h11, sismólogos registraram um novo tremor na região de João Câmara, de magnitude preliminar estimada em 1.7, na parte norte da Falha de Samambaia, no município de Pureza. Esse evento foi registrado por diversas estações da Rede Sismográfica Brasileira (RSBR) operadas pela UFRN.

No Mapa de localização epicentral, acima, a estrela vermelha indica o epicentro do tremor. A linha vermelha indica a Falha de Samambaia. Os triângulos mostram a localização das estações de João Câmara (ACJC) e Riachuelo (RCBR). Em destaque os limites dos municípios cortados pela Falha de Samambaia.

Figura 2. Sismograma diário (11/03/2020 UTC) da estação ACJC. O registro do evento está na parte superior do sismograma.

“É impossível saber como essa atividade sísmica vai evoluir mas, graças ao monitoramento, sabemos que existe e onde está localizada, o que permite informar a população, as autoridades e os órgãos de Defesa Civil sobre ela”, resumem os sismólogos locais,

Fonte: LabSis/UFRN, RSBR
Joaquim Ferreira, Eduardo Menezes, André Silva

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Meio Ambiente

Laboratório de Sismologia da UFRN registra tremores no Oceano Atlântico


Laboratório Sismológico da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (LabSis/UFRN) registrou um tremor de terra de aproximadamente 5.0 de magnitude na escala Richter, a 1.715 quilômetros de Natal, na manhã desta terça-feira (10), mais precisamente às 4h20. No mapa, o tremor é indicado pela estrela vermelha.

No domingo (8), já havia sido registrado um outro tremor, a 1.440 Km ao Norte da capital potiguar, às 19h49. Assim como o primeiro, este também registrou intensidade 5 na escala Richter.

O epicentro do tremor desta terça foi localizado em região oceânica, próximo também ao arquipélago de São Paulo e São Pedro, Recife e Fernando de Noronha, indicado na imagem por uma estrela vermelha.

No final de fevereiro, outros dois tremores foram registrados pelo Labsis. Os eventos, no entanto, aconteceram mais distantes, a mais de 2,7 mil km de distância e a Sudeste de Natal.

Opinião dos leitores

  1. Interessante é ter gente que acha que as desgraças não ocorrem consigo nem com ninguém conhecido ou parente. Aliás, as desgraças só ocorrem com os outros. Sei não viu.

  2. Meu Deus do céu, o que é que eu tenho a ver com isso, Homi pelas caridade o que é que isso muda na minha vida, isso é coisa pra quem não tem juízo.

  3. Esse laboratório da UFRN é uma comédia.
    Erram e se precipitam demais, parecem pardais em busca de alimento. Erraram diversas vezes em Caraúbas no interior, onde em vez de tremores, era apenas uma pedreira que existe na cidade, já neste caso da matéria é apenas os movimentos da placas tectônicas. Kkk

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *