Jogador do Botafogo Marcinho é suspeito de atropelar casal de professores no Recreio, no Rio; homem morreu na hora

 Foto: Divulgação/Botafogo

O jogador do Botafogo Márcio Almeida de Oliveira, o Marcinho, é apontado pela polícia como suspeito de ter atropelado um casal no Recreio, na Zona Oeste do Rio, na noite de quarta-feira (30). A informação foi publicada pela Época e confirmada pelo G1.

Os professores Maria Cristina José Soares e Alexandre Silva de Lima atravessavam a Avenida Sernambetiba, na altura do número 17.170 quando foram atingidos pelo carro, modelo Mini Cooper. O motorista fugiu sem prestar socorros.

O delegado Allan Luxardo, titular da 42ª DP (Recreio), disse ao G1 que as investigações estão em andamento e que há evidências de que Marcinho conduzia o veículo no momento do acidente.

O jogador ainda não foi encontrado e o carro foi apreendido para perícia.

Alexandre Lima da Silva morreu na hora. Segundo a polícia, o carro envolvido no acidente foi abandonado em uma avenida, metros depois. O motorista fugiu e ainda não foi localizado pela polícia.

A mulher atropelada foi operada e está internada no hospital Lourenço Jorge, na Barra da Tijuca.

Em nota, o Diretório Central dos Estudantes do CEFET/RJ lamentou a morte do professor.

“Tivemos a oportunidade de conhecer o professor Alexandre para solucionar alguns problemas, e ele se mostrou muito solícito e comunicativo conosco. Uma pessoa de qualidade ímpar. Um ótimo professor. Estamos de luto e perplexos com o acontecimento, e prestamos solidariedade e recuperação à sua esposa, e aos familiares e amigos, nossos sentimentos nesse momento. Que ele descanse em paz e será sempre lembrado como parte da história do CEFET!”, dizia a nota.

G1

Promotor de eventos suspeito de atropelar e matar pedreiro após discussão no trânsito se apresenta à polícia em Natal e é preso

Foto: Inter TV Cabugi/Reprodução

Errata: fizemos uma alteração no primeiro parágrafo quanto à natureza da prisão. Ele foi preso em cumprimento a um mandado de prisão temporária, não preventiva.

Policiais civis da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) deram cumprimento, na manhã desta terça-feira (10), a um mandado de prisão temporária em desfavor do produtor de eventos Bruno Luis Duarte da Costa Pereira, 34 anos. De acordo com as investigações, ele é o motorista que guiava o Renault Clio, de cor branca, que atropelou e matou Cícero dos Santos, 53 anos. Bruno Costa se apresentou à DHPP, onde prestou esclarecimentos sobre o caso.

Após a identificação do motorista, realizada na segunda-feira (9), a Justiça atendeu o pedido da Polícia Civil e determinou a prisão temporária do suspeito nesta terça-feira. Entretanto, antes mesmo da Polícia chegar ao suspeito para efetuar a prisão, o próprio condutor resolveu se apresentar na sede da DHPP.

Durante o depoimento, o suspeito confirmou a briga de trânsito e declarou que perseguiu o motociclista para que o pedreiro aguardasse a chegada da perícia, mas que não tinha a intenção de atropelá-lo. Bruno Costa também teria informado que não sabia que tinha matado o pedreiro no momento do acidente.

Ele será encaminhado ao sistema prisional, onde ficará à disposição da Justiça. A Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima através do Disque Denúncia 181.

Fonte: Secretaria de Comunicação Social da Polícia Civil/RN – SECOMS

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Claudio Araújo disse:

    Assassino confesso seria o termo correto.

  2. Brasil disse:

    Cabra de peia, matou uma pessoa trabalhadora por besteira, tem que pagar caro, tirar vida de outro é o pior crime que existe

  3. Luan disse:

    É preciso apenas uma decisão q leva 1 segundo para vc alterar o rumo d sua vida, por isso pense muito bem antes de qualquer tomada decisão.

  4. Paula disse:

    Essa imprensa Potiguar passa pano viu, ele não é suspeito e sim o assassino, usou o carro como arma para matar um trabalhador.

  5. Mily disse:

    Um pouco arrependido?! Meu caro, nada justifica o que vc fez.

  6. Jeba disse:

    covarde, com todas as letras.

Policial civil é preso após ameaçar pessoas em bar e atropelar idosa

Portal BO

O agente da Polícia Civil Lívio Nogueira de Miranda foi detido no fim da tarde deste sábado (20) após ameaçar populares e atropelar uma idosa na avenida Airton Senna, no bairro de Pirangi. Desde o início da manhã a Polícia Militar vinha recebendo denúncias contra o policial, dando conta que ele usava uma pistola calibre 380 e ameaçava os moradores do conjunto.

Ainda segundo informações repassadas pela polícia, Lívio apresentava sinais de embriaguez. Ele foi conduzido para a Delegacia de Plantão da Zona Sul e autuado por lesão corporal de natureza leve. O policial está lotado no 4º Distrito Policial, em Mãe Luiza.

(mais…)

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. MORONI disse:

    Grande Livio!! Nobre policial, Tem o coração de ouro, apenas foi formado na mesma academia do tenente, a LOUCADEMIA de policia kkkkkk abração meu irmão! em breve seremos colegas de profissão!!

  2. ALISON disse:

    DEIXA ESSES OTÁRIOS RASGAREM A BOCA, UM CARA COMO VOCÊ, POLICIAL CIVIL, TEM O CURSO DE CAVEIRA DA PM, FORMADO EM DIREITO, PÓS-GRADUADO EM DIREITO E PROCESSO PENAL ( ESPECIALIZAÇÃO ), BONITO ( EI SOU FRESCO NÃO, NÃO VAI CONFUNDIR AS COISAS), GENTE BOA, AMIGO, INTELIGENTE, É DE DAR INVEJA MESMO EM QUALQUER UM. ABRAÇÃO LÍVIO, TÓ COM VOCÊ E NÃO ABRO. GOSTO MUITO DE VOCÊ.

  3. Felipe3 disse:

    Só fala mal de você (Lívio) quem não lhe conhece. Você é cara. abraço.

  4. AMIGO disse:

    LÍVIO É UM EXCELENTE POLICIAL CIVIL, É UM ÓTIMO SERVIDOR PÚBLICO, É O MELHOR POLICIAL CIVIL QUE JÁ CONHECI ATÉ HOJE, CARA VOCÊ É 10, 10 COMO AMIGO E COMO POLICIAL VOCÊ É 1.000. NÃO SE ABALE COM OS INVEJOSOS E MENTIROSOS. ABRAÇÃO NÓS TE ADORAMOS.