Diversos

Jogador brasileiro não sobrevive à parada cardiorrespiratória e morre em Portugal; mundo do futebol presta homenagens

Foto: Getty Images

O jogador Alex Apolinário, do Alverca, que havia sofrido uma parada cardiorrespiratória no último domingo, morreu nesta quinta-feira. O clube português divulgou um comunicado sobre o falecimento do brasileiro, por morte cerebral.

– Com profundo pesar comunicamos, de acordo com as informações prestadas pelo corpo médico do Hospital de Vila Franca de Xira, o falecimento por morte cerebral do nosso atleta Alex Sandro dos Santos Apolinário, esta manhã. O FC Alverca Futebol SAD prestará todo o apoio necessário a seus familiares – declarou o Alverca.

Alex Apolinário sofreu a parada cardiorrespiratória durante o jogo do Alverca contra o Almeirim, válido pela terceira divisão do Campeonato Português. Ele caiu desacordado no gramado por volta dos 27 minutos do primeiro tempo, perto do círculo central.

Os jogadores alertaram o árbitro, que decidiu não retomar a partida por causa do episódio. O brasileiro precisou ser atendido com o uso de desfibrilador e, depois de ter a situação estabilizada, foi encaminhado ao Hospital de Vila Franca de Xira para continuar com a recuperação.

A mãe do jogador, Vânia Apolinário, havia recebido a notícia na terça-feira de que os médicos do Hospital de Vila Franca de Xira estavam otimistas com os exames realizados com Alex, para avaliar as funções de órgãos vitais. Mas infelizmente ele não sobreviveu.

Alex Apolinário tinha 24 anos e jogava no Alverca desde o início de 2019, quando saiu do Cruzeiro. Ele ganhou notoriedade em Portugal ao marcar um dos gols da vitória por 2 a 0 sobre o Sporting de Lisboa, na temporada passada, que eliminou o clube de maior expressão da Taça de Portugal. Ele teve passagens pelas categorias de base e do Botafogo-SP, Cruzeiro e Athletico-PR.

Mundo do futebol presta homenagens

Nas redes sociais, vários jogadores, clubes e pessoas ligadas ao futebol prestaram homenagem a Alex(VEJA AQUI em texto na íntegra).

Globo Esporte

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

Jogador do Botafogo Marcinho é suspeito de atropelar casal de professores no Recreio, no Rio; homem morreu na hora

 Foto: Divulgação/Botafogo

O jogador do Botafogo Márcio Almeida de Oliveira, o Marcinho, é apontado pela polícia como suspeito de ter atropelado um casal no Recreio, na Zona Oeste do Rio, na noite de quarta-feira (30). A informação foi publicada pela Época e confirmada pelo G1.

Os professores Maria Cristina José Soares e Alexandre Silva de Lima atravessavam a Avenida Sernambetiba, na altura do número 17.170 quando foram atingidos pelo carro, modelo Mini Cooper. O motorista fugiu sem prestar socorros.

O delegado Allan Luxardo, titular da 42ª DP (Recreio), disse ao G1 que as investigações estão em andamento e que há evidências de que Marcinho conduzia o veículo no momento do acidente.

O jogador ainda não foi encontrado e o carro foi apreendido para perícia.

Alexandre Lima da Silva morreu na hora. Segundo a polícia, o carro envolvido no acidente foi abandonado em uma avenida, metros depois. O motorista fugiu e ainda não foi localizado pela polícia.

A mulher atropelada foi operada e está internada no hospital Lourenço Jorge, na Barra da Tijuca.

Em nota, o Diretório Central dos Estudantes do CEFET/RJ lamentou a morte do professor.

“Tivemos a oportunidade de conhecer o professor Alexandre para solucionar alguns problemas, e ele se mostrou muito solícito e comunicativo conosco. Uma pessoa de qualidade ímpar. Um ótimo professor. Estamos de luto e perplexos com o acontecimento, e prestamos solidariedade e recuperação à sua esposa, e aos familiares e amigos, nossos sentimentos nesse momento. Que ele descanse em paz e será sempre lembrado como parte da história do CEFET!”, dizia a nota.

G1

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

Lewandowski bate Messi e Cristiano Ronaldo e é eleito o melhor jogador do mundo

Deu a lógica, por mais estranha que possa parecer essa frase. O centroavante polonês Robert Lewandowski confirmou o favoritismo e foi eleito nesta quinta-feira o melhor jogador do mundo da temporada 2019/20 pela Fifa.

Para ficar com o prêmio, o jogador do Bayern bateu ninguém menos que Messi, do Barcelona, e Cristiano Ronaldo, da Juventus, os maiores de sua geração.

Globo Esporte

Opinião dos leitores

  1. … Vixe ! … Está faltando Crack no Mundo !! … para ser o melhor do Mundo é muito fraco !! ..

    1. Nem Cristiano amarra a do Messi.
      Messi é gênio.
      Craque!
      Capaz de dar um drible a 30 centímetros de distância da bola e definir uma jogada, coisa que estar longe do Cristiano fazer.
      É todo duro, só sabe pedalar, leva na força não na técnica.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polêmica

Após acusação de tráfico por duas caixas de remédio, Justiça russa condena ex-motorista de jogador Fernando a tempo mínimo de prisão

Foto: Reprodução

No último dia de julgamento, a Justiça russa diminuiu a pena de Robson Nascimento de Oliveira, de 12 anos, como pedia a promotoria, para três anos de prisão. Contado o tempo em que ele já está preso, um ano e nove meses, o brasileiro poderá deixar a prisão dentro de menos de um ano e meio.

Robson não sabia que os remédios estavam na mala, que lhe foi entregue no aeroporto, fechada. Ele chorou bastante ao final da sentença, considerada surpreendente até pela defesa do motorista. No pior cenário, considerando as penas máximas para os crimes, o brasileiro poderia ser condenado a até 25 anos de prisão.

A juíza considerou dois anos e seis meses de pena para contrabando e o mesmo tempo pela tentativa de tráfico. Pelas leis russas, a segunda pena pode ser diminuída em um terço, na soma com outra. Por isso, os três anos estipulados na sentença.

O advogado de Robson na Rússia, Pavel Gerasimov, e representantes da embaixada do Brasil em Moscou, que acompanharam a sessão, disseram que desconhecem qualquer documento assinado garantindo a transferência do motorista para o Brasil. A defesa de Robson acredita que o processo será iniciado tão logo a sentença seja definitiva, após a fase de recursos.

Se a transferência tiver sucesso, Robson terá de cumprir o restante da pena em presídio brasileiro. Pelas leis russas, cumprindo 3/4 da pena, o condenado já pode deixar o regime fechado. Se a pena for mantida, Robson já poderá deixar o centro de detenção, em Kashira, daqui cerca de oito meses.

O julgamento começou às 4h30 da madrugada, no Brasil (10h30 na Rússia) e formou uma corrente de oração entre os familiares e amigos de Robson.

– Só tenho a dizer que estou super, mega feliz. Agora mais do que antes ele estará de volta ao Brasil e com a família dele. Estou com pensamentos positivos desde janeiro, disse a mulher de Robson, Simone Barros.

Entenda o caso

Robson Oliveira, de 48 anos, é acusado de tráfico internacional de drogas por ter entrado no país, em fevereiro do ano passado, com duas caixas de remédios ( Mytedom 10mg ou cloridrato de metadona) comprados pela família do jogador de futebol Fernando, volante, ex-seleção brasileira e atualmente no Beijing Guoan. De acordo com todos os depoimentos à imprensa – inclusive da família do atleta – os medicamentos foram levados para o país em uma mala que foi entregue fechada a Robson por um funcionário da família, no embarque no Rio de Janeiro. O motorista não sabia que havia na bagagem este medicamento.

O verdadeiro dono dos remédios é William Pereira de Faria, sogro do jogador. Ele mora no Brasil e nunca prestou depoimento às autoridades. Seu advogado afirma que o depoimento não foi pedido enquanto ele estava na Rússia e que a justiça do país não aceita interrogatório à distância.

O motorista não sabia da proibição do remédio no país e acabou preso, em março do ano passado. Este remédio seria usado pelo sogro do atleta para amenizar dores na coluna e foi comprado com receita médica endereçada a ele, por um funcionário da família no Brasil.

As informações de que o remédio era de William e não de Robson foram confirmadas pelos advogados da família de Fernando e pelo próprio jogador, em diversas entrevistas ao Esporte Espetacular.

O verdadeiro dono do medicamento, no entanto, nunca prestou depoimento às autoridades russas, nem concedeu entrevista à imprensa. Nos únicos depoimentos prestados à polícia pela família do jogador, dados por Fernando e sua mulher Raphaela, eles afirmam que desconheciam a existência dos remédios e não confirmaram o relato do motorista, que narra que o medicamento fora colocado na mala sem o conhecimento dele.

Globo Esporte

Opinião dos leitores

  1. Só esqueceram de falar que a redução da pena deve-se ao pedido de Jair Bolsonaro ao presidente Putin.
    Chupa mais essa globolixo e esquerdopatas.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Flamengo anuncia que um dos jogadores de seu elenco testou positivo para coronavírus

O Flamengo anunciou que um dos jogadores de seu elenco testou positivo para coronavírus após exames moleculares realizados na manhã desta quarta-feira, no Ninho do Urubu. O atleta foi colocado em quarentena e substituído por outro na relação dos que enfrentam o Fluminense na final da Taça Rio, nesta noite, no Maracanã.

A identidade do jogador não foi revelada pelo clube, mas ele é o primeiro caso de infecção no elenco rubro-negro desde a retomada das atividades, há um mês e meio. Quando realizou os primeiros exames no Ninho do Urubu, após o período de isolamento total, o Flamengo aferiu que nove jogadores já haviam tido contato com a doença ou ainda estavam contaminados — os últimos recuperados cumpriram quarentena até 24 de maio.

O Globo

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

Mais três jogadores acertam saída do ABC

O Departamento de Futebol do Mais Querido comunicou na tarde desta terça-feira (13) que mais três jogadores acertaram os detalhes e não fazem mais parte do elenco abecedista para a sequência do Campeonato Brasileiro da Série B.

O zagueiro Mael, o meia Wellington Bruno e o meia atacante Edno, que conversaram com a diretoria no sábado passado (10), compareceram ao clube esta tarde, definiram os últimos pontos e assinaram a rescisão contratual.

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

Jogador Brasileiro naturalizado ucraniano é convocado para o exército do país.

Acostumado a defender a seleção da Ucrânia, o meia brasileiro Edmar Lacerda recebeu uma convocação nada agradável nas últimas semanas. O jogador foi chamado pelo exército ucraniano para atuar nos conflitos que ocorrem no país contra os separatistas de origem russa. Naturalizado ucraniano, o paulista de Mogi das Cruzes levou um susto com a intimação, mas informou que a situação já foi resolvida pelo seu clube, o Metalist Kharkiv.

“ Foi há cerca de duas, três semanas. Recebi essa intimação e minha esposa, que é ucraniana, ficou surpresa. No começo, meus companheiros de clube até brincaram comigo, achando que não era verdade, mas depois que apresentei o documento todos viram que era sério. Passei para a diretoria do time e tudo foi resolvido, aparentemente foi um equívoco do exército ucraniano”, declarou o jogador de 34 anos, ao G1.

Edmar vive na Ucrânia há 11 anos e é cidadão ucraniano desde 2011. Ele afirmou que a situação atual do país é inédita desde que ele chegou. Apesar do clima de tensão no território ucraniano, o meia garantiu que a cidade de Kharkiv não foi atingida pelos conflitos e que nem pensa em servir o exército, caso as disputas fiquem mais intensas.

“ Eu não quero nem pensar nessa possibilidade, acho que tudo já foi resolvido e só quero pensar em jogar futebol, que é o que sei fazer. Em 2004, houve uma revolução na Ucrânia, mas foi pacífica. Eu nunca tinha visto nada parecido, mas acompanhamos a maioria das notícias pela televisão ou internet, já que a Kharkiv não está diretamente envolvida nos confrontos”.

Nos quatro primeiros anos no país, Edmar atuou no Tavriya Simferopol, da região da Crimeia, um dos locais onde a situação política é mais tensa, já que a população do local é de maioria russa. A família de sua esposa, Tatiana, é da Crimeia e recentemente todos se mudaram para Kharkiv, buscando mais segurança.

“ Eles acharam melhor morar aqui e vendemos a casa na Crimeia. No período em que joguei lá era tudo muito tranquilo, diferente da situação atual”.

Edmar fez questão de tranquilizar os familiares dele e dos demais companheiros que vivem no Brasil. Eles aguardam a definição sobre o que será feito no próximo Campeonato Ucraniano, previsto para começar nas próximas semanas.

De acordo com o jogador, algumas equipes são de cidades envolvidas nos conflitos, e o espaço aéreo de parte do país está fechado, o que dificulta o deslocamento dos times.

Fonte: G1

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

FOTO FORTE: Após queda, jogador holandês dá entrada em hospital com traumatismo craniano

cahill-holanda-reu(Foto: Agência Reuters)

Após cair e bater com o rosto no chão, o zagueiro holandês Bruno Martins Indi foi levado a um hospital localizado nas proximidades do estádio Beira-Rio, que recebeu a vitória da Holanda por 3 a 2 sobre a Austrália nesta quarta-feira. O defensor acabou levando a pior numa entrada dura do atacante Tim Cahill, da Austrália. No lance, o defensor caiu com o rosto no chão e precisou sair de campo na maca e com o pescoço imobilizado (veja o lance no vídeo ao lado).

De acordo com um médico da Fifa que conduziu o jogador na ambulância, Martins Indi ficará em observação pelo menos até as 18h. A suspeita do profissional é de que o jogador tenha sofrido uma lesão leve na coluna cervical. Porém, o jogador deu entrada no Hospital Mãe de Deus com traumatismo craniano. Oficialmente o hospital ainda não se manifestou e deve divulgar um boletim médico no final da tarde.

A jogada aconteceu no fim do primeiro tempo e o atacante australiano, que cometeu a falta, levou cartão amarelo. Indi foi substituído pelo atacante Memphis Depay alguns minutos depois.

Com informações do Globo Esporte

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

Campeão brasileiro, uruguaio faz leilão de medalha para retirada de tumor

Mario_Larramendi_Instagram_ReproducaoCampeão brasileiro da Série D com o Botafogo-PB, o zagueiro uruguaio Mário Larramendi passa por um drama. Ele descobriu que está com um tumor ósseo no fêmur da perna esquerda e, para arcar com os custos de uma cirurgia, decidiu, nesta quinta-feira, através da internet, fazer um leilão da medalha que conquistou.

“Coloco em leilão minha medalha de campeão brasileiro de 2013 para poder fazer minha cirurgia. É algo que preciso urgentemente. Minha cirurgia sai por R$ 30 mil. Agradeço todas as ofertas que vierem. Um grande abraço, Mário”

Aos 29 anos de idade, Larramendi, que iniciou a sua carreira no Chile, atua no Brasil desde 2010 e, em 2013, foi peça fundamental para o Botafogo-PB se sagrar campeão brasileiro, marcando, inclusive, um gol na grande final da competição, a vitória por 2 a 0 sobre o Juventude. Apesar disso, o uruguaio não renovou o seu vínculo com o Botafogo.

Estadão

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Jogador se engasga com língua, desmaia e morre durante partida

jordansalfaisalyafpUm jovem jogador jordaniano de 19 anos morreu durante uma partida de futebol. De acordo com o Al Faisaly, clube que o jogador representava na Jordânia, o atleta Qusai Emad al-Khawalda morreu por falta de ar, após se engasgar com a língua durante encontro contra o Al-Jazzera, em Amã.

O diretor do Al Faisaly, Ihab al-Khalili, explicou que os colegas de equipe “tentaram reanimá-lo até a chegada da ambulância”. O dirigente acrescentou que o clube vai “averiguar a razão” para os paramédicos terem “demoraram tanto tempo a chegar, depois da chamada de emergência que foi feita”.

Há dois anos, o goleiro do Faisaly, Zbin Al-Khawalda, morreu em um acidente de carro. O atleta era da mesma família que Qusai Emad, além de ser da mesma aldeia, situada na província de Mafraq, no Norte da Jordânia.

Terra

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Tragédia: Jogador de categoria de base em São Paulo é atingido por raio e morre na hora

0002048123875_imgA tarde dessa quarta-feira foi de muita tristeza na sede do Botafogo-SP. Atingido por um raio enquanto jogava futebol com amigos no campo do Serrana Futebol Clube, o lateral-esquerdo da categoria Sub-15 da Pantera, Igor Correia de Lima, não resistiu e faleceu por volta das 16 horas, na cidade de Serrana.

Igor chegou ao Botafogo em fevereiro deste ano e fez parte do elenco que disputou o Campeonato Paulista Sub-15, inclusive sendo titular em algumas partidas. Tristes com a notícia, diretoria, funcionários e atletas do Botafogo se solidarizaram com a família de Igor e pediram orações dos torcedores em nome de Igor.

Segundo a Polícia Militar, que socorreu o atleta diretamente no gramado do Serrana, Igor estava no meio do jogo quando um raio o atingiu na cabeça. A descarga elétrica derrubou o jogador na hora e ele sofreu uma parada cardíaca. Conduzido ao hospital, o jovem de 15 anos não resistiu e faleceu.

Com o ocorrido, a diretoria do Botafogo decretou luto de três dias no clube e se colocou a disposição da família.

Futebol Interior

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

Estádio de time campeão brasileiro vai a leião para quitar dívida com ex-lateral da seleção

00846b50-e609-4add-b1e5-80d0beaa9c03_brincodeourogazetapressO estádio Brinco de Ouro da Princesa, do Guarani, pode ir a leilão no próximo dia 30 de outubro. O motivo seria uma dívida com o lateral esquerdo Gustavo Nery, que disputou 3 partidas com a camisa da equipe de Campinas no ano de 2000.

O departamento jurídico do Bugre tenta impedir o leilão alegando que o estádio teria valor estimado de R$ 200 milhões, e a dívida do clube com o ex-jogador, assim como outras dívidas pendentes pela clube, seriam de apenas R$ 6 milhões.

“Todas as ações que estavam na primeira vara foram unificadas em cima da dívida do Gustavo Nery. A penhora estava no imóvel da Bandeirantes, que foi para leilão e não houve arrematação, voltando para o estádio Brinco de Ouro, que é uma das matrizes do terreno. Vamos tentar uma medida cautelar para impedir a realização do leilão devido aos valores envolvidos”, afirmou o advogado Gustavo Tavares em entrevista à radio Bandeirantes de Campinas.

Para sanar a dívida, o Guarani busca fazer com que seu ginásio seja leiloado ao invés do Brinco de Ouro. “Nossa intenção é oferecer o ginásio para leilão, que é outra matrícula do terreno e possui outras penhoras. Mas pelo montante do valor que representa, ele satisfaria todas as penhoras em cima dessa matrícula”, argumenta Tavares.

Envolvido em uma dívida de mais de R$ 150 milhões, a diretoria do Bugre considera vender o terreno de seu estádio para sanar seus débitos, mas depende da prefeitura da cidade de Campinas para dar continuidade ao processo.

“As penhoras existem, não só trabalhistas como também fiscais, em cima de todas as matrículas do terreno. Estamos apenas aguardando o posicionamento da prefeitura para que possamos dar continuidade nas negociações. O valor seria utilizado para acabar com todas as dívidas”, explicou o advogado.

Yahoo Esportes

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Quadrilha acusada de matar e picotar jogador do Fluminense é presa no Rio de Janeiro

18_53_30_704_fileNesta segunda-feira (2), sete traficantes de drogas foram presos em uma operação da Polícia Civil em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. Dentre os presos, estão os três suspeitos de matar e esquartejar o garoto Gabriel de Oliveira, de apenas 18 anos, que era jogador da base do Fluminense.

Os autores do crime, segundo informações divulgadas, são: Douglas Ventura da Conceição, conhecido também como “Zero Um”, Marcelo Dino Silva, o “Astronauta” ou “Açougueiro” e Adrieliton Jesus do Rosário. Além deles, dois adolescentes foram apreendidos.

Segundo investigações da Polícia Civil, Gabriel teria sido morto por determinação de Alex Sacramento Lopes, conhecido como “Lico”, que é apontado como chefe do tráfico.

Durante cerca de três meses de investigação, a polícia descobriu que Gabriel foi morto porque teria descumprido uma das leis do tráfico na comunidade de São Francisco.

18_53_30_763_file

Dias antes do desaparecimento do rapaz, que aconteceu em maio, o irmão mais novo e um amigo haviam roubado um carro em Nova Iguaçu. Gabriel teria circulado pela favela dirigindo o veículo. Para os criminosos, esta atitude abre a possibilidade de atrair policiais à comunidade, e por esse motivo, fizeram o jovem atleta pagar com a vida.

Quando Gabriel sumiu, em maio, a diretoria do Fluminense informou que ele estava afastado do clube por problemas de indisciplina, mas que ele tinha contrato assinado até 2014. Após a notícia de que havia sido morto e esquartejado, e o bando preso, o clube carioca foi procurado pela reportagem do R7, mas evitou qualquer comentário “por não ter mais ligação com Gabriel”.

R7

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

Jogador do Fluminense está desaparecido desde a semana passada

Um jogador da categoria de base do Fluminense está desaparecido desde a semana passada. De acordo com divulgada no site oficial do clube, Gabriel Costa, de 18 anos, que está no primeiro ano de juniores, foi visto pela última vez na noite de quinta-feira quando saia de casa, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. Em nota, o Fluminense afirma que acompanha o caso, que foi registrado no último sábado, na 56ª DP (Nova Iguaçu) .

De O Globo

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

Jogador do vasco é torturado em favela após ser flagrado com namorada de traficante

bernardo_treinovasco_alexandrecassianoglo.jpg_95

O meio-campo do Vasco Bernardo, conhecido por seu temperamento explosivo dentro de campo, virou notícia fora das quatro linhas. No domingo (21), o jogador do Vasco foi sequestrado e torturado por traficantes dentro do conjunto de favelas da Maré, na Zona Norte do Rio. As informações são do delegado responsável pelo caso, José Pedro Costa Silva, da 21ª DP .

A agressão teria sido motivada pelo suposto envolvimento do jogador com Daiane Rodrigues, que seria a “namora número 1” do traficante “Menor P”, Marcelo Santos das Dores. O flagra do casal aconteceu (mais…)

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *