Casal que perdeu lua de mel por causa de empresa aérea será indenizado em R$ 38 mil no RN

Foto: Ilustrativa

A 1ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do RN negou por unanimidade a apelação da empresa Latam Airlines que buscava reverter os efeitos da sentença em que foi condenada ao pagamento de danos materiais no valor de R$ 8.705,45 e danos morais no montante de R$ 30 mil a um casal de clientes prejudicado em sua viagem de lua de mel. Entenda o caso aqui em matéria na íntegra no Justiça Potiguar.

Casal perde guarda de filho por recusar quimioterapia

Foto: Divulgação

Um garoto de quatro anos de idade que sofre de câncer vai morar com a avó depois que seus pais o impediram de fazer quimioterapia. O menino vive na Flórida, nos Estados Unidos.

A decisão judicial tomada na segunda-feira contra os pais, Taylor Bland e Joshua McAdams, ocorreu depois que sua tentativa de tratamento alternativo chamou atenção nacional.

O garoto foi retirado dos pais depois que eles pararam de levá-lo à quimioterapia e se mudaram do estado.

Os pais estão “obviamente arrasados”, disse a advogada do casal à imprensa americana.

Leia matéria completa aqui no Justiça Potiguar.

VÍDEO: PM à paisana flagra assalto na BA, apreende menor, casal entra em discussão na ocorrência e reclama de agressões; associação defende ação policial

Foto: Reprodução/ G1. ASSISTA AQUI

Um vídeo divulgado nessa quarta-feira (28) mostra um policial militar, com arma na mão, em Itabuna, no sul da Bahia, durante uma ocorrência em que se despôs a neutralizar uma ação criminosa . O caso ocorreu na noite de terça-feira (27), no bairro Conceição.

O portal G1 noticia, conforme a mulher envolvida no caso, que ela e o marido foram comprar pão em uma padaria da região, quando um menor saiu correndo do local após roubar biscoitos.

Ainda segundo a mulher, o homem identificado como policial começou a agredir o suspeito, quando o marido dela tentou intervir para amenizar a situação. A confusão entre eles teria começado neste momento.

No vídeo, que tem pouco mais de um minuto e meio, o policial aparece com arma na mão e chega a questionar se a mulher divulgaria as imagens, após perceber que ela estava gravando. Ela responde que sim.

“Eu vou divulgar. Eu vou divulgar, porque você não tinha o direito de usar essa arma”, fala a mulher no vídeo.

Durante a confusão o PM dá um soco no marido da mulher. Ela, no entanto, pede para que o companheiro não revide. “Você não é igual a ele”, diz.

Em grande parte do vídeo, o policial justifica supostas agressões, dizendo que o menino tinha roubado o mercado.

Já no final das imagens, durante a confusão, o homem dá um tapa e derruba o celular da mulher. Ela então questiona: “Você vai me bater mesmo?”.

O advogado Rodrigo Rocha, que presta serviços à Associação de Policiais e Bombeiros e de seus Familiares do Estado da Bahia (Aspra), defende o PM neste caso. Segundo ele, o policial estava perto do supermercado quando foi informado de que um suspeito tinha roubado o estabelecimento.

Ainda segundo o advogado, o PM então foi até o local, conseguiu localizar o suspeito e o imobilizou para chamar a viatura, momento no qual o casal interferiu na ação policial. Na confusão, o garoto, que não teve a idade revelada, acabou fugindo. A Aspra ainda divulgou uma nota de repúdio contra ação do casal. [Confira nota na íntegra ao fim da reportagem]

Conforme André Aragão, coordenador de polícia da cidade, vai ser lavrado o procedimento para apurar o caso. Ele disse também que está providenciando provas.

Já o Tenente Coronel Daniel Riccio, da Polícia Militar em Itabuna, disse que o PM vai ser intimado para apresentar depoimento e que ainda é muito cedo para afastar o agente ou tomar qualquer outra decisão nesse sentido.

Nota da Aspra

A ASPRA BAHIA REGIONAL DE ITABUNA vem por meio desta repudiar a atitude de um casal que na noite de ontem por imprudente tentou intervir e atrapalhar uma ação legítima de um policial à paisana.

O fato aconteceu num supermercado no Bairro Conceição. O Policial, que é conhecido do proprietário, estava passando nas imediações e foi avisado que um homem já conhecido por crimes no comércio estava furtando o local. Ato continuo o Policial conteve o criminoso e cuidou de imobiliza-lo para acionar o 190.

De forma temerária, imperita e imprudente, um casal passa então a tentar intervir na ocorrência, filmam o Policial, colocam a própria vida e a vida de terceiros em risco, inicia-se então um entrevero.

A atuação do Policial em conter o meliante foi dentro da técnica e encontra-se respaldada por ter agido no estrito cumprimento do dever, bem como em legítima defesa de terceiros.

A ASPRA BAHIA repudia o comportamento do casal que colocou as próprias vidas e vidas de terceiros em perigo.

Com informações do G1

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. frank disse:

    eu só queria ver se esse casal fosse as vítimas do bandido , se eles estariam com essa compaixão toda , só era o que faltava, o cidadão de bem não poder encostar um dedo em um bandido safado.

  2. Gilvan disse:

    Eu pensei que era pegadinha, quer dizer que o casal foi defender o bandido? o Brasil não é para amadores!

    Não desejo, mais se um dia esse casal for assaltado, para quem eles vão ligar? pro Lula?

FOTO: Polícia Civil prende casal por tráfico de drogas em Parnamirim; 56 porções de cocaína e porções de maconha

Foto: Divulgação/Polícia Civil

Policiais civis da 2ª Delegacia de Parnamirim deram cumprimento, na manhã desta sexta-feira (16), a um mandado de busca e apreensão em uma residência no bairro Liberdade, no município de Parnamirim. Foram presos em flagrante Paulo de Tarço Morais de Oliveira, 36 anos, e Patrícia Dantas da Silva, 37 anos. Ambos foram autuados pela prática dos crimes de associação para o tráfico de drogas e tráfico de drogas.

No local, os policiais civis apreenderam com o casal: 56 porções de cocaína, sete porções de maconha, além de diversos objetos utilizados no tráfico de drogas. No momento da ação policial, os suspeitos tentaram se desfazer das drogas, mas foram flagrados e autuados pelos policiais.

Paulo Tarço e Patrícia Dantas foram conduzidos até a delegacia e encaminhados ao sistema prisional, onde ficarão à disposição da Justiça.

A Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima, através do Disque Denúncia 181 ou Disque Denúncia da 2ª DP de Parnamirim, por meio do aplicativo WhatsApp: (84) 9 8135-6724.

Fonte: Secretaria de Comunicação Social da Polícia Civil/RN – SECOMS

FOTO E VÍDEO: Casal é preso em flagrante com mais de 10 kg de cocaína dentro de carro na BR 304 em Mossoró

FOTO: Divulgação/PRF

Em Mossoró, no km 57 da BR 304, na noite dessa quinta-feira (18), policiais rodoviários federais abordaram um veículo Siena, cor branca, com um casal dentro.

Durante a entrevista, apresentaram bastante nervosismo e então, numa revista mais minuciosa ao veículo, foram encontrados mais de 10 kg de cloridrato de cocaína. A droga estava escondida no porta mala do veículo.

O casal, natural do Ceará, com a idade de 22 anos cada um deles, afirmou que teria vindo de Fortaleza para Natal na noite anterior e estariam retornando com a droga.

Os dois foram presos em flagrante e responderão por tráfico de drogas e associação para o tráfico.

A ocorrência foi encaminhada à Delegacia de Plantão da Polícia Civil em Mossoró.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. paulo disse:

    BG
    Tem que fazer como as Filipinas, foi pego com drogas, tchau liberdade e o caminho é o cemitério.

VÍDEO: PM prende casal após assalto em loja de celulares em Parnamirim

Por volta das 16h30 dessa terça-feira (11), policiais militares das Rondas Ostensivas com Apoio de Motocicletas (ROCAM), em um imóvel localizado na rua Baia Branca, bairro Felipe Camarão, zona Oeste de Natal, efetuaram a prisão de Lindemberg Gonçalves Ferreira, 27 anos, e Fernanda da Silva Lima, 18 anos. Na abordagem foi encontrada uma arma de fogo calibre 32 municiada.

O casal havia efetuado um roubo na manhã do mesmo dia no município de Parnamirim, local em que subtraíram vários aparelhos celulares. Diante das informações e imagens de circuito interno de onde ocorreu o delito, foi possível a identificação dos infratores, os quais, no momento da prisão, confirmaram a participação no crime, além de serem reconhecidos por diversas vítimas na Central de Flagrantes.

O vídeo tem destaque no portal BO. Clique aqui e assista.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Az disse:

    No rntv passou informando que os dois era suspeitos,temos alguns da imprensa que dá nojo.

Casal é levado de casa à força e executado a tiros na Grande Natal

A Polícia registrou o assassinato a tiros de um casal na madrugada desta quinta-feira (6) em São Gonçalo do Amarante, na Grande Natal. De acordo com a Polícia Civil, o homem e a mulher foram tirados à força de dentro de casa e levados de carro até o bairro Novo Santo Antônio, onde foram mortos a tiros de espingarda. As vítimas ainda não foram identificadas.

Segundo a Polícia, informações preliminares de testemunhas relataram ter visto dois carros, um Celta e um Siena, no cruzamento das ruas Raimundo Mendes com a Manuel Braz, justamente onde o casal foi morto.

A Polícia Civil ainda não tem pistas da motivação do duplo homicídio.

FOTOS: Casal sob risco de pena de morte por construir uma casa no mar

O casal questiona o argumento das autoridades tailandesas de que a estrutura foi construída em águas do país — Foto: BBC/Marinha da Tailândia

Um americano e sua namorada tailandesa podem terminar seus dias na prisão ou até serem condenados à morte.

As autoridades da Tailândia acusam o casal de ter construído uma casa em águas do país asiático – a ação, segundo a Marinha tailandesa, ameaça a segurança nacional.

Chad Elwartowski e a namorada Supranee Thepdet passaram a se esconder, após a estrutura de metal que fizeram no meio do mar ter sido descoberta.

A plataforma, em que ambos viveram, ocupa cerca de 20 metros quadrados e foi erguida a cerca de 19 quilômetros da costa de Phuket, uma ilha tailandesa a oeste do território nacional.

Elwartowski insiste que, por se localizar a essa distância da costa, a casa está fora da jurisdição da Tailândia.

Mas a Marinha tailandesa discorda e argumenta que o imóvel foi construído sem a devida permissão.

O coronel da polícia Nikorn Somsuk disse à agência AFP que a Marinha vai se reunir com autoridades locais “para analisar que medidas vai tomar”.

Se o casal for considerado culpado, poderá enfrentar desde prisão perpétua até pena de morte.

Sujeitos a lei nenhuma

O homem e a mulher pertencem ao movimento chamado “seasteading”, que promove a construção de habitações permanentes no mar, em águas internacionais, para que não estejam sujeitas às leis de nenhum país.

Eles também fazem parte do grupo Ocean Builders, uma comunidade de empresários que trabalham para financiar esse tipo de moradia.

Foto: BBC/Marinha da Tailândia

Em um vídeo publicado em fevereiro, Elwartowski disse que essa comunidade era um lugar onde “as pessoas que amam a liberdade podem se unir e ser livres”.

A estrutura alvo do conflito foi construída no mesmo mês, mas só recentemente foi encontrada pelas autoridades. Quando a descoberta foi feita, nem o americano nem a namorada dele estavam no local.

Um comunicado publicado no site da Ocean Builders diz que o casal não foi responsável pela construção da casa, mas que eles eram apenas inquilinos.

“Eles passaram algumas semanas na casa flutuante e documentaram sua aventura”, diz o site. “Eles não estiveram envolvidos no projeto, de maneira nenhuma.”

De acordo com declarações de Elwartowski à AFP, ele e a namorada estão escondidos “em um lugar bastante seguro” enquanto esclarecem sua situação atual.

Micronações

Embora não existam dados específicos sobre o número de casas construídas em águas internacionais, outras estruturas como esta (denominadas “micronações”) foram construídas por razões semelhantes.

As micronações são estados autodeclarados que não possuem o reconhecimento de nenhum governo.

Uma das mais conhecidas é Sealand, uma plataforma marítima localizada a menos de 10 quilômetros da costa de Suffolk, um condado no leste da Inglaterra.

Esta famosa e controversa estrutura tem a própria bandeira, uma moeda e até um time de futebol.

Em países como a Austrália, por exemplo, várias micronações também foram erguidas.

Entre elas está a província de Hutt River, uma propriedade privada a 500 quilômetros ao norte da cidade australiana de Perth – que anunciou sua separação em 1970, após desentendimentos com o governo por causa dos impostos sobre o trigo.

Nessa área, eles também têm sua própria bandeira e moeda: o dólar do Rio Hutt.

Outro exemplo é a micronação de Akhzivland, no norte de Israel, que contou com uma população de apenas duas pessoas durante quase meio século.

Assim foi até seu fundador e presidente, Eli Avivi, morrer no ano passado aos 88 anos.

G1, com BBC

 

Polícia Civil prende em flagrante em Natal casal que deixava filhos de 3 e 4 anos em casa sozinhos para praticar assaltos

Policiais civis da 6ª Delegacia de Polícia Civil autuaram em flagrante, nessa quinta-feira (14), uma mulher de 27 anos e o seu companheiro, de 36 anos, no bairro Lagoa Azul, na Zona Norte de Natal.

O casal, conduzido à delegacia por policiais militares, é suspeito de praticar pelo menos dois roubos, ocorridos na quarta(13) e quinta(14), e foram reconhecidos por uma das vítimas.

Segundo informações da Delegada Michelle Alcântara, Titular da 6ª Delegacia de Polícia Civil, eles já estavam sendo investigados por roubos ocorridos na localidade, e, em diligência realizadas pelos policiais civis, ficou constatado que deixavam os filhos de 3 e 4 anos sozinhos em casa e saíam para praticar os crimes, o que configura abandono de incapaz, motivo pelo qual também foram autuados em flagrante por este delito.

FOTO: Casal vende tudo para viver navegando, mas barco afunda em dois dias

O casal americano Tanner Broadwell e Nikki Walsh decidiu abandonar tudo em busca de um sonho: navegar pelo mundo. Eles venderam todos os bens que possuíam para comprar um pequeno veleiro, com cerca de dez metros de comprimento. Na semana passada deram início à jornada, mas ela foi interrompida apenas dois dias após zarparem em direção à Key West.

Na noite de quarta-feira, o veleiro se chocou contra alguma estrutura submersa quando o casal passava por Madeira Beach, na Flórida.

— Nós batemos em alguma coisa que estava a cerca de 2 metros de profundidade e o barco parou completamente — contou Broadwell, à emissora WFTS.

A água começou a invadir a cabine e o sonho de Broadwell e Nikki se transformou num pesadelo. Eles enviaram um pedido de socorro e só tiveram tempo para pegar documentos, dinheiro, um celular e o cachorro de estimação Remy.

Segundo o “Tampa Bay Times”, o navio de resgate chegou cerca de uma hora depois, mas o local era muito raso para a aproximação. Então, o casal teve que se jogar ao mar, deixando para trás o barco naufragando.

— Tudo que eu trabalhei, tudo que juntei desde que era criança, eu trouxe comigo — lamentou Nikki. — Está tudo boiando indo embora e eu não posso fazer nada.

Broadwell e Nikki deixaram o Colorado ano passado após venderem todos os bens, incluindo um carro, para comprar o veleiro Lagniappe por US$ 5 mil. Eles investiram outros US$ 5 mil para deixar o barco pronto para a aventura de suas vidas.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Alexandre Magno disse:

    Parabéns pela coragem de largar tudo e ir em busca de um sonho. Com certeza, se nao ouver revolta, receberão de volta com juros

  2. Dr. Veneno disse:

    Rsrsrs.
    O q o cara conseguiu juntar na vida foi U$ 10.000 ??
    Mereceu ser naufragado mesmo.

  3. Feyb10 disse:

    esse casal me representa na vida…kkkkkkkkkk

(PREJUÍZO) – Jovem que perdeu carro no mar busca conserto: ‘Na próxima pago o motel’

carro4_xFoto: Reprodução G1

O jovem de Peruíbe, no litoral de São Paulo, que teve o carro levado pelo mar enquanto buscava um lugar mais reservado para namorar, contabiliza os prejuízos. Guilherme Luiz Vaz Akagui, de 23 anos, passou os últimos dois dias empenhado na limpeza do veículo e afirma que da próxima vez não cometerá o mesmo erro e pagará um motel.

O caso aconteceu por volta das 5h do último sábado (16), quando Akagui, que usava o carro da avó, tentou atravessar a barra do Portinho de pesca da cidade em direção à praia do Costão para namorar. O veículo foi levado pela maré e só foi retirado do local cerca de cinco horas depois com a ajuda de um guincho.

Após o incidente, o jovem conta que levou o carro para a casa da mãe e pediu ajuda do padrasto para uma faxina geral no veículo. “Passei o dia mexendo no carro. Tiramos o carpete, banco e limpamos tudo que foi possível para evitar a ferrugem e ver o que é possível recuperar”, explica.

Como ficou praticamente submerso por um período relativamente longo, o veículo também tinha muita areia no interior. Segundo Akagui, visualmente o carro está bom, o que preocupa é a parte mecânica, que está sendo revista por um amigo da família.

“Não foi possível salvar todas as peças, mas ele vai fazer uns testes no motor, por exemplo, para ver o que é possível fazer. Espero que consiga salvar alguma coisa já que o carro não tinha seguro”, aguarda.

Mesmo alimentando um ponto de esperança, Akagui sabe que a imprudência custará caro. “Só o guincho ficou em R$ 2 mil. Eu acho que da próxima vez é melhor eu pagar um motel”, lamenta. Até o momento, todos os gastos com a recuperação do veículo da avó estão sendo pagos por ele.

Bronca

O jovem de 23 anos mora há três anos na cidade e vive com a avó, dona do carro. “Nós temos uma relação muito boa, mas ela ficou em estado de choque. Só nos encontramos no almoço de domingo e ela parece mais calma, mas vou ficar uns dias com a minha mãe, pois estou cuidando do conserto”.

Romance?

Já sobre a garota que estaria com ele no dia do incidente, Akagui prefere manter sigilo e ainda não atualizou o status do relacionamento. “Ela até queria ficar lá para ajudar, mas eu preferi que ela fosse embora. Eu consegui recuperar o meu celular e os meus documentos que estavam dentro do carro. Tentei ligar pra ela, mas ainda não nos falamos”, conclui.

G1

http://g1.globo.com/sp/santos-regiao/noticia/2015/05/jovem-que-perdeu-carro-no-mar-busca-conserto-na-proxima-pago-o-motel.html

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. rodrigo disse:

    Em resumo: "Casada"

Casal é executado dentro de residência na zona norte de Natal

A Polícia Militar confirmou o assassinato de um casal na madrugada desta quarta-feira (25), dentro de uma residência localizada em Pajuçara, na zona Norte de Natal. De acordo com a PM, as dormiam quando homens armados invadiram a residência e efetuaram disparos de arma de fogo – pistolas e espingarda calibre 12.

Segundo a PM, através do 4º Batalhão, o casal foi identificado como Francisco Franklin Ferreira Júnior, de 19 anos, e Karoline Bianchi Vieira da Silva, de 18 anos. Informações preliminares dão conta que os jovens moravam em Mãe Luiza e estariam no Pajuçara escondidos.

Ainda segundo a PM, Francisco Franklin fazia parte do bando de Rivotril, morto em confronto com a Polícia. Não se tem informação da motivação do crime com características de execução. O que se sabe é que os assassinos fugiram em um veículo não identificado como destino ignorado, logo após o duplo homicídio.

Casal é vítima de duplo homicídio em São Gonçalo do Amarante

Um duplo homicídio foi confirmado pela Polícia Militar, na noite dessa quarta-feira (2), no loteamento Nova Zelândia, no município de São Gonçalo do Amarante, na Grande Natal. As vítimas, de identidades não confirmadas, foram assassinadas com disparos de arma de fogo na rua São João.

Segundo a PM, populares disseram que só ouviram os disparos e encontraram o casal já sem vida no chão. O que chamou a atenção dos policiais foi o encontro de um cartão de crédito e uma carteira de identidade de uma adolescente, cada documento com o nome de uma pessoa diferente. Os pertences estavam com a mulher.

Após o isolamento da área, o Instituto Técnico-Científico de Polícia (Itep) foi acionado e remove os corpos para a realização da necropsia. O caso será investigado pela Polícia Civil.

Casal é assassinado dentro de casa em Mossoró

Um casal identificado como Edvan Florentino da Silva, de 40 anos, natural de Frutuoso Gomes no RN, e Francidália Maria da Silva, 32 anos, natural de Catolé do Rocha no estado da Paraíba, foi assassinado na madrugada desta segunda-feira (10), por volta de 1h30, em uma vila na Rua Dolores do Carmo Rebouças, no bairro Aeroporto “Quixabeirinha”, em Mossoró. Os corpos do casal foram encontrados no terraço da residência e a principio, cada um foi morto com três disparos de arma de fogo na cabeça.

Segundo informações preliminares, a Polícia foi informada que Edvan tinha passagem pela Cadeia Pública de Caraúbas. Com ele foi encontrado um Alvará de soltura, mas ninguém sabe o que teria motivado o duplo homicídio. Ainda segundo a Polícia, testemunhas teriam ouvido cerca de quatro disparos e duas pessoas deixando o local em uma motocicleta. O caso será investigado pela Polícia Civil, que não descarta a possibilidade do(s) autor(s) do crime estava(m) dentro da casa, já que não foi constatado qualquer sinal de arrombamento.

Preso casal acusado de tráfico de drogas em João Câmara

Policiais Civis da  Delegacia de João Câmara prenderam na tarde desta sexta-feira (10) um  casal acusado de tráfico  de drogas. A ação, que contou com o apoio da PM, ocorreu em cumprimentro à mandados de busca e apreensão.

O casal foi identificado como José do Nascimento Brito, 22 anos, e Isabel Cristina Guedes Bezerra, 33 anos.Com eles foi encontrada uma pequena quantidade de droga e um revólver. Na delegacia, Cristina, que já respondeu processo por tráfico de drogas, confessou que comercializava drogas há alguns anos.

José e Cristina foram autuados por tráfico, associação para o tráfico e posse de arma.

Casal veste uniforme de loja e é preso pela PM em Natal durante roubo de vários produtos

A Polícia Militar prendeu na noite dessa quarta-feira (11), um casal suspeito de assaltar a loja Insinuante da Avenida Rio Branco, no bairro Cidade Alta, na zona Oeste de Natal. De acordo com os policiais, informações dão conta que os suspeitos vestiram uniformes do estabelecimento para realizar a ação, que resultou no roubo de celulares, smartphones, notebooks e tabletes. Com eles ainda foram apreendidos R$ 2.775,00.

Segundo a PM, por volta de 19h30, os suspeitos foram encontrados dentro da loja após denúncia de pessoas que passavam próximas ao local. A Polícia acredita que o casal entrou na loja no momento em que ela estava sendo fechada, e ainda existiam cerca de seis funcionários, que foram rendidos. Na ocasião, sob suspeita de possível sequestro, os policiais tiveram cautela até a entrada e abordagem. Neste momento, a mulher ainda conseguiu fugir, mas foi alcançada ainda no bairro, com um revólver calibre 38 apreendido, uma motocicleta, possivelmente para fuga, além da quantia descrita em dinheiro.

Encaminhados a Delegacia de Plantão zona Sul, constatou-se que o casal já tinha passagem por furto.