Saúde

Prefeitura do Natal oferta 384 novos leitos e anuncia novo Hospital Felipe Camarão para atendimento Covid

Foto: Divulgação/Prefeitura do Natal

O prefeito de Natal, Álvaro Dias, anunciou nessa terça-feira (16) a abertura de mais um centro para tratamento exclusivo de pacientes com Covid-19. Trata-se do hospital de campanha que irá funcionar na Maternidade Felipe Camarão, zona Oeste da capital. O prédio construído pelo município será dotado de 20 leitos de enfermaria e tem previsão para entrar em funcionamento até a próxima semana, segundo confirmou o Secretário Municipal de Saúde, George Antunes, durante reunião com o Prefeito e o Comitê Científico do Município.

De acordo com o prefeito, a iniciativa vai ofertar mais assistência à população nesta fase crítica de disseminação do vírus e principalmente desafogar as unidades de pronto-atendimento que estão sobrecarregadas com pacientes de várias localidades. “Este Hospital Felipe Camarão vem para somar na estrutura de combate à pandemia. Vai funcionar numa maternidade que estava fechada e nós iríamos reabrir. Assim podemos receber os doentes em fase clínica onde é possível dar uma assistência global antes do agravamento do paciente”, declarou.

Com o Hospital Covid de Felipe Camarão, a Prefeitura amplia para 310 novos leitos de enfermaria e mais 74 UTIs para tratamento crítico na capital, distribuídos entre o Hospital de Campanha da Via Costeira (100 leitos clínicos e 40 UTIs), Hospital Municipal de Natal (60 clínicos e 24 UTIs), Hospital dos Pescadores (30 leitos clínicos e 10 UTIs), todos em pleno funcionamento. Outros dois novos são o Hospital da BR 101 localizado na avenida Senador Salgado Filho, 2993, próximo à UFRN. O prédio, onde funcionou uma clínica particular, foi repassado para a Prefeitura através de decisão judicial. Este somará 50 novos leitos de enfermaria. E o Centro de Tratamento Avançado do Palácio dos Esportes (Hospital Dia), que contará com 50 boxes equipados com poltronas e suportes para soro em formato semi-leitos, para assistir os pacientes de pequena a média gravidade. Ambos estão em fase de montagem para entrar em atividade nos próximos dias.

Adesão

A notícia dos novos leitos também foi compartilhada pelo chefe do executivo municipal com outros prefeitos da região Metropolitana que participaram da reunião virtual realizada mais cedo, à convite do Governo do Estado para contribuir com medidas mais unificadas no combate à Covid no Rio Grande do Norte. “Estamos fazendo um esforço sobre-humano e correndo contra o tempo para atender as demandas de casos dessa doença nefasta e dar a resposta que a população necessita. Precisamos nos sacrificar e cada um ter a consciência de que é preciso fazer a sua parte”, disse o prefeito.

Álvaro Dias reforçou ainda a necessidade de adesão da população ao isolamento social mais rigoroso e que é fundamental a procura de qualquer Unidade Básica de Saúde após o surgimento dos primeiros sintomas da Covid-19. “É muito importante que o paciente busque assistência assim que sentir os primeiros sintomas, para isso temos Centros de Enfrentamento onde uma equipe de profissionais de saúde dá a assistência integral com medicamentos e orientação adequada, assim como o encaminhamento de acordo com a gravidade da doença”, alertou.

De acordo com a prefeitura de Natal, continuam mantidos os horários prolongados das 20 Unidades Básicas de Saúde e nos três Centros de Enfrentamento Covid no Palácio dos Esportes, Ginásio Nélio Dias e Cemure.

Opinião dos leitores

  1. O prefeito tem se mostrado um político inteligente, tomou decisões acertadas, fez o dever de casa, não politizou a doença. Certamente colherá bons frutos da sua gestão. Ja a governadora fez exatamente tudo ao contratio

  2. A manchete, possivelmente redigida pela Assessoria de Imprensa da Prefeitura do Natal é capciosa. Na medida que induz ao leitor pensar que o município abrirá 384 novos leitos, quando na realidade serão apenas 20 na maternidade do bairro Felipe Camarão, atualmente fechada.

  3. Quem sabe administrar faz; quem não sabe, assina decretos e manda fechar a cidade, sem avaliar as consequências, simples assim…Parabéns sr. prefeito!!!

  4. Esse prefeito é diferente papai!!!!!!
    Quem é bom se destaca.
    Quem não faz quase nada como o governo do Estado do RN, não se destaca, se queima.
    Fátima tá acabando com o RN, destruindo.
    Lamentável.

  5. Devemos parabenizar o prefeito Alvaro Dias que vem demonstrando respeito em salvar vidas e numa resiliência inteligente no combate a pandemia.
    Ele é médico e tomou o lado certo no enfrentamento ao vírus desde a primeira hora.
    Toda semana tem notícia da abertura de novos leitos e vem distribuindo medicação preventiva a todos que procuram os pontos de atendimento da prefeitura.
    Alvaro Dias saiu da irracional disputa política e trabalha para salvar vidas. Depois virá a política.
    Nas ações do prefeito ninguém sabe de desperdício de verba, de compra de equipamento quebrado, de montar conselho científico ideologicamente comprometido, o que vem fazendo é lutando para preservar e salvar vidas. Isso faz toda diferença.
    Parabéns a todos os médicos que estão voltados no atendimento, tratamento e combate ao vírus, tendo como razão o juramento feito e não a ideologia e lado político.

  6. E FATAO aumentando os combustíveis e DESVIANDO R$ 5.000.000,00 e comprando respiradores que só servem como LIXO

  7. Só o Prefeito trabalha pelo Estado abrindo leitos, o que a senhora governadora não faz nem depois de doze meses.

    Se obedecer aos patetas do conselho "científico", vai mandar fechar até supermercados, padarias, e farmácias, sendo tudo por delivery.

    O prefeito preserva a economia do Estado, o Estado busca destruir tudo o que ainda resta.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Parnamirim anuncia 20 novos leitos, sendo 5 de UTI, para pacientes com COVID-19

FOTO:  ASCOM – Juliana Grace

O Prefeito Rosano Taveira se reuniu na tarde dessa quinta-feira(11), no Centro Administrativo, com a Secretária de Saúde, Terezinha Rêgo, técnicos da Saúde e representantes de outras secretarias municipais, Controladoria e Procuradoria para tratar de melhorias nor serviços de combate ao COVID-19.

Até a próxima segunda-feira (11), a população contará com mais 15 leitos no Hospital de Campanha e cinco na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da Maternidade Divino Amor, que recerá uma usina de oxigênio, equipamento mais eficaz para o tratamento de pacientes com Covid-19, e ainda novas bombas de infusão, equipamento utilizado para alimentação de pacientes entubados.

De acordo com informações da Secretaria de Saúde, o Hospital de Campanha vai funcionar com o total de 30 leitos e na Maternidade terá 10 leitos de UTI.

Opinião dos leitores

  1. Os prefeitos estão salvando o estado, já que essa governadora inepta e incompetente NADA faz contra a COVID. Só invés de abrir leitos hospitalares, insiste nesse absurdo "lockdown", que irá destruir o restinho da economia potiguar. Empresas fechando e desemprego aumentando. Em seguida, a arrecadação de impostos no estado cairá e faltará dinheiro para tudo, inclusive para pagar os salários dos servidores, que estão achando bom receber sem trabalhar. O caos está a caminho. Graças a esse desgoverno petista.

  2. Boa prefeito.
    Ja que o RN está desgovernado, vamos fazer a diferença.
    Nada de deixar as pessoas morrerem a míngua.
    Sem fôlego.

  3. As prefeituras estão dando uma aula ao governo estadual !!! A incompetência estadual é gritante!!!

  4. Pode abrir com força e com vontade, não vai funcionar se as medidas restritivas não forem
    adotadas com rigor . Essa semana tivemos uma boa notícia pelo menos, DA LUA está usando máscara e pasmem os senhores, defendeu a vacina depois disso uma novidade,BANANINHA recomendou o uso da máscara em outro local, e agora um outro fato , TONHO descobriu que a terra é redonda. Uma semana muito movimentada, mas que chega ao final com uma conclusão: JACARÉ ? NO SECO ANDA E SGIRA DE MÁSCARA .

    1. Passa O dia nesse blog escrevendo só besteira. Já sei que essa Coca é Fanta kkkkk

    2. Chico, mais besteiras do que você, ze gado, natalense, ninguém escreve. Inclusive, acho que os três codinomes são a mesma pessoa. Fica tranquilo que até 2026 vocês terão emprego garantido. Talvez chegue uma hora que você veja que não tem mais graça alguma.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Sesap inaugura mais 10 leitos de UTI Neonatal nesta sexta-feira

O Sistema Único de Saúde (SUS) do Rio Grande do Norte ganha mais uma Unidade de Terapia Intensiva Neonatal. Os 10 novos leitos estão instalados no Hospital Infantil Varela Santiago (HIVS) e serão inaugurados nesta sexta-feira (14), às 10 horas, com a presença da governadora Rosalba Ciarlini e do Secretário de Estado da Saúde Pública, Luiz Roberto Leite Fonseca.

De acordo com o secretário estadual de Saúde, Luiz Roberto Fonseca, os novos leitos de UTI Neonatal estavam previstos na estruturação da Rede de Urgência e Emergência (RUE) e Rede Cegonha e servirão de retaguarda para as maternidades públicas do estado.

“Nos últimos dois anos tivemos a habilitação de 115 leitos de UTI junto ao Ministério da Saúde. Somente no último semestre foram implantados 26 novos leitos de UTI, entre eles: 14 leitos de UTI adulto, sendo 10 no Memorial e 04 no Ruy Pereira, 04 UTI Neonatal no Hospital da Mulher e 8 UTI Pediátrico no Maria Alice Fernandes.  Iremos manter a nossa meta de implantar mais 20 novos leitos de terapia intensiva adulto neste semestre. Os resultados alcançados são uma indicação que o estado vem trabalhando de maneira responsável e comprometida para melhorar a assistência da rede estadual de saúde”, disse Luiz Roberto Fonseca.

A parte física dos novos leitos foi construída pelo HIVS, os equipamentos foram adquiridos com recursos do Ministério da Saúde e o custeio será mantido de forma tripartite pelo Governo Federal, Estado e Município.

A UTI Neonatal será mais um reforço diante da carência de leitos de terapia intensiva no Rio Grande do Norte. Receberá bebês com idade de 0 a 28 dias, vindos de unidades mistas de Natal e do interior, que nasceram em unidades de baixa complexidade e que apresentam quadros de saúde com necessidade de tratamento intensivo, como prematuridade, insuficiência respiratória, má-formação, entre outros.

Segundo dados da Coordenadoria de Planejamento e Controle de Serviços de Saúde (CPCS) da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), o Rio Grande do Norte conta atualmente com 88 leitos de UTI neonatal, estando 61 em Natal, 10 em Parnamirim e 17 em Mossoró.

Dentre os leitos de UTI neonatal, localizados na capital potiguar, 19 são do tipo 1 (leitos da rede privada que não estão acessíveis ao SUS) e estão localizados na Promater e no PAPI. Os demais 42 leitos são tipo 2 (leitos disponíveis ao SUS, custeados por estado e município) e estão localizados no Hospital Santa Catarina (18), INCOR (3), Maternidade Januário Cicco (20) e Hospital Maria Alice Fernandes (5).

Em Parnamirim, os 10 leitos de UTI neonatal são tipo 2 e ficam localizados na Maternidade Divino Amor. Os 17 de Mossoró são também classificados como tipo 2 e estão distribuídos no Hospital da Mulher (10) e no Hospital Dix-Sept Rosado (7).

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Saúde em Natal oferta mais 54 leitos para cirurgias ortopédicas

A Secretaria Municipal de Saúde renovou contrato de prestação de serviço com o Hospital Médico Cirúrgico, ampliando em mais 64 o número de leitos hospitalares na rede conveniada de atendimento ao SUS. Destes, 54 leitos estarão disponíveis para atender pacientes de cirurgias ortopédicas e os dez restantes são leitos de retaguarda para atender a demanda das Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) Pajuçara e Esperança, e do Hospital dos Pescadores.

Segundo o secretário municipal de Saúde, Cipriano Vasconcelos, a volta do convênio com o Hospital Médico Cirúrgico “melhora a oferta dos serviços de saúde na área da ortopedia, contribuindo significativamente para diminuir as filas de espera para cirurgias no Hospital Walfredo Gurgel e no Deoclécio Marques (Parnamirim)”.

Há cerca de dez meses o hospital Médico Cirúrgico deixou de atender aos usuários SUS, o que gerou problema no atendimento das cirurgias ortopédicas, já que a demanda por esse serviço permaneceu crescente. Apenas o hospital Memorial e a clínica Paulo Gurgel continuaram atendendo as cirurgias de ortopedia do serviço público de saúde em Natal.

Na última sexta-feira (10), o Diário Oficial do Município publicou o novo contrato com o Médico Cirúrgico, que já passa a receber usuários que necessitam de cirurgias ortopédicas já nesta terça-feira (14), de acordo com o seguinte escalonamento: 20 pacientes nesta terça, mais 20 na quarta-feira e, os 14 restantes, na quinta-feira, totalizando os 54 leitos para ortopedia.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *