NEM A CASINHA DO PAPAI NOEL ESCAPA: Depredação e furtos contra o patrimônio público aumentam em Natal

Foto: Divulgação SEMSUR

As ocorrências de crimes contra o patrimônio público têm se tornado frequentes em Natal. Cemitérios, monumentos, rede de iluminação pública e até a casinha de Papai Noel da Praça da Árvore têm sido os principais alvos do vandalismo. Criminosos estão roubando o cabeamento da rede elétrica de importantes avenidas e alamedas da cidade, violando túmulos nos cemitérios, furtando monumentos de bronze e nem mesmo a casinha de Papai Noel escapa da ação dos vândalos.

O caso de roubo e depredação mais recente ao patrimônio municipal ocorreu neste final de semana, no tradicional Cemitério do Alecrim, na zona Leste de Natal. Os criminosos invadiram o local, violaram e danificaram a estrutura de 30 túmulos para roubar peças de bronze – como argolas, crucifixos e letreiros de identificação.

O processo de retirada desses objetos se dá após a depredação de parte da estrutura dos túmulos construídos com alvenaria ou mármore. A administração do cemitério registrou boletim de ocorrência na Polícia Civil para investigação do caso. Inaugurado em 1856, o Cemitério do Alecrim é tombado como patrimônio histórico e cultural de Natal desde 2011.

Neste final de semana, a casinha de Papai Noel, na Árvore de Natal, em Mirassol, foi invadida, depredada e roubada por vândalos e criminosos. Eles quebraram a janela e roubaram objetos de uso do Papai Noel, além de mesas de canto de madeira e material de isopor. Como ocorrem todos os anos, a casinha de Papai Noel foi afixada na Praça da Árvore como parte da programação de atração do período natalino na cidade.

Maior incidência são furtos de cabos da rede elétrica

Já os furtos de cabos da rede de energia elétrica foram os que mais aumentaram. Segundo o Departamento de Iluminação da Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (Semsur), nas últimas semanas foram levados mais de 4 mil metros de cabos de iluminação pública das alamedas das avenidas Maranguape e Marinho Chagas, duas importantes vias da zona Norte de Natal. Nas vistorias que os técnicos fazem no local encontram sinais de curto circuito geral, fios cortados, disjuntores arrancados, furto de fios, tampas das caixas de passagem quebradas.

A ação dos vândalos tem preocupado a Semsur. Além do prejuízo financeiro aos cofres públicos e ao contribuinte, a população enfrenta o transtorno pela não prestação do serviço. O local fica às escuras, comprometendo a segurança dos frequentadores e moradores.

De acordo com Irapoã Nóbrega, titular da pasta, o esforço da Prefeitura do Natal em tornar a cidade mais iluminada, segura e bem cuidada, está esbarrando na ação de bandidos. Ele apela à população que colabore, denuncie e informe a Policia Militar ou à Guarda Municipal os casos de vandalismo. “Locais escuros ou mal iluminados favorecem a criminalidade. Estamos trabalhando para evitar que isso aconteça, mas também precisamos do apoio da população”, destacou.

DENUNCIE

Penalidades e denúncias – Danificar, inutilizar e deteriorar coisa alheia é crime. Quem provoca danos ao patrimônio público é enquadrado no Artigo 163 do Código Penal Brasileiro (CPB). A punição prevista para o crime é detenção, que varia de seis meses a três anos, e multa. Já em caso de furto (Artigo 155 do CPB), a pena é mais severa: reclusão, de um a quatro anos, e multa, podendo ser aumentada de um terço se o crime é praticado durante o repouso noturno. Para denunciar furto ou atos de vandalismo contra o patrimônio público no município basta entrar em contato com a Guarda Municipal ou a Polícia Militar através do número 190.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Neto disse:

    O maior problema do Brasil são os brasileiros.

  2. Tarcísio Eimar disse:

    Tem jeito não.

  3. Assis disse:

    Cadê a guarda Municipal

  4. Especialista disse:

    Esse é o paraíso dos petralhas, sujeira, discórdia, furto, roubo, sujeira, desordem, agressividade, criminalidade em alta, promessas vãs, mentiras, vamos lá manoeis, se pronunciem.

    • M.D.R. disse:

      Meus parabéns, pelo comentário sobre PETELHADAS.
      São uns verdadeiros XIITAS.

  5. Luciana Morais Gama disse:

    A cidade tá entregue a bandidagem. Quem é o atual secretário de segurança que a gente nem ver??

  6. Luís disse:

    Terra de gente ruim. Não se pode ter nada minimamente bonito e funcional. Fica tudo escuro, degradado, pichado. Se não fosse a chance de se pegar inocente, era para ter açoite, trabalho forçado, subconfinamento. O mesmo para quem recepta.

  7. Gustavo disse:

    Meu Deus, nem a belíssima casinha de Papai Noel recentemente reinaugurada escapa da insegurança generalizada do governo Fátima Bezerra. Natal virou um inferno graças a sucessivos governos relapsos, mas Fátima ganha o troféu. Com dois anos de governo, não dá mais para se esquivar! Parabéns…

(BOLETIM DE OCORRÊNCIA): Cid Gomes é acusado de dano ao patrimônio público e tentativa de homicídio

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma comitiva formada por três deputados abriu um boletim de ocorrência contra o senador licenciado, Cid Gomes. O documento acusa o parlamentar de dano ao patrimônio público e tentativa de homicídio contra os policiais militares da cidade de Sobral, no Ceará. ⠀ Nesta quarta-feira (19), Cid Gomes tentou entrar com uma retroescavadeira em um batalhão da PM que era ocupado por um grupo de encapuzados e foi baleado. Segundo o boletim médico do hospital, ele segue internado, mas está na enfermaria sem risco de vida. ⠀ A Polícia Civil do Ceará abriu um inquérito para investigar o crime cometido contra o senador. Na dia 18, policiais militares iniciaram um motim para pedir aumento salarial. ⠀ Baixe o app do BandNews e fique por dentro das notícias mais importante. Link na BIO. . . . #BandNews #Ceara #CidGomes

Uma publicação compartilhada por BandNews TV (@bandnewstv) em

Uma comitiva formada por três deputados abriu um boletim de ocorrência contra o senador licenciado, Cid Gomes. O documento acusa o parlamentar de dano ao patrimônio público e tentativa de homicídio contra os policiais militares da cidade de Sobral, no Ceará. ⠀

Nessa quarta-feira (19), Cid Gomes tentou entrar com uma retroescavadeira em um batalhão da PM que era ocupado por um grupo de encapuzados e foi baleado. Segundo o boletim médico do hospital, ele segue internado, mas está na enfermaria sem risco de vida. ⠀

A Polícia Civil do Ceará abriu um inquérito para investigar o crime cometido contra o senador. Na dia 18, policiais militares iniciaram um motim para pedir aumento salarial.

Instagram Band News

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Chico disse:

    Gente cadê a Globo que numa hora dessa não dá a devida importância.

  2. Andreilson disse:

    milícia é milícia

  3. Lucas disse:

    Tivemos sorte por existir um louco como o Cid Gomes para enfrentar esses escrotos, que receberam uma proposta de 35% de aumento do governo do Ceará! Se esse motim logra êxito, não demoraria até que outros bandidos se utilizassem da mesma estratégia! Parabéns ao senador! É uma pena que, no cenário nacional, temos um representando que, ao invés de combater miliciano, os condecora!

    • Chicó disse:

      Quando os Black Blocs estiverem agindo é de bom senso utilizar uma Retroescavadeira ?

  4. Lucianobrito disse:

    Senador terrorista essa é a verdade.

  5. Emmanoel do Nascimento Costa disse:

    Interessante o governo só em poder demitir o servidor público agora um negócio absurdo polícia mascarado fechando o comércio oh país esculhambado.

  6. Emmanoel do Nascimento Costa disse:

    Têm que se aplicar a lei para esse negócio de motim Demissão sumária

  7. Jonas disse:

    Muito bonito p puliça!! Andando mascarado dentro de viaturas roubadas de quartel e ameaçando comerciantes para q fechem as portas de suas lojas.

    • Brasil Acima de Todos disse:

      Muito bonito pra uma otoridade (Coroné senador) pegar um retroescavadeira e querer matar inúmeras pessoas, dentre elas mulheres e crianças… Não são os esquerdistas que defendem os direitos dos trabalhadores?

VÍDEO: “Não bastasse não ajudar na limpeza do petróleo venezuelano, ecoterroristas ainda depredam patrimônio público”, critica ministro do Meio Ambiente em protesto do Greenpeace

 

Ver essa foto no Instagram

 

Nao bastasse não ajudar na limpeza do petróleo venezuelano nas praias do Nordeste, os ecoterroristas ainda depredam patrimônio público.

Uma publicação compartilhada por Ricardo Salles (@ricardosallesmma) em

O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, criticou nesta quarta-feira (23/10/2019) manifestação organizada pelo Greenpeace. O grupo protesta em frente ao Palácio do Planalto, em Brasília (DF), contra a política ambiental do presidente Jair Bolsonaro (PSL).

“Não bastasse não ajudar na limpeza do petróleo venezuelano nas praias do Nordeste, os ecoterroristas ainda depredam patrimônio público”, escreveu Salles em rede social ao postar vídeo da manifestação. O ministro é crítico das ações de Organizações Não Governamentais (ONGs).

O vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ) surfou na onda. “Nunca se importaram com o que dizem se importar realmente. Se animam somente com outra coisa e estão dificultando para eles! Fácil entender tudo que está acontecendo nesse caso”, escreveu o filho 02 do presidente.

Em protesto contra a política antiambiental do governo Bolsonaro, o grupo Greenpeace levou troncos de árvores queimadas e petróleo que atingiram praias do Nordeste para a frente do Palácio do Planalto. A manifestação ocupou duas faixas da via em frente à sede do governo.

Com informações do Metrópoles

 

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Ivan disse:

    Adivinha em qual partido/quadrilha esses bandidos votam!!!!

  2. Marcelo disse:

    além de dano ao patrimônio público, acredito que se enquadre em crime ambiental. Força da lei nesses ilustres!

  3. Humilde Iconoclasta disse:

    Como tem idiota no mundo, e ainda sobra gente pra votar no PT. Impressionante.

  4. Mviniciosufrn@gmail.com disse:

    E um bando de bandidos, bancados com dinheiro de empreiteiros comunas e cuidadores de sacos vermelhos. O socialismo vai longe!

  5. Curiosa disse:

    Esse ministro cada dia que passa tem se mostrado ainda mais incompetente para uma pasta tão importante. Esse governo adora acusar sem provas, mas quando os ministros estão enrolados com provas, no caso o do meio ambiente, nada tem a declara. Pior governo da historia desse país.

  6. Só Comento disse:

    O GREENPEACE é o segmento radical ultra ambientalista que em 2013 tentou invadir uma plataforma na Rússia. Quando Vladimir Putin enjaulou e processou os componentes daquele grupo, ficaram medrosos, até hoje os asseclas não tem coragem de voltar a protestar naquelas terras rsrsrs.

SE A MODA PEGA: No Japão, alunos limpam até banheiro da escola para aprender a valorizar patrimônio

Foto: Marcelo Hide / BBC
Foto: Marcelo Hide / BBC

Enquanto no Brasil, escolas que “obrigam” alunos a ajudar na limpeza das salas são denunciadas por pais e levantam debate sobre abuso, no Japão, atividades como varrer e passar pano no chão, lavar o banheiro e servir a merenda fazem parte da rotina escolar dos estudantes do ensino fundamental ao médio.

“Na escola, o aluno não estuda apenas as matérias, mas aprende também a cuidar do que é público e a ser um cidadão mais consciente”, explica o professor Toshinori Saito. “Ninguém reclama porque sempre foi assim.”

Nas escolas japonesas, também não existem refeitórios. Os estudantes comem na própria sala de aula e são eles mesmos que organizam tudo e servem os colegas.

Depois da merenda, é hora de limpar a escola. Os alunos são divididos em grupos, e cada um é responsável por lavar o que foi usado na refeição e pela limpeza da sala de aula, dos corredores, das escadas e dos banheiros num sistema de rodízio coordenado pelos professores.

“Também ajudei a cuidar da escola, assim como meus pais e avós, e nos sentimos felizes ao receber a tarefa, porque estamos ganhando uma responsabilidade”, diz Saito.

Michie Afuso, presidente da ABC Japan, organização sem fins lucrativos que ajuda na integração de estrangeiros e japoneses, diz ainda que a obrigação faz com que as crianças entendam a importância de se limpar o que sujou.

Um reflexo disso pôde ser visto durante a Copa do Mundo no Brasil, quando a torcida japonesa chamou atenção por limpar as arquibancadas durante os jogos e também nas ruas das cidades japonesas, que são conhecidas mundialmente por sua limpeza quase sempre impecável.

Fonte: BBC

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Bruno disse:

    Eu queria ver isso começando lá pelo CEI(qualquer unidade), escola do "ei, você sabe de quem eu sou filho???*"

    • Rafael disse:

      Não concordo Bruno, queria ver na verdade, isso começando pela constituição, para que fosse lei e funcionando a todo vapor em todas as escolas, sejam elas instituições públicas ou privadas, uma só não iria adiantar concorda? Mas entendo sua frustração. Aqui no Brasil, devido a grande desigualdade social, uns são "coxinhas" tem um certo poder aquisitivo e portanto podem usufruir de uma melhor qualidade de vida em relação a tudo e outros são lisos, "8 ou 80", portanto, aqueles que possuem algo melhor, "ostentam", em um país decente, simplesmente "possuem". Eita Brasil sem jeito.

    • Bruno disse:

      Minha frustração é ver menino rico com acesso à excelente educação mas não ter valores como gentiliza e humildade, tratando os funcionários das escolas como se fossem lixo. E sobre a ostentação: Que ostentem, já que têm um certo poder aquisitivo, muito bom. E sobre começar essas ações de limpar banheiros pelas escolas particulares: Seria interessante ver essas "crianças" entrarem em parafuso ao pegarem um rodo ou balde pra fazerem a limpeza, foi essa minha intenção no comentário anterior.

  2. Junior pinheiro disse:

    Isso é o corteto, nossos educadores é que sao hipocritas e imbecis, lavar algo nao humilha ninguem, ajudar alguem nao arranca pedaço e valorizar o patrimonio economiza para que melhorias aconteça, agora punir quem bagunça tambem é certo, só que no Brasil é uma piada!!!!

  3. Coelho disse:

    Estudei no Colegio Padre Miguelinho no Alecrim de 70 a 79 e, no ginásio, precisamente de 75 a 79, tínhamos equipes de alunos que diariamente arrumavamos a classe. Varriamos, limpavamos o quadro e enfileiravamos as carteiras. Equipe de 5 alunos a cada dia (revezamento). Assim, antes do início das aulas, meia hora antes entrávamos e cumpriamos essa tarefa. Toda a sala fazia, a seu tempo e vibravamos muito com isso. Se era resquício da chamada ditadura, não sei, mas nos sentíamos mto úteis e zelosos. É verdade que mtos outros não se dedicavam e até quebravam carteiras e entortavam os ventiladores do teto da sala, mas era grande minoria. Gostei de ver esse exemplo e recordei com orgulho do que fazia naquela época. Fiquei feliz em lembrar. Obrigado BG por essa oportunidade de recordar. Nem lembrava mais dessa passagem na minha vida. Obrigado.

  4. Maurício Giovani disse:

    Aqui no Brasil, segundo a turma dos direitos humanos, isso e seria uma ofensa. Melhor é deixar do jeito que está. Jovens sendo criados feito preguiçosos, alienados pelas mídias, pelos jogos de vídeo game, smartphones, Facebooks da vida, Mc Gui, movimentos para idiotas úteis e outras coisas mais que vão tornar o futuro do Brasil uma verdadeira esculhambação em termos de gente capacitada para saber conduzir bem os destinos da nação.

  5. Luciano disse:

    Imagina filho da elite coxinha do Brasil fazer isso…

  6. Flauberto Wagner disse:

    Aqui entre nós é o contrario muitos aprendem a quebrar, pichar e sujar, pois é assim que eles aptem em mente que estão valorizando os bens públicos aos seus alcances.
    Mas com os maus exemplos advindos de casa e dos gestores públicos e dos políticos que nos representam é sempre o resultado esperado.