Juízes pedem que PGR denuncie senador Cid Gomes por tentativa de homicídio contra PMs

Foto: Reprodução

A União Nacional dos Juízes Federais do Brasil (Unajuf) pediu ao procurador-geral da República Augusto Aras que denuncie o senador licenciado Cid Gomes (PDT), de 56 anos, por tentativa de homicídio qualificado “com emprego de meio resultante em perigo comum” e de “impossibilidade de defesa das vítimas”.

O pedido tem relação com o episódio em que o senador foi atingido por dois tiros de pistola ao tentar derrubar, a bordo de uma retroescavadeira, o portão de um quartel da Polícia Militar ocupado por soldados grevistas e seus familiares em Sobral, no interior do Ceará, na quarta-feira, 19.

A representação protocolada nesta quinta-feira, 20, junto à Procuradoria-Geral da República alega que, “com intenção dolosa, previamente orquestrada e amplamente anunciada”, Cid “arremessou” a retroescavadeira contra as pessoas que se colocavam em frente ao portão do quartel da PM em Sobral.

Leia matéria completa aqui no Justiça Potiguar.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Cigano Lulu disse:

    Era de festim a bala que alvejou Cid Gomes. Igual ao "câncer" que acometeu Dilmão e Luladrão.

  2. Renato Moura disse:

    Cabra pra falar merda, isso quando Ta no aperreio chama por Deus, com certeza é ateu, e chama pela puliça kkk esquerdoso!!! Nossa classe de policiais merece muito é respeito e um salário a altura do risco que vive diariamente nas ruas!!!

  3. Trago verdades disse:

    Tem que prender todos os militares que estão em greve, pois todo militar sabe que não deve fazer greves, os militares pegam os familiares e colocam de escudo, tomara que dessa vez não tenha anistia.

    • Renato Moura disse:

      Faltou dizer que voce é um militante ou do Psol ou PT kkkkk vai arroxa

    • Itan vieira de douza disse:

      Deixa de se babaca os policias tem direito de luta pela sua sobrevivemcia se o governo não presta tem que ter anistia sim e ese senado coronel que quer ser dono do mundo que seja processado e paque pelos seus erros levo sorte se pega na cabeça

  4. Carlos Junior disse:

    Meu Deus!!!!!! quanta idiotice "se fala" " e se escreve", existe um problema claro de cognição e interpretação dos fenômenos . É reprovável a atitude que o Sr. CID Gomes tomou em relação ao policiais; agora!!! pergunto aos senhores, POLICIAL solicitando o fechamento do comercio local, ISSO PODE???, POLICIAL esvaziando os pneus das viaturas e motos nos quarteis e ruas, ISSO PODE??? , POLICIAL interceptando viaturas nas avenidas e ruas do Ceará e pedindo para os policias descerem dos carros ISSO PODE???, POLICIAL, tocando fogo nos carros das pessoas que não concordam com a paralisação ISSO PODE????; lembro aos nobres que essa minoria de policias estão agindo de forma idêntica aos traficantes do RJ. Sem falar no envolvimento politico de alguns líderes desse motim.

    • Amaury disse:

      A velha mania do esquerdista… Defender bandido! Lamentável

    • Alvaro disse:

      Comentário pertinente Carlos. Não se pode exigir o cumprimento da lei infringindo a própria lei. Quebra-se o princípio fundamental que rege o Estado de Direito.
      Por isso as Milícias são ilegais.
      Não são amparadas por lei e portando armas criam um poder paralelo para conquistar, dominar e explorar as populações indefesas, controlando todas as atividades lícitas e ilícitas que a partir daí são de seus domínios.
      Agir como milicianos, tendo políticos infiltrados e ao arrepio completo da lei, não é coisa que a população vá apoiar a força não.
      Quando a gloriosa polícia age dentro da legalidade, fazendo o seu trabalho com respeito e dignidade, a população agradece e elogia.
      Mas quando não…
      Paciência.

    • Jarbas Cavalcanti disse:

      ISSO PODE!
      Cometer um crime operando uma retro escavadeira, sem treinamento. Mexeu no joystick para o lado errado e a concha subiu arrancando o portão, tanto que o operador subiu na retro para corrigir.
      Antes subiu na retro com várias pessoas e um megafone pelas ruas de Sobral,
      Os fiscais do Ministério do trabalho multam as empresa por falta de treinamento em equipamentos e ou com pessoas sobre a máquinas fora o operador e falta de EPI
      As próprias tropas treinadas para dispersar multidões meus procedimentos.
      O tiro foi uma agressão, poderia como atingiu pessoas, poderia ser um tiro de advertência , UM ERRO NÃO JUSTIFICA OUTRO.
      Um lado defende seus direitos por melhores salários, o outro fazendo política pelo pior caminho, o autoritário usando a força
      Todos tem de responder por seus atos!

  5. Luladrão Encantador de Asnos disse:

    Esse maluco não tomou tiro nenhum. Só bala de borracha. O sangue é da cabeça que foi atingida por estilhaços. Encenação demais. Pulmão perfurado e ele respirando normalmente!

    • Ricardo Alexandre disse:

      Igual a esquerda falando da facada!!esquerda e direita, são tudo gado.

    • Fernando Henrique disse:

      Eu tava tranquilão, lendo os comentários hilários daqui. Tudo normal, naquele ritmo tragicomico, ignorância exalando. Eis que surge o ignorante da autopsia!!!
      KKKKKKKKK. Incrivelmente bizarro.
      Parabens, campeão, vc surpreendeu!

  6. Bento disse:

    Corretíssima a atitude dos juízes.
    A PGR já era pra ter tomado essa atitude.
    Esse maluco colocou em risco dezenas de vidas era para estar preso.

  7. Jl disse:

    “Tempos estranhos” juiz pedir p PGR ajuizar ação p julgar ? Oh tempore!

    • V disse:

      Uma associação de juizes está tentando convencer o PGR de que se tratou de tentativa de homicidio… ele denuncia se entender cabível. Não é o que vc está imaginando.

  8. S vericio disse:

    Esse Brasil é um país sem justiça, já era pra ter decretado a prisão desse psicopata monstruoso, se não fosse os tiros, esse monstro tinha esmagado uma quantidade de gente muito grande.

    • Trago verdades disse:

      Tem q mandar prender esses PMs que sabem que não podem fazer grave e isso tipo de motin. São tão covardes que colocam os familiares p ficar fazendo barreira em frente o quartel.

(BOLETIM DE OCORRÊNCIA): Cid Gomes é acusado de dano ao patrimônio público e tentativa de homicídio

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma comitiva formada por três deputados abriu um boletim de ocorrência contra o senador licenciado, Cid Gomes. O documento acusa o parlamentar de dano ao patrimônio público e tentativa de homicídio contra os policiais militares da cidade de Sobral, no Ceará. ⠀ Nesta quarta-feira (19), Cid Gomes tentou entrar com uma retroescavadeira em um batalhão da PM que era ocupado por um grupo de encapuzados e foi baleado. Segundo o boletim médico do hospital, ele segue internado, mas está na enfermaria sem risco de vida. ⠀ A Polícia Civil do Ceará abriu um inquérito para investigar o crime cometido contra o senador. Na dia 18, policiais militares iniciaram um motim para pedir aumento salarial. ⠀ Baixe o app do BandNews e fique por dentro das notícias mais importante. Link na BIO. . . . #BandNews #Ceara #CidGomes

Uma publicação compartilhada por BandNews TV (@bandnewstv) em

Uma comitiva formada por três deputados abriu um boletim de ocorrência contra o senador licenciado, Cid Gomes. O documento acusa o parlamentar de dano ao patrimônio público e tentativa de homicídio contra os policiais militares da cidade de Sobral, no Ceará. ⠀

Nessa quarta-feira (19), Cid Gomes tentou entrar com uma retroescavadeira em um batalhão da PM que era ocupado por um grupo de encapuzados e foi baleado. Segundo o boletim médico do hospital, ele segue internado, mas está na enfermaria sem risco de vida. ⠀

A Polícia Civil do Ceará abriu um inquérito para investigar o crime cometido contra o senador. Na dia 18, policiais militares iniciaram um motim para pedir aumento salarial.

Instagram Band News

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Chico disse:

    Gente cadê a Globo que numa hora dessa não dá a devida importância.

  2. Andreilson disse:

    milícia é milícia

  3. Lucas disse:

    Tivemos sorte por existir um louco como o Cid Gomes para enfrentar esses escrotos, que receberam uma proposta de 35% de aumento do governo do Ceará! Se esse motim logra êxito, não demoraria até que outros bandidos se utilizassem da mesma estratégia! Parabéns ao senador! É uma pena que, no cenário nacional, temos um representando que, ao invés de combater miliciano, os condecora!

    • Chicó disse:

      Quando os Black Blocs estiverem agindo é de bom senso utilizar uma Retroescavadeira ?

  4. Lucianobrito disse:

    Senador terrorista essa é a verdade.

  5. Emmanoel do Nascimento Costa disse:

    Interessante o governo só em poder demitir o servidor público agora um negócio absurdo polícia mascarado fechando o comércio oh país esculhambado.

  6. Emmanoel do Nascimento Costa disse:

    Têm que se aplicar a lei para esse negócio de motim Demissão sumária

  7. Jonas disse:

    Muito bonito p puliça!! Andando mascarado dentro de viaturas roubadas de quartel e ameaçando comerciantes para q fechem as portas de suas lojas.

    • Brasil Acima de Todos disse:

      Muito bonito pra uma otoridade (Coroné senador) pegar um retroescavadeira e querer matar inúmeras pessoas, dentre elas mulheres e crianças… Não são os esquerdistas que defendem os direitos dos trabalhadores?

Polícia Civil prende suspeito por sequestro e tentativa de homicídio na Grande Natal

Foto: Ilustrativa

Polícias civis da Delegacia Municipal de Macaíba prenderam em flagrante José Victor Ribeiro de Lima, 19 anos. Ele foi autuado pela suspeita da prática dos crimes de: sequestro qualificado pelo emprego de violência física e psíquica, dano qualificado, tentativa de homicídio, receptação e associação criminosa armada. As diligências para a prisão do suspeito e o resgate da vítima tiveram início no bairro São José, por volta das 19h da quarta-feira (29), e foram concluídas no bairro Vila São José, ainda no município de Macaíba, no final da tarde dessa quinta-feira (30).

Os crimes tiveram início quando o suspeito foi à casa da sua ex-companheira, que estava acompanhada de um amigo. José Victor, usando uma arma de fogo, na condução de uma motocicleta roubada, efetuou disparos com o objetivo de executar o rapaz que conversava com a sua ex-companheira. O casal conseguiu entrar na casa e se esconder, tendo o suspeito efetuado outros dois disparos de arma de fogo, mas não conseguiu atingir as vítimas.

Segundo as investigações, José Victor prosseguiu com as tentativas de homicídio. Desta vez, com um grupo organizado por ele. Aproximadamente, sete suspeitos, todos armados, passaram a atirar e destruir o veículo do rapaz que estava com a ex-companheiro de José Victor. Além de tentarem invadir a casa, por ligação telefônica, o suspeito ordenou que a jovem saísse do local, sob pena de todo o grupo invadir e matar quem estivesse dentro do imóvel.

Na residência dela, estava o casal, a mãe da vítima e o irmão, uma criança de 4 anos de idade, com síndrome de down. Vendo que o grupo conseguiria entrar na casa e, sob a ameaça e risco de prejudicar a todos, a jovem saiu do local. Além disso, os suspeitos pediam que o amigo da ex-companheira de José Victor também saísse da residência.

Ainda de acordo com as investigações, José Victor conseguiu fugir para casa de familiares, onde recebeu apoio e manteve a ex-companheira sob ameaça e violência. Os outros suspeitos, ainda não identificados, deixaram o local ao perceberem a aproximação da polícia.

A vítima foi mantida em cárcere durante toda a noite desta quarta-feira (29). Nas primeiras horas desta quinta-feira (30), os policiais retornaram os trabalhos para localização e resgate dela. Com a perspectiva de prisão dos suspeitos, no imóvel de familiares de José Victor, uma pessoa foi presa por resistência e outra foi autuada pela suspeita da prática de crime ambiental, já que diversas aves silvestres foram encontradas no imóvel.

José Victor já havia sido preso recentemente, em agosto de 2019, pela Polícia Civil. Na ocasião, ele foi flagrado pela suspeita do crime de porte ilegal de arma de fogo, receptação e corrupção de menores. Ele foi solto na audiência de instrução, realizada no mês de novembro de 2019.

No final da tarde desta quinta-feira (30), no bairro Vila São José, ainda no município de Macaíba, as diligências foram concluídas, com o resgate a vítima e prisão do suspeito, que foi conduzido até a delegacia e encaminhado ao sistema prisional, onde ficará à disposição da Justiça. A Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima através do Disque Denúncia 181 ou por meio do Disque Denúncia da DM de Macaíba (84) 98114-4042.

http://www.policiacivil.rn.gov.br/Conteudo.asp?TRAN=ITEM&TARG=223747&ACT=&PAGE=&PARM=&LBL=NOT%CDCIA

Polícia Civil prende vereador suspeito de tentativa de homicídio em Macau

Policiais civis da Delegacia Regional de Macau prenderam, nessa sexta-feira (20), Eney Moura Pereira, vereador da Câmara Municipal de Serra do Mel. A prisão se deu na cidade de Macau, em cumprimento a um mandado de prisão temporária. Apesar das diligências realizadas pela polícia, ele não tinha sido localizado, tendo se apresentado na delegacia.

Segundo as investigações, Eney Moura e Bergson Moura são suspeitos de envolvimento na tentativa de homicídio praticada contra Caius Gracus Veríssimo de Oliveira. O crime ocorreu no dia 26 de outubro deste ano, no povoado Alcanorte, no município de Macau.

No dia do crime, foi encontrado nas proximidades do local da tentativa de homicídio um veículo abandonado que seria pertencente a Bergson Moura. A partir dessa informação, chegou-se ao segundo suspeito, Eney Moura, que é primo de Bergson Moura e vereador no município de Serra do Mel.

A motivação do crime estaria a uma possível vingança contra Caius Gracus, diante da suspeita de envolvimento dele no homicídio praticado contra Élio Pereira de Moura, que é irmão de Eney Moura Pereira. Élio Pereira foi morto no dia 16 de junho deste ano, na cidade de Pendências.

Na última quarta-feira (18), Bergson Moura já havia se apresentado na delegacia, tendo sido dado cumprimento ao mandado de prisão temporária em seu desfavor. Ambos foram encaminhados ao sistema prisional e ficarão à disposição da Justiça.

A Polícia Civil solicita que a população, através do Disque Denúncia 181, continue enviando informações de forma anônima.

As informações são da Polícia Civil do RN

http://www.policiacivil.rn.gov.br/Conteudo.asp?TRAN=ITEM&TARG=221449&ACT=&PAGE=&PARM=&LBL=NOT%CDCIA

Em ação do MPRN, policial militar e filhos são presos por tentativa de homicídio na Grande Natal

Foto: Ilustrativa

Uma ação do Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) realizada nesta sexta-feira (18) resultou na prisão de um policial militar e dois filhos dele. O trio é suspeito de uma tentativa de homicídio registrada no dia 10 de outubro passado, em Extremoz. Além de invadirem a casa da vítima e atirarem diversas vezes contra o homem dentro do local, o PM e os filhos dele ainda são suspeitos de roubarem a arma pertencente ao dono da residência. Os três foram presos preventivamente.

Segundo relato de testemunhas, o PM e os dois filhos dele chegaram à casa da vítima por volta das 23h30. O trio se anunciou como sendo policiais, tendo invadido o local em seguida. De acordo com depoimentos do homem e da mulher dele, assim que entraram na casa, os três presos passaram a disparar várias vezes contra a vítima e, em seguida, roubaram a arma de fogo dela. O homem ainda está internado com lesões corporais graves, sem previsão de alta.

As três prisões são baseadas em provas de existência do crime e indícios suficientes de autoria. Além disso, servem para garantia da ordem pública e por conveniência da instrução criminal, uma vez que as testemunhas temem represálias.

Ao pedir a prisão preventiva dos três, o MPRN destacou a gravidade do crime cometido pelo PM e pelos filhos dele, “uma vez que agiram em quantidade expressiva de agentes (três no total), todos armados, invadiram a casa da vítima sob a justificativa de se tratar de uma operação policial, a alvejaram e subtraíram a sua arma de fogo”.

“Além disso, a vítima e seus familiares estão com imenso medo dos acusados, pois são prova viva e presencial do cometimento do crime. Assim, a manutenção dos acusados em liberdade, pode interferir na instrução processual”, frisa o pedido de prisão do trio.

O policial militar ficará preso no quartel do Comando Geral da PM. Os dois filhos dele serão encaminhados ao sistema prisional potiguar.

MPRN

Polícia Civil prende vereador por tentativa de homicídio no interior do RN

Policiais civis da Delegacia Municipal de Pau dos Ferros deram cumprimento, na manhã desta sexta-feira (5), a um mandado de prisão preventiva expedido pela 3ª Vara da Comarca de Pau dos Ferros, em desfavor de Francisco Maciel da Costa, 40 anos, vereador do município de Rafael Fernandes.

A prisão aconteceu em Rafael Fernandes, decorrente da condenação de Francisco Maciel a uma pena de 5 anos de prisão em regime semiaberto, pela prática do crime de tentativa de homicídio ocorrido no ano de 2012, no município de Riacho de Santana.

Fonte: Secretaria de Comunicação Social da Polícia Civil/RN – SECOMS

MUITO GRAVE: Laudo da Polícia Civil confirma marca de tiro e indica que vereador Fernando Holiday foi alvo de tentativa de homicídio durante reforma previdenciária em São Paulo

Foto: Werther Santana/Estadão

O laudo pericial da Polícia Civil a respeito da marca no vidro no gabinete do vereador Fernando Holiday (DEM), na Câmara Municipal de São Paulo, indica que ela foi causada por um tiro.

“Tal perfuração transfixiante (…) tinha as características compatíveis com a possibilidade de ter sido causada por projétil disparado por arma de fogo, com orientação: de fora para dentro do referido imóvel”, diz o texto, que foi divulgado nesta segunda-feira, 25.

O episódio ocorreu em dezembro do ano passado, após uma tumultuada votação em que foi aprovada a reforma da Previdência no município. O vereador, ligado ao MBL, foi defensor das mudanças em plenário.

Segundo Holiday contou à época, ele foi à janela de seu gabinete acenar para manifestantes, quando ouviu um estilhaço. O MBL denuncia que houve uma “tentaiva de assassinato”.

O vereador do DEM registrou, então, boletim de ocorrência no 1ª Distrito Policial (Sé).

Coluna do Estadão

Novo líder do governo é suspeito de tentativa de homicídio

andre-moura-ananda-borges-ag-camara.jpg1_Foto: Ananda Borges/Ag. Câmara

Por interino

Suspeita de tentativa de homicídio, de empregar de funcionários fantasmas e comprar alimentos e bebidas ilegalmente com dinheiro público e réu no Supremo Tribunal Federal (STF). Este é o currículo mais recente do deputado André Moura (PSC-SE), escolhido pelo presidente interino Michel Temer para ser o novo líder do governo na Câmara. Ele também teve que recorrer à Justiça para concorrer nas últimas eleições porque tinha sido barrado pela Lei da Ficha Limpa. Moura é o deputado com maior intimidade política e pessoal com o presidente afastado da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ).

Em 2014 André Moura teve candidatura indeferida pelo Tribunal Regional Eleitoral do seu estado porque teve problemas com sua atuação como gestor público. A Ficha Limpa veda candidaturas de candidatos com as contas rejeitadas ou condenados judicialmente por órgãos colegiados. Os 71 mil votos recebidos por Moura em outubro daquele ano só foram validados dois meses depois, quando o deputado conseguiu anular o indeferimento de sua candidatura graças à decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ) que suspendeu a condenação inicial por improbidade administrativa. Ele teve as contas rejeitadas quando era prefeito de Pirambu (SE).

Sua gestão à frente do município sergipano deixou um rastro de complicações para o provável novo líder do governo. André Moura é réu em três ações penais e investigado em inquérito no Supremo Tribunal Federal (STF). As acusações contra o parlamentar vão de desvio ou utilização de bens públicos, improbidade administrativa, apropriação indébita e crime de responsabilidade.

Em junho do ano passado, o Supremo aceitou de uma só vez a abertura de três processos contra André Moura por crimes conexos. Ele é acusado de se apropriar ou desviar bens públicos do município de Pirambu na gestão do então prefeito Juarez Batista dos Santos, entre 2005 e 2007. Então aliado, Juarez deu continuidade à gestão de André Moura, que foi prefeito do município por oito anos até o fim de 2004.

Segundo a acusação, após deixar a prefeitura, Moura continuou usufruindo de bens e serviços custeados pela administração municipal. Entre os itens citados, gêneros alimentícios, telefones celulares e veículos da frota municipal. A denúncia sustenta que alimentos comprados pela prefeitura no comércio de Pirambu eram entregues na casa do deputado.

Após o rompimento político entre os dois, Juarez confessou ter cometido irregularidades e revelou que André Moura indicou funcionários fantasmas, entre eles, sua mulher Lara Adriana Moura, para trabalhar na prefeitura. O ex-prefeito também confessou que o líder do PSC recebia uma mesada de R$ 30 mil a R$ 50 mil.

O ex-prefeito ainda disse que Moura aumentou as exigências nas eleições de 2006 quando foi candidato a deputado estadual. Segundo ele, seu antecessor lhe pediu o repasse de R$ 1 milhão entre abril e setembro daquele ano. Ele afirmou que, sem conseguir atender às demandas do ex-prefeito, passou a receber ameaças que resultaram em uma troca de tiros que feriram o vigilante de sua casa. Quatro homens encapuzados foram apontados como autores dos disparos. Moura é o suspeito de ser o mandante.

O inquérito por tentativa de homicídio do vigia chegou há dois anos no Supremo, mas ainda não houve apresentação de denúncia para a abertura de ação penal. Em 12 de abril, dias antes da votação do impeachment na Câmara, o ministro Gilmar Mendes, que relata o inquérito, prorrogou por mais 60 dias o prazo para a conclusão das investigações.

andre-moura-stf.jpg1_André Luiz Dantas Ferreira é o novo de batismo de André Moura. Caso ainda envolve outras sete pessoas

Deputado nega

Em sua defesa ao Supremo, o deputado negou todas condutas denunciadas e afirmou que, embora tenha apoiado o prefeito que o sucedeu, razões políticas fizeram com que ele e Juarez dos Santos se tornassem desafetos políticos, o que teria levado o então prefeito a prejudicá-lo, apresentando denúncias falsas. A defesa alega que as acusações do Ministério Público se baseiam somente nos depoimentos de Juarez e não foram confirmadas por qualquer prova.

Mas, para o ministro Gilmar Mendes, que relatou as denúncias, há indícios suficientes de que André Moura praticou os crimes a ele atribuídos, argumento utilizado pelo ministro para recomendar a abertura da ação penal. Todos os ministros que participaram da sessão acompanharam o relator. “Nos três casos, a meu ver, parece que a descrição é suficientemente adequada para projetar os tipos penais dos incisos I e II do artigo 1º do Decreto-Lei 201/1967, portanto estou rejeitando a ideia de que as denúncias são ineptas”, disse Gilmar em seu voto, aprovado por unanimidade. Segundo o relator, as investigações que deram origem às denúncias do MP se iniciaram com a confissão e delação do então prefeito, que procurou espontaneamente a Polícia Civil.

O Congresso em Foco procurou a assessoria do deputado, mas ainda não houve retorno.

Um dos sub-relatores da CPI da Petrobras, André Moura foi protagonista de duas polêmicas na comissão no ano passado. Foi autor de um pedido de acareação entre a presidente Dilma e o doleiro Alberto Youssef e pivô da contratação da empresa Kroll, contratada pela pelo deputado Hugo Motta (PMDB-PB), que presidia o colegiado. Os dois definiram quem seriam os 12 suspeitos de participar do esquema de corrupção que teriam suas contas bancárias devassadas no exterior. O contrato, no valor de R$ 1 milhão, acabou interrompido em meio à polêmica.

Congresso em Foco, UOL

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Val Lima disse:

    Esse é mais sujo q pau de galinheiro….

  2. Brasil, meu país nao será dos Fascistas! disse:

    O Temer transformou os Coxinhas em Trouxinhas!
    Triste fim para essa turma.

  3. Lucy disse:

    E as panelas ? não vão bater mais não?

    • FALANDO SéRIO disse:

      Tem razão era para bater, o caso Celso Daniel foi terrível.

    • FALANDO SéRIO disse:

      Sem contar aquele barbudo que encheu várias carretas de bebidas e mandou deixar em um sítio.

  4. Luiz Eduardo bezerra de farias disse:

    JÁ PENSOU SE ELE VIRAR JUSTICEIRO E TENTAR MATAR BANDIDO NA CÂMARA FEDERAL?kkkkkkk

  5. Vassourito disse:

    Esse é o nível dos políticos no Brasil. Não basta ser ladrão. Tem que ser assassino?! Votz!

  6. To de olho disse:

    "Comprou essa ilusão, achou que temer ia acabar com a corrupção. Esse arrocha é pra quem é coxinha e vai continuar sofrendo. Uh vai vendo, uh, uh vai vendo, uh."

  7. Rômulo disse:

    Desordem e retrocesso!

  8. LUTA disse:

    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

FOTOS: PM realiza operações na zona Sul de Natal e prende acusado de tentativa de homicídio

5 (5) Jairo Fernandes TeixeiraPoliciais do 5º Batalhão de Polícia Militar (5ºBPM) prenderam na tarde desta quinta-feira (13) Jairo Fernandes Teixeira, de 18 anos, após ele tentar contra a vida de sua avó, com o uso de uma faca de cozinha, no Bairro de Capim Macio, na zona Sul de Natal.

A PM agiu rápido e conseguiu deter o acusado ainda de posse do material usado na tentativa de homicídio. Ele foi preso e conduzido à Delegacia de Polícia Civil.

O 5º BPM tem realizado dezenas de ações com o objetivo de coibir a prática de crimes na sua área de atuação. Na noite de quarta-feira (12) mais uma operação da saturação na zona Sul de Natal foi realizada nos bairros Pirangi, Candelária, Capim Macio, Lagoa Nova, Morro Branco, Potilândia, Neópolis e nas Avenidas Airton Senna, Prudente de Morais e Engenheiro Roberto Freire.

Ao todo foram abordadas 93 pessoas, 31 motocicletas, 11 automóveis, 6 ciclistas, 2 transportes coletivos e um táxi com revista pessoal e veicular, não sendo registrada nenhuma ocorrência por ocasião da operação.

As ações na zona Sul também têm como referência as manchas criminais com a intensificação das abordagens em praças e ruas com o patrulhamento tático e as barreiras itinerantes distribuídas nos pontos determinados conforme os índices de violência.

Dentro de casa, homem é executado e adolescente é baleado na cabeça na Grande Natal

Um homem identificado como Valtércio de Lima Souza, de 26 anos foi assassinado com vários tiros (mais de dez) na madrugada desta terça-feira (8), dentro de casa no loteamento Nova Zelândia, em São Gonçalo do Amarante, na Grande Natal. De acordo com a Polícia Militar, um adolescente de 14 anos que estava no local foi baleado, mas sobreviveu ao atentado. As vítimas foram surpreendidas por cerca de sete homens.

Segundo a PM, no local do crime foi encontrado um caderno com anotações e maconha, o que levanta a suspeita de tráfico de drogas. Ainda segundo a Polícia, Valtércio era suspeito de ter matado um jovem de 21 anos, no dia 28 de junho deste ano.

FOTO: Polícia Civil prende em Macaíba homem que tentou matar primo

IMG-20140214-WA0017A Polícia Civil prendeu na manhã desta sexta-feira (14), em Macaíba, um homem identificado como Sival Varela Patrício da Cruz, de 23 anos. Ele é acusado de tentar matar um primo com golpes de foice, crime ocorrido no ano de 2012.

O acusado teve o mandado de prisão decretado pelo juiz Felipe Luiz Machado Barros, da comarca de Macaíba. Ele foi preso em sua própria residência, na zona rural do município e confessou o crime.

Atentado em avenida de Natal deixa jovem ferido

Por volta das 10h desta segunda-feira (28), um jovem de identidade a ser confirmada foi vítima de um atentado na Avenida Miramangue, no bairro Planalto, zona Oeste de Natal. De acordo com a Polícia Militar, a vítima foi surpreendida por dois homens que surgiram em uma Fiorino branca, que efetuaram disparos de arma de fogo e saíram em disparada, com destino ignorado.

Segundo a PM, logo após o atentado, a vítima foi socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), e não se tem informação do seu quadro, assim como a motivação do crime. Diligências ainda foram realizadas pela região, mas nenhum veículo semelhante foi encontrado.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. zé Ninguém disse:

    Pergunta básica, simples e fundamental para compreendermos os acontecimentos nas áreas da Segurança Pública: "QUEM LUCRA COM ISSO?

Homem é atingido por dois tiros em parada de ônibus na Avenida Capitão Mor Gouveia

A Polícia Militar registrou uma tentativa de homicídio no fim da tarde dessa quinta-feira (26), por volta de 17h30, em uma parada de ônibus na Avenida Capitão Mor Gouveia, no bairro Cidade da Esperança, zona Oeste de Natal. Na ocasião, um homem, de identidade não confirmada, foi surpreendido por homens que surgiram em um Fiat Pálio Weekend de cor preta, que chegaram atirando e atingindo a vítima nas regiões do abdômen e peito.

Segundo a PM, populares acionaram o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), que socorreu o homem para o Pronto Socorro Clóvis Sarinho. Os bandidos, por sua vez, fugiram com destino ignorado. Não se tem informação da motivação do crime. A vítima, inclusive, foi encontrada sem documentos.