Saúde

Sputnik V chega em uma semana ao Brasil e vacina contra a Covid-19 será usada no Nordeste com restrições

Foto: TED ALJIBE/AFP/15-7-2021

A novela que envolve o uso da Sputnik V no Brasil está próxima de ganhar um novo capítulo. Em uma semana deverão desembarcar no Recife 1,1 milhão de doses da vacina russa contra a Covid-19 que irão iniciar finalmente o uso do imunizante no país.

Da capital pernambucana, as vacinas seguirão para os demais estados do Consórcio Nordeste (Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Paraíba, Piauí, Rio Grande do Norte e Sergipe), autorizados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) a importar os antígenos. Eles chegam através do processo batizado de “importação excepcional e temporária”. Um outro lote, com aproximadamente 600 mil doses, será encaminhado para estados do Norte, ainda sem prazo determinado para chegar.

— Aplicaremos as primeiras doses em, no máximo, uma semana após a chegada da vacina. E, vinte e um dias depois, a segunda dose. Com isso, teremos a análise de imunização mais cedo — diz Wellington Dias (PT), governador do Piauí e presidente do Consórcio Nordeste.

Na prática, a Sputnik V será incorporada à imunização desses estados de maneira controlada, com estudo de sua segurança e eficácia. A avaliação de efetividade — que é o quanto a vacina protege para desdobramentos do coronavírus — ficará a cargo do infectologista Julio Croda, do grupo Vebra Covid-19.

Vacinação em massa

Com uma quantidade equivalente a 1% da população de cada estado, a entrada da Sputnik V não será capaz de acelerar substancialmente os processos de imunização locais. Mas a experiência, inédita no país, possibilitará a cada estado escolher a forma de uso da vacinação com o imunizante russo. Está prevista, por exemplo, a imunização em massa de ao menos toda uma cidade, como ocorreu em Botucatu e Serrana, em São Paulo. Trata-se de Sousa, na Paraíba, com 69 mil habitantes.

A vacina deverá ser aplicada após passar por análise preliminar no Instituto Nacional de Controle de Qualidade, ligado à Fiocruz. Integrantes do Consórcio acreditam que esta análise ocorra em uma semana. Qualquer efeito adverso será informado em até 24 horas à Anvisa.

Uma das razões para esse detalhado controle de qualidade foi a dúvida de técnicos da Anvisa em relação à presença de um adenovírus replicante na composição da vacina. O vírus, com capacidade de multiplicação no corpo humano, tornaria o imunizante não recomendado para uso.

A chegada da Sputnik V ao Brasil divide opiniões de especialistas médicos. A infectologista Mirian Dal Ben, do Hospital Sírio-Libanês, considera que, quanto mais vacinas chegarem, melhor. Embora, pondera a especialista, sejam necessários mais estudos em grande escala para detectar efeitos adversos. Já Rosana Richtmann, da Sociedade Brasileira de Infectologia, acredita que seria melhor esperar:

— Se a Anvisa apresenta restrições sobre a vacina, temos que entender no que se basearam antes de indicar o uso.

Produção local

Embora as vacinas que chegam em uma semana ao Recife sejam produzidas na Rússia — e serão despachadas diretamente de Moscou para o Brasil —, a farmacêutica União Química já terminou um lote inicial com100 mil doses, com qualidade atestada pela Rússia, com insumo farmacêutico ativo (IFA) produzido em uma fábrica no DF. O processo de transferência de tecnologia começou no último trimestre de 2020 e terminou em abril deste ano.

Se o processo de fabricação nacional for autorizado pela Anvisa, a farmacêutica diz poder liberar 8 milhões de doses por mês. A União Química, que fez um investimento de R$ 300 milhões no imunizante russo, pretende, em 30 dias, pedir pela primeira vez o registro definitivo da vacina.

— Lastimamos que (a compra de) 10 milhões de doses oferecidas para o primeiro trimestre de 2021 não tenha acontecido. Teriam salvado muitas vidas — avalia Rogério Rosso, diretor de negócios internacionais da empresa.

Procurado, o Ministério da Saúde não retornou ao GLOBO. Na semana passada, o ministro Marcelo Queiroga afirmou que “não temos a necessidade desses dois imunizantes”, referindo-se também à vacina indiana Covaxin.

De acordo com os desenvolvedores, 68 países já aprovaram a Sputnik V, mas nem todos iniciaram sua aplicação. Um dos países que usou a vacina foi a Argentina, cujo Ministério da Saúde apresentou recentemente levantamento preliminar, realizado com 400 mil pessoas com mais de 60 anos. A análise apontou que uma dose da Sputnik V ou AstraZeneca levaria à redução da mortalidade por Covid-19 entre 70% e 80%.

Outro estudo do governo argentino, não revisado por cientistas independentes, indica que, após uso de 2,8 milhões de doses da vacina russa, não foi identificada morte relacionada ao imunizante. E a maioria dos efeitos adversos foi leve.

O Globo

 

Opinião dos leitores

  1. Mais uma vez o povo sofrido do nordeste pagando o pato por politicagem barata dos governadores de esquerda.
    Ivermectina sem comprovação científica como profilaxia não pode. Mas, vacina Sputinik V sem comprovação científica pode.
    Lamentável.

  2. Está sendo defendida pelo tal Consórcio Nordeste. Será mais uma fonte de roubalheira dessa gente, igual aos famosos respiradores. Já estão sobrando vacinas no Brasil. Não precisamos desse placebo, já basta a decepcionante Coronavac.

    1. A Sputnik V, serve para humanos de bem, que se preocupam até com o próximo.
      A sua vende na casa do criador, corra pra lá, cuide.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Cidades do Nordeste perdem quase R$ 1 bilhão sem São João devido à pandemia

Foto: Bricolage/Shutterstock

O Ministério do Turismo estima um prejuízo de até R$ 1,5 bilhão gerado pelo cancelamento das festas juninas devido à pandemia de Covid-19. Só o Nordeste deixa de arrecadar cerca de R$ 950 milhões.

Nas últimas comemorações, em 2019, 119 festas ocorreram em todo o Brasil. A Bahia, por exemplo, arrecadou R$ 550 milhões com o dia de São João (24). Já em Pernambuco, a renda foi de R$ 434 milhões.

No estado em questão, os festejos juninos se concentram, principalmente, nas cidades de Gravatá, Bezerros, Petrolina, Arcoverde e Caruaru. A prefeitura desse último município estima que o cancelamento da festa vai trazer impactos para o mercado de trabalho.

CNN Brasil

Opinião dos leitores

  1. Quantas VIDAS esse um bilhão compraria? Quanto vale a vida de seu pai, sua mãe, seus filhos, qualquer familiar seu ou de amigos? Que DEUS tenha MISERICORDIA de NÓS e Ilumine as autoridade do Brasil.

  2. O “perder” é muito relativo, pois prefiro VIDAS, para que o próximo ano, tenhamos lucros e dividendos.

  3. Quanto as famílias economizaram, pois não viajaram, nem gastaram com bebidas, roupas e festas, menos brigas e desunião familiar. tem também o outro lado.

    1. Certeza que a economia a gente vê depois mas as vidas não! Ou vc acha que as mais de 500mil vidas perdidas pelo negacionismo do MINTOmaníaco das rachadinhas tem volta?

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

Com ABC entre destaques, Nordeste coloca um total de 6 clubes nas oitavas da Copa do Brasil pela primeira vez

Foto: GABRIEL LEITE/W9 PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

A semana dos times nordestinos da Copa do Brasil foi maravilhosa. Pela primeira vez na história do torneio, que começou em 1989, a região terá seis representantes nas oitavas de final: ABC-RN, os rivais Bahia e Vitória e a Juazeirense-BA, o CRB-AL e o Fortaleza-CE.

O recorde anterior era de cinco times, em 1992 e 2009. CSA, Sport, Fortaleza, Sergipe e Bahia foram os representantes em 92, enquanto Icasa-CE, Vitória, CSA, Fortaleza, e Náutico estiveram entre os 16 melhores times da competição em 2009.

Dos seis classificados, quatro conseguiram grandes viradas, sendo três contra equipes da Série A do Brasileirão e uma contra o Cruzeiro, que está já Série B —mas é o maior campeão da história do torneio—, no duelo da volta.

“Vimos muitos vídeos dando o Inter era favorito. Falando que jogando mal poderia dar 3 a 0 na gente. E não é assim, não. Tem que respeitar o Nordeste. Palavra de Deus diz que exalta o humilhado e rebaixa o soberbo. Então, estamos aí para provar que nosso grupo é forte”, afirmou Samuel, jogador do Vitória, ao SporTV, após o triunfo no Beira-Rio.

Na quarta (9), o ABC perdeu para a Chapecoense por 3 a 1 fora de casa e precisava vencer por 3 a 0 para avançar. Foi lá e fez, em Natal. Já o CRB perdeu em casa, em Maceiói, para o Palmeiras, mas devolveu o placar de 1 a 0 no Allianz Parque e, nos pênaltis, garantiu sua classificação.

Também nas penalidades máximas veio a vaga da Juazeirense, que, em seu domínio, venceu pelo Cruzeiro pelo placar mínimo, o mesmo resultado da ida no Mineirão, e teve Rodrigo Calaça como herói. Já na quinta-feira (10), o Vitória, que perdeu na ida por 1 a 0, bateu o Internacional em Porto Alegre por 3 a 1 e festejou a vaga.

A classificação do Bahia foi mais tranquila, com dois triunfos sobre o Vila Nova-GO por 1 a 0. Já o Fortaleza avançou após eliminar outro nordestino, o Ceará, ao vencer por 3 a 0 na volta, após o empate por 1 a 1 na ida.

A CBF ainda não definiu a data do sorteio que determinará os confrontos das oitavas de final da Copa do Brasil —ainda resta uma vaga nas oitavas em aberto, que será preenchida por Flamengo ou Coritiba: o time carioca venceu ontem (10) o jogo de ida por 1 a 0. Os duelos dessa etapa estão agendados para a última semana de julho e a primeira de agosto.

UOL

Opinião dos leitores

  1. Sou torcedor do ABC como a maioria que só sabe do resultado com o jogo finalizado através de sites e blogs da internet.

  2. Mostra que o ABC não é time de série D… Os 16 melhores times. Era pra estar no mínimo na série B.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Natal é a única capital do Nordeste que não avançou na vacinação contra Covid em pessoas sem comorbidades, aponta levantamento

Segundo levantamento do portal G1-RN, Natal é a única capital do Nordeste que ainda não começou a vacinação de pessoas do público geral, que não faz parte das prioridades, até esta segunda-feira (7). O público é composto por pessoas pessoas com menos de 60 anos e que não fazem parte de nenhum grupo prioritário previsto no Plano Nacional de Imunização.

Segunda maior cidade do estado, Mossoró começou o processo de imunização da população geral com 55 anos ou mais neste domingo (6). Já a capital potiguar ficou estacionada na vacinação de pessoas com 60 anos e outros grupos prioritários.

Em todos os outros estados da região Nordeste, as capitais já iniciaram a imunização de pessoas com 59 anos ou até menos idade. Em São Luis, que recebeu reforço de vacinas por causa da variante indiana, a imunização ocorre para pessoas acima dos 41 anos de idade.

Vacinação do público geral nas capitais do Nordeste

Aracaju – 57 mais

Maceió – 54 anos

Teresina – 56 anos

Recife – 50 anos

Salvador – 55 anos

João Pessoa – 50 anos

São Luis – 41 anos

Fortaleza – 59 anos

Matéria completa AQUI.

Opinião dos leitores

  1. É inaceitável o que está acontecendo na vacinação aqui em Natal. Basta dá uma passadinha pelos locais de vacinação, em qualquer horário, para se constatar a falta de planejamento e gestão inadequada da vacinação. Em praticamente todos os locais de vacinação sobram vacinas a falta público para se vacinar. Isso porque a Prefeitura e Natal está dificultando o processo ao não disponibilizar a vacina pelo critério da idade decrescente, além das comorbidades. Portanto, urge a necessidade da formação de duas filas como vem sendo feito com sucesso em diversas outras capitais e até em cidades do interior do RN, onde a vacinação está bem mais adiantada e organizada em relação a capital potiguar.

  2. Inacreditável a incompetência dos nossos governantes para com a população. Ver os pontos de vacinação vazios e sem procura é um sinal inequívoco de que a cobertura vacinal já devia estar sendo ampliada ao público sem comorbidade. É hora de aprender com as demais capitais do Nordeste e desburocratizar.

  3. Qdo luladrao a criticou chamando de fatão grelo duro igual ao tubo de desodorante, realmente o canalha tava com razão, aí é dura viu. 500 mil vacinas estocadas e nao libera de jeito nenhum, o povo morrendo, que fdp.

  4. Estranho é uma ação judicial valer só pra Natal quando o programa é um só. Será que os autores da ação embarcaram na campanha política já antecipada da governadora? Outro dia foi questionado um Decreto de Natal e os demais municípios com decretos idênticos passaram em branco. Que elefante pitoresco. Vá entender!

  5. RN é uma ilha de irresponsabilidade e incompetência administrativa do Brasil, ainda mais existe um esforço extraordinário da petralhada pra batermos records de óbito por covid.

  6. E ainda há quem fique chamando o Presidente de “genocida”… com as vacinas de nossa cidade enviadas e adquiridas com o dinheiro de nosso imposte pelo governo federal “esquecidas” nas geladeiras da prefeitura.

  7. TENHO 58 ANOS. SEXTA FEIRA FUI TENTAR VACINAR, NÃO TINHA NIGUEM NA FILA. NÃO CONSGUI POR A FAIXA ETÁRIA ESTAR ABAIXO DE 60 ANOS. TODOS OS PONTOS DE VACINAÇÃO ESTÃO SEM FILA. ISSO É UM ABSURDO. LIBEREM A VACINA PARA QUEM QUER TOMAR. NÃO FIQUEM ESPERANDO QUEM NÃO QUER TOMAR.

  8. JÁ FOI ELEITO,NÃO PRECISA FAZER MAIS NADA, ESSA HISTORIA DE DIREITA ESQUERDA SÃO TODOS FARINHA DO MESMO SACO

    1. Fábim homi de deus tenha santa paciência pelas caridade, deixe de vexame o homem não é pré candidato a governador não homi se fosse aí sim a fila andava bem ligeirinho, ja já chega a sua vez avechado.

  9. Como se não bastassem a falta de médicos nos centros de atendimento covid e formigas e pernilongos nos leitos de uti no hospital de campanha da via costeira , agora a prefeitura está atrasando a vacinação !

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

VÍDEO: Meteoro é visto nos céus do RN e mais 3 estados do Nordeste

Foto: Reprodução/YouTube

Um belo meteoro foi visto na noite de sábado (22) em quatro estados do Nordeste. O fenômeno ocorreu às 18h59 (horário de Brasília) sobre a costa do Rio Grande do Norte e foi registrado pelas câmeras da BRAMON, a Rede Brasileira de Observação de Meteoros, e do Clima ao Vivo no Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco e Ceará.

Confira:

Os primeiros relatos vieram da Paraíba, através das redes sociais e da ferramenta bramon.imo.net (onde o internauta pode enviar seu relato através de um formulário). Todos informando o avistamento de uma bola de fogo esverdeada cruzando o céu na direção nordeste. A confirmação veio através do registro na câmera all-sky da BRAMON em João Pessoa que registrou a passagem do bólido (meteoro muito luminoso) às 18h59, e também da estação JPZ3/PB, também em João Pessoa, que fez a imagem mais impressionante do evento.

Trajetória

A partir dos vídeos registrados pela BRAMON e Clima ao Vivo, foi possível determinar a trajetória do bólido pela atmosfera. O meteoro surgiu sobre o Oceano Atlântico, a 99,2 km de altitude e a cerca de 110 km da costa leste do Rio Grande do Norte. Seguiu na direção noroeste brilhando intensamente até desaparecer a 36,3 km de altitude, ainda sobre o oceano, a 53 km de Natal. Ele percorreu uma distância de 89,7 km e apenas 5 segundos, o que representa uma velocidade média de 64,6 mil km/h.

Meteoritos no fundo do mar

Baseado na luminosidade e na velocidade do meteoro, a BRAMON calcula que a rocha espacial que gerou o fenômeno possuía entre 20 e 60 Kg de massa, dos quais, no máximo 5 kg podem ter resistido à passagem atmosférica e gerado meteoritos que, infelizmente, descansam no fundo do Oceano Atlântico.

Com Olhar Digital

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Jornalismo

VÍDEO: Internautas acusam jornalista Vera Magalhães de xenofobia por desdém com hospitais do Nordeste

Foto: Reprodução

A jornalista Vera Magalhães foi acusada de xenofobia pelos internautas que acompanhavam o Jornal da Cultura na noite da última quinta-feira (18). Na edição do programa, ela pareceu desdenhar dos hospitais do Nordeste em uma fala vista por tuiteiros como preconceituosa.

A comentarista falava sobre a alta dos preços dos remédios em tempos de pandemia quando comparou a qualidade de um hospital particular de São Paulo, “de elite”, ao sistema de saúde do Nordeste do país.

Vera se mostrou indignada por saber que os médicos estão intubando pacientes em estado grave sem sedação e fora da UTI, pois não há medicamentos nem leitos disponíveis.

“Conversei com um médico do Sírio-Libanês, não de um hospital lá do meio do Nordeste, um hospital público, mas um hospital de elite da capital do principal Estado do Brasil. Ele me falou: ‘Vera, nós estamos intubando pacientes no leito, no quarto’. Isso é barbárie, é colapso no principal hospital particular da cidade de São Paulo”, disparou.

Não demorou muito para que os seguidores começassem a acusá-la de menosprezar a qualidade dos hospitais de outra região do país. Procurada pela reportagem, a assessoria da TV Cultura não se pronunciou sobre o comentário da jornalista até a conclusão deste texto.

Assista à fala controversa de Vera Magalhães, a partir dos 40 minutos 26 segundos do vídeo abaixo, e confira a repercussão no Twitter:

Notícias da TV – UOL

Opinião dos leitores

  1. É muita falta de ter o que fazer e tulmutuar, distorcer o contexto, é maldade? ou ignorância por não saber interpretar o que foi dito? Então os hospitais do "interior do Nordeste brasileiro ", são do nível do hospital Sírio libanês?

  2. Dá nojo ler estes cometários, pobres de direita com complexo de vira latas, ou cruzamento medonho.

  3. Não mentiu, não desfez dos médicos nordestinos, não houve desdenho algum! Fez apenas uma comparação estrutural, todos sabem que o Sírio Libanês é um dos melhores hospitais privados do Brasil. Não é a toa que os ricos e os próprios políticos, pagando a conta com dinheiro público, vão se tratar lá, assim como; muitos médicos do nordeste também vão se especializar lá. Vamos deixar de hipocrisia, ela apenas disse a vdd.

  4. Não sabia que comparar hospitais era xenofobia. Quer dizer que se alguém fizer uma comparação entre o ensino das escolas particulares com as escolas públicas brasileiras, comete preconceito? Que porcaria é essa? Mostrar a realidade agora é preconceito? Desde quando?
    Quem são esses filósofos, cultos e doutores sociais do twitter que se acham com capacidade e direito de julgar alguém?
    Sim o Sírio Libanês tem atendimento de excelência.
    Vamos lá, quando um político ou pessoa influente, rica, fica doente ela procura a rede pública do nordeste ou o Hospital Sírio Libanês?
    Vamos simplificar, se um governador, prefeito ou vereador da capital adoecer, ele procura os hospitais públicos? Os ridículos se alto flagelam em expor suas mediocridades.

  5. Ela não desqualificou de maneira algum o Nordeste com a afirmação dela! Ela fez comparações. Mas me digam uma coisa, vcs acham realmente que no Nordeste tem um hospital como o Sírio Libanês? E no interior do Nordeste, tem algum que se compare ao Sírio Libanês? Divulgar essa notícia e se chocar com ela eh mera “cortina de fumaça” pra abafar as MILHARES de mortes no Brasil TODO enquanto o nosso presidente inepto não fez nem faz NADA pra evitar! Hoje no Brasil o presidente e todos os governantes não deveriam ter em mente outra coisa exceto diminuir o contágio da doença e das mortes !

  6. Essa jornalistazinha junto com essa tv cultura dela, são um bando de esquerdalhas de narrativas ideológicas.

  7. Essa cidadã conseguiu uma proeza extraordinária no meio "jornalístico", ou seja, parece que virou grife, pois ela tem agora pelo menos uma franqueada em cada estado do Brasil. Está fazendo escola.

  8. Aonde foi que ela mentiu? Homi pelas caridade vamos deixar de frescura, é por isso que nós nordestinos somos malhados porque agente se ofende com qualquer verdade que é dita, sou nordestino sim com maior orgulho agora nós nordestinos querer comparar os hospitais e medicina do nordeste com a da região sul é querer demais.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Nordeste encomenda 25 milhões de doses da Sputnik russa e quer comprar vacina do Butantan

Nove estados do Nordeste, liderados pela Bahia, acertaram os termos de compra de 25 milhões de doses da vacina russa Sputnik. Falta assinar o contrato com o Fundo Soberano Russo, que desenvolveu e distribui o produto.

Essas doses seriam importadas da Rússia. Em tese, chegariam a partir de abril e seriam todas entregues até julho (um laboratório brasileiro, União Química, também vai produzir o imunizante, o que será objeto de outro contrato com os governadores).

Problema: a vacina ainda não foi aprovada pela Anvisa.

Segundo o governador Wellington Dias (PI-PT), as doses da Sputnik serão entregues para o Programa Nacional de Imunização (Dias coordena a seção de vacinação do Fórum de governadores).

Alguns governadores de fora do Nordeste, porém, pensam em usar as doses em seus próprios estados caso o governo federal não consiga cumprir seus prazos de vacinação. É o que a Folha ouviu de três governos das regiões Sul e Centro-Oeste. O Ceará estuda como proceder.

Dias conta também que, na terça-feira (2), a União Química prometeu aos governadores tomar providências para obter aprovação da Sputnik na Anvisa. Até segunda-feira, o laboratório apresentaria aos governadores o cronograma de produção e entrega do produto.

Segundo Dias, os governadores também pediram uma “proposta firme de entrega” de vacinas produzidas pelo Instituto Butantan, da chinesa Sinovac. A intenção é comprar do instituto paulista mais 30 milhões de doses. Outras vacinas em vista estão “em espera”: não é possível negociar enquanto o governo federal não chega a um acordo com Pfizer, Janssen e Moderna.

Nesta semana, o Congresso aprovou a lei que também autoriza estados, Distrito Federal e municípios a “assumir os riscos referentes à responsabilidade civil” pelos efeitos adversos das vacinas” e a compra dos produtos, sob certas condições.

A responsabilidade pelos riscos pós-vacinação vem sendo um empecilho na compra de vacinas como a produzida pela Pfizer. Na prática, trata-se mesmo de uma autorização para a compra de vacinas por outros governos que não o federal —e também por empresas.

Folha de São Paulo

Opinião dos leitores

  1. Se o dinheiro sair dos orçamentos dos Estados beleza.
    Esse Consórcio Nordeste tem um faro por dinheiro danado. Deveria se chamar Consórcio de ratos.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

IBGE: Expectativa de vida no RN é a maior do Norte e Nordeste

Foto: Reprodução

 

A a Tábua Completa de Mortalidade de 2019, que foi divulgada nesta quinta-feira (26) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), destaca que a expectativa de vida no Rio Grande do Norte é a maior entre todos os estados das regiões Norte e Nordeste.  De acordo com o órgão, a expectativa de vida do potiguar ao nascer aumentou de 76,2 anos em 2018 para 76,4 anos em 2019. No ano anterior, o estado já possuía a maior média das regiões. O número, no entanto, ainda fica abaixo da média nacional, que é de 76,6 anos.

A pesquisa indica ainda que a diferença de expectativa de vida entre homens e mulheres no estado é a sexta maior entre as 27 unidades da federação. Essa diferença é de 8 anos. No Rio Grande do Norte, a expectativa de vida da mulher ao nascer é de 80,4 anos, enquanto a dos homens é 72,4 anos.

Essa disparidade é menos apenas do que no Pará (8,1 anos), Sergipe (8,5 anos), Piauí (8,6 anos), Bahia (9,2 anos) e Alagoas (9,5 anos).

Ainda de acordo com a Tábua de Mortalidade, aos 60 anos de idade, a expectativa de vida da mulher potiguar atingiu 24,5 anos adicionais. Já a do homem, 20,4 anos.

Um outro ponto também chama a atenção no levantamento, ao destacar que o Rio Grande do Norte também tem a maior probabilidade de uma pessoa de 60 anos de idade completar 80 anos entre os estados do Norte e Nordeste. Segundo a perspectiva da pesquisa, de cada 1 mil pessoas que chegavam aos 60 anos de idade em 2019, 619 atingiriam os 80 anos.

No registro por gênero, 691 a cada 1 mil mulheres de 60 anos atingiriam os 80 anos de idade. Entre os homens, são 535 – o que dá 156 óbitos a mais que na população feminina.

Com acréscimo de informações do G1

Opinião dos leitores

  1. Me engana que eu gosto,com tanta gente no Nordeste passando fome,como vai viver tudo isso,o ibge é manipulado co.o tudo no governo.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

NORDESTE É A REGIÃO BRASILEIRA QUE MAIS LÊ: Pesquisa mostra João Pessoa na liderança entre capitais, com Teresina, São Luís, Aracaju e Salvador no top 10; Natal é 21º

Jovem lendo em biblioteca – iStock/Getty Images

Entre as dez capitais brasileiras que mais leram em 2019, cinco delas ficam no Nordeste. O ranking é parte de um novo dado divulgado pela 5ª edição da pesquisa Retratos da Leitura no Brasil, do Instituto pró-livro, divulgado em primeira mão pela VEJA. Na campeã João Pessoa, capital da Paraíba, 64% da população é considerada leitora, seguida de perto por Curitiba, com 63%, Manaus, com 62%, Belém, 61%, e São Paulo, 60%. Os dez primeiros lugares do ranking ficam completos com Teresina (59%); São Luís (59%); Aracaju (58%); Salvador (57%); e Florianópolis (56%), respectivamente.

Para chegar ao resultado, o órgão consultou mais de 8.000 pessoas em todos os estados brasileiros, entre outubro de 2019 e janeiro de 2020, tomando como leitor aqueles que leram ao menos um livro nos três meses que antecederam a consulta. Na líder João Pessoa, a média no trimestre foi de 4,09 livros, número que sobe para 8 analisando-se os doze meses antecessores, mais da metade deles lidos por vontade própria. Na ponta oposta, Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, amargou uma média de 3,09 livros por ano — menos do que a marca de João Pessoa em três meses, e só 26% de leitores entre a população. Boa Vista, Roraima, é a única capital que continua em análise, por isso não integra a pesquisa (veja ranking abaixo).

Os dados ainda mostram que, entre os pessoenses, 75% dos leitores são da classe B ou C, enquanto a classe A fica na lanterna, representando apenas 8%, situação que se repete no contexto geral. Em todo o Brasil, a classe C detém, sozinha, 49% dos leitores, contra apenas 4% dos mais ricos. Esse resultado, porém, deve-se mais ao fato de a classe A ser minoria no país, em números absolutos, do que a um baixo índice de leitura. Em um comparativo proporcional, embora tenha registrado a maior queda percentual de 2015 para 2019, 67% da classe A declarou-se leitora, contra 63%, 53% e 38% nas classes B, C e D/E, respectivamente.

Nesse contexto, a proposta de taxação de livros do ministro Paulo Guedes pode estreitar ainda mais a diferença de acesso entre as classes sociais, afetando negativamente o mercado editorial. Desde 2004, vigora uma lei que desonera a indústria do livro. A proposta de Guedes, no entanto, é extinguir os benefícios em troca da colaboração com a Contribuição sobre Bens e Serviços (CBS), com alíquota de 12%. Caso isso aconteça, os livros ficarão mais caros, o que ameaça o consumo das classes C e D/E, que correspondem a 70% dos leitores do país. Com isso em mente, a Associação Brasileira de Editores e Produtores de Conteúdo e Tecnologia Educacional (Abrelivro), a Câmara Brasileira do Livro (CBL) e o Sindicato Nacional dos Editores de Livros (SNEL) enviarão, nessa semana, uma carta compromisso aos candidatos à prefeitura das capitais brasileiras, com cinco propostas de estimulo à leitura.

Confira o percentual de leitores por capital:

João Pessoa (64%)

Curitiba (63%)

Manaus (62%)

Belém (61%)

São Paulo (60%)

Teresina (59%)

São Luís (59%)

Aracaju (58%)

Salvador (57%)

Florianópolis (56%)

Vitória (55%)

Fortaleza (54%)

Belo Horizonte (53%)

Porto Alegre (52%)

Recife (52%)

Cuiabá (52%)

Palmas (52%)

Macapá (51%)

Porto Velho (51%)

Rio Branco (49%)

Natal (48%)

Rio de Janeiro (47%)

Goiânia (42%)

Maceió (37%)

Campo Grande (26%)

Boa Vista (em apuração)

Veja

Opinião dos leitores

  1. Tá explicado pq Bolsonaro tem tantos fãs em Natal, grande espaço na mídia, principalmente em programas de rádio.
    Nada é ao acaso.
    kkkkkkkkkkkkkkkkk

  2. NÃO E ATOA Q A PARAÍBA ESTÁ ANOS LUZ NA FRENTE DO POBRE RIO GRANDE DO NORTE
    OS ÚLTIMOS TREIS GOVERNADORES E UM POVO EXIBIDOS NOS SEUS CARROES E CABEÇAS VAZIAS

    POBRE RN

  3. Vale salientar que ler livro é diferente de se informar pelo "zap zap" ou fake news…é um exercício contínuo,.

    1. É POR ISSO Q NATAL VIROU UMA PROVÍNCIA DE JOÃO PESSOA, JÁ ULTRAPASSOU NATAL EM TUDO E O ? DO RN AINDA ELEGE FÁTIMA GOPI ?? DO PETÊ PARA CONTINUAR O ESTRAGO FEITO EM 60 ANOS DE ALVES E MAIAS OH POVINHO BURRROOOOO REALMENTE O ? TEM OS POLÍTICOS Q MERECEM

  4. Entendi a pessima posicao de Natal! Na capital do RN tem gado demais, e esse pessoal nem sabe ler…kkkkkkkkkkk

    1. IMBECIL TEM PETISTAS ANALFABETOS DEMAIS POIS A GOVERNADORA ESCOLHIDA E UMA PESSOAS Q SE DIZ PROFESSOR MAS NUNCA DEU AULA E FALA ERRADO PRA DEDEU RETRATO DO POVO POTIGUAR

    1. João Pessoa deu quase 55% de votos para Bolso no 2T.
      Próxima…

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Educação

Com resultados brilhantes, I Hackaton Educacional do Nordeste define equipe vencedora

Competição de programação remota foi desenvolvida pela Maple Bear Natal e Google For Education. Foto: Divulgação

Depois de 15 dias de preparação e 72 horas de desafio, foi definida a equipe campeã do I Hackaton Educacional do Nordeste, promovido pela Maple Bear Natal. A equipe Martian Potassium, formada por cinco alunos do 6º ano do ensino fundamental, conseguiu concluir a maratona de programação para construção de um jogo e conveceu os jurados. O evento foi completamente remoto.

A equipe campeã foi formada pelos alunos Ana Clara Moura (12 anos); Vicente Soto (12 anos); Mateus Canto (11 anos); Henrique Moreira (12 anos); e Pedro Bezerra (11 anos). No total, 13 equipes participaram, reunindo 46 alunos entre 10 e 12 anos de idade, e 6 coachs. Os estudantes planejaram, aprenderam a programar, treinaram e fizeram um jogo na plataforma Stretch. Oito das treze equipes apresentaram os games no dia 31 de outubro aos jurados da For Education, que julgaram os resultados remotamente em São Paulo.

Os resultados surpreenderam a organização, que contou com a participação do Google For Education. “Ficamos muito surpresos por vários motivos. Os estudantes tiveram uma entrega muito legal. Fizeram todo o processo de design dos jogos desde o começo, brainstorm, a ideação, entrevistas, coletas de dados, pesquisa, desenharam o passo a passo do jogo e levaram isso que estava na cabeça para a programação. São alunos muito jovens que fizeram tudo de uma forma muito brilhante. Conseguiram convencer os jurados de uma maneira muito amadurecida. Sem contar, ainda, o engajamento dos professores”, descreveu Sabrina Gonçalves, coordenadora-geral do Hackaton For Education Editech.

A competição de programação traz para as crianças o desenvolvimento de habilidades muito importantes, como a cooperação, o trabalho em equipe, a comunicação, a expressão oral e escrita, o pensamento computacional, racional e lógico, além de estimular a criação de elementos de gameficação, processos de design, organização e estratégia. É uma proposta multidisciplinar e transdisciplinar. “Ficamos muito orgulhosos do empenho e dedicação dos nossos alunos. Isso é fruto do trabalho desenvolvido pela escola, que coloca em prática um modelo de ensino inovador e com resultados”, avaliou a diretora pedagógica, Ana Clara Costa.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Educação

Maple Bear Natal promove I Hackaton Educacional do Nordeste

Foto: Divulgação

A escola infantil Maple Bear Natal vai promover o I Hackaton Educacional do Nordeste, uma maratona de programação com alunos de 10 a 12 anos. Os estudantes formarão equipes de cinco integrantes para planejar, aprender a programar, treinar e fazer um jogo na plataforma Stretch. Ao final, as equipes apresentarão os games no dia 31 de outubro, data em que a equipe vencedora do hackaton será conhecida.

Os alunos terão um período de uma semana para formar os times e se inscrever na competição. Com os grupos formados, os professores da Maple Bear e tutores da Google For Education aplicarão uma série de atividades e videoaulas, para exercitar todas as etapas da construção de um jogo, que deverá ser concluída no período de 10 dias.

“Esse é um projeto inovador e pioneiro que a gente está preparando com muito amor nessa parceria da Maple Bear Natal com a For Education. Mais do que um hackaton educacional, a gente está fazendo um hackaton remoto, o primeiro do Nordeste. Para nós, é uma honra muito grande estar escrevendo essa história e proporcionar essa experiência enriquecedora com alunos de 10, 11, 12 anos”, conta a professora Sabrina Gonçalves.

O I Hackaton Educacional Remoto da Maple Bear Natal está marcado para começar no dia 28 de outubro, após toda a fase de preparação. No primeiro dia do evento online, os alunos conhecerão o desafio e terão até o dia 30 para finalizar o jogo. Após a conclusão do projeto, as equipes farão uma pequena apresentação de um minuto para “vender” o jogo aos professores, que escolherão o grande vencedor no dia 31.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Conselho do FGTS reduz juros no crédito imobiliário popular no Norte e Nordeste

Foto: © Marcelo Camargo/Agência Brasil

O Conselho Curador do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) aprovou nesta terça-feira (8), em reunião extraordinária, redução de juros no crédito imobiliário popular no Norte e Nordeste. Segundo o Ministério do Desenvolvimento Regional, que apresentou o voto no conselho, o objetivo é promover o acesso de mais famílias ao financiamento habitacional nessas duas regiões, que têm, historicamente, baixos índices de contratação de financiamento habitacional.

Nos últimos cinco anos, dos recursos disponibilizados para o Nordeste, 23% não foram utilizados por falta de demanda. No caso do Norte, o percentual chega a 78%.

Segundo o ministério, as mudanças na sistemática de financiamentos na área de habitação popular vão possibilitar que o FGTS tenha mais recursos disponíveis para novas contratações. Haverá redução da parcela de spread bancário (diferença entre o valor pago pelo banco aos correntistas e o cobrado nas operações de crédito) pago pelo fundo aos agentes financeiros operadores do programa.

Conforme o novo desenho, uma parcela maior da remuneração dos agentes financeiros passa a ser assumida pelos mutuários, que, por outro lado, serão beneficiados por juros finais mais baixos ao longo do contrato.

As regiões Norte e Nordeste serão contempladas com a redução de juros em até 0,5 ponto percentual para famílias com renda até R$ 2 mil mensais. Os juros poderão chegar a 4,25% ao ano para cotistas do FGTS e, nas demais, a 4,5%, ofertando a menor taxa de juros na história num programa habitacional. Com isso, as famílias terão uma menor prestação mensal na aquisição de novos imóveis pelo programa, explicou o ministério.

Foto: Ministério do Desenvolvimento Regional/divulgação

Parcelas suspensas

O Conselho Curador do FGTS também aprovou uma medida destinada às instituições financeiras responsáveis pelas operações de crédito do setor de habitação popular. O conselho suspendeu, por até seis meses, o pagamento dos financiamentos contratados por meio dos programas Carta de Crédito Individual, Apoio à Produção de Habitações e Carta de Crédito Associativo. A proposta também foi apresentada pelo Ministério do Desenvolvimento Regional, que atendeu pedido de bancos e financeiras.

As operações de crédito foram realizadas com recursos do FGTS. Segundo o ministério, pleitos similares já foram atendidos em maio e junho deste ano, em razão de demandas dos setores de saneamento básico e mobilidade urbana, devido a pandemia de covid-19.

A expectativa é gerar, durante o período de suspensão, um alívio para os agentes financeiros de até R$ 3 bilhões, contemplando os contratos de financiamento vigentes dos mutuários de pessoa física. De acordo com o ministério, a decisão não gera prejuízos ao FGTS, já que não significa o cancelamento, mas a postergação das parcelas e a diluição do débito ao longo do período residual dos contratos. Os pagamentos serão realizados de forma parcelada, com a atualização financeira devida, considerando que o início do ressarcimento ao fundo se dará a partir de janeiro de 2021.

Agência Brasil

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Educação

RN tem maior taxa de escolarização entre jovens de 15 e 17 anos do Nordeste, com 93,3%, proporção superior, inclusive, a média nacional, informa IBGE

Foto: Divulgação

O Rio Grande do Norte tem uma taxa de escolarização entre adolescentes de 15 a 17 anos de idade de 93,3% – a maior proporção do Nordeste e a quinta maior do Brasil. O dado está no módulo Educação da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) Contínua, que foi divulgada nesta quarta-feira (15) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística.

Segundo o IBGE, isso significa que 135 mil adolescentes potiguares dessa faixa de idade estão na escola. A proporção é superior, inclusive, à média do Brasil, que é de 89,2%.

Com acréscimo do G1

Opinião dos leitores

  1. Sou professor da rede pública e todos os anos nos debatemos no Conselho Escolar diante do índice de reprovação. Infelizmente acontece e a culpa não pode ser direcionada exclusivamente ao professor porque o referido conselho tem representantes de todos os segmentos (professores, alunos, coordenadores, gestores, servidores e pais) e tem poder de decisão na comunidade escolar. Quando isso acontece por culpa do professor, ele é convocado para rever sua prática e resolver o problema. No entanto, outras questões são observadas anos a fio: descaso dos governantes com educação, investimentos que não chegam à escola, secretários estaduais, municipais e até ministros que nada conhecem de educação e ocupam a pasta (isso aconteceu e continua acontecendo Brasil à fora); desvalorização do trabalho do professor e falta de participação da família no processo de aprendizagem.
    Em média, por turma, 20% tem acompanhamento devido por parte dos pais e não vale aquela máxima de que o meu filho está na escola e tem que aprender. É fundamental a participação das famílias no acompanhamento dos filhos e nas reuniões para cobrar melhorias no processo. Não adianta pai, mãe, avós outros parentes aparecerem apenas no final do ano letivo após inúmeras convocações. A escola não é um deposito de filhos. Essa visão precisa ser superada urgentemente, principalmente pelos gestores municipais que veem nas creches ou centros municipais de educação infantil esse deposito para possibilitar a vida laboral dos pais. Quantas crianças chegam aos cmeis ou creches com a mesma frauda colocada no dia anterior? Não sabiam, mas acontece. Depois, no Ensino Fundamental, a coisa se repete porque os pais não aparecem na escola e quando dão sinal de vida é pra dizer que não sabem o que fazer com a criatura! Diante da realidade que permeia uma sociedade extremamente conservadora, concentradora de renda, com grande abismo social, a peneira da reprovação vai se estendendo ao longo dos anos. Com tudo isso, a maioria dos que chegam ao Ensino Médio conseguem concuí-lo, mesmo interrompendo os estudos temporariamente por conta de uma vaga de emprego que surge e não pode ser desprezada. Os que chegam à faculdade serão bons profissionais, caso estudem e se esforcem bastante para concluirem seu ensino superior. Nao se pode negar a baixa qualidade de alguns profissionais, mas esses certamente e, predominantemente, não são frutos das instituições públicas de ensino superior nem tampouco frutos da massa humilde ou honesta. A educação aos trancos e barrancos funciona, mas precisamos de homens e mulheres melhores para construirmos um mundo melhor.

  2. a duvida é porque entao nosso estado é tao atrasado economicamente, quando a educacao deveria refletir diretamente nisso.. e porque se ha tanta escolarizacao, porque ainda usam a cota como mecanismo?

    1. Veja o curral eleitoral e o voto de cabresto no RN que você compreende rapidinho.

  3. Escolarização significa estar matriculado , estar matriculado em uma escola , portanto, significa mais recursos do Governo Federal, não significa estudar, apenas , aluno matriculado . . Em absoluto , não significa aprendizado, frequência , ser realmente estudante . Nem existe reprovação , desde que criaram os métodos da esquerda Pátria Educadora – o sujeito pode chegar na universidade sem precisar conhecer nem a Historia do Brasil, quiçá, geografia , História geral, Fazer contas básicas de matemática , dissertação, nem pensar . Portanto, sempre estatísticas mascaradas para enganar a massa de manobra . Se não for por maquiagem , muita gente políticos até donos de universidades , ganhando dinheiro do FIES /MEC ou cotas para enganar que o” coitado, a vítima da sociedade” agora tem vez – Jamais chegará com a educação decadente desde a assunção do PT ao poder, por méritos próprios como antigamente . E o maior Aue as mídias hipocritas dando manchete que o filho de uma faxineira conseguiu chegar na universidade . E os médicos , engenheiros, físicos, administradores , todos formados em vários. Segmentos, filhos de gente humilde, que entraram nas universidades federais , vindos de Escolas Públicas de ensino de qualidade como antigamente , e aí estou incluída , Isso era normal , quando a realidade era outra. Isso ninguém lembra, não divulga, coitada dessas gerações , não sabe nem que era assim que as coisas funcionavam . A verdade , se depender dessa turma, jamais saberão .
    Qualquer um passe próximo a uma escola estadual em pleno horário de funcionamento – e tire suas conclusoes- o que se ver e assustador – jovens nas calçadas próximas , namorando, conversando , pq o mais importante para
    Esses governantes e “educadores militantes” são apenas a inscrição como aluno- não interessa o “estudante”. Os pais , pobres coitados , tentando sobreviver , imaginando que os filhos estão realmente em sala de aula participando de atividades escolares . Esse país cada vez mais descendo ladeira abaixo , pq a esquerda brasileira e a corrupção. Destruindo toda a possibilidade de progresso e desenvolvimento do país . Mas quando se tem os representantes da Suprema Corte, advogados de corruptos e até do PCC serem indicados por aqueles e partidos políticos que deveriam Ser investigados pelos atos de corrupção e crimes , que jamais passaram nem tem capacidade para serem aprovados em concurso da magistratura , de reputação ilibada , pré requisito para o cargo , que aqueles que chegaram la, só conseguiram por esse tipo de QIndica – na política – verdadeiros puxa sacos dos chefes que os nomearam para darem continuidade ao trabalho sujo de quem os nomeou – Triste destino desse país. Depois o mesmo povo reclama dos leitos lotados nos hospitais , das cidades sem
    Asfaltos , dos buracos nas ruas , depreciando até os veículos, muitos são os siustentos de vários país de famílias e jovens , não reclamem , porque todos são responsáveis quando elegem a velha turma conhecida por corrupção,.

  4. Por alfabetizado neste caso, entenda-se percentual q "cinsegue desenhar" o próprio nome. Triste realidade.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

VÍDEO: Meteoro brilhante é visto no céu do Nordeste

Meteoro é registrado em Cabrobó, no Pernambuco. Foto: Atel Telecom / Clima Ao Vivo

Um grande bólido – um meteoro brilhante que explode na atmosfera – foi observado no Sertão do Pernambuco e estados vizinhos na noite dessa quarta-feira (15), segundo a ONG Rede Brasileira de Observação de Meteoros (Bramon). ASSISTA AQUI.

O fenômeno, que entrou na atmosfera perto da cidade de Serra Talhada, no Pernambuco, foi registrado às 18h59 por sete câmeras do portal Clima Ao Vivo, parceiro da Bramon.

Alguns moradores de Pernambuco, Paraíba, Ceará e Bahia disseram ter acompanhado o evento. A Bramon busca agora reunir os relatos dessas testemunhas para determinar a trajetória e as características do bólido, como tamanho e massa. O assunto ganhou muito destaque nas redes sociais.

De acordo com a ONG, análises preliminares mostram que o fenômeno passou pelas cidades de Princesa Isabel, na Paraíba, e Carnaíba, em Pernambuco. A partir daí, seguiu na direção sudeste e desapareceu no céu ao sul do município pernambucano de Arcoverde.

CNN Brasil

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

Copa do Nordeste confirma data de retorno e terá Salvador como sede única

Foto: Divulgação

A Copa do Nordeste confirmou na noite de hoje (7) que já tem uma data de retorno. Os jogos do campeonato regional voltarão a ser disputados no dia 21 de julho, em um esquema diferente do habitual. As partidas ocorrerão apenas em Salvador, em sede única. A Arena Fonte Nova, o Estádio Pituaçu e o Barradão devem sediar a maioria das partidas.

O anúncio da data de retorno foi feito pela rede social oficial da competição. “Confirmado o retorno da Copa do Nordeste 2020. O torneio retornará com sede única, na cidade de Salvador, a partir do dia 21/07 e terá seu fim no dia 04/08”, disse o curto comunicado.

Salvador venceu a disputa entre Recife e Fortaleza para ser a sede porque a capital baiana está com a pandemia do novo coronavírus em um estádio um pouco mais controlado. O poder público da cidade também se empenhou mais para receber a competição, detalhando ações rígidas de segurança para jogadores que disputarão a competição.

A CBF (Confederação Brasileira de Futebol) também queria o retorno em Salvador por ser uma cidade de logística mais fácil e com mais estádios. Se os três principais estádios estiverem muito desgastados, estuda-se escalar jogos secundários para os CTs de Bahia e Vitória, que tem campos considerados de primeiro mundo.

A tabela deve ser divulgada até a próxima quinta (9). A Copa do Nordeste deve ocupar apenas cinco datas do calendário, e os jogos vão terminar de ser disputados no dia 4 de agosto, com a final realizada em ida e volta. A data marcada para o fim é importante, porque será cinco dias antes do dia marcado para a volta do Campeonato Brasileiro da Série A e B, que volta no dia 9 do mesmo mês.

Quando foi paralisada pelo Covid-19, a Copa do Nordeste teria apenas uma última rodada da fase de grupos para disputar. O Grupo A era liderado pelo Fortaleza, com 14 pontos, com o Bahia em segundo também com 14, mas perdendo no saldo de gols. Já o Grupo B tinha liderança dividida entre Confiança-SE e Vitória, com 13 pontos cada.

A Copa do Nordeste é transmitida na televisão pelo SBT para os estados da região e, até a paralisação pela pandemia, pelo Fox Sports. Com a fusão do canal esportivo com a ESPN aprovada no Brasil, existe a possibilidade de os jogos da competição serem divididos entre as emissoras que agora são irmãs.

UOL

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Comitê científico do Nordeste sugere fechamento das divisas, criação de brigadas sanitárias em rodovias do RN e até lockdown

O Saiba Mais – Agência de Reportagem destaca nesta sexta-feira(03) que o comitê científico do Consórcio Nordeste voltou a criticar as políticas sanitárias de combate a Covid-19 adotados pelo Governo do Estado e também pela prefeitura de Natal. No boletim divulgado nessa quinta-feira (02), a equipe coordenada pelo ex-ministro da Ciência e Tecnologia Sérgio Rezende e pelo neurocientista Miguel Nicolelis voltou a sugerir o lockdown em todo o Rio Grande do Norte como forma de reduzir as taxas de transmissibilidade do Coronavírus.

O comitê recomenda que o Governo implemente, de forma imediata, Brigadas Emergenciais de Saúde por todo o Estado, além de estabelecer um programa estadual de testagem para realização de múltiplos inquéritos soroepidemiológicos. O fechamento das divisas com o Ceará e a Paraíba também é indicado.

Em linhas gerais, o comitê científico do Consórcio Nordeste chama a atenção para o risco do “efeito bumerangue” em todas as capitais da região nas próximas semanas em razão da migração de pacientes do interior para serem atendidos nos grandes centros nordestinos. Leia todos os detalhes aqui em reportagem completa no Saiba Mais – Agência de Reportagem.

Opinião dos leitores

  1. As pessoas não respeitam o governo que quer seu bem, os comerciantes só pensam em dinheiro, Lockdow já!!!

    A governadora precisa de ajuda gente!

  2. Tá bom é de internar esses dois doentes mentais no Hospício. Esses dois tem seus salários garantidos todo mês, aí ficam falando merda para fechar as cidades e suas economias, vão trabalhar magote de enganadores.

  3. Tem que fazer isso tudo aí é internar esses cientistas no João Machado ,

  4. Nordeste não é independente do país exceto pela predominância de esquerdistas governando os estados. A falta de preparo, desonestidade intelectual levada exclusivamente por motivos políticos e a tomada de decisões com base em informações deturpadas e sem transparência irá levar a outros "enganos" como o já ocorrido com a compra centralizada dos respiradores. Diferentemente daquela música que dizia "…imagine o Brasil ser dividido e o Nordeste ficar independente…" não há vantagem nenhuma nesse isolamento da região do restante do país por motivos eleitoreiros. Esses governadores do NE estão condenando a região a continuar no atraso. Irão certamente responder por isso em breve.

  5. Em tempos que se contesta até sobre a terra ser redonda, não é de admirar tantos comentários sem noção.

  6. Comitê Científico, não; Ideológico, sim. Não merece a menor credibilidade, exceto dos esquerdopatas et caterva.

  7. Os Estados do Nordeste, nos últimos dias, estão com mais de 60% das mortes do país.
    Enquanto as outras regiões o vírus está indo embora, aqui na nossa região, pela roubalheira e falta de vergonha na cara desses governadores, os números só aumentam.
    A região Norte reduziu em mais de 90% o número de mortes.
    O que mais esse consórcio fez foi desviar dinheiro do povo.

  8. Esse comitê é do consórcio nordeste "esquerda" que pagou 100 milhões para ter respiradores de uma empresa fantasma dos EUA.

    E a Governadora enviou 5 MILHÕES, dinheiro suado dos nossos impostos, enquanto o pessoal tá morrendo sem atendimento.
    Se não fosse o Governo Bolsonaro com os quase 170 Respiradores enviados e mais de 600 milhoes, nós estaríamos na merda.

  9. Vocês já viram falar em Zé povim, é isso que nós somos. Cada Zé povim tem o governo que merece.

    1. O que está errado ou diferente de outros estados ou país? Vc ja teve ALGUÉM da sua família infectado ou óbito.? Deixe a política para os políticos.

  10. Meus braços já estão finos… nem consigo ver minhas pernas. Preciso urgente voltar a academia… meu peitoral pede! Ai que saudades daquelas fotos no espelho!!!!

    1. Quanta falta se senso. Quanta falta de ter o fazer. Quanta falta de amor ao próximo.

  11. Todo mundo envolvido, corrupção com força e o que está acontecendo de desvio com dinheiro público, tenho até medo de saber o valor. Pena que lamentavelmente como sempre quem vai pagar essa conta é o povo.

  12. lá vem o gooooolpe , aliás….. la vem outro golpe , kd o MP , não vai se manifestar ? , não está vendo que esse " consórcio do Nordeste " é uma verdadeira roubada.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *