Polícia

Polícia Civil e PM prendem suspeitos de arrastões na Lagoa do Bonfim, na Grande Natal

Foto 1: Arquivo/Tribuna do Norte. Foto 2: Divulgação Polícia Civil

Policiais civis da Delegacia Municipal de Nísia Floresta deflagraram a Operação Lagoa Segura, com apoio de policiais militares e do Comando do Policiamento Rodoviário Estadual (CPRE), na manhã desta terça-feira (06), em Nísia Floresta. A ação resultou na prisão de dois homens e na apreensão de um adolescente suspeitos de terem praticado roubos em granjas localizadas na área da Lagoa do Bonfim, em Nísia Floresta.

Foram presos Anderson Viana de Santana, conhecido como “Pó” e Francisco Urbano da Silva, conhecido como “Chico Urbano”. Ambos foram detidos em cumprimento a mandados de prisão preventiva expedidos pela Comarca de Nísia Floresta. Um adolescente de 16 anos, suspeito de integrar o grupo, foi apreendido durante a Operação.

De acordo as investigações, o trio teria cometido roubos em duas granjas na Lagoa do Bonfim no mês de julho. Os suspeitos chegaram armados nos locais, renderam diversos moradores e levaram vários objetos como TVs e celulares. Os suspeitos também roubaram um carro, pertencente a um morador, com o intuito de transportar os produtos do crime.

A Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima através do Disque Denúncia 181 ou através do Disque Denúncia/Whatsapp da Delegacia de Nísia: (84) 98118-7675.

Fonte: Secretaria de Comunicação Social da Polícia Civil/RN – SECOMS

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Perseguição, troca de tiros e cerco em condomínio de luxo: trio é preso na Zona Sul de Natal após roubo de veículo e arrastões

Um trio foi preso na manhã desta terça-feira(04) em Natal após arrastões em pontos de ônibus em Natal. De acordo com a polícia, os homens, inicialmente, abandonaram um veículo Corsa Sedan roubado, e nas imediações da Central de Abastecimento do Rio Grande do Norte (Ceasa), tomaram posse de mais outro – dessa vez, um Onyx. Então teriam praticado arrastões pela região até o encontro com policiais militares na Rua Jaguarari, que resultou numa tentativa de fuga com troca de tiros.

Segundo a polícia, enquanto um criminoso foi preso ainda na rua, outros dois tentaram fugir a pé pulando murando de residências e um condomínio de luxo próximo à Avenida da Integração. Cercados, os homens foram rendidos e presos por Pms do 9º Batalhão. Com eles foi apreendida uma arma de fogo municiada.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Educação

ZONA: Festa na UnB com 1,5 mil pessoas termina com três esfaqueados, furtos e arrastões

Faca apreendida durante evento de alunos da UnB — Foto: Reprodução/TV Globo

Três pessoas foram esfaqueadas na tradicional festa de fim de semestre da Universidade de Brasília (UnB). O evento reuniu mais de 1,5 mil pessoas na quadra 408 da Asa Norte, na noite dessa quinta-feira (6), próximo ao campus.

Em um dos casos, um adolescente foi atingido por uma facada nas costas. A idade dele não foi divulgada. O jovem foi resgatado pelo Corpo de Bombeiros e levado, em estado estável, ao Instituto Hospital de Base. As outras vítimas também não correm risco de vida porque os cortes foram superficiais.

Segundo a Polícia Militar, em cinco horas de festa, foram registrados furtos, roubos e arrastões. A multidão se dispersou, e a festa foi encerrada por volta das 22h30. Um homem de 21 anos foi preso em uma parada da 209 Norte com sete celulares, que segundo a PM, teriam sido furtados na festa.

Ele foi encaminhado à 5ª Delegacia de Polícia da Asa Norte, mas duas horas depois, foi liberado. Uma faca também foi apreendida, mas os autores dos esfaqueamentos, não foram identificados.

A Universidade de Brasília disse que “não tem qualquer relação com os eventos de jovens ocorridos na noite de quinta-feira”, mas soltou nota na qual “lamenta os incidentes e se solidariza com as vítimas, moradores e comerciantes”.

Alunos da UnB durante festa de fim de semestre — Foto: Reprodução/TV Globo

‘Infiltrados’

O evento ocorre no início e no fim do semestre e é organizado por estudantes da UnB. A divulgação é feita pelas redes sociais e qualquer pessoa pode participar.

“Infelizmente criminosos se infiltram nesses eventos para praticar crimes como roubos e furtos. É uma questão de oportunidade”, afirma o tenente Uitalo Menezes, da PM.

Durante a festa, uma equipe de policiais foi agredida ao tentar socorrer uma pessoa que estava apanhando.

“A gente estava bem do lado quando começou. E não foi algo do tipo: a polícia veio e começou a usar gás, começou a jogar bomba, nada do gênero. Um determinado grupo de pessoas estava exatamente no centro do aglomerado e começou a pegar garrafa, quebrar as garrafas em cima das pessoas e aí veio a polícia e teve que interferir”, descreveu o estudante Vinícius Abreu.

Com medo, os comerciantes fecharam as portas mais cedo. Quem mora ou trabalha na área reclama da bagunça e da insegurança no local. É o que diz uma comerciante que não quis se identificar.

“Um caos acontecendo aqui na 408 Norte. As ruas estão tomadas, os prédios e a meninada usando drogas sem parar, sem nenhum controle. Música alta, muito barulho. Só transtorno. Comerciantes fechando as portas.”

G1-DF

 

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

VÍDEOS: Arrastões, falta de policiamento e onda de boatos provocam fechamento de lojas no Alecrim e Centro de Natal

Ações criminosas registradas na tarde desta quarta-feira(20) em decorrência da falta de policiamento em Natal provocaram o fechamento de lojas no Alecrim e no Centro . As informações foram confirmadas pela Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed). Vídeos cedidos.

Em meio a registro de arrastões, a Polícia ainda alertou para a onda de boatos que provocaram pânico entre populares, causando incerteza entre comerciantes, e fechamento de estabelecimentos por medida de precaução.

Sobre os boatos

Não procedem arrastões em grandes lojas como Riachuelo, C & A, ou também centros comerciais como Shopping 10. Quanto as ocorrências confirmadas pela Polícia, procedem como alvos uma casa lotérica e uma loja de eletromóveis, ambas no Alecrim. Não se tem informação do prejuízo.

Veja mais: Governo do Estado solicita reforço da Força Nacional e apoio das Forças Armadas no RN

 

Opinião dos leitores

  1. Cadê o governador quem aparece pra dar uma satisfação a população,esse não ganha mais nem pra presidente de conselho comunitário. Pior que Rosalba e Micarla juntas. E a população só tomando….

    1. Esse foi o melhor governador que o RN já teve e está lutando contra as oligarquias que querem afundar esse estado de vez, mais do que já afundaram. A questão é que o povo é desaculturado e não tem QI pra perceber isso!

  2. Engraçado que quando é professor em greve, a mesma PM mete o cacete. Agora quando eles estão em greve, todo mundo fica com medinho deles e ninguém critica.
    VÃO TRABALHAR!!!

    1. O problema não é entrar em greve, mas sim impedir que os não adeptos entrem em seu local de trabalho… Pra alguns não basta entrar em greve, tem que fazer baderna e vandalismo…

  3. Cadê os deputados federais e senadores do RN, eles deveria se unirem em defesa do RN, mais eles não estão nem aí, só o governador e o filho dele estão lutando contra aquele presidente para conseguir uma esmola para salvar os salários dos servidores.

    1. Perfeito Carlos!!!!
      É isso mesmo o que está acontecendo!!!!!

  4. Eu sendo um dirigente do comércio , indústria ou serviço…. Faria uma Champanha para Tudo ….!!!! Só quem se prejudica é o comércio o governo autoridades não estão nem ai para quem paga tributos.
    Mais não se preocupem amanhã tem fiscal cobrando vcs comerciantes.

  5. Apenas para refrescar a memória de alguns que aparentemente têm memória curta.
    Em fevereiro deste ano a PM do estado do Espírito Santo entrou em greve e ficou aquartelada durante 21 dias. Nesse período o estado virou um verdadeiro caos, de volta à era da barbárie e da lei do mais forte.
    A população ficou aprisionada em casa, enquanto uma onda de saques e crimes violentos se espalhou rapidamente. A situação só foi controlada com o envio de tropas federais.
    Seria muito bom que o governo, o comando da PM e a tropa chegassem a um entendimento rapidamente, antes que que a situação por aqui saia do controle.
    Se notícias de saques e arrastões começarem a aparecer no Jornal Nacional, podemos dar adeus à Alta Estação do turismo, às vendas no comércio e à recuperação da economia. E o que já está ruim vai ficar ainda pior. Sem dinheiro circulando não tem arrecadação de impostos. Consequentemente, menos dinheiro ainda para pagar o funcionalismo público.
    Então senhoras e senhores, autoridades responsáveis. Muito juízo e bom senso nessa hora! A população apreensiva agradece!

    1. Bom senso faltou ao desgoverno do RN ao deixar os policiais humilhados, sem receber nem um centavo por mais de 30 dias e ainda dar a perspectiva de um Natal sem ceia e presentes para as crianças. Ninguém trabalha de graça!

    2. Bom senso faltou não ao governo que recebeu esse estado QUEBRADO e está fazendo milagre pra não decretar logo falência total desse estado. Bom senso faltou ao povo do RN votando sempre nas oligarquias praticando sempre a dobradinha Alves e Maia! Olhem onde está Henrique Alves preso no quartel da polícia há meses. Olhem Agripino sendo indiciado pelo supremo!
      Olhem Garibaldi que até hoje não justificou onde colocou os mais de 600 milhões da venda da Cosern!
      Isso sim é falta de bom senso!!!!

  6. Onda de boatos existe, mas eles não fecharam lojas devido boato, houve sim arrastão!!! Complicado!!

  7. É uma pena imensa que os PMs estejam com os salários atrasados, como a maior parte dos servidores, mas isso é fazer a população inteira de refém. É motim, é grave, e é necessário pulso para resolver.

    1. Você está com seu salário atrasado? Com contas a pagar e sem perspectiva de receber? Se não, cala a boca. PM, Polícia Civil, bombeiros, professores e toda classe trabalhadora que recebe, aliás, que não recebe do estado, tem família pra dar de comer, tem contas de água, luz, telefone, etc, para pagar e todos cobram júris de atraso, quem paga esse juro? O governo do Estado?

    2. Prezados, por trás do atraso dos salários de quem trabalha mesmo, existem absurdos imperdoáveis. Lembram dos funcionários fantasmas da Assembléia legislativa e da câmara de vereadores? Voces sabem quantos funcionários do judiciário estão com salário atrasado? nenhum!!! Nem do tribunal do (faz de ) contas. Isto que está acontecendo é reflexo da ineficiência e compadrismo político que existe na nossa província….!!!

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Presa quadrilha acusada de arrastões no litoral sul do RN

Uma quadrilha composta por três adolescentes e um jovem de 18 anos identificado como José Vitor da Silva Oliveira, acusada de assaltos em casas de praias do litoral Sul potiguar, inclusive, a de um juiz, e ainda suspeita de do mesmo crime em motéis e outros estabelecimentos, com uso de violência através de ameaças, foi presa por policiais da Delegacia Especializada de Furtos e Roubos (Defur).

De acordo com o Delegado Herlânio Cruz, titular da Defur, os suspeitos vinham sendo investigados desde o mês de novembro do ano passado e foram detidos durante operação da polícia na Vila de Ponta Negra.

Segundo a Polícia, os assaltos eram direcionados, em sua maioria, nas praias de Pirangi e Camurupim. Nos imóveis alvos, os acusados faziam os moradores reféns e realizavam arrastões. Um outro detalhe é que o grupo, em boa parte, costumava levar os veículos das vítimas, e abandonavam em algum lugar.

Infelizmente, os adolescentes serão disponibilizados ao juizado de menores, para procedimentos insuficientes, enquanto o maior de idade será autuado pelos crimes de roubo e formação de quadrilha. O líder do bando, por sinal, ainda segue sendo procurado.

Atualizado às 17h32

Opinião dos leitores

  1. Os juízes que liberassem esse de menores infratores e eles voltassem a cometer delitos, deveriam os Juizes serem responsabilizados pelas reicindencias cometidas consequentemente!

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Arrastões em farmácia e motel são registrados na Zona Sul de Natal

Dois estabelecimentos foram alvo da ação de bandidos, na noite dessa quinta-feira (23), na Zona Sul de Natal. A primeira ocorrência foi uma farmácia situada no bairro de Lagoa Nova, na Avenida Prudente de Morais. Na ocasião, uma dupla armada chegou em uma motocicleta, rendeu os funcionários e clientes e fez um arrastão no local. Cerca de seis vítimas tiveram pertences como celulares e joias levados. Em seguida, os bandidos fugiram com destino ignorado.

Já no fim da noite, por volta de 23h40, um motel no bairro de Candelária foi alvo de arrastão de uma quadrilha. Durante a ação dos bandidos, a recepção foi violada, e bens foram levados em pelo menos dois apartamentos. Por fim, na suíte de luxo, um policial militar se encontrava no local e reagiu ao assalto. Informações dão conta que durante o confronto, um dos integrantes da quadrilha foi baleado, e detido mais tarde, no hospital regional Deoclécio Marques, junto com um comparsa. Ambos são adolescentes de 17 anos.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Jornalismo

Bandidos promovem arrastões nos Correios de Bom Jesus e Lagoa de Pedras

Do G1 RN

Duas agências dos Correios, localizadas nos municípios de Bom Jesus, a 46 quilômetros de Natal, e de Lagoa de Pedras, distante mais de 50 quilômetros da capital potiguar, foram assaltadas no início da tarde desta segunda-feira (3) por homens fortemente armados e ainda não identificados. Segundo informações da Polícia Militar, não há, a princípio, ligação entre os dois crimes, apesar de terem ocorrido praticamente no mesmo horário.

Os dois municípios alvos dos criminosos ficam em sentidos opostos, distantes mais de 100 quilômetros um do outro. O primeiro assalto, de acordo com o subtenente da PM João Maria Paiva, aconteceu em Bom Jesus, cidade próxima à região metropolitana, pontualmente às 13h55. O segundo assalto, ocorreu pouco depois, já por volta das 14h20, em Lagoa de Pedras, que fica no Agreste. Nos dois casos, a gerência regional dos Correios não divulgou o valor do montante levado pelos criminosos.

“Em Bom Jesus, dois assaltantes renderam os clientes e levaram tudo. Testemunhas e vítimas disseram que os bandidos fugiram num Vectra de cor branca”, revelou o subtenente, acrescentando que, em Lagoa de Pedras, também dois homens armados entraram na agência, anunciaram o assalto e fizeram um arrastão. Eles escaparam numa Hillux. “Como eles estavam em veículos diferentes, não acreditamos que os assaltos tenham ligação”, complementou Paiva.

Por fim, o subtenente observou que diligências estão sendo realizada na tentativa de localizar os suspeitos e que o policiamento nas duas regiões será reforçado, pois é no início de cada mês que são realizados os pagamentos dos pensionistas do INSS.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *