Velório do artista Arruda Sales acontece em Natal, e sepultamento em São José do Mipibu; veja informações

Foto: Reprodução

O velório do artista plástico e drag queen Arruda Sales ocorrerá no Teatro de Cultura Popular Chico Daniel (TCP), no bairro do Tirol, a partir das 19h desta sexta-feira(14).

O sepultamento do artista de 64 anos, vítima de um infarto, está programado para a manhã deste sábado(15), no município de São José do Mipibu, na região metropolitana de Natal.

Confira o cachê dos artistas do Natal em Natal

Por Agora RN: O Diário Oficial do Município (DOM) trouxe nesta quarta-feira (23) o contrato da última atração nacional do Natal em Natal que ainda não havia tido o seu cachê divulado. A banda Babado Novo receberá por 1h30 de show R$ 65 mil. Desse valor, R$ 62,4 mil sairão do Ministério do Turismo, enquanto os demais R$ 2,6 mil serão por parte da Prefeitura de Natal. Com isso, os recursos do governo federal destinados ao evento ultrapassam os R$ 600 mil.

O Ministério do Turismo é a pasta controlada pelo ex-deputado federal Henrique Eduardo Alves (PMDB), primo do prefeito de Natal, Carlos Eduardo Alves (PDT). A “ajuda” financeira do peemedebista expõe a parceria firmada entre ambos em relação as eleições de 2016, quando o pedetista disputará a reeleição. Nos bastidores, apesar de ainda não confirmada, é dada como certa a aliança entre os dois partidos na capital potiguar.

O cantor Dorgival Dantas receberá R$ 90 mil, Elba Ramalho R$ 120 mil e Lucy Alves R$ 45 mil. Elba cantará durante 1h20 no Festival de Música de Natal, no dia 30 de dezembro. O evento será realizado no largo do ginásio Nélio Dias, na zona Norte da cidade. O cachê da paraibana será dividido entre a Prefeitura (R$ 4,8 mil) e o Ministério (R$ 115,2 mil).

Já Dorgival receberá R$ 3,6 mil do município e R$ 86,4 mil do Ministério do Turismo para cantar durante 1h20 no mesmo local.

Lucy Alves fará um show de 1h30 também no Nélio Dias. O cachê da artista será dividido da seguinte forma: R$ 43,2 mil pagos pelo governo federal por meio do Ministério do Turismo, e R$ 1,8 mil alusivo à contrapartida da Prefeitura.

Os salários incluem “todas as despesas de logística aérea e terrestre, hospedagem e alimentação, excesso de bagagem e impostos da nota fiscal”, segundo informa os extratos publicados no DOM.

Outro cachê confirmado é o da banda Paralamas do Sucesso, que receberá R$ 158 mil para se apresentar por 1 hora no dia 26 de dezembro de 2015, na área externa do Arena das Dunas. Desse valor, R$ 151,6 mil são oriundos de repasses do Ministério do Turismo, enquanto a Prefeitura pagará apenas R$ 6,3 mil como contrapartida.

Já Fafá de Belém receberá R$ 100 mil por um show que deverá durar 1h20 no dia 27 de dezembro, também na área do Arena das Dunas. Desse total, R$ 96 mil serão pagos pelo Ministério do Turismo, enquanto somente R$ 4 mil sairão dos cofres do Palácio Felipe Camarão.

A cantora Margareth Menezes também teve seu cachê divulgado. A baiana receberá R$ 100 mil por 1h20 de show no dia 25 de dezembro, na Arena das Dunas. O Ministério do Turismo pagará R$ 96 mil, enquanto R$ 4 mil ficará como contrapartida da Prefeitura.

Das atrações que tiveram seus pagamentos publicados, apenas o cantor Fagner não receberá recursos oriundos do Ministério do Turismo. O artista cantará no dia 27 de dezembro e receberá R$ 115 mil, sendo R$ 70 mil bancados por meio da lei de incentivo fiscal, a partir dos patrocínios obtidos, enquanto a Prefeitura pagará os R$ 45 mil restantes.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Bruno Cortêz disse:

    Natal é cidade turística, querem atrair turistas ? Certíssimo a contratação de grandes cantores e bandas, só acho que alguns valores poderiam ser melhorados para o contribuinte, apesar de incluir imposto do prestador de serviço, hospedagem e transporte.

  2. Rogerio Azevedo fotógrafo disse:

    E aí falta dinheiro para tanta coisa necessária… Más para trazer um bando de artistas de fora não, imagine este mesmo valor dividido entre artistas locais, valores que ficariam aqui e seriam gastos aqui….

  3. Lopes disse:

    30% de cada um ai esta indo para o bolso de alguém.
    Esses valores não condiz com os custos reais de cada banda!

  4. Elde Pereira disse:

    A velha politica do "pão e circo".
    O povo gosta é de festa, enquanto isso o país afunda-se em dívidas e mais dívidas.

  5. Godim disse:

    100 mil por Margareth Menezes?????

    Sou muito mais Pedrinho Mendes!

  6. Leonardo disse:

    Simplesmente absurdo. Enquanto isso o IPTU 2016 está sendo cobrado ainda em 2015 em razão da falta de recursos na prefeitura.

  7. José Carlos disse:

    Não existe absolutamente nada de graça, é o velho dinheiro do pagador de impostos sendo torrado em praça pública!

  8. Renato Lopes disse:

    Enquanto isso a saúde, segurança e educaçã, baubau……

Audiência pública debate políticas de apoio ao artista potiguar

Diante das solicitações dos artistas do Rio Grande do Norte, a Câmara Municipal do Natal promove nesta quinta-feira (15), no plenário da Câmara Municipal, uma audiência para debater a política de apoio aos artistas do estado. A iniciativa foi proposta pelo vereador Aroldo Alves (PSDB).

Para Aroldo Alves, que promove eventos culturais em vários bairros de Natal, o artista local não recebe a devida valorização. “A gente percebe que o artista de fora é valorizado, muitas vezes recebendo cachês altos, e os nossos não têm praticamente nenhum apoio. Vamos promover esse debate e convocamos a classe para encontrar saídas para uma verdadeira valorização da nossa cultura”, destaca.

O debate tem o apoio do cantor e apresentador Fernando Luiz, que há vários anos batalha pela classe através de projetos como o Talento Potiguar. Foram convidados artistas dos mais diversos seguimentos, além de representantes da Fundação Cultural Capitania das Artes (Funcarte) e da Fundação José Augusto.

Artistas 'peladões' da UFRN repetem a dose hoje, garante integrante do grupo

O Grupo Cruor Arte Contemporânea, que ganhou fama nas redes sociais, ao se apresentar sem roupa no departamento de Artes da Universidade federal do Rio Grande do Norte, repetirá a dose hoje. A informação foi dada por uma das integrantes do grupo, Josie Pessoa. “Estamos no departamento de artes amanhã (hoje) repetindo este trabalho e você está convidado. Se não puder ir neste dia poderá aparecer por lá qualquer dia a tarde a partir das 2h”, ressaltou.

Josie explicou que o nome do trabalho é “Corpo Livre”. Trata-se, na verdade, de uma instauração cênica. “Nesta instauração nós propomos uma celebração ao corpo e questionamos as diversas formas de repressão para com esse corpo, como a violência contra ele, como o moralismo em torno dele”. Para ela, não há dúvida de que seja arte. “Estávamos celebrando, vivendo, dançando… só isso. Éramos corpos vivos! E quero te dizer, que eu pude me sentir livre!”, atestou.

Questionada sobre o fato de alguns integrantes cobrirem o rosto durante a apresentação, ela ressalta que não era uma forma de se esconder, mas um simbolismo à repressão que o corpo sofre, como por exemplo, as mulheres muçulmanas que não podem mostrar seus rostos. “A “Burca” já é um símbolo de repressão do corpo”, ressaltou.

Trote UFRN

Quem é o  Grupo Cruor? 

“Uma coligação composta por quinze artistas que moram no Rio Grande do Norte e investigam processos de criação, conceitos e procedimentos artísticos ligados às proposições da arte contemporânea, se deslocando desta forma do conceito de arte que esteve veementemente presente durante seis séculos no Ocidente e que era compreendida como uma representação de realidades seja exterior ou interior, nas quais as distorções e ilusões eram apenas reflexos de representações ditas reais.

Trabalhamos com as noções de processos criativos colaborativos e de intervenção urbana propondo desta forma uma arte provocativa e catalisadora para novos significados a partir principalmente do olhar e da apropriação de imagens dos filmes de Pedro Almodóvar e da obra de Frida Khalo em interlocução com os cotidianos dos lugares, provocando estranhamentos e questionamentos. As técnicas corpóreo/vocais estudadas são, sobretudo pautadas nos estudos de Antonin Artaud: Teatro da Crueldade; Anne Bogart: Viewpoints, Amilcar Barros: Dramaturgia Corporal, Pina Bausch: Dança Teatro, Hans-Thies Lehmann: Teatro Pós Dramático; Rolando Toro: Biodança; Butho; estudos de performance e técnicas orientais como o Tai Sabaki.”

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. armando disse:

    infelizmente o brasil esta cheio de imbecis que auto se considera inteligente e intelectuais gente como o pedro bial que apresenta o lixo da tv brasileira bbb, essa turma da ufrn é exemplo disso

  2. Ramilla Souza disse:

    O post foi uma tentativa de "mostrar o outro lado", mas o blogueiro fez questão do título patético para continuar no mesmo lado de antes.

[FOTOS] Artista paraplégica faz mergulho oceânico com cadeira de rodas adaptada

Uma cadeira de rodas adaptada para o mergulho e guiada por uma artista tetraplégica é uma das atrações da Olimpíada Cultural, série de eventos que acompanha os Jogos Paraolímpicos de Londres 2012. Os Jogos têm seu início nesta quarta-feira (29).

A performance acrobática subaquática foi desenvolvida por Sue Austin, paraplégica desde 1996, que desenvolveu a cadeira de rodas motorizada com a ajuda de acadêmicos e especialistas em mergulho.

O protótipo é movido por dois veículos de propulsão subaquática para mergulho e dirigido por meio de uma nadadeira, acoplada a uma correia acrílica operada com os pés.

Um filme com as performances de Sue Austin vai ser exibido entre 30 de agosto e 9 de setembro no Royal Festival Hall, em Londres. E, na cidade de Weymouth, no litoral da Inglaterra, ela fará mergulhos ao vivo, no show “Creating the Spectacle” (“criando o espetáculo”, em inglês).

Austin disse à BBC que teve a ideia após fazer um curso de mergulho em 2005.

“Quando começamos a conversar com as pessoas sobre [a cadeira de rodas subaquática], os engenheiros diziam que não funcionaria, que a cadeira entraria em rotação, não tinha sido desenhada para operar na água — mas eu tinha certeza de que funcionaria”, ela contou.

* Com informações da BBC Brasil, do G1 e do Portal We Are Free Wheeling (Reino Unido)

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Clarissa_anjinha disse:

    fastatico muito bom

Grávida, Cláudia Leitte cai no trio e se machuca

Crédito: AgNews

 

A cantora Claudia Leitte caiu e machucou a perna enquanto se apresentava no circuito Campo Grande, em Salvador, na tarde desta terça-feira (21). Ela caiu em um buraco do trio elétrico. Cláudia está grávida de seu segundo filho.

Após o acidente, a cantora precisou deixar o palco para fazer um curativo no machucado, ocorrido logo abaixo do joelho. Depois de 20 minutos, Cláudia voltou a comandar o espetáculo sem perder a animação. “Estou contundida, mas o bom jogador volta mesmo machucado e marca um golaço”, disse ao retomar a apresentação.

Fonte: RedeTV!

Calote do Governo do Estado a artistas repercute na imprensa nacional

Deu no Correio Braziliense

Artistas do todo o país que participaram do Festival Agosto de Teatro, realizada em outubro de 2010, na cidade de Natal (RN), aguardam até esta sexta-feira (4/11) o pagamento do cachê pelos serviços prestados.

Entre os artistas, está o mestre teatral Amir Haddad. O diretor do grupo Tá na Rua escreve uma carta em junho deste ano dizendo que “trabalha na região Nordeste desde a década de oitenta e jamais aconteceu coisa semelhante”.

Publicamente amante confessa do teatro, a governadora Rosalba Ciarlini recebeu carta aberta dos artistas envolvidos, apoiada por movimentos teatrais de todo país, pedindo não só o pagamento devido como o respeito aos trabalhadores da cultura.

No texto, há um pedido de posicionamento claro do governo de Natal, já que a verba foi devidamente empenhada e o trâmite burocrático, segundo a Secretaria de Planejamento, está vencido.

A diretora da Fundação José Augusto, Ana Neuma Teixeira, informa que a partir de amanhã serão elaboradas as ordens bancárias para a efetivação do débito. A expectativa é de que até a primeira quinzena de novembro todos os pagamentos sejam liquidados.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Chico Carlos disse:

    O que é interessante e intrigante é  que quando chega o São João, com  Banda de forró tipo Garota Safada (17 apresentações) e o Carnaval com a Banda Cavaleiros do Forró (mais de 15 apresentações só no período momesco), não há inadimplência. Por quê será? É uma boa pergunta para o Ministério Público começar uma investigação. Enquanto a maioria dos artistas ficam nessa situação de penúria. 

Revista elege Justin Bieber o pior Artista POP de todos os tempos

Ele não é ruim não, ele é triste, o menino fraco de tudo!!!

Segue reportagem do Estadão

Ninguém bate Justin Bieber no quesito pior artista pop de todos os tempos. É a opinião da revista britânica NME, que colocou o astro teen no topo do ranking das 20 maiores atrocidades da música.

O motivo? “É a arma do rapper Usher para dominar o planeta e transformar a todos em zumbis com cérebros de garotas de 12 anos e com o mesmo corte de cabelo. Parem-no enquanto é tempo!”, diz a publicação.

Em segundo lugar, ficou a banda Black Eyed Peas. Veja a lista completa.

E vocês Concordam?

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Anônimo disse:

    E só o momento, é só a modinha, daki a pouco se acaba e ninguem mais se lembra

Artista que pinta com o pênis já pincelou 7.500 quadros

O mundialmente famoso Tim Patch – para quem não conhece ou nunca ouviu falar, é um australiano que pinta quadros com o bilau – já pintou 7.500 quadros com sua genitália, disse em entrevista ao G1.

Ele ficou conhecido pela alcunha de Pricasso e chegou ao número atual somando-se os trabalhos anteriores, iniciados 5 anos atrás.

“Em uma feira erótica, são 20 retratos por dia. Como as feiras duram quatro dias, eu pinto, em média, 80 quadros”, destacou ele, que tem como pintor favorito o inglês William Turner, que viveu entre 1775 e 1851.
(mais…)