ANS suspende comercialização de mais 161 planos de saúde de 36 operadoras; confira

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) suspendeu temporariamente a comercialização de 161 planos de 36 operadoras de saúde. A medida é aplicada como punição para planos que apresentaram pior desempenho entre dezembro do ano e março deste ano no monitoramento realizado pela agência. São levadas em consideração na análise reclamações por atrasos máximos para marcação de consultas, cirurgias, exames e negativas de atendimentos. Do total de planos suspensos, 132 receberam punição neste ciclo de acompanhamento. Outros 29 já estavam com a comercialização proibida desde o ciclo anterior. Esses planos atualmente atendem 1,7 milhão de beneficiários.

Das 36 operadoras, 26 já estavam proibidas de vender outros planos de saúde, bloqueados em monitoramentos anteriores. Parte das operadoras fiscais já está em direção fiscal e técnica. O diretor da ANS, André Longo, avalia que, embora boa parte das operadoras sejam reincidentes, o monitoramento tem impacto positivo. “Ele é indutor de mudança de comportamento. E evita que operadoras se acomodem. Longo afirma no entanto que o monitoramento não afasta outras medidas importantes, como multas para operadoras.  O monitoramento existe desde 2011. Atualmente, 50,3 milhões de pessoas são beneficiárias de planos de assistência médica e 20,7 milhões de planos odontológicos.

Neste período, foram feitas 13.079 reclamações dos beneficiários. De acordo com a ANS, a mediação de conflitos foi bem sucedida em 86,3% dos casos. “O monitoramento é uma oportunidade da mediação, da negociação. O porcentual obtido nesse período foi bastante significativo”, afirmou o ministro da Saúde, Arthur Chioro.

Redução de multas. Chioro comentou também o veto ao trecho da Medida Provisória 627/2013, que previa o descontos para pagamento de multas e alterava a forma de cobrança pela ANS. A medida provisória, sobre tributação de empresas brasileiras no exterior, foi publicada hoje no Diário Oficial. “A ação fiscalizatória da agência seria bastante prejudicada. A possibilidade da liberação de R$ 2 bi provenientes de recursos seriamdedicados ao esquecimento ou se justificariam pela regulamentação da MP. estamos convictos de que foi importante. Renúncia de recursos significativo.

VEJA A LISTA DOS PLANOS SUSPENSOS PELA ANS clicando no texto na íntegra, aqui

Estadão

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Sidney disse:

    Esse bloqueio sempre acontece, mas a verdade é que nada muda, pois imeditamente as operadoras lançam novos produtos que substituem esses bloqueados e o que muda é só o nome, pois o plano é o mesmo, mais informações consulte http://www.conveniosmedicossp.com.br

Atenção: Anvisa proíbe venda dos termos Jack3D, Oxyelite Pro e Lipo-6 Black

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) proibiu a importação e a venda dos suplementos alimentares Jack3D, Oxyelite Pro e Lipo-6 Black. Eles contêm a substância dimetilamilamina (DMAA), que pode causar dependência, disfunções metabólicas, insuficiência renal, falência do fígado, problemas cardiovasculares, alterações do sistema nervoso e até morte.

O DMAA é um estimulante usado em processos de emagrecimento e também para o aumento do rendimento durante a prática de exercícios físicos. Segundo alerta feito ontem pela Anvisa, os suplementos vetados não são seguros para o consumo como alimentos. Eles contêm substâncias com propriedades terapêuticas que não podem ser usadas sem acompanhamento médico.

“O forte apelo publicitário e a expectativa de resultados mais rápidos contribuem para o uso indiscriminado dessas substâncias por pessoas que desconhecem o verdadeiro risco envolvido”, afirmou o diretor de Controle e Monitoramento Sanitário da Anvisa, José Agenor Álvares. Segundo o relatório do órgão, muitos desses suplementos alimentares não estão regularizados e são comercializados irregularmente no País.

No alerta, o diretor da Anvisa declarou que os produtos fabricados com ingredientes que contêm DMAA não passaram por avaliações de segurança. “Esses suplementos contêm substâncias proibidas para uso em alimentos: são estimulantes, hormônios e outros produtos considerados doping pela Agência Mundial Antidoping”, disse Álvares.

Veto internacional

Ainda segundo a Anvisa, a Organização Mundial de Saúde (OMS), por meio da Rede de Autoridades em Inocuidade de Alimentos, alertou que vários países têm identificado efeitos adversos associados ao consumo da DMAA contida nos suplementos alimentares. Alguns países já proibiram a comercialização de produtos feitos à base da substância – Austrália e Nova Zelândia, por exemplo.

De acordo com o diretor da Anvisa, produtos conhecidos popularmente como suplementos alimentares não podem divulgar que têm propriedades ou indicações terapêuticas. “Propagandas e rótulos que indicam alimentos para prevenção ou tratamento de doenças ou sintomas, emagrecimento, redução de gordura, ganho de massa muscular, aceleração do metabolismo ou melhora do desempenho sexual são ilegais e podem conter substâncias não seguras para o consumo”, ressaltou Álvares.

Fonte: Jornal da Tarde

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Giuliano disse:

    dimetilamilamina é uma substancia muito pouco conhecida. colocá-la livre no mercado seria uma irresponsabilidade. a questão do álcool é histórica, é consumido há tempo demais pra ser proibido… discutível, nao se pode condenar a sua legalidade. o cigarro é mais recente e vem sendo desestimulado gradativamente… o problema é esse pessoal que acha que google é faculdade

  2. Treinandohard disse:

    Eles são engraçados… pq n proibiram o consumo do cigarro e da bebida alcoolica tbm?? quando se trata de beneficios o ze ruela quer tirar mas quando se trata de encher a cara e detonar o figado a Anvisa n ta nem ai… tnc…
     

  3. fernando disse:

    Poxa a anvisa é ridicula na alegaçao da proibição.
    eu tomei o oxyelite pro, perdi 10kg e nao tive nada de colaterais.
    achei o suplemento simplesmente fantastico … 
    comprei neste site
    http://www.monstersuplementos.com.br/produto-21-oxyelite_pro_usp_labs_90_caps. 

  4. Erica Multplot disse:

    Deviam proibir o alcool, o cigarro, e tantas outras drogas lícitas.

  5. Paulogaver disse:

    eu acho que isso ta mal explicado…enquanto isso vamos tomar vodka….faz bem melhor e compra em qualquer lugar

  6. ALERTA disse:

    Ei pessoal vçs que acham um absurdo essa proibição, é só tomar a vontade e depois agente ver o reultado" Bando de ignorantes", se vçs não fossem alertados, tudo bem, mas está sendo mostrando os riscos e vçs aindam não se satisfazem, Deus tenha piedade de vçs!!!!!!!!!!!!!!!!

    • Eidy_oda disse:

       kkkk num sabe de nada msm axa q lendo essas bobagens vale alguma coisa meu fiu esses suplementos são usados nos eua não são esteroides não e nemhuma droga se liga primeiro vc entende das coisas depois fala

  7. Merda disse:

    Enquanto isso bebidas e cigarros são liberados, queria ao menos saber quais foram o critérios para a proibição. O cigarro tem mais de 4000 substancias toxicas e pode ser comprado em qualquer esquina.

  8. Hevertoncastro disse:

    Se esse remdio faz tanto mal por que os americanos não estao morrendo e nao tem noticias de que la na america do norte ele é proibido????
    será se isso tem alguma coisa a ver com as farmacias do brasil????
    a creatina foi proibida, os laboratorios brasileiros começaram a fabricar e liberaram. ai fica a duvida….

    • Willianrussi disse:

      E outra, eles levam em consideração somente pessoas que querem "resultados mais rápidos" e usam uma dosagem maior do que a recomendada, depois vem dizer que suplemento faz mal. O brasileiro é tão desinformado que ao ver um rapaz tomando um shake de proteínas diz "olha lá, tomando bomba e nem disfarça". Concordo com o que você disse, os norte americanos não têm problemas quanto a isso.

    • Pribuexm disse:

       Correr pra estocar o Oxy, antes q eu não encontre mais… =(

    • DESTROY SECO disse:

      MUITO LEGAL ANVISA ALTAMENTE FUNCIONAL PROIBE TUDO ENQUANTO VOCÊ PEGA O TREM LOTADO É ESMAGADO QUE FAZ MAL MUITO MAIS RAPIDO , ENQUANTO A COMIDA QUE A GENTE CONSOME TAMBEM TRAZ EFEITOS COLATERAIS A LONGO PRAZO POR SER MAL PROCESSADA, CIGARRO ALCOOL LIBERADO POLUIÇÃO URBANA  DEGRADAÇÃO DE AMBIENTES VERDES  ENFIM NENHUMA DESSAS OUTRAS COISA NOS CONSEGUIMOS VER ALGUEM RESOLVER AGORA PROIBIR SUPLEMENTOS ALIMENTARES MEU DEUS QUANTA EFICIENCIA DA ANVISA  QUE ESTRANHO NÉ TÔ COMEÇANDO A DESCONFIAR , É VAI VER ELES VAO FAZER COMO ALGUNS ANOS ATRAZ PROIBIRAM A CREATINA E ATE O GOVERNO CONSEGUIR ENFIAR IMPOSTOS NO PRODUTO NAO FOI LIBERADO !

    • Erica Multplot disse:

      concordo com vc, e quem usa suplemento não quer resultado rapido, pq isso leva tempo, disciplina e mto treino, não se informam e saem falando besteira, até dipirona tem efeito colateral…

Ceasa espera comercializar dois milhões de espigas na Feira do Milho 2012

A informação vem do portal da Tribuna do Norte. A Feira do Milho 2012 – promovida pela Ceasa-RN e considerada um evento tradicional em Natal no período junino.- está em pleno funcionamento. A Ceasa está trabalhando com a perspectiva de comercialização de cerca de 650 toneladas de milho este ano – algo em torno de 2 milhões de espigas, números que se aproximam bastante dos registrados em 2011.

O milho está sendo disponibilizado por 32 comerciantes – número surpreendente, dada a questão da estiagem afetando a produção e as perspectivas. A Feira, no pátio da Central de Comercialização da Agricultura Familiar (esquina da Jaguarari com a Mor Gouveia), este ano conta com uma estrutura de 27 barracas (que, além do milho verde, estão comercializando comidas típicas) e deve receber algo em torno de 50 mil pessoas até o ultimo dia de junho.

Neste momento, o milho comercializado na Feira vem das regiões de Cobé (município de Vera Cruz) e do vale do Assu (município de Ipanguaçu e área do Baldum, no município de Assu), além de Touros e de São José de Mipibu; o preço de mercado da “mão” (50 espigas) permanece em R$ 25,00.

Abertura

A abertura oficial da Feira do Milho ocorreu na noite da última sexta (15), no prédio da Central de Comercialização da Agricultura Familiar. O anúncio ficou a cargo do presidente da Ceasa-RN, José Adécio Costa, seguindo-se a festa junina com apresentação dos arraiás da Tia Ana (do bairro das Quintas) e d’As Entendidas (do bairro do Bom Pastor), além da animação de Bacanas do Forró.

Todas as noites, até o fim da Feira do Milho, vai ter forró no prédio; os próximos grandes “plantões”, com apresentações de quadrilhas, estão previstos para os dias 22 e 23 (sexta e sábado). De quebra, foi revelada a surpresa gastronòmica da Ceasa-RN: uma canjica gigante está sendo preparada para ser degustada na noite do dia 22.