Operação da PF combate tráfico internacional de entorpecentes e cumpre mandados em Natal e região metropolitana

Fotos: PF

A Polícia Federal no Rio Grande do Norte deflagrou nesta sexta-feira, 13/12, a Operação Expresso, com o objetivo de desarticular uma organização criminosa voltada ao tráfico internacional de entorpecentes. Cerca de 55 policiais federais cumprem 15 mandados de prisão preventiva e 15 mandados de busca e apreensão nas cidades de Natal/RN, Nísia Floresta/RN, Ceará-Mirim/RN, Rio
Branco/AC e Pimenta Bueno/RO. Os mandados foram expedidos pela 2ª Vara Federal no RN.

As investigações começaram após a PF detectar uma movimentação financeira atípica de um ex- presidiário, vinculado a acreanos envolvidos em tráfico de entorpecentes. O suspeito tentava depositar valores expressivos para uma conta no Acre.

A partir de então, policiais federais no Rio Grande do Norte passaram a aprofundar as investigações, acompanhando os suspeitos oriundos do Acre e descobriram que o grupo adquiriu um ônibus de turismo para trazer entorpecentes a Natal, simulando transporte de turistas.

Numa dessas viagens, o ônibus foi abordado pela Polícia Rodoviária Estadual, ocasião em que o motorista foi preso. Na manhã do dia 13/03/2018, no entorno da cidade de Cuiabá/MT, a PRF também abordou o veículo e apreendeu cocaína dissimulada no assoalho, prendendo também o motorista.

Em razão das apreensões realizadas no período, o líder da ação criminosa, foragido da justiça, natural de Mossoró/RN, usando nome falso, passou a negociar a aquisição de um caminhão, tipo carreta, para modificar o modus operandi. Adquirido o novo veículo, providenciou reparos para acomodar o entorpecente e prosseguiu com o tráfico no percurso Acre – Rio Grande do Norte. Em uma das viagens, a Polícia Federal potiguar identificou o veículo e realizou, em junho de 2018, a apreensão da droga (277kg de cocaína) e a prisão do motorista e passageiro, com apoio do BOPE/PMRN.

Com a expansão das investigações para prisão de todo grupo criminoso, também se descobriu que uma advogada, para além dos limites de sua atividade como defensora de membros da quadrilha, atuava orientando a organização em como realizar a manipulação e divisão dos entorpecentes, tendo sido decretada sua prisão preventiva.

(*) O nome da operação é uma referência ao fato de os suspeitos terem simulado uma linha expressa com a compra do ônibus de turismo para trazer a droga para Natal.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Rico disse:

    Pra esquerdalha a PF quando desmantela os seus ilícitos e de seus familiares, está a serviço de Moro, quando atua contra seus co-irmãos das facções criminosas não falam o mesmo.

PM apreende 07 armas e 30 munições e ainda 5,4 kg de entorpecentes no final de semana na região metropolitana de Natal

FOTO: PM/ASSECOM/REPÓRTER: CB GLAUCIA

A Polícia Militar do Estado do Rio Grande do Norte registrou a apreensão de sete armas de fogo e trinta munições durante o final de semana na Região Metropolitana.

De sexta a domingo, a Polícia Militar registrou a apreensão de 07 armas de fogo de diversos calibres, além da apreensão de cerca de 5,4 kg de drogas e entorpecentes.

Ainda no combate ao porte ilegal de armas e munições, a Polícia Militar apreendeu 30 munições intactas de diversos calibres, além de 10 munições deflagradas.

Já no âmbito do combate ao tráfico ilícito de drogas e entorpecentes, a Polícia Militar do RN registrou a apreensão de aproximadamente 5,4 kg de entorpecentes, sendo 3 pedras de crack, 05 porções de cocaína, 90 trouxinhas de maconha, 01 tablete de maconha e 04 porções de crack.

A Polícia Militar ainda registrou a apreensão de 02 balanças de precisão, 01 rádio comunicador, a quantia de R$ 2.138,00 em dinheiro fracionado e uma maquineta de cartão de crédito utilizados por um dos suspeitos de tráfico presos na venda de drogas e entorpecentes.

Ainda no final de semana, a Polícia Militar recuperou seis veículos com queixa de roubo, os quais foram devolvidos aos respectivos proprietários após os procedimentos legais.

Os dados foram coletados durante ocorrências registradas e atendidas pela Polícia Militar do RN na Região Metropolitana entre os dias 29 de novembro e 1° de dezembro.

PF prende pai e filho acusados de tráfico de drogas no RN

A Polícia Federal no Rio Grande do Norte prendeu na manhã desta terça-feira, 29 de maio, em Nísia Floresta/RN, duas pessoas acusadas de envolvimento com tráfico de drogas, pai e filho: um comerciante mato-grossense, 49 anos e um programador visual, goiano, 25 anos.

Os dois foram detidos  durante o cumprimento de mandados de prisão expedidos pela Justiça Federal de Barra do Garças/MT e  estavam em uma residência na Comunidade do Pium. Após as prisões, a PF realizou uma busca na casa e encontrou dentro de sacolas, escondidas no interior de um guarda-roupa, distribuídos em 29 tabletes, um total de 30 kg de crack.

Esta ação da Polícia Federal teve como objetivo desarticular uma organização criminosa voltada para o tráfico internacional de drogas e foi deflagrada, na manhã de hoje, pela PF do Mato Grosso através da “Operação Trator”, que se estendeu por mais sete estados da Federação, incluindo o RN.

Um catarinense, de 55 anos, chegou a ser detido na mesma residência e levado para a sede da PF, mas durante o apuratório foi liberado por não ter sido caracterizada a sua participação no crime.

Além da droga, foram apreendidos também cinco celulares, dois automóveis e uma motocicleta.

Os presos estão sob custódia da PF e deverão ser transferidos para o sistema penitenciário do Estado, onde deverão permanecer à disposição da Justiça Federal.